Plataforma Naval Multifuncional

  • 1614 Respostas
  • 156715 Visualizações
*

Vicente de Lisboa

  • Especialista
  • ****
  • 1008
  • Recebeu: 171 vez(es)
  • Enviou: 79 vez(es)
  • +49/-18
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #930 em: Outubro 27, 2023, 04:18:32 pm »
É o hino oficial, não é?
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Cabeça de Martelo

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8522
  • Recebeu: 1620 vez(es)
  • Enviou: 677 vez(es)
  • +933/-7256
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #931 em: Outubro 27, 2023, 05:00:16 pm »
Estou novamente a implorar ao forum para tentar criticar seja o que for sem mostrar traumas com gays, trans ou pretos [desafio impossível]

Que mariquinhas...
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

ICE 1A+

  • Especialista
  • ****
  • 925
  • Recebeu: 770 vez(es)
  • Enviou: 72 vez(es)
  • +467/-31
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #932 em: Outubro 27, 2023, 05:11:21 pm »
Muito sinceramente não entendo os contornos dos concursos públicos.. mas alguém que me explique:

Se há candidatos…aprovados… se há propostas…apresentadas nos prazos… com que fundamentos jurídicos, quem lança o concurso, quando deveria estar a apresentar o vencedor do concurso….. prorroga os prazos…… até para a apresentação de candidaturas….???

Faz sentido?
 

*

os_pero

  • Membro
  • *
  • 243
  • Recebeu: 100 vez(es)
  • Enviou: 41 vez(es)
  • +236/-15
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #933 em: Outubro 27, 2023, 05:33:01 pm »
Muito sinceramente não entendo os contornos dos concursos públicos.. mas alguém que me explique:

Se há candidatos…aprovados… se há propostas…apresentadas nos prazos… com que fundamentos jurídicos, quem lança o concurso, quando deveria estar a apresentar o vencedor do concurso….. prorroga os prazos…… até para a apresentação de candidaturas….???

Faz sentido?

Claro que não, por isso é que muitos concursos são impugnados, e tem que voltar a ser feitos. E só não acontece mais pois muitas empresas não estão para se chatear, muitas nem conconrem pois é a confusão que é.

Trabalhei uns anos numa entidade publica e sei de cada historia que até mete medo.

PS: A verdade é que também existem regras nos concursos publicos que são bastante parvas, por exemplo em certos concrusos não é possivel escolher/definir a marca e o modelo de determinado aparelho/equipamento, o que é complicado quando estamos a falar de coisas onde tem que ser exactamente aquilo.
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1435
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #934 em: Outubro 27, 2023, 06:26:36 pm »
Mas afinal o que foi prorrogado e quando?
Porque após a abertura de propostas é impossível.
João Pereira
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1435
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #935 em: Outubro 27, 2023, 06:29:03 pm »
Citar
...não é possivel escolher/definir a marca e o modelo de determinado aparelho/equipamento, o que é complicado quando estamos a falar de coisas onde tem que ser exactamente aquilo.
Isso contorna-se facilmente com as características técnicas obrigatórias no caderno de encargos.😉
« Última modificação: Outubro 27, 2023, 06:47:18 pm por Lampuka »
João Pereira
 

*

Anthropos

  • Membro
  • *
  • 274
  • Recebeu: 401 vez(es)
  • Enviou: 73 vez(es)
  • +138/-12
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #936 em: Outubro 27, 2023, 07:00:48 pm »
Citar
...não é possivel escolher/definir a marca e o modelo de determinado aparelho/equipamento, o que é complicado quando estamos a falar de coisas onde tem que ser exactamente aquilo.
Isso contorna-se facilmente com as características técnicas obrigatórias no caderno de encargos.😉

O problema é se forem especificas demais e o concurso pode ser impugnado por favorecimento
 

*

os_pero

  • Membro
  • *
  • 243
  • Recebeu: 100 vez(es)
  • Enviou: 41 vez(es)
  • +236/-15
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #937 em: Outubro 27, 2023, 09:29:47 pm »
Citar
...não é possivel escolher/definir a marca e o modelo de determinado aparelho/equipamento, o que é complicado quando estamos a falar de coisas onde tem que ser exactamente aquilo.
Isso contorna-se facilmente com as características técnicas obrigatórias no caderno de encargos.😉

O problema é se forem especificas demais e o concurso pode ser impugnado por favorecimento

Também, mas outras vezes há produtos iguais (especificações) de diferentes marcas mas por questões de software (firmware) ou outra coisa qualquer tem de ser de uma marca especifica.
 

*

ICE 1A+

  • Especialista
  • ****
  • 925
  • Recebeu: 770 vez(es)
  • Enviou: 72 vez(es)
  • +467/-31
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #938 em: Outubro 28, 2023, 02:20:18 am »
Mas afinal o que foi prorrogado e quando?
Porque após a abertura de propostas é impossível.

Citar
11 - PRAZO PARA APRESENTAÇÃO DAS CANDIDATURAS
Até às 23 : 59 do 30 o dia a contar da data de envio do presente anúncio
15 - PRAZO PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS
Até às 23 : 59 do 59 o dia a contar da data de envio do convite
20 - DATA DE ENVIO DO ANÚNCIO PARA PUBLICAÇÃO NO DIÁRIO DA REPÚBLICA 2023/09/15

 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1435
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #939 em: Outubro 28, 2023, 10:13:12 am »
Ok.
Ou seja,. há o anuncio do procedimento em determinada data e 30 dias para levantamento do caderno de encargos e apresentação da candidatura. Que, imagino eu, terá de preencher determinados requisitos estipulados no caderno.
Depois são mais 20 dias para a apresentação da proposta propriamente dita.
Porquê não ser tudo junto?
Porque nesta primeira fase há uma primeira selecção que pode desde logo excluir algum concorrente e a sua proposta nem chega a ser considerada/analisada.
Isto baseado no que eram determinados procedimentos concursais há uns anos. Não estou actualizado.
Na altura abriam-se inicialmente os documentos e só depois do juri verificar e decidir solicitar mais alguma coisa, admitir ou excluir, é que voltava a existir um acto, normalmente público,  de abertura das propostas propriamente ditas.
Moral da história, analisavam em 5 dias, comunicavam e eram mais 2 ou 3. Havia o prazo de reclamaçāo que eram no mínimo mais 5... tudo dia úteis.  Nunca mais acabava.
Da forma que fazem agora, enquanto os concorrentes vão preparando as propostas já o juri pode ir trabalhando na documentação.
Até porque 30 dias não é um prazo adequado para este tipo de proposta,  daí os 50.
Abraço
João Pereira
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3991
  • Recebeu: 2592 vez(es)
  • Enviou: 2135 vez(es)
  • +5703/-2791
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #940 em: Outubro 28, 2023, 11:00:23 am »
Estou novamente a implorar ao forum para tentar criticar seja o que for sem mostrar traumas com gays, trans ou pretos [desafio impossível]

Feito!

Parece uma imagem da Marinha no futuro.


Mas monhés não aparecem.

Monhé: comerciante de ascendência indiana aldrabão.
Existe






















Logo depois do vídeo!

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20193
  • Recebeu: 2969 vez(es)
  • Enviou: 2224 vez(es)
  • +1320/-3458
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #941 em: Novembro 04, 2023, 12:38:06 pm »
"Para 2024, prosseguiremos a valorização e rentabilização do património da Defesa Nacional com um orçamento previsto na nova Lei de Infraestruturas Militares de 23,9 milhões de euros", referiu.

No próximo ano, o executivo prevê a entrega do segundo KC-390, o início dos contratos de construção dos Navio Patrulha Oceânicos e da aquisição do navio reabastecedor, assim como "a edificação de uma capacidade orgânica de meios de asa rotativa no Exército, através da aquisição dos Helicópteros de Apoio, Proteção e Evacuação".

No que toca ao Plano de Recuperação e Resiliência, a Defesa prevê gastar "66,3 milhões de euros no Centro de Operações de Defesa do Atlântico e Plataforma Naval" e ainda 36,9 milhões nos Meios de Prevenção e Combate a Incêndios Rurais

"Quanto a este último investimento, recebemos este mês um helicóptero e até ao final do ano, prevemos receber mais três, aos quais se seguirão novas entregas em 2024 e 2025, de acordo com os contratos já assinados. E até ao final deste mês contamos assinar o Contrato de construção da Plataforma Naval", referiu.


https://www.dn.pt/sociedade/reforco-do-suplemento-da-condicao-militar-tera-efeitos-retroativos-a-janeiro-de-2023-17278997.html
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3991
  • Recebeu: 2592 vez(es)
  • Enviou: 2135 vez(es)
  • +5703/-2791
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #942 em: Novembro 04, 2023, 02:32:24 pm »
"66,3 milhões de euros no Centro de Operações de Defesa do Atlântico e Plataforma Naval"


Então não eram uns 100 milhões ou mais só para a Bimby?

 Agora encolheram a bimby
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20193
  • Recebeu: 2969 vez(es)
  • Enviou: 2224 vez(es)
  • +1320/-3458
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #943 em: Novembro 04, 2023, 02:42:17 pm »
"66,3 milhões de euros no Centro de Operações de Defesa do Atlântico e Plataforma Naval"


Então não eram uns 100 milhões ou mais só para a Bimby?

 Agora encolheram a bimby

Uma coisa é o Centro de Operações de Defesa do Atlântico, outra coisa é a Plataforma Naval, as duas têm que ter um orçamento anual e para o ano será de 66,3 milhões de euros, pelo menos eu presumo que seja assim.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

os_pero

  • Membro
  • *
  • 243
  • Recebeu: 100 vez(es)
  • Enviou: 41 vez(es)
  • +236/-15
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #944 em: Novembro 07, 2023, 10:30:39 am »
"66,3 milhões de euros no Centro de Operações de Defesa do Atlântico e Plataforma Naval"


Então não eram uns 100 milhões ou mais só para a Bimby?

 Agora encolheram a bimby

Uma coisa é o Centro de Operações de Defesa do Atlântico, outra coisa é a Plataforma Naval, as duas têm que ter um orçamento anual e para o ano será de 66,3 milhões de euros, pelo menos eu presumo que seja assim.

Sim o orçamento de 100 milhões da Bimby não é para gastar todo num ano, este ano já foi gasto parte (pequena) da verba, para o ano é esses 66 milhões (divididos entre o navio e ao tal centro) e em 2025 deverá ser gasto o resto. O mesmo acontece com outros projectos. (KC390, NPO, NPC, ...)