6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030

  • 3326 Respostas
  • 367355 Visualizações
*

Drecas

  • Membro
  • *
  • 288
  • Recebeu: 65 vez(es)
  • Enviou: 35 vez(es)
  • +90/-86
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3315 em: Janeiro 20, 2023, 03:55:26 pm »
Ataque leve só em situações de 0 ameaça por parte de defesa aérea e aviação
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2437
  • Recebeu: 444 vez(es)
  • Enviou: 314 vez(es)
  • +130/-318
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3316 em: Janeiro 21, 2023, 02:45:38 am »
Ataque leve só em situações de 0 ameaça por parte de defesa aérea e aviação

Missões de manutenção de paz da ONU só são possíveis nesse cenário.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14828
  • Recebeu: 3788 vez(es)
  • Enviou: 4172 vez(es)
  • +3077/-6709
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3317 em: Janeiro 21, 2023, 09:57:02 am »
Expliquem-me porque carga de água nós, um país pobre com umas forças desarmadas miseráveis temos de andar sempre em missões internacionais quando nem do nosso quintal cuidamos. É para o prestígio dos medalhados? Para tachos de políticos? Para passeatas (bem, isso já sei que é)

É que eu sinceramente sou muito burro mas não vejo vantagens nenhumas em ser santa casa da misericórdia em países com os quais nem temos nada em comum e parece que andamos lá a fazer o frete por outros, enquanto deixamos a nossa própria casa ao abandono e de portas escancaradas!!!
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2437
  • Recebeu: 444 vez(es)
  • Enviou: 314 vez(es)
  • +130/-318
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3318 em: Janeiro 21, 2023, 12:09:03 pm »
Expliquem-me porque carga de água nós, um país pobre com umas forças desarmadas miseráveis temos de andar sempre em missões internacionais quando nem do nosso quintal cuidamos. É para o prestígio dos medalhados? Para tachos de políticos? Para passeatas (bem, isso já sei que é)

É que eu sinceramente sou muito burro mas não vejo vantagens nenhumas em ser santa casa da misericórdia em países com os quais nem temos nada em comum e parece que andamos lá a fazer o frete por outros, enquanto deixamos a nossa própria casa ao abandono e de portas escancaradas!!!

- Não é pago por nós.
- Permite ganhar experiência operacional
- Permite ganhar "pontos" políticos numa área que os políticos consideram como estratégica.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, wyldething

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6597
  • Recebeu: 2786 vez(es)
  • Enviou: 583 vez(es)
  • +1467/-544
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3319 em: Janeiro 21, 2023, 04:09:16 pm »
Os que hoje dizem que fazem falta aeronaves a hélice de ataque ao solo para acompanhar hélis, são os mesmos que amanhã vão dizer que são necessários helicópteros com capacidade de ataque para acompanhar hélis a operar a partir de navios.

Mais uma vez, aeronaves a hélice para COIN são boas nessa missão específica, mas nada versáteis para outras missões, ao contrário dos hélis armados.

E, mais uma vez, com guerra na Europa e no pico de tensão que vivemos, não faz qualquer sentido investir pesado em meios para missões de baixa intensidade, sem utilidade nenhuma em alta intensidade.

Não tenho grandes dúvidas, num concurso real e imparcial, ganhava o PC-21 ou um treinador a jacto caso houvesse dinheiro para isso. O critério COIN foi adicionado apenas para dar vitória ao avião que nós sabemos.

Helicópteros ataque fazem falta é no exercito. Vamos ver o que a LPM 2023 vai trazer de novidades a esse respeito.

O A-29 pode ser a porta para a criação da escola internacional. Se conseguirmos convencer os Belgas, no futuro poderemos ter melhores aviões para o treino de pilotos.

PS: Parece que o sistema de treino dos ST vão ser desenvolvidos por empresas Portuguesas.

"O A-29 pode ser a porta para a criação da escola internacional."
"sistema de treino dos ST vão ser desenvolvidos por empresas Portuguesas"

Parece as normais ilusões e anúncios vazios porque nunca se concretizam. À conta de fantasias do costume segue-se caminhos tortos quanto a reequipamento.
Os helis médios só veem se houver fortes razões e, isso obtém-se fazendo coincidir as necessidades de apoio armado próximo e resgate/transporte, nomeadamente nessas missões ONU com utilização num teatro europeu e até necessidades nacionais. Ou seja muita versatilidades de utilização.
Agora andar a toque de interesses e gostos mais ou menos pessoais e mais ou menos obscuros não serve

A conversa do ST poder ser uma porta para a criação da escola internacional, nem sequer faz sentido. Então os outros terem PC-21, M-346, Hawk e tantos outros, não serve de porta aberta para uma escola internacional, já o Zé tuga ter o ST, serve?  ::)

E mesmo falando da escola internacional, seria vantajoso que se escolhesse uma aeronave já usada por vizinhos e potenciais parceiros desta escola, ao invés de uma aeronave completamente diferente. Só se a ideia é uma escola internacional não para países NATO, mas sim países africanos.
 

*

luis simoes

  • Analista
  • ***
  • 627
  • Recebeu: 27 vez(es)
  • Enviou: 75 vez(es)
  • +25/-673
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3320 em: Janeiro 21, 2023, 05:57:45 pm »
A hipotetica possibilidade a ser realidade traz algumas mais valias....dispor de um meio moderno,de baixo custo e que vem a colmatar em parte os alfa jets....digo em parte pois fica claramente a faltar um aviao a reacção...exemplo M346,mas como digo estamos a falar em mera hipotese nada de concreto...
Abriste os olhos,,,agradece a deus por isso.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6597
  • Recebeu: 2786 vez(es)
  • Enviou: 583 vez(es)
  • +1467/-544
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3321 em: Janeiro 21, 2023, 10:37:27 pm »
Pena é que a lacuna do Alpha Jet, nem sequer é das mais importantes ou mais limitadoras das FA portuguesas. É mais uma questão de "parecer mal" ter uma esquadra sem aviões. Pena o mesmo raciocínio de "parece mal" não funcionar para o resto. É que parece mal ainda ter M114. Parece mal ter 20 AIM-9X para os F-16. Parece mal ter parte da frota Merlin a servir de vacas. Parece mal ter M-113. Parece mal não ter AOR. Parece mal ter fragatas com 30 anos desactualizadas e uma delas a servir de vaca. Parece mal ter 2 NPOs desarmados. Parece mal não haver um único helicóptero "militar" em uso. Parece mal tanta coisa, e não é por isso que vão inventar milhões à LPM para resolver os problemas.

Relembrar que, não temos substituto do Bérrio, porque não havia verba na LPM, e a LPM era intocável.
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2437
  • Recebeu: 444 vez(es)
  • Enviou: 314 vez(es)
  • +130/-318
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3322 em: Janeiro 22, 2023, 11:38:41 am »
Os que hoje dizem que fazem falta aeronaves a hélice de ataque ao solo para acompanhar hélis, são os mesmos que amanhã vão dizer que são necessários helicópteros com capacidade de ataque para acompanhar hélis a operar a partir de navios.

Mais uma vez, aeronaves a hélice para COIN são boas nessa missão específica, mas nada versáteis para outras missões, ao contrário dos hélis armados.

E, mais uma vez, com guerra na Europa e no pico de tensão que vivemos, não faz qualquer sentido investir pesado em meios para missões de baixa intensidade, sem utilidade nenhuma em alta intensidade.

Não tenho grandes dúvidas, num concurso real e imparcial, ganhava o PC-21 ou um treinador a jacto caso houvesse dinheiro para isso. O critério COIN foi adicionado apenas para dar vitória ao avião que nós sabemos.

Helicópteros ataque fazem falta é no exercito. Vamos ver o que a LPM 2023 vai trazer de novidades a esse respeito.

O A-29 pode ser a porta para a criação da escola internacional. Se conseguirmos convencer os Belgas, no futuro poderemos ter melhores aviões para o treino de pilotos.

PS: Parece que o sistema de treino dos ST vão ser desenvolvidos por empresas Portuguesas.

"O A-29 pode ser a porta para a criação da escola internacional."
"sistema de treino dos ST vão ser desenvolvidos por empresas Portuguesas"

Parece as normais ilusões e anúncios vazios porque nunca se concretizam. À conta de fantasias do costume segue-se caminhos tortos quanto a reequipamento.
Os helis médios só veem se houver fortes razões e, isso obtém-se fazendo coincidir as necessidades de apoio armado próximo e resgate/transporte, nomeadamente nessas missões ONU com utilização num teatro europeu e até necessidades nacionais. Ou seja muita versatilidades de utilização.
Agora andar a toque de interesses e gostos mais ou menos pessoais e mais ou menos obscuros não serve

A conversa do ST poder ser uma porta para a criação da escola internacional, nem sequer faz sentido. Então os outros terem PC-21, M-346, Hawk e tantos outros, não serve de porta aberta para uma escola internacional, já o Zé tuga ter o ST, serve?  ::)

E mesmo falando da escola internacional, seria vantajoso que se escolhesse uma aeronave já usada por vizinhos e potenciais parceiros desta escola, ao invés de uma aeronave completamente diferente. Só se a ideia é uma escola internacional não para países NATO, mas sim países africanos.

A escola internacional neste momento passa por convencer os Belgas a fazerem a formação cá. Os parceiros internacionais já foram.

E A-29 e aluguer de M-346 não fica a dever a nenhuma escola que foi aberta nos últimos anos na Europa.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6597
  • Recebeu: 2786 vez(es)
  • Enviou: 583 vez(es)
  • +1467/-544
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3323 em: Janeiro 22, 2023, 02:44:50 pm »
Escola internacional, com 2 países? Para isso os Belgas juntam-se aos vizinhos e ficam despachados, com acréscimo que os holandeses também usam F-35, logo o processo de formar pilotos seria igual.

Depois estás a partir do pressuposto, de que se vai alugar M-346. Com que dinheiro não sei, mas engraçado que pagar para formar pilotos lá fora "é caro", mas comprar por 100/150 milhões os Super Tucanos, mais manter e operá-los, mais alugar M-346, fica, milagrosamente, mais barato? Quem fez as contas esqueceu-se de meter as pilhas na calculadora.
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2437
  • Recebeu: 444 vez(es)
  • Enviou: 314 vez(es)
  • +130/-318
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3324 em: Janeiro 22, 2023, 04:31:31 pm »
Escola internacional, com 2 países? Para isso os Belgas juntam-se aos vizinhos e ficam despachados, com acréscimo que os holandeses também usam F-35, logo o processo de formar pilotos seria igual.

Depois estás a partir do pressuposto, de que se vai alugar M-346. Com que dinheiro não sei, mas engraçado que pagar para formar pilotos lá fora "é caro", mas comprar por 100/150 milhões os Super Tucanos, mais manter e operá-los, mais alugar M-346, fica, milagrosamente, mais barato? Quem fez as contas esqueceu-se de meter as pilhas na calculadora.

Já vai em 150 Milhões?

A Bélgica não precisa de se juntar a ninguém, apenas está a estudar as opções e uma delas passa por Beja.
 

*

Visitante123

  • Perito
  • **
  • 440
  • Recebeu: 162 vez(es)
  • Enviou: 91 vez(es)
  • +7/-44
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3325 em: Janeiro 22, 2023, 05:27:30 pm »
Escola internacional, com 2 países? Para isso os Belgas juntam-se aos vizinhos e ficam despachados, com acréscimo que os holandeses também usam F-35, logo o processo de formar pilotos seria igual.

Depois estás a partir do pressuposto, de que se vai alugar M-346. Com que dinheiro não sei, mas engraçado que pagar para formar pilotos lá fora "é caro", mas comprar por 100/150 milhões os Super Tucanos, mais manter e operá-los, mais alugar M-346, fica, milagrosamente, mais barato? Quem fez as contas esqueceu-se de meter as pilhas na calculadora.

Já vai em 150 Milhões?

A Bélgica não precisa de se juntar a ninguém, apenas está a estudar as opções e uma delas passa por Beja.

Penso que a ideia é aproveitar o elvado número de dias com sol em Beja o que facilita dias de instrução consecutivos e reduz atrasos na instrução. Não sei se cola. Vamos ver.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6597
  • Recebeu: 2786 vez(es)
  • Enviou: 583 vez(es)
  • +1467/-544
Re: 6 Helicópteros de Evacuação - LPM 2030
« Responder #3326 em: Janeiro 22, 2023, 06:24:14 pm »
Escola internacional, com 2 países? Para isso os Belgas juntam-se aos vizinhos e ficam despachados, com acréscimo que os holandeses também usam F-35, logo o processo de formar pilotos seria igual.

Depois estás a partir do pressuposto, de que se vai alugar M-346. Com que dinheiro não sei, mas engraçado que pagar para formar pilotos lá fora "é caro", mas comprar por 100/150 milhões os Super Tucanos, mais manter e operá-los, mais alugar M-346, fica, milagrosamente, mais barato? Quem fez as contas esqueceu-se de meter as pilhas na calculadora.

Já vai em 150 Milhões?

A Bélgica não precisa de se juntar a ninguém, apenas está a estudar as opções e uma delas passa por Beja.

Com a inflação? Ficarei surpreendido se não chegar a 200.

Engraçado, que a Bélgica que tem muito mais dinheiro que nós, está a "estudar as opções", já nós que temos tudo preso por arames, sem vislumbre de melhores dias, vamos atirar-nos de cabeça para uma aeronave destas, sem realizar qualquer estudo de viabilidade, nem comparativo de preços, nem nada que se pareça.

Ah, mas a Bélgica não precisa de ninguém. Então se não precisa, porquê falar da Bélgica, e para quê falar do binómio ST + M-346? Vamos mais uma vês estourar o pouco orçamento que temos, num binómio de aeronaves de treino, para um sonho de escola internacional que poderá nunca ter ninguém?