Notícias da Força Aérea Brasileira

  • 934 Respostas
  • 255157 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 562 vez(es)
  • Enviou: 377 vez(es)
  • +4258/-3308
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #930 em: Abril 30, 2021, 01:03:56 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 562 vez(es)
  • Enviou: 377 vez(es)
  • +4258/-3308
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #931 em: Maio 05, 2021, 12:11:28 am »
Ministério da Defesa pede acréscimo de R$ 1 bilhão a pasta para aquisição de aeronaves de transporte


Citar
Uma semana após os vetos do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao orçamento de 2021, o Ministério da Defesa (MD) pediu ao Ministério da Economia, para acrescentar R$ 1 bilhão aos recursos da pasta e diz que os cortes impactam “diretamente o cumprimento da missão constitucional” das Forças Armadas.

Entre vetos e bloqueios, o MD perdeu R$ 3,3 bilhões, ficando com um orçamento total de R$ 113 bilhões, a maior parte para o pagamento de salários dos militares. O total disponível para as despesas livres (como custeio e investimento) ficou em R$ 8,4 bilhões, ainda assim um dos maiores da Esplanada.

Missão constitucional

“Tal redução impacta diretamente o cumprimento da missão constitucional do Ministério da Defesa, visto que as programações afetadas são de extrema importância para assegurar a defesa do território nacional e a continuidade de projetos prioritários, que, além de serem de grande relevância para a atuação das Forças Armadas, contribuem sobremaneira para a retomada da economia, com geração de renda, recuperação de empregos e divisas para o país”, diz Braga Netto.

Do total solicitado agora pelo ministério, a maior parte do valor (R$ 500 milhões) é para a aquisição de duas aeronaves de transporte que serão usadas para o combate à Covid-19.

Nota técnica da Aeronáutica, anexada ao ofício, afirma que a compra das aeronaves foi uma “decisão presidencial”. Em janeiro, Bolsonaro citou a intenção de comprar os aviões ressaltando que o governo teve dificuldade de transportar oxigênio durante o colapso no sistema de saúde de Manaus.

A pasta pede também R$ 267,5 milhões para o Programa de Desenvolvimento de Submarinos e o Programa Nuclear da Marinha, que tiveram parte dos recursos vetados. Segundo o ofício, o dinheiro é necessário para pagar parcelas dos contratos.

Em uma mensagem enviada ao ministério, a Marinha afirmou que a falta de pagamento pode afetar a “credibilidade internacional” do Brasil e levar a um prejuízo de mais de R$ 21 bilhões. O documento diz que a redução no orçamento levará à “inadimplência contratual e à consequente rescisão unilateral por parte das empresas contratadas”.

Operação Acolhida

Braga Netto registra também a necessidade de R$ 178,8 milhões “para manter a atuação das Forças Armadas nas ações de acolhimento humanitário e assistência emergencial aos venezuelanos em situação de vulnerabilidade”, na chamada Operação Acolhida.

Por último, o ministro pede R$ 38 milhões para a implantação do Colégio Militar de São Paulo. A instalação de colégios militares é uma das bandeiras de campanha de Bolsonaro. A Casa Civil confirmou o pedido da Defesa e disse que os pedidos estão sendo analisados por técnicos do governo.

Com informações do jornal O Globo
« Última modificação: Maio 05, 2021, 01:23:42 am por Vitor Santos »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 562 vez(es)
  • Enviou: 377 vez(es)
  • +4258/-3308
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #932 em: Maio 12, 2021, 06:08:11 pm »
Airbus A330MRTT (KC-X3) – Autorizada a compra


Citar
O Diário Oficial da União de hoje, 12 de maio, traz publicado o despacho decisório Nº 12/GM-MD, assinado pelo ministro da Defesa, Walter Braga Netto, com a dispensa, em caráter de excepcionalidade, da exigência de compensação comercial, tecnológica ou industrial na aquisição de duas aeronaves estratégicas de transporte e reabastecimento em voo usadas, para o “Projeto KC-X3” da Força Aérea Brasileira (FAB).

A justificativa da compra, entre outras, foi de atender as demandas da FAB no enfrentamento da crise emergencial de saúde pública e para apoio humanitário, em função da pandemia de covid-19.

 :arrow: https://tecnodefesa.com.br/kc-x3-autorizada-a-compra/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 562 vez(es)
  • Enviou: 377 vez(es)
  • +4258/-3308
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #933 em: Maio 13, 2021, 01:31:26 pm »
FAB recebe autorização do Ministério da Defesa para buscar duas aeronaves de reabastecimento em voo


Citar
"A necessidade para esse tipo de aeronave existe desde 2013, quando os Boieng KC-137 do Esquadrão Corsário foram aposentados, deixando uma lacuna até agora não preenchida, algo que também foi exposto nos transportes realizados pela FAB durante os picos da pandemia, no âmbito da Operação Covid-19.

No momento, a FAB conta com dois KC-130M Hércules para as missões de reabastecimento em voo (REVO), operações que logo serão realizadas pelos novos KC-390 Millennium.


 :arrow:  https://www.aeroflap.com.br/fab-recebe-autorizacao-do-ministerio-da-defesa-para-buscar-duas-aeronaves-de-reabastecimento-em-voo/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 5510
  • Recebeu: 562 vez(es)
  • Enviou: 377 vez(es)
  • +4258/-3308
Re: Notícias da Força Aérea Brasileira
« Responder #934 em: Hoje às 02:59:57 am »
Brasil autoriza compra de duas aeronaves A330 MRTT para a Força Aérea


Citar
Roberto Valadares Caiafa

O ministro da Defesa brasileiro, Walter Braga Netto , autorizou a aquisição de duas aeronaves de transporte estratégico. O documento concede, excepcionalmente, a isenção da obrigatoriedade de licitação comercial, tecnológica ou industrial e de indenização pela aquisição de produto de defesa pela Força Aérea Brasileira (FAB) , no âmbito do projeto KC-X3.


A rapidez da aquisição justifica-se, entre outros motivos, por atender a emergências de saúde pública e esforços de apoio humanitário. As autoridades competentes da entidade em causa serão responsáveis ​​pelo acompanhamento e fiscalização dos atos daí resultantes.

Aeronave Airbus A330

Em 2019, uma aeronave KC-2 Voyager da Royal Air Force (RAF) chegou ao Brasil e foi apresentada em detalhes à FAB, após uma oferta de venda de duas unidades totalmente equipadas para missões de transporte de cargas de longo alcance e estratégicas missões de reabastecimento, capacidade perdida pela FAB quando o antiquado KC-137 ( Boeing 707 convertido) foi desativado.


No dia 29 de janeiro, por meio de suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro anunciou a compra dessas aeronaves , após condicionada à liberação dos recursos pelo Ministério da Economia , o que acabou sendo negado pelo titular da carteira, Paulo Guedes .

Porém, ciente da necessidade urgente dessas aeronaves em sua linha de voo, a FAB buscou outras formas de viabilizar essa compra , visto que a oferta britânica de dois Airbus A330 MRTT ( KC-2 Voyager ) era especialmente atrativa em termos de custos .

Dois meses depois, e após a substituição dos comandos militares das três forças, a FAB obteve autorização para adquirir essas aeronaves no mercado internacional.

Com a chegada dessas aeronaves à sua Aviação de Transporte , a Força Aérea Brasileira poderá mais uma vez realizar missões humanitárias e sanitárias em longas distâncias, com alcance intercontinental, sem a necessidade de aeroportos intermediários de rota e outros burocráticos e / ou políticos obstáculos.

Com a entrega dessas aeronaves, a frota de caças F-39 Gripen E / F terá seu alcance operacional ampliado exponencialmente, permitindo ao Brasil defender seus interesses por meio do uso de força militar em quase qualquer parte do mundo, de forma rápida, segura e eficaz.

 :arrow: https://www.infodefensa.com/latam/2...sil-autoriza-compra-aviones-fuerza-aerea.html