Actividade Operacional/Exercícios

  • 820 Respostas
  • 231853 Visualizações
*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 11982
  • Recebeu: 2557 vez(es)
  • Enviou: 6896 vez(es)
  • +423/-390
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #795 em: Junho 25, 2022, 01:45:12 am »
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10067
  • Recebeu: 1905 vez(es)
  • Enviou: 2487 vez(es)
  • +460/-484
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #796 em: Junho 25, 2022, 05:35:47 pm »
Por isso é que andavam dois NPO nos Açores  :mrgreen:.
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7648
  • Recebeu: 1068 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +1189/-50
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #797 em: Junho 25, 2022, 09:25:54 pm »
Por isso é que andavam dois NPO nos Açores  :mrgreen:.

Com a complexidade de contra-torpedeiros protegem contra as lanchas de migrantes que o outro confrade do fórum que se auto-intitula de legionário (da treta/boa vontade) diz que vem do norte de África até aos Açores  :N-icon-Axe:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10067
  • Recebeu: 1905 vez(es)
  • Enviou: 2487 vez(es)
  • +460/-484
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #798 em: Junho 25, 2022, 09:43:58 pm »
Por isso é que andavam dois NPO nos Açores  :mrgreen:.

Com a complexidade de contra-torpedeiros protegem contra as lanchas de migrantes que o outro confrade do fórum que se auto-intitula de legionário (da treta/boa vontade) diz que vem do norte de África até aos Açores  :N-icon-Axe:

Eu acho com boa vontade ainda chegavam era à Terra Nova.
 

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1190
  • Recebeu: 504 vez(es)
  • Enviou: 136 vez(es)
  • +402/-143
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #799 em: Junho 27, 2022, 05:36:40 pm »
Alguém sabe porque motivo quando há um SAR vai sempre um EH-101 e um C-295? Pelo que sei tem sido normal ultimamente mas desconheço se é pratica comum noutros Países.

É que o C-295 faz-me sentido para salvamentos mais complicados ou que seja preciso o EH-101 fazer várias piscinas e assim garante-se sempre um meio no local. Para noutras situações parece-me um exagero (mas tb não percebo nada), alguém me consegue elucidar?
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2220
  • Recebeu: 767 vez(es)
  • Enviou: 2437 vez(es)
  • +457/-47
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #800 em: Junho 27, 2022, 05:39:18 pm »
Eu julgo que "não vai sempre", vai quando o SAR é longe e é necessário que o EH-101 não possa perder tempo a localizar (para além de permitir um "reconhecimento" local antes do helicóptero chegar).   
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2381
  • Recebeu: 435 vez(es)
  • Enviou: 307 vez(es)
  • +126/-307
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10067
  • Recebeu: 1905 vez(es)
  • Enviou: 2487 vez(es)
  • +460/-484
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #802 em: Junho 27, 2022, 10:51:22 pm »
Alguém sabe porque motivo quando há um SAR vai sempre um EH-101 e um C-295? Pelo que sei tem sido normal ultimamente mas desconheço se é pratica comum noutros Países.

É que o C-295 faz-me sentido para salvamentos mais complicados ou que seja preciso o EH-101 fazer várias piscinas e assim garante-se sempre um meio no local. Para noutras situações parece-me um exagero (mas tb não percebo nada), alguém me consegue elucidar?

Em Portugal sempre operaram assim, desde o Aviocar + Puma.

O avião como é mais rapido e tem mais autonomia vai fazer o reconhecimento, descobrir a localização exacta do navio (que depois transmite ao helicóptero), dar indicações ao navio de como estar preparado para a operação, assim mal o helicóptero chegue não é preciso o helicóptero esperar por nada.

No tempo do Aviocar + Puma, para aumentar o raio de acção do helicóptero (200 milhas náuticas se não me engano), nas operações SAR mais a oeste o Puma chegava a reabastecer de madrugada no aeroporto da ilha das Flores para o Puma ir ao maximo oeste possível logo pela manhãzinha, essa acção tinha que ser repetida no regresso e aproveitavam essa paragem nas Flores para transferir as vitimas para o Aviocar que como era mais rápido já estava nas Flores à espera, o resto da viagem para a ilha Terceira/Base das Lajes em Aviocar também era mais rapido que de Puma além que o Puma ainda tinha que abastecer para fazer ultimo troço da viagem para "casa".


Com o uso do EH101 que tem muito mais autonomia e capacidade SAR noturno, este tipo de operações "complexas" com paragens noutras ilhas para abastecer e transferência de vitimas de um meio para outro, julgo que acabaram, o EH101 faz tudo e directo.

Penso que o C295 é usado nas tarefas iniciais de reconhecimento e de dar indicações ao navio onde a operação SAR vai ocorrer, agora se isso acontece sempre ou só em situações que não se sabe bem a localização das vítimas desconheço, muitos países tem aviões SAR como o Canadá ou os EUA, penso que seja para operações similares.

Os aviões SAR também tem capacidade de largar para a água um Kit SAR para ajudar vitimas que já estejam na água e possam estar longe do alcance de um helicóptero, no acompanhamento a um helicóptero SAR estes aviões também servem de ajuda num "pior cenário" do helicóptero cair à água, o avião pode logo largar um kit SAR e despoletar uma operação SAR de apoio ao helicóptero com a localização precisa do helicóptero, em vez do helicóptero ir sozinho e ser um operador num centro de Comando que vai ficar sem comunicações com o helicóptero, vai andar a tentar estabelecer comunicações, ao fim de x tempo vai pedir a algum navio nas redondezas que se dirija à última localização conhecida do helicóptero a ver se detecta destroços ou vitimas na água, ia piorar muito as hipóteses de sobrevivência da tripulação do helicóptero.
« Última modificação: Junho 27, 2022, 11:06:52 pm por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Charlie Jaguar, nelson38899, raphael, HSMW, CruzSilva, asalves, Red Baron

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4556
  • Recebeu: 4173 vez(es)
  • Enviou: 2681 vez(es)
  • +6138/-2495
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #803 em: Junho 28, 2022, 11:21:07 am »
É isso mesmo, sem tirar nem pôr. ;)

É aquilo que por vezes também se apelida de redundância por segurança.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1190
  • Recebeu: 504 vez(es)
  • Enviou: 136 vez(es)
  • +402/-143
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #804 em: Junho 28, 2022, 02:53:10 pm »
Alguém sabe porque motivo quando há um SAR vai sempre um EH-101 e um C-295? Pelo que sei tem sido normal ultimamente mas desconheço se é pratica comum noutros Países.

É que o C-295 faz-me sentido para salvamentos mais complicados ou que seja preciso o EH-101 fazer várias piscinas e assim garante-se sempre um meio no local. Para noutras situações parece-me um exagero (mas tb não percebo nada), alguém me consegue elucidar?

Em Portugal sempre operaram assim, desde o Aviocar + Puma.

O avião como é mais rapido e tem mais autonomia vai fazer o reconhecimento, descobrir a localização exacta do navio (que depois transmite ao helicóptero), dar indicações ao navio de como estar preparado para a operação, assim mal o helicóptero chegue não é preciso o helicóptero esperar por nada.

No tempo do Aviocar + Puma, para aumentar o raio de acção do helicóptero (200 milhas náuticas se não me engano), nas operações SAR mais a oeste o Puma chegava a reabastecer de madrugada no aeroporto da ilha das Flores para o Puma ir ao maximo oeste possível logo pela manhãzinha, essa acção tinha que ser repetida no regresso e aproveitavam essa paragem nas Flores para transferir as vitimas para o Aviocar que como era mais rápido já estava nas Flores à espera, o resto da viagem para a ilha Terceira/Base das Lajes em Aviocar também era mais rapido que de Puma além que o Puma ainda tinha que abastecer para fazer ultimo troço da viagem para "casa".


Com o uso do EH101 que tem muito mais autonomia e capacidade SAR noturno, este tipo de operações "complexas" com paragens noutras ilhas para abastecer e transferência de vitimas de um meio para outro, julgo que acabaram, o EH101 faz tudo e directo.

Penso que o C295 é usado nas tarefas iniciais de reconhecimento e de dar indicações ao navio onde a operação SAR vai ocorrer, agora se isso acontece sempre ou só em situações que não se sabe bem a localização das vítimas desconheço, muitos países tem aviões SAR como o Canadá ou os EUA, penso que seja para operações similares.

Os aviões SAR também tem capacidade de largar para a água um Kit SAR para ajudar vitimas que já estejam na água e possam estar longe do alcance de um helicóptero, no acompanhamento a um helicóptero SAR estes aviões também servem de ajuda num "pior cenário" do helicóptero cair à água, o avião pode logo largar um kit SAR e despoletar uma operação SAR de apoio ao helicóptero com a localização precisa do helicóptero, em vez do helicóptero ir sozinho e ser um operador num centro de Comando que vai ficar sem comunicações com o helicóptero, vai andar a tentar estabelecer comunicações, ao fim de x tempo vai pedir a algum navio nas redondezas que se dirija à última localização conhecida do helicóptero a ver se detecta destroços ou vitimas na água, ia piorar muito as hipóteses de sobrevivência da tripulação do helicóptero.

Muito obrigado pela informação, sempre a aprender :G-beer2:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1190
  • Recebeu: 504 vez(es)
  • Enviou: 136 vez(es)
  • +402/-143
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #805 em: Junho 30, 2022, 03:32:02 pm »
https://twitter.com/Gibdan1/status/1542509182787518465
Portuguese AF F16 15110 aborted takeoff at Ex Real Thaw just now. Seems tyre / wheel has caught fire due to excessive braking. Manage to catch the wire




 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, Lightning

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4556
  • Recebeu: 4173 vez(es)
  • Enviou: 2681 vez(es)
  • +6138/-2495
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #806 em: Junho 30, 2022, 03:38:50 pm »
https://twitter.com/Gibdan1/status/1542509182787518465
Portuguese AF F16 15110 aborted takeoff at Ex Real Thaw just now. Seems tyre / wheel has caught fire due to excessive braking. Manage to catch the wire




Acontece, é para isso que o F-16 tem o gancho de emergência, e existe o cabo de aço de retenção. ;)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: asalves

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4993
  • Recebeu: 606 vez(es)
  • Enviou: 506 vez(es)
  • +470/-1826
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #807 em: Junho 30, 2022, 03:50:19 pm »
Bem, está na hora de substituir os F16.

Se o A7 foi retirado de serviço por causa da falta de pneus, com este problema só mostra que está por dias o fim dos Fs
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4556
  • Recebeu: 4173 vez(es)
  • Enviou: 2681 vez(es)
  • +6138/-2495
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #808 em: Junho 30, 2022, 04:48:47 pm »
Bem, está na hora de substituir os F16.

Se o A7 foi retirado de serviço por causa da falta de pneus, com este problema só mostra que está por dias o fim dos Fs

É um acontecimento relativamente comum Nélson, não é razão para isso. Há muito para actualizar e modernizar nos F-16, é certo, mas a vida útil das nossas células estende-se até praticamente meados da década de 2040.

E sobretudo actualizar e modernizar para que não perca relevância, e porque continuamos a usufruir de apenas um pouco do potencial de que este sistema de armas é capaz. ;)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PTWolf

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4993
  • Recebeu: 606 vez(es)
  • Enviou: 506 vez(es)
  • +470/-1826
Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Responder #809 em: Junho 30, 2022, 05:25:01 pm »
Bem, está na hora de substituir os F16.

Se o A7 foi retirado de serviço por causa da falta de pneus, com este problema só mostra que está por dias o fim dos Fs

É um acontecimento relativamente comum Nélson, não é razão para isso. Há muito para actualizar e modernizar nos F-16, é certo, mas a vida útil das nossas células estende-se até praticamente meados da década de 2040.

E sobretudo actualizar e modernizar para que não perca relevância, e porque continuamos a usufruir de apenas um pouco do potencial de que este sistema de armas é capaz. ;)

já está velho. Eu só quero o ver o F35 ou rafalle aqui.;)
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva