A330 MRTT para a FAP ?

  • 442 Respostas
  • 47234 Visualizações
*

JohnM

  • Analista
  • ***
  • 756
  • Recebeu: 370 vez(es)
  • Enviou: 203 vez(es)
  • +46/-19
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #375 em: Junho 23, 2022, 07:58:27 pm »
Era bom, mas acho que vai acontecer uma de três coisas:
1.   Nada, vamos continuar a assobiar para o lado…
2.   Compram-se mais dois kits à Cobham (opção mais provável, porque não é necessário garantir a capacidade em permanência, como foi referido pelo Lightning)
3.   Exerce-se a opção pelo sexto avião e compram-se mais dois kits à Cobham, garantido sempre 3 aviões em cada configuração.

A330 MRTT? Esqueçam… demasiado para estas mentes…
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4621
  • Recebeu: 4295 vez(es)
  • Enviou: 2744 vez(es)
  • +6466/-2498
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #376 em: Junho 23, 2022, 08:45:47 pm »
Era bom, mas acho que vai acontecer uma de três coisas:
1.   Nada, vamos continuar a assobiar para o lado…
2.   Compram-se mais dois kits à Cobham (opção mais provável, porque não é necessário garantir a capacidade em permanência, como foi referido pelo Lightning)
3.   Exerce-se a opção pelo sexto avião e compram-se mais dois kits à Cobham, garantido sempre 3 aviões em cada configuração.

A330 MRTT? Esqueçam… demasiado para estas mentes…

Fala-se bastante que desta vez poderão haver "consequências mais sérias" caso continuemos a assobiar para o lado, e não acatemos as decisões que saírem da cimeira da próxima semana, mas em Portugal tudo é relativo no que à Defesa diz respeito.

Não acredito no A330MRTT, acho apesar de tudo muito mais viável a vinda de alguns A400M excedentários, se bem que provavelmente o resultado final se venha a traduzir no exercer a opção pelo sexto KC-390 e aquisição de mais dois conjuntos de pods à Cobham. Os C-130 é que não serão de certeza, muito embora cada vez mais se afigure como provável a sua permanência ao serviço após 2027, até pelo enorme atraso que se verifica na sua modernização, ou então uma posterior venda.

Apesar disso, e aproveitando o ETAP-T que decorreu em Beja até ao final da passada semana, uma conhecida alta patente da FAP colocou há uns dias numa rede social a imagem abaixo com a seguinte legenda: "A futura linha da frente da BA11".



Pode não significar nada ou pode querer dizer alguma coisa, só o futuro o dirá.



Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1058
  • Recebeu: 874 vez(es)
  • Enviou: 1440 vez(es)
  • +2070/-1723
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #377 em: Junho 23, 2022, 10:05:04 pm »
Era bom, mas acho que vai acontecer uma de três coisas:
1.   Nada, vamos continuar a assobiar para o lado…
2.   Compram-se mais dois kits à Cobham (opção mais provável, porque não é necessário garantir a capacidade em permanência, como foi referido pelo Lightning)
3.   Exerce-se a opção pelo sexto avião e compram-se mais dois kits à Cobham, garantido sempre 3 aviões em cada configuração.

A330 MRTT? Esqueçam… demasiado para estas mentes…

Fala-se bastante que desta vez poderão haver "consequências mais sérias" caso continuemos a assobiar para o lado, e não acatemos as decisões que saírem da cimeira da próxima semana, mas em Portugal tudo é relativo no que à Defesa diz respeito.

Não acredito no A330MRTT, acho apesar de tudo muito mais viável a vinda de alguns A400M excedentários, se bem que provavelmente o resultado final se venha a traduzir no exercer a opção pelo sexto KC-390 e aquisição de mais dois conjuntos de pods à Cobham. Os C-130 é que não serão de certeza, muito embora cada vez mais se afigure como provável a sua permanência ao serviço após 2027, até pelo enorme atraso que se verifica na sua modernização, ou então uma posterior venda.

Apesar disso, e aproveitando o ETAP-T que decorreu em Beja até ao final da passada semana, uma conhecida alta patente da FAP colocou há uns dias numa rede social a imagem abaixo com a seguinte legenda: "A futura linha da frente da BA11".



Pode não significar nada ou pode querer dizer alguma coisa, só o futuro o dirá.

Boa noite,
Efetivamente a imagem não é inocente e a capacidade de transporte estratégico é uma necessidade da FAP.
Cps,
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2437
  • Recebeu: 444 vez(es)
  • Enviou: 314 vez(es)
  • +130/-318
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #378 em: Junho 23, 2022, 10:14:00 pm »
Era bom, mas acho que vai acontecer uma de três coisas:
1.   Nada, vamos continuar a assobiar para o lado…
2.   Compram-se mais dois kits à Cobham (opção mais provável, porque não é necessário garantir a capacidade em permanência, como foi referido pelo Lightning)
3.   Exerce-se a opção pelo sexto avião e compram-se mais dois kits à Cobham, garantido sempre 3 aviões em cada configuração.

A330 MRTT? Esqueçam… demasiado para estas mentes…

Fala-se bastante que desta vez poderão haver "consequências mais sérias" caso continuemos a assobiar para o lado, e não acatemos as decisões que saírem da cimeira da próxima semana, mas em Portugal tudo é relativo no que à Defesa diz respeito.

Não acredito no A330MRTT, acho apesar de tudo muito mais viável a vinda de alguns A400M excedentários, se bem que provavelmente o resultado final se venha a traduzir no exercer a opção pelo sexto KC-390 e aquisição de mais dois conjuntos de pods à Cobham. Os C-130 é que não serão de certeza, muito embora cada vez mais se afigure como provável a sua permanência ao serviço após 2027, até pelo enorme atraso que se verifica na sua modernização, ou então uma posterior venda.

Apesar disso, e aproveitando o ETAP-T que decorreu em Beja até ao final da passada semana, uma conhecida alta patente da FAP colocou há uns dias numa rede social a imagem abaixo com a seguinte legenda: "A futura linha da frente da BA11".



Pode não significar nada ou pode querer dizer alguma coisa, só o futuro o dirá.

A grande esperança da vinda do A330 MRTT é a TAP. Pois podemos fazer a formação de pilotos e tripulações na TAP, manutenção na TAP e usar os simuladores da TAP.

O MRTT ia trazer uma maior leque de novas missões para a FAP.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14828
  • Recebeu: 3788 vez(es)
  • Enviou: 4172 vez(es)
  • +3076/-6709
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #379 em: Junho 24, 2022, 09:57:35 am »
Vejam lá se não é como a foto do Wave Ruler a fazer RAS com uma Vasco da Gama
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PereiraMarques, nelson38899

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6597
  • Recebeu: 2786 vez(es)
  • Enviou: 583 vez(es)
  • +1466/-544
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #380 em: Junho 24, 2022, 12:46:59 pm »
No me parece que essa contribuição de 3 aeronaves reabastecedores, tenha que ser permanente, isto é, os 3 aviões sempre configurados como reabastecedores e sempre atribuídos à NATO, deve ser algo como, Portugal ter capacidade de atribuir até um maximo de 3  aeronaves reabastecedores durante um x período de tempo, porque com 5 aeronaves, com manutenções e tal, dificilmente teremos mais que 3 aviões prontos a voar regularmente.

É como acontece com os 6 F-16 e outras aeronaves atribuídas à NRF, só temos que garantir que caso sejam requisitadas (pode ser um número inferior ao maximo), que num tempo relativamente curto estão a operar no local x que a NATO precisa.

O problema é que mesmo nesse caso, 3 KC-390, representarão 60% da frota, e como em média a disponibilidade das frotas de aeronaves, ronda os 60/70%, isto significa que, caso fosse necessário, teriam de ser fornecidos todos os KC disponíveis.

A outra alternativa (se calhar menos realista) que não foi aqui falada, é o C-295 com o sistema de AAR. Mas aí talvez não corresponda aos requisitos.

Seja como for, A-400M não era mau, MRTT era excelente. Desde logo por este último pode abastecer os nossos próprios F-16 (algo essencial se queremos defender o Atlântico), como porque, ao contrário do KC e do A-400M, pode abastecer qualquer aeronave no inventário da NATO ao usar ambos os sistemas de abastecimento.
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2220
  • Recebeu: 765 vez(es)
  • Enviou: 2460 vez(es)
  • +433/-56
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #381 em: Junho 26, 2022, 09:32:58 am »
Caso, por milagre, houvesse decisão de ter A330 MRTT - para além do perigo de perder o valor do investimento em outras valências talvez mais importantes - haveria a necessidade de ter 2 unidades no mínimo (para precaver manutenções, avarias, treino, etc) ou faríamos parte de um consórcio e/ou este tipo de aparelho permite considerar apenas 1?
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4621
  • Recebeu: 4295 vez(es)
  • Enviou: 2744 vez(es)
  • +6466/-2498
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #382 em: Junho 26, 2022, 11:15:42 am »
Caso, por milagre, houvesse decisão de ter A330 MRTT - para além do perigo de perder o valor do investimento em outras valências talvez mais importantes - haveria a necessidade de ter 2 unidades no mínimo (para precaver manutenções, avarias, treino, etc) ou faríamos parte de um consórcio e/ou este tipo de aparelho permite considerar apenas 1?

Creio que se pode abandonar a ideia do A330 MRTT. Se nem vontade os nossos Governos alguma vez demonstraram de querer fazer parte do consórcio europeu (até porque tinham que entrar com verbas, e muito possivelmente custear a aquisição de pelo menos uma aeronave), não estou a ver agora de repente - mesmo se levarem nas orelhas esta semana na cimeira da NATO -, optarem por tão drástica mudança de rumo. ::)

É de longe mais provável comprar mais pods para os KC-390, quiçá 2 a 3 A400M num momento de loucura. :mrgreen:
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

Visitante123

  • Perito
  • **
  • 439
  • Recebeu: 162 vez(es)
  • Enviou: 91 vez(es)
  • +7/-44
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #383 em: Junho 26, 2022, 11:25:30 am »
Mais depressa compram um A330 com dinheiro da defesa e depois convertem-no para a TAP do que o contrário.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Stalker79

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1197
  • Recebeu: 505 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +363/-143
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #384 em: Junho 27, 2022, 12:03:54 pm »
Viva,
 Existe o compromisso com a NATO (a pedido desta), de Portugal terá de atribuir 3 aeronaves com capacidade AAR (Air to Air Refueling).
CPs,

Eu tinha ouvido (de forma oficial e na comunicação social, há alguns anos, penso que ainda se estava a decidir se iam ou não pelos KC) que Portugal se tinha comprometido com a NATO juntamente com outros países (não me recordo de quais) a formar um grupo de AAR (Air to Air Refueling) que penso seria para executar missões NATO no atlântico e sul da Europa.

Até penso que a ideia uma das ideias seria por os KC a fazer essa missão. Tanto quanto sei seria uma pool de aeronaves que iam rodando para garantir que existe sempre um mínimo disponível 24h7dia para a Aliança, ou seja não iam implicar ter as 3 meios ao mesmo tempo.

Contudo já fiz várias tentativas para encontrar os documentos relativos a esse tema mas nunca encontrei nada descritivo, apenas a indicação que Portugal faz/vai fazer parte desse grupo.
« Última modificação: Junho 27, 2022, 12:05:21 pm por asalves »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1058
  • Recebeu: 874 vez(es)
  • Enviou: 1440 vez(es)
  • +2070/-1723
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #385 em: Junho 27, 2022, 12:12:49 pm »
A questão é que aeronaves com "boom" não temos, sendo o A-330 ou KC-767 as únicas opções para reabastecer F-35, F-16, etc
Cps,
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1959
  • Recebeu: 485 vez(es)
  • Enviou: 2304 vez(es)
  • +168/-21
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #386 em: Junho 27, 2022, 02:24:16 pm »
Honestamente só estou a ver Portugal com aviões equipados com Boom se os Estados Unidos oferecerem alguns KC-135 como EDA.
Olha gastar dinheiro......
 :-P
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: raphael

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1058
  • Recebeu: 874 vez(es)
  • Enviou: 1440 vez(es)
  • +2070/-1723
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #387 em: Junho 27, 2022, 02:35:21 pm »
Boa tarde,
Como já disse por aqui o A-330 MRTT já foi avaliado, mas o problema é sempre o mesmo, "falta de vontade política".
É interessante saber que a Airbus vai abrir mais uma fábrica em Portugal (a juntar a de Santo Tirso) assim como um centro de engenharia da Airbus, mas no entanto, ninguém foi comprar A-400, ou A-330. É a prova que a industria nacional serve como desculpa para algumas situações, mas outras já não.
Cps
« Última modificação: Junho 27, 2022, 02:37:08 pm por Subsea7 »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Stalker79

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1437
  • Recebeu: 289 vez(es)
  • Enviou: 248 vez(es)
  • +49/-15
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #388 em: Junho 27, 2022, 03:12:48 pm »
qual vontade politica? falta de dinheiro...

a prioridade também a esquadra de combate a incêndios!
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14828
  • Recebeu: 3788 vez(es)
  • Enviou: 4172 vez(es)
  • +3076/-6709
Re: A330 MRTT para a FAP ?
« Responder #389 em: Junho 27, 2022, 03:14:33 pm »
Qual falta de dinheiro, qual carapuça

Para certos "setores" há dinheiro a rodos
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas