Substituição dos Alpha-jet

  • 1516 Respostas
  • 247212 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6554
  • Recebeu: 2757 vez(es)
  • Enviou: 578 vez(es)
  • +1389/-536
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1290 em: Fevereiro 06, 2022, 10:14:23 pm »
Nesse aspecto, talvez os F-16BM servissem. Vários países usam aeronaves de treino desarmadas. Além de que um ST nunca vai replicar o tipo de armamento do F-16, nomeadamente no que diz respeito a mísseis BVR, e eventuais mísseis anti-navio e de cruzeiro (caso tivéssemos  ::)).

Nós seguimos a "escola" da USAF seguramente, mas nada impede vermos como fazem outros países. Podem é dar esta formação mais avançada de armamento em aeronaves bilugar como os nossos F-16B, mas nós também temos poucos, acho que são 4, com tantas vendas já nem sei.

Em relação ao armamento, pois o ST não utiliza misseis BVR nem Harpoon, mas usa canhão e pode usar diverso armamento nas asas guiado ou não guiado, por isso se a diferença é apenas o BVR (o Harpoon não temos como muito bem disse), essa parte pode ser ensinada nas esquadras de F-16.

Temos poucos BM, mas dada a quantidade de pilotos que formamos, se calhar até devem chegar... E supostamente têm menos desgaste que os monolugar.

Sim, o ST deve servir para o essencial, mas quando for para andar de F-16, têm que aprender tudo na mesma.

Nós por acaso temos mísseis BVR? E radares para isso?

É que a partir de 1500 pés a distância para o horizonte já é semelhante ao limite de detecção do radar (se os valores de 83kms estiverem certos). Estou a referir-me aos APG-66 (V)2 dos F16.

Temos, poucos, mas temos. AIM-120C5 creio eu. Era um dos pontos fulcrais do MLU, dar capacidade aos F-16 de lançar mísseis BVR. O radar é de facto algo limitado, mas para isso até há solução, é modernizar com o novo radar AESA.
O alcance de detecção do radar vai depender dos objectos a detectar. Um avião comercial vai conseguir ser visto a uma distância muito maior, que um caça. Vai depender do RCS do objecto detectado.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Visitante123

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4617
  • Recebeu: 4281 vez(es)
  • Enviou: 2727 vez(es)
  • +6392/-2497
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1291 em: Fevereiro 07, 2022, 01:22:19 pm »
Temos, poucos, mas temos. AIM-120C5 creio eu. Era um dos pontos fulcrais do MLU, dar capacidade aos F-16 de lançar mísseis BVR. O radar é de facto algo limitado, mas para isso até há solução, é modernizar com o novo radar AESA.

Teremos à volta de 20 a 22 AIM-120C-5, e aparentemente cerca de uma dúzia de C-7 recém-chegados. No entanto, e como todos já sabem, em relação a esta última versão é muito difícil confirmar a sua recepção, apesar da encomenda colocada há poucos anos.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, tenente, dc, Visitante123

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5011
  • Recebeu: 3540 vez(es)
  • Enviou: 6775 vez(es)
  • +5033/-188
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1292 em: Fevereiro 08, 2022, 04:49:35 am »
Podíamos também ter adquirido mais uns B dos noruegueses e dos holandeses, já que não cabem nos porões da Fat Amy. Devem estar perto do final de vida, mas ainda devem aguentar uns 10 anos e os aliados certamente que fariam um preço especial para pedinchas como nós. E mesmo que os mísseis não estivessem em condições, podia-se sempre adquirir os inertes, já que estes não abundam na FAP. Pior ainda é não terem adquirido os IRIS-T, os Sniper X, ou o MWS da Terma aos noruegueses.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1194
  • Recebeu: 504 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +362/-143
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1293 em: Fevereiro 10, 2022, 11:26:38 am »


https://twitter.com/Lp_adsb/status/1491416895568113664
Não sei o que vieram cá fazer, se alguém tiver mais alguma informação


PS: Andam a passear por Salamanca agora:
https://globe.adsbexchange.com/?icao=3b75f2
« Última modificação: Fevereiro 10, 2022, 11:34:15 am por asalves »
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4617
  • Recebeu: 4281 vez(es)
  • Enviou: 2727 vez(es)
  • +6392/-2497
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1294 em: Fevereiro 10, 2022, 12:58:27 pm »


https://twitter.com/Lp_adsb/status/1491416895568113664
Não sei o que vieram cá fazer, se alguém tiver mais alguma informação


PS: Andam a passear por Salamanca agora:
https://globe.adsbexchange.com/?icao=3b75f2

Têm vindo cá muitas vezes, o ano passado andei os cheguei a ver em Sintra.

Penso ser aquilo que se designa por missão de "cross-country navigation", neste caso levado a cabo por instrutores e instruendos do Armée de l'Air nos seus PC-21.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2420
  • Recebeu: 440 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +127/-316
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1295 em: Março 29, 2022, 09:35:24 pm »
Citar
A Embraer, a idD Portugal Defence e a ETI assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) para uma potencial colaboração estratégica relacionada com o treino e simulação, para produtos de Defesa e de dupla utilização. As áreas abrangidas incluem o desenvolvimento e inovação de tecnologias de Realidade Virtual, Realidade Aumentada, Realidade Mista e Análise de Dados.

O MoU inclui a oportunidade de expandir e aumentar o relacionamento de longo prazo entre a Embraer e a ETI para o desenvolvimento dos produtos de treino da Embraer, para o A29 Super Tucano, entre outros programas. Nesse contexto, as duas empresas já discutem as potenciais oportunidades.

A Embraer e a ETI colaboram há muitos anos e cada empresa trará a expertise específica necessária para realizar pesquisa e desenvolvimento a serem aplicados em tecnologias avançadas e produtos de treino inovadores. Este MoU é mais um passo importante nesta relação de longo prazo.

 ???
 

*

wyldething

  • Membro
  • *
  • 92
  • Recebeu: 36 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +2/-2
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1296 em: Abril 21, 2022, 07:53:37 pm »
Hungria compra 12 L-39NG:
https://www.key.aero/article/hungary-orders-12-l-39ng-jet-trainers?utm_content=205330945&utm_medium=social&utm_source=twitter&hss_channel=tw-3063891275

A Hungria era um dos países que assinou o memorando de entendimento para a criação da rede europeia de instalações de treino "NATO Flight Training Europe". Resta saber se esta compra da Hungria se integra nesse âmbito, ou se é  totalmente independente.
Por cá, acho que não se ouve falar da famosas escola de pilotos de caça em Beja vai para 2 anos...
 

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 864 vez(es)
  • Enviou: 1423 vez(es)
  • +1998/-1716
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1297 em: Abril 21, 2022, 08:17:45 pm »
Boa noite,
Essa ideia está morta, assim como os Coreanos.
O EMFA e MDN estão apaixonados pela EMBRAER, por isso quase de certeza virão os A-29 Super Tucano para treino avançado e CAS.
Existe muita pressão para isso, até de um homem dos F-16, CAP PILAV.
Cps,
 

*

imaginário

  • Membro
  • *
  • 40
  • Recebeu: 16 vez(es)
  • Enviou: 19 vez(es)
  • +1/-2
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1298 em: Abril 21, 2022, 09:51:53 pm »
Boa noite,
Essa ideia está morta, assim como os Coreanos.
O EMFA e MDN estão apaixonados pela EMBRAER, por isso quase de certeza virão os A-29 Super Tucano para treino avançado e CAS.
Existe muita pressão para isso, até de um homem dos F-16, CAP PILAV.
Cps,
Que seja! Mais vale  os Super Tucano do que não ter nada!
 

*

wyldething

  • Membro
  • *
  • 92
  • Recebeu: 36 vez(es)
  • Enviou: 45 vez(es)
  • +2/-2
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1299 em: Abril 21, 2022, 10:52:25 pm »

Existe muita pressão para isso, até de um homem dos F-16, CAP PILAV.
Cps,

Se é por causa do trabalho de investigação, não lhe chamaria pressão. É apenas isso, um trabalho de investigação.
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2420
  • Recebeu: 440 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +127/-316
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1300 em: Abril 22, 2022, 09:44:19 pm »
Boa noite,
Essa ideia está morta, assim como os Coreanos.
O EMFA e MDN estão apaixonados pela EMBRAER, por isso quase de certeza virão os A-29 Super Tucano para treino avançado e CAS.
Existe muita pressão para isso, até de um homem dos F-16, CAP PILAV.
Cps,

Parece que existe um projecto político de apoio ao A29 em Portugal. Seria sempre uma versão modernizada e com tecnologia "Portuguesa", é bem possível que possa vir a ter envolvimento da "industria Portuguesa" como quem diz Embraer Portugal.

O grande problema é o financiamento. Existem bastantes planos de todos os meios, o problema é  depois garantirem o financiamento. E vamos ver como se porta o Exercito, pois podemos vir a ter um problema grande, visto o Exercito já ter sido comigo nas duas ultimas LPM.
 

*

Kalil

  • Analista
  • ***
  • 680
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +48/-36
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1301 em: Abril 28, 2022, 10:41:39 pm »
Qual seria a desvantagem em simplesmente adquirir o Pilatus, como os espanhóis??
Meramente política?
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1959
  • Recebeu: 485 vez(es)
  • Enviou: 2304 vez(es)
  • +168/-21
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1302 em: Abril 28, 2022, 10:42:42 pm »
Qual seria a desvantagem em simplesmente adquirir o Pilatus, como os espanhóis??
Meramente política?


Dava menos uns tachitos na Embraer. Não pode ser.
 :-P
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Subsea7

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1194
  • Recebeu: 504 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +362/-143
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1303 em: Abril 29, 2022, 10:26:14 am »
Qual seria a desvantagem em simplesmente adquirir o Pilatus, como os espanhóis??
Meramente política?

Depende do que se pretende, o Pilatus para treino é o melhor, pois está desenhado para isso permitindo simular praticamente todo tipo de situações. O A29 não é totalmente vocacionado para treino, mas tem a facilidade de poder desempenhar outras funções, agora só se pode ver os prós e contras sabendo o objectivo, se pretendermos única e exclusivamente treino então o Pilatus é a melhor opção, se pretendermos outras missões o A29 pode vir a ser muito útil. O problema é que corremos o risco (como sempre acontece) de comprar o meio para uma coisa e depois nunca chegar a ser usado para isso pois falta o resto.
 

*

Kalil

  • Analista
  • ***
  • 680
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +48/-36
Re: Substituição dos Alpha-jet
« Responder #1304 em: Abril 29, 2022, 05:13:42 pm »
Qual seria a desvantagem em simplesmente adquirir o Pilatus, como os espanhóis??
Meramente política?

Depende do que se pretende, o Pilatus para treino é o melhor, pois está desenhado para isso permitindo simular praticamente todo tipo de situações. O A29 não é totalmente vocacionado para treino, mas tem a facilidade de poder desempenhar outras funções, agora só se pode ver os prós e contras sabendo o objectivo, se pretendermos única e exclusivamente treino então o Pilatus é a melhor opção, se pretendermos outras missões o A29 pode vir a ser muito útil. O problema é que corremos o risco (como sempre acontece) de comprar o meio para uma coisa e depois nunca chegar a ser usado para isso pois falta o resto.


As outras opções, para além do treino de pilotos, seriam o famoso apoio de fogo aéreo? Qual será a probabilidade de isso ser realmente necessário?
E, possivelmente algum tipo de missão de vigilância?