Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha

  • 115 Respostas
  • 20886 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #60 em: Março 24, 2023, 09:47:48 pm »
O P-3 também, os pods Litening dos F-16 idem. Não me admirava que o FLIR do Merlin e dos C-295 VIMAR também. A questão aqui, de poder usar UAVs, é precisamente para poderem fazê-lo, sem colocar em risco um piloto. Cenas importantes, em missões com algum risco. ::)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3719
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2731
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #61 em: Março 26, 2023, 12:12:24 pm »
"Payload options include multiple EO and IR sensors, laser illuminators, and communications relay systems."

Isto refere-se ao AR3 também?

Se por "laser illuminators" estão a falar de iluminar alvos com laser (suponho que sim), deve ser o primeiro drone nacional com esta capacidade. Poder ter drones iluminadores de alvos para armas guaidas a laser lançadas de outras aeronaves, é uma capacidade muito interessante.

Sim o novo AR3. Ou seja o melhorado. Que também tem radar de abertura sintética e autonomia aumentada

Acerca do radar de abertura sintética encontrei isto.
"Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Ciências Militares Navais,
na especialidade de Marinha"

https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/33734/1/528-Utiliza%C3%A7%C3%A3o%20de%20Radares%20de%20Abertura%20Sint%C3%A9tica%20%28SAR%29%20passivos%20a%20bordo%20de%20UAV%20-%20Cen%C3%A1rios%20de%20Opera%C3%A7%C3%A3o%20e%20Aplica%C3%A7%C3%A3o%20na%20Marinha%20Portuguesa.pdf
« Última modificação: Março 26, 2023, 12:14:17 pm por Pescador »
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3719
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2731
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #62 em: Março 26, 2023, 12:17:33 pm »
O P-3 também, os pods Litening dos F-16 idem. Não me admirava que o FLIR do Merlin e dos C-295 VIMAR também. A questão aqui, de poder usar UAVs, é precisamente para poderem fazê-lo, sem colocar em risco um piloto. Cenas importantes, em missões com algum risco. ::)

Sem colocar em risco e, em situações de vigilância prolongada e mais econômica, como seja na nossa área marítima. Andaram  gabar uma trotineta aérea a ir a Madeira e temos cá outras opções com mais equipamento e autonomia.

Mais um negócio com contornos....Porque nunca é o melhor para o País e para as missões, mas para alguns. Se a Takever fosse brasileira já cá tínhamos os modelos deles, com o apoio dos padrinhos do costume
« Última modificação: Março 26, 2023, 12:20:10 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 17839
  • Recebeu: 5309 vez(es)
  • Enviou: 5625 vez(es)
  • +6994/-9217
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #63 em: Março 26, 2023, 04:03:53 pm »
A BD levou pelo menos um drone a bordo, vem no mais recente post dos beijinhos e mar chão

"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3719
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2731
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #64 em: Março 26, 2023, 04:38:14 pm »
A BD levou pelo menos um drone a bordo, vem no mais recente post dos beijinhos e mar chão



Terá sido comprado na Fnac e alguma oferta de Natal a alguém que agora o levou?
Parece
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 17839
  • Recebeu: 5309 vez(es)
  • Enviou: 5625 vez(es)
  • +6994/-9217
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #65 em: Março 26, 2023, 05:40:07 pm »
Daquele tamanhinho qualquer fragata se arrisca a ser um porta drones  :mrgreen:

Deve dar para levar dúzias
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 1146
  • Recebeu: 976 vez(es)
  • Enviou: 1067 vez(es)
  • +108/-20
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #66 em: Março 27, 2023, 10:38:46 am »
A BD levou pelo menos um drone a bordo, vem no mais recente post dos beijinhos e mar chão



Terá sido comprado na Fnac e alguma oferta de Natal a alguém que agora o levou?
Parece
É o “UX SPYRO”, da UAVision
 https://www.uavision.com/spyro
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3719
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2731
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #67 em: Março 27, 2023, 11:57:14 am »
A BD levou pelo menos um drone a bordo, vem no mais recente post dos beijinhos e mar chão



Terá sido comprado na Fnac e alguma oferta de Natal a alguém que agora o levou?
Parece
É o “UX SPYRO”, da UAVision
 https://www.uavision.com/spyro

A Marinha e a FAP são patrocinadores oficiais da UAVision

 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 17839
  • Recebeu: 5309 vez(es)
  • Enviou: 5625 vez(es)
  • +6994/-9217
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #68 em: Março 27, 2023, 06:05:45 pm »
A BD levou pelo menos um drone a bordo, vem no mais recente post dos beijinhos e mar chão



Terá sido comprado na Fnac e alguma oferta de Natal a alguém que agora o levou?
Parece
É o “UX SPYRO”, da UAVision
 https://www.uavision.com/spyro

A Marinha e a FAP são patrocinadores oficiais da UAVision

Pertence à Embraer?   :anjo:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 17839
  • Recebeu: 5309 vez(es)
  • Enviou: 5625 vez(es)
  • +6994/-9217
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 19903
  • Recebeu: 2853 vez(es)
  • Enviou: 2174 vez(es)
  • +1063/-3436
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #70 em: Abril 14, 2023, 12:05:08 pm »
Venha conhecer os novos drones da Beyond Vision para a Marinha Portuguesa

Estivemos na Península de Tróia para visitar o Centro de Experimentação Operacional da Marinha a acompanhar uma demonstração de drones da Beyond Vision encomendados pela Marinha portuguesa. As aeronaves foram desenvolvidas de acordo com as linhas de orientação da NATO

Vídeo - https://rd.videos.sapo.pt/tgVlCZZQzynCG7vFLtYA?jwsource=cl
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3719
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2731
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #71 em: Abril 14, 2023, 12:28:22 pm »
Venha conhecer os novos drones da Beyond Vision para a Marinha Portuguesa

Estivemos na Península de Tróia para visitar o Centro de Experimentação Operacional da Marinha a acompanhar uma demonstração de drones da Beyond Vision encomendados pela Marinha portuguesa. As aeronaves foram desenvolvidas de acordo com as linhas de orientação da NATO

Vídeo - https://rd.videos.sapo.pt/tgVlCZZQzynCG7vFLtYA?jwsource=cl


um com 35 minutos de voo deve ser standard nato dos pequeninos o outro também pouco mais. Nem para acompanhar um a abordagem de uma lancha para dar perspectiva aérea serve
Entretanto as FA inglesas falam antes com a Tekever com drones um pouco mais a sério
 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 683
  • Recebeu: 321 vez(es)
  • Enviou: 1466 vez(es)
  • +859/-185
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #72 em: Abril 14, 2023, 02:26:54 pm »
Venha conhecer os novos drones da Beyond Vision para a Marinha Portuguesa

Estivemos na Península de Tróia para visitar o Centro de Experimentação Operacional da Marinha a acompanhar uma demonstração de drones da Beyond Vision encomendados pela Marinha portuguesa. As aeronaves foram desenvolvidas de acordo com as linhas de orientação da NATO

Vídeo - https://rd.videos.sapo.pt/tgVlCZZQzynCG7vFLtYA?jwsource=cl


um com 35 minutos de voo deve ser standard nato dos pequeninos o outro também pouco mais. Nem para acompanhar um a abordagem de uma lancha para dar perspectiva aérea serve
Entretanto as FA inglesas falam antes com a Tekever com drones um pouco mais a sério

O de 35 minutos até para civil já começa a ser pouco tempo.
A outra versão (foram adquiridas 6 de cada), com 150min de voo já pode ser uma solução mais interessante, embora me pareça bastante inferior aos da Tekever.
Depois é uma questão também de perceber a relação custo-benefício
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3719
  • Recebeu: 2486 vez(es)
  • Enviou: 1954 vez(es)
  • +5691/-2731
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #73 em: Abril 14, 2023, 04:46:11 pm »
Venha conhecer os novos drones da Beyond Vision para a Marinha Portuguesa

Estivemos na Península de Tróia para visitar o Centro de Experimentação Operacional da Marinha a acompanhar uma demonstração de drones da Beyond Vision encomendados pela Marinha portuguesa. As aeronaves foram desenvolvidas de acordo com as linhas de orientação da NATO

Vídeo - https://rd.videos.sapo.pt/tgVlCZZQzynCG7vFLtYA?jwsource=cl


um com 35 minutos de voo deve ser standard nato dos pequeninos o outro também pouco mais. Nem para acompanhar um a abordagem de uma lancha para dar perspectiva aérea serve
Entretanto as FA inglesas falam antes com a Tekever com drones um pouco mais a sério

O de 35 minutos até para civil já começa a ser pouco tempo.
A outra versão (foram adquiridas 6 de cada), com 150min de voo já pode ser uma solução mais interessante, embora me pareça bastante inferior aos da Tekever.
Depois é uma questão também de perceber a relação custo-benefício

Dados os contornos de como começou tudo isso logo com a aquisição de 12 à pressa com sistemáticas falhas, deve ser só nos benefícios, para alguns

De resto ignorar as capacidades acrescidas dos Tekever, para mais sendo também material nacional, é só parolice ou interesses pessoais envolvidos. Não dava para 12, compravam 8, a voar mais tempo e a fazer melhor com mais equipamentos . 
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: Sistemas Aéreos não Tripulados da Marinha
« Responder #74 em: Abril 14, 2023, 08:54:09 pm »
A importância da autonomia, vai depender da função em que o drone seja usado. Claro que se formos falar de patrulha marítima, um drone com autonomia de menos de 1 horas e ou outro de pouco mais de 2 horas, será sempre pouco, até porque não permite cobrir grandes áreas. Por outro lado, para uma força como os fuzileiros, ter este tipo de drones (nomeadamente o hexacóptero HEIFU) será suficiente para executar missões de reconhecimento com relativa facilidade (sendo que um drone muito maior como o VTOL de asa fixa, tornar-se-á mais complicado de transportar).

Agora, também é verdade que, continuamos a falar de drones estritamente de vigilância. Sendo que se algum destes modelos, ou ambos, pudesse largar granadas (como vemos na Ucrânia), seriam muito mais úteis como multiplicador de força de unidades ligeiras terrestres.

O que é preciso é aceitar que, serão sempre necessários vários modelos de drones, para variadas missões. Não pode acontecer é acharmos que, ao termos este drones pequenos, e os Ogassa, estes são suficientes.