Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?

  • 101 Respostas
  • 29734 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9028
  • Recebeu: 4344 vez(es)
  • Enviou: 778 vez(es)
  • +5101/-824
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #90 em: Março 27, 2022, 11:59:49 pm »
Se é para abusar, é para abusar:  :mrgreen:




Ambos com Spike NLOS.

Eu acho que blindados de lagartas ainda são úteis. Têm é de ser usados nos contextos mais adequados e com a protecção necessária.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20717
  • Recebeu: 3152 vez(es)
  • Enviou: 2326 vez(es)
  • +1551/-3495
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #91 em: Março 10, 2023, 12:16:55 pm »

Citação de: Defence 360°
🇫🇷 @Arquus_Defense desenvolveu a viatura blindada de reconhecimento 4x4 VBL MK3. A viatura permite receber uma estação @Hornet_Defense HORNET Akeron, armada com uma metralhadora de 12.7mm e o míssil @byMBDA Akeron MP. Inclui ainda um motor de 130 cv e uma nova caixa automática.

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4528
  • Recebeu: 2947 vez(es)
  • Enviou: 2506 vez(es)
  • +5753/-2888
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #92 em: Março 10, 2023, 01:16:12 pm »
A Viatura VAMTAC ST5: Aplicabilidade em Unidades de Reconhecimento

Citar
Este Relatório Científico Final do Trabalho de Investigação Aplicada é o culminar de uma investigação que tem como título “A Viatura VAMTAC ST5: Aplicabilidade em Unidades de Reconhecimento”. Para existir um fio condutor para esta investigação foi definido um objetivo geral, “avaliar se a viatura VAMTAC ST5 é viável como viatura de reconhecimento”. Este trabalho tem uma parte textual da qual fazem parte a Introdução, o Enquadramento Teórico, a Metodologia, a Apresentação, a Análise e a Discussão de Resultados, as Conclusões e as Referências Bibliográficas. Existe também a parte pré e pós textual, que juntas à parte textual constituem a totalidade do Trabalho de Investigação Aplicada. Foi utilizada uma estratégia de investigação qualitativa, suportada na análise documental e em inquéritos por entrevista como técnicas de recolha de dados. No fim do trabalho, todos os resultados foram descritos e analisados de modo a chegarmos a conclusões e por consequência às respostas das questões de investigação. Fomos analisar todas as características que a VAMTAC ST5 apresenta, comparar com a Panhard Ultrav M11 e com o High Mobility Multipurpose Wheeled Vehicle (HMMWV), bem como comparar o Sistema de Exploración e Reconocimiento Terrestre (SERT) da VAMTAC ST5 com os sistemas da Panhard Ultrav M11 e do HMMWV para assim conseguirmos tecer conclusões apoiadas em evidências. A VAMTAC ST5 equipada com o SERT apresenta-se como uma plataforma viável para unidades de reconhecimento, pela grande vantagem tecnológica e tática que oferece através do SERT, quando comparada com os restantes sistemas em estudo, bem como pelas características e capacidades da própria viatura que supera tanto a Panhard Ultrav M11 como o HMMWV, com poucas limitações que não possam ser mitigadas.

Faltou ai o L-ATV, que é o que mais naturalmente pode substituir o Panhard.

O L-ATV tem um peso semelhante a Vantac e, o M11 um pouco menos de metade e mais pequeno que qualquer deles. Será que essa substituição faz sentido? Então nessa base de pensamento o Vantac não servirá?
Decerto uma viatura como o M11 terá versatilidades que as outras maiores e mais pesadas não terão. Importante é estar bem equipada. Um sistema de baixo perfil com um míssil AC e metralhadora ou lança granadas, por exemplo. A viatura apresenta vantagem de ser muito mais discreta que os outros maiores e mais pesados e, de logística mais fácil.

Depois de carregar o meu comentário vi o do Cabeça de Martelo com a foto. É um bom exemplo


Existem duas manias por cá. Uma de nunca fazer upgrades ou fazer tarde, Outra de não aproveitar o que se tem, olhando o potencial quando existe.
Países mais ricos não deitam fora o que é ainda bom, complementam
« Última modificação: Março 10, 2023, 01:26:58 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9028
  • Recebeu: 4344 vez(es)
  • Enviou: 778 vez(es)
  • +5101/-824
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #93 em: Março 10, 2023, 03:32:28 pm »
E nem o L-ATV nem o ST5 são anfíbios, se bem que isto deve ser visto como secundário na doutrina.

De qualquer forma, a hipótese L-ATV, só faz sentido, se o preço for muito inferior ao da compra do mesmo número de ST5.  Aí já é, obviamente, uma questão de matemática. Porque se pelo valor de 250 ST5 custar 20% mais que 250 L-ATV (exemplo abstracto), obviamente que compensa mais o L-ATV, usando aqueles 20% que sobram para equipamento (RWS e afins). Mas isto é apenas um exemplo.

Se os preços forem mais ou menos idênticos, não há razão para ter o L-ATV.
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4528
  • Recebeu: 2947 vez(es)
  • Enviou: 2506 vez(es)
  • +5753/-2888
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #94 em: Março 10, 2023, 05:18:42 pm »
E nem o L-ATV nem o ST5 são anfíbios, se bem que isto deve ser visto como secundário na doutrina.

De qualquer forma, a hipótese L-ATV, só faz sentido, se o preço for muito inferior ao da compra do mesmo número de ST5.  Aí já é, obviamente, uma questão de matemática. Porque se pelo valor de 250 ST5 custar 20% mais que 250 L-ATV (exemplo abstracto), obviamente que compensa mais o L-ATV, usando aqueles 20% que sobram para equipamento (RWS e afins). Mas isto é apenas um exemplo.

Se os preços forem mais ou menos idênticos, não há razão para ter o L-ATV.


Não penso que seja de descurar a questão anfíbia. Nem tudo é a RCA. Mal não faria ter essa vertente, até num meio de elevada transportabilidade e, já que até existem e podem melhorar e torna-los mais "agressivos" 
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5425
  • Recebeu: 4065 vez(es)
  • Enviou: 10509 vez(es)
  • +8470/-247
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #95 em: Março 10, 2023, 10:55:24 pm »
Acho que os Panhard actualizados pelos franceses perderam a capacidade anfíbia.
Talent de ne rien faire
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20717
  • Recebeu: 3152 vez(es)
  • Enviou: 2326 vez(es)
  • +1551/-3495
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #96 em: Março 10, 2023, 11:04:04 pm »
Sim, estes M11 já não têm essa capacidade por serem mais pesados.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20717
  • Recebeu: 3152 vez(es)
  • Enviou: 2326 vez(es)
  • +1551/-3495
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4528
  • Recebeu: 2947 vez(es)
  • Enviou: 2506 vez(es)
  • +5753/-2888
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9028
  • Recebeu: 4344 vez(es)
  • Enviou: 778 vez(es)
  • +5101/-824
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #99 em: Março 11, 2023, 01:42:44 pm »
Esse aí acaba por ser algo na casa do Wiesel.

Quanto ao VBL e a sua possível substituição, a coisa complica se a capacidade anfíbia for requisito. Não há muitos 4x4 blindados verdadeiramente anfíbios, muito menos naquela gama de peso/dimensão. Uma alternativa seria o Otokar Cobra, mas fora isto, não estou a ver muitos mais.

O mais provável é continuar ao serviço até à última, e depois abandonam o requisito anfíbio.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20717
  • Recebeu: 3152 vez(es)
  • Enviou: 2326 vez(es)
  • +1551/-3495
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #100 em: Março 11, 2023, 02:47:22 pm »
Esse aí acaba por ser algo na casa do Wiesel.

Quanto ao VBL e a sua possível substituição, a coisa complica se a capacidade anfíbia for requisito. Não há muitos 4x4 blindados verdadeiramente anfíbios, muito menos naquela gama de peso/dimensão. Uma alternativa seria o Otokar Cobra, mas fora isto, não estou a ver muitos mais.

O mais provável é continuar ao serviço até à última, e depois abandonam o requisito anfíbio.

Ele é o substituto do Wiesel nos Paraquedistas Alemães.

Quem disse que o Exército exige essa capacidade? Os Pandur 8x8 usados no GRec não têm essa opção e seria relativamente fácil obtê-la quando fizeram os requerimentos para o programa.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9028
  • Recebeu: 4344 vez(es)
  • Enviou: 778 vez(es)
  • +5101/-824
Re: Panhards ULTRAV M11 no Exército substituir ou upgrade ?
« Responder #101 em: Março 11, 2023, 09:38:33 pm »
Daí eu ter dito "se" for um requisito. Se não for, o que não falta são opções de blindados leves.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo