Relações Externas de Portugal

  • 18 Respostas
  • 2236 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17699
  • Recebeu: 2089 vez(es)
  • Enviou: 1732 vez(es)
  • +533/-2013
Re: Relações Externas de Portugal
« Responder #15 em: Agosto 05, 2022, 06:05:05 pm »
Define "Ocidente".

Porque dizes que o "Ocidente" não queria esta guerra. Se te lembras, eu disse aqui mesmo neste forum que, sendo "anti-Trump" até a medula, tinha de o apoiar e esperava que ele ganhasse contra a Clinton, porque sabia que, se a Clinton ganhasse essa eleição, teriamos guerra com a Rússia no dia a seguir. Portanto a opcção era o mal menor.

Que ela seria bastante mais rija na relação com a Rússia, eu não tenho qualquer dúvida, chegar ao ponto de ir para uma guerra aberta...tenho certas dúvidas.

Citar
Por isso, existe um "Ocidente" que queria e quer esta guerra, aliás julga que é a única maneira de se manter, causando instabilidade no resto do mundo, e existe um "Ocidente" que claramente não queria esta guerra e foi a reboque. Politicos de um calibre de um Scholz ou de um Macron, dá nisto.

Qual? Olha que eu não estou a trolar, estou mesmo a perguntar.

Citar
Quanto aos africanos estarem do lado russo e/ou chinês, talvez seja tempo de mudarmos de atitude. Quando uma delegação russa ou chinesa vai a um desses países, normalmente esses países recebem uma infraestrutura ou um acordo comercial (como é obvio tem um preço, ninguém é tolo aqui, penso eu). Quando um palhaço como um Borrel, uma Truss ou um Blinken vai a um desses países, esses países recebem uma palestra sobre ecologia, direitos humanos, LGBTQRCTBDSB +Z e como devem olhar para o "Ocidente" como exemplo de supra-sumo.
Se calhar, mas só se calhar, é por isso que eles se estão pouco borrifando para o que nós agora dizemos e estão a alinhar por outros diapazões. Até porque nós "Ocidente", pouco mais temos a oferecer que papel impresso aos rodos nas impressoras de € e $. O outro lado tem, petroleo, gás, comida, etc.

Não vejo assim. O que eu vejo da parte da Rússia é muitos contratos em que mete o grupo Wagner com a mão do Putin. Ex.: RCA.

Da parte da China o roteiro é sempre o mesmo. Eles fazem os empréstimos com algumas doações à mistura. Esses empréstimos são usados para a construção de infraestruturas que eles tanto necessitam para desenvolver o país. No final são empresas Chinesas a construir tudo, usando material vindo integralmente do dito país e sem empregarem uma única pessoa local.

Porque é que o ocidente não empresta dinheiro a esses países? Porque os mesmos não teriam qualquer capacidade de pagarem a dívida. Então se isso já era algo evidente, porque é que os Chineses emprestam à mesma? Porque quando eles não conseguem pagar, eles ficam com o controlo dessas infraestruturas (Comboios, Portos, aeroportos, etc).

No fim porque não são os antigos colonizadores e compram a dita elite africana, ficam com tudo o que querem e ainda se armam em grandes mecenas.

Atenção, eu já vi fotografias de manifestações contra os Chineses em vários países africanos, incluindo na Angola.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17699
  • Recebeu: 2089 vez(es)
  • Enviou: 1732 vez(es)
  • +533/-2013
Re: Relações Externas de Portugal
« Responder #16 em: Agosto 05, 2022, 06:06:03 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6542
  • Recebeu: 2750 vez(es)
  • Enviou: 577 vez(es)
  • +1381/-534
Re: Relações Externas de Portugal
« Responder #17 em: Agosto 06, 2022, 08:09:10 pm »
Nós temos um governo de cobardes. Cobardes e interesseiros, quando há chucha €€€.

Manter uma postura de neutralidade é uma coisa, outra é apoiar abertamente a política chinesa. Porque raio temos de concordar com algo que não nos diz respeito? Também não gostávamos que houvesse uma política Ibérica Única, e que terceiros apoiassem um movimento que tirasse a independência a Portugal. Muito menos quando as intenções chinesas não se ficam pela unificação de Taiwan.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Cabeça de Martelo, nelson38899, CruzSilva, Viajante, Subsea7

*

CruzSilva

  • Perito
  • **
  • 327
  • Recebeu: 169 vez(es)
  • Enviou: 908 vez(es)
  • +251/-62
Re: Relações Externas de Portugal
« Responder #18 em: Agosto 25, 2022, 03:56:29 pm »
Porque dizes que o "Ocidente" não queria esta guerra. Se te lembras, eu disse aqui mesmo neste forum que, sendo "anti-Trump" até a medula, tinha de o apoiar e esperava que ele ganhasse contra a Clinton, porque sabia que, se a Clinton ganhasse essa eleição, teriamos guerra com a Rússia no dia a seguir. Portanto a opcção era o mal menor.

Trump foi claro em avisar a Alemanha sobre o Nordstream e enviou FGM-148 Javelin para a Ucrânia.

Os EUA são um sistema: qualquer um que seja o presidente tem de garantir que os states são a maior potência mundial.

A Rússia é um sistema: enquanto o trono for de pessoal ex-KGB a Rússia lutará sempre por um mundo multipolar em que a Rússia é um dos pólos.

Por o Lula na lista e deixar o Jair de fora é, no mínimo, cómico.

Nisso concordo.
« Última modificação: Agosto 25, 2022, 03:58:22 pm por CruzSilva »