CAS/Overwatch na FAP ???

  • 275 Respostas
  • 15582 Visualizações
*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2534
  • Recebeu: 177 vez(es)
  • Enviou: 44 vez(es)
  • +27/-37
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #195 em: Setembro 19, 2022, 08:19:18 am »
A manutenção quando não ocorre, é na maioria das vezes por falta de verba. E nisso, ter a manutenção nas OGMA ou não, é irrelevante, basta ver que a manutenção dos navios da Marinha é feita no Alfeite, e não é por isso que o Governo dá o orçamento necessário para esse fim.

Mas eu não tenho dúvida que as "jóias" da Embraer serão todas mantidas a tempo e horas. A questão é, se para garantir a manutenção dos KCs e STs, não ficarão outros meios para trás.

A questão levantada quanto à MNT dos 314 prende-se com quem e onde deve ser executada, não com quando.

Houve aqui um comentário de especialista na matéria que muito conhecedor alvitrou serem na grande maioria efectuados na " esquadrilha " desconhecendo que de X em X horas se efectua o nivel de MNT A, de Y em Y horas se efectua o nivel de MNT B e de Z em Z horas se efectua o nivel de MNT C e, todos eles, em sectores diferentes pois englobam partes distintas da aeronave, apenas podendo ser mantidas e inspeccionadas por técnicos com diferentes e mais complexas qualificações, tão simples quanto isto.
Mas como neste FD, é sempre a aprender e com quem sabe, lê-se muito disto, as tais bacoradas de quem muito escreve sobre tudo, mas, sem nada saber

Quanto às OGMA será muito positivo para a indústria Aeronáutica possuir mais essa certificação para mais um modelo de acft, e não como alguns dizem não fazer falta ou diferença alguma porque o tal acft faz a maior parte da MNT NA esquadrilha.

Se a MNT vai ser efectuada atempadamente ou não noutros SA, a favor destes dois SA, eu não me admiraria mesmo nada que não  o fosse, pois há que apoiar os amigalhaços d'além MAR.

Abraços

ahahah!! :mrgreen: :mrgreen:
Meu caro, é de rir ver a mesquinhês com que escreve essas palavras. Acaba por cair no rídiculo.

O que escrevi foi-me dito pelo fabricante numa feira internacional, se ele diz que os níveis de manutenção podem ser feitos ao nível de esquadrilha, excepto helices e motor, por certo não nos estará a mentir, ou agora o Sr já percebe mais do que o Fabricante?!
Portanto se quiser aprender, lê, se não continue lá na sua quintinha  :bang:.

The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9613
  • Recebeu: 4896 vez(es)
  • Enviou: 3525 vez(es)
  • +4438/-1015
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #196 em: Setembro 19, 2022, 08:58:51 am »
A manutenção quando não ocorre, é na maioria das vezes por falta de verba. E nisso, ter a manutenção nas OGMA ou não, é irrelevante, basta ver que a manutenção dos navios da Marinha é feita no Alfeite, e não é por isso que o Governo dá o orçamento necessário para esse fim.

Mas eu não tenho dúvida que as "jóias" da Embraer serão todas mantidas a tempo e horas. A questão é, se para garantir a manutenção dos KCs e STs, não ficarão outros meios para trás.

A questão levantada quanto à MNT dos 314 prende-se com quem e onde deve ser executada, não com quando.

Houve aqui um comentário de especialista na matéria que muito conhecedor alvitrou serem na grande maioria efectuados na " esquadrilha " desconhecendo que de X em X horas se efectua o nivel de MNT A, de Y em Y horas se efectua o nivel de MNT B e de Z em Z horas se efectua o nivel de MNT C e, todos eles, em sectores diferentes pois englobam partes distintas da aeronave, apenas podendo ser mantidas e inspeccionadas por técnicos com diferentes e mais complexas qualificações, tão simples quanto isto.
Mas como neste FD, é sempre a aprender e com quem sabe, lê-se muito disto, as tais bacoradas de quem muito escreve sobre tudo, mas, sem nada saber

Quanto às OGMA será muito positivo para a indústria Aeronáutica possuir mais essa certificação para mais um modelo de acft, e não como alguns dizem não fazer falta ou diferença alguma porque o tal acft faz a maior parte da MNT NA esquadrilha.

Se a MNT vai ser efectuada atempadamente ou não noutros SA, a favor destes dois SA, eu não me admiraria mesmo nada que não  o fosse, pois há que apoiar os amigalhaços d'além MAR.

Abraços

ahahah!! :mrgreen: :mrgreen:
Meu caro, é de rir ver a mesquinhês com que escreve essas palavras. Acaba por cair no rídiculo.

O que escrevi foi-me dito pelo fabricante numa feira internacional, se ele diz que os níveis de manutenção podem ser feitos ao nível de esquadrilha, excepto helices e motor, por certo não nos estará a mentir, ou agora o Sr já percebe mais do que o Fabricante?!
Portanto se quiser aprender, lê, se não continue lá na sua quintinha  :bang:.

Já me ri a bom rir, muito bom mesmo !!!
O fabricante que lhe disse isso foi o mesmo que disse isto ??

A embraer  iníciou o processo de capacitação da sua subsidiária OGMA_PT para executar o apoio e manutenção da aeronave de treino e ataque A-29 Super Tucano, além de futuras modificações na aeronave que atendam aos requerimentos dos clientes atuais e futuros na região.

Muito interessante, então para que seria necessário certificar as OGMA, como apoio para as MNT dos actuais e futuros, clientes, se os utilizadores do A29 fazem as MNT nas esquadrilhas ?
As operações MRO, mais profundas quem as executa ?

Às tantas a mentira tem outra origem que não o fabricante.

https://twitter.com/Defence360/status/1570009563595685889/photo/1



« Última modificação: Setembro 19, 2022, 09:34:19 am por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 7445
  • Recebeu: 2381 vez(es)
  • Enviou: 912 vez(es)
  • +3978/-4803
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #197 em: Setembro 19, 2022, 12:37:34 pm »
A Embraer gosta muito de dourar a pilula. Basta ver o que diz do KC...  :mrgreen:

https://www.embraer.com/br/pt/9255-todas-as-aeronaves-da-embraer

Citar
O KC-390 é a aeronave de transporte multimissão de nova geração que combina uma plataforma altamente flexível com o menor custo de ciclo de vida do mercado de transporte médio. Capaz de transportar e lançar cargas e tropas, o avião também cobre uma ampla gama de missões: evacuação aeromédica, busca e resgate, combate a incêndios, reabastecimento aéreo e auxílio humanitário. Por essas características, pode ser equipado com sistema de autodefesa e proteção balística que aumenta a capacidade de operações em ambientes hostis. Sua pilotagem é facilitada por um sistema aviônico integrado e pelo comando de voo full fly-by-wire.

Ou mesmo o St.  ::)

Citar
Referência global em missões de ataque leve, vigilância, reconhecimento aéreo e treinamento avançando, o EMB 314 é também conhecido como A-29 pela Força Aérea Brasileira (FAB). Resistente e colocada à prova diversas vezes em missões reais, foi escolhida por mais de 14 forças aéreas em todo o mundo, incluindo a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF). É também o modelo usado atualmente pela Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira.

Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9919
  • Recebeu: 1820 vez(es)
  • Enviou: 2338 vez(es)
  • +332/-295
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #198 em: Setembro 19, 2022, 01:05:01 pm »
Talvez o que o fabricante queria dizer seria que os operadores, se quiserem ter essa capacidade, que eles formam os militares, se não, a OGMA faz, ou como acontece com muitas aeronaves da FAP, a grande maioria das inspeções é feita pela manutenção das Esquadras, mas algumas que são as mais profundas e demoradas vão para a OGMA.
« Última modificação: Setembro 19, 2022, 01:05:54 pm por Lightning »
 

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 958
  • Recebeu: 730 vez(es)
  • Enviou: 910 vez(es)
  • +70/-17
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #199 em: Setembro 22, 2022, 04:08:35 pm »
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4461
  • Recebeu: 4036 vez(es)
  • Enviou: 2556 vez(es)
  • +5526/-2491
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #200 em: Setembro 22, 2022, 07:39:40 pm »
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a

Sim, está para breve. Segundo fontes da FAP, seria necessário um terramoto equivalente ao de 1 de Novembro de 1755 para que aquela dúzia de ST não venha cá parar.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 922
  • Recebeu: 737 vez(es)
  • Enviou: 1189 vez(es)
  • +1336/-1423
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #201 em: Setembro 22, 2022, 08:27:04 pm »
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a

Sim, está para breve. Segundo fontes da FAP, seria necessário um terramoto equivalente ao de 1 de Novembro de 1755 para que aquela dúzia de ST não venha cá parar.

A vontade maior é da FA e do CEMFA.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Drecas

  • Membro
  • *
  • 69
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +2/-6
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #202 em: Setembro 22, 2022, 09:22:05 pm »
Esperem a FAP está mesmo a pensar adquirir Super Tucano como algo para servir numa esquadra a sério?

Ou só 1 ou 2 para treino?
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4461
  • Recebeu: 4036 vez(es)
  • Enviou: 2556 vez(es)
  • +5526/-2491
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #203 em: Setembro 22, 2022, 10:00:10 pm »
A vontade maior é da FA e do CEMFA.

Precisamente. Por isso ter dito que só uma hecatombe impedirá a mais que certa vinda do Super Tucano para a FAP.

A Embraer agradece pois andava há uns anos a tentar impingir aquela dúzia a vários países, e afinal os amigos são para as ocasiões. E sim, o Pavio Curto é um "fan boy" dos produtos do construtor brasileiro... ::)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9919
  • Recebeu: 1820 vez(es)
  • Enviou: 2338 vez(es)
  • +332/-295
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #204 em: Setembro 22, 2022, 10:41:05 pm »
Esperem a FAP está mesmo a pensar adquirir Super Tucano como algo para servir numa esquadra a sério?

Ou só 1 ou 2 para treino?

Só um ou dois? Isso não dá para nada, mesmo para treino são precisos no mínimo 6 aeronaves, ou acima disso, já que os pilotos treinam voos de formação a 4 aeronaves. Quantos são os Epsilon? Quantos eram os Alpha Jet? Também só eram para treino.

E tem sempre que existir uma esquadra de voo, tem que existir pilotos-instrutores, tem que existir um plano de formação, pilotos-alunos e como qualquer unidade militar, está organizada hierarquicamente, base aérea, Grupo Operacional, Esquadras de voo...
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6300
  • Recebeu: 2568 vez(es)
  • Enviou: 562 vez(es)
  • +686/-485
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #205 em: Setembro 22, 2022, 11:16:17 pm »
A vontade maior é da FA e do CEMFA.

Precisamente. Por isso ter dito que só uma hecatombe impedirá a mais que certa vinda do Super Tucano para a FAP.

A Embraer agradece pois andava há uns anos a tentar impingir aquela dúzia a vários países, e afinal os amigos são para as ocasiões. E sim, o Pavio Curto é um "fan boy" dos produtos do construtor brasileiro... ::)

Sempre achei estranho esses tais ST quase dados nunca terem arranjado comprador. Até parecia que andava tudo a fugir deles. Agora é ver o contraste, os nossos F-16 MLU mal foram colocados à venda tiveram logo interessados, e depois de os vendermos, o país comprador até queria comprar mais.

Mas pronto, sendo quase um dado adquirido a sua compra, mais vale rezar que não roube todo o investimento necessário para as restantes esquadras.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9919
  • Recebeu: 1820 vez(es)
  • Enviou: 2338 vez(es)
  • +332/-295
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #206 em: Setembro 23, 2022, 12:01:52 am »
E a falada "Escola Internacional de Pilotos"?
Ainda está em cima da mesa?
Os italianos já se adiantaram.

É que para África chega um ST.
Penso que já não nos vamos meter no Mali...

Não sei nada desses temas, mas o Rogério deve ser especialista em táctica de aviação CAS.
« Última modificação: Setembro 23, 2022, 12:02:18 am por Lightning »
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9613
  • Recebeu: 4896 vez(es)
  • Enviou: 3525 vez(es)
  • +4438/-1015
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #207 em: Setembro 23, 2022, 07:19:43 am »
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a

Sim, está para breve. Segundo fontes da FAP, seria necessário um terramoto equivalente ao de 1 de Novembro de 1755 para que aquela dúzia de ST não venha cá parar.

Porque será que nenhum dos Países, a quem esse, tão bom negócio foi oferecido, o aceitou ?
Cá para será que essas doze células estarão mesmo em bom estado ou, ainda vamos ter de colocar algumas de lado ?

Abraços
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4461
  • Recebeu: 4036 vez(es)
  • Enviou: 2556 vez(es)
  • +5526/-2491
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #208 em: Setembro 23, 2022, 09:57:36 am »
Porque será que nenhum dos Países, a quem esse, tão bom negócio foi oferecido, o aceitou ?
Cá para será que essas doze células estarão mesmo em bom estado ou, ainda vamos ter de colocar algumas de lado ?

Abraços

Deve ser pelo preço a que estão a ser vendidos, uma verdadeira pechincha: 40M USD (3,33M/unidade) por 12 células recondicionadas (zero HV no motor e estruturalmente), mais peças sobressalentes. Para a cúpula da FAP é um negócio imperdível, e já se sabe que o português não resiste a uma boa promoção. :mrgreen:

Faz zero sentido operacional - e não apenas operacional - irmos adquirir uma frota iminentemente para ataque ao solo no exterior do território nacional, no quadro das carências e dificuldades conhecidas das restantes frotas ao serviço da Força Aérea Portuguesa. Mas lá está, os amigos são para as ocasiões (será, ao que tudo indica, uma venda Governo a Governo), e enquanto as aquisições à Embraer continuarem a ser feitas por desígnio político e não por requisitos operacionais, vamos continuar neste triste fado.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2015
  • Recebeu: 380 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +35/-45
Re: CAS/Overwatch na FAP ???
« Responder #209 em: Setembro 23, 2022, 10:19:26 am »
Subsea e Charlie Jaguar, nenhuma das vossas fontes comentou ou opinou que vindo estes ST, para a 103, o mais certo é daqui a dois ou três anos passarem para a 101 para substituir os Epsilon e a FAP vai acabar por ter de adquirir um outro verdadeiro substituto para os Alpha Jet?

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque: