Mensagens recentes

Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10
1
Força Aérea Portuguesa / Re: Aeronaves de apoio aéreo próximo em Portugal
« Última mensagem por mafets em Hoje às 04:09:13 pm »
A questão é que, acreditar no marketing do Gripen, e desconfiar das capacidades do F-35, revela desde logo uma dualidade de critérios. A única vantagem que o Gripen tem face ao F-35, são os custos de operação e a capacidade em dogfight (vantagens partilhadas pelo F-16), em tudo o resto o F-35 é superior, inclusive em questões de interoperabilidade com os aliados.

O que é certo é que, a curto/médio prazo, F-16 modernizados servem as nossas necessidades, mas mais tarde ou mais cedo terá que ser comprado um novo caça, e não há muitas opções viáveis para isso. Não esquecer que o F-35A, já vai com um custo unitário abaixo dos 80 milhões, duvido que o futuro FCAS ou Tempest custem menos de 100/120 milhões cada um.

Idealmente, esperávamos era pelo F-35 já com o novo motor, mais eficiente, pode ser que na altura de haver vontade de substituir os F-16, já esteja em uso.

Para mim a Razão do ST é não existir avião de Treino entre o Epsilon e o F16. Podia vir outro, com certeza. Podia não ter algumas unidades Coin, podia. Aliás, para mim basta um aparelho de treino com capacidade para levar armas e blindagem , que chega para a RCA. Outro cenário e mandas o F16.

Precisas de Escolta dos Merlin, no dia dia que tiveres capacidade em termos de unidades, logística e pessoal, para os mandar para qualquer lado. Não tens não precisas. Falo da RCA porque é mais urgente o envio de helis. Mas mesmo no Afeganistão os Bifes e os Dinamarqueses nem sempre andavam com escolta.Mas sim, um heli de ataque ou um treinador armado resolviam a questão da escolta. O problema é que cá precisas mais do avião de treino e sai-te mais barato.

Avião de treino não existe porque não quiseram. E entre ter o ST para tapar um buraco, ou adquirir o mais adequado PC-21 para substituir também o TB-30, além do AJ, prefiro o PC-21.

A necessidade COIN não existe ao ponto de ser necessário uma aeronave dedicada, bastando portanto uns UH-60 armados para a RCA e outras missões similares. Nem mesmo outra aeronave a hélice armada faria sentido, porque bastava os hélis.

Precisas de um helicóptero de apoio em qualquer cenário que tires da cartola. Os Koala civis, Lynx sub-equipados e Merlin que apenas 4 são "semi-militarizados", não chegam para as missões. Um UH-60 tapa esses buracos todos, e no dia em que precisares de usar os Mk-516 para uma missão, eles já não vão sozinhos. Os dinamarqueses e ingleses usaram no Afeganistão, mas não estava sozinhos, havendo por lá de tudo o que era aeronave de combate, e quando necessário dar apoio a forças em terra, lá apareciam uns Apaches a dar apoio. Nós na RCA, podemos fazer isso usando os UH-60 armados, sem necessidade de um segundo modelo de aeronave.

O ST é um excelente avião, para quem vai desempenhar missões de COIN com frequência ao longo dos 30 ou 40 anos de serviço da aeronave. Nós podemos ter esta missão na RCA, e mais nenhuma nos próximos 20 anos que exija aeronaves COIN, logo não compensa comprar uma aeronave especializada, e mais vale ter algo mais versátil.

O Gripen faz o mesmo que o F16, pelo que sai mais barato artilhar os que existe que ir comprar aos suecos. Quanto ao F35 e tendo em conta que até lá resolvem os problemas e tornam o avião mais barato, o que me preocupa é o orçamento, pois será sempre um avião mais caro de manter que o F16 e manter este último já é o que é.

https://www.aereo.jor.br/2021/12/05/autorizada-despesa-para-manter-os-cacas-f-16-da-forca-aerea-portuguesa/

Para mim, qualquer bom avião de treino é válido, desde que se mantenha a capacidade de levar armas e pelo menos substituía o malogrado Alpha. Para mim não fez sentido foi os Epsilon não poderem sequer levar umas armas para tiro no CTE, porque duvido que face à desorganização conseguíssemos mandar sequer uns Epsilon para a RCA. Mesmo helis, é o que é, e não sei se mesmo com o Uh60 o problema não se manteria, ou seja a falta dinheiro, manutenção e pessoal. Mesmo tendo algo mais versátil e melhor.



Saudações
2
Marinha Portuguesa / Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Última mensagem por NVF em Hoje às 03:57:07 pm »
Submarino nuclear com propulsão diesel-eléctrica. A pinga deve ser boa, deve. Devem ter esgalhado o press release no novo green.  :N-icon-Axe:
3
Marinha Portuguesa / Re: Actividade Operacional/Exercícios
« Última mensagem por P44 em Hoje às 03:47:31 pm »


SUBMARINO RUSSO ACOMPANHADO NA COSTA PORTUGUESA
Portugal
24 a 27 de Setembro de 2022

Submarino da classe "Project 636.3", designação NATO "Improved Kilo", da Marinha da Federação Russa, proveniente do Mediterrâneo e acompanhado pelo rebocador oceânico "Sergey Balk", da classe "Project 23470" da Marinha da Federação Russa. Estes dois navios russos estão aqui, entre os dias 24 e 27 de Setembro de 2022, na sua passagem pela Zona Económica Exclusiva (ZEE) Portuguesa, a ser acompanhados por meios navais pertencentes ao Sistema de Forças Nacional de Portugal.

A classe Project 636.3, Varshavyanka ("Варшавянка"), "Improved Kilo" na designação NATO, são submarinos nucleares de 2 350 toneladas (3 100 quando submerso) com 73,8 metros de comprimento, 9,9 metros de boca, com um velocidade de 12 nós à superfície e 19,8 nós submerso, com um alcance máximo de 7 500 milhas. Tem uma tripulação de 60 elementos e está armado com 6 tubos lança-torpedos de 533 mm, transportando até um máximo de 18 torpedos (53-65K, 53-56B, 53-56BA, VA-111 "Shkval", entre outros disponíveis). Dois dos 6 tubos estão preparados para poder disparar mísseis de cruzeiro Kalibr-PL (3M54K, 3M14K). A classe "Improved Kilo", de propulsão diesel-eléctrica, é designada na gíria pela alcunha de "Black Hole" ("Buraco Negro") dada a sua reduzida emissão de ruído.

O "Sergey Balk" (IMO: 9803182, Cals-sign: RMKW) é um rebocador oceânico e navio de apoio, construído em 2016 nos estaleiros de Yaroslavl e ao serviço desde 2020, afecto à Frota do Mar Negro, deslocando 3 200 toneladas, com 70 metros de comprimento e 15 metros de boca. Está equipado com "deck" para helicóptero.

Foto via Forças Armadas Portuguesas
4
Conflitos do Futuro / Re: Qual a futura ameaça externa a Portugal ? (10/20? anos)
« Última mensagem por Luso em Hoje às 03:44:26 pm »
Inimigos externos?
We don´t need no stinking enemies: nós temos os políticos e os Tugas, essa escória mole, bisonha mas alarve, inerentemente e inconscientemente apátrida.
5
Força Aérea Portuguesa / Re: KC-390 na FAP
« Última mensagem por asalves em Hoje às 03:33:32 pm »
O Bolsonaro disse ontem que estão em negociações para a venda de 150 KC-390.

Se assim for o cliente só pode ser um. Os EUA.

Duvido, pois não se conhece nenhum concurso aberto/ganho.

O que pode haver é o tal negociações (Entre a Embraer e L3Harris) para concurso que ainda está por abrir de Agile Tank e que as perspetivavas seja de até 150 Unidades.
6
Portugal / Re: Sector Ferroviário
« Última mensagem por Luso em Hoje às 03:13:05 pm »
Conversa.
O PS não vai fazer nada. Propaganda.
A fazer alguma coisa que seja para linha de transporte de mercadorias em bitola europeia porque a França e a Alemanha quer restringir os trânsito de pesados.
O ICEP tem um estudo excelente sobre isso.
O PS se fizer alguma coisa vai ser mau e danoso para o país: será funcionalmente e economicamente mau e traduzir-se-á em mais dívida.
O objectivo e missão do PS é colocar uma carga esmagadora no País.
E o PS(2) colabora.
7
Mundo / Re: Rússia
« Última mensagem por HSMW em Hoje às 03:12:45 pm »
Temos vídeos do Bidé e da Nula a declararem estarem dispostos a "arrumar" com o nordstream. Colocá-los-ei aqui assim que puder.
Nula, a velha Nula, daquele povo que não pode ser criticado, e que está em todas,
https://en.wikipedia.org/wiki/Victoria_Nuland
E quem diz Nula, diz Cagão, seu esposo...
https://en.wikipedia.org/wiki/Robert_Kagan

Tudo coincidências, tudo teorias de conspiração.

A Europa que se emancipe!

É o que coloquei mais acima.

Num futuro ou linha temporal alternativa teríamos a Rússia a entrar na UE e uma parceria entre a ESA e a Roscosmos a competir com a NASA.

Mas o que temos é uma Europa rodeada de inimigos.
8
Conflitos do Presente / Re: Invasão da Ucrânia
« Última mensagem por Icterio em Hoje às 02:54:19 pm »
Neste vídeo vemos um raro (e estranho) combate directo entre um BTR-4 ucraniano e um camião de guerra electrónica (EW, jammer neste caso)  R-330ZH.
Ou a linha da frente está extremamente "porosa" e confusa ou os russos estão mesmo a perder o controlo da área.
Não é normal um veículo destes (caro e com tripulantes altamente treinados) estar exposto numa posição na frente, excepto num contra-ataque surpresa.
Outra hipótese seria o R-330Zh se ter aproximado mais da frente de combate para oferecer apoio electrónico mais "forte" mas seria de supor que estivesse protegido por outras forças.

9
Mundo / Re: Notícias da Rússia
« Última mensagem por Lusitano89 em Hoje às 02:50:13 pm »
Finlândia fecha portas a turistas russos


10
Mundo / Re: Rússia
« Última mensagem por Luso em Hoje às 02:41:07 pm »
Temos vídeos do Bidé e da Nula a declararem estarem dispostos a "arrumar" com o nordstream. Colocá-los-ei aqui assim que puder.
Nula, a velha Nula, daquele povo que não pode ser criticado, e que está em todas,
https://en.wikipedia.org/wiki/Victoria_Nuland
E quem diz Nula, diz Cagão, seu esposo...
https://en.wikipedia.org/wiki/Robert_Kagan

Tudo coincidências, tudo teorias de conspiração.

A Europa que se emancipe!
Páginas: [1] 2 3 4 5 6 ... 10