ForumDefesa.com

Forças Armadas e Sistemas de Armas => Marinha Portuguesa => Tópico iniciado por: MATRA em Maio 24, 2022, 11:51:27 am

Título: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 24, 2022, 11:51:27 am
Utilizando os fundos do PRR, que existem num espaço temporal de execução limitado, este será, muito provavelmente, o próximo navio da Marinha Portuguesa.

Integrado no Centro de operações de defesa do Atlântico e plataforma naval, terá de responder aos seguintes desafios:

Desafio 1 - Monitorizar a dimensão bio-geo-química do Oceano e da atmosfera;
Desafio 2 - Inventariar e avaliar os recursos minerais e todos os outros recursos não renováveis do
solo e subsolo marinho sob jurisdição Portuguesa;
Desafio 3 - Inventariar continuadamente os recursos vivos (recursos renováveis) e monitorizar a sua
evolução, causas e efeitos;
Desafio 4 - Vigiar e combater as irregularidades e ilegalidades sobre o oceano de jurisdição
portuguesa, cometidas sobre as cadeias de valor das indústrias oceânicas;
Desafio 5 - Responder a catástrofes naturais e acidentes provocados pelo homem;
Desafio 6 - Contribuir para a mitigação das ações humanas nocivas no oceano (combater os efeitos
da poluição, como por exemplo os macro plásticos);
Desafio 7 - Aumentar a capacidade de registar toda a informação produzida sobre o Mar. Produzir
novo conhecimento e gerar conhecimento através da fusão de informação. Desenvolver modelos d

Especificação da Plataforma Naval Multifuncional

Sistema 1 -
Sistema Naval de Base
Como uma plataforma multifunções, deve estar equipada não só com o conjunto de sensores adequados às
suas tarefas de monitorização e trabalho de oceanografia, mas também com todos os equipamentos de suporte
à operação conjunta com meios avançados e suporte a trabalhos de investigação, desenvolvimento e
“deployment” de meios inovadores e de interesse para o futuro.
Como plataforma base para a monitorização oceânica, e investigação oceanográfica, deve possuir:
• Sistema de comando e controlo da plataforma com uma rede digital redundante e resiliente (sempre
que possível encriptado e seguro), de alto débito, ligada a sistemas de comunicação para o exterior, o
que inclui sistemas de ancoragem satélite, comunicações em HF/VHF/UHF/SHF. Nestes sistemas
inclui-se o comando e gestão centralizada da plataforma, comando e controlo de Drones – permitirá o
desenvolvimento das tecnologias de comunicações, redes e aplicações de gestão e armazenamento da
35 / 83
informação, assim como de sensores e equipamentos inteligentes na gestão de plataformas complexas,
úteis e transversais a muitas necessidades industriais e operacionais;
• Posicionamento dinâmico (DP1);
• Capacidade de propulsão com ruído reduzido (propulsão complementar elétrica) para trabalhos de
acústica;
• Sistema de posicionamento acústico de meios submarinos (quer na coluna de água quer até
profundidade de oceano total, 6.000m, por exemplo com pelo menos 2 máquinas de “deployment” de
sensores acústicos SBL/USBL;
• Baía para lançamento de meios submarinos (abertura na ordem dos 20x10m e capacidade de
lançamento até 30 toneladas). Este acesso à água permitirá operar em conjunto com outros meios dos
quais o navio será estação base. É de salientar a operação com USVs (Veículos de Superfície não
Tripulados) especificamente desenvolvidos para recolher lixo oceânico e plástico;
• Alternativamente ou complementarmente deve possuir uma baía de desembarque para sistemas
autónomos de superfície para meios navais de médio porte;
• Possibilidade de instalação de patilhão / com sensores fixos – similar a outra “deployment machines”
usadas em DP e acústica, mas para sensores teste – potencialmente usando moonpool;
• Sistema de lançamento de cargas A-frame com compensação de ondulação, permitindo não só
lançamento e suporte à operação de meios tradicionais como o um Work Class ROV, o lançamento de
boias oceânicas, etc;
• Guindaste a bordo com capacidade de carga até 50 toneladas;
• Capacidade de espaço no Convés ou tombadilho para transporte de diferentes meios, destacando-se a
possibilidade de transportar laboratórios contentorizados particulares, um ROV DRILL, um Work
Class ROV, observatórios, submarinos, veículos robóticos submarinos e de superfície de dimensão
considerável (2-4 toneladas);
• Capacidade de suportar o lançamento / aterragem e descolagem de meios robóticos aéreos, quer de asa
fixa quer de asa rotativa (de preferência vertical “take-off and landing”, mas eventualmente recorrendo
a “launch pads”, redes de captura, catapulta);
• Possuir um helideck à proa compatível com helicópteros operados pela Marinha Portuguesa;
Complementarmente deve possuir capacidades logísticas, laboratoriais e de operação:
Laboratórios de Geofísica, Biologia, Geologia;
Oficinas (apoio técnico a sistemas avançados anteriormente listados);
“Garagem” para subsistemas e robóticos anteriormente identificados.
Acresce a possibilidade de operar e gerir fisicamente módulos contentorizados, quer do ponto de vista espacial,
quer do ponto de vista lógico, mecânico e elétrico.
Para além da ponte de Comando do Navio, deverá possuir uma ponte de operação para as missões em curso,
pontes para operação dos sistemas robóticos e sistemas de fundo, uma sala de operações multifuncional para
operar estes sistemas avançados, uma ponte científica, diversas salas de reuniões e gabinetes de trabalho e
auditório de acompanhamento de missões – para visitantes e acompanhamento externo de missões.
Será particularmente relevante a implementação uma solução de energia baseada na combustão de amónia
verde por via de motores dual-fuel, quer seja para o sistema de propulsão quer seja para a geração de energia
elétrica para todos os demais sistemas.

Sistema 2 - Duas lanchas rápidas para proteção da plataforma e estender a ação direta da plataforma,
quer na verificação/interceção de agentes em atividades potencialmente irregulares, quer no auxílio à
coordenação de operações de monitorização e vigilância.
• Sistema 3 - ROV Drill - Um veículo robótico com capacidade de operação até aos 6.000 metros de
profundidade e de perfuração superficial para a recolha de amostras biológicas e minerais no subsolo
marinho. Este sistema permitirá quer, por um lado, um conhecimento mais extensivo da nossa
plataforma continental quer, por outro, dotar o país de uma ferramenta essencial para enfrentar os
futuros desafios de exploração do fundo marinho, bem como da sua proteção nomeadamente em
termos ambientais. Insere-se num conjunto de meios que permitem perspetivar novas utilizações do
mar com sistemas de produção no fundo do mar, sistemas de construção subaquática, observatórios de
profundidade. Note-se que a área portuguesa (e em particular a crista atlântica) tem importantes
recursos geológicos e biológicos que tem de ser afirmados, que temos de conhecer.
• Sistema 4 - Esquadra de veículos de superfície autónomos oceânico (ASVs) para recolha de plásticos,
lixo marinho, “blooms” de algas ou “jellyfish”. Estes sistemas permitem utilizar o navio como base
de operações para recolha de plástico ou outro lixo marinho, complementados com a capacidade de
monitorização de lixo e poluição marinha, estendendo o raio de ação da plataforma principal. Por outro
lado, permitem ser desenvolvidos tendo em vista a tarefa particular de recolha de plástico, não tendo
o navio base de comprometer as suas características para cumprir esta tarefa em particular.
• Sistema 5 - Esquadra de veículos de superfície autónomos oceânicos (ASVs) para a monitorização e
vigilância avançada.
• Sistema 6 - Uma rede de landers robóticos para dotar o navio da capacidade de suportar operações
subaquáticas em que o posicionamento, geo-localização dos veículos submarinos são fundamentais.
• Sistema 7 - Esquadra de AUV para a monitorização ambiental e proteção territorial de baixa
profundidade.
• Sistema 8 - Um AUV de supervisão de operações submarinas para estender a operação da plataforma
até aos 6.000m de profundidade.
• Sistema 9 - Esquadra de AUV para a monitorização ambiental e proteção territorial para o mar
profundo.
• Sistema 10 - Duas esquadras aéreas de Drones de asa fixa e rotativa.
• Sistema 11 - Conjunto de sensores de monitorização atmosférica, qualidade da água e geofísicos,
como Multibeans, Sidescan e Sub-bottom profilers.
• Sistema 12 - Um Digital Twin sincronizado com o centro de operações naval, ancorado num sistema
HPC e num sistema de “awareness” recorrendo a técnicas de AI, entre outras, através da fusão de
dados provenientes quer da recolha direta da plataforma quer de sistemas externos ou remotos.
• Sistema 13 - Um centro de comunicação multi-modo (desde comunicação satélite, WiFi entre outras)
que mantém a plataforma conectada operacionalmente ao centro de Operações
https://dados.gov.pt/s/resources/documentacao-do-prr/20210502-190338/19-20210421-componente-c10vf.pdf

Poderá assemelhar-se a algo do género:
(https://i.ibb.co/qyMSw6D/546d7f93-b9eb-4c56-8943-091becbab595.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Maio 24, 2022, 12:24:43 pm
Posso ser um bocadinho conspirativo?

Durante décadas as valências oceanográficas civis foram as traineiras do IPMA. A joia da coroa era o desgraçado do Noruega, oferecido pelo país homónimo durante a antiguidade clássica de 1978. Se querias fazer oceanografia em Portugal, tinhas de escolher entre contratar uma empresa estrangeira e pagar uma fortuna, ou recorrer ao Instituto Hidrográfico. Ora sem desrespeito nenhum pelo IH, também tem muitas limitações intrínsecas quando se trata de realizar investigação cientifica, das quais as materiais nem serão as mais importantes. Ainda assim, para qualquer instituição portuguesa eram basicamente a única porta de acesso ao oceano, e portanto gozaram décadas de monopólio.

Tudo isso mudou quando o IPMA conseguiu meter o NI Mário Ruivo a funcionar. A partir deste momento os organismos públicos e privados portugueses com interesse na investigação oceanográfica passaram a poder molhar o pé na água, com muito melhores condições do que as oferecidas pela classe D .Carlos I, e sem estarem sujeitos a disciplinas militares, disputas sobre comando das missões, partilhas de dados sabe-se lá com quem, utilização da oportunidade para fazer tempos de embarque, etc etc.

Ir agora a correr comprar uma "plataforma" cheia de valências oceanográficas cheira um bocado àquela velha tradição portuguesa a que chamamos "correr atrás do prejuízo". Tanto mais quando só parcialmente se enquadra nas prioridades que se andavam a apontar há anos, e quando vai completamente contra o mantra da Marinha de não duplicar meios do estado.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Barlovento em Maio 24, 2022, 01:08:17 pm
Sin tanto nivel...

https://www.20minutos.es/noticia/5004353/0/el-csic-inicia-la-construccion-del-mayor-buque-oceanografico-de-la-flota-espanola-el-odon-de-buen/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 24, 2022, 02:44:28 pm
Sin tanto nivel...

https://www.20minutos.es/noticia/5004353/0/el-csic-inicia-la-construccion-del-mayor-buque-oceanografico-de-la-flota-espanola-el-odon-de-buen/

Poderá servir de inspiração, pelas linhas exteriores parece feito pela Damen.

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fstatic4.abc.es%2Fmedia%2F2022%2F05%2F24%2Fabc-6306728561112-vs--940x529.jpg&f=1&nofb=1)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: sivispacem em Maio 24, 2022, 04:04:48 pm
Sin tanto nivel...

https://www.20minutos.es/noticia/5004353/0/el-csic-inicia-la-construccion-del-mayor-buque-oceanografico-de-la-flota-espanola-el-odon-de-buen/

Poderá servir de inspiração, pelas linhas exteriores parece feito pela Damen.

(https://external-content.duckduckgo.com/iu/?u=https%3A%2F%2Fstatic4.abc.es%2Fmedia%2F2022%2F05%2F24%2Fabc-6306728561112-vs--940x529.jpg&f=1&nofb=1)


Mar chão, bons ventos, beijinhos!!!!!



Ah, desculpem, penssei que já estava a navegar....  :bang: :bang: :bang: :N-icon-Axe:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 24, 2022, 04:41:09 pm
Finalmente camarotes apropriados para as viagens de cooperação com os PALOP
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: sivispacem em Maio 24, 2022, 05:06:21 pm
Com este deslocamento cheira-me que este tão ansiado navio terá capacidade para um paiol de tinto e outro de branco/palhete...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Maio 24, 2022, 06:08:19 pm

Sinceramente, qualquer comentário a este tipo de especificação que nem entendo para que serve, teria que ser  colocada no tópico do "apetece-me gritar bem alto FOxxxx"

Esta especificação deve ter sido desenvolvida em conjunto pelas manas mortaguas (especialistas em submarinos), em colaboração com o Design Bureau do almirante Jerónimo.

O problema de um país como Portugal, é que deveria ter capacidade para defender o seu território, ou para pelo menos complicar a vida a um potencial agressor.
Portugal tem várias ilhas atlânticas, todas elas mais ou menos estratégicas e onze delas habitadas.

Portugal, não tem, repito, NÃO TEM, qualquer capacidade autónoma para recuperar o controlo de qualquer dessas ilhas em caso de deixar de poder exercer a sua autoridade em alguma delas.
A única forma de providenciar tal capacidade, é com um navio que tenha a possibilidade de apoiar um desembarque, com meios mecanizados, ao mesmo tempo que permita apoiar as tropas em terra durante um periodo de tempo limitado.
Tal navio, necessita de um meio de defesa aérea, capaz de servir de "guarda chuva" e de meios navais para proteger esse navio.

Ou seja...
Navio logistico com capacidade de desembarque ...
Navio reabastecedor
Navio com elevada capacidade de defesa aérea
Navios com capacidade para defesa destes meios contra ataques submarinos ...

Sem qualquer coisa que se enquadre nesta configuração de força, a República Portuguesa não terá capacidade efectiva para defender o seu território.

E nem falo na questão do novo mapa-cor-de-rosa da ZEE. Um navio de pesquisa submarina, é uma anedota de mau gostoo.

Mas como já disse noutro lado... Quando julgamos que chegámos ao fundo... logo vem alguém cavar o poço ainda mais fundo, para podermos descer mais.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 24, 2022, 06:19:31 pm

Sinceramente, qualquer comentário a este tipo de especificação que nem entendo para que serve, teria que ser  colocada no tópico do "apetece-me gritar bem alto FOxxxx"

Esta especificação deve ter sido desenvolvida em conjunto pelas manas mortaguas (especialistas em submarinos), em colaboração com o Design Bureau do almirante Jerónimo.

O problema de um país como Portugal, é que deveria ter capacidade para defender o seu território, ou para pelo menos complicar a vida a um potencial agressor.
Portugal tem várias ilhas atlânticas, todas elas mais ou menos estratégicas e onze delas habitadas.

Portugal, não tem, repito, NÃO TEM, qualquer capacidade autónoma para recuperar o controlo de qualquer dessas ilhas em caso de deixar de poder exercer a sua autoridade em alguma delas.
A única forma de providenciar tal capacidade, é com um navio que tenha a possibilidade de apoiar um desembarque, com meios mecanizados, ao mesmo tempo que permita apoiar as tropas em terra durante um periodo de tempo limitado.
Tal navio, necessita de um meio de defesa aérea, capaz de servir de "guarda chuva" e de meios navais para proteger esse navio.

Ou seja...
Navio logistico com capacidade de desembarque ...
Navio reabastecedor
Navio com elevada capacidade de defesa aérea
Navios com capacidade para defesa destes meios contra ataques submarinos ...

Sem qualquer coisa que se enquadre nesta configuração de força, a República Portuguesa não terá capacidade efectiva para defender o seu território.

E nem falo na questão do novo mapa-cor-de-rosa da ZEE. Um navio de pesquisa submarina, é uma anedota de mau gostoo.

Mas como já disse noutro lado... Quando julgamos que chegámos ao fundo... logo vem alguém cavar o poço ainda mais fundo, para podermos descer mais.

Certo, mas este vem integrado num projeto todo pipi* e fazemos o que mais gostamos, estender a mão, mandamos toda esta lenga lenga para Bruxelas, e caiem os euros.

Não é nada mais que o habitual, aquisições para as FA ou por esmola ou com dinheiro dos outros (exceção à Embraer), neste caso como o pilim vem do PRR, teve de ser algo, digamos, mais civil.

*https://dados.gov.pt/s/resources/documentacao-do-prr/20210502-190338/19-20210421-componente-c10vf.pdf
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 24, 2022, 06:40:33 pm
Será que  o PRR só pode ser aplicado em navios fofinhos e desarmados ? Se calhar é uma imposição
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Maio 24, 2022, 07:43:28 pm
Será que  o PRR só pode ser aplicado em navios fofinhos e desarmados ? Se calhar é uma imposição

Sim, tudo completamente desarmado e "fofo", poderá ofender as raias que andam no mar.
CPS
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 24, 2022, 08:37:30 pm
Então pese embora o crasso problema de navios de uma dita marinha de guerra, mesmo em letra pequena, temos perante tal falta grave e crucial e tempo de executar, a alegria de fazer um mega bote para os não combatentes empregados na marinha do titi irem fazer umas voltinhas e agraciar os prorussos africanos palop com mais esta. Porque depois vai ser só festa e viagens de bilateralidade selectiva.

Falta um navio abastecedor
Falta uma solução de navio logístico
Faltam Fragatas que se possam chamar isso
Mas urgente é dar emprego a malta que são é civis ou meio termo, sei lá. Comodoros de paquetes

Não desfazendo no Bote, e sem criticar que deva ser feito algo oportunamente, mas é isto a urgência? Não pode ser um navio feito por uma entidade civil e suportado por essa entidade?


Então são as duas classe BD, que imagino sejam descritas como o suprassumo da complexidade, que com os dois submarinos fazem a despesa de Soberania e Nato (para numero). Porque o resto dos meios é comédia mesmo

Isto devia dar despedimento de um monte de comodoros e almirantes que já estavam a mais e, vão ainda mais estar, numa uma marinhazinha minúscula e quase inconsequente?

Fazem o quê essa malta a rodos? Uns GT de tudo e mais alguma coisa, por exemplo, de menus ou organização de recepções de visitantes
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 24, 2022, 09:40:42 pm
Aqui o problema transcende o navio. Navio este que até é uma necessidade, sobretudo para deixarmos de dar luz verde aos nossos "amigos" chineses para virem investigar as nossas águas.

Agora a questão que se faz, é se faz sentido ter este navio na Marinha, quando se calhar devia estar a cargo de outra entidade.

Mas não se iludam, se os 94 milhões ou lá o que é do PRR não fossem para este navio, a Marinha não recebia um cêntimo, mais depressa se gastava 94 milhões em rotundas.

Espero francamente que este navio venha é substituir os actuais (4?) hidrográficos da Marinha, o que a médio/longo-prazo, deverá ajudar a poupar um quantia considerável em custos de manutenção de apenas 1 navio ao invés de 3 ou 4. Para não falar do número de pessoal necessário para guarnecer.

Paralelamente a este navio, devia-se sim investir nos meios de combate (fragatas e submarinos preferencialmente) da Marinha, e meios da FAP. E para um país "virado para o mar", não devia ser difícil conseguir ter um navio cientifico e uma Marinha de Guerra moderna.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 24, 2022, 09:45:53 pm
Aqui o problema transcende o navio. Navio este que até é uma necessidade, sobretudo para deixarmos de dar luz verde aos nossos "amigos" chineses para virem investigar as nossas águas.

Agora a questão que se faz, é se faz sentido ter este navio na Marinha, quando se calhar devia estar a cargo de outra entidade.

Mas não se iludam, se os 94 milhões ou lá o que é do PRR não fossem para este navio, a Marinha não recebia um cêntimo, mais depressa se gastava 94 milhões em rotundas.

Espero francamente que este navio venha é substituir os actuais (4?) hidrográficos da Marinha, o que a médio/longo-prazo, deverá ajudar a poupar um quantia considerável em custos de manutenção de apenas 1 navio ao invés de 3 ou 4. Para não falar do número de pessoal necessário para guarnecer.

Paralelamente a este navio, devia-se sim investir nos meios de combate (fragatas e submarinos preferencialmente) da Marinha, e meios da FAP. E para um país "virado para o mar", não devia ser difícil conseguir ter um navio cientifico e uma Marinha de Guerra moderna.

Difícil não seria, houvesse real interesse
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Maio 24, 2022, 09:56:33 pm
Aqui o problema transcende o navio. Navio este que até é uma necessidade, sobretudo para deixarmos de dar luz verde aos nossos "amigos" chineses para virem investigar as nossas águas.

Agora a questão que se faz, é se faz sentido ter este navio na Marinha, quando se calhar devia estar a cargo de outra entidade.


Mas não se iludam, se os 94 milhões ou lá o que é do PRR não fossem para este navio, a Marinha não recebia um cêntimo, mais depressa se gastava 94 milhões em rotundas.

Espero francamente que este navio venha é substituir os actuais (4?) hidrográficos da Marinha, o que a médio/longo-prazo, deverá ajudar a poupar um quantia considerável em custos de manutenção de apenas 1 navio ao invés de 3 ou 4. Para não falar do número de pessoal necessário para guarnecer.

Paralelamente a este navio, devia-se sim investir nos meios de combate (fragatas e submarinos preferencialmente) da Marinha, e meios da FAP. E para um país "virado para o mar", não devia ser difícil conseguir ter um navio cientifico e uma Marinha de Guerra moderna.

Faz, não só pelos projectos PESCO em que Portugal está envolvido, bem como para apoiar as empresas portuguesas que estão a desenvolver drones, rovers, etc...

Mas porque se gasta 94M nisto em vez do AOR? Porque isto tem custo político positivo, basta ver que mesmo tendo o ponto
Citar
Desafio 4 - Vigiar e combater as irregularidades e ilegalidades sobre o oceano de jurisdição
portuguesa, cometidas sobre as cadeias de valor das indústrias oceânicas;
não se fala de nenhuma forma como isso vai ser feito.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 24, 2022, 10:14:16 pm
Citar
Desafio 4 - Vigiar e combater as irregularidades e ilegalidades sobre o oceano de jurisdição
portuguesa, cometidas sobre as cadeias de valor das indústrias oceânicas

Penso que será com algo do género:
Sistema 2 - Duas lanchas rápidas para proteção da plataforma e estender a ação direta da plataforma,
quer na verificação/interceção de agentes em atividades potencialmente irregulares, quer no auxílio à
coordenação de operações de monitorização e vigilância.

e isto (situation awareness):
Sistema 10 - Duas esquadras aéreas de Drones de asa fixa e rotativa.

É a pequena parte militar/segurança atribuída ao navio, veremos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Maio 25, 2022, 12:36:08 am
Citação de: dc
Agora a questão que se faz, é se faz sentido ter este navio na Marinha, quando se calhar devia estar a cargo de outra entidade.
Mas não se iludam, se os 94 milhões ou lá o que é do PRR não fossem para este navio, a Marinha não recebia um cêntimo, mais depressa se gastava 94 milhões em rotundas.
Um navio como o que este poderia ser, até fará sentido, mas como navio experimental, ou sei lá o quê ...

Enquanto não se alterarem doutrinas, como resultado de uma análise de qualquer demonstração em combate ( e neste caso a guerra na Ucrânia não é exemplo para nada ) uma marinha continua a precisar de meios navais... ou seja ... navios.

Os preços dos meios navais modernos são terrivelmente altos. Os navios de defesa aérea de que já falei, custariam cada um entre 900 e 1100 milhões de  euros.
Só os custos de manutenção de  um destes navios por ano, custa o mesmo que uma corveta ou pequena fragata dedicada à defesa anti-submarina.

Se Portugal atingisse os 2% do PIB, seria previsível que a marinha tivesse por volta de 1.100 a 1.300 milhões de euros por ano para equipamento, modernização, aquisição e manutenção, além de salários (excluindo pensões).
Ou seja, se esse dinheiro realmente fosse investido em defesa, o dinheiro existiria...

Navios experimentais são sempre interessantes, e testar o que pode haver no futuro é sempre bom. Mas cancelar a marinha (ou o exército, ou a Força Aérea) a pensar em novos tipos de navios que nem sabemos se podem funcionar, é suicidio.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Duarte em Maio 25, 2022, 01:04:02 am
Com este deslocamento cheira-me que este tão ansiado navio terá capacidade para um paiol de tinto e outro de branco/palhete...

 e um de rosé e outro de verdelho.. :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 25, 2022, 01:49:07 am
Citação de: dc
Agora a questão que se faz, é se faz sentido ter este navio na Marinha, quando se calhar devia estar a cargo de outra entidade.
Mas não se iludam, se os 94 milhões ou lá o que é do PRR não fossem para este navio, a Marinha não recebia um cêntimo, mais depressa se gastava 94 milhões em rotundas.
Um navio como o que este poderia ser, até fará sentido, mas como navio experimental, ou sei lá o quê ...

Enquanto não se alterarem doutrinas, como resultado de uma análise de qualquer demonstração em combate ( e neste caso a guerra na Ucrânia não é exemplo para nada ) uma marinha continua a precisar de meios navais... ou seja ... navios.

Os preços dos meios navais modernos são terrivelmente altos. Os navios de defesa aérea de que já falei, custariam cada um entre 900 e 1100 milhões de  euros.
Só os custos de manutenção de  um destes navios por ano, custa o mesmo que uma corveta ou pequena fragata dedicada à defesa anti-submarina.

Se Portugal atingisse os 2% do PIB, seria previsível que a marinha tivesse por volta de 1.100 a 1.300 milhões de euros por ano para equipamento, modernização, aquisição e manutenção, além de salários (excluindo pensões).
Ou seja, se esse dinheiro realmente fosse investido em defesa, o dinheiro existiria...

Navios experimentais são sempre interessantes, e testar o que pode haver no futuro é sempre bom. Mas cancelar a marinha (ou o exército, ou a Força Aérea) a pensar em novos tipos de navios que nem sabemos se podem funcionar, é suicidio.

Parece-me que o navio não é suposto ser um navio experimental, pelo menos não como função primária. Terá é capacidade de ser usado para testes, de por exemplo UAVs e USVs, sem ter que recorrer à componente operacional, como tem sido o caso até agora (sobretudo recorrendo aos NPOs). Deve permitir testar algumas novas tecnologias eventualmente, coisa que se calhar até então, seria impossível fazer num navio nacional.

Mas o navio não terá praticamente nenhuma função militar, à semelhança dos navios hidrográficos. Quanto muito ficará resumido a capacidade de auto-defesa e missões de patrulha.
Navios de combate têm que ser adquiridos, independentemente deste navio em questão. Não partilho do racional do CEMA, que dá a impressão que tenta olhar para este navio como algum tipo de exemplo para o futuro dos navios de combate.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 25, 2022, 09:09:25 am
Só se embarcar aqueles drones turcos que tanto sucesso tem tido na Ucrânia

Aí sim, teríamos uma espécie de porta aviões  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Maio 25, 2022, 09:50:43 am
Esta embarcação vai uma espécie PoSat naval. Vai ter um bocado mais de utilidade, é certo, porque vai, essencialmente, substituir os navios hidrográficos e vai ser o primeiro navio com verdadeiras valências no combate à poluição. Mas nos próximos 15 anos vai ser esta aberração e talvez os NPO batch 3. Já nem se trata do zero naval, porque em termos de capacidades militares, a Marinheca tem valor negativo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Maio 25, 2022, 10:17:58 am
Será que  o PRR só pode ser aplicado em navios fofinhos e desarmados ? Se calhar é uma imposição

Espera lá que agora estou a ter más memorias. Tu não me digas que vamos repetir a aventura dos NPOs, que também eram para ser parcialmente financiados pelos fundos europeus para o controlo da pesca, depois foram sendo alterados 1001 vezes, até que a Comissão lá percebeu que lhe estavam a enfiar o barrete e cortou os fundos. Além de ter deixado buraco no financiamento dos NPOs, com consequências para o atraso dos projetos, resultou também em Portugal não trabalhado em quaisquer outros meios de controlo das pescas, e entretanto esses fundos Europeus acabaram, e nós continuamos sem meios de controlo de pescas.

Edit: Quanto mais leio sobre esta plataforma mais medo tenho. Veículo desenhado para fazer tudo geralmente não consegue é fazer nada.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 25, 2022, 12:09:53 pm
Vai servir para encher os bols....Ups, o ego a alguns.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: fgs em Maio 25, 2022, 06:56:16 pm
Modelo
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 25, 2022, 07:13:23 pm
Modelo

Aquilo é um convés corrido para lançamento de drones?  :o
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PereiraMarques em Maio 25, 2022, 07:41:23 pm
Cá para mim querem embarretar a Comissão Europeia e fazer um "mini-LPD" com o taco do PPR  :mrgreen:

Depois é só meter uma das Phalanx CIWS e duas .50  c56x1
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 25, 2022, 08:21:07 pm
Modelo

Aquilo é um convés corrido para lançamento de drones?  :o

Se não é, parece
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: fgs em Maio 25, 2022, 08:25:30 pm
Modelo

Aquilo é um convés corrido para lançamento de drones?  :o

Afirmativo
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Maio 26, 2022, 01:54:20 am
Ainda metem lá uns F-35B, de ladecos, claro.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Maio 26, 2022, 11:27:51 am
Eu gosto, estou é a achar a esmola muita
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Maio 26, 2022, 11:31:38 am
Eu sempre achei que este navio ia ser o futuro NPL
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 26, 2022, 12:18:34 pm
Este navio não tem nada a ver com o NPL.

Já aquele convés corrido, é no mínimo surpreendente ser sequer uma hipótese. ???
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 26, 2022, 12:28:30 pm
Eu gosto, estou é a achar a esmola muita

Daqui a 20 anos ainda aqui estamos a discutir mais este projeto que não saiu do papel  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 26, 2022, 01:12:23 pm
Neste caso, do power point.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PTWolf em Maio 26, 2022, 01:53:20 pm
Este navio não tem nada a ver com o NPL.

Já aquele convés corrido, é no mínimo surpreendente ser sequer uma hipótese. ???

Qual o problema de ter uma plataforma para lançar drones? Que contras poderá ter? Obrigado
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 26, 2022, 04:33:47 pm
Este navio não tem nada a ver com o NPL.

Já aquele convés corrido, é no mínimo surpreendente ser sequer uma hipótese. ???

Qual o problema de ter uma plataforma para lançar drones? Que contras poderá ter? Obrigado
Penso que aqui ninguém vê nenhum contra, mas... o aspeto de "mini LHD"  :mrgreen:, pode causar comichão nos fofinhos que abominam qualquer coisa de aspeto mais militar.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 26, 2022, 05:35:58 pm
A mim surpreende-me mais por ser algo nunca antes visto neste tipo de navio, um hidrográfico com convés de voo corrido.  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 26, 2022, 05:57:55 pm
Vocês calem-se pode ser que ninguém repare
 :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PTWolf em Maio 26, 2022, 07:09:55 pm
Este navio não tem nada a ver com o NPL.

Já aquele convés corrido, é no mínimo surpreendente ser sequer uma hipótese. ???

Qual o problema de ter uma plataforma para lançar drones? Que contras poderá ter? Obrigado
Penso que aqui ninguém vê nenhum contra, mas... o aspeto de "mini LHD"  :mrgreen:, pode causar comichão nos fofinhos que abominam qualquer coisa de aspeto mais militar.

É so vender-lhes a ideia como sendo um ótimo local para por uma espreguiçadeira e apanhar sol. Podem sempre tambem montar um mini golf  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Maio 27, 2022, 03:02:16 pm
Este navio não tem nada a ver com o NPL.

Já aquele convés corrido, é no mínimo surpreendente ser sequer uma hipótese. ???

Qual o problema de ter uma plataforma para lançar drones? Que contras poderá ter? Obrigado
Penso que aqui ninguém vê nenhum contra, mas... o aspeto de "mini LHD"  :mrgreen:, pode causar comichão nos fofinhos que abominam qualquer coisa de aspeto mais militar.

Permitam-me enfiar o barrete e notar que o problema aqui é precisamente não se perceber se esta "plataforma" é para ter funções militares ou civis.
Respondendo ao PTWolf, creio que não há nenhum problema intrínseco a uma plataforma para drones, mas se calhar é meter o carro umas milhas à frente dos bois. Que drones é que a Marinha tem? Os Ogassa? Já adquiriram experiência suficiente nos ditos para desenhar toda uma "plataforma" à volta deles? Já concluíram que as vantagens da sua operação são mais importantes do que as outras prioridades da Marinha? Há alguma doutrina escrita sobre isso? Eu estou fora dos círculos militares, não sei, se calhar isto já está tudo pensado e estruturado, mas não vi sinal disso.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 27, 2022, 03:46:40 pm
Eu acho que é fácil de perceber que esta plataforma é um meio maioritariamente civil. Poderá incorrer em algumas funções militares muito específicas, mas é tão "militar" como um NPO, ou seja, praticamente zero. Talvez possa cumprir missões de guerra de minas, com recurso a mergulhadores e/ou USVs. A ter utilidade militar, será em operações de baixa intensidade, e mesmo assim quase de certeza na dependência de uma fragata de escolta.

Quanto à esquadra de UAVs, parece-me é que o navio venha a ser uma "mothership" para operação contínua de UAVs. Enquanto um NPO se calhar consegue ter 2 ou 3 UAVs, este navio poderá ter o dobro ou triplo, permitindo, assim de uma forma simplista, ter o navio no meio, e ter UAVs operados por este a patrulhar uma grande área em torno do navio.

Esta esquadra de UAVs, com os meios actuais e previstos, não apresentará capacidade militar muito além da vigilância e reconhecimento. Para que esta esquadra, a operar a partir deste navio, tenha utilidade militar além da que falei, era preciso UAVs completamente diferentes:
-VSR700 ou equivalente, capaz de lançar sonoboias e/ou capacidade de guiar mísseis anti-navio (lançados de um navio) para lá do alcance visual
-UCAVs VTOL, que tenham capacidade autónoma para atacar algum tipo de alvos, como o Camcopter S-100
-ou drones Kamikaze/Loitering munition, que possam ser lançados do navio

Quando se fala em esquadra de UAVs, a sua utilidade militar vai ficar definida pelo tipo de UAVs em uso. Este navio a operar 4 ou 5 Camcopter S-100 com 2 mísseis LMM cada um, tem uma capacidade militar complemente diferente do mesmo navio a operar meia dúzia de Ogassa VTOL civis. A variável é o tipo de UAVs em causa.

Agora convém é que se perceba que este navio, mesmo com UAVs altamente militarizados, continua a precisar da protecção de navios com capacidade AAW e ASW.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 27, 2022, 03:49:59 pm
Bem, é oficial

https://www.facebook.com/100064422920281/posts/pfbid0284P23sUWxo8NMy1RmfhLsdmeFasuB4mjJ9dAubFCdiKMJRHec9zCbh5gbhvs5fHbl/

Citar

O futuro prepara-se hoje

Sabia que a nova plataforma destinada à Marinha será um navio polivalente, inovador, capaz de atuar no mar à superfície, à subsuperfície e no ar, através do lançamento de drones e assim transformar a Defesa de Portugal no e através do mar.

Será o primeiro navio que vai ser desenhado de raiz com um conceito totalmente revolucionário, no qual estarão envolvidas a indústria, a academia e a ciência que se faz em Portugal e irá servir como exemplo para futuros navios da Marinha.

Esta será a plataforma do futuro, da Marinha ao serviço de Portugal.

Uma Marinha tecnologicamente avançada.


Eu acho que dá ares de MRD-150, encolhido
::)

https://www.globalsecurity.org/military/world/europe/mhd.htm

Substituíram os helis por drones
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Maio 27, 2022, 04:00:57 pm
Utilizando os fundos do PRR, que existem num espaço temporal de execução limitado, este será, muito provavelmente, o próximo navio da Marinha Portuguesa.

Integrado no Centro de operações de defesa do Atlântico e plataforma naval, terá de responder aos seguintes desafios:

Desafio 1 - Monitorizar a dimensão bio-geo-química do Oceano e da atmosfera;
Desafio 2 - Inventariar e avaliar os recursos minerais e todos os outros recursos não renováveis do
solo e subsolo marinho sob jurisdição Portuguesa;
Desafio 3 - Inventariar continuadamente os recursos vivos (recursos renováveis) e monitorizar a sua
evolução, causas e efeitos;
Desafio 4 - Vigiar e combater as irregularidades e ilegalidades sobre o oceano de jurisdição
portuguesa, cometidas sobre as cadeias de valor das indústrias oceânicas;
Desafio 5 - Responder a catástrofes naturais e acidentes provocados pelo homem;
Desafio 6 - Contribuir para a mitigação das ações humanas nocivas no oceano (combater os efeitos
da poluição, como por exemplo os macro plásticos);
Desafio 7 - Aumentar a capacidade de registar toda a informação produzida sobre o Mar. Produzir
novo conhecimento e gerar conhecimento através da fusão de informação. Desenvolver modelos d

Especificação da Plataforma Naval Multifuncional

Sistema 1 -
Sistema Naval de Base
Como uma plataforma multifunções, deve estar equipada não só com o conjunto de sensores adequados às
suas tarefas de monitorização e trabalho de oceanografia, mas também com todos os equipamentos de suporte
à operação conjunta com meios avançados e suporte a trabalhos de investigação, desenvolvimento e
“deployment” de meios inovadores e de interesse para o futuro.
Como plataforma base para a monitorização oceânica, e investigação oceanográfica, deve possuir:
• Sistema de comando e controlo da plataforma com uma rede digital redundante e resiliente (sempre
que possível encriptado e seguro), de alto débito, ligada a sistemas de comunicação para o exterior, o
que inclui sistemas de ancoragem satélite, comunicações em HF/VHF/UHF/SHF. Nestes sistemas
inclui-se o comando e gestão centralizada da plataforma, comando e controlo de Drones – permitirá o
desenvolvimento das tecnologias de comunicações, redes e aplicações de gestão e armazenamento da
35 / 83
informação, assim como de sensores e equipamentos inteligentes na gestão de plataformas complexas,
úteis e transversais a muitas necessidades industriais e operacionais;
• Posicionamento dinâmico (DP1);
• Capacidade de propulsão com ruído reduzido (propulsão complementar elétrica) para trabalhos de
acústica;
• Sistema de posicionamento acústico de meios submarinos (quer na coluna de água quer até
profundidade de oceano total, 6.000m, por exemplo com pelo menos 2 máquinas de “deployment” de
sensores acústicos SBL/USBL;
• Baía para lançamento de meios submarinos (abertura na ordem dos 20x10m e capacidade de
lançamento até 30 toneladas). Este acesso à água permitirá operar em conjunto com outros meios dos
quais o navio será estação base. É de salientar a operação com USVs (Veículos de Superfície não
Tripulados) especificamente desenvolvidos para recolher lixo oceânico e plástico;
• Alternativamente ou complementarmente deve possuir uma baía de desembarque para sistemas
autónomos de superfície para meios navais de médio porte;
• Possibilidade de instalação de patilhão / com sensores fixos – similar a outra “deployment machines”
usadas em DP e acústica, mas para sensores teste – potencialmente usando moonpool;
• Sistema de lançamento de cargas A-frame com compensação de ondulação, permitindo não só
lançamento e suporte à operação de meios tradicionais como o um Work Class ROV, o lançamento de
boias oceânicas, etc;
• Guindaste a bordo com capacidade de carga até 50 toneladas;
• Capacidade de espaço no Convés ou tombadilho para transporte de diferentes meios, destacando-se a
possibilidade de transportar laboratórios contentorizados particulares, um ROV DRILL, um Work
Class ROV, observatórios, submarinos, veículos robóticos submarinos e de superfície de dimensão
considerável (2-4 toneladas);
• Capacidade de suportar o lançamento / aterragem e descolagem de meios robóticos aéreos, quer de asa
fixa quer de asa rotativa (de preferência vertical “take-off and landing”, mas eventualmente recorrendo
a “launch pads”, redes de captura, catapulta);
• Possuir um helideck à proa compatível com helicópteros operados pela Marinha Portuguesa;
Complementarmente deve possuir capacidades logísticas, laboratoriais e de operação:
Laboratórios de Geofísica, Biologia, Geologia;
Oficinas (apoio técnico a sistemas avançados anteriormente listados);
“Garagem” para subsistemas e robóticos anteriormente identificados.
Acresce a possibilidade de operar e gerir fisicamente módulos contentorizados, quer do ponto de vista espacial,
quer do ponto de vista lógico, mecânico e elétrico.
Para além da ponte de Comando do Navio, deverá possuir uma ponte de operação para as missões em curso,
pontes para operação dos sistemas robóticos e sistemas de fundo, uma sala de operações multifuncional para
operar estes sistemas avançados, uma ponte científica, diversas salas de reuniões e gabinetes de trabalho e
auditório de acompanhamento de missões – para visitantes e acompanhamento externo de missões.
Será particularmente relevante a implementação uma solução de energia baseada na combustão de amónia
verde por via de motores dual-fuel, quer seja para o sistema de propulsão quer seja para a geração de energia
elétrica para todos os demais sistemas.

Sistema 2 - Duas lanchas rápidas para proteção da plataforma e estender a ação direta da plataforma,
quer na verificação/interceção de agentes em atividades potencialmente irregulares, quer no auxílio à
coordenação de operações de monitorização e vigilância.
• Sistema 3 - ROV Drill - Um veículo robótico com capacidade de operação até aos 6.000 metros de
profundidade e de perfuração superficial para a recolha de amostras biológicas e minerais no subsolo
marinho. Este sistema permitirá quer, por um lado, um conhecimento mais extensivo da nossa
plataforma continental quer, por outro, dotar o país de uma ferramenta essencial para enfrentar os
futuros desafios de exploração do fundo marinho, bem como da sua proteção nomeadamente em
termos ambientais. Insere-se num conjunto de meios que permitem perspetivar novas utilizações do
mar com sistemas de produção no fundo do mar, sistemas de construção subaquática, observatórios de
profundidade. Note-se que a área portuguesa (e em particular a crista atlântica) tem importantes
recursos geológicos e biológicos que tem de ser afirmados, que temos de conhecer.
• Sistema 4 - Esquadra de veículos de superfície autónomos oceânico (ASVs) para recolha de plásticos,
lixo marinho, “blooms” de algas ou “jellyfish”. Estes sistemas permitem utilizar o navio como base
de operações para recolha de plástico ou outro lixo marinho, complementados com a capacidade de
monitorização de lixo e poluição marinha, estendendo o raio de ação da plataforma principal. Por outro
lado, permitem ser desenvolvidos tendo em vista a tarefa particular de recolha de plástico, não tendo
o navio base de comprometer as suas características para cumprir esta tarefa em particular.
• Sistema 5 - Esquadra de veículos de superfície autónomos oceânicos (ASVs) para a monitorização e
vigilância avançada.
• Sistema 6 - Uma rede de landers robóticos para dotar o navio da capacidade de suportar operações
subaquáticas em que o posicionamento, geo-localização dos veículos submarinos são fundamentais.
• Sistema 7 - Esquadra de AUV para a monitorização ambiental e proteção territorial de baixa
profundidade.
• Sistema 8 - Um AUV de supervisão de operações submarinas para estender a operação da plataforma
até aos 6.000m de profundidade.
• Sistema 9 - Esquadra de AUV para a monitorização ambiental e proteção territorial para o mar
profundo.
• Sistema 10 - Duas esquadras aéreas de Drones de asa fixa e rotativa.
• Sistema 11 - Conjunto de sensores de monitorização atmosférica, qualidade da água e geofísicos,
como Multibeans, Sidescan e Sub-bottom profilers.
• Sistema 12 - Um Digital Twin sincronizado com o centro de operações naval, ancorado num sistema
HPC e num sistema de “awareness” recorrendo a técnicas de AI, entre outras, através da fusão de
dados provenientes quer da recolha direta da plataforma quer de sistemas externos ou remotos.
• Sistema 13 - Um centro de comunicação multi-modo (desde comunicação satélite, WiFi entre outras)
que mantém a plataforma conectada operacionalmente ao centro de Operações
https://dados.gov.pt/s/resources/documentacao-do-prr/20210502-190338/19-20210421-componente-c10vf.pdf

Poderá assemelhar-se a algo do género:
(https://i.ibb.co/qyMSw6D/546d7f93-b9eb-4c56-8943-091becbab595.jpg)

Peço desculpa, mas que merda é esta?  :mrgreen:

Saudações

P.S. Cada dia que passa chego à conclusão que aqui no tugal é só inventores e invenções, de uns meninos lambe-botas ou "drones" dos partidos. Vão ver a porra da Marinha da Dinamarca. Ainda têm lá um Sf300 modular, fora  a Absalon e os  Knud Rasmussen, todos tipos navios que não apenas a Marinha Portuguesa precisa, como executam todas as missões (ou podem ser modificados para), que está mistela de projecto tuga, executa. Pior, ao colocaram tanta função no unico navio, das duas uma: Ou fabricam 2 ou 3 ou quando este estiver inoperacional ou em manutenção xuxam no dedo.  Até me admira que com génios destes, esta coisa não tenha capacidade quebra gelo para ir para o Polo Sul estudar os pinguins...

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/e7/P570_Knud_Rasmussen.jpg/800px-P570_Knud_Rasmussen.jpg)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/d/d2/Polaris_underway_in_Gulf_of_Bothnia_near_Rahja_23_April_2019.jpg/800px-Polaris_underway_in_Gulf_of_Bothnia_near_Rahja_23_April_2019.jpg)



https://en.wikipedia.org/wiki/Royal_Danish_Navy (https://en.wikipedia.org/wiki/Royal_Danish_Navy)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 27, 2022, 04:06:34 pm
(https://i.ibb.co/XbXfrbk/FB-IMG-16536640616418870.jpg)
(https://i.ibb.co/bR1Rcqr/FB-IMG-16536640653727737.jpg)

::)

(https://i.ibb.co/WnsDhhh/1422932993-mhd-150-image01.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Maio 27, 2022, 04:22:03 pm
(https://i.ibb.co/XbXfrbk/FB-IMG-16536640616418870.jpg)
(https://i.ibb.co/bR1Rcqr/FB-IMG-16536640653727737.jpg)

::)

(https://i.ibb.co/WnsDhhh/1422932993-mhd-150-image01.jpg)

Já perceberam que o LPD será este certo?
CPs.........
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Maio 27, 2022, 04:26:50 pm
Modelo

Aquilo é um convés corrido para lançamento de drones?  :o

Se não é, parece

É!

 Vamos construir o primeiro porta  drones  do mundo!!
À pala da UE 
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

PS: a julgar pela foleiragem do draft apresentado….o navio ainda  só  existe no imaginário
Nem um desenho de jeito conseguem apresentar… porra!!

Olhem para a escala do helicóptero em relação ao resto do navio! 
Ridículo!!
Ou vai ser mais pequeno que um NPO!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 27, 2022, 04:44:51 pm
Modelo

Aquilo é um convés corrido para lançamento de drones?  :o

Se não é, parece

É!

 Vamos construir o primeiro porta  drones  do mundo!!
À pala da UE 
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

PS: a julgar pela foleiragem do draft apresentado….o navio ainda  só  existe no imaginário
Nem um desenho de jeito conseguem apresentar… porra!!

Olhem para a escala do helicóptero em relação ao resto do navio! 
Ridículo!!
Ou vai ser mais pequeno que um NPO!!

Vai ser o segundo  :mrgreen:

O primeiro é o Anadolu turco
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Maio 27, 2022, 04:47:39 pm
Modelo

Aquilo é um convés corrido para lançamento de drones?  :o

Se não é, parece

É!

 Vamos construir o primeiro porta  drones  do mundo!!
À pala da UE 
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

PS: a julgar pela foleiragem do draft apresentado….o navio ainda  só  existe no imaginário
Nem um desenho de jeito conseguem apresentar… porra!!

Olhem para a escala do helicóptero em relação ao resto do navio! 
Ridículo!!
Ou vai ser mais pequeno que um NPO!!

Vai ser o segundo  :mrgreen:

O primeiro é o Anadolu turco

Mas eles não tem um porta drones da Worten! Ou da Fnac para não fazer publicidade só a uns!!
 :mrgreen: :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Maio 27, 2022, 04:53:56 pm
Agora falando de coisas sérias!!

Já foram públicados em DR  a constituição dos groupos de fiscalização, de acompanhamento de …..de …. De …de ….. .etc etc. ??

Vamos aguardar serenamente……. Vamos apostar 10 anos??
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Maio 27, 2022, 05:09:58 pm
Botaram um Predator no projeto  :mrgreen:

(https://pbs.twimg.com/media/FTxdCToWQAEBmJ6?format=jpg&name=900x900)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 27, 2022, 05:38:20 pm
Agora falando de coisas sérias!!

Já foram públicados em DR  a constituição dos groupos de fiscalização, de acompanhamento de …..de …. De …de ….. .etc etc. ??

Vamos aguardar serenamente……. Vamos apostar 10 anos??

10 anos perdem o carcanhol da UE  :mrgreen: , mas como estamos em PT e desenvolvemos uma perícia inigualável em gerir/pedir (e aldrabar) fundos comunitários, não digo nada.

Mais a sério, penso que este projeto terá de andar, com as imagens que vimos ou outra coisa qualquer como o NI Mário Ruivo, traineira de pesca ao bacalhau, etc. O dinheiro do PRR, que volto a dizer, tem um prazo de execução limitado no tempo, tem de ser empregue no projeto.

Agora... se dinheiros destinados à Plataforma Naval para a Marinha, vão para a outros projetos de "amigos" no âmbito  do Centro de operações de defesa do Atlântico e plataforma naval, meus caros, não me admirava nada.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 27, 2022, 05:41:33 pm
Só pode ser mesmo apra a ilustração esse Predator.  :o

E também me parece estarem uns USV do tipo Protector no "hangar" do navio.

(https://assets.newatlas.com/dims4/default/03e5dee/2147483647/strip/true/crop/530x364+0+0/resize/530x364!/quality/90/?url=http%3A%2F%2Fnewatlas-brightspot.s3.amazonaws.com%2Farchive%2F6023_17080685817.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Maio 27, 2022, 05:56:42 pm
Eu gosto bastante da ideia, acho interessante e bastante inovadora, com um potencial altíssimo, agora voltamos a Portugal, se isto for para a frente vai ser a maior novela depois dos submarinos, duvido que os 150 Milhões € cheguem para criar um projeto de raiz e detalhado e a construção do mesmo, ainda para mais no tempo que é suposto.

Para além de que estamos a falar da mesma Marinha que anda há não sei quantos anos a rever o projeto dos NPO e das mesmas Forças Armadas que já as PANDUR estavam em construção e ainda não havia requisitos para a estanquidade das mesmas.

Espero estar enganado

PS: Até daqui a 15 anos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 27, 2022, 06:02:36 pm
Botaram um Predator no projeto  :mrgreen:

(https://pbs.twimg.com/media/FTxdCToWQAEBmJ6?format=jpg&name=900x900)

É um MQ-9B  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 27, 2022, 06:10:52 pm
Eu gosto bastante da ideia, acho interessante e bastante inovadora, com um potencial altíssimo, agora voltamos a Portugal, se isto for para a frente vai ser a maior novela depois dos submarinos, duvido que os 150 Milhões € cheguem para criar um projeto de raiz e detalhado e a construção do mesmo, ainda para mais no tempo que é suposto.

Para além de que estamos a falar da mesma Marinha que anda há não sei quantos anos a rever o projeto dos NPO e das mesmas Forças Armadas que já as PANDUR estavam em construção e ainda não havia requisitos para a estanquidade das mesmas.

Espero estar enganado

PS: Até daqui a 15 anos.

São 94 Milhões, não 150.

Mas pelos vistos os planos já estão feitos:

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/O-futuro-prepara-se-hoje.aspx

"Só" falta mesmo arrancar com a construção

O PRR é até quando? 2025?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Maio 27, 2022, 06:32:29 pm
O PRR é até quando? 2025?

Sim, penso que 2025, em várias fases.

(https://i.ibb.co/56Cb0jQ/Capturar.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 27, 2022, 08:47:03 pm
Só ainda vai na pagina 4. Daqui a uns anos bons andar mais pela 200

Entretanto o projecto deve sofrer alterações umas catorze vezes e meia. E serve para esquecer as Fragatas, porque até temos umas 2, mais ou menos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Maio 27, 2022, 10:34:50 pm
Esta plataforma é bastante "holística", no entanto há setores dentro da Marinha, que continuam a querer um LPD dedicado.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Maio 27, 2022, 11:34:33 pm
Esta plataforma é bastante "holística", no entanto há setores dentro da Marinha, que continuam a querer um LPD dedicado.
Cps,

Não têm nada a ver.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Maio 27, 2022, 11:43:41 pm
O PRR é até quando? 2025?

Sim, penso que 2025, em várias fases.

(https://i.ibb.co/56Cb0jQ/Capturar.jpg)

Wow!! wow!! Wow!
 Já vamos na fase 4
E todos mantiveram o segredo neste projeto ultra secreto…

Estou maravilhado!!
Vamos aguardar….. faltam 6 meses para a escolha de consórcios e projetos….

Tá a ir rápido demais para meu gosto!

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Maio 28, 2022, 01:27:25 am
Mas espera lá! Como é que a marinheca pode adquirir um navio que não está previsto na LPM? Sempre pensei  que tal coisa que fosse pecado capital. Talvez o Red Baron possa explicar.  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 28, 2022, 01:44:37 am
Botaram um Predator no projeto  :mrgreen:

(https://pbs.twimg.com/media/FTxdCToWQAEBmJ6?format=jpg&name=900x900)

É um MQ-9B  :mrgreen:

O da imagem não é, pois ambos os modelos do MQ-9 têm cauda em V. Mas que jeito que dava o MQ-9B às FA. E, já agora, uns quantos Camcopter S-100!


Pena é que ninguém na Marinha tenha tentado aproveitar o PRR para convencer a malta a mandar construir umas fragatas novas, tipo Sigma.  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Maio 28, 2022, 02:53:36 am
Eh!!
É Predators  é frotas de drones

E esse helicóptero é um King stallion??
E as duas  lanchas no sítio onde deveria ser o hangar para os drones e helis? ??….
Não vai ter hangar??
Esse desenho não tem pés nem cabeça ou … é muito á frente….
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 28, 2022, 07:52:21 am
Esta plataforma é bastante "holística", no entanto há setores dentro da Marinha, que continuam a querer um LPD dedicado.
Cps,

Deixa-me adivinhar, esses setores vão sabotar este setor e no fim nem uma coisa nem outra
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Maio 28, 2022, 08:25:25 am
Penso que aqui ninguém vê nenhum contra, mas... o aspeto de "mini LHD"  :mrgreen:, pode causar comichão nos fofinhos que abominam qualquer coisa de aspeto mais militar.

Aquelas mentes básicas do BE, basta pintar o navio de branco em vez do verde vómito, deve ser assim que eles distinguem os navios, fica como os Hidrográficos, os drones também são dos fofinhos, não fazem mal a ninguém, são apenas para vigilância.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F2.bp.blogspot.com%2F-EOakN157CK0%2FT03nGE45hhI%2FAAAAAAAAW3w%2Fj0rUTzb7_u0%2Fs1600%2FNRP%2BD.%2BCARLOS%2BI%2B2012-02-24%2B%25C2%25A9%2BLuis%2BMiguel%2BCorreia%2B2630.JPG&hash=caae2fd9e906c3859088c5b90f76df08)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Maio 28, 2022, 08:27:03 am
Mas espera lá! Como é que a marinheca pode adquirir um navio que não está previsto na LPM? Sempre pensei  que tal coisa que fosse pecado capital. Talvez o Red Baron possa explicar.  :mrgreen:

Se calhar o que está na LPM é o que deviam construir mas há pouca vontade política  :mrgreen:.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 28, 2022, 10:43:44 am
A influência dos parceiros da Esquerda num Governo PS de maioria absoluta é ainda assim tão forte, ao ponto do NavPol passar a ser - ou ter de ser "vendido" como - um porta-drones hidrográfico e holístico? ???

(https://i.postimg.cc/TYLkGRcQ/FTxd-CTJXs-AAkpoz.jpg)


Penso que aqui ninguém vê nenhum contra, mas... o aspeto de "mini LHD"  :mrgreen:, pode causar comichão nos fofinhos que abominam qualquer coisa de aspeto mais militar.

Aquelas mentes básicas do BE, basta pintar o navio de branco em vez do verde vómito, deve ser assim que eles distinguem os navios, fica como os Hidrográficos, os drones também são dos fofinhos, não fazem mal a ninguém, são apenas para vigilância.

Pois, é isso: basta pintá-lo de branco e pôr-lhe um "A" e já passa pelo crivo das manas Mortágua e companhia. ::)


Mas espera lá! Como é que a marinheca pode adquirir um navio que não está previsto na LPM? Sempre pensei  que tal coisa que fosse pecado capital. Talvez o Red Baron possa explicar.  :mrgreen:

O drama, o horror, a tragédia!  :mrgreen:






P.S. Gostei do pormenor do NH90. Era para perceber a escala do navio ou houve ali um deslize/esquecimento?  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 28, 2022, 10:53:45 am
Se calhar o projeto foi delineado antes das eleições para agradar às muletas do PS.

Mas agora com Maioria absoluta já o podem armar com tomahawks e F-35
Mwahahahahahaaha

(https://i.ibb.co/7VrZHCf/Mr-Burns-evil.gif)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Maio 28, 2022, 12:17:01 pm
Eh!!
É Predators  é frotas de drones

E esse helicóptero é um King stallion??
E as duas  lanchas no sítio onde deveria ser o hangar para os drones e helis? ??….
Não vai ter hangar??
Esse desenho não tem pés nem cabeça ou … é muito á frente….

Nao ICE, não é um stallion é um NH90.
A deriva e estabilizador são diferentes bem como a fuselagem onde estao os cofres do trem principal.

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Maio 28, 2022, 12:20:46 pm
Realmente o drone parece um MQ-1 Predator.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Maio 28, 2022, 12:35:09 pm
Curiosamente, a tão afamada influência do BE e do PC nos governos PS só se estende às FFAA. Nas FS e nos restantes sectores é, essencialmente, nula — nem meios contra FF se conseguem. Quando os governos do PSD andavam a fornicar a defesa, de quem era a influência, do CDS? Parem de desculpar estes gajos: o PS, o PSD e as chefias (passadas e actuais) são os únicos responsáveis pelo estado lastimável a que as FFAA chegaram.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PTWolf em Maio 28, 2022, 12:49:15 pm
Curiosamente, a tão afamada influência do BE e do PC nos governos PS só se estende às FFAA. Nas FS e nos restantes sectores é, essencialmente, nula — nem meios contra FF se conseguem. Quando os governos do PSD andavam a fornicar a defesa, de quem era a influência, do CDS? Parem de desculpar estes gajos: o PS, o PSD e as chefias (passadas e actuais) são os únicos responsáveis pelo estado lastimável a que as FFAA chegaram.

Tudo se resume à falta de visão estratégica para o  país. Os sucessivos governos não conseguem pensar para alem dos 4 anos de legislatura. Não se pensa que mundo teremos daqui a 10, 20 e 30 anos e que Portugal queremos nessa altura.
Fora isto será sempre o típico jogo do empurra as culpas para outro e não para o mesmo, à boa maneira tuga. E assim se vão arrastando grupos de trabalho, a malta vai orientado a vida e siga a marinha.

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 28, 2022, 12:57:05 pm
Por cá governa-se a pensar nas próximas eleições

Sempre foi assim e não muda
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 28, 2022, 01:04:37 pm
Curiosamente, a tão afamada influência do BE e do PC nos governos PS só se estende às FFAA. Nas FS e nos restantes sectores é, essencialmente, nula — nem meios contra FF se conseguem. Quando os governos do PSD andavam a fornicar a defesa, de quem era a influência, do CDS? Parem de desculpar estes gajos: o PS, o PSD e as chefias (passadas e actuais) são os únicos responsáveis pelo estado lastimável a que as FFAA chegaram.

Estava a ser irónico no post mais acima, N. Isto porque penso precisamente como tu, ou seja, que para as coisas da Defesa tudo serve para alegar o seu não cumprimento ou falta de luz verde, seja qual for a filiação partidária. É apenas mais do mesmo.

Até porque se formos olhar em retrospectiva para os Governos PSD, e a sua contribuição para este sector nos últimos 30/40 anos, creio que salva-se a decisão do Cavaco de avançar para a compra das Meko 200 em 1985, de F-16 novos em 90/91, e pouco mais do que isso.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Maio 28, 2022, 01:38:18 pm
Curiosamente, a tão afamada influência do BE e do PC nos governos PS só se estende às FFAA. Nas FS e nos restantes sectores é, essencialmente, nula — nem meios contra FF se conseguem. Quando os governos do PSD andavam a fornicar a defesa, de quem era a influência, do CDS? Parem de desculpar estes gajos: o PS, o PSD e as chefias (passadas e actuais) são os únicos responsáveis pelo estado lastimável a que as FFAA chegaram.

Estava a ser irónico no post mais acima, N. Isto porque penso precisamente como tu, ou seja, que para as coisas da Defesa tudo serve para alegar o seu não cumprimento ou falta de luz verde, seja qual for a filiação partidária. É apenas mais do mesmo.

Até porque se formos olhar em retrospectiva para os Governos PSD, e a sua contribuição para este sector nos últimos 30/40 anos, creio que salva-se a decisão do Cavaco de avançar para a compra das Meko 200 em 1985, de F-16 novos em 90/91, e pouco mais do que isso.

Desde o Cavaco tiveste 2 anos do Durão e 5 do Passos já com a troika. Não podes tirar muitas conclusões disso.

Mais grave é o sentimento anti-militar que surgiu depois do 25 de Abril. Ainda hoje no Twitter vez pessoal a falar de soldados a jogar à bola com cabeças de bebés em África, castrações e outras barbaridades. É essa a imagem que querem passar das FAs. E essas pessoas têm um viés político claro. Há os "capitães de Abril" e o resto das FA são escumalha. Se esmiuçares bem e puxares por certos intelectuais não tenho dúvidas que admitiam que não podemos ter armas ofensivas porque na essência somos colonialistas maus que é preciso controlar.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 28, 2022, 02:46:36 pm
Eh!!
É Predators  é frotas de drones

E esse helicóptero é um King stallion??
E as duas  lanchas no sítio onde deveria ser o hangar para os drones e helis? ??….
Não vai ter hangar??
Esse desenho não tem pés nem cabeça ou … é muito á frente….

Parece-me que é apenas ilustrativo. Nem o Predator tem versão naval, tanto quanto sei (para não falar  que não os temos de todo), tal como não temos NH-90. Muito "wishful thinking" quando fizeram o desenho.  :mrgreen:

Hangar? Esqueçam isso, o navio não é um LPD nem nada que se pareça, os helicópteros pousam e vão embora, não vão estar embarcados em permanência. Também não é LPD pois não terá capacidade de desembarque (RHIBs não contam). Nada mais é que um hidrográfico com convés de voo corrido.

Se vai tomar o "lugar" do LPD, não sei, mas também um LPD na MGP, neste preciso momento (e ao que parece até 2035 nada vai mudar), estaria limitado a funções civis e missões de baixa intensidade. Se sem palhaços não há circo, sem fragatas modernas (e já agora sem AOR) não há missões militares para um LPD.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 28, 2022, 03:25:51 pm
Desde o Cavaco tiveste 2 anos do Durão e 5 do Passos já com a troika. Não podes tirar muitas conclusões disso.

Com todo o respeito, mas também não lhe pedi a sua opinião, correcto? Ou é governante ou ex-governante do PSD e enfiou a carapuça?

E talvez desde o Cavaco tenham havido tão poucos anos de governação do PSD, sozinho ou com o CDS, por culpa própria e da maravilhosa imagem com que os "laranjas" (e "populares") nos costumam brindar, e das políticas e rumo que implementam, não? Ou afinal somos todos estúpidos - além de esquecidos - e ainda temos culpa que o Durão tenha querido ir para Bruxelas e deixado cá o indescritível Santana Lopes, ou que o Passos Coelho e o Portas tenham decidido conscientemente querer ir para além do exigido pela troika, queres ver? ::)


Mais grave é o sentimento anti-militar que surgiu depois do 25 de Abril. Ainda hoje no Twitter vez pessoal a falar de soldados a jogar à bola com cabeças de bebés em África, castrações e outras barbaridades. É essa a imagem que querem passar das FAs. E essas pessoas têm um viés político claro. Há os "capitães de Abril" e o resto das FA são escumalha. Se esmiuçares bem e puxares por certos intelectuais não tenho dúvidas que admitiam que não podemos ter armas ofensivas porque na essência somos colonialistas maus que é preciso controlar.

Essa narrativa é por demais conhecida, e também aí as Forças Armadas podiam ser perfeitamente mais proactivas na divulgação dos seus deveres e missões, não só para ajudar a dissipar um pouco da ignorância que a maior parte da população possui relativamente ao meio militar, mas igualmente como forma de captação de efectivos. Por exemplo, eu recordo-me de um dos últimos Portugal Air Show em Cascais, e da curiosidade e incredulidade de grande parte da assistência em relação a coisas tão simples como as manobras de 2 F-16, um P-3C a largar um kit SAR ou a simulação de um salvamento no mar por parte de um EH-101. A maior parte das pessoas desconhecia em absoluto que possuíamos essas capacidades e perguntavam porque não se viam mais vezes. E lá está, numa era como esta, a visibilidade é também um factor muito importante.





P.S. Esqueci-me dos 2 submarinos (comprados a preço de 3) do Paulinho "atraca-de-popa", o tal que afirmou peremptoriamente que a sua demissão era irrevogável ou que a Rússia nunca iria invadir a Ucrânia...  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Maio 28, 2022, 03:48:41 pm
Desde o Cavaco tiveste 2 anos do Durão e 5 do Passos já com a troika. Não podes tirar muitas conclusões disso.

Com todo o respeito, mas também não lhe pedi a sua opinião, correcto? Ou é governante ou ex-governante do PSD e enfiou a carapuça?

E talvez desde o Cavaco tenham havido tão poucos anos de governação do PSD, sozinho ou com o CDS, por culpa própria e da maravilhosa imagem com que os "laranjas" (e "populares") nos costumam brindar, e das políticas e rumo que implementam, não? Ou afinal somos todos estúpidos - além de esquecidos - e ainda temos culpa que o Durão tenha querido ir para Bruxelas e deixado cá o indescritível Santana Lopes, ou que o Passos Coelho e o Portas tenham decidido conscientemente querer ir para além do exigido pela troika, queres ver? ::)

Apanhaste-me. Sou o Passos Coelho disfarçado. ::) ::) ::)

E mais curioso ainda, nem sequer voto PSD há muito tempo. Mas a verdade é a verdade. Uns trouxeram as Meko, os F-16 e os submarinos (tudo novo).  Nos últimos 27 anos o PS esteve no governo 20 anos. Se disseres que em termos das FA é indiferente o partido que está no governo estás a brincar com o pessoal.

Se disseres que a extrema esquerda em Portugal não é violentamente anti-FAs então nem sei o que dizer.

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Maio 28, 2022, 03:48:49 pm
Ainda me recordo de chefias militares não pactuarem com a falta de verbas para operações e manutenção. Infelizmente, após os governos de Cavaco e Guterres, as chefias que se seguiram optaram pelo lambe-botismo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Maio 28, 2022, 04:03:14 pm
Nos últimos 27 anos vieram F-16 e MEKO novos? Convém manter alguma consistência nessas linhas temporais.

Para quem ainda não percebeu, vou fazer um desenho (conceptual que isto não dá para mais): uns são abertamente indiferentes, enquanto os outros fazem o belo do discurso de apoio mas no fim só dão poia. E depois há os grandes vilões, odiados pelas massas, mas que não têm peso nem influência na decisão.

É como as estórias das boinas e dos cantos, a malta discute o acessório e deixa passar em claro o fundamental. Continuem que os “aventaleiros” agradecem.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Maio 28, 2022, 04:24:13 pm
Nos últimos 27 anos vieram F-16 e MEKO novos? Convém manter alguma consistência nessas linhas temporais.


Não. Só estava a responder à alegação inicial que dizia que, parafraseando, "salvavam-se as decisões do Cavaco das Meko e F-16". E desde que o Cavaco saiu passaram 27 anos dos quais 20 foram do PS. Só isso.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Maio 28, 2022, 04:50:34 pm
E mais curioso ainda, nem sequer voto PSD há muito tempo. Mas a verdade é a verdade. Uns trouxeram as Meko, os F-16 e os submarinos (tudo novo).  Nos últimos 27 anos o PS esteve no governo 20 anos. Se disseres que em termos das FA é indiferente o partido que está no governo estás a brincar com o pessoal.

Se disseres que a extrema esquerda em Portugal não é violentamente anti-FAs então nem sei o que dizer.

Sim, porque pelo menos a última governação do PSD foi um bálsamo para as FAs, com a imponente compra de 5 patrulhas velhos à Dinamarca quase desarmados, sem contar com cortes e cativações a torto e a direito que nem na Grécia foram impostos. Quem é que agora está aqui a brincar com quem? ::)

E não distorça o sentido das minhas palavras, em lado algum disse alguma vez que o PS é o paraíso na terra, muito pelo contrário. Neste momento não se salva absolutamente ninguém no espectro político português, da Esquerda à Direita, e isso sim é que é preocupante. E essa da extrema esquerda é a verdade de La Palice, por isso adiante, nada de novo aí. 


Não. Só estava a responder à alegação inicial que dizia que, parafraseando, "salvavam-se as decisões do Cavaco das Meko e F-16". E desde que o Cavaco saiu passaram 27 anos dos quais 20 foram do PS. Só isso.

Mas isso é culpa de quem? É demérito do próprio PSD, das suas políticas, dos líderes que arranja, do que faz quando está no poder, com quem se alia e a que grupos económicos/bancos presta vassalagem. Ou tenho de chegar à conclusão de que somos todos afinal uma cambada de acéfalos e masoquistas? ::)

Mas como este não é o assunto do tópico, e como também não se trata de um pissing contest, por aqui me fico. Peço desculpa pelo off-topic.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Maio 29, 2022, 01:02:44 am
Eh!!
É Predators  é frotas de drones

E esse helicóptero é um King stallion??
E as duas  lanchas no sítio onde deveria ser o hangar para os drones e helis? ??….
Não vai ter hangar??
Esse desenho não tem pés nem cabeça ou … é muito á frente….

Nao ICE, não é um stallion é um NH90.
A deriva e estabilizador são diferentes bem como a fuselagem onde estao os cofres do trem principal.

Abraços

Será que está tudo com a escala certa?
Hummmm!!

Parece que fizeram  uns desenhinhos com o que tinham  à mão la no arquivo … sem se preocuparem muito
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 29, 2022, 08:51:28 am
Eh!!
É Predators  é frotas de drones

E esse helicóptero é um King stallion??
E as duas  lanchas no sítio onde deveria ser o hangar para os drones e helis? ??….
Não vai ter hangar??
Esse desenho não tem pés nem cabeça ou … é muito á frente….

Nao ICE, não é um stallion é um NH90.
A deriva e estabilizador são diferentes bem como a fuselagem onde estao os cofres do trem principal.

Abraços

Será que está tudo com a escala certa?
Hummmm!!

Parece que fizeram  uns desenhinhos com o que tinham  à mão la no arquivo … sem se preocuparem muito


Desenhos de projectos de intenções não faltam por cá
Só t do mijo e depois nada. É como o famoso discurso do PR sofre as FA.  O titi do patriotismo das medalhas e futebol
Nem sequer uma educação existe virada para o sentimento colectivo de uma Nação. Para mais com tanta abertura a mercenários e adoptados que ainda menos têm

Este pedaço de terra, virou terra de ninguém e onde importa é alguns orientarem a vidinha 

Perguntem lá no topo se estão mal?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Maio 29, 2022, 01:56:58 pm
Acho que se pode dizer que nenhum partido se aproveita. Com maiorias absolutas à mistura, ainda pior. No fim de contas, quer tudo é tachos.

Quanto ao navio, estimo que tenha uns 100 metros, máximo 120.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Maio 29, 2022, 03:02:37 pm
Acho que se pode dizer que nenhum partido se aproveita. Com maiorias absolutas à mistura, ainda pior. No fim de contas, quer tudo é tachos.

Quanto ao navio, estimo que tenha uns 100 metros, máximo 120.

Não está inscrito na LPM pois trata-se de uma plataforma civil, que será operada pela Marinha.
CPs,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 29, 2022, 08:06:27 pm
Acho que se pode dizer que nenhum partido se aproveita. Com maiorias absolutas à mistura, ainda pior. No fim de contas, quer tudo é tachos.

Quanto ao navio, estimo que tenha uns 100 metros, máximo 120.

Não está inscrito na LPM pois trata-se de uma plataforma civil, que será operada pela Marinha.
CPs,


Como os NPO. Praticamente  ;D ;D ;D
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 30, 2022, 08:00:54 am
Só quero ver qual será a desculpa que vão inventar desta vez para não ser construído

::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 30, 2022, 10:51:57 pm
Só quero ver qual será a desculpa que vão inventar desta vez para não ser construído

::)

Ou as desculpas para o navio encolher até ficar uma barcaça civil
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Maio 31, 2022, 11:11:35 am
Só quero ver qual será a desculpa que vão inventar desta vez para não ser construído

::)

Ou as desculpas para o navio encolher até ficar uma barcaça civil

Não vá por aí!!
Porque isso já ele é de raiz.

Então com aquela grua atrás parece mesmo um arrastão..

94 milhões….é o preço de um World Explorer
 Da para fazer uma versão de um NPO de Deck corrido e uma ponte a lembrar um porta aviões….

Não espere muito mais que um navio de 100 metros  18/20 nós de velocidade máxima e concepção  civil. Sem qualquer tipo de armamento.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Maio 31, 2022, 01:28:14 pm
A Roménia já está um passo à frente ::)


https://www.navalnews.com/naval-news/2022/05/schiebel-camcopter-s-100-performs-maritime-survellience-in-romania/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Maio 31, 2022, 02:00:22 pm
Têm ideia que este é civil, custa um milhão e está atrasado, não têm (pergunta extensiva à malta da marinha que anda por aqui)?  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.amn.pt/ISN/PublishingImages/vigilante.jpg)

Saudações  :mrgreen: :mrgreen:

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 31, 2022, 08:26:56 pm
A Roménia já está um passo à frente ::)


https://www.navalnews.com/naval-news/2022/05/schiebel-camcopter-s-100-performs-maritime-survellience-in-romania/


Isto cá era ir contra a holística dos bonecos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Maio 31, 2022, 08:29:54 pm
Têm ideia que este é civil, custa um milhão e está atrasado, não têm (pergunta extensiva à malta da marinha que anda por aqui)?  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.amn.pt/ISN/PublishingImages/vigilante.jpg)

Saudações  :mrgreen: :mrgreen:


Tão a atraso que vi em algum jornal que tinham sido comprados alguns vindo de fora julgo que para a Madeira.
No Alfeite ainda não foi escrutinado quem se vai orientar com aquilo, opss ....orientar aquilo digo. Enganei-me
 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Junho 07, 2022, 10:46:55 am
https://ukdefencejournal.org.uk/royal-navy-special-purpose-vessel-to-arrive-next-month/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Junho 07, 2022, 03:36:13 pm
Têm ideia que este é civil, custa um milhão e está atrasado, não têm (pergunta extensiva à malta da marinha que anda por aqui)?  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.amn.pt/ISN/PublishingImages/vigilante.jpg)

Saudações  :mrgreen: :mrgreen:

Mafets, essa gentinha da marinha anda a dormir na Forma há muitas décadas, dá jeito !!

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Junho 07, 2022, 03:39:13 pm
Só quero ver qual será a desculpa que vão inventar desta vez para não ser construído

::)

Ou as desculpas para o navio encolher até ficar uma barcaça civil

Não vá por aí!!
Porque isso já ele é de raiz.

Então com aquela grua atrás parece mesmo um arrastão..

94 milhões….é o preço de um World Explorer
 Da para fazer uma versão de um NPO de Deck corrido e uma ponte a lembrar um porta aviões….

Não espere muito mais que um navio de 100 metros  18/20 nós de velocidade máxima e concepção  civil. Sem qualquer tipo de armamento.

ICE repara bem no perfil do tal multifunções, não é muito semelhante ao do NPO ??

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Junho 07, 2022, 04:15:10 pm
Marinha: publica projeto de um navio basicamente oceanográfico

ForumDefesa.com: "Onde é que se metem os Harpoons? E a bateria de 460mm? Onde é que se guardam os F-35? É uma vergonha!!"  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Junho 07, 2022, 06:04:46 pm


Dei uma olhada na imagem, quando ouvi falar num predator.
Realmente a imagem poderia ser um predator, mas se é o MQ-9, ele tem uma envergadura de asa de +/- 15m (quinze metros) enquanto que um F-16 tem uma envergadura de asa de +/- 10m

As pás de um NH-90 têm um diametro de +- 16m (dezasseis metros)

Eu sei que estamos na fase de mandar desenhos para o ar, mas o proprio desenho não parece fazer sentido pelo menos no que respeita ao UAV.

O problema de um UAV naval, é a sua recuperação, no caso de ter grandes dimensões. Um plataforma relativamente pequena é muito instável caso o mar esteja, como é provavel que esteja o Atlantico no inverno...

Fazer aterrar qualquer coisa num navio é um desafio tremendo. Já os drones, ou aeronaves de asa rotativa autonomos, não digo nada, mas mesmo assim, em mar alto, com bastante vento e ondulação, o conceito é meio complicado...

Por muito chato que seja, a realidade é que para utilizar UAV's de maiores dimensões, seria necessário um navio de maiores dimensões e coberta corrida, com pelo menos 20m de largura...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Junho 07, 2022, 08:20:42 pm


Dei uma olhada na imagem, quando ouvi falar num predator.
Realmente a imagem poderia ser um predator, mas se é o MQ-9, ele tem uma envergadura de asa de +/- 15m (quinze metros) enquanto que um F-16 tem uma envergadura de asa de +/- 10m

As pás de um NH-90 têm um diametro de +- 16m (dezasseis metros)

Eu sei que estamos na fase de mandar desenhos para o ar, mas o proprio desenho não parece fazer sentido pelo menos no que respeita ao UAV.

O problema de um UAV naval, é a sua recuperação, no caso de ter grandes dimensões. Um plataforma relativamente pequena é muito instável caso o mar esteja, como é provavel que esteja o Atlantico no inverno...

Fazer aterrar qualquer coisa num navio é um desafio tremendo. Já os drones, ou aeronaves de asa rotativa autonomos, não digo nada, mas mesmo assim, em mar alto, com bastante vento e ondulação, o conceito é meio complicado...

Por muito chato que seja, a realidade é que para utilizar UAV's de maiores dimensões, seria necessário um navio de maiores dimensões e coberta corrida, com pelo menos 20m de largura...


Mas alguém faz caso daquilo que foi dito????
Projetos para exercício empírico e eventualmente algum louvor

Metem uma maquete no Face que nada tem a ver. Até comentários apareceram de quem achava aquilo ser o tal navio logístico que se fala a muito tempo.
É para entreter só.
Quando chegar  ser feito, se for o caso, já a verba está em menos 30% ou 40% e não passa de um hidrográfico com poiso, para como lá diz, os Lynx da Marinha. Imagino então até quando vão durar esses helis.
 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Junho 07, 2022, 10:39:11 pm
O uso do Predator (ou Gray Eagle) é meramente ilustrativo. O navio estará quase certamente limitado a UAVs VTOL, ou lançados de catapulta.

Pessoalmente, além dos drones já conhecidos, como o Ogassa VTOL e o outro quadcopter visto na Corte Real (classe Açor), acho que a esquadra de UAVs da Marinha deveria acrescentar a versão VTOL do AR3 (mais capaz que o Ogassa) e o Camcopter S-100 (pode ser armado).
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Junho 09, 2022, 04:52:29 pm
(https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Imagens%20Noticias/2022/Plataforma%20Navio%20Polivalente/Plataforma%20navio%20polivalente%203.jpeg)

Para que é que aqueles 6 quadcopters servem na Marinha?!
E aquele convés de voo corrido, ao menos aguenta um Heli Ligeiro? é que se levar um Pesado atrás e 2 ligeiros de lado, ainda tem alguma utilidade...

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Stalker79 em Junho 10, 2022, 03:35:33 pm
Com aquela largura!? Se conseguir levar um Camcopter S100 já era muito bom. Agora qualquer tipo de heli ligeiro "normal" é para esqueçer.
 :-P
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Junho 10, 2022, 04:35:01 pm
(https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Imagens%20Noticias/2022/Plataforma%20Navio%20Polivalente/Plataforma%20navio%20polivalente%203.jpeg)

Para que é que aqueles 6 quadcopters servem na Marinha?!
E aquele convés de voo corrido, ao menos aguenta um Heli Ligeiro? é que se levar um Pesado atrás e 2 ligeiros de lado, ainda tem alguma utilidade...

"Para que é que aqueles 6 quadcopters servem na Marinha?!"

Para fazer corridas. Quem perder paga a rodada
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: joaorocha12 em Junho 29, 2022, 07:56:47 pm
Página do twitter @defence360 divulga novas fotos da Plataforma Naval Multifuncional
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Junho 29, 2022, 08:22:38 pm
Está no site da Marinha também.

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Marinha-inicia-o-processo-transformacional-atraves-da-inovacao.aspx

A grande "novidade" é a rampa para lançamento de drones, a a continuação do MQ-1 no convés, nas imagens iniciais, confesso que sempre pensei que o meteram para enfeitar, mas agora que continua nos novos renderings começo a pensar que é "whishfull thinking" da Marinha.

Estou para ver quem vai construir o navio, se for por cá vai ser bonito até se conseguir, sequer, cortar o aço.

Digam lá se alguma vez algo como isto vai ser construido.
(https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Imagens%20Noticias/2022/Plataforma%20Navio%20Polivalente/nova%20foto%20para%20usar.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Stalker79 em Junho 29, 2022, 08:25:46 pm
Holisticamente sim, até nem há razões em contrario pq quem paga é a UE. Agora espetar 600 milhões no Montijo para depois construir um aeroporto novo mesmo ao lado, isso é que é de genio!
 :-P
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Junho 29, 2022, 08:55:23 pm
Está no site da Marinha também.

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Marinha-inicia-o-processo-transformacional-atraves-da-inovacao.aspx

A grande "novidade" é a rampa para lançamento de drones, a a continuação do MQ-1 no convés, nas imagens iniciais, confesso que sempre pensei que o meteram para enfeitar, mas agora que continua nos novos renderings começo a pensar que é "whishfull thinking" da Marinha.

Estou para ver quem vai construir o navio, se for por cá vai ser bonito até se conseguir, sequer, cortar o aço.

Digam lá se alguma vez algo como isto vai ser construido.
(https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Imagens%20Noticias/2022/Plataforma%20Navio%20Polivalente/nova%20foto%20para%20usar.jpg)

Gostei da "Luta contra as alterações climáticas"....
Os palhaços continuam a reinar...
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Junho 29, 2022, 09:20:20 pm
Está no site da Marinha também.

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Marinha-inicia-o-processo-transformacional-atraves-da-inovacao.aspx

A grande "novidade" é a rampa para lançamento de drones, a a continuação do MQ-1 no convés, nas imagens iniciais, confesso que sempre pensei que o meteram para enfeitar, mas agora que continua nos novos renderings começo a pensar que é "whishfull thinking" da Marinha.

Estou para ver quem vai construir o navio, se for por cá vai ser bonito até se conseguir, sequer, cortar o aço.

Digam lá se alguma vez algo como isto vai ser construido.
(https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Imagens%20Noticias/2022/Plataforma%20Navio%20Polivalente/nova%20foto%20para%20usar.jpg)

O que é que este navio tem de especial para não poder ser construído em Portugal? 
Não estou a ver….
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Junho 29, 2022, 11:01:08 pm
Tudo...
Veremos como corre, mas até 31 de Dezembro de 2025, terá de estar pronta... Por isso cada vez que me lembro dos NPO, tenho sérias duvidas.

Citar

"A concretização e a operacionalização do investimento é da responsabilidade, da Marinha/Autoridade Marítima Nacional - Ministério da Defesa Nacional - Marinha, na qualidade de Beneficiário Direto, que consiste na : - construção de uma plataforma multidisciplinar de referência, integrando tecnologia de fronteira e estendendo as funcionalidades de um navio de vigilância oceânica e de investigação oceanográfica para outros cenários como os de emergência (e.g., atender a derrames de petróleo ou “blooms” de plásticos, algas ou “jellyfish”) ou atividades de monitorização da ecologia do mar e integrando novos meios tecnológicos de observação, monitorização e intervenção oceânica como sistemas robóticos aéreos ou submarinos. - O Centro de Operações pretende reforçar os meios de observação do oceano, contribuindo para o objetivo de criar um “Oceano Digital” de modo a permitir a criação de conhecimento e, simultaneamente, apresentar soluções que reforcem a capacidade nacional e internacional para intervir sobre os Oceanos."
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 29, 2022, 11:25:41 pm
Rampa de lançamento ski-jump para os drones, muito bom.  :mrgreen:

A propósito, aquele NH90 estará na mesma escala do restante navio? É que caso esteja, fica toda a sensação de que a ilha é algo pequena, não?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Junho 29, 2022, 11:43:18 pm
O delírio a que está palhaçada chegou é confrangedor. Entretanto, os aliados e potenciais inimigos continuam a armar-se devidamente. A Marinha holística-jellyfish. Esta merda parece Monty Python.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Junho 30, 2022, 02:39:48 am
Eu continuo é sem perceber o delírio, de alguns elementos do fórum, com um simples um navio oceanográfico…

Nao vai ser combatente , não vai estar armado…
Afinal o que é que ele tem de especial? Ainda não percebi.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Junho 30, 2022, 02:45:03 am
Rampa de lançamento ski-jump para os drones, muito bom.  :mrgreen:

A propósito, aquele NH90 estará na mesma escala do restante navio? É que caso esteja, fica toda a sensação de que a ilha é algo pequena, não?

Não deve fugir muito à realidade. O navio também é suposto ser relativamente pequeno (uns 100 metros?), logo não precisa, nem pode, ter uma ilha muito grande.

Já os MQ-1, devem ser "placeholder", talvez o único design 3D que arranjaram para o desenho, ou então por ter o aspecto do típico UAV. Um Predator com uma envergadura de quase 15 metros, nem espaço tinha para descolar. Comecem sim é a pensar no uso dos Ogassa, ou eventualmente de algum AR3 a partir do navio, mas nada mais que isso.

O que me faz confusão, é que se vai inventar tanto, quando um navio com convés de voo convencional chegava perfeitamente para aquilo que se pede de um navio primariamente hidrográfico. Mas infelizmente, há sempre que inventar conceitos.

Este navio enquanto porta-drones, apenas será tão bom quanto os tipos de drones que puder lançar. É que se forem inventar isto tudo, e no fim não passarmos dos Ogassa, então não é nada que não pudesse já ser feito com uns NPOs ou fragatas, ou, pasmem-se, com drones operados a partir de terra.

Volto a dizer, este navio para substituir de uma assentada os 3 ou 4 hidrográficos da Marinha é excelente, agora estas invenções é que estragam tudo (e ainda vão fazer os custos derrapar).
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Junho 30, 2022, 07:20:43 am
Holisticamente sim, até nem há razões em contrario pq quem paga é a UE. Agora espetar 600 milhões no Montijo para depois construir um aeroporto novo mesmo ao lado, isso é que é de genio!
 :-P

Os xuxas já devem ter comprado todos os terrenos

Voltando ao tópico , eu acho que estão a tentar vender a imagem de um holístico mas que na verdade vai ser um LPD

É como chamar patrulha de altura a uma fragata como fizeram os italianos

Assim a opinião pública aceita mais facilmente

E não pode ser adiado até às calendas gregas porque o PRR é só até 2025
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Junho 30, 2022, 09:21:17 am
Citar

7 - PRAZO DE EXECUÇÃO DO CONTRATO


Prazo de execução do contrato [prazo inicial sem incluir renovações]: 3 anos


Previsão de renovações? Não


Prazo de renovações diferente do prazo inicial? Não



Portanto em 2025 tem de estar pronto

https://dre.pt/dre/detalhe/anuncio-procedimento/7861-2022-185092227
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Junho 30, 2022, 10:34:23 am
Vamos lá começar a excluir partes:


Citar
Demonstração, através da apresentação de declaração abonatória passada pelo(s) proprietário(s) dos navios, da realização nos últimos 10 (dez) anos, de elaboração de projeto de construção de pelo menos 2 (dois) navios militares acima de 1000ton de deslocamento……,,,


Quanto à execução do projeto e da construção em Portugal os concorrentes devem apresentar documento comprovativo - declaração ou contrato - que evidencie que, pelos seus próprios meios ou através de terceiros, são capazes de realizar a execução do projeto e a construção em território português.



 

Quem em Portugal se enquadra na encomenda??

Por outro lado sabemos que vai ser construído em Portugal. Mas pode ser um concorrente estrangeiro, uma parceria com um estaleiro estrangeiro e um português podia ser uma base para futuros projetos… mas não estou a ver clarividência para isso..


Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Junho 30, 2022, 11:07:48 am
https://www.navalnews.com/naval-news/2022/06/portuguese-navy-unveils-new-drone-mothership-project/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Junho 30, 2022, 11:38:31 am
Rampa de lançamento ski-jump para os drones, muito bom.  :mrgreen:

A propósito, aquele NH90 estará na mesma escala do restante navio? É que caso esteja, fica toda a sensação de que a ilha é algo pequena, não?

Não deve fugir muito à realidade. O navio também é suposto ser relativamente pequeno (uns 100 metros?), logo não precisa, nem pode, ter uma ilha muito grande.

Já os MQ-1, devem ser "placeholder", talvez o único design 3D que arranjaram para o desenho, ou então por ter o aspecto do típico UAV. Um Predator com uma envergadura de quase 15 metros, nem espaço tinha para descolar. Comecem sim é a pensar no uso dos Ogassa, ou eventualmente de algum AR3 a partir do navio, mas nada mais que isso.

O que me faz confusão, é que se vai inventar tanto, quando um navio com convés de voo convencional chegava perfeitamente para aquilo que se pede de um navio primariamente hidrográfico. Mas infelizmente, há sempre que inventar conceitos.

Este navio enquanto porta-drones, apenas será tão bom quanto os tipos de drones que puder lançar. É que se forem inventar isto tudo, e no fim não passarmos dos Ogassa, então não é nada que não pudesse já ser feito com uns NPOs ou fragatas, ou, pasmem-se, com drones operados a partir de terra.

Volto a dizer, este navio para substituir de uma assentada os 3 ou 4 hidrográficos da Marinha é excelente, agora estas invenções é que estragam tudo (e ainda vão fazer os custos derrapar).

A rampa permite quase duplicar o tempo de voo dos drones. Por isso é bastante importante. E permite evolução dos drones a usar. Até podem ser Ogassas agora mas poderão ser outros daqui a 10 anos. Eu não tenho nada de megativo a dizer sobre este navio. Parece-me uma boa utilização dos recursos disponíveis.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Junho 30, 2022, 12:06:28 pm
Como é que vão aterrar os MQ-9 STOL?
Nesse espaço?
 :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Junho 30, 2022, 12:08:38 pm
Como é que vão aterrar os MQ-9 STOL?
Nesse espaço?
 :mrgreen:

As tantas amaram em vez de aterrar.   :mrgreen:

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Junho 30, 2022, 12:16:31 pm
Holisticamente sim, até nem há razões em contrario pq quem paga é a UE. Agora espetar 600 milhões no Montijo para depois construir um aeroporto novo mesmo ao lado, isso é que é de genio!
 :-P

600 milhões no Montijo?
Só o reforçar o PCN da pista, alarga-la, prolonga-la, os tais 400m, e actualizar os txys, vai estoirar mais que esses 600 milhoes.
E quanto custam as infraestruturas?
As platafornas de estacionamento com/sem fingers;
Os terminais de pax;
Os terminais de bagagens;
Os terminais de cgo e correio;
A Nova torre de controlo;
A instalação do GOC;
A instalação dos fornecedores de catering,;
As infraestruturas de MNT de primeira linha com respectivos hangares.

Nunca se conseguirá fazer tudo com menos de 1500/1800 milhões.

Desculpem o offtopic.

Cumprimentos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Junho 30, 2022, 01:40:17 pm
Ah, a inspiração da marinha tuga...  :mrgreen:

(https://www.navalnews.com/wp-content/uploads/2021/04/Drone-Carrier-Warship-Ocean-Avenger-UXV.jpg)

(https://imageio.forbes.com/specials-images/imageserve/60985831764418352bc94893/0x0.jpg?format=jpg&crop=991,465,x0,y3,safe&width=1200)

(https://i.pinimg.com/736x/d8/02/1f/d8021fe1054f591f4fd42d35ed1f3fc8--military-art-military-history.jpg)

Saudações

P.S. Fap?  :mrgreen:

(https://contest.techbriefs.com//images/stories/entries/2014/20140416112851_jetTransportWasp.jpg)

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Aerial_aircraft_carrier_drone.jpeg (https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Aerial_aircraft_carrier_drone.jpeg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Stalker79 em Junho 30, 2022, 02:29:25 pm
Holisticamente sim, até nem há razões em contrario pq quem paga é a UE. Agora espetar 600 milhões no Montijo para depois construir um aeroporto novo mesmo ao lado, isso é que é de genio!
 :-P

600 milhões no Montijo?
Só o reforçar o PCN da pista, alarga-la, prolonga-la, os tais 400m, e actualizar os txys, vai estoirar mais que esses 600 milhoes.
E quanto custam as infraestruturas?
As platafornas de estacionamento com/sem fingers;
Os terminais de pax;
Os terminais de bagagens;
Os terminais de cgo e correio;
A Nova torre de controlo;
A instalação do GOC;
A instalação dos fornecedores de catering,;
As infraestruturas de MNT de primeira linha com respectivos hangares.

Nunca se conseguirá fazer tudo com menos de 1500/1800 milhões.

Desculpem o offtopic.

Cumprimentos


Pior ainda. Gastar uma quantidade absurda num "remedeio", para durar menos de uma decada até o novo aeroporto estar pronto é uma prova da maior ineptitude de gestão de dinheiros publicos imaginavél! E por falar nisso, se a pressa é tanta não consigo perceber porque razão é que Alcochete só começaria a ser construido em 2030 e não assim que possivél.
 >:(
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Junho 30, 2022, 02:33:14 pm
Holisticamente sim, até nem há razões em contrario pq quem paga é a UE. Agora espetar 600 milhões no Montijo para depois construir um aeroporto novo mesmo ao lado, isso é que é de genio!
 :-P

600 milhões no Montijo?
Só o reforçar o PCN da pista, alarga-la, prolonga-la, os tais 400m, e actualizar os txys, vai estoirar mais que esses 600 milhoes.
E quanto custam as infraestruturas?
As platafornas de estacionamento com/sem fingers;
Os terminais de pax;
Os terminais de bagagens;
Os terminais de cgo e correio;
A Nova torre de controlo;
A instalação do GOC;
A instalação dos fornecedores de catering,;
As infraestruturas de MNT de primeira linha com respectivos hangares.

Nunca se conseguirá fazer tudo com menos de 1500/1800 milhões.

Desculpem o offtopic.

Cumprimentos

Vocês não se esqueçam, que quem vai pagar pelo aeroporto  é a vinci e não o contribuinte.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Junho 30, 2022, 02:43:02 pm
A rampa permite quase duplicar o tempo de voo dos drones. Por isso é bastante importante. E permite evolução dos drones a usar. Até podem ser Ogassas agora mas poderão ser outros daqui a 10 anos. Eu não tenho nada de megativo a dizer sobre este navio. Parece-me uma boa utilização dos recursos disponíveis.

A rampa pode ajudar, mas não é esse o problema. O navio não vai ser muito grande, logo não vai ter espaço para UAVs com grande envergadura de asas. O San Giorgio é talvez o mais próximo em termos de design/dimensões que podemos encontrar no mundo real, portanto já podemos comparar a partir daí.

Os drones que poderão descolar da rampa, continuarão a ser de dimensões reduzidas, como os Ogassa com os seus 4,2 metros de envergadura e pouco mais. Essencialmente, drones civis, sem qualquer capacidade de serem armados, a não ser que, do que existe actualmente no mercado, se fossem comprar MQ-8B ou Camcopter S-100.
E é aqui que vem o problema: andam com a falar deste navio, como se fosse um navio de guerra, para o futuro da guerra, quando na realidade, nem estará armado para se defender, nem estará equipado com drones armados, nem terá escoltas de jeito que potenciem o seu uso. Resumindo, é um navio civil, hidrográfico, com capacidade para drones de vigilância, mas que infelizmente, já estão a querer dar um passo maior que a perna, ao tentar colocá-lo num patamar acima do que é suposto.

Os Turcos tinham um "porta aviões" pronto para receber os F35 turcos quando os americanos expulsaram a Turquia do clube dos F35.
Vai daí e os turcos apresentaram logo a ideia de encher o porta-aviões com drones BAYRAKTAR:

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/02/will-turkey-modify-its-future-lhd-to-carry-more-uavs/

Mantendo a rampa...
Agora... como eles aterram - isso já não sei. É que um navio move-se e não me parece que se consiga agarrar um drone desse tamanho numa rede (solução usada para drones mais pequenos lançados de uma catapulta como uma fisga). Parece-me que vão sempre ter que aterrar na vertical.

Mas lá está, o navio turco, baseado no Juan Carlos I espanhol, tem "apenas" 230 metros de comprimento, 32 de largura e desloca 26000 toneladas. Ou seja, desloca aproximadamente o mesmo que todos os navios da MGP somados. Por isso é que digo, estar a olhar para o nosso navio, que não deve passar dos 110 metros, e que custará uns meros 100 milhões, como se fosse um desses navios com 200 ou mais metros, que custam acima de 600 milhões, não faz grande sentido.

No porta-drones turco, devem usar cabos para "travar" os UAVs. Os turcos até estão a desenvolver um UAV naval a jacto, logo precisarão de algo bem robusto para os "apanhar".

Entretanto ocorreu-me, o Ponto de Apoio de Tróia, da Marinha, tem lá uma pista de aterragem, usada para UAVs. Deve ser lá que vão testar UAVs para o dito navio.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Junho 30, 2022, 04:44:22 pm
Há UAVs que têm zonas de quebra programada nas asas para não terem que aterrar e são apanhados por redes. Não sei se pensarão em utilizar esse tipo de UAVs. Masnl no futuro muito próximo haverá soluções técnicas para pousar UAVs em pouco espaço.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Junho 30, 2022, 04:55:33 pm
Estava a ver especificações. Um AR5 necessita de 150m de pista para levantar e tem um stall speed de 50Kms.

Quem perceber mais do que eu de física e aerodinâmica talvez consiga incorporar os dados de uma rampa e a velocidade do navio e calcular distância para levantar e aterrar deste UAV com 3mts por 4mts.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Junho 30, 2022, 04:58:07 pm
Holisticamente sim, até nem há razões em contrario pq quem paga é a UE. Agora espetar 600 milhões no Montijo para depois construir um aeroporto novo mesmo ao lado, isso é que é de genio!
 :-P

600 milhões no Montijo?
Só o reforçar o PCN da pista, alarga-la, prolonga-la, os tais 400m, e actualizar os txys, vai estoirar mais que esses 600 milhoes.
E quanto custam as infraestruturas?
As platafornas de estacionamento com/sem fingers;
Os terminais de pax;
Os terminais de bagagens;
Os terminais de cgo e correio;
A Nova torre de controlo;
A instalação do GOC;
A instalação dos fornecedores de catering,;
As infraestruturas de MNT de primeira linha com respectivos hangares.

Nunca se conseguirá fazer tudo com menos de 1500/1800 milhões.

Desculpem o offtopic.

Cumprimentos

Vocês não se esqueçam, que quem vai pagar pelo aeroporto  é a vinci e não o contribuinte.

Claro que é !
A Vinci tem umas maquinetas de fazer notas chamadas " taxas aeroportuárias " que a partir de amanhã algumas delas vão ser aumentadas em percentagens de dois digitos.

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Junho 30, 2022, 04:58:58 pm
O pessoal entusiasma-se e depois tem desilusões, até agora toda a informação que existe indica que será um Navio de carácter Civil, tanto é que será patrocinado pelo PRR ou algum fundo parecido.

Em relação aos drones inicialmente deveram ser os drones da Ogassa ou uma versão desenvolvida apartir destes.

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Primeira-descolagem-rolada-e-aterragem-vertical-do-Drone-Ogassa-no-Ponto-de-Apoio-Naval-de-Portimao.aspx
Citar
Com o objetivo de consolidar o avanço tecnológico da Marinha Portuguesa na área da robotização, realizaram-se sexta-feira, 24 de junho, com sucesso, os primeiros testes de descolagem rolada e aterragem vertical do Drone Ogassa no cais do Ponto de Apoio Naval de Portimão.

A operação e o controlo do tráfego aéreo e marítimo foram efetuados através de uma Estação Móvel de Controlo Remoto instalada no local.

Este teste decorreu numa pista curta, a pensar na próxima geração de UAV que devem aterrar e levantar voo, rolado no futuro navio multifunções.

Os testes contaram com a presença do Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante Gouveia e Melo, do Comandante Naval, vice-almirante Nobre de Sousa, do Comandante da Zona Marítima do Sul, capitão-de-mar-e-guerra Fernando Rocha Pacheco, do Segundo Comandante da Esquadrilha de Helicópteros, Capitão-de-fragata Oliveira Pereira e do CEO da empresa Uavision, Nuno Simões.​
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luso em Junho 30, 2022, 05:19:42 pm
Vocês por vezes dão-me vontade de vos bater.
Porque continuam a dar credibilidade a quem já demonstrou não a merecer minimamente?

Estava a ver especificações. Um AR5 necessita de 150m de pista para levantar e tem um stall speed de 50Kms.
Quem perceber mais do que eu de física e aerodinâmica talvez consiga incorporar os dados de uma rampa e a velocidade do navio e calcular distância para levantar e aterrar deste UAV com 3mts por 4mts.


Mais nada. Mas se calhar o almirante covideiro pode fazer as contas...

Morra a "Marinha"!
Morra.
Pim.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Junho 30, 2022, 05:27:04 pm
Oh pá a sério que aquele Predator ali é uma delicia. Tiro o meu chapéu ao supremo troll que continua a meter aquilo ali.

(https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Imagens%20Noticias/2022/Plataforma%20Navio%20Polivalente/nova%20foto%20para%20usar-2.jpg)

Nota-se também que a Marinha está perfeitamente alinhada com o discurso dominante sobre o Mar em Portugal: acertar nas buzzwords todas, apontar tudo como prioridade, embrulhar num discurso redondinho de onde não se consegue extrair quase nada:

Citação de: Site da Marinha
Esta plataforma naval multipropósito contribuirá, entre outras tarefas,  para a proteção dos recursos marinhos e do mar português, através da prevenção e vigilância da poluição dos oceanos e de acidentes marítimos, da dissuasão de atividades ilegais e irregulares, da monitorização das alterações climáticas e dos acontecimentos atmosféricos, bem como no apoio humanitário.

Este navio, idealizado sob um novo conceito de operação, representará uma grande aposta na inovação através de utilização de uma nova tecnologia, de sistemas digitais de alto desempenho, de Big Data, de Digital Twin e de Inteligência Artificial, com recurso a sistemas robóticos/não tripulados aéreos, de superfície e de subsuperfície, bem como para estudos e testes para novos meios e novos conceitos, desenvolvidos pela academia e pela indústria.

Sou mau aluno desta arte, por isso só consigo daqui extrair: Quer-se capaz de lançar e recolher meios não tripulados aéreos, de superfície, e submarinos. Tanto que os primeiros e últimos aparecem na "concept art" com o dito MQ-1 (https://pt.wikipedia.org/wiki/General_Atomics_MQ-1_Predator) e o ROV "Luso" da EMEPC (https://www.emepc.pt/galeria-rov-luso). Quer-se capaz de transportar alguma quantidade não irrelevante de carga/equipamento para a dita ajuda humanitária. Ah, e há uma coisa que não está ali escrita mas se depreende do contexto: Quer-se algo que permita captar uns fundos europeus, que é para não se dizer que só a GNR é que os sabe ir buscar.

Sinceramente, nada contra qualquer destes objetivos. Tenho é dúvidas sobre alguns que não estão ali, sobre a tempestividade e escala da iniciativa, e sobre a forma pouco clara como está a ser vendida à população. Sobre o que não está, é a palavra "hidrográfico".  O projeto parece semelhante em tamanho e valências aosmaiores navios oceanográficos da Noruega (https://www.hi.no/en/hi/about-us/facilities/our-vessels/g.o.-sars), por exemplo, mas no meio de toda aquela salada de objetivos e valências, este consegue estar desaparecido. Sobre a tempestividade refiro-me ao ROV. A EMEPC andou anos a alugar o NRP Gago Coutinho para fazer campanhas com o ROV, e muito bom trabalho se fez, mas também se notava a falta de um navio maior e/ou mais disponível para a função. Agora que o IPMA começou a trabalhar com o Mário Ruivo (https://www.vesselfinder.com/vessels/MARIO-RUIVO-IMO-8402010-MMSI-263762000) (que também pode operar o ROV) é que a Marinha vai a correr atrás do prejuízo?  Sobre a escala e à forma como está a ser vendido, refiro-me à rampa e aos drones/helis no projeto. Quanto a drones, os que a Marinha tem não justificam uma plataforma assim, e os que justificam uma plataforma assim... ou a Marinha não os tem, ou nem sequer existem. Desenhar algo com flexibilidade para o futuro é bom, ok, mas desenhar uma plataforma para equipamento que não se tem nem se sabe usar é uma boa forma de acabar por fazer algo caro e inútil. No mínimo é colocar o carro à frente dos bois. Depois há a sugestão de que, entre helis e drones, este navio pode realizar ações de combate, o que é capaz de convencer a malta que faz desenhos dos NPOs com harpoons e tal, mas mais ninguém. Esta plataforma, com o tamanho e custo anunciados, já levanta questões sobre espaço interno, nem dá para pensar em elevadores/hangares para qualquer operação além de pousar/levantar.

Ah, e depois o extra de isto tudo ser para desenhar e construir pela malta que conseguiu esbardalhar completamente um projeto de patrulhões ao ponto do primeiro demorar 10 anos a construir.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Junho 30, 2022, 06:47:59 pm
Epa não percas tempo, no Facebook da marinheca a malta dos beijinhos e do mar chão está toda a dar os parabéns por este grande desenvolvimento tecnológico

Mas também vindo de malta com défice cognitivo acentuado que elege governantes que são autênticos palhaços como ainda hoje se pode constatar, qualquer coisa serve.

Não vale a pena.
Fechem isto e deitem a chave fora.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Junho 30, 2022, 06:51:11 pm
Epa não percas tempo, no Facebook da marinheca a malta dos beijinhos e do mar chão está toda a dar os parabéns por este grande desenvolvimento tecnológico

Mas também vindo de malta com défice cognitivo acentuado que elege governantes que são autênticos palhaços como ainda hoje se pode constatar, qualquer coisa serve.

Não vale a pena.
Fechem isto e deitem a chave fora.

Exactamente, esta trampa já fede.

O Zero Naval já foi atingido há alguns anos, e, a Marinha continua a perder, capacidades, nos poucos meios de combate de superficie e subsuperficie  a cada ano que passa.

Quando os ditos responsaveis se estão a marimbar para os meios Navais de combate que necessitam urgentemente de ser substituídos, e se dedicam a todo o vapor a relevar uma trampa destas como se fosse a peça fundamental no desempenho operacional numa " Marinha de Guerra ",  para mim está tudo esclarecido . :N-icon-Axe:

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Junho 30, 2022, 07:34:25 pm
Epa não percas tempo, no Facebook da marinheca a malta dos beijinhos e do mar chão está toda a dar os parabéns por este grande desenvolvimento tecnológico

Mas também vindo de malta com défice cognitivo acentuado que elege governantes que são autênticos palhaços como ainda hoje se pode constatar, qualquer coisa serve.

Não vale a pena.
Fechem isto e deitem a chave fora.

Exactamente, esta trampa já fede.

O Zero Naval já foi atingido há alguns anos, e, a Marinha continua a perder, capacidades, nos poucos meios de combate de superficie e subsuperficie  a cada ano que passa.

Quando os ditos responsaveis se estão a marimbar para os meios Navais de combate que necessitam urgentemente de ser substituídos, e se dedicam a todo o vapor a relevar uma trampa destas como se fosse a peça fundamental no desempenho operacional numa " Marinha de Guerra ",  para mim está tudo esclarecido . :N-icon-Axe:

Abraços


Tudo na linha do interesse não combatente dos empregados da Marinha. A pedido das vozes esganiçadas de mar chão, bons ventos, cuidados e beijinhos, nas habituais e perigosas missões na Holanda e nos palop
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Junho 30, 2022, 08:28:16 pm
Há UAVs que têm zonas de quebra programada nas asas para não terem que aterrar e são apanhados por redes. Não sei se pensarão em utilizar esse tipo de UAVs. Masnl no futuro muito próximo haverá soluções técnicas para pousar UAVs em pouco espaço.

Cálculo que a intenção seja algo desse género. Aliás, neste momento o UAV não-VTOL com maior probabilidade de ser incorporado no navio, será o Ogassa OGS42, e eventualmente o Tekever AR3. Mas mesmo assim, quase que apostava que a intenção passa por utilizar quase exclusivamente UAVs VTOL, que possam descolar verticalmente ou até com a rampa (menos gasto de combustível e mais payload possível), e que depois aterrem na vertical, tal como o F-35B faz.

O pessoal entusiasma-se e depois tem desilusões, até agora toda a informação que existe indica que será um Navio de carácter Civil, tanto é que será patrocinado pelo PRR ou algum fundo parecido.

Acho que não há grandes dúvidas que o projecto vai ser civil. As dúvidas são causadas mais pelos discursos recentes, em que muitas vezes se parece dar a entender que querem substituir fragatas por "porta-drones" e ou "navios multifunções", o que leva sempre à especulação que os navios em causa sejam os futuros substitutos. O que mais se pedia da Marinha, era clarividência.

Custava muito em vez de tanta lenga lenga, virem explicar que este navio é um hidrográfico com valências acrescidas, e que vem substituir 4 navios de uma assentada, representando uma poupança de recursos a médio prazo (manutenção e operação)? E que pode complementar os NPOs na missão de patrulha com recurso aos seus UAVs? Que pode auxiliar no mergulho, na guerra de minas, no apoio logístico de menor volume e ainda como navio de testes? Às vezes ser pragmático ajuda.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Junho 30, 2022, 10:09:54 pm
A Tekever vai produzir um drone novo com o dinheiro da bazuca. Pode ser um projecto ligado ao PNM e pode estar a ser representado como algo parecido com o MQ-1 nos desenhos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Junho 30, 2022, 11:33:12 pm
A Tekever vai produzir um drone novo como o dinheiro da bazuca. Pode ser um projecto ligado ao PNM e pode estar a ser representado como algo parecido com o MQ-1 nos desenhos.

De uma tonelada segundo a própria Tekever
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: F-16_desnutrido em Julho 01, 2022, 09:42:24 pm
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luso em Julho 01, 2022, 10:48:22 pm
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.

- Burros!

E fdp também.
Sobretudo fdp.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 01, 2022, 10:50:49 pm
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.

Boa noite,
Faz parte de alguma comissão aeroportuária ou naval?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: F-16_desnutrido em Julho 05, 2022, 02:22:11 am
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.

- Burros!

E fdp também.
Sobretudo fdp.

Confirmo, infelizmente ainda são apenas meras especulações, porque se o que eu escrevi não for perto da verdade então deveremos chamar-lhes bem pior que isso
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 05, 2022, 12:55:44 pm
Agora não tenho dúvidas, este navio faz parte dos planos deste governo acerca de explorar as riquezas do oceano, agora entendo o porquê de quererem estender a zee até à plataforma continental. Este governo ta com um grande plano baseado na riqueza do mar. Chamem-lhes burros.
Extender a ZEE até à plataforma continental seria desastroso, já que a nossa plataforma continental geográfica é minúscula.  :mrgreen:
O processo que está a decorrer nos termos da Convenção das Nações Unidas do Direito do Mar há já décadas é a Extensão da Plataforma Continental (https://www.emepc.pt/projeto-pepc), onde "plataforma continental" é usada no sentido jurídico, não no sentido geográfico. A diferença entre isto e a ZEE é significativa: os direitos dos estados sobre a sua ZEE aplicam-se ao solo, subsolo, e coluna de água. Os direitos sobre a plataforma continental (jurídica) são só sobre o solo e subsolo.

Isto é uma coisa boa que Portugal está a fazer, mas sinceramente 99,9% do trabalho já foi feito com os meios existentes até 2009 (proposta inicial) e 2017 (adenda à proposta). Claro que há sempre mais para investigar e descobrir mas se a Marinha quer fazer um upgrade decisivo às suas capacidades nesta matéria então vai ter de adquirir também o(s) ROV(s) e respetiva equipa, e isso são mais uns muitos milhões, e vai ser duplicar valências do estado, que é aquilo que estão sempre a dizer que se deve evitar. Mais importante para o caso: se é isso, porque é que os press releases da Marinha falam de tudo menos da investigação cientifica oceânica?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Julho 05, 2022, 01:21:12 pm
Já deve ser síndrome, de tentar agigantar o que é pequeno. Já com os NPOs, navios relativamente pequenos, simples e não combatentes, tinhas gente da Marinha a dizer que tinham a complexidade de fragatas. O mesmo com o KC-390, para alguns é uma aeronave de transporte estratégico, mas todos sabemos que não o é. Este navio vai pelo mesmo caminho, um hidrográfico com capacidades acrescidas, que por sua vez está a ser tratado como se fosse um Nimitz hidrográfico para drones.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 05, 2022, 04:20:55 pm
Os pategos caem na esparrela que nem patos e isso é que interessa
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lancero em Julho 05, 2022, 06:41:34 pm
Talvez consigam desenvolver uns drones que não conflituem com as electrónicas do navio. Tem sido um pouco chato ter de carregar bichinhos que só vão duas milhas além e não servem pra mais nada senão tirAr fotos pra o Facebook
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 07, 2022, 05:26:25 pm
https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655 (https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655)

Citar
NAVIO PLATAFORMA MULTIPROPÓSITO
Lisboa, Portugal
20 de Junho de 2022

Foi lançado a 20 de Junho de 2022, pela Marinha Portuguesa, um concurso limitado por prévia qualificação simplificado, via procedimento n.º 7861/2022 (in DR n.º 120, 23 de Junho de 2022), para aquisição do projecto e construção de um Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM), com um prazo de execução até 3 anos (com entrega até Dezembro de 2025), por um preço base de 94,5 milhões de Euros.

Este Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM) terá um comprimento total, entre perpendiculares, de 100 metros, uma boca máxima (ao nível do convés de voo) de 20 metros e um calado máximo de 7,5 metros. Seguirá os padrões STANAG 4154 (Ed 3) e terá capacidade de manter a operacionalidade de arriar e içar embarcações em estado de mar 5 na Escala de Douglas. A sua guarnição será composta por 1 comandante, 7 oficiais, 8 sargentos e 29 praças, num total de 45 elementos. Tem alojamento dimensionado até 28 oficiais, 30 sargentos e 32 praças, num total de 90 elementos (além do comandante). Estará dimensionado para uma autonomia de 45 dias a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós.

O N-PM deverá compreender um conjunto de facilidades de aviação incluindo, entre outros, convés de voo (uma pista com "sky jump", um "spot" para operação de um helicóptero, com sistema de iluminação, GPI, etc), hangar para um helicóptero (com suporte para as estações hidráulicas de manutenção, ponte rolante, iluminação técnica, etc) e hangar para aeronaves não tripuladas. Em termos de helicóptero orgânico deverá suportar as aeronaves Lynx MK95A e NH90 (quer em "spot", quer em hangar) e EH101 ("spot"). O convés de voo deverá permitir a operação de diferentes tipologias de aeronaves não tripuladas, vulgo "drones", bem como todo o suporte requerido para operações de re-abastecimento vertical (VERTREP).

No âmbito de embarcações semi-rígidas, o N-PM possuirá 3 embarcações: uma embarcação com
certificação SOLAS ("Safety of Life at Sea") para
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Julho 07, 2022, 05:47:08 pm
https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655 (https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655)

Citar
NAVIO PLATAFORMA MULTIPROPÓSITO
Lisboa, Portugal
20 de Junho de 2022

Foi lançado a 20 de Junho de 2022, pela Marinha Portuguesa, um concurso limitado por prévia qualificação simplificado, via procedimento n.º 7861/2022 (in DR n.º 120, 23 de Junho de 2022), para aquisição do projecto e construção de um Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM), com um prazo de execução até 3 anos (com entrega até Dezembro de 2025), por um preço base de 94,5 milhões de Euros.

Este Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM) terá um comprimento total, entre perpendiculares, de 100 metros, uma boca máxima (ao nível do convés de voo) de 20 metros e um calado máximo de 7,5 metros. Seguirá os padrões STANAG 4154 (Ed 3) e terá capacidade de manter a operacionalidade de arriar e içar embarcações em estado de mar 5 na Escala de Douglas. A sua guarnição será composta por 1 comandante, 7 oficiais, 8 sargentos e 29 praças, num total de 45 elementos. Tem alojamento dimensionado até 28 oficiais, 30 sargentos e 32 praças, num total de 90 elementos (além do comandante). Estará dimensionado para uma autonomia de 45 dias a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós.

O N-PM deverá compreender um conjunto de facilidades de aviação incluindo, entre outros, convés de voo (uma pista com "sky jump", um "spot" para operação de um helicóptero, com sistema de iluminação, GPI, etc), hangar para um helicóptero (com suporte para as estações hidráulicas de manutenção, ponte rolante, iluminação técnica, etc) e hangar para aeronaves não tripuladas. Em termos de helicóptero orgânico deverá suportar as aeronaves Lynx MK95A e NH90 (quer em "spot", quer em hangar) e EH101 ("spot"). O convés de voo deverá permitir a operação de diferentes tipologias de aeronaves não tripuladas, vulgo "drones", bem como todo o suporte requerido para operações de re-abastecimento vertical (VERTREP).

No âmbito de embarcações semi-rígidas, o N-PM possuirá 3 embarcações: uma embarcação com
certificação SOLAS ("Safety of Life at Sea") para

Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)

(https://i.ibb.co/L1tL68n/Capturar.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Get_It em Julho 07, 2022, 05:51:57 pm
Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)

(https://i.ibb.co/L1tL68n/Capturar.jpg)
É para no futuro quando os Lynx estiverem parados poderem embarcar helicópteros aliados como já se fez com os Lynx alemães. :mrgreen:

Cumprimentos,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 07, 2022, 06:04:59 pm
Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)

(https://i.ibb.co/L1tL68n/Capturar.jpg)
É para no futuro quando os Lynx estiverem parados poderem embarcar helicópteros aliados como já se fez com os Lynx alemães. :mrgreen:

Cumprimentos,

(https://c.tenor.com/3VJHw_nzpRIAAAAC/that-makes-sense-hubie-dubois.gif)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Julho 07, 2022, 06:51:28 pm
Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?

Os Lynx que temos vão acabar com as fragatas BD e VdG, por isso acho bem que se pense um bocadinho mais à frente neste campo para os futuros navios, mesmo que não se saiba ainda que helicóptero vamos ter, NH-90, Seahawk, Wildcat ou outra coisa qualquer, que o hangar do navio tenha capacidade para isto.

E o EH101 lá poder aterrar também tem toda a lógica para apoio a operações SAR e de apoio às populações dos arquipélagos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Julho 08, 2022, 12:30:17 am
Estes gajos percebem da poda: o "ski jump" passou a "sky jump". O céu holístico é o limite para estes marmelos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 08, 2022, 12:50:27 am
Estes gajos percebem da poda: o "ski jump" passou a "sky jump". O céu holístico é o limite para estes marmelos.

Foi erro do autor da página E&E, entretanto já tinha corrigido.  :-P
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Julho 08, 2022, 03:59:36 am
Ups! Pensei que fosse uma cena oficial. Já deixei de ser um habitué do FB há uns tempos.  :mrgreen:

Quanto ao NH90, não significa que vamos adquirir este ou outro modelo. Significa, somente, que o navio pode operar e armazenar um heli da classe 10 ton (NH90, S/MH-60, etc.).
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 08, 2022, 10:15:50 am
Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)

(https://i.ibb.co/L1tL68n/Capturar.jpg)

Que coisa mais atabalhoada. Mais se assemelha, isso sim, a um LHD de bolso.  ::)


Entretanto...

Citar
DAMEN
8:00 AM · 8 de jul de 2022

This ship will undergo approximately 75 modifications!
Last week HNLMS Johan de Witt went into dry dock as part of her Midlife Update and Appointed Maintenance (BO).

https://twitter.com/i/status/1545301720338538496
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Julho 08, 2022, 10:31:12 am
Continuo a dizer que esse será o NPL, tuga.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Julho 08, 2022, 11:32:22 am
Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)

(https://i.ibb.co/L1tL68n/Capturar.jpg)

Que coisa mais atabalhoada. Mais se assemelha, isso sim, a um LHD de bolso.  ::)


Entretanto...

Citar
DAMEN
8:00 AM · 8 de jul de 2022

This ship will undergo approximately 75 modifications!
Last week HNLMS Johan de Witt went into dry dock as part of her Midlife Update and Appointed Maintenance (BO).

https://twitter.com/i/status/1545301720338538496

Parece mesmo isso, no inicio nem sabia que tinha hangar. Ah e vai ter "armamento"   :)
Citar
Em termos de armamento, o N-PM estará equipado, no mínimo, com 4 "softmounts" para metralhadora pesada Browning M2 .50, com limitador de campo de tiro e respectivos acessórios, e base de assentamento, com protecção balística para peça Browning e respectivo operador; e com 2 peças de salva Hotchkiss. O N-PM estará equipado com paióis e armeiros aptos a armazenar diverso armamento portátil, munições, material pirotécnico e material de demolição e respectivos detonadores.

 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 08, 2022, 12:13:46 pm
É um navio cientifico - hidrográfico, de investigação e “survey” para águas profundas... tipo o NI Mário Ruivo; mas, bem, com hangar para helicóptero naval médio e spot para um tipo Merlin; e com capacidades em utilização de drones.

Mas é um navio hidrográfico - que muita falta faz e "pago" pela UE.     
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Julho 08, 2022, 12:33:43 pm
É um navio cientifico - hidrográfico, de investigação e “survey” para águas profundas... tipo o NI Mário Ruivo; mas, bem, com hangar para helicóptero naval médio e spot para um tipo Merlin; e com capacidades em utilização de drones.

Mas é um navio hidrográfico - que muita falta faz e "pago" pela UE.   

Concordo, e penso que, mesmo com as regras rígidas em que está inserido o projeto no âmbito do PPR, a Marinha está a tentar flexibilizar ao máximo o navio, quando vi a primeira apresentação do agora N-PM, nada levava a querer no que se transformou, parecia ser "apenas" isso mesmo, um navio hidrográfico moderno, com helideck na proa, gruas para ROV´s etc.

Agora poderá servir para a Marinha testar novos conceitos para futuras embarcações, pelo menos é isso que espero.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Julho 08, 2022, 01:12:49 pm
https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655 (https://www.facebook.com/EspadaEscudoPortugal/photos/a.107374995159687/159455309951655)

Citar
NAVIO PLATAFORMA MULTIPROPÓSITO
Lisboa, Portugal
20 de Junho de 2022

Foi lançado a 20 de Junho de 2022, pela Marinha Portuguesa, um concurso limitado por prévia qualificação simplificado, via procedimento n.º 7861/2022 (in DR n.º 120, 23 de Junho de 2022), para aquisição do projecto e construção de um Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM), com um prazo de execução até 3 anos (com entrega até Dezembro de 2025), por um preço base de 94,5 milhões de Euros.

Este Navio/Plataforma Multipropósito (N-PM) terá um comprimento total, entre perpendiculares, de 100 metros, uma boca máxima (ao nível do convés de voo) de 20 metros e um calado máximo de 7,5 metros. Seguirá os padrões STANAG 4154 (Ed 3) e terá capacidade de manter a operacionalidade de arriar e içar embarcações em estado de mar 5 na Escala de Douglas. A sua guarnição será composta por 1 comandante, 7 oficiais, 8 sargentos e 29 praças, num total de 45 elementos. Tem alojamento dimensionado até 28 oficiais, 30 sargentos e 32 praças, num total de 90 elementos (além do comandante). Estará dimensionado para uma autonomia de 45 dias a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós.

O N-PM deverá compreender um conjunto de facilidades de aviação incluindo, entre outros, convés de voo (uma pista com "sky jump", um "spot" para operação de um helicóptero, com sistema de iluminação, GPI, etc), hangar para um helicóptero (com suporte para as estações hidráulicas de manutenção, ponte rolante, iluminação técnica, etc) e hangar para aeronaves não tripuladas. Em termos de helicóptero orgânico deverá suportar as aeronaves Lynx MK95A e NH90 (quer em "spot", quer em hangar) e EH101 ("spot"). O convés de voo deverá permitir a operação de diferentes tipologias de aeronaves não tripuladas, vulgo "drones", bem como todo o suporte requerido para operações de re-abastecimento vertical (VERTREP).

No âmbito de embarcações semi-rígidas, o N-PM possuirá 3 embarcações: uma embarcação com
certificação SOLAS ("Safety of Life at Sea") para

Achei particularmente intrigante os requisitos para NH90, para o convés, mas particularmente para o hangar. :conf: , será previsão para um futuro a médio prazo?  os 8 da Noruega?  :)

(https://i.ibb.co/L1tL68n/Capturar.jpg)

O desenho a que tive acesso era este:
(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/291172301_618088519878633_8938076527253604658_n.jpg?_nc_cat=103&ccb=1-7&_nc_sid=dbeb18&_nc_ohc=1d_j1ivO4B4AX9gzKlF&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT8NSHKl70qsGBYdZn4JbSvUXpyeFr085aog6M_e9AQf9w&oe=62CC2A7B)

Será que há mais do que um projecto?
É que os BlackHawk fazem sentido, já o NH90 não tem qualquer cabimento!!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 08, 2022, 02:55:30 pm
Citar
Em termos de armamento, o N-PM estará equipado, no mínimo, com 4 "softmounts" para metralhadora pesada Browning M2 .50, com limitador de campo de tiro e respectivos acessórios, e base de assentamento, com protecção balística para peça Browning e respectivo operador; e com 2 peças de salva Hotchkiss. O N-PM estará equipado com paióis e armeiros aptos a armazenar diverso armamento portátil, munições, material pirotécnico e material de demolição e respectivos detonadores.

Navio científico? :conf:

Soa a reinvenção da roda, isto é, o Navio Polivalente Logístico disfarçado de científico, com dimensões menores que uma fragata, e calado para poder passar no canal do Alfeite.

Já se viu que não vale a pena continuar a insistir num Johan de Witt modernizado, ou num Wave-class AOR. Marinha Portuguesa, na vanguarda do holismo naval... ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 08, 2022, 03:49:04 pm
Citar
Em termos de armamento, o N-PM estará equipado, no mínimo, com 4 "softmounts" para metralhadora pesada Browning M2 .50, com limitador de campo de tiro e respectivos acessórios, e base de assentamento, com protecção balística para peça Browning e respectivo operador; e com 2 peças de salva Hotchkiss. O N-PM estará equipado com paióis e armeiros aptos a armazenar diverso armamento portátil, munições, material pirotécnico e material de demolição e respectivos detonadores.

Navio científico? :conf:

Soa a reinvenção da roda, isto é, o Navio Polivalente Logístico disfarçado de científico, com dimensões menores que uma fragata, e calado para poder passar no canal do Alfeite.

Já se viu que não vale a pena continuar a insistir num Johan de Witt modernizado, ou num Wave-class AOR. Marinha Portuguesa, na vanguarda do holismo naval... ::)

Olha que não, a começar pelo número de elementos extra que poderá levar. A  guarnição será composta 45 elementos, tendo alojamento para um total de 90 elementos. 45 é basicamente um Pelotão de Fuzileiros e não é com isso que fazes seja o que for.

Depois há a questão de que o NRP D. Carlos I tem:

Deslocamento
2285t
Comprimento
68,3m
Boca
13,1m
Calado Máximo
5,6m

PROPULSÃO
Velocidade Máxima
10nós

Velocidade de Cruzeiro
9nós​

(https://www.marinha.pt/pt/os_meios/hidrograficos/D%20Carlos%20%20Imagens/28ago_Foto_5.jpg)

Não foi este o navio que foi para o Golfo da guiné à poucos anos armado com duas Brownings?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Julho 08, 2022, 03:57:06 pm
Já vi melhor, para navio "científico"...  :-P

(https://img2.chinadaily.com.cn/images/202103/22/60583946a31024adbdbcef11.jpeg)

https://global.chinadaily.com.cn/a/202103/22/WS60583946a31024ad0bab0b82.html (https://global.chinadaily.com.cn/a/202103/22/WS60583946a31024ad0bab0b82.html)

(https://img2.chinadaily.com.cn/images/202205/25/628d89a8a310fd2bec8b2188.jpeg)

https://www.chinadaily.com.cn/a/202205/25/WS628d89a8a310fd2b29e5ed38.html (https://www.chinadaily.com.cn/a/202205/25/WS628d89a8a310fd2b29e5ed38.html)

(https://itboat.com/uploads/7e31/92f0eaab7503.jpg)

https://itboat.com/en/articles/4431-rev-the-floating-factory-of-thought (https://itboat.com/en/articles/4431-rev-the-floating-factory-of-thought)

(https://www.parat.no/media/201175/_INSDATE_INSNAMEONLY201_INSLTIME_4921_580x372.jpg)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQmLiFonB5IHYb5AM9Po33fw0o3eLnvK2Hf5kcVZ5hnStcETt-aZM-KTSKvduIwcfrpz-w&usqp=CAU)

https://faro-arctic.org/fileadmin/Resources/DMU/GEM/faro/2014_Norway_Koc.pdf (https://faro-arctic.org/fileadmin/Resources/DMU/GEM/faro/2014_Norway_Koc.pdf)

Saudações





Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 08, 2022, 04:20:56 pm
Estes gajos percebem da poda: o "ski jump" passou a "sky jump". O céu holístico é o limite para estes marmelos.

Não sei ….
Mas o drones vão ser potentes!!
Em vez de aproveitarem todo o castelo da proa … tem aquela « rampinha » de me*** la trás…….

 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Julho 08, 2022, 04:22:18 pm
Será que ninguém reparou que o alojamento extra consiste, essencialmente, em cabines para oficiais? Ou seja, vai servir para alojar cientistas em campanhas científicas. A menos, claro, que os novíssimos conceitos holísticos passem por disponibilizar cabines de oficiais para dois pelotões de fuzileiros.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 08, 2022, 04:52:05 pm
Boa tarde,
Como já disse por aqui, o LPD poderá estar “morto”, com a introdução do conceito “Crossover”.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 08, 2022, 05:09:14 pm
Já vi melhor, para navio "científico"...  :-P


https://faro-arctic.org/fileadmin/Resources/DMU/GEM/faro/2014_Norway_Koc.pdf (https://faro-arctic.org/fileadmin/Resources/DMU/GEM/faro/2014_Norway_Koc.pdf)

Saudações

Length over all (LOA): 100,0m
• Breadth: 21,0m
• Draft: 8,0m
• Gross tonnage 9000T
Accomodation for 55 persons in 38 cabins (15-17 crew).
• Maximum cruising range of approx. 15.000 nautical miles
• Endurance 65 days at cruising speed
 Scientific Split Beam Echo Sounders: 18, 38, 70, 120, 200 and 333 kHz
with transducers both in drop keels and in arctic tanks in the hull.
• One Single Beam Echo Sounder with 12 kHz transducer mounted in
"arctic tank" in the hull.
• One Scientific Multi Beam Sonar with transducer mounted in drop keel.
• Two omni-directional fisheries sonars, intermediate rang and long
range.
• One Scientific Multi Beam Echo Sounder with transducer mounted in
drop keel.
One Medium Depth Bathymetric Multi Beam Echo Sounder
• One Deep Water Bathymetric Multi Beam Echo Sounder
• One Sub Bottom Profiler
• Two off Acoustic Doppler Current Profilers (ADCP) 38 and 150 kHz
with transducers both in drop keels and in arctic tanks in the hull.


PNM:

• 100 metros,
• uma boca máxima de 20 metros 
• calado máximo de 7,5 metros.
• Tem alojamento dimensionado 90 elementos
• autonomia de 45 dias a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós

Seguido as boas práticas e recomendações de instalação e operação da "Alliance of European Research Fleets" (EUROFLEET), em termos de sistemas de apoio à investigação científica, o N-PM será desenhado para poder operar VEículos Não Tripulados (VENT) de subsuperfície e veículos operados remotamente – "Remotely Operated Vehicle" (ROV). Possuirá um patilhão de sensores ("drop keel") para instalação de sensores científicos e acústicos; um sistema CTD "Rosette" de grande volume (para recolha de amostras de água em profundidade, com sonda com capacidade de operação até 6 000 m); um sistema MVP, "Moving Vessel Profiler", com capacidade de operação até 700 metros de profundidade com o navio a navegar a 8 nós; um "Acoustic Doppler Current Profiler" (ADCP); um "Global Acoustic Positioning System" (GAPS), com capacidade de operação até 4 000 metros de profundidade. Além destes sistemas orgânicos, o N-PM possuirá capacidade e integração para vários outros sistemas não orgânicos (Corer de Pistão - Calipso, Vibrocorer, Box Corer, Multi Corer, etc) bem como de todos os guinchos de operação e suporte aos mesmos.

Sob uma arquitectura integrada de sistemas de comando e controlo, de gestão da plataforma, e de processamento e gestão digital de informações, este N-PM contará com um conjunto de sistemas de navegação (IBS, DDU, TACAN, GPS Seguro, etc), com sistemas de vigilância de radares de navegação, radar de aviso combinado (capacidade de ARPA, "Automatic Radar Plotting Aid" e certificação IMO; ECM e Anti-Jamming) e sistemas de identificação IFF/W-AIS, bem como sistemas de vigilância submarina (batitermógrafo; suporte para sonda XBT/XSV em uso na Marinha (XBT4, XBT5, XBT7 e MK-8 XBT/XSV) ou sondas do tipo CTD). Em termos de comunicações externas contará, entre outros, com sistemas de comunicação por satélite SATCOM e MILSATCOM, GMDSS, telefone submarino, SART, EPIRB e ICCS.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Julho 08, 2022, 05:10:01 pm
Boa tarde,
Como já disse por aqui, o LPD poderá estar “morto”, com a introdução do conceito “Crossover”.
Cps,

Para a Marinha e com o nosso CF, é o que faz sentido.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 08, 2022, 05:39:03 pm
Já vi melhor, para navio "científico"...  :-P


https://faro-arctic.org/fileadmin/Resources/DMU/GEM/faro/2014_Norway_Koc.pdf (https://faro-arctic.org/fileadmin/Resources/DMU/GEM/faro/2014_Norway_Koc.pdf)

Saudações

Length over all (LOA): 100,0m
• Breadth: 21,0m
• Draft: 8,0m
• Gross tonnage 9000T
Accomodation for 55 persons in 38 cabins (15-17 crew).
• Maximum cruising range of approx. 15.000 nautical miles
• Endurance 65 days at cruising speed
 Scientific Split Beam Echo Sounders: 18, 38, 70, 120, 200 and 333 kHz
with transducers both in drop keels and in arctic tanks in the hull.
• One Single Beam Echo Sounder with 12 kHz transducer mounted in
"arctic tank" in the hull.
• One Scientific Multi Beam Sonar with transducer mounted in drop keel.
• Two omni-directional fisheries sonars, intermediate rang and long
range.
• One Scientific Multi Beam Echo Sounder with transducer mounted in
drop keel.
One Medium Depth Bathymetric Multi Beam Echo Sounder
• One Deep Water Bathymetric Multi Beam Echo Sounder
• One Sub Bottom Profiler
• Two off Acoustic Doppler Current Profilers (ADCP) 38 and 150 kHz
with transducers both in drop keels and in arctic tanks in the hull.


PNM:

• 100 metros,
• uma boca máxima de 20 metros 
• calado máximo de 7,5 metros.
• Tem alojamento dimensionado 90 elementos
• autonomia de 45 dias a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós

Seguido as boas práticas e recomendações de instalação e operação da "Alliance of European Research Fleets" (EUROFLEET), em termos de sistemas de apoio à investigação científica, o N-PM será desenhado para poder operar VEículos Não Tripulados (VENT) de subsuperfície e veículos operados remotamente – "Remotely Operated Vehicle" (ROV). Possuirá um patilhão de sensores ("drop keel") para instalação de sensores científicos e acústicos; um sistema CTD "Rosette" de grande volume (para recolha de amostras de água em profundidade, com sonda com capacidade de operação até 6 000 m); um sistema MVP, "Moving Vessel Profiler", com capacidade de operação até 700 metros de profundidade com o navio a navegar a 8 nós; um "Acoustic Doppler Current Profiler" (ADCP); um "Global Acoustic Positioning System" (GAPS), com capacidade de operação até 4 000 metros de profundidade. Além destes sistemas orgânicos, o N-PM possuirá capacidade e integração para vários outros sistemas não orgânicos (Corer de Pistão - Calipso, Vibrocorer, Box Corer, Multi Corer, etc) bem como de todos os guinchos de operação e suporte aos mesmos.

Sob uma arquitectura integrada de sistemas de comando e controlo, de gestão da plataforma, e de processamento e gestão digital de informações, este N-PM contará com um conjunto de sistemas de navegação (IBS, DDU, TACAN, GPS Seguro, etc), com sistemas de vigilância de radares de navegação, radar de aviso combinado (capacidade de ARPA, "Automatic Radar Plotting Aid" e certificação IMO; ECM e Anti-Jamming) e sistemas de identificação IFF/W-AIS, bem como sistemas de vigilância submarina (batitermógrafo; suporte para sonda XBT/XSV em uso na Marinha (XBT4, XBT5, XBT7 e MK-8 XBT/XSV) ou sondas do tipo CTD). Em termos de comunicações externas contará, entre outros, com sistemas de comunicação por satélite SATCOM e MILSATCOM, GMDSS, telefone submarino, SART, EPIRB e ICCS.


E rampinha??? Esses não tem rampinha,!!
Nem propulsão elétrica  silenciosa , nem waterjet ‘s
Fonix !! Más línguas!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 08, 2022, 05:55:24 pm
Será que ninguém reparou que o alojamento extra consiste, essencialmente, em cabines para oficiais? Ou seja, vai servir para alojar cientistas em campanhas científicas. A menos, claro, que os novíssimos conceitos holísticos passem por disponibilizar cabines de oficiais para dois pelotões de fuzileiros.

Devem fazer como nos NPO’s 
A capacidade extra para  os fusileiros… são  uns suportes para instalar camas….

Num qualquer compartimento multiusos.

Citar
   O navio dispõe de um compartimento multiuso que pode ser configurado para embarcar carga ou servir de acomodações adicionais, habilitado para albergar 32 pessoas ou uma Força de Fuzileiros (4 Oficiais, 3 Sargentos e 25 Praças), requisito operacional indicado pelo grupo de trabalho do Corpo de Fuzileiros à Direcção de Navios

  Parte ainda do requisito operacional do Corpo de Fuzileiros atendida, é a capacidade de embarque / desembarque da Força em locais sem cais de atracação, de transportar pelo menos uma secção de botes de assalto (12 botes, 12 motores e 02 botes reserva) e uma Lancha de Assalto Rápida (LAR), de armazenagem (víveres, armamento, equipamento, munições, gasolina, material diverso), manobra e estiva.
.


Cabe tudo num compartimento multiusos de um NPO….. não ia caber num …..PNM……mais que não seja dentro da Hangar!!

Tudo  ao molho e fé em Deus!!
Fusileiros são homens de barba rija não precisam de camarotes! Uma cama de rede fixa na parede basta! 

 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Julho 08, 2022, 07:09:21 pm
Parece que a Marinha esta mesmo empenhada em ter um bom convés de voo e em por lá uns BlackHawks...

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/292771118_618882633132555_5792519350681690845_n.jpg?stp=cp1_dst-jpg&_nc_cat=110&ccb=1-7&_nc_sid=dbeb18&_nc_ohc=r1Rp4IDT4x8AX90tXB7&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT8aQEa2AcsOyObk5tXqJV6BgwGz6pBxU4GE2syQKobaOQ&oe=62CE271A)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 08, 2022, 08:53:48 pm
Vai ser baptizado José Eduardo dos Santos? Fazia sentido
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 08, 2022, 09:20:08 pm
Parece que a Marinha esta mesmo empenhada em ter um bom convés de voo e em por lá uns BlackHawks...

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/292771118_618882633132555_5792519350681690845_n.jpg?stp=cp1_dst-jpg&_nc_cat=110&ccb=1-7&_nc_sid=dbeb18&_nc_ohc=r1Rp4IDT4x8AX90tXB7&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT8aQEa2AcsOyObk5tXqJV6BgwGz6pBxU4GE2syQKobaOQ&oe=62CE271A)

Porta-drones canivete suiço LHD de bolso, aka, NRP Geringonça.  ::)

Se retiraram o NH90 e puseram o Blackhawk é porque é sério. :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Datafire em Julho 08, 2022, 09:30:41 pm
Esta vai ser uma plataforma que o que se escreve e descreve, não é o que que realmente parece.
O  Navio Polivalente também não vai ser Hidogrãfico como deveria ser para receber os quase 100m EUR, irá ser algo mais, até onde se conseguirá ir, depende do que se conseguir aprovar em concurso.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 09, 2022, 09:27:23 am
Esta vai ser uma plataforma que o que se escreve e descreve, não é o que que realmente parece.
O  Navio Polivalente também não vai ser Hidogrãfico como deveria ser para receber os quase 100m EUR, irá ser algo mais, até onde se conseguirá ir, depende do que se conseguir aprovar em concurso.

O polivalente logístico vai da proteção civil…..
Com carros de combate a incêndios anfíbios e Hélicopteros  para  transportar os doentes para o hospital que também será instalado a bordo.
Tem que ser é pintado de amarelo florescente.
Haja criatividade!!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 09, 2022, 10:27:35 am
Será que ninguém reparou que o alojamento extra consiste, essencialmente, em cabines para oficiais? Ou seja, vai servir para alojar cientistas em campanhas científicas. A menos, claro, que os novíssimos conceitos holísticos passem por disponibilizar cabines de oficiais para dois pelotões de fuzileiros.

Navio de vocação holística, mas também turística reforçada.
Dada a miscelânia pretendida por altas esferas que mais parecem aquelas esferas que o escaravelho "rebola cagalhões, movimenta". Será um pouco o conceito desse navio e da Marinha em geral, o mesmo do escaravelho.
Isto não é um País, é um Sitio cheio de gente eticamente, culturalmente e moralmente depravada, para o conceito normal de Nação integra. É um buraco onde se aglomeram coisas a gosto e jeito de patéticos na frente disto. Por isso tudo que se faz ou pretende fazer e nem se faz, é patético ou saloio
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 09, 2022, 10:45:21 am
Vai ser baptizado José Eduardo dos Santos? Fazia sentido

Só não é porque depois o gajo que agora lá está na direcção deste consórcio corrupto palopiano em que somos vassalos, ia ficar com inveja.
Mas decerto tantas instalações importantes só pode ser para albergar tripulação mista de elite externa. Filhos , enteados e sobrinhos das elites deles que estudam à conta do contribuinte portuga.
Pelo caminho que este País toma, pela cobardia, ética e moral rasca, ou corrupção das elites, nada já me admira.
Aqueles militares Bonecos bem mandados e omissos de opiniões e atitudes, não passam de figurinhas de chumbo que em vez de um sentimento militar patriótico intrínseco no "Juramento" feito, apenas estão mais preocupados a orientar a sua vidinha. Pois foi isso que lhes disseram para irem para as FA, principalmente no caso da Marinha. Saloio, vai e orienta-te

É retrato disto mesmo, toda o universo de assunto relativo a uma Marinha de Guerra credível VS a insistente preocupação holística e não combatente e, toda a envolvente já de décadas a alimentar bilateralidades da treta em que ganham alguns à conta de gastos astronómicos suportados pelos impostos ao contribuinte, que deviam ser melhor gastos na Defesa e Salvaguarda dos Interesse verdadeiramente Nacionais e na Imagem do País na Europa onde está inserido.
Mas sendo uma dada de saloios com complexos de colonialistas e de moral éticas idêntica aos de lá, não admira esta ligação "fraterna" de gangue.

 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Julho 09, 2022, 02:04:04 pm
Olha que não, a começar pelo número de elementos extra que poderá levar. A  guarnição será composta 45 elementos, tendo alojamento para um total de 90 elementos. 45 é basicamente um Pelotão de Fuzileiros e não é com isso que fazes seja o que for.

Está mais ou menos na capacidade de transporte de um NPO.

Não serve para nada "militar" sozinho, só se lhe juntares um ou dois NPO para levares quase uma Companhia.

Mas em situações humanitárias e desastres naturais como foi o caso da ilha das Flores já serve.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Julho 09, 2022, 03:09:07 pm
Boa tarde,
Como já disse por aqui, o LPD poderá estar “morto”, com a introdução do conceito “Crossover”.
Cps,

Isso é o que a Marinha pensa. O NPL é pago pelos serviços centrais.
Por isso é o Exercito que tem a ultima palavra. A pergunta é, o  “Crossover” serve os interesses do Exercito?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Datafire em Julho 09, 2022, 04:56:48 pm
Esta vai ser uma plataforma que o que se escreve e descreve, não é o que que realmente parece.
O  Navio Polivalente também não vai ser Hidogrãfico como deveria ser para receber os quase 100m EUR, irá ser algo mais, até onde se conseguirá ir, depende do que se conseguir aprovar em concurso.

O polivalente logístico vai da proteção civil…..
Com carros de combate a incêndios anfíbios e Hélicopteros  para  transportar os doentes para o hospital que também será instalado a bordo.
Tem que ser é pintado de amarelo florescente.
Haja criatividade!!!

Até pode ser, há aqui muita confusão relativa a este tema, este navio não é o que a Marinha quer, é o que pode ter, não vai pagar por ele e existem regras de fianciamento que terão de ser cumpridas, o PPR não comparticipa barcos combatentes, e as linhas mestras do projecto foram aprovadas por Bruxelas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 10, 2022, 10:48:33 am
Boa tarde,
Como já disse por aqui, o LPD poderá estar “morto”, com a introdução do conceito “Crossover”.
Cps,

Isso é o que a Marinha pensa. O NPL é pago pelos serviços centrais.
Por isso é o Exercito que tem a ultima palavra. A pergunta é, o  “Crossover” serve os interesses do Exercito?


"Pelos interesses do exército" ouvi até da boca de um major general de artilharia da guerra colonial, que a Marinha devia ter comprado o Navpol ou idêntico em vez dos dois submarinos que disse, não servirem para nada(decerto para o exército, não).
O problema é mesma estas visões de quintinhas. A Marinha precisa é de ser Marinha antes de ser moleta do que seja. Pois senão limita-se a ser subalterna de outros interesses, em vez da sua própria componente naval combatente de que tanto carece de ser actualizada.
Para subalterna já basta os NPO cargueiros e turísticos aos mares do sul, para interesses pessoais de alguns.

Um exército de quê?
De 37 leopards, de companhias e batalhões sem misseis AA para auto defesa, sem armas anti carro actuais, sem artilharia moderna, nem as obvias versões de veículos blindados que devia ter.
É mais do mesmo, interesse de ir ali despejar umas tropas fandangas sem componentes completas para discurso de encher pneus.

Nem navios temos para presença naval militar credível a par dos aliados, ou para proteção da imensa responsabilidade marítima, seja em vigilância ou apoio, mas sonha-se com desembarques de tropas. Que tropas?
Uma grande carroça para palha
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 10, 2022, 02:09:18 pm
Dos 3 ramos, o que faz menos falta é o exército
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 10, 2022, 03:06:26 pm
Parece que a Marinha esta mesmo empenhada em ter um bom convés de voo e em por lá uns BlackHawks...

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/292771118_618882633132555_5792519350681690845_n.jpg?stp=cp1_dst-jpg&_nc_cat=110&ccb=1-7&_nc_sid=dbeb18&_nc_ohc=r1Rp4IDT4x8AX90tXB7&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT8aQEa2AcsOyObk5tXqJV6BgwGz6pBxU4GE2syQKobaOQ&oe=62CE271A)

Podem fazer os desenhos que quiserem,  não vai ser carne nem peixe, pode ter um convés corrido, mas não terá hangar para os 5 UH-60, etc.
Como já foi dito o PRR não permite armar o navio, por isso nunca poderá ser enviado para uma zona de alta intensidade.
Sem comentários.
É só "jumentos".
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 10, 2022, 03:32:07 pm
Parece que a Marinha esta mesmo empenhada em ter um bom convés de voo e em por lá uns BlackHawks...

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/292771118_618882633132555_5792519350681690845_n.jpg?stp=cp1_dst-jpg&_nc_cat=110&ccb=1-7&_nc_sid=dbeb18&_nc_ohc=r1Rp4IDT4x8AX90tXB7&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT8aQEa2AcsOyObk5tXqJV6BgwGz6pBxU4GE2syQKobaOQ&oe=62CE271A)

Podem fazer os desenhos que quiserem,  não vai ser carne nem peixe, pode ter um convés corrido, mas não terá hangar para os 5 UH-60, etc.
Como já foi dito o PRR não permite armar o navio, por isso nunca poderá ser enviado para uma zona de alta intensidade.
Sem comentários.
É só "jumentos".


Nada contra um navio hidrográfico com "extensões", até melhor sendo subsidiado. Mas fazer disto a coqueluche e a grande revolução na Marinha, só de batanetes,  saloios e coninhas.

Continuem a ir lá prestar vassalagem e orientar vidinha, porque nada mais tem servido os Bonecos que abundam na dita Marinha de Guerra, que para eles são uns zebros e umas MG montadas em navios com boa adega.
Não fosse terem vindo dois submarinos de jeito e quase por acidente, hoje esses Bonecos pimpolhos pretensiosos nem Marinha a bem dizer tinham e, acabavam por ainda vir a chamar complexo até aquelas coisas anfíbias ainda ao serviço nos Fuzos ou às lanchas de fiscalização 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Julho 10, 2022, 05:46:05 pm
Surgem mais maquetes alternativas às previamente vistas.
Este parece-nos o desenho mais polivalente até a data, com a possibilidade de transportar 3 Helicopteros H60 no convés de voo, e executar manutenção ou transportar de outro extra num hangar.
Isto daria ao navio capacidade para apoio a qualquer tipo de catástrofe em qualquer zona do País, seja ela em combate a incendios, colocação de maquinaria de medio peso, busca e salvamento, evacuação de feridos, etc.


(https://scontent.flis8-2.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/291934257_620322079655277_4253495348782087515_n.jpg?_nc_cat=100&ccb=1-7&_nc_sid=dbeb18&_nc_ohc=1UWm_EuYmoIAX8XFvkV&_nc_ht=scontent.flis8-2.fna&oh=00_AT_fIr_kC2oLlHSUApPPa5ORbBL9JY9JqG_yhgbf_XyWeA&oe=62CFCB09)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 10, 2022, 05:49:31 pm
Suponhamos que...
Existe um violento sismo nos Açores e a PNM, vai de Lisboa para lá, sobre forte tempestade, os H-60 vão no convés a levar "com ela"?
Ao evacuarem os cidadãos feridos, vão evacuar para onde?
Tem hospital como o projeto do LPD?
Só "Jumentos".....
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Julho 10, 2022, 05:54:11 pm
Parece que a Marinha esta mesmo empenhada em ter um bom convés de voo e em por lá uns BlackHawks...

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/292771118_618882633132555_5792519350681690845_n.jpg?stp=cp1_dst-jpg&_nc_cat=110&ccb=1-7&_nc_sid=dbeb18&_nc_ohc=r1Rp4IDT4x8AX90tXB7&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT8aQEa2AcsOyObk5tXqJV6BgwGz6pBxU4GE2syQKobaOQ&oe=62CE271A)

Podem fazer os desenhos que quiserem,  não vai ser carne nem peixe, pode ter um convés corrido, mas não terá hangar para os 5 UH-60, etc.
Como já foi dito o PRR não permite armar o navio, por isso nunca poderá ser enviado para uma zona de alta intensidade.
Sem comentários.
É só "jumentos".

Porque é que um navio precisa de hangar para todos os Helicopteros? Não sei de onde vem a ideia que todos os navios que operam helicopteros têm de ter hangar!!!
Já para não falar que não cabem lá 5, no máximo 4 e a bastante apertados com as pás e rotor de cauda dobrados.

E todos sabemos que Portugal não tem capacidade de envio de navios para teatros de alta intensidade. Já para não falar q este navio é um Multiprosósito não combatente e que estes Helis serão para ser usados em apoio às missões civis, no máximo (sem nunca admitir isso à Europa que pagou o projecto) em operações especiais ou de evacuação de cidadão nacionais de zonas de perigo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Julho 10, 2022, 05:58:12 pm
Suponhamos que...
Existe um violento sismo nos Açores e a PNM, vai de Lisboa para lá, sobre forte tempestade, os H-60 vão no convés a levar "com ela"?
Ao evacuarem os cidadãos feridos, vão evacuar para onde?
Tem hospital como o projeto do LPD?
Só "Jumentos".....

Qual é o problema de irem no convés, esta com medo que se constipem?
Os cidadãos nao podem ser evacuados para os Hospitais da Ilha?
Não pode ser montado o Hospital de Campanha na Ilha? Os Helis têm capacidade de colocar os contentores do Exercito.
Não pode ser montado um Hospital  nas zonas de carga e nos hangar deste e de outros navios?!

Parece-me que o Sr esta a querer complicar demasiado...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Julho 10, 2022, 07:17:32 pm
Suponhamos que...
Existe um violento sismo nos Açores e a PNM, vai de Lisboa para lá, sobre forte tempestade, os H-60 vão no convés a levar "com ela"?
Ao evacuarem os cidadãos feridos, vão evacuar para onde?
Tem hospital como o projeto do LPD?
Só "Jumentos".....

Exepto se existisse um desastre natural que destruisse ou tornasse inoperativa a BA4, a FAP tem helicópteros EH101 lá, e (se existir folga para isso), a FAP coloca lá mais um heli extra se for preciso, mais depressa do que esse navio lá chega.

Nada contra o navio, no apoio à ilha das Flores os meios navais foram importantes, mas os meios aéreos podem operar de uma ilha vizinha.

Numa evacuação de cidadãos de uma ilha, o navio ter alguma capacidade hospitalar seria importante mas não é por isso que deixaria de se poder utilizar, bastaria evacuar para o navio as pessoas que não precisam de cuidados de saúde e os que precisam seriam evacuados para uma ilha onde existisse essa capacidade médica.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Julho 10, 2022, 07:22:11 pm
Não percebo tanto "maldizer" sobre o navio. Ter um navio pago por outros que pode levar três ou 4 helis, com rampa para drones, com drones de superfície e subaquáticos e vocês só se focam nos aspectos negativos. Há muito mais por onde criticar na Marinha. Mesmo muito mais.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Julho 10, 2022, 07:29:52 pm
Também acho um navio interessante, parece uma mistura de várias coisas, só tenho pena pela pequena capacidade extra de pessoal, mas é a tal coisa, serve para levar aquele pessoal extra das coisas cientificas, ou de uma pequena força militar/protecção civil para apoio a desastres, nem parece ter grande capacidade de receber evacuados.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 10, 2022, 08:58:26 pm
Estava a pensar que era um navio cientifico, com deck para um helicóptero e capacidade de lançar duas lanchas e uns drones de pesquisa e, afinal está transformado num mini navpol com esquadrilha de helicópteros.

Acho que maquetes é fácil. Mas se a Europa for na conversa metam lá coisas com fartura e dimensão no bicho. Mas Crossover fará sempre falta, como presença de Soberania e real capacidade de apoio de meios e, já deviam estar na calha para virem substituir as VdG.
A não ser que o pateta se agite outra vez e, exija no Parlamento para as substituir umas AH 140, as ASWF, ou no mínimo umas A200  ;D ;D ;D

Para comandar tal coisa de complexidade épica terá de se inventar o Posto de "Almirante de Batalha" ou algo assim pomposo com direito a casa no Guincho e, depois pedir desculpa por Portugal enquanto Pátria Soberana, com raízes Históricas e Culturais próprias existir, ou algo na linha das atitudes patéticas recorrentes dos fulanos angariadores de "mercenários"
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 10, 2022, 10:40:04 pm
Vocês aqui no FD queixam-se, mas ao mínimo modelo "faz tudo" que aparece por aqui, apressam a defender o mesmo.
É como eu digo, o país tem a Marinha que merece.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 11, 2022, 08:56:11 am
Marinheca Tuga

A única da parada com o passo certo
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Julho 11, 2022, 09:29:24 am
Vocês aqui no FD queixam-se, mas ao mínimo modelo "faz tudo" que aparece por aqui, apressam a defender o mesmo.
É como eu digo, o país tem a Marinha que merece.
Cps,

Não querendo defender o pessoal que participa no fórum.

Mas por aquilo que eu vou lendo, a maioria só quer uma verdadeira marinha de guerra, e uma marinha faz de conta.

Eu percebo que a marinha quer utilizar este navio como canivete suíço, o que vai dar asneira.

Mais valia pegar no dinheiro e ter um bom navio oceonagráfico, do que andar a inventar.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Barlovento em Julho 11, 2022, 10:14:03 am
Vocês aqui no FD queixam-se, mas ao mínimo modelo "faz tudo" que aparece por aqui, apressam a defender o mesmo.
É como eu digo, o país tem a Marinha que merece.
Cps,

Espanha está construyendo un "Buque de Intervención Subacuática" de 150 millones y un "Oceanográfico" de 85. Al mismo tiempo está diseñando un nuevo "Buque Oceanográfico Polar" y pretende sustituir en breve la "Flotilla Hidrográfica".

Que yo sepa, ninguno va a tener sky jump ni va a poder operar con tres helicópteros "pesados", por lo que creo que Portugal debe enseñar al mundo su "portaaviones holístico" lo antes posible, pues si con solamente 100 millones, hace todo lo que se dice aquí en el Foro, va a ser la mayor contribución a la ciencia de los últimos años.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 11, 2022, 10:23:17 am
Vocês aqui no FD queixam-se, mas ao mínimo modelo "faz tudo" que aparece por aqui, apressam a defender o mesmo.
É como eu digo, o país tem a Marinha que merece.
Cps,

Espanha está construyendo un "Buque de Intervención Subacuática" de 150 millones y un "Oceanográfico" de 85. Al mismo tiempo está diseñando un nuevo "Buque Oceanográfico Polar" y pretende sustituir en breve la "Flotilla Hidrográfica".

Que yo sepa, ninguno va a tener sky jump ni va a poder operar con tres helicópteros "pesados", por lo que creo que Portugal debe enseñar al mundo su "portaaviones holístico" lo antes posible, pues si con solamente 100 millones, hace todo lo que se dice aquí en el Foro, va a ser la mayor contribución a la ciencia de los últimos años.

Sim, mas Espanha possui 2 LPD e 1 LHD, já Portugal possui ZERO.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Viajante em Julho 11, 2022, 10:41:31 am
...Portugal debe enseñar al mundo su "portaaviones holístico" lo antes posible, pues si con solamente 100 millones, hace todo lo que se dice aquí en el Foro, va a ser la mayor contribución a la ciencia de los últimos años.

E vocês podem até tomar notas para a correcta flutuabilidade de um navio e que pode ser implementada nos S-80 e nas Nansen, antes de serem devolvidos por defeito de fabrico  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 11, 2022, 11:29:38 am
Será que ninguém reparou que o alojamento extra consiste, essencialmente, em cabines para oficiais? Ou seja, vai servir para alojar cientistas em campanhas científicas. A menos, claro, que os novíssimos conceitos holísticos passem por disponibilizar cabines de oficiais para dois pelotões de fuzileiros.
A falta de alojamento para cientistas é precisamente uma critica recorrente ao D. Carlos I e Gago Coutinho. Reforça a ideia de que estamos perante um Oceanográfico que por alguma razão querem disfarçar de outra coisa qualquer (como se fosse estranho a Marinha ter Oceanográficos).

Agora, espero é que não se repita a asneira cometida já com os NPO de vender aquilo a Bruxelas como X para ter fundos, depois tentar construir Y, ter os fundos negados, e acabar por ficar com uma coisa que acaba por ter de ser financiada diretamente pelo OE na mesma, mas com todos os problemas do desenho ter sido feito para tentar enganar Bruxelas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PereiraMarques em Julho 11, 2022, 12:40:48 pm

Agora, espero é que não se repita a asneira cometida já com os NPO de vender aquilo a Bruxelas como X para ter fundos, depois tentar construir Y, ter os fundos negados, e acabar por ficar com uma coisa que acaba por ter de ser financiada diretamente pelo OE na mesma, mas com todos os problemas do desenho ter sido feito para tentar enganar Bruxelas.

Mas alguém dúvida que vai ser isso que vai acontecer? Um pseudo LHD que depois nem é carne, nem é peixe, nem é hidrográfico, nem é LHD, nem é um c*ralho que se aproveite!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Julho 11, 2022, 01:28:27 pm
Vocês aqui no FD queixam-se, mas ao mínimo modelo "faz tudo" que aparece por aqui, apressam a defender o mesmo.
É como eu digo, o país tem a Marinha que merece.
Cps,

Se impedir a vaga nada de navios para substituir as VdG podes ter razão. Se a única coisa que não chega a hora é o Navpol então não tenho a certeza que isso seja algo negativo. Não vejo a utilidade do NavPol. E arranjar um Johan de Witt em 2ª mão? Para quê? Vais levar um navio que parece um prédio de dois ou três andares, essencialmente desarmado, para um cenário de alta intensidade? Os inimigos nem precisavam de radar para o encontrar. Um navio desses precisava de um mini carrier group para o manter a salvo. Coisa que não temos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 11, 2022, 01:49:53 pm

Agora, espero é que não se repita a asneira cometida já com os NPO de vender aquilo a Bruxelas como X para ter fundos, depois tentar construir Y, ter os fundos negados, e acabar por ficar com uma coisa que acaba por ter de ser financiada diretamente pelo OE na mesma, mas com todos os problemas do desenho ter sido feito para tentar enganar Bruxelas.

Mas alguém dúvida que vai ser isso que vai acontecer? Um pseudo LHD que depois nem é carne, nem é peixe, nem é hidrográfico, nem é LHD, nem é um c*ralho que se aproveite!

Finalmente, alguém que entende o meu ponto de vista.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 11, 2022, 02:13:51 pm
Estes gajos percebem da poda: o "ski jump" passou a "sky jump". O céu holístico é o limite para estes marmelos.

Foi erro do autor da página E&E, entretanto já tinha corrigido.  :-P

Rectificação: a Marinha usa pontualmente  (na legenda do desenho técnico), a expressão "Sky Jump", o autor do E&E rectificou no seu texto já após eu o ter citado no post.

O desenho técnico apresentado no E&E tem origem no procedimento a concurso... julgo que o podemos considerar, atualmente, o oficial.

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Barlovento em Julho 11, 2022, 02:34:15 pm
...Portugal debe enseñar al mundo su "portaaviones holístico" lo antes posible, pues si con solamente 100 millones, hace todo lo que se dice aquí en el Foro, va a ser la mayor contribución a la ciencia de los últimos años.

E vocês podem até tomar notas para a correcta flutuabilidade de um navio e que pode ser implementada nos S-80 e nas Nansen, antes de serem devolvidos por defeito de fabrico  :mrgreen:

Ya se que el Sr. Viajante es un gran patriota, a quien no gustan mis comentarios, sean de trenes, o de lo que sea.

Mi pais no tiene submarinos, ni los va a tener nunca, lo mas potente que tenemos es la ex-Joao Belo, y le queda un mes de vida. Igualmente el barco usado como oceanográfico, y que en ocasiónes asiste a la base de la antártida (si, tenemos base en la antártida) el Oyarvide, se va de baja en Septiembre.

Actualmente, estamos envueltos en un proceso de compra de dos OPV que está siéndo muy cuestionado, por lo que creo que el "portaaviónes holístico" si sería muy bien visto por la prensa y pueblo en general, podía ser construído en el país, con la asistencia del Arsenal de Alfeite y dada la reconocida competencia de los astilleros de Portugal y Uruguai, en un plazo no mayor de veinte años, podría llegar a flotar, navegar es otra cosa.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 11, 2022, 05:09:51 pm
Deixem lá o Barlovento da mão, que o moço é uruguaio, não é pérfido castelhano  :mrgreen:

(https://i.pinimg.com/originals/bf/19/8a/bf198a9f068c8b200f3e754e970e6190.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Julho 11, 2022, 07:10:52 pm
Alguém reparou que no "esquema técnico" diz:

AR3 TEKEVER
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Julho 11, 2022, 08:12:57 pm

Agora, espero é que não se repita a asneira cometida já com os NPO de vender aquilo a Bruxelas como X para ter fundos, depois tentar construir Y, ter os fundos negados, e acabar por ficar com uma coisa que acaba por ter de ser financiada diretamente pelo OE na mesma, mas com todos os problemas do desenho ter sido feito para tentar enganar Bruxelas.

Mas alguém dúvida que vai ser isso que vai acontecer? Um pseudo LHD que depois nem é carne, nem é peixe, nem é hidrográfico, nem é LHD, nem é um c*ralho que se aproveite!

Citar
Seguindo a tendência de outros ramos e outros programas de reequipamento recentes, o navio terá possibilidade de dupla utilização civil e militar, nomeadamente no apoio a emergências civis e ambientais, vigilância marítima e investigação científica.

Isso de LHD só na cabecinha de alguns.

O PNM vai ser vital para os projectos de desenvolvimento de drones em Portugal. O que não quer dizer que no fim vá dar resultados.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 11, 2022, 11:03:23 pm
Este barco vai ser noticia do supra sumo da complexidade dos Bonecos da Marinha. A Bimby versão 3.5+. O êxtase dos pimpolhos, desde os de branco até aos de fato ou aqueles em calções de banho em copacabana.
É tudo e mais alguma coisa. Depois falta é navios ditos de uma Marinha de Guerra actual e virada para as questões do futuro que entram pelos olhos de todos os que os tem abertos.
Nem o caraças de uns NPO de jeito este badamecos conseguem conceber. Para eles turismo, protocolos e orientar a vidinha chega-lhes 

Sim, Portugal carece de uma navio oceanográfico moderno e de dimensão adequada. Temos excelentes universidades cheias de técnicos e cientistas para lá tomarem lugar. Mas até pode ser de uma entidade civil e bem subsidiado por isso mesmo.
Mas que tem a ver este projecto com as reais e prementes necessidades de Marinha de Guerra?
Só se for necessidades de tachos de emprego e cargos, bem como de treta politica com alinhamento dos Bonecos do costume.
Ou agora quem mascarar o navio de outra coisa e não ser nem cão nem gato? Mais um gênero indefinido de navio de ciência e transportador de contentores
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: HSMW em Julho 11, 2022, 11:57:15 pm
Citar
A falta de planeamento é uma doença que atinge todos os órgãos do Estado.
O exemplo vem desde o topo e alastra como uma doença infecciosa.

 :arrow: https://twitter.com/i/status/1546457608734777344
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 12, 2022, 12:01:16 am
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   

O que me ri agora, "exportar navios"... :bang:
Já se dizia isso dos NPO em 2003, exportar para Angola, Marrocos etc, quantas unidades exportamos?
Sem comentários.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Julho 12, 2022, 03:42:33 am
Não ligues, é mais um fanboy. Já não bastavam os holísticos da marinheca, agora temos, também, os do Elon Musk tuga.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 12, 2022, 11:35:29 am
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   

O que me ri agora, "exportar navios"... :bang:
Já se dizia isso dos NPO em 2003, exportar para Angola, Marrocos etc, quantas unidades exportamos?
Sem comentários.


Em 2003 todos os estaleiros em Portugal eram geridos pelo "povo". E eles não tinham a formação adequada.

Hein?
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Julho 12, 2022, 12:14:09 pm
Este navio que seja lá um hidrográfico com boa capacidade de utilizar meios autónomos e pronto.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 12, 2022, 12:24:48 pm
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   

O que me ri agora, "exportar navios"... :bang:
Já se dizia isso dos NPO em 2003, exportar para Angola, Marrocos etc, quantas unidades exportamos?
Sem comentários.


Em 2003 todos os estaleiros em Portugal eram geridos pelo "povo". E eles não tinham a formação adequada.

Hein?
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...


A West Sea vai construir 7 Navios de Exploração Polar que são do tamanho de fragatas.
Se não forem eles a exportar, não vais ser tu de certeza.

https://west-sea.pt/navios-polares/

Ninguém falou em navios polares, o assunto em debate era quantos NPO os estaleiros exportaram para nações além fronteiras, a resposta é ZERO.
Comparar estes navios com modernas FFGH, é no mínimo cómico.
Escusa de defender tanto o seu local de trabalho, pois não duvido da competência do mesmo.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 12, 2022, 01:15:17 pm
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...

Não tenha a menor dúvida, e então quando está calor a coisa piora significativamente...


O PNM vai ser vital para os projectos de desenvolvimento de drones em Portugal. O que não quer dizer que no fim vá dar resultados.

Hahahahahaha, um LHD em miniatura, disfarçado de navio fofinho (porque ai de quem se atreva por cá a comprar ou fabricar um navio combatente hoje em dia), vai ser de uma importância épica (um adjectivo que agora todos adoram usar) para o país e para a Marinha? Pois, 'tá bem.

Até porque aquilo que mais interessa, num país cuja Marinha de Guerra se encontra no estado que todos sabemos, qualquer dia inclusivamente incapaz de cumprir os seus compromissos nacionais e internacionais de defesa e manutenção da soberania, é precisamente o desenvolvimento da indústria de drones. ::)

Que raio de década esta, parece que está tudo parvo...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Julho 12, 2022, 01:17:24 pm
Exploração polar? Parecem mais paquetes. Quantos cientistas levam? Espera, deixa-me adivinhar, é para turistas…

Isto é um navio de exploração polar (não holístico):

(https://www.bas.ac.uk/wp-content/uploads/2022/03/SDA-in-ice-DJI_0374-Jamie-Anderson.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 12, 2022, 02:02:10 pm
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...

Não tenha a menor dúvida, e então quando está calor a coisa piora significativamente...


O PNM vai ser vital para os projectos de desenvolvimento de drones em Portugal. O que não quer dizer que no fim vá dar resultados.

Hahahahahaha, um LHD em miniatura, disfarçado de navio fofinho (porque ai de quem se atreva por cá a comprar ou fabricar um navio combatente hoje em dia), vai ser de uma importância épica (um adjectivo que agora todos adoram usar) para o país e para a Marinha? Pois, 'tá bem.

Até porque aquilo que mais interessa, num país cuja Marinha de Guerra se encontra no estado que todos sabemos, qualquer dia inclusivamente incapaz de cumprir os seus compromissos nacionais e internacionais de defesa e manutenção da soberania, é precisamente o desenvolvimento da indústria de drones. ::)

Que raio de década esta, parece que está tudo parvo...

Sem dúvida, está-se a tornar a Marinha do "faz de conta".
No que a mim cabe, tenho feito os devidos avisos, notas e outras interjeições, mas algumas chefias e sobretudo os políticos, possuem um medo atroz em gastar dinheiro com algo que possa "matar alguém".
Daí aparecerem por aqui certos delfins, que vem para aqui mandar postas "holísticas", sobre o que deve ser o futuro da Marinha, dizendo ainda que um NAVPOL será antiquado, quando houver dinheiro para o comprar.
Se isto não é um delfim amestrado, do complexo "Político-militar-holístico" é o que?
O que vai acontecer é que nem LHD, nem LPD nem navio hidrográfico !
Volto a fizer, "jumentos" !!!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 12, 2022, 03:10:08 pm
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   
Se alguém está a tentar vender o NRP Holístico como porta-aviões não é certamente a malta "pessimista" do forum, mas sim quem encomendou o projeto e quem anda a redigir a comunicação pública à volta do navio. Sobre exportações, uma coisa importante é saber o que se está a vender. De momento ainda não se percebeu afinal que navio é este a que propósito se destina, assunto que, parecendo que não, antes de interessar aos potenciais compradores estrangeiros, nos interessa a nós.

Sobre a ideia de que a corrupção passa a ser boa desde que alguém lucre com ela, acho que não vale a pena responder.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 12, 2022, 03:23:17 pm
Sim, Portugal carece de uma navio oceanográfico moderno e de dimensão adequada. Temos excelentes universidades cheias de técnicos e cientistas para lá tomarem lugar. Mas até pode ser de uma entidade civil e bem subsidiado por isso mesmo.
Ou carecia. É que o IPMA já tem desde 2017 o "Mar Portugal", que desde 2020 está a trabalhar, como "Mário Ruivo (https://www.marinetraffic.com/pt/ais/details/ships/shipid:187396/mmsi:263762000/imo:8402010/vessel:MARIO_RUIVO)". Claro que é bom ter mais meios, mas enquanto a Marinha teve o monopólio dos navios oceanográficos públicos e efetivamente fazia falta o upgrade, não havia projeto para tal. Agora que o IPMA adquiriu um navio e torrou milhões em equipamento, é que vemos a Marinha preocupada com as condições para a oceanografia?  Onde está a preocupação com a duplicação de meios?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Julho 12, 2022, 04:20:47 pm
Que grande confusão. A necessidade de um hidrográfico devia existir, caso contrário, a Marinha já tinha despachado os seus 4, de forma a reduzir despesa, em vez de andar a canibalizar a VdG, ou ao invés de passar anos sem fazer manutenção a lanchas.

Por outro lado, o financiamento deste navio, de apenas 100 milhões, vem da UE e é para um navio especificamente civil/científico. E neste caso, ou seria este navio, ou não seria nada, e neste ponto de vista, de substituir 4 hidrográficos (que têm o seu peso no orçamento para manutenção da Marinha, e ainda exigem pessoal para operar, numa Marinha com falta de pessoal), fica-se a ganhar.

Mesmo que fossemos propor à UE para financiar um LPD, este teria de ser desmilitarizado e/ou feito no estrangeiro, e certamente não custaria 100 milhões. Se o JdW em segunda-mão nos ficaria por 150/160 milhões, um LPD novo, não ficaria a menos de 250 milhões, apesar de o mais realista, ser acima dos 300. A UE vai andar a desencantar tanto dinheiro para os pelintras dos tugas, que nem capacidade de escoltar um LPD financiado têm?

E no meio das necessidades da Marinha, o LPD é uma não-necessidade, quando não temos AOR, nem fragatas modernas, nem os OPVs em número suficiente e tantos outros problemas. E acho que todos sabemos que nenhum destes navios seria financiado pela UE, à excepção, talvez, dos OPVs ou lanchas. Neste contexto, está-se a fazer o inteligente, de dar mais utilidade à tal plataforma financiada, importa é que corra bem e não se invente muito mais.

De resto, a Marinha "esquecer" o LPD não é a pior das notícias, já que não temos condições para ter um navio desses, quando tudo à volta está em cacos, sobretudo os navios dos quais o LPD dependeria para protecção e abastecimento no mar.
Até parece que (ignorando o NPM, que está a turvar o julgamento,) a Marinha ficava mal servida com 2 ou 3 Crossover 139 CF, para substituir as VdG, mais 2 ou 3 fragatas convencionais modernas! Nem sei como é que não se atiram já de cabeça a um negócio a sério com a Damen, para 2 Crossover + 3 ASWF (ou 3+2), e ao mesmo tempo se vai buscar o Wave.

Quanto mais tempo se perde a falar do LPD, menos foco se tem para fragatas e AOR, algo que tem sido tradição há pelo menos 10 anos.

O NPM que seja construído sem atribulações, e que a Marinha foco os esforços agora nos restantes problemas. 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Julho 12, 2022, 04:55:04 pm
Vocês ainda não se aperceberam que o único aumento de orçamento da defesa, será a integração do orçamento da proteção cívil e quem sabe da PSP, no orçamento da defesa.

Ainda ontem me disseram, que até ao final do ano não haverá entrega de fundos europeus às empresas, porque o estado não tem dinheiro para meter a sua parte.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 12, 2022, 05:15:09 pm
Sim, Portugal carece de uma navio oceanográfico moderno e de dimensão adequada. Temos excelentes universidades cheias de técnicos e cientistas para lá tomarem lugar. Mas até pode ser de uma entidade civil e bem subsidiado por isso mesmo.
Ou carecia. É que o IPMA já tem desde 2017 o "Mar Portugal", que desde 2020 está a trabalhar, como "Mário Ruivo (https://www.marinetraffic.com/pt/ais/details/ships/shipid:187396/mmsi:263762000/imo:8402010/vessel:MARIO_RUIVO)". Claro que é bom ter mais meios, mas enquanto a Marinha teve o monopólio dos navios oceanográficos públicos e efetivamente fazia falta o upgrade, não havia projeto para tal. Agora que o IPMA adquiriu um navio e torrou milhões em equipamento, é que vemos a Marinha preocupada com as condições para a oceanografia?  Onde está a preocupação com a duplicação de meios?

Lá está, não há preocupação com isso, porque é um programa "civil" e ainda por cima pago pelo PRR, aproveitando a Marinha para fazer um pocket-LHD, que no fim não será nada disso! Aguardem!
Se houvesse coragem, em parceria com os franceses, edificavam em parceria um BPC Mistral 1400, que aí sim poderia ter duplo-uso, usar drones, helicópteros e servir de base para desembarque de fuzileiros ou ajuda a catástrofes, já houve inúmeras visitas aos que por cá aportaram, no entanto, quem passa o "cheque" não quer.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Julho 12, 2022, 05:35:58 pm
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   

O que me ri agora, "exportar navios"... :bang:
Já se dizia isso dos NPO em 2003, exportar para Angola, Marrocos etc, quantas unidades exportamos?
Sem comentários.


Em 2003 todos os estaleiros em Portugal eram geridos pelo "povo". E eles não tinham a formação adequada.

Hein?
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...


A West Sea vai construir 7 Navios de Exploração Polar que são do tamanho de fragatas.
Se não forem eles a exportar, não vais ser tu de certeza.

https://west-sea.pt/navios-polares/

O pessoal as vezes esquece-se que na vida real as coisas não são tão simples quanto podem parecer.

Os NPO não pertencem aos West Sea, estes são apenas contratados para construir um projecto, logo nem eles podem vender NPO's nem os podem construir sem autorização do estado Português que é quem detém o projeto.

Depois outra questão, se a Damen, Navantia,... e outros, tem equipas especializas em vendas e engenheiros para vender os seus projetos e participar em concursos internacionais onde muitas vezes é preciso adaptar o projeto base ao cliente, porque motivo alguém acha que o estado Português ia conseguir exportar alguma coisa sem fazer o mínimo esforço para isso? É que exportar um navio não é o mesmo que ter uma banca a beira da estrada à espera que apareça alguém interessado em comprar uns melões ou melancias.

Parece que gostam de ser enganados, acordem.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 12, 2022, 06:28:58 pm
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   

O que me ri agora, "exportar navios"... :bang:
Já se dizia isso dos NPO em 2003, exportar para Angola, Marrocos etc, quantas unidades exportamos?
Sem comentários.


Em 2003 todos os estaleiros em Portugal eram geridos pelo "povo". E eles não tinham a formação adequada.

Hein?
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...


A West Sea vai construir 7 Navios de Exploração Polar que são do tamanho de fragatas.
Se não forem eles a exportar, não vais ser tu de certeza.

https://west-sea.pt/navios-polares/

O pessoal as vezes esquece-se que na vida real as coisas não são tão simples quanto podem parecer.

Os NPO não pertencem aos West Sea, estes são apenas contratados para construir um projecto, logo nem eles podem vender NPO's nem os podem construir sem autorização do estado Português que é quem detém o projeto.

Depois outra questão, se a Damen, Navantia,... e outros, tem equipas especializas em vendas e engenheiros para vender os seus projetos e participar em concursos internacionais onde muitas vezes é preciso adaptar o projeto base ao cliente, porque motivo alguém acha que o estado Português ia conseguir exportar alguma coisa sem fazer o mínimo esforço para isso? É que exportar um navio não é o mesmo que ter uma banca a beira da estrada à espera que apareça alguém interessado em comprar uns melões ou melancias.

Parece que gostam de ser enganados, acordem.

Exatamente, aparecem uns "jumentos" por aqui, que pensam que é isso, é como vender umas cervejas na barraca nos santos populares.
Patético.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 12, 2022, 10:32:54 pm
Que grande confusão. A necessidade de um hidrográfico devia existir, caso contrário, a Marinha já tinha despachado os seus 4, de forma a reduzir despesa, em vez de andar a canibalizar a VdG, ou ao invés de passar anos sem fazer manutenção a lanchas.

Por outro lado, o financiamento deste navio, de apenas 100 milhões, vem da UE e é para um navio especificamente civil/científico. E neste caso, ou seria este navio, ou não seria nada, e neste ponto de vista, de substituir 4 hidrográficos (que têm o seu peso no orçamento para manutenção da Marinha, e ainda exigem pessoal para operar, numa Marinha com falta de pessoal), fica-se a ganhar.

Mesmo que fossemos propor à UE para financiar um LPD, este teria de ser desmilitarizado e/ou feito no estrangeiro, e certamente não custaria 100 milhões. Se o JdW em segunda-mão nos ficaria por 150/160 milhões, um LPD novo, não ficaria a menos de 250 milhões, apesar de o mais realista, ser acima dos 300. A UE vai andar a desencantar tanto dinheiro para os pelintras dos tugas, que nem capacidade de escoltar um LPD financiado têm?

E no meio das necessidades da Marinha, o LPD é uma não-necessidade, quando não temos AOR, nem fragatas modernas, nem os OPVs em número suficiente e tantos outros problemas. E acho que todos sabemos que nenhum destes navios seria financiado pela UE, à excepção, talvez, dos OPVs ou lanchas. Neste contexto, está-se a fazer o inteligente, de dar mais utilidade à tal plataforma financiada, importa é que corra bem e não se invente muito mais.

De resto, a Marinha "esquecer" o LPD não é a pior das notícias, já que não temos condições para ter um navio desses, quando tudo à volta está em cacos, sobretudo os navios dos quais o LPD dependeria para protecção e abastecimento no mar.
Até parece que (ignorando o NPM, que está a turvar o julgamento,) a Marinha ficava mal servida com 2 ou 3 Crossover 139 CF, para substituir as VdG, mais 2 ou 3 fragatas convencionais modernas! Nem sei como é que não se atiram já de cabeça a um negócio a sério com a Damen, para 2 Crossover + 3 ASWF (ou 3+2), e ao mesmo tempo se vai buscar o Wave.

Quanto mais tempo se perde a falar do LPD, menos foco se tem para fragatas e AOR, algo que tem sido tradição há pelo menos 10 anos.

O NPM que seja construído sem atribulações, e que a Marinha foco os esforços agora nos restantes problemas.

"Quanto mais tempo se perde a falar do LPD, menos foco se tem para fragatas e AOR, algo que tem sido tradição há pelo menos 10 anos."
Papel agora do misterioso navio faz tudo

É bem vindo, mas como projecto paralelo que nada tem a ver com necessidades atuais da Marinha de Guerra e, não mais que um novo ícone da complexidade, da Segurança Nacional e do discurso recorrente e quase patético do virado para o Mar, mas sem meios.
É o que estão na fazer com esse pseudo projecto

Entretanto o afamado GT que produziu quanto às novas fragatas? 
Inconsequências
Nem um par de Crossover que colmatavam várias valências prementes e recorrentemente focadas aqui
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 13, 2022, 11:23:25 am
Que grande confusão. A necessidade de um hidrográfico devia existir, caso contrário, a Marinha já tinha despachado os seus 4, de forma a reduzir despesa, em vez de andar a canibalizar a VdG, ou ao invés de passar anos sem fazer manutenção a lanchas.
Note-se, falando por mim e pelo que li aqui, que ninguém está contra este projeto em si mesmo. Novo bote oceanográfico, capaz de arcar com um heli às costas? Ok, na boa. Ainda para mais pago pela UE. O que preocupa é a comunicação da Marinha à volta do mesmo, apresentando-o como algo completamente transformador e capaz de fazer tudo e mais alguma coisa. Primeiro, porque não é verdade e o discurso enganador depois tem consequências nefastas na perceção pública da Marinha e das suas capacidades. Segundo, porque começa a cheirar a desconversa para desviar atenções de outras coisas que fazem falta há muito tempo.

Olha, ocorre-me uma comparação. Tenho medo que isto seja o Aeroporto de Beja da Marinha. Em Beja gastaram 30 milhões para construir três barracões ao lado da pista da Base Aérea N.º11, comprar equipamento, e certificar aquilo tudo como aeroporto internacional. Se foi bom investimento ou não nem interessa para o caso, a questão é que foi um obra pequena (para o sector) mas que foi empolada de tal forma que agora temos metade do país absolutamente convencido de que existe ali uma estrutura equivalente aos aeroportos a construir em Montijo ou Alcochete, ambos projetos de vários milhares de milhões de euros. Tenho medo que a Marinha, ao estar a vender o NRP Holístico como um porta-aviões, acabe por convencer os portugueses de que não é preciso gastar nada em fragatas e submarinos e patrulhas e reabastecedores, etc etc.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 13, 2022, 11:44:35 am
Que grande confusão. A necessidade de um hidrográfico devia existir, caso contrário, a Marinha já tinha despachado os seus 4, de forma a reduzir despesa, em vez de andar a canibalizar a VdG, ou ao invés de passar anos sem fazer manutenção a lanchas.
Note-se, falando por mim e pelo que li aqui, que ninguém está contra este projeto em si mesmo. Novo bote oceanográfico, capaz de arcar com um heli às costas? Ok, na boa. Ainda para mais pago pela UE. O que preocupa é a comunicação da Marinha à volta do mesmo, apresentando-o como algo completamente transformador e capaz de fazer tudo e mais alguma coisa. Primeiro, porque não é verdade e o discurso enganador depois tem consequências nefastas na perceção pública da Marinha e das suas capacidades. Segundo, porque começa a cheirar a desconversa para desviar atenções de outras coisas que fazem falta há muito tempo.

Olha, ocorre-me uma comparação. Tenho medo que isto seja o Aeroporto de Beja da Marinha. Em Beja gastaram 30 milhões para construir três barracões ao lado da pista da Base Aérea N.º11, comprar equipamento, e certificar aquilo tudo como aeroporto internacional. Se foi bom investimento ou não nem interessa para o caso, a questão é que foi um obra pequena (para o sector) mas que foi empolada de tal forma que agora temos metade do país absolutamente convencido de que existe ali uma estrutura equivalente aos aeroportos a construir em Montijo ou Alcochete, ambos projetos de vários milhares de milhões de euros. Tenho medo que a Marinha, ao estar a vender o NRP Holístico como um porta-aviões, acabe por convencer os portugueses de que não é preciso gastar nada em fragatas e submarinos e patrulhas e reabastecedores, etc etc.

Na "mouche" !
CPS
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 13, 2022, 12:12:06 pm
Note-se, falando por mim e pelo que li aqui, que ninguém está contra este projeto em si mesmo. Novo bote oceanográfico, capaz de arcar com um heli às costas? Ok, na boa. Ainda para mais pago pela UE. O que preocupa é a comunicação da Marinha à volta do mesmo, apresentando-o como algo completamente transformador e capaz de fazer tudo e mais alguma coisa. Primeiro, porque não é verdade e o discurso enganador depois tem consequências nefastas na perceção pública da Marinha e das suas capacidades. Segundo, porque começa a cheirar a desconversa para desviar atenções de outras coisas que fazem falta há muito tempo.

Olha, ocorre-me uma comparação. Tenho medo que isto seja o Aeroporto de Beja da Marinha. Em Beja gastaram 30 milhões para construir três barracões ao lado da pista da Base Aérea N.º11, comprar equipamento, e certificar aquilo tudo como aeroporto internacional. Se foi bom investimento ou não nem interessa para o caso, a questão é que foi um obra pequena (para o sector) mas que foi empolada de tal forma que agora temos metade do país absolutamente convencido de que existe ali uma estrutura equivalente aos aeroportos a construir em Montijo ou Alcochete, ambos projetos de vários milhares de milhões de euros. Tenho medo que a Marinha, ao estar a vender o NRP Holístico como um porta-aviões, acabe por convencer os portugueses de que não é preciso gastar nada em fragatas e submarinos e patrulhas e reabastecedores, etc etc.

Totalmente de acordo, e verdadeiro em todos os sentidos (infelizmente).

Não comecem a vir agora cá com a história que são os más-línguas do costume que estão contra o barquito novo, não é nada disso. Aqui, a culpa cabe exclusivamente às chefias da Marinha por estarem a empolar um navio que não será nem carne, nem peixe, mas uma salganhada completa. O seu a seu dono.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 13, 2022, 12:12:39 pm
Se os GTs da marinheca fossem tão eficientes como o gabinete de desinformação, se calhar tínhamos uma marinha que upa upa
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Julho 13, 2022, 02:29:31 pm
Mas quem é que aqui veio falar em porta-aviões? :conf:

Do que temos estado a falar, isso sim, será duma espécie de porta-helicópteros em miniatura, tipo LHD de bolso, com capacidade de lançamento de drones via rampa "ski jump" (ou sky jump, já que é para os enviar para o céu ::)), sem se perceber muito bem como depois seriam ou serão recuperados, tudo isto baseado nos vários designs que a Marinha tem vindo a trazer a público. Uma salganhada portanto, tão tipicamente portuguesa.

É a Marinha quem está a fomentar a confusão neste caso, dizendo uma coisa, porém claramente pretendendo outra.



Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 13, 2022, 04:01:33 pm
O desenho técnico que ilustra o artigo do "Espada & Escudo" corresponde ao existente no Procedimento a concurso e não conheço variantes dentro do mesmo nem, até à data, actualizações ao mesmo.

Mais do que o desenho por si mesmo, está o requisito explanado no texto oficial dos requisitos sobre helicópteros (no Apêndice A do Procedimento, "Facilidades de Aviação"), "(...) 1-1.1 A expressão “helicópteros” quando utilizada, refere-se doravante aos helicópteros Lynx MK95A, NH90 e EH101. (...)".

Não existe referência no procedimento a outros modelos ou fabricantes de helicópteros.

Desconheço a origem de outros desenhos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Julho 13, 2022, 04:27:55 pm
Note-se, falando por mim e pelo que li aqui, que ninguém está contra este projeto em si mesmo. Novo bote oceanográfico, capaz de arcar com um heli às costas? Ok, na boa. Ainda para mais pago pela UE. O que preocupa é a comunicação da Marinha à volta do mesmo, apresentando-o como algo completamente transformador e capaz de fazer tudo e mais alguma coisa. Primeiro, porque não é verdade e o discurso enganador depois tem consequências nefastas na perceção pública da Marinha e das suas capacidades. Segundo, porque começa a cheirar a desconversa para desviar atenções de outras coisas que fazem falta há muito tempo.

Olha, ocorre-me uma comparação. Tenho medo que isto seja o Aeroporto de Beja da Marinha. Em Beja gastaram 30 milhões para construir três barracões ao lado da pista da Base Aérea N.º11, comprar equipamento, e certificar aquilo tudo como aeroporto internacional. Se foi bom investimento ou não nem interessa para o caso, a questão é que foi um obra pequena (para o sector) mas que foi empolada de tal forma que agora temos metade do país absolutamente convencido de que existe ali uma estrutura equivalente aos aeroportos a construir em Montijo ou Alcochete, ambos projetos de vários milhares de milhões de euros. Tenho medo que a Marinha, ao estar a vender o NRP Holístico como um porta-aviões, acabe por convencer os portugueses de que não é preciso gastar nada em fragatas e submarinos e patrulhas e reabastecedores, etc etc.

É certo que este NPM, aparenta ser um exagero em termos de capacidades no papel, sobretudo quando se coloca a questão se os 100 milhões chegam para tudo. Quanto mais se quer meter no navio, mais risco há de derrapes. É aqui que a Marinha devia ter o bom senso de ter requisitos realistas.

Por outro lado, a conversa do NPM "faz tudo", nada muda face à conversa do Navpol "faz tudo". Utilizavam exactamente os mesmos argumentos para o NPL, tal como chegaram a usar para os NPOs, e mais recentemente nos KC-390. O NPL, chegou a ser colocado, por várias vezes, num patamar de prioridade acima de tudo o resto (excepto NPOs), incluindo acima do substituto do Bérrio, acima da substituição das VdG. E como foi até mencionado antes, até o Exército queria LPD na Marinha em vez dos submarinos. Também vimos episódios em que se adiou o MLU das VdG (orçamentado em LPM), por causa do LPD (compra de oportunidade), e acabámos por não ter nem um nem outro, e agora até temos a VdG encostada. Ou seja, o LPD/NPL, sempre distraiu muita gente para os reais problemas da Marinha.

Também acho que a Marinha não devia tentar vender o navio em questão como "navio faz tudo", acho que é um erro. Pode ressalvar as inovações e as capacidades, mas sem abusar como têm feito. Mas isto não muda o facto de que este é financiado em 100 milhões, e nenhum LPD no mundo Ocidental, se encaixa nesse valor.
E quando se fala "em vez do NPM, a Marinha devia mandar construir um LPD xpto", está-se a ignorar os valores em questão. Valores estes que até devem ser maiores do que falei antes, já que a inflação certamente pesará na construção naval! Se calhar um LPD/LHD pequeno baseado no Mistral, não ficaria a menos de 500 milhões. Alguém acha que a UE iria financiar um navio com esses valores? E se por algum milagre, fosse o caso, então meus amigos, que financiem novas fragatas em vez de um LPD!

É claro que a conversa seria outra, se este navio não fosse financiado, e fosse o nosso curto orçamento de defesa a pagar por ele.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 13, 2022, 11:14:22 pm
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   

O que me ri agora, "exportar navios"... :bang:
Já se dizia isso dos NPO em 2003, exportar para Angola, Marrocos etc, quantas unidades exportamos?
Sem comentários.


Em 2003 todos os estaleiros em Portugal eram geridos pelo "povo". E eles não tinham a formação adequada.

Hein?
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...

Eu também podia querer vender a torre Eiffel, mas  não é minha…

A West Sea nem que quisesse não podia vender NPO’s.

O Projeto do navio é exclusivamente propriedade  da Marinheca Portuguesa.

A West Sea não tem nenhuns diretos sobre os NPO’s…

Não estou a ver a West Sea a « querer  fazer filhos na mulher dos outros. »
Nem tenho visto a Marinheca a participar em nenhum concurso internacional para vender NPO’s.

Por isso, simplesmente, não se vende o que não está a venda!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Julho 13, 2022, 11:36:45 pm
A certa altura havia a "vontade", ou pelo menos o wishful thinking, de exportar os NPOs. O problema, é que um projecto que teve tantos atrasos, mal equipado (originalmente com uma Bofors 40mm), e que custa 50 milhões cada um, vai ser vendido a quem? Se para a Marinha foi a lentidão que foi, algum país ver-se-ia disposto a ficar entalado à espera dos navios? Ia a Marinha perder a prioridade face aos clientes de exportação? Depois a questão da privatização do estaleiro lá pelo meio, o governo do Passos a cancelar/adiar o programa.

Mas até mais importante que isto tudo, vendia-se a quem? Da CPLP, apenas Angola e Brasil teriam capacidade financeira para os comprar, mas os primeiros deviam logo preferir made in China, já os segundos abriam concurso internacional e os ENVC/WestSea teriam toda a concorrência internacional ao barulho. A não ser que houvesse corrupção à mistura, onde é que o nosso OPV ganharia? O mercado dos OPVs está saturado, com soluções para todos os gostos e a todos os preços, o NPO seria apenas mais um.

Por outro lado, o projecto das LFC, sempre teve mais potencial de exportação, pois muitos mais países precisam deste tipo de navios, e em muito maiores quantidades.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 13, 2022, 11:39:08 pm
Complementando o post anterior….

Alguém que me responda:

O que é que a Marinheca fez ao Projecto das LFC’s que estava completo, e que foi espoliado  aos  ENVC, sem eles verem um único cêntimo pela quebra do contrato??
Só aí devem estar uns 20 milhões de euros investidos.

Digamos que era um projeto muito mais bem conseguido que o dos NPO’s e foi desenvolvido pelos ENVC e em parte pela Damen 

(https://i.ibb.co/37BbWd5/F6-C114-ED-C632-43-F2-B36-B-148279-FC7996.jpg)[/url]

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:
- Deslocamento: 700 toneladas;
- Dimensões: 59,9 x 9,9 x 2,7 metros;
- Velocidade máxima: 25 nós (46 km);

- Autonomia: 3.360 milhas em 10 dias a 14 nós;
- Guarnição:
    Oficiais: 5
    Sargentos: 6
    Praças: 16
    Total: 27

SISTEMAS DE ARMAS:
- 1 Peça OERLIKON Mk4 de 20mm/70 com direcção de tiro (2 Km de alcance);
- 2 Metralhadoras-ligeiras HK 21 de 7.62mm

- Duas embarcações semi-rígidas DELTA, uma de 8 e outra de 6,5 metros;
- Uma Lancha de Assalto Rápida com uma metralhadora-ligeira de 7,62mm



Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Julho 14, 2022, 12:00:44 am
Deve ter tido o mesmo destino que o projecto do LPD que tínhamos recebido. Tudo colocado numa gaveta qualquer quando a Troika começou a mandar cortar na despesa. Entretanto vieram os Tejo, e agora as LFC em águas de bacalhau, até ao dia em que tiverem de substituir os Tejo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 14, 2022, 12:11:25 am
Deve ter tido o mesmo destino que o projecto do LPD que tínhamos recebido. Tudo colocado numa gaveta qualquer quando a Troika começou a mandar cortar na despesa. Entretanto vieram os Tejo, e agora as LFC em águas de bacalhau, até ao dia em que tiverem de substituir os Tejo.

E……..nessa altura o projeto que parecia “lindo” em 2005  vai estar mais “podre” que o projeto dos NPO’s feito nos anos de 1990 e começado a construir em 2005……
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Julho 14, 2022, 12:50:29 am
Bem, temos aqui alguém que lhe subiu a mostarda ao nariz.

Uma coisa é certa, o país bateu no fundo e a marinha é espelho disso.

Cada vez mais acho, que o problema não está na falta de dinheiro, mas na incompetência de quem o gere, e neste momento a marinha é reflexo de um elevado nível de incompetência.

Fragatas velhas e de segunda linha na NATO, milhares de euros gastos em medalhas, quando o mesmo podia servir para modernizar alguns sistemas da classe tejo. Fuzileiros são enviados para a frente de batalha, sem um blindado decente e apenas com carrinhos de golfe. Chefias que mesmo sem dinheiro, preferem investir em campos de golfe.

Mesmo a gestão do pessoal é mal feita, várias são as notícias de tripulações, sem o tempo mínimo de descanso, pois tem que saltar de navio para navio.

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: F-16_desnutrido em Julho 14, 2022, 03:25:09 am
 Um país movido por dinheiros que não são nossos. Pergunto o que seria das novas "aquisições" da lpm sem o prr numa situação destas de pós pandemia. Talvez chegariamos a 2030 com nem metade do programado.
Também gostava de saber onde andam os 6 npos que o pm falou há uns meses.  :bang:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 14, 2022, 08:36:56 am
Os 6 NPOs nunca construídos são apenas mais uma das mentiras de um dos maiores aldrabões à face da terra

Mas de um dos afilhados do Sócrates não se deveria esperar mais

E como daqui a uns 4 anos temos o FMI de novo a entrar por aqui adentro, esqueçam NPOs e fragatas, teremos o NRP HOLÍSTICO para servir de cruzeiros a África e entrega de presentes por drones desde a baía de Luanda
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 14, 2022, 09:37:51 am
https://seawaves.com/?p=23019

 :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Julho 14, 2022, 06:28:46 pm
Os pessimistas crónicos deviam estar menos preocupados com este projeto não ser aquilo que esperavam (a primeira peça de um Carrier Battle Group português, não?) e comentarem mais o facto de haver forças no nosso país que gostariam de destruir a empresa que o irá provavelmente construir - os estaleiros da West Sea em Viana do Castelo. É que quem quer ver o Mário Ferreira na prisão por fazer dinheiro com o negócio do Atlântida também gostaria de ver os estaleiros fechar. São demasiado "PRIVADOS".
Essas pessoas não querem nem a construção deste navio nem dos 6 NPOs. Podia criar a possibilidade de estaleiros portugueses - sei lá... exportarem navios de guerra. E alguém se calhar iria enriquecer com esse negócio.
Isso não pode acontecer no nosso pobre Portugal.
   

O que me ri agora, "exportar navios"... :bang:
Já se dizia isso dos NPO em 2003, exportar para Angola, Marrocos etc, quantas unidades exportamos?
Sem comentários.


Em 2003 todos os estaleiros em Portugal eram geridos pelo "povo". E eles não tinham a formação adequada.

Hein?
A West-Sea quantos NPO exportou?
Aparece aqui cada "maluco"...

Eu também podia querer vender a torre Eiffel, mas  não é minha…

A West Sea nem que quisesse não podia vender NPO’s.

O Projeto do navio é exclusivamente propriedade  da Marinheca Portuguesa.

A West Sea não tem nenhuns diretos sobre os NPO’s…

Não estou a ver a West Sea a « querer  fazer filhos na mulher dos outros. »
Nem tenho visto a Marinheca a participar em nenhum concurso internacional para vender NPO’s.

Por isso, simplesmente, não se vende o que não está a venda!!

Marinheca...
Se é assim como é que explicas que a Força Aéreazeca modernizou e vendeu F16inhos á Roméniazorra?
Para vender NPOs basta que haja quem os queira comprar e quem os possa fazer.

Gostava de saber se o teu clube é o Portonheco, o Sportingnheco ou o Benficanheco. Um deles deve ser...

Caríssimo são coisas diferentes, o que não falta é projetos de patrulhas para exportação, só na Europa secalhar conseguimos quase uma dúzia, e meia dúzia são de empresas que estão ativamente a tentar vender, participam em concursos, feiras fazem adaptações aos projetos a pedido do cliente algo que nós nunca fizemos.

Contudo se quiser comprar um caça ocidental/Americano está muito limitado. Mesmo os F-16 eles tentaram comprar diretamente aos EUA, mas na altura houve um conjunto de problemas que acabou por eles optarem por caças em 2º mão. Daí ter surgido Portugal, pois para além de não nos importamos de ganhar uns trocos enquanto perdíamos temporariamente capacidade aérea e queremos reduzir a quantidade que tinhamos, e temos a capacidade "interna" de "remodelar/modernizar" unidades antigas em armazenamento para a versão atual  as nossas células também segundo eles estava em bom estado.

Tem aqui um "resumo" de toda a historia publica:
https://www.defenseindustrydaily.com/nothing-but-netz-will-romanias-new-fighters-come-from-israel-01499/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 14, 2022, 07:40:47 pm
Complementando o post anterior….

Alguém que me responda:

O que é que a Marinheca fez ao Projecto das LFC’s que estava completo, e que foi espoliado  aos  ENVC, sem eles verem um único cêntimo pela quebra do contrato??
Só aí devem estar uns 20 milhões de euros investidos.

Digamos que era um projeto muito mais bem conseguido que o dos NPO’s e foi desenvolvido pelos ENVC e em parte pela Damen 

(https://i.ibb.co/37BbWd5/F6-C114-ED-C632-43-F2-B36-B-148279-FC7996.jpg)[/url]

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:
- Deslocamento: 700 toneladas;
- Dimensões: 59,9 x 9,9 x 2,7 metros;
- Velocidade máxima: 25 nós (46 km);

- Autonomia: 3.360 milhas em 10 dias a 14 nós;
- Guarnição:
    Oficiais: 5
    Sargentos: 6
    Praças: 16
    Total: 27

SISTEMAS DE ARMAS:
- 1 Peça OERLIKON Mk4 de 20mm/70 com direcção de tiro (2 Km de alcance);
- 2 Metralhadoras-ligeiras HK 21 de 7.62mm

- Duas embarcações semi-rígidas DELTA, uma de 8 e outra de 6,5 metros;
- Uma Lancha de Assalto Rápida com uma metralhadora-ligeira de 7,62mm

Complexidade talvez atirada lá para depois de 2030, mas esperemos com EO
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 14, 2022, 07:44:07 pm
Bem, temos aqui alguém que lhe subiu a mostarda ao nariz.

Uma coisa é certa, o país bateu no fundo e a marinha é espelho disso.

Cada vez mais acho, que o problema não está na falta de dinheiro, mas na incompetência de quem o gere, e neste momento a marinha é reflexo de um elevado nível de incompetência.

Fragatas velhas e de segunda linha na NATO, milhares de euros gastos em medalhas, quando o mesmo podia servir para modernizar alguns sistemas da classe tejo. Fuzileiros são enviados para a frente de batalha, sem um blindado decente e apenas com carrinhos de golfe. Chefias que mesmo sem dinheiro, preferem investir em campos de golfe.

Mesmo a gestão do pessoal é mal feita, várias são as notícias de tripulações, sem o tempo mínimo de descanso, pois tem que saltar de navio para navio.

É bom que se note que marinheca é aquilo em que a estão a transformar os "não combatentes" fofos, os turistas e empregados em geral da Marinha, a começar nos Bonecos cuja videca é por fora em simpósios e adidos a ganhar balurdos, de preferencia nos exóticos dos protocolos da treta
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 14, 2022, 10:43:21 pm
Uma coisa bonita para venderem aos manos.

Bem, se eles pagassem.
Fazer como têm feito com algumas empresas nacionais a trabalhar lá para obras deles, era ainda mais prejuízo para o contribuinte a suportar dividas externas a ser saldadas pelo Estado a empresas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 14, 2022, 10:45:59 pm
Complementando o post anterior….

Alguém que me responda:

O que é que a Marinheca fez ao Projecto das LFC’s que estava completo, e que foi espoliado  aos  ENVC, sem eles verem um único cêntimo pela quebra do contrato??
Só aí devem estar uns 20 milhões de euros investidos.

Digamos que era um projeto muito mais bem conseguido que o dos NPO’s e foi desenvolvido pelos ENVC e em parte pela Damen 

(https://i.ibb.co/37BbWd5/F6-C114-ED-C632-43-F2-B36-B-148279-FC7996.jpg)[/url]

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:
- Deslocamento: 700 toneladas;
- Dimensões: 59,9 x 9,9 x 2,7 metros;
- Velocidade máxima: 25 nós (46 km);

- Autonomia: 3.360 milhas em 10 dias a 14 nós;
- Guarnição:
    Oficiais: 5
    Sargentos: 6
    Praças: 16
    Total: 27

SISTEMAS DE ARMAS:
- 1 Peça OERLIKON Mk4 de 20mm/70 com direcção de tiro (2 Km de alcance);
- 2 Metralhadoras-ligeiras HK 21 de 7.62mm

- Duas embarcações semi-rígidas DELTA, uma de 8 e outra de 6,5 metros;
- Uma Lancha de Assalto Rápida com uma metralhadora-ligeira de 7,62mm


Com todo o respeito, algumas considerações:
E este, por estar equipado com uma peça Orlicão, já está bem armado, é?
E acontece que se colocassem no lugar da 20mm uma peça de 76, tinham que mover os 5 oficiais para a popa para equilibrar a distribuição de peso.
Agora, parece-me que uma coisa que falta ao NPO (especialmente para poder ser exportado) é estas linhas sexy cheias de furtividade.
É encontrarem o projeto deste e copiar os ângulos da chapa.

Não lhe respondo mais!
Você é o especialista do assunto.

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Julho 15, 2022, 12:49:50 am
O armamento dessas LFC, destacava-se por já se falar de uma peça remota, ao contrário do inicialmente previsto para os NPO.

No entanto, se os navios fossem construídos "agora", fazia mais sentido equipar com uma Marlin igual à dos NPO, para facilitar no treino e na logística.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 15, 2022, 02:07:38 pm
Nuestros hermanos não podem ver nada

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/07/navantia-integrates-unmanned-vehicles-on-spanish-navy-vessel/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Julho 15, 2022, 03:19:04 pm
Já somos notícia lá fora...  :mrgreen:

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/06/portuguese-navy-unveils-new-drone-mothership-project/ (https://www.navalnews.com/naval-news/2022/06/portuguese-navy-unveils-new-drone-mothership-project/)

Citar
Portuguese Navy Unveils New Drone Mothership Project
The Portuguese Navy (Marinha Portuguesa) unveiled details on a new drone mothership project dubbed "plataforma naval multifuncional" (multifunctional naval platform).

(https://www.navalnews.com/wp-content/uploads/2022/06/Portuguese-Navy-Unveils-New-Drone-Mothership-Project-2-1024x651.jpg.webp)

Saudações

P.S. https://www.navalnews.com/naval-news/2022/06/royal-australian-navy-concludes-autonomous-warrior-2022/ (https://www.navalnews.com/naval-news/2022/06/royal-australian-navy-concludes-autonomous-warrior-2022/)

Citar
Autonomous Warrior 2022 Ends With A (Drone Fired) Bang!
The Royal Australian Navy (RAN) wrapped up exercise Autonomous Warrior 2022 (AW22) on May 27th after nearly two weeks of experimentation with unmanned systems.

(https://www.navalnews.com/wp-content/uploads/2022/06/P_20220524_1059241-scaled.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ARIES em Julho 15, 2022, 09:23:25 pm
Plataforma holística made in Iran  8)


Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 20, 2022, 10:51:26 pm
Faltam 3 dias……

23/06/2022

Citar
Até às 17 : 00 do 30 º dia a contar da data de envio do presente anúncio

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 20, 2022, 11:04:30 pm
Ha 30 anos atrás……

 https://arquivos.rtp.pt/conteudos/reparacao-do-navio-discovery/ (https://arquivos.rtp.pt/conteudos/reparacao-do-navio-discovery/)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: F-16_desnutrido em Julho 23, 2022, 05:15:01 pm
Acabou.
Alguma coisa a anunciar os participantes?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 23, 2022, 05:31:21 pm
Ao sábado? :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 23, 2022, 07:31:26 pm
"The mothership is shown with two notional fixed wing UAVs on deck (they look like MQ-1C Grey Eagle but the new MQ-9B STOL may be a better fit) as well as 6 quad-copter UAVs and one NH90 helicopter. The design seems to lack an aviation hangar. Below decks is a modular area to launch and recover AUV, UUV and USV. Portuguese Navy image."

Em destaque fica aqui esta: Portuguese Navy image.

Mais um estudo teórico

Entretanto nem Fragatas decidem para substituir esta década as VdG. Nem umas "meras" A200(em vez da pancada da corveta afragatada europeia) ou o Crossover sequer, quanto mais certas FFG lançadoras de todo o tipo de misseis e outras coisas de elevada superioridades naval.

O Navio hiper complexo lançador de drones(??) será o suprassumo do expoente naval a vir nos próximos 15 anos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 23, 2022, 07:36:23 pm
A Damen informou ter "vontade e capacidade" mas que não iria participar no concurso...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 23, 2022, 08:14:40 pm
Alguém lhes disse quem são os maus pagadores e os indecisos até ao último parafuso a ser colocado
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Julho 24, 2022, 03:01:18 am
Alguém lhes disse quem são os maus pagadores e os indecisos até ao último parafuso a ser colocado

Eles sabem em primeira mão, graças ao MLU super-rápido das BD.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 24, 2022, 06:33:39 am
Alguém lhes disse quem são os maus pagadores e os indecisos até ao último parafuso a ser colocado

Não foi preciso, já sabem desde o MLUzinho
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 24, 2022, 10:07:40 am
Nuestros hermanos não podem ver nada

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/07/navantia-integrates-unmanned-vehicles-on-spanish-navy-vessel/

Acaba aí a semelhança e não fazem disso o supra sumo da complexidade dos seus patrulhas
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 25, 2022, 09:33:51 am
A Damen informou ter "vontade e capacidade" mas que não iria participar no concurso...

Já há candidatos: "Consórcio WEST SEA-NAVALRIA" e "Fassmer (PRJCT - special investment advisory Lda)".
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Julho 25, 2022, 12:25:41 pm

Ao ver o site da FASSMER, fico mais convencido que quem pensou a "Plataforma" de burro não tem nada.
Vai ser um protótipo, pouco armado, com muita utilidade em si, e que dará origem a uma futura classe de navios de combate construidos em Portugal e que tomarão o lugar de pelo menos algumas das 5 fragatas de hoje, se não todas.
E já temos financiamento.
Bem hajam.

Se fosse assim tão linear.
Se vierem os XO da Damen, não será com certeza com base no projeto da PNM.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Julho 25, 2022, 12:42:07 pm
Um navio de combate "crossover" e um navio hidrográfico, com capacidade para um par de helicópteros e para drones são muito diferentes... 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Julho 25, 2022, 12:51:14 pm
Não sei porque lembrei-me da excelente classe vigilante, bach2. O primeiro foi construído, o segundo não. Porque?  O primeiro esgotou o preço do primeiro. Moral da historia: Nem com uma classe de navios a custar 1 milhão e meio cada, feitos em Portugal e com potencial de construção, melhoramento e exportação, se acerta passo nesta bela nação plantada na beira mar, e é com o Porta-Drones que vamos atingir tudo e mais alguma coisa? Bem, o sonho comanda a vida...  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx (https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante (https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante)

(https://cdn.cmjornal.pt/files/2017-02/22-02-2017_01_57_14_InfoLancha_AutoEndireitante.jpg)

Saudações

P.S. 2 - A Vigilante tinha um classe de combate (L145) que nem tão pouco saiu do papel.  Uma complexidade técnica de fugir... ;)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTwcIjd7a77tEq4GRccN5klWG3JvZkFrW5VvKmfNAA_nL3iu3qGRPFYWdhuTrcxooQOsA&usqp=CAU)



Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 25, 2022, 01:07:13 pm

Ao ver o site da FASSMER, fico mais convencido que quem pensou a "Plataforma" de burro não tem nada.
Vai ser um protótipo, pouco armado, com muita utilidade em si, e que dará origem a uma futura classe de navios de combate construidos em Portugal e que tomarão o lugar de pelo menos algumas das 5 fragatas de hoje, se não todas.
E já temos financiamento.
Bem hajam.
Somos mesmo um país bipolar pá. Não dá para fazer coisas normais, tudo é a maior merda de sempre que só prova que são tudo uns corruptos e incompetentes, ou é a melhor ideia da história que vai ser vendida para todo o lado e revolucionar o sector. Acho que se é para escolher prefiro este estilo da segunda, mas porque é que não podemos ter, assim, projetos bons o suficiente para as nossas capacidades e necessidades, feitos do principio ao fim, sem depressões nem euforias?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 25, 2022, 01:09:53 pm
Não sei porque lembrei-me da excelente classe vigilante, bach2. O primeiro foi construído, o segundo não. Porque?  O primeiro esgotou o preço do primeiro. Moral da historia: Nem com uma classe de navios a custar 1 milhão e meio cada, feitos em Portugal e com potencial de construção, melhoramento e exportação, se acerta passo nesta bela nação plantada na beira mar, e é com o Porta-Drones que vamos atingir tudo e mais alguma coisa? Bem, o sonho comanda a vida...  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx (https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante (https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante)

(https://cdn.cmjornal.pt/files/2017-02/22-02-2017_01_57_14_InfoLancha_AutoEndireitante.jpg)

Saudações

P.S. 2 - A Vigilante tinha um classe de combate (L145) que nem tão pouco saiu do papel.  Uma complexidade técnica de fugir... ;)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTwcIjd7a77tEq4GRccN5klWG3JvZkFrW5VvKmfNAA_nL3iu3qGRPFYWdhuTrcxooQOsA&usqp=CAU)
Não sabia desta história. Tive o prazer de fazer uma curta viagem com tempo mais agreste numa das batch1 e devo dizer que foi uma experiência muito interessante que jamais quero repetir na vida.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 25, 2022, 10:07:34 pm
Não sei porque lembrei-me da excelente classe vigilante, bach2. O primeiro foi construído, o segundo não. Porque?  O primeiro esgotou o preço do primeiro. Moral da historia: Nem com uma classe de navios a custar 1 milhão e meio cada, feitos em Portugal e com potencial de construção, melhoramento e exportação, se acerta passo nesta bela nação plantada na beira mar, e é com o Porta-Drones que vamos atingir tudo e mais alguma coisa? Bem, o sonho comanda a vida...  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx (https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante (https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante)

(https://cdn.cmjornal.pt/files/2017-02/22-02-2017_01_57_14_InfoLancha_AutoEndireitante.jpg)

Saudações

P.S. 2 - A Vigilante tinha um classe de combate (L145) que nem tão pouco saiu do papel.  Uma complexidade técnica de fugir... ;)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTwcIjd7a77tEq4GRccN5klWG3JvZkFrW5VvKmfNAA_nL3iu3qGRPFYWdhuTrcxooQOsA&usqp=CAU)

Pouca capacidade de projecção de carga e turismo e, por isso pouco interesse.
Vender aos Palop não, porque tinha de ser oferecido, ao abrigo de uma bilateralidade muito peculiar, complexa e onde predomina um universo restrito e caro para o pagador de impostos nacional


Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 26, 2022, 12:04:07 am
A Damen informou ter "vontade e capacidade" mas que não iria participar no concurso...

Já há candidatos: "Consórcio WEST SEA-NAVALRIA" e "Fassmer (PRJCT - special investment advisory Lda)".

Para construir em que estaleiro?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 26, 2022, 12:57:08 am
Não sei porque lembrei-me da excelente classe vigilante, bach2. O primeiro foi construído, o segundo não. Porque?  O primeiro esgotou o preço do primeiro. Moral da historia: Nem com uma classe de navios a custar 1 milhão e meio cada, feitos em Portugal e com potencial de construção, melhoramento e exportação, se acerta passo nesta bela nação plantada na beira mar, e é com o Porta-Drones que vamos atingir tudo e mais alguma coisa? Bem, o sonho comanda a vida...  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx (https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante (https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante)

(https://cdn.cmjornal.pt/files/2017-02/22-02-2017_01_57_14_InfoLancha_AutoEndireitante.jpg)

Saudações

P.S. 2 - A Vigilante tinha um classe de combate (L145) que nem tão pouco saiu do papel.  Uma complexidade técnica de fugir... ;)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTwcIjd7a77tEq4GRccN5klWG3JvZkFrW5VvKmfNAA_nL3iu3qGRPFYWdhuTrcxooQOsA&usqp=CAU)

Caro mafets!!

Eu gosto dos seus post’s
Mas você as vezes passa-se completamente dos carretos!!

Se para navios de grande tonelagem a concorrência  é muita…. Para barcos desses é a multiplicar por 1000…

Só no distrito de Viana do castelo Há Duas empresas que  fabricam mais de um barquinho de 2O tons por dia! 

Só a Brunswick dona da QuickSilver  e fabricante dos motores mercury envia 38 por mês…………para os  EUA e norte da Europa….38 Powerboats  por mês …..que dão mais de 40 nós, para 7  pessoas…. Etc etc…só aqui…imagine por esse mundo fora….



O arsenal do Alfeite podia constriuir para a marinha portuguesa…..
Para exportação tinha  muito que crescer!!

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Stalker79 em Julho 26, 2022, 12:58:58 am
Nem sei para quê a fantochada do concurso quando já se sabe que vai para o tachinho do costume....  (West sea)
 :-P
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 26, 2022, 01:26:19 am
Nem sei para quê a fantochada do concurso quando já se sabe que vai para o tachinho do costume....  (West sea)
 :-P

Muito sinceramente…. E pela saúde mental de quem lá trabalha…
Espero que não!!

A não ser que  « as coisas »
tenham mudado muito….

Valha-me Deus!! Nunca mais………
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 26, 2022, 07:28:50 am
Nem sei para quê a fantochada do concurso quando já se sabe que vai para o tachinho do costume....  (West sea)
 :-P

É como aqueles anúncios de emprego em que o candidato já está escolhido de inicio  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Julho 26, 2022, 10:07:11 am
Nem sei para quê a fantochada do concurso quando já se sabe que vai para o tachinho do costume....  (West sea)
 :-P

Muito sinceramente…. E pela saúde mental de quem lá trabalha…
Espero que não!!

A não ser que  « as coisas »
tenham mudado muito….

Valha-me Deus!! Nunca mais………

Eu sinceramente espero que se for os West-Sea, não aconteça o mesmo que aconteceu com o Atlântida, ou as PANDUR, que serviram para afundar empresas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 26, 2022, 10:49:22 am
Nem sei para quê a fantochada do concurso quando já se sabe que vai para o tachinho do costume....  (West sea)
 :-P

Muito sinceramente…. E pela saúde mental de quem lá trabalha…
Espero que não!!

A não ser que  « as coisas »
tenham mudado muito….

Valha-me Deus!! Nunca mais………

Eu sinceramente espero que se for os West-Sea, não aconteça o mesmo que aconteceu com o Atlântida, ou as PANDUR, que serviram para afundar empresas.


O caso Atlântida deu-se quando os ENVC eram geridos pelo povo.
E o povo dos Açores disse ao povo dos ENVC que o navio não cumpria os requisitos.
O povo é f***do.

A empresa que fez os Pandur foi constituída para fazer os Pandur. Não havia mais nada para fazer.

Por falar em Atlântida

O M/S Spitsbergen  ex Atlantida, vai « andar por aí » a fazer Cruzeiros de 10 dias entre Lisboa, Madeira e as Ilhas Canárias  entre início de outubro e final de fevereiro.

Pena deixaram os Açores de parte! Assim podiam matar saudades!!

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Julho 26, 2022, 12:08:46 pm
lol imaginem se ganhar, sei lá, a NAVANTIA. O berreiro que não vai ser por estarmos a financiar os castelhanos etc etc
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 26, 2022, 05:08:14 pm
lol imaginem se ganhar, sei lá, a NAVANTIA. O berreiro que não vai ser por estarmos a financiar os castelhanos etc etc

De qualquer forma tinham que o construir em Portugal, diziam que iam investir em algum estaleiro e o berreiro acabava em aplausos…
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Julho 26, 2022, 08:38:46 pm
Como se a navantia não estivesse a par das calotices do país ao lado
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Julho 27, 2022, 09:48:11 am
Não sei porque lembrei-me da excelente classe vigilante, bach2. O primeiro foi construído, o segundo não. Porque?  O primeiro esgotou o preço do primeiro. Moral da historia: Nem com uma classe de navios a custar 1 milhão e meio cada, feitos em Portugal e com potencial de construção, melhoramento e exportação, se acerta passo nesta bela nação plantada na beira mar, e é com o Porta-Drones que vamos atingir tudo e mais alguma coisa? Bem, o sonho comanda a vida...  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx (https://www.defesa.gov.pt/pt/comunicacao/noticias/Paginas/Assinatura-do-Memorando-para-a-construcao-de-embarcacoes-salva-vidas-da-classe-Vigilante.aspx)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante (https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Vigilante)

(https://cdn.cmjornal.pt/files/2017-02/22-02-2017_01_57_14_InfoLancha_AutoEndireitante.jpg)

Saudações

P.S. 2 - A Vigilante tinha um classe de combate (L145) que nem tão pouco saiu do papel.  Uma complexidade técnica de fugir... ;)

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTwcIjd7a77tEq4GRccN5klWG3JvZkFrW5VvKmfNAA_nL3iu3qGRPFYWdhuTrcxooQOsA&usqp=CAU)

Caro mafets!!

Eu gosto dos seus post’s
Mas você as vezes passa-se completamente dos carretos!!

Se para navios de grande tonelagem a concorrência  é muita…. Para barcos desses é a multiplicar por 1000…

Só no distrito de Viana do castelo Há Duas empresas que  fabricam mais de um barquinho de 2O tons por dia! 

Só a Brunswick dona da QuickSilver  e fabricante dos motores mercury envia 38 por mês…………para os  EUA e norte da Europa….38 Powerboats  por mês …..que dão mais de 40 nós, para 7  pessoas…. Etc etc…só aqui…imagine por esse mundo fora….



O arsenal do Alfeite podia constriuir para a marinha portuguesa…..
Para exportação tinha  muito que crescer!!

Ice, modo irónico on (daí os smiles). Aliás, de alguma forma acabo o post com a classe l145 que seria apenas para Portugal e que nunca saiu do papel, tendo começado com a Vigilante Bach2, que nem para a marinha, corre bem. Só por aqui se vê como seria tudo o resto.  :mrgreen: :-P 

Saudações ;)




Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Julho 27, 2022, 11:59:07 am


Só uns pequenos detalhes ...
A FABREQUIPA não foi feita para fazer os Pandur. A empresa já existia e fazia semi-reboques.



A lancha acima é engraçada. A moto aquatica é uma curiosidade, mas não vejo grande utilidade naquilo. Parece mais ser uma brincadeira. Fazia muito mais sentido um bote com o mesmo tipo de propulsão, que permite tirar pessoas da água e é pouco maior.

Tanto quanto sei, a lancha em causa tem aquela autonomia mas a uma velocidade de 9 nós. A velocidade máxima é importante, mas às vezes as pessoas confundem as coisas e partem do principio de que a embarcação consegue andar 150 milhas náuticas à velocidade máxima.

Há situações em que a importação dos motores e sistemas de navegação, fica mais cara que comprar um navio no estrangeiro.
No mercado civil há no entanto (em Portugal) armadores que continuam a insistir no mercado nacional por causa de a manutenção ser mais barata (muito mais barata)

O problema em termos gerais prende-se com o desinvestimento e a absoluta falta de visão (ou melhor, não-me-importismo) de muitas entidades oficiais.

Quando nos organismos do estado ligados à defesa, as pessoas entendem que foram abandonadas, há um aumento do desperdicio e das más decisões. A ideia é "se vocês não querem saber, então nós também não queremos"
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Julho 27, 2022, 09:55:47 pm


Só uns pequenos detalhes ...
A FABREQUIPA não foi feita para fazer os Pandur. A empresa já existia e fazia semi-reboques.



A lancha acima é engraçada. A moto aquatica é uma curiosidade, mas não vejo grande utilidade naquilo. Parece mais ser uma brincadeira. Fazia muito mais sentido um bote com o mesmo tipo de propulsão, que permite tirar pessoas da água e é pouco maior.

Tanto quanto sei, a lancha em causa tem aquela autonomia mas a uma velocidade de 9 nós. A velocidade máxima é importante, mas às vezes as pessoas confundem as coisas e partem do principio de que a embarcação consegue andar 150 milhas náuticas à velocidade máxima.

Há situações em que a importação dos motores e sistemas de navegação, fica mais cara que comprar um navio no estrangeiro.
No mercado civil há no entanto (em Portugal) armadores que continuam a insistir no mercado nacional por causa de a manutenção ser mais barata (muito mais barata)

O problema em termos gerais prende-se com o desinvestimento e a absoluta falta de visão (ou melhor, não-me-importismo) de muitas entidades oficiais.

Quando nos organismos do estado ligados à defesa, as pessoas entendem que foram abandonadas, há um aumento do desperdicio e das más decisões. A ideia é "se vocês não querem saber, então nós também não queremos"

E depois ha sistemas « críticos »  que os fabricantes  se lhes parecer conveniente, não vendem….ou dificultam.. a Otomelara por dois sistemas ws marlin não queria dar os dados técnicos das peças aos ENVC…

Se calha enganaram-nos bem…. Disseram-lhes que era para 10 ou 15 navios. NPO’s + LFC….. eles acreditam….pagaram os dois primeiros e nunca mais veio mais nenhum…..

Pobres italianos confiam nesta gente….
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Miguel em Julho 31, 2022, 03:58:40 pm


Só uns pequenos detalhes ...
A FABREQUIPA não foi feita para fazer os Pandur. A empresa já existia e fazia semi-reboques.



A lancha acima é engraçada. A moto aquatica é uma curiosidade, mas não vejo grande utilidade naquilo. Parece mais ser uma brincadeira. Fazia muito mais sentido um bote com o mesmo tipo de propulsão, que permite tirar pessoas da água e é pouco maior.

Tanto quanto sei, a lancha em causa tem aquela autonomia mas a uma velocidade de 9 nós. A velocidade máxima é importante, mas às vezes as pessoas confundem as coisas e partem do principio de que a embarcação consegue andar 150 milhas náuticas à velocidade máxima.

Há situações em que a importação dos motores e sistemas de navegação, fica mais cara que comprar um navio no estrangeiro.
No mercado civil há no entanto (em Portugal) armadores que continuam a insistir no mercado nacional por causa de a manutenção ser mais barata (muito mais barata)

O problema em termos gerais prende-se com o desinvestimento e a absoluta falta de visão (ou melhor, não-me-importismo) de muitas entidades oficiais.

Quando nos organismos do estado ligados à defesa, as pessoas entendem que foram abandonadas, há um aumento do desperdicio e das más decisões. A ideia é "se vocês não querem saber, então nós também não queremos"

E depois ha sistemas « críticos »  que os fabricantes  se lhes parecer conveniente, não vendem….ou dificultam.. a Otomelara por dois sistemas ws marlin não queria dar os dados técnicos das peças aos ENVC…

Se calha enganaram-nos bem…. Disseram-lhes que era para 10 ou 15 navios. NPO’s + LFC….. eles acreditam….pagaram os dois primeiros e nunca mais veio mais nenhum…..

Pobres italianos confiam nesta gente….

Espero me enganar novamente.

Mas Este Navio Porta Drones, vai ser o inicio do fim da Marinha de Guerra Portuguesa.

Agora claro que algums almirantes vao pensar ser o kick Douglas no CVN NiMiTZ.
E outros vao meter ao bolso.

Acabando o fim de vida dos SSKs passamos totalement para uma Brown Navy.

Com ums 10 NPO/LFC e o Navio almirante multificoes porta drones aériens e submarinos :N-icon-Axe:

Curioso que quando as FFAA foram modernizadas nos anos 50s para os especialistas US era o ramo mais efficiente.
Por isso foi avancado a criacao rapida da FAP e os paras nessa com base na AN.

The End :G-beer2:

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Julho 31, 2022, 04:22:45 pm


Só uns pequenos detalhes ...
A FABREQUIPA não foi feita para fazer os Pandur. A empresa já existia e fazia semi-reboques.



A lancha acima é engraçada. A moto aquatica é uma curiosidade, mas não vejo grande utilidade naquilo. Parece mais ser uma brincadeira. Fazia muito mais sentido um bote com o mesmo tipo de propulsão, que permite tirar pessoas da água e é pouco maior.

Tanto quanto sei, a lancha em causa tem aquela autonomia mas a uma velocidade de 9 nós. A velocidade máxima é importante, mas às vezes as pessoas confundem as coisas e partem do principio de que a embarcação consegue andar 150 milhas náuticas à velocidade máxima.

Há situações em que a importação dos motores e sistemas de navegação, fica mais cara que comprar um navio no estrangeiro.
No mercado civil há no entanto (em Portugal) armadores que continuam a insistir no mercado nacional por causa de a manutenção ser mais barata (muito mais barata)

O problema em termos gerais prende-se com o desinvestimento e a absoluta falta de visão (ou melhor, não-me-importismo) de muitas entidades oficiais.

Quando nos organismos do estado ligados à defesa, as pessoas entendem que foram abandonadas, há um aumento do desperdicio e das más decisões. A ideia é "se vocês não querem saber, então nós também não queremos"

E depois ha sistemas « críticos »  que os fabricantes  se lhes parecer conveniente, não vendem….ou dificultam.. a Otomelara por dois sistemas ws marlin não queria dar os dados técnicos das peças aos ENVC…

Se calha enganaram-nos bem…. Disseram-lhes que era para 10 ou 15 navios. NPO’s + LFC….. eles acreditam….pagaram os dois primeiros e nunca mais veio mais nenhum…..

Pobres italianos confiam nesta gente….

Espero me enganar novamente.

Mas Este Navio Porta Drones, vai ser o inicio do fim da Marinha de Guerra Portuguesa.

Agora claro que algums almirantes vao pensar ser o kick Douglas no CVN NiMiTZ.
E outros vao meter ao bolso.

Acabando o fim de vida dos SSKs passamos totalement para uma Brown Navy.

Com ums 10 NPO/LFC e o Navio almirante multificoes porta drones aériens e submarinos :N-icon-Axe:

Curioso que quando as FFAA foram modernizadas nos anos 50s para os especialistas US era o ramo mais efficiente.
Por isso foi avancado a criacao rapida da FAP e os paras nessa com base na AN.

The End :G-beer2:

Sendo que para tachos e orientar vidas com turismo isso sirva.  Vai por ai o caminho dado discursos e opiniões espalhadas
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Agosto 01, 2022, 11:32:23 am
Ok, conseguimos limitar a coisa entre "vai ser o futuro da guerra naval, exportações à doida" e "vai ser o fim da marinha portuguesa"  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Agosto 01, 2022, 04:51:05 pm
Ok, conseguimos limitar a coisa entre "vai ser o futuro da guerra naval, exportações à doida" e "vai ser o fim da marinha portuguesa"  :mrgreen:

O futuro são os drones…. Então não precisamos de plataforma porta drones…nem marinha. Precisamos de drones com umas mil milhas de alcance no mínimo, para atormentar os nossos invasores, operados a partir  de Bunkers altamente secretos e protegidos em terra.
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Agosto 01, 2022, 06:06:34 pm
Ok, conseguimos limitar a coisa entre "vai ser o futuro da guerra naval, exportações à doida" e "vai ser o fim da marinha portuguesa"  :mrgreen:

O futuro são os drones…. Então não precisamos de plataforma porta drones…nem marinha. Precisamos de drones com umas mil milhas de alcance no mínimo, para atormentar os nossos invasores, operados a partir  de Bunkers altamente secretos e protegidos em terra.
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Precisamos é que se assuma claramente aquilo que se quer e que recursos implica essa decissão, e quem nos governe se deixe de novelas.

Senão daqui a uns anos vamos ouvir alguém reclamar que o Navio não está a cumprir a missão para o qual foi construido,... tal como acontece agora com os drones da FAP onde foi dada a desculpa de servirem contra os Fogos Florestais.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Agosto 01, 2022, 07:33:06 pm
Ok, conseguimos limitar a coisa entre "vai ser o futuro da guerra naval, exportações à doida" e "vai ser o fim da marinha portuguesa"  :mrgreen:

O futuro são os drones…. Então não precisamos de plataforma porta drones…nem marinha. Precisamos de drones com umas mil milhas de alcance no mínimo, para atormentar os nossos invasores, operados a partir  de Bunkers altamente secretos e protegidos em terra.
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Precisamos é que se assuma claramente aquilo que se quer e que recursos implica essa decissão, e quem nos governe se deixe de novelas.

Senão daqui a uns anos vamos ouvir alguém reclamar que o Navio não está a cumprir a missão para o qual foi construido,... tal como acontece agora com os drones da FAP onde foi dada a desculpa de servirem contra os Fogos Florestais.


O seu comentário chama a atenção para um pormenor interessante.

Os drones deram m***da porque a decisão foi tomada exatamente por quem nos governa.
E quem nos governa não percebe nada de drones.
O pecado da FA foi dizer sim com a cabeça sem saberem eles próprios onde se estavam a meter.

Esta Plataforma já é ao contrário - e como deve ser e como deveria ser cada vez mais.
Vejamos:
Quem nos governa também não percebe nada de navios.
A ideia deve ter vindo de uma mistura de Gouveia e Melo e da Portugal Defense - ou lá como se chama.
Ou seja, de quem percebe alguma coisa do assunto.
Arranjaram um caminho para chegar a um financiamento...
E foi quem nos governa que abanou a cabecinha a dizer "sim".

Espero que corra bem e que seja um exemplo a seguir no futuro.

Mas sei que estamos em Portugal...

Cumprimentos


 

Caro Amigo, não sei se foi bem assim, muito antes da compra dos Drones para os "incêndios" já a FAP e a Marinha andam a testar e a ajudar a desenvolver os drones da UAvision, não era nada de novo nas FA, já há algum tempo que havia a vontade da FAP ter uma esquadra de drones.

Não sei quem teve a ideia se a FAP se o Governo, independentemente de quem tenha sido a FAP deve ter acho que seria a oportunidade de ter meios e financiamento para iniciar a tal esquadra.

Contudo isto não é algo que se faça de num mês, mas foi essa vontade do Governo, e a FAP ou alguém das FA's concordou com isso. O governo usou todo um esquema para recorrer ao Fundo Ambiental para custear a ideia (o que implica fazer x horas de vigilância ambiental, vigilância para entidades civis, ... tudo coisas impossíveis de cumprir apartir do nada num espaço de tempo curto) e alguém da FAP fingiu que os drones iam servir para fiscalizar os Fogos Florestais.

O Navio é a mesma coisa, querem uma plataforma experimental para desenvolver, pesquisar e testar drones aéreos, aquáticos, e subaquáticos, contudo para se poder candidatar aos fundos comunitários anda-se a fingir que é um navio oceanográfico com uma rampa ski-jump.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 01, 2022, 09:11:58 pm
Ok, conseguimos limitar a coisa entre "vai ser o futuro da guerra naval, exportações à doida" e "vai ser o fim da marinha portuguesa"  :mrgreen:

O futuro são os drones…. Então não precisamos de plataforma porta drones…nem marinha. Precisamos de drones com umas mil milhas de alcance no mínimo, para atormentar os nossos invasores, operados a partir  de Bunkers altamente secretos e protegidos em terra.
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Precisamos é que se assuma claramente aquilo que se quer e que recursos implica essa decissão, e quem nos governe se deixe de novelas.

Senão daqui a uns anos vamos ouvir alguém reclamar que o Navio não está a cumprir a missão para o qual foi construido,... tal como acontece agora com os drones da FAP onde foi dada a desculpa de servirem contra os Fogos Florestais.


O seu comentário chama a atenção para um pormenor interessante.

Os drones deram m***da porque a decisão foi tomada exatamente por quem nos governa.
E quem nos governa não percebe nada de drones.
O pecado da FA foi dizer sim com a cabeça sem saberem eles próprios onde se estavam a meter.

Esta Plataforma já é ao contrário - e como deve ser e como deveria ser cada vez mais.
Vejamos:
Quem nos governa também não percebe nada de navios.
A ideia deve ter vindo de uma mistura de Gouveia e Melo e da Portugal Defense - ou lá como se chama.
Ou seja, de quem percebe alguma coisa do assunto.
Arranjaram um caminho para chegar a um financiamento...
E foi quem nos governa que abanou a cabecinha a dizer "sim".

Espero que corra bem e que seja um exemplo a seguir no futuro.

Mas sei que estamos em Portugal...

Cumprimentos


 

Caro Amigo, não sei se foi bem assim, muito antes da compra dos Drones para os "incêndios" já a FAP e a Marinha andam a testar e a ajudar a desenvolver os drones da UAvision, não era nada de novo nas FA, já há algum tempo que havia a vontade da FAP ter uma esquadra de drones.

Não sei quem teve a ideia se a FAP se o Governo, independentemente de quem tenha sido a FAP deve ter acho que seria a oportunidade de ter meios e financiamento para iniciar a tal esquadra.

Contudo isto não é algo que se faça de num mês, mas foi essa vontade do Governo, e a FAP ou alguém das FA's concordou com isso. O governo usou todo um esquema para recorrer ao Fundo Ambiental para custear a ideia (o que implica fazer x horas de vigilância ambiental, vigilância para entidades civis, ... tudo coisas impossíveis de cumprir apartir do nada num espaço de tempo curto) e alguém da FAP fingiu que os drones iam servir para fiscalizar os Fogos Florestais.

O Navio é a mesma coisa, querem uma plataforma experimental para desenvolver, pesquisar e testar drones aéreos, aquáticos, e subaquáticos, contudo para se poder candidatar aos fundos comunitários anda-se a fingir que é um navio oceanográfico com uma rampa ski-jump.


E é mesmo um navio oceanográfico.
Se quem nos dá o dinheiro acreditou que é, quem somos nós para duvidar?
Por mim podem dar-lhe o nome de NRP Jaques Cousteu. 

Tenho as maiores dúvidas que o navio final tenha um ski-jump.
Ainda estou para ver imagens no YOUTUBE de um drone a levantar de um.
É sinal que não existe.
E a Marinha querer ser a primeira e logo num navio novo experimental seria um suicídio mediático á espera para acontecer.

Eles que montem o navio com drones com provas dadas e que façam experiências com ski-jump em terra (muitas experiencias).
Quando funcionar, é só adicionar ao navio uma rampa feita em contraplacado marítimo. Para drone chega bem.

Cumprimentos


"Drones de provas dadas". Então é o ogassa tem a prova dada que é uma m3r4a.
Porque a pressa e outros fenômenos conhecidos no burgo das mãos untadas é no que dá.

Fala-se muito em recuar no KCacetes por exemplo, mas recuar nas trotinetes aéreas da FAP parece mais difícil, como se fosse pecado.
Pecado foi compra-los. Não faltam são outros drones com provas e dadas e capazes de satisfazer os requisitos

Não serve para os fogos?
Então é um fado e ficamos assim
Típico. Com tanto trambolho não admira as Instituições neste País estarem como estão
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 19, 2022, 12:12:54 pm
Retirado da edição de hoje do semanário Expresso (19/08/2022)

(https://i.postimg.cc/yxMRbvCT/Screen-Shot-08-19-22-at-12-09-PM.jpg)


Por acaso alguém consegue ter acesso ao artigo em questão?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 19, 2022, 02:27:35 pm
Eu li esta manhã quando estava a beber o café.

Segundo consta no artigo, o navio vai ter algum tamanho/peso (5000 toneladas), transportar 300 militares tendo uma guarnição de apenas 60 militares. Vai poder operar todo o tipo de drones (eles mencionam três tipos de drones diferentes), funcionar como navio hidrográfico (apesar de nunca dizerem isso, mas sim em cientistas a trabalhar no dito navio), ser usado com centro de investigação e desenvolvimento de tecnologia nacional.

Estou a falar de memória, por isso é possível que eu tenha esquecido algo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Agosto 19, 2022, 02:35:20 pm
Então teoricamente passa a poder transportar duas companhias de infantaria...

Falta é saber se tem espaço para o equipamento e algum meio de os colocar (homens e equipamento) em terra.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 19, 2022, 02:35:30 pm
Apenas para recordar o que eu pensei à umas boas páginas atrás:

(https://i.ibb.co/L1tL68n/Capturar.jpg)

 :arrow:  https://www.fassmer.de/fileadmin/user_upload/6_Fassmer_Defence/21_06_FD_Sb_MPV_100_web.pdf

Digam lá se não é a cara chapada?!

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Agosto 19, 2022, 03:10:43 pm
O Gouveia e Melo já inventa navios e tudo  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PereiraMarques em Agosto 19, 2022, 03:42:22 pm
O Gouveia e Melo já inventa navios e tudo  :mrgreen:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F4.bp.blogspot.com%2F-8ljaVwEEXoY%2FT2zHNMV2JMI%2FAAAAAAAAEU4%2FDfIuZSjepLg%2Fs1600%2F1.jpg&hash=393e5fb38a9606daaf4350e08990354e)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Agosto 19, 2022, 03:45:51 pm
Acalma-te Pereira Marques, isso é só para quando os primeiros PPA "verde vómito" chegarem ao Alfeite. c56x1 :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 21, 2022, 07:41:20 pm
"Emprestadado" do twitter de um amigo

(https://i.postimg.cc/FHMfMTf1/Far8m-7-Xo-AAy-Ty1.jpg)

Em maior tamanho:

(https://i.postimg.cc/nzZXzMGJ/Far8n-U2-Xk-AAXs-EV.jpg)(https://i.postimg.cc/9M8chfx1/Far8noz-Xk-AAR6-Fc.jpg)


Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Get_It em Agosto 21, 2022, 09:17:07 pm
Citar
A Marinha está a fazer roadshows (...)
Aí têm mais um termo para o turismo que os NPOs fazem de tempos a tempos.

Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???
Yep. O futuro será patrulhões e patrulhazinhos. E embora venham a falar aqui que na Marinha e no MDN os Seahawk tenham preferência, a sensação com que fico é que os Lynx deverão ser os últimos helicópteros a ser operados pela Marinha. Todo o investimento que até agora tem sido feito é em meios não tripulados e a própria modernização dos Lynx mostrou a falta de interesse em investir na plataforma.

Este pessoal parece estar todo a confiar que a grande salvação da falta de meios e de recursos serão os drones. Daqui para a frente não serão preciso fragatas ASW nem AAW e quando chegar o fim de vida dos submarinos, os drones já deverão estar suficientemente evoluídos para substituir os mesmos.

No artigo refere que este navio será mais baratos que fragatas mas obviamente que sim; pois não traz o mesmo armamento e sensores.

Quem foi o colega que escreveu aqui ou noutro tópico que estava confiante que este seria o nosso "NAVPOL"? Pois bem, podem fechar o outro tópico que já vai em 346 páginas.

Citar
Estou convencido que esse navio será um sucesso e terá encomendas internacionais.
Gostei particularmente do final. É aquela afirmação habitual da Marinha e dos governantes. Assim como foi para os Pandur, para os NPOs e agora para esta "PNM".

Pobre Portugal - país onde a reação de todos aqui no Forum é a de grande desconfiança.
Mas é inevitável.
Ninguém está habituado.

Agora que o resultado pode ser positivo, isso pode;

Rogério, o problema aqui não é o navio em si nem é desconfiança. A questão é que isto é mais do mesmo que tem sido feito nas últimas duas a quatro décadas e já sabemos muito bem o que vai sair daqui. Adquirem este navio e começam a desinvestir de tudo o resto e a reduzir o tamanho da Marinha. Por algum motivo o CEMA refere que este navio é mais barato que uma fragata e comparam algumas características às fragatas. Porquê não comparar com o NPO que foi projectado pela Marinha? Porquê não comparar com o NAVPOL visto que é um projecto que está à décadas parado e que este navio vai realizar parte das missões? Porquê não comparar com os Tejo que são um projecto também modular? É fácil, é porque vai ser isto e não vai haver mais nada para ninguém, nomeadamente a substituição das fragatas.

Cumprimentos,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Agosto 21, 2022, 09:29:50 pm
"Emprestadado" do twitter de um amigo

(https://i.postimg.cc/FHMfMTf1/Far8m-7-Xo-AAy-Ty1.jpg)

Em maior tamanho:

(https://i.postimg.cc/nzZXzMGJ/Far8n-U2-Xk-AAXs-EV.jpg)(https://i.postimg.cc/9M8chfx1/Far8noz-Xk-AAR6-Fc.jpg)


Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???

A NATO não deixa. c56x1
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Agosto 21, 2022, 10:16:53 pm
Um artigo holístico e lírico, tanto pela parte do "esforço" de convencer o poder político, como pela assunção que será um navio mãe, com dezenas de drones armados, etc etc.
Está somente a esquecer-se, que basta 1 torpedo ou um míssil anti-navio e o navio mãe vai ao fundo....
Por isso não poderá abdicar das fragatas.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Get_It em Agosto 22, 2022, 02:16:53 am
A NATO não deixa. c56x1
A NATO acho que tem deixado fazer muita coisa que não era suposto deixar. Deixem chegar os 390 que eu quero ver se não vão passar a ser a nossa contribuição em substituição das fragatas ou de um outro meio.

- Todo o investimento que pode ser feito pela Marinha vem da Lei de Programação Militar.
- A construção deste navio, no entanto, é financiado por verbas que vêm de fora da LPM. São do PRR.
- Uma excelente "esperteza" do Gouveia e Melo, que ninguém pode criticar (já que não podia usar esse dinheiro para comprar uma (ou parte de uma) fragata ou blindados para os fuzileiros ou 1/3 de um LPD.
- As verbas que antes existiam para substituir ou modernizar fragatas continuam lá (na LPM).
- É impensável que a revisão da LPM que aí vem - daqui a uns meses laaaaargos... - diminua as verbas que lá estavam.
- Só não fazem "alguma coisa" com as fragatas se não quiserem.
- Se, numa outra revisão da LPM que poderá aí vir daqui a 3, 6... anos, diminuirem as verbas para as fragatas, na minha opinião, só poderá ser depois de este navio ser construido e, de alguma forma demonstrar que, de facto, é o navio que vem substituir as fragatas.
- Se isso acontecer, é inconcebível que não esteja, ele próprio, bem armado.
- Sempre foi dito que este primeiro exemplar seria pouco armado (para poder ser considerado um navio científico).
Rogério, pelo que temos visto de pouco interessa o que está na LPM. Se for necessário não se cumpre o que está na LPM; que é o que tem acontecido nas últimas décadas. Há quantos anos é que o NAVPOL e outros meios têm estado nas sucessivas LPMs? As verbas na realidade estão no ministério das finanças que é quem manda se é para gastar dinheiro ou não. E depois mesmo que os projectos andem para a frente podem sempre puxar da cartola o truque das "cativações", que mais uma vez já o fizeram no passado.

Aqui o problema são os governantes e a classe política que não respeitam a LPM e que também são bem capazes de vir com a conversa que com estas plataformas navais e com a utilização de drones já não é necessário investir em novas fragatas e que apenas as duas BD chegam ou que as VDG com um downgrade para meros patrulhas, com o armamento de 100mm substituído por uma metralhadora, são suficientes.

Cumprimentos,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Agosto 22, 2022, 06:35:21 am
Uma Marinha fofinha e Woke, como convém.

Engraçado que mais nenhum país do mundo abdica da sua defesa em nome do holísticismo

Mas como sempre devemos ser os únicos da parada com o passo certo

Agora até já temos direito a publicitário residente

E por aqui me fico para não vomitar logo de manhã

Beijinhos, abraços e votos de mar chão e ventos de boa feição, como os marinhecos gostam

Ah e não se esqueçam do nobel ao Sr Almirante Professor Pardal
Vai ficar bem lá na estante do palácio de Belém, daqui a uns tempos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Agosto 22, 2022, 07:55:17 am
"Emprestadado" do twitter de um amigo

(https://i.postimg.cc/FHMfMTf1/Far8m-7-Xo-AAy-Ty1.jpg)

Em maior tamanho:

(https://i.postimg.cc/nzZXzMGJ/Far8n-U2-Xk-AAXs-EV.jpg)(https://i.postimg.cc/9M8chfx1/Far8noz-Xk-AAR6-Fc.jpg)

Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???

Será ??

CG, O CEMA é fan do modelo crossover, li num artigo que escreveu qq coisa a esse respeito, esperemos que ao menos essa admiração não caia em saco roto, pois a meu ver vai ser a única esperança que restará á marinha fofinha, como possiveis substitutas das VdG.

Como CEMA, não terá tempo, o para ver o " seu Navio FazTudo " Operacional, pois daqui a sensivelmente dois anos será substituido e, a não ser que o futuro CEMA tenha poder, mas mesmo muito poder, para que a marinha venha, num futuro muito próximo, a substituir as VdG, tal o estado operacional a que esta classe chegou, eu não estou a ver nos próximos quinze anos Portugal a ter Fragatas Novas, o que vai deixar a marinha Holistica com apenas duas/três fragatas e os quatro, quando muito serão construídos mais dois NPO no activo, como frota de superficie.

O Zero Naval, em termos de unidades de combate de superficie já foi atingido desde que se optou por nada de relevante ser feito na classe VdG, e não será concerteza com Unidades polivalentes, que de polivalência real como apoio ás unidades de combate, que este futuro modelo possuirá, que este ciclo de afundamento das capacidades de combate da marinha,  se vai inverter.

Apostar a verba que conhecemos, 130 milhões, o custo de dois NPO, numa marinha que nem verba tem para fazer a MNT das LFC, nem verba para duas Marlin sequer conseguiu arranjar para armar dois NPO já vai fazer quatro anos, já para não falar mais afundo numa marinha no seu actual estado em termos de unidades de combate, numa unidade com as caracteristicas que esta tem, é um erro, um ENORME ERRO, que Portugal irá pagar muito caro, mas esse erro deve-se apenas a uma futura situação politica que se adivinha num futuro próximo e que todos bem sabemos qual é !
Seria um erro menor se ao menos se priorizasse, pois já vi que quanto a fragatas não há vontade de as construir, a construção de um par de NPO's MKIII, convirá não esquecer que as duas corvetas estão a dar o peido, melhor equipados e armados, para minimizar a falta de navios de patrulha que temos e poderem em acções de baixa intensidade serem empregues em vez de uma fragata, o que venho defendendo há anos, e então modificar um dos actuais NPO desarmados, NRP SINES ou Setubal, de modo a serem utilizados como este Navio FazTudo.

Deixo apenas duas perguntas :
Que meios de defesa própria, contra misseis/torpedos este futuro meio naval possuirá ?
Não necessitará, quando empregue num TO, nem sei se a construção do dito navio, é uma construção semelhante a um navio de combate ou a um NPO, e, se permitirá utilizá-lo em acções de média intensidade, mas dizia eu, de um navio que lhe dê cobertura AAW/ASW/ASuW ?

Siga a marinha, " FOFINHA ", que se afunda a todo o Vapor !!!

Grande Abraço
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Agosto 22, 2022, 09:26:40 am
"Emprestadado" do twitter de um amigo

(https://i.postimg.cc/FHMfMTf1/Far8m-7-Xo-AAy-Ty1.jpg)

Em maior tamanho:

(https://i.postimg.cc/nzZXzMGJ/Far8n-U2-Xk-AAXs-EV.jpg)(https://i.postimg.cc/9M8chfx1/Far8noz-Xk-AAR6-Fc.jpg)

Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???

Será ??

CG, O CEMA é fan do modelo crossover, li num artigo que escreveu qq coisa a esse respeito, esperemos que ao menos essa admiração não caia em saco roto, pois a meu ver vai ser a única esperança que restará á marinha fofinha, como possiveis substitutas das VdG.

Como CEMA, não terá tempo, o para ver o " seu Navio FazTudo " Operacional, pois daqui a sensivelmente dois anos será substituido e, a não ser que o futuro CEMA tenha poder, mas mesmo muito poder, para que a marinha venha, num futuro muito próximo, a substituir as VdG, tal o estado operacional a que esta classe chegou, eu não estou a ver nos próximos quinze anos Portugal a ter Fragatas Novas, o que vai deixar a marinha Holistica com apenas duas/três fragatas e os quatro, quando muito serão construídos mais dois NPO no activo, como frota de superficie.

O Zero Naval, em termos de unidades de combate de superficie já foi atingido desde que se optou por nada de relevante ser feito na classe VdG, e não será concerteza com Unidades polivalentes, que de polivalência real como apoio ás unidades de combate, que este futuro modelo possuirá, que este ciclo de afundamento das capacidades de combate da marinha,  se vai inverter.

Apostar a verba que conhecemos, 130 milhões, o custo de dois NPO, numa marinha que nem verba tem para fazer a MNT das LFC, nem verba para duas Marlin sequer conseguiu arranjar para armar dois NPO já vai fazer quatro anos, já para não falar mais afundo numa marinha no seu actual estado em termos de unidades de combate, numa unidade com as caracteristicas que esta tem, é um erro, um ENORME ERRO, que Portugal irá pagar muito caro, mas esse erro deve-se apenas a uma futura situação politica que se adivinha num futuro próximo e que todos bem sabemos qual é !
Seria um erro menor se ao menos se priorizasse, pois já vi que quanto a fragatas não há vontade de as construir, a construção de um par de NPO's MKIII, convirá não esquecer que as duas corvetas estão a dar o peido, melhor equipados e armados, para minimizar a falta de navios de patrulha que temos e poderem em acções de baixa intensidade serem empregues em vez de uma fragata, o que venho defendendo há anos, e então modificar um dos actuais NPO desarmados, NRP SINES ou Setubal, de modo a serem utilizados como este Navio FazTudo.

Deixo apenas duas perguntas :
Que meios de defesa própria, contra misseis/torpedos este futuro meio naval possuirá ?
Não necessitará, quando empregue num TO, nem sei se a construção do dito navio, é uma construção semelhante a um navio de combate ou a um NPO, e, se permitirá utilizá-lo em acções de média intensidade, mas dizia eu, de um navio que lhe dê cobertura AAW/ASW/ASuW ?

Siga a marinha, " FOFINHA ", que se afunda a todo o Vapor !!!

Grande Abraço

Quando o próprio CEMA "embarca" nisto...
Os TURCOS possuem um conceito semelhante, mas...atentem as 2 Marinhas....
Cps
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 22, 2022, 09:47:14 am
Agora até já temos direito a publicitário residente

E por aqui me fico para não vomitar logo de manhã

É verdade, e já é feito de forma tão descarada que chega a ser cómico, para não dizer triste. :mrgreen:

Eu gosto é sobretudo da maneira com que tentam começar logo a reorientar ou reformatar a nossa opinião. Devem pensar que a malta nasceu ontem e não os conhece de ginjeira... ::)

Para o fundo e a todo o pano! Viva o holismo do visionário Capitão Iglo!  :G-beer2:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luso em Agosto 22, 2022, 12:49:28 pm
Declínio demográfico e substituição populacional + desmantelamento das Forças Armadas.
Isto é objectivo.

The writing is on the wall.

Quem assobia para o lado é cúmplice com a destruição de Portugal.
E isto também é objectivo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 22, 2022, 07:37:21 pm
A Bimby. Penso que será o nome técnico mais indicado para esse "empreendedorismo" todo que vai transformar a MGP numa agencia de viagens e de actividades lúdicas encobertas de outras coisas.
Qual a real capacidade disso fazer frente a fragatas e submarinos modernos? Zero
Apenas é uma plataforma fofa, holística, para pseudo cientistas e para partilhar com....tantos que estão na fila,até "mercenários" importados a gosto do Pateta e do Palhaço que têm levado este País a um Aterro. Contudo, como Soberania e Dissuasão. Zero
Fazem falta navios complementares em qualquer Marinha, isso nunca se colocou em causa. Mas são complementares de algo, não a base.     
Já agora vendam os submarinos e comprem mais uma meia dúzia desses e convidem os mercenários do costume a guarnecer isso
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Agosto 22, 2022, 09:03:44 pm
A Bimby. Penso que será o nome técnico mais indicado para esse "empreendedorismo" todo que vai transformar a MGP numa agencia de viagens e de actividades lúdicas encobertas de outras coisas.
Qual a real capacidade disso fazer frente a fragatas e submarinos modernos? Zero
Apenas é uma plataforma fofa, holística, para pseudo cientistas e para partilhar com....tantos que estão na fila,até "mercenários" importados a gosto do Pateta e do Palhaço que têm levado este País a um Aterro. Contudo, como Soberania e Dissuasão. Zero
Fazem falta navios complementares em qualquer Marinha, isso nunca se colocou em causa. Mas são complementares de algo, não a base.     
Já agora vendam os submarinos e comprem mais uma meia dúzia desses e convidem os mercenários do costume a guarnecer isso

Deve haver lá poucos desejosos disso deve

Mas mal posso esperar pelo navio fofinho do almirante cientista, a lançar drones pintados de arco íris, pelas mãos delicadas dos unicórnios.

Fragatas? AORs? LPDs? Mas isso interessa para alguma coisa?
Mais uma vez daremos uma lição ao mundo, já estou a ver as mais poderosas marinhas do mundo a mandarem para a sucata os seus meios combatentes, investindo em plataformas navais multifuncionais ao mesmo tempo que dão as mãos e cantam o kumbaya!!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Agosto 22, 2022, 09:10:54 pm
Agora até já temos direito a publicitário residente

E por aqui me fico para não vomitar logo de manhã

É verdade, e já é feito de forma tão descarada que chega a ser cómico, para não dizer triste. :mrgreen:

Eu gosto é sobretudo da maneira com que tentam começar logo a reorientar ou reformatar a nossa opinião. Devem pensar que a malta nasceu ontem e não os conhece de ginjeira... ::)

Para o fundo e a todo o pano! Viva o holismo do visionário Capitão Iglo!  :G-beer2:


  « Pê.. Éne … Éme »
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Agosto 24, 2022, 12:59:22 pm
(https://i.ibb.co/ngdGZCr/FB-IMG-16613422728870581.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 25, 2022, 07:43:44 pm
(https://i.ibb.co/ngdGZCr/FB-IMG-16613422728870581.jpg)

Com uns drones do aparente modelo zugango. Que é do que precisam muitos por cá.

Estão a ridicularizar o País em toda a linha, desde as de sempre negociatas do MNE(desde sempre vassalos dos manos), à presidência do crer em tudo que dá jeito na hora e correr para almoçar com criminosos, banhos em Copacabana, ou danças exóticas com os do costume.
Um governo cheio de casos de difícil resolução psiquiátrica, com declarações como:
Não comer bacalhau com natas no verão para evitar entupir Hospitais.
Os Portugueses devem fazer um esforço para não ficar doentes no verão.
A área ardida estimada para este verão era para ser 30% maior.

Mas no passado recente não faltam observações e declarações nesta linha alucinante de figuras do topo deste aterro em que transformaram o País
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PereiraMarques em Agosto 26, 2022, 02:30:14 pm
(https://i.ibb.co/dWffFrs/301473856-5353891228064412-3959691312127901054-n.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 26, 2022, 07:40:01 pm
(https://i.ibb.co/dWffFrs/301473856-5353891228064412-3959691312127901054-n.jpg)

Se calhar o NRP Bimby tem capacidade logística de carga de líquidos e sólidos nunca vista. Deve dar para acampar frente ao Mussulo numas 3 semanas de rave   
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Agosto 26, 2022, 10:10:54 pm
Pelo menos o MPLA venceu, muitos cruzeiros em perspectiva
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 26, 2022, 10:48:28 pm
Pelo menos o MPLA venceu, muitos cruzeiros em perspectiva

Manter as ligações "fraternas" e "bilaterais" que levaram estes anos todos à lavagem de milhares de milhões e parcerias muito especificas e de universo restrito.
Do tipo, o contribuinte paga gastos de milhares deles em formação académica civil e militar por cá e outros orientam a vidinha.
O contribuinte incha com os impostos para benefícios de outros.
O Estado arca com dividas às empresas nacionais sobre trabalhos por lá não pagos.
Ou se oferece-se milhões em equipamentos médicos e cá a maralha está 18 horas nas urgências e morrem nos partos, porque o Pateta dançarino e tomador de banhos acha que são sempre casos pontuais, ou "vai mandar investigar".
Também podemos acrescentar, mandar navios despidos a fazer figurinhas, mas não falta para gastos a promover as tais "bilateralidades"  e protocolos onde muitos pagam e alguns ganham.

Que a classe podre politica o faça é apanágio deles, agora que "outros" alinhem
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Agosto 27, 2022, 09:30:04 am
Pelo menos o MPLA venceu, muitos cruzeiros em perspectiva

Manter as ligações "fraternas" e "bilaterais" que levaram estes anos todos à lavagem de milhares de milhões e parcerias muito especificas e de universo restrito.
Do tipo, o contribuinte paga gastos de milhares deles em formação académica civil e militar por cá e outros orientam a vidinha.
O contribuinte incha com os impostos para benefícios de outros.
O Estado arca com dividas às empresas nacionais sobre trabalhos por lá não pagos.
Ou se oferece-se milhões em equipamentos médicos e cá a maralha está 18 horas nas urgências e morrem nos partos, porque o Pateta dançarino e tomador de banhos acha que são sempre casos pontuais, ou "vai mandar investigar".
Também podemos acrescentar, mandar navios despidos a fazer figurinhas, mas não falta para gastos a promover as tais "bilateralidades"  e protocolos onde muitos pagam e alguns ganham.

Que a classe podre politica o faça é apanágio deles, agora que "outros" alinhem

Quando tens um povo maioritariamente ignorante e imbecil, não se pode esperar muito.

Aliás ainda em janeiro deram maioria absoluta a estes coveiros, e seis meses depois estamos em colapso total.

O pior é que se hoje houvessem eleições ganhavam outra vez.

Mas basta aumentar os reformados em 10€ (para a seguir lhes tirar 100€), que os patetas vão todos contentes lá pôr a cruzinha.

Desculpem o desabafo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 27, 2022, 10:01:40 am
Segundo afirma o Naval Zero, isto andará actualmente a circular na intranet da Marinha. :mrgreen:  :rir:

(https://i.postimg.cc/gjHdFyG0/301589431-635015577964365-8746418855804474723-n.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 27, 2022, 10:49:30 am
Segundo afirma o Naval Zero, isto andará actualmente a circular na intranet da Marinha. :mrgreen:  :rir:

(https://i.postimg.cc/gjHdFyG0/301589431-635015577964365-8746418855804474723-n.jpg)

Acho que depois vai sempre em missão escoltado por um dos NPO cego e desarmado com  complexidade de fragata
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Agosto 27, 2022, 11:59:41 am
Segundo afirma o Naval Zero, isto andará actualmente a circular na intranet da Marinha. :mrgreen:  :rir:

Os marinheiros sempre foram uns amotinados  :mrgreen:.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 28, 2022, 10:45:20 pm
Anos atrás era a grande noticia de mais 6 NPO.
Depois que os supostos NPO 3 série seriam mais capazes de outras missões.
Agora a Bimby naval, que com 150 milhões resolve tudo e projecta a Marinha para níveis extraordinários.
Não sei é infantilidade ou mesmo aquele síndroma mental grave, como o "não comam bacalhau com natas no verão" ou "os portugueses devem fazer um esforço para não adoecer no verão".
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Miguel em Agosto 30, 2022, 10:58:23 am
(https://i.ibb.co/ngdGZCr/FB-IMG-16613422728870581.jpg)

P44 anos atraz quando eu dizia algumas verdades o pessoal gozava...

Agora pode se ver que tinha visto certo...(infelizmente)

Os Drones no Navio Gouveia tem um desenho muito particular :G-beer2: nao sei se vistes :mrgreen: so faltas ums pelos por cima da parte detraz
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Agosto 31, 2022, 03:12:01 pm
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Agosto 31, 2022, 10:24:26 pm
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)


Vou só rir, mas aquele riso amarelo, pela desgraça que está e se avizinha.

É só projectos e GT
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 01, 2022, 06:39:11 am
Vão meter a plantaforma no meio da serra da estrela? :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 01, 2022, 12:55:18 pm
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)

Acho que o ACADO está entusiasmado demais, o que é compreensível tal é a miséria que se vive por cá.

Os helis ainda nem chegaram, não se sabe sequer se este modelo agora contratado poderá ser eventualmente embarcado, por isso calma! Ainda é cedo para aumentar (ainda) mais a Bimby naval e transformá-la num porta-helicópteros.  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Setembro 01, 2022, 02:34:54 pm
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)

Acho que o ACADO está entusiasmado demais, o que é compreensível tal é a miséria que se vive por cá.

Os helis ainda nem chegaram, não se sabe sequer se este modelo agora contratado poderá ser eventualmente embarcado, por isso calma! Ainda é cedo para aumentar (ainda) mais a Bimby naval e transformá-la num porta-helicópteros.  ::)

Mais do que isto era colocar-lhe capacidade AOR nem que fosse como o Siroco e um espaço Ro-Ro. Assim podia ser que tivéssemos navio...  ;)


(https://www.seaforces.org/marint/French-Navy/Amphibious-Ship/L-9012_DAT/L9012-Siroco-08.jpg)

(https://media.defense.gov/1998/Aug/26/2002017306/1088/820/0/219694-V-JWV52-449.jpg)

Saudações
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Setembro 01, 2022, 02:45:06 pm
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)

Acho que o ACADO está entusiasmado demais, o que é compreensível tal é a miséria que se vive por cá.

Os helis ainda nem chegaram, não se sabe sequer se este modelo agora contratado poderá ser eventualmente embarcado, por isso calma! Ainda é cedo para aumentar (ainda) mais a Bimby naval e transformá-la num porta-helicópteros.  ::)

Mais do que isto era colocar-lhe capacidade AOR nem que fosse como o Siroco e um espaço Ro-Ro. Assim podia ser que tivéssemos navio...  ;)


(https://www.seaforces.org/marint/French-Navy/Amphibious-Ship/L-9012_DAT/L9012-Siroco-08.jpg)

(https://media.defense.gov/1998/Aug/26/2002017306/1088/820/0/219694-V-JWV52-449.jpg)

Saudações

Aqui conseguem ver o grau de "loucura" de quem decide...
Se em 2015, já houvesse UH-60 a operar, o Sirocco já servia, pois a desculpa era que não aguentava com o EH-101.
CPS
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Setembro 01, 2022, 02:57:33 pm
Deixem o nosso projecto de um navio cientifico / hidrográfico, pago em grande parte pela UE, em paz... não há necessidade.  ;)   
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Setembro 01, 2022, 03:06:15 pm
Este também foi pago quase na totalidade pela UE e não é científico/Hidrográfico...  ::)

(https://static.globalnoticias.pt/jn/image.jpg?brand=JN&type=generate&guid=074d58b7-5403-4f8c-a306-0ec34543feb2)

Saudações  :-P
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Setembro 01, 2022, 03:18:53 pm
Esse não é da Marinha e a UE ainda resiste a pagar navios para a ela... mas, quando pagar, é que vai ser - descobrimos logo que ter Forças Armadas não é um capricho e que não são necessárias.   :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Setembro 01, 2022, 04:07:22 pm
Nunca percebi porque. Afinal a GNR é uma força militar segundo os estatutos.  Alguém que diga isso a UE. :mrgreen: :-P

Citar
A Guarda Nacional Republicana (GNR) é uma força de segurança de natureza militar, constituída por militares organizados num corpo especial de tropas e dotada de autonomia administrativa, com jurisdição em todo o território nacional e no mar territorial.

https://eportugal.gov.pt/entidades/guarda-nacional-republicana (https://eportugal.gov.pt/entidades/guarda-nacional-republicana)

Saudações

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Setembro 01, 2022, 04:45:06 pm
Se em 2015, já houvesse UH-60 a operar, o Sirocco já servia, pois a desculpa era que não aguentava com o EH-101.
CPS

Também não havia supostamente limitação em transportar Leopard 2?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 01, 2022, 08:37:59 pm
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)

Acho que o ACADO está entusiasmado demais, o que é compreensível tal é a miséria que se vive por cá.

Os helis ainda nem chegaram, não se sabe sequer se este modelo agora contratado poderá ser eventualmente embarcado, por isso calma! Ainda é cedo para aumentar (ainda) mais a Bimby naval e transformá-la num porta-helicópteros.  ::)

O projecto ainda não está concluído.
Aguarda a chegada dos tucas para fazer testes a levantar no convés com rampa.

Escoltado com uns NPO com contentores e é uma verdadeira força expedicionária para África  ;D
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: wyldething em Setembro 02, 2022, 10:48:45 am
Segundo a Marinha, o PNM "não tem requisitos militares e não é armado. As suas principais funções são a monitorização ambiental, nomeadamente, no combate à poluição marítima, a fiscalização da pesca, a preservação dos recursos, o desenvolvimento do conhecimento e da investigação no âmbito hidrográfico e científico"

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/A-inovacao-que-a-plataforma-naval-multiproposito-traz-a-Portugal.aspx?fbclid=IwAR266UeSxQBYiS_QNCVt8Ca2NCSbwQs2r0j1JQsdpFcDeLP6vcuDTlUl8dk (https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/A-inovacao-que-a-plataforma-naval-multiproposito-traz-a-Portugal.aspx?fbclid=IwAR266UeSxQBYiS_QNCVt8Ca2NCSbwQs2r0j1JQsdpFcDeLP6vcuDTlUl8dk)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Setembro 02, 2022, 11:00:34 am
Escoltado com uns NPO com contentores e é uma verdadeira força expedicionária para África  ;D

Fica a parece um Battle Group da 2a Guerra Mundial 70 anos depois  ;D.

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 02, 2022, 12:58:01 pm
Se tem um hangar para um helicoptero não pode ser um porta-helicópteros.
No máximo pode ser um porta-helicóptero.

Hahahahahahaha!!! Era para rir desse seu preciosismo, não era? :mrgreen:

Acho engraçado haver quem queira deambular em fait divers de modo a desviar as atenções da tentativa em curso de transformar a Bimby naval no LPD. Há sempre alguém encarregue disso a tempo inteiro aqui no FD, um verdadeiro oficial de dia diria mesmo. ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Setembro 02, 2022, 02:08:13 pm
Se tem um hangar para um helicoptero não pode ser um porta-helicópteros.
No máximo pode ser um porta-helicóptero.

Hahahahahahaha!!! Era para rir desse seu preciosismo, não era? :mrgreen:

Acho engraçado haver quem queira deambular em fait divers de modo a desviar as atenções da tentativa em curso de transformar a Bimby naval no LPD. Há sempre alguém encarregue disso a tempo inteiro aqui no FD, um verdadeiro oficial de dia diria mesmo. ::)

Assim sendo, a Marinha já possui três Porta-helicópteros, será que o Almirantado sabia ?
Muito bom !!!

Este FD cada vez possui mais especialistas, iluminados e multifacetados, botam faladura na Aviação e na Marinha como se o que proferem fosse fruto de experiência e formação, o que eu tenho aprendido ultimamente com alguns foristas deita por terra decadas de formação e desempenho profissional.
Afinal aprendi com quem nada sabia !

Muito obrigado por partilharem esses vastos conhecimentos técnicos.

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 02, 2022, 08:26:21 pm
Segundo a Marinha, o PNM "não tem requisitos militares e não é armado. As suas principais funções são a monitorização ambiental, nomeadamente, no combate à poluição marítima, a fiscalização da pesca, a preservação dos recursos, o desenvolvimento do conhecimento e da investigação no âmbito hidrográfico e científico"

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/A-inovacao-que-a-plataforma-naval-multiproposito-traz-a-Portugal.aspx?fbclid=IwAR266UeSxQBYiS_QNCVt8Ca2NCSbwQs2r0j1JQsdpFcDeLP6vcuDTlUl8dk (https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/A-inovacao-que-a-plataforma-naval-multiproposito-traz-a-Portugal.aspx?fbclid=IwAR266UeSxQBYiS_QNCVt8Ca2NCSbwQs2r0j1JQsdpFcDeLP6vcuDTlUl8dk)

Então esse navio quase civil é a grande inovação e transformação da Força Naval da Marinha de Guerra?
Andam os bonecos a  fazer publicidade  a um navio hidrográfico porta lambretas voadoras, com a complexidade virtual de um  "cruzador de batalha porta helicópteros", que vem tornar a Marinha altamente dissuasora e soberana.
Agora falando de coisas sérias. E Fragatas, não?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Setembro 03, 2022, 04:34:47 am
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)

Com a compra dos Blackhawks pela Força Aérea começa cada vez a fazer mais sentido esse esquema.

(https://scontent.flis8-2.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/304785063_655921349428683_9055375155637526686_n.jpg?_nc_cat=102&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=j4c3MVp8mgQAX84PCxh&_nc_ht=scontent.flis8-2.fna&oh=00_AT9AtdQ_cuEqU85hL9Bgrgk3gTdbqXbBcMJMVxSuOwsT5Q&oe=63178561)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 03, 2022, 09:05:54 am
Segundo o ACADO

(https://scontent.flis10-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/301997017_654303189590499_5492763670565833718_n.jpg?_nc_cat=108&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=Nbjue_7h2D8AX__nlnB&_nc_ht=scontent.flis10-1.fna&oh=00_AT-WpkVnwldhHLi_O6XgwDVJh-G0VjCWQM-TnxDCHnjc8Q&oe=6314B2B4)

Com a compra dos Blackhawks pela Força Aérea começa cada vez a fazer mais sentido esse esquema.

(https://scontent.flis8-2.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/304785063_655921349428683_9055375155637526686_n.jpg?_nc_cat=102&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=j4c3MVp8mgQAX84PCxh&_nc_ht=scontent.flis8-2.fna&oh=00_AT9AtdQ_cuEqU85hL9Bgrgk3gTdbqXbBcMJMVxSuOwsT5Q&oe=63178561)

Está decidido que vai comprar Blackhawks?
Se calhar depois dos apaga fogos, faz sentido por uma questão de conhecimento técnico e alguma logística comum, mas vamos ver.

Já se sabe se afinal cabem no KC?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Observador em Setembro 04, 2022, 06:07:59 am
Citar
Navio de 100 metros que o PRR paga 95 milhões de euros servirá para investigação e observação científica, ambiental e combate à poluição.
https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/bazuca-paga-navio-cientifico-da-marinha?ref=HP_PrimeirosDestaques (https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/bazuca-paga-navio-cientifico-da-marinha?ref=HP_PrimeirosDestaques)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Setembro 04, 2022, 08:13:29 am
Só falta o exército também se orientar com o dinheiro da basooka  :mrgreen:.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 04, 2022, 09:07:35 am
Citar
Navio de 100 metros que o PRR paga 95 milhões de euros servirá para investigação e observação científica, ambiental e combate à poluição.
https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/bazuca-paga-navio-cientifico-da-marinha?ref=HP_PrimeirosDestaques (https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/bazuca-paga-navio-cientifico-da-marinha?ref=HP_PrimeirosDestaques)

Afinal é só mesmo um navio civil cientifico com uns drones científicos da ogassa(tem de ter vários por causa das avarias)
Crossover, fragatas, etc, nada se sabe do GT em função
Estão em reflexão profunda
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 04, 2022, 09:56:54 am
Citar
Navio de 100 metros que o PRR paga 95 milhões de euros servirá para investigação e observação científica, ambiental e combate à poluição.
https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/bazuca-paga-navio-cientifico-da-marinha?ref=HP_PrimeirosDestaques (https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/bazuca-paga-navio-cientifico-da-marinha?ref=HP_PrimeirosDestaques)

Afinal é só mesmo um navio civil cientifico com uns drones científicos da ogassa(tem de ter vários por causa das avarias)
Crossover, fragatas, etc, nada se sabe do GT em função
Estão em reflexão profunda

Esta notícia de hoje no CM, ou pelo menos a parte que se consegue ler, é extremamente positiva no sentido de ser aparentemente um valente balde de água gelada em cima daqueles que começaram logo a embandeirar em arco e a promover o PNM a LPD, e os Blackhawk de combate a incêndios e MEDEVAC a helis para missões militares. É um mal do qual o próprio CEMA parece igualmente padecer pois, desta forma, o que acontecerá agora ao seu porta-drones capaz de transportar mais de 50 drones armados, "aptos para fazer vigilância e defesa, com capacidade de deteção, intersecção e ataque", quando se tratará afinal de um navio sem requisitos militares?  ::)

A sério, estas me***s não se inventam. :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 04, 2022, 11:07:47 am
Bom mesmo era que a componente "civil não combatente " tão do agrado de turistas empregados na Marinha, não fosse a principal a ser visada como está a ser, perante a "força operacional" de duas fragatas obsoletas e outras duas com mluzinho tardio e fraquinho, que julgam dar até 2035. Nem agora estão bem, mas contudo o que se fala, ainda assim só conversa, é de NPO desarmados e um plataforma cientifica.
Nada contra a plataforma, onde decerto estudantes e professores universitários podem embarcar interagindo com técnicos militares e dar um contributo, já que de militar esse navio tem duas lanchas supostamente de proteção. Mas a Marinha de Guerra é o quê afinal? Uma agencia de turismo?
Não fossem os dois mal afamados submarinos, seria mesmo isso. Nem com os dois NPO 2ª série ao fim de 4 anos acham bem cumprir o planeado, porque para carga e turismo serve assim
 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 04, 2022, 11:55:09 am
O Roger Jato anda amargo  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 04, 2022, 02:12:26 pm
O PNM gera sempre tanta controvérsia, nem sei para quê. Certo que a Marinha também tem culpa disso, que tentou tornar um hidrográfico com capacidades acrescidas, num super-porta-drones todo XPTO sem necessidade.

Seja como for, navio com cerca de 100 metros, por um valor de 100 a 130 milhões de euros, nunca seria militar. Um simples LPD feito no Ocidente, custa acima dos 200 milhões, em França e Itália AORs custam 400, é mais que óbvio que com 100 e poucos milhões, não se faz grande coisa.

Que se mantenha o PNM um "super hidrográfico" que substitua os 4 em serviço de uma assentada, com poupanças óbvias na despesa da manutenção e na redução das guarnições necessárias. Que o navio tenha um convés de voo, simples ou corrido, mas que se aceite que na prática será para testar/certificar drones, ou a ocasional operação de um helicóptero tripulado. Que tenha alguma capacidade logística, mas sem ilusões (capacidade que hoje em dia até fragatas modernas têm).

Já os drones, se o CEMA quer drones armados na Marinha, o que faz sentido ter, então que se deixem de invenções, e comprem logo uns Camcopter S100 armados com LMM. Cada fragata consegue levar tranquilamente 1 ou 2 deles, nem é preciso porta-drones dedicado para isso.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 04, 2022, 03:08:56 pm
Já repararam nisto:

Antes de ser aprovado o projecto da Plataforma, o que aconteceu?

Resposta
Uma campanha de entrevistas do G&M a divulgar a coisa e um esforço do governo em colocá-lo onde está.

O que é que a Marinheca (expressão vossa) está a fazer para educar o povo da importância de LPDs e fragatas?

Sugiro colocar o P44 no papel de chefe dessa comunicação.

É que, por este caminho, vão ter fragatas e LPDs...

... nos guizos.   ;D

Oh amigo eu só lamento que lá para a rua do arsenal não se indignem tanto com a falta de meios combatentes como se indignam connosco, meia dúzia de borra botas, aqui no FD.

Beijinhos, votos de mar chão e ventos de feição, e não se cansem muito a planear cruzeiros    :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 04, 2022, 03:36:17 pm
A questão é mesmo a de que, alguns esclarecidos e avançadíssimos intelectuais militares e afins, conseguem  dizer que uma merd@ banal é uma coisa extraordinária e andar a vende-la como tal, a toda a agente.
É a típica "banha da cobra". A dos NPO terem a complexidade de fragatas, embora nem Patrulhas Oceânicos a sério sejam.
O Porta Drones, conhecido por Bimby dos Mares, capaz de proezas inalcançáveis por navios de outras Marinhas, é afinal um Navio hidrográfico com plataforma de pouco aumentada, para operarem uns drones caseiros (trotinetes aéreas)e um ou dois helicópteros, que a Marinha poderá vir a ter.
Onde é que esse mega navio faz tudo nos leva em relação a necessidade de Soberania no nosso imenso Mar e desejado maior, e outras necessidades de compromissos?
A montanha pare um rato e é mais folclore do costume, tocado pelos bonecos do costume. Agradecem os empregados das viagens marítimas.
Decerto será comandado por um Almirante, secundado por uns dois ou três Comodoros distribuídos pelas valências diversas(componente aérea, robótica, cientifica, etc, tal a magnitude do objecto 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Setembro 04, 2022, 06:25:45 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Setembro 04, 2022, 06:28:05 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

Os BH ,serão para os fogos, não para andar "nisso".
CPS
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 04, 2022, 06:32:03 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

Também lá está o "predador", e não quer dizer nada. é como a publicidade aqueles hotéis com piscina com uma jeitosa de bikini. É só para decorar, não está incluída  ;D

De qualquer maneira os 150 milhões parece darem para muito aqui
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Setembro 04, 2022, 06:37:25 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

não sei se o aço ficou mais barato, mas o navio já ficou mais comprido.

Primeira aproximação

(https://i.postimg.cc/TYLkGRcQ/FTxd-CTJXs-AAkpoz.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lancero em Setembro 04, 2022, 07:06:06 pm
Nunca percebi porque. Afinal a GNR é uma força militar segundo os estatutos.  Alguém que diga isso a UE. :mrgreen: :-P

Citar
A Guarda Nacional Republicana (GNR) é uma força de segurança de natureza militar, constituída por militares organizados num corpo especial de tropas e dotada de autonomia administrativa, com jurisdição em todo o território nacional e no mar territorial.

https://eportugal.gov.pt/entidades/guarda-nacional-republicana (https://eportugal.gov.pt/entidades/guarda-nacional-republicana)

Saudações

Que conseguiu verbas num fundo europeu dedicado a forças de segurança , ao qual a Marinha não é elegível mas por exemplo a autoridade marítima já é…
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 04, 2022, 07:51:46 pm
A respeito de desenhos e  maquetes é só fazer. Até nisso mostram que nem têm ideia do que querem fazer.
Acho que queriam, ou querem, é substituir as fragatas VdG por dois desses e então andam a balouçar em ideias.

Assim podiam albergar mais empregados de vocação turística, restando depois substituir as 2 BD por duas ou três fragatas para compromissos e coisas a sério.
Nem os Crossover metem na cabeça, que dariam a capacidade mista de logística e de Soberania tão necessária. Têm muitos misseis e coisas dessas
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Setembro 04, 2022, 09:21:43 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

Os BH ,serão para os fogos, não para andar "nisso".
CPS

E se houver fogos nas ilhas? Ou nos PALOP?  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 04, 2022, 10:05:54 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

Os BH ,serão para os fogos, não para andar "nisso".
CPS

E se houver fogos nas ilhas? Ou nos PALOP?  :mrgreen:

Nos palop é que é o busílis. Sendo esses a maior preocupação do Pateta mór e do outro dançarino, até podem considerar embarcar mais que dois AH.

Nunca foi este País tão envergonhado e submisso
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Setembro 04, 2022, 11:18:44 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

não sei se o aço ficou mais barato, mas o navio já ficou mais comprido.

Primeira aproximação

(https://i.postimg.cc/TYLkGRcQ/FTxd-CTJXs-AAkpoz.jpg)

Facebook da Marinha
https://www.facebook.com/100064422920281/posts/451789633645130/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Setembro 04, 2022, 11:23:37 pm
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

Os BH ,serão para os fogos, não para andar "nisso".
CPS

E se houver fogos nas ilhas? Ou nos PALOP?  :mrgreen:

Nas palavras da Marinha: "Cumulativamente, este navio servirá para o eventual transporte e evacuação de cidadãos, em caso de necessidade."
Acha que o Helis lá por virem para apagar fogos já não conseguem ajudar neste tipo de missão?!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Setembro 05, 2022, 02:35:22 am
Pois, tal como os Lynx da Marinha podem operar a partir do deck dos NPO… not.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Setembro 05, 2022, 07:18:23 am
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

não sei se o aço ficou mais barato, mas o navio já ficou mais comprido.

Primeira aproximação

(https://i.postimg.cc/TYLkGRcQ/FTxd-CTJXs-AAkpoz.jpg)

Facebook da Marinha
https://www.facebook.com/100064422920281/posts/451789633645130/

Nunca vi a marinha com tanta necessidade de explicar uma “coisa”

Com tanto  comunicado e explicação eu diria que a esta hora já há umas @Ana Gomes a tentar boicotar-lhes o navio de cruzeiros.

Tirem os 3 decks superiores a este e tem  a vossa  “PNM “

(https://i.ibb.co/HX3mQSv/7339-F6-DF-F7-C2-4-DD8-A309-15655-BA1-A227.jpg)

É mais ou menos isto.
Um navio civil,  ecológico e amigo do ambiente, com propulsão silenciosa para não espantar os peixinhos, com posicionamento dinâmico para não precisar de âncora para fundear para não estragar os recifes de coral.  E com montes de espaço para fazer viagens aos PALOP.


Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Setembro 05, 2022, 08:16:38 am
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

não sei se o aço ficou mais barato, mas o navio já ficou mais comprido.

Primeira aproximação

(https://i.postimg.cc/TYLkGRcQ/FTxd-CTJXs-AAkpoz.jpg)

Facebook da Marinha
https://www.facebook.com/100064422920281/posts/451789633645130/

Nunca vi a marinha com tanta necessidade de explicar uma “coisa”

Com tanto  comunicado e explicação eu diria que a esta hora já há umas @Ana Gomes a tentar boicotar-lhes o navio de cruzeiros.

Tirem os 3 decks superiores a este e tem  a vossa  “PNM “

(https://i.ibb.co/HX3mQSv/7339-F6-DF-F7-C2-4-DD8-A309-15655-BA1-A227.jpg)

É mais ou menos isto.
Um navio civil,  ecológico e amigo do ambiente, com propulsão silenciosa para não espantar os peixinhos, com posicionamento dinâmico para não precisar de âncora para fundear para não estragar os recifes de coral.  E com montes de espaço para fazer viagens aos PALOP.

ICE o mal não é a Marinha explicar a razão de ser da tal embarcação o mal é a Marinha estar no estado em que está  relativamente ao estado e numero de Navios combatentes e de Patrulha, e, nesta última vertente ter sido assinado contrato para construção de mais seis NPO a um custo unitário de 65 milhões, que tanta falta fazem na patrulha oceânica, basta ver que as Corvetas que ainda navegam estão uns cacos, e as duas tem guarnições que dão quase para quatro NPO, e dar-se primazia a uma embarcação que segundo os responsáveis tudo fará, mas, sem nunca ter sido testada nessas tão amplas capacidades.

Além disso aqui no forum, houve uns quantos COMENTÁRIOS que transformaram a dita Plataforma, a tal inventada cá, só mesmo para rir, num qual mini NPL que até já embarcava três UH60.

Os rapazes da Marinha sentiram necessidade de clarificar as reais capacidades e as missões a que se destina tal PNM.

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Setembro 05, 2022, 09:16:14 am
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

Você é demasiado tático, acima das vontades de alguns que por lá andam...
Como diz o Pescador..


Os BH ,serão para os fogos, não para andar "nisso".
CPS

E se houver fogos nas ilhas? Ou nos PALOP?  :mrgreen:

Nas palavras da Marinha: "Cumulativamente, este navio servirá para o eventual transporte e evacuação de cidadãos, em caso de necessidade."
Acha que o Helis lá por virem para apagar fogos já não conseguem ajudar neste tipo de missão?!!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Setembro 05, 2022, 03:20:02 pm
“Arrestamento”?  :conf: Isso é português? O que eu sei é que há para aí alguns que precisavam do cabresto mais apertado. Não sei é se tem a ver com helicópteros navais.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Setembro 05, 2022, 03:28:07 pm
“Arrestamento”?  :conf: Isso é português? O que eu sei é que há para aí alguns que precisavam do cabresto mais apertado. Não sei é se tem a ver com helicópteros navais.

NVF, já me fartei de rir, com o arrestamento. :mrgreen:
Ser é, não tem é nada a ver com o contexto.
Será que tem a ver com falta de pagamentos e vai daí arrestam o heli ?
Sempre a aprender, NVF, sempre a aprender.
Mas gostei mais da piça, perdão, da pinça. :mrgreen:

Quanto ao " arrestamento e pinça ", junto alguma info " técnica ", para alguém aprender.

https://heligrid.com/pt/#our-companies

Abraços
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: tenente em Setembro 05, 2022, 03:45:14 pm
Uma pergunta para os técnicos:
E para agradar á maioria vou referir-me á PNM como a "merd@".

Aqui vai:

Para um helicóptero aterrar na merd@, acham que é necessário um sistema de arrestamento (grelha com pinça) como têm as mer... desculpem... as fragatas?

Obrigado.  :o

Para aprender-mos temos de ser humildes meu caro.
Reflita um pouco sobre esta frase.

Cumprimentos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: PTWolf em Setembro 05, 2022, 04:16:45 pm
A PNM é e será uma mais valia para a marinha e sobretudo uma boa forma de adquirir um novo navio através de fundos comunitários.
Penso que o problema não está no valor da plataforma mas sim no facto de não colmatar outras necessidades da Marinha Portuguesa, a que se junta o facto de se ter tentado "vender" gato por lebre, dando a entender que  plataforma seria algo que na verdade não é.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Setembro 05, 2022, 05:52:39 pm
Uma pergunta para os técnicos:
E para agradar á maioria vou referir-me á PNM como a "merd@".

Aqui vai:

Para um helicóptero aterrar na merd@, acham que é necessário um sistema de arrestamento (grelha com pinça) como têm as mer... desculpem... as fragatas?

Obrigado.  :o

Você devia saber que um navio De uma marinha de guerra ( NATO ) tem   que seguir os padrões STANG

Se não for ha dezen
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 05, 2022, 08:20:33 pm
A PNM é e será uma mais valia para a marinha e sobretudo uma boa forma de adquirir um novo navio através de fundos comunitários.
Penso que o problema não está no valor da plataforma mas sim no facto de não colmatar outras necessidades da Marinha Portuguesa, a que se junta o facto de se ter tentado "vender" gato por lebre, dando a entender que  plataforma seria algo que na verdade não é.

É essa a grande questão que se tem colocado.
Nada contra um navio hidrográfico moderno e de valências mais alargadas e capazes que os anteriores. A questão é a Mentira, ou Burla, a banha da cobra, como é "vendido" esse navio a todos. Como se fosse colmatar tudo aquilo que faz falta urgente e parece não só ser atirado para depois, como desvalorizada a sua necessidade imperiosa.
Fazer desta Bimby dos Mares, um colosso naval de tais capacidades como se fosse colmatar a graves falhas existentes no espectro operacional.
Mas decerto que para turistas e empregados diversos da Marinha, é uma maravilha e venha só deste e NPOs de carga
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lancero em Setembro 06, 2022, 11:32:09 am
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)

Com a vinda dos Black Hawks para a FAP, já começam a surgir novos desenhos na Internet...

Os BH ,serão para os fogos, não para andar "nisso".
CPS

E se houver fogos nas ilhas? Ou nos PALOP?  :mrgreen:

Nas palavras da Marinha: "Cumulativamente, este navio servirá para o eventual transporte e evacuação de cidadãos, em caso de necessidade."
Acha que o Helis lá por virem para apagar fogos já não conseguem ajudar neste tipo de missão?!!

Se vierem preparados para 'sobreviver' a ambiente marítimo, que desgasta tudo e mais alguma coisa. E se tiverem pontos de fixação. E se...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Setembro 06, 2022, 11:56:06 am
Os Puma do exército francês são amarrados ao deck por cabos.

(https://cdn.jetphotos.com/full/2/44719_1050910669.jpg)

Por isso se os Black Hawk se puderem fixar assim ao navio, é possível, mesmo não tendo nenhum sistema específico com pinças e grelhas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luso em Setembro 06, 2022, 12:07:29 pm
Esta coisa da pataforma faz-em lembrar algumas chico-espertices feitas nas câmaras que forçam nomes ou conceitos a coisas com destino claro. Por exemplo, uns paços de concelho construídos oficialmente como "centros culturais" de forma a haver enquadramento para candidaturas a fundos comunitários.
Será este projecto uma coisa destas?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 06, 2022, 03:44:21 pm
Até já anda a tomar notas dos agradecimentos

Sim senhor, um trabalho de patrulhamento bem feito, à medida de um NPO 

Já agora avise os seus congéneres belgas que não percebem nada de Marinhas, desistam das fragatas e adoptem navios fofinhos cor de rosa lançadores de unicórnios e arco íris

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/09/the-star-plan-new-capabilities-in-sight-for-the-belgian-navy/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 06, 2022, 04:29:56 pm
1-  A marinha não tentou convencer ninguém de nada.
Quem definiu as características da PNM fez-o mantendo-se dentro dos parametros do PRR e ao mesmo tempo criando algo que serve de protótipo para o "navio combatente do futuro" que o G&M definiu no seu tratado sobre a Marinheca (gostam?) do futuro.
Quém diria que a CE ia aprovar?

2- Quanto a Camcopters com mini-mísseis...
Eu diria antes TEKEVERs "grandes" a fazer loiter a 100 km da PNM, equipados com radares SAR a dirigirem mísseis lançados de drones de superfície que estão a 50km da Platafor... desculpem... futura fragata.

Cumps.

Tentou, e não é caso único por cá. Temos o caso dos NPO com complexidade de fragata, do campo de golfe servir para treinar uma nova modalidade, as BD modernizadas serem fragatas de alta intensidade... até na FAP, o KC-390 ser uma aeronave de transporte estratégico, ou numa perspectiva mais generalizada, Portugal estar preparado para um eventual conflito. O que não faltam são tentativas de convencer as pessoas, seja terceiros, seja os próprios.

Quando à aprovação do projecto, foi aprovado pura e simplesmente na medida em que é um navio civil, que responde a determinados parâmetros. O resto é resto, e até qualquer derrape financeiro, devemos ser nós a pagar.

Já o navio ser um protótipo do futuro navio combatente, não faz qualquer sentido. O desafio para se fazer um navio porta-drones, não é o navio, são os drones mesmo e a capacidade de coordenar a sua operação. Navios com essa capacidade já existem, um qualquer LHD (como o Anadolu turco) já apresentam as características necessárias para tal. O nosso "protótipo" apenas tentará reinventar a roda, sem razão nenhuma.
Acho que ganhavam muito mais em aceitar o navio como uma plataforma hidrográfica e que potencia o teste/uso de drones, e a operação de helicópteros (nomeadamente para abastecimento no mar), e deixar a parte da "guerra", para aquilo que já está testado e comprovado. Se o futuro (e presente) da guerra se faz com drones, não tenho a mínima dúvida, mas certamente não será com meios civis (tanto o navio em questão, como os UAVs que possuímos/planeamos ter).

Querem UAVs militares, baratos, armados e VTOL? Camcopter S100, que pode ser usado em praticamente qualquer navio com um convés de voo, multiplicando o número de "navios porta-drones" na Marinha. Esqueçam os actuais drones, que são meramente civis e desarmados, esqueçam o "Tekever grande", que uma coisa é a Tekever fazer um UAV de 1 tonelada, outra é esse UAV estar desde logo armado e em simultâneo poder operar a partir de um navio (volto a lembrar, os turcos vão usar um navio de 200 metros como porta-drones.)

Quando a esta ideia:
Citar
2- Quanto a Camcopters com mini-mísseis...
Eu diria antes TEKEVERs "grandes" a fazer loiter a 100 km da PNM, equipados com radares SAR a dirigirem mísseis lançados de drones de superfície que estão a 50km da Platafor... desculpem... futura fragata.

Isso tudo, para atacar o quê ao certo? Uma pequena lancha? Um navio de guerra? Alvos em terra?
Em qualquer dos casos, existem melhores respostas para todas essas ameaças, que não necessitam de um UAV desarmado a fazer loitering numa determinada área, completamente à mercê de aeronaves/baterias AA inimigas, e que não dependem de um USV armado com mísseis (que tipo de mísseis?), que a 30 nós, demorava quase 1 hora a colocar-se em posição (a 50km do navio mãe). Essa kill chain tem demasiadas falhas para ser eficaz.

Depois da GNR ter dado o exemplo ao usar verbas comunitárias para comprar uma fragata, agora é a vez da Marinha.

Uma fragata? Falta de noção mesmo.  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: asalves em Setembro 06, 2022, 05:23:44 pm
Estou a começar a entender a beleza do FD.
È que ter noção não é pré-requisito para comentar aqui.

O membro estava só a "gozar" consigo pois enganou-se e confundiu/escreveu a Lancha da GNR com uma Fragata.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Observador em Setembro 06, 2022, 10:20:06 pm
O rosto mais conhecido do CHEGA nas redes sociais, fundador do partido e candidato a deputado nas legislativas, questiona o gasto de dinheiro que se vai fazer neste navio, provavelmente por pensar que se trata de um navio de guerra.

Ver o video a partir de 1:06:50

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Setembro 07, 2022, 12:49:37 am
Este tópico fez-me lembrar os varios planos navais portugueses  ao longo do século XX

O plano a seguir à I guerra, com a aquisição de "Dredenós" para a marinha.
O primeiro e o segundo planos de construção naval do Estado Novo, que incluiam cruzadores e um transporte de aviões (seaplane tender não um porta-aviões).

Os planos navais a aprovação de conceitos, tem a ver com a afirmação dos grupos e equipas nos departamentos do estado e das forças armadas, na realidade não querem dizer nada, e especialmente agora, com um primeiro ministro a olhar para ontem e um ministro das finanças que é um emplastro ...

Há apenas uma expressão de que me lembro para aplicar a esta situação ...

"deprimente"
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 07, 2022, 01:12:55 pm
Estou a começar a entender a beleza do FD.
È que ter noção não é pré-requisito para comentar aqui.

O membro estava só a "gozar" consigo pois enganou-se e confundiu/escreveu a Lancha da GNR com uma Fragata.

Um erro aceitável de quem não percebe nada do assunto ou não esta minimamente familiarizado como as tipologias de navios militares. No entanto, uma pessoa que não sabe distinguir uma fragata de uma lancha de 35 metros, não pode vir aqui passar atestados de especialista na matéria.

Ainda mais grave é, se a pessoa em questão for um "insider" da Marinha, andar a tentar dar dicas sobre o futuro da Marinha, e vir dizer que ter o PNM civil a 150km de um alvo, é que é o futuro da guerra, ignorando por completo as reais ameaças que um navio desses enfrentaria a tais distâncias.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ricardonunes em Setembro 07, 2022, 01:49:35 pm

Mas se a GNR lhe montar um Howitzer de calibre  .50 pode ser um NPO?
Como os vossos?

Estou a começar a entender a beleza do FD.
È que ter noção não é pré-requisito para comentar aqui.

 :mrgreen:

Siga a marinha
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luso em Setembro 07, 2022, 02:04:17 pm

Mas se a GNR lhe montar um Howitzer de calibre  .50 pode ser um NPO?
Como os vossos?

Estou a começar a entender a beleza do FD.
È que ter noção não é pré-requisito para comentar aqui.

 :mrgreen:

Siga a marinha

É o herdeiro do Ruben Lopes. :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ricardonunes em Setembro 07, 2022, 02:30:15 pm

É o herdeiro do Ruben Lopes. :mrgreen:

Não me lembro desse ...

Mas este é burro o suficiente para responder ao meu post no post dele, e vir para aqui tentar ofender os militares, sejam eles veteranos em lar, na miséria ou falecidos, os militares na reserva e no activo..

vao jogar PS4/ou 5
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 07, 2022, 02:34:20 pm
Mas se a GNR lhe montar um Howitzer de calibre  .50 pode ser um NPO?
Como os vossos?

E se não saber nada faz de mim um insider se calhar somos dois.

Ás veses estas respostas parecem vir de um veterano do ultramar que escreve do lar.
Se for assim,

Respeito e,

Cumprimentos

Não, o senhor quanto muito é um insider que não sabe de nada, é diferente. Mas a sua compreensão do português é limitada, é natural que não entenda o que lhe está a ser dito.

Mas está visto que a sua única intenção aqui, é de "baralhar e dar de novo". Apenas pretende causar o caos no meio dos debates, e quando enfrentado com argumentos racionais ou a verdade, toca a desconversar e vira-se para o sarcasmo como forma de tentar parecer inteligente.

Se realmente for um enviado especial da Marinha, pode-se dizer que está a fazer um péssimo trabalho a representá-la.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luso em Setembro 07, 2022, 03:50:28 pm
Se entendi bem o funcionamento do FD, o LUSO e o nunes devem ser subordinados do dc numa qualquer repartição em Lisboa.

Insider

Viva o Porto

Fui apanhado! :mrgreen:

E sim, Bibó Porto, carago!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 07, 2022, 03:58:30 pm
Existe uma diferença entre o participar num fórum e contribuir, e participar apenas para baralhar e desconversar. Adivinhe qual destes o senhor faz a maior parte das vezes?

Quando fala no "howitzer de calibre .50" qual é o propósito?
Quando é apresentado o Camcopter S-100 como drone armado para operar a bordo de navios já existentes na Marinha, qual é o objectivo de comparar essa solução, com a solução do "Tekever grande" que ainda não existe a fazer loitering e a guiar mísseis sem nome lançados de um USV armado que também não existe, e tudo isto a operar a partir de um navio (PNM) que igualmente não existe (e ainda por cima é civil)? Estamos a comparar a realidade, com exercícios teóricos?

A conclusão a que se chega, é que o PNM enquanto porta-drones, estará limitado a missões civis e de muito baixa intensidade (combate à pirataria), enquanto para tudo o resto, continuarão a ser cruciais combatentes de superfície convencionais, logo o PNM não é o futuro da guerra para a MGP. Certamente não o será enquanto navio civil, desarmado, com UAVs baratos e sem qualquer escolta de outros navios.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 07, 2022, 04:23:04 pm
Mas vocês continuam a falar de um navio hidrográfico como sendo um Porta Aviões?!

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ricardonunes em Setembro 07, 2022, 04:24:31 pm
A conclusão a que se chega, é que o PNM enquanto porta-drones, estará limitado a missões civis e de muito baixa intensidade (combate à pirataria), enquanto para tudo o resto, continuarão a ser cruciais combatentes de superfície convencionais, logo o PNM não é o futuro da guerra para a MGP. Certamente não o será enquanto navio civil, desarmado, com UAVs baratos e sem qualquer escolta de outros navios.

Provavelmente alguém vai pegar nos ditos estudos e planos, lançar um concurso para outros estudos projetos.... ate que o dito seja PR.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: RABN em Setembro 07, 2022, 04:31:14 pm
Se entendi bem o funcionamento do FD, o LUSO e o nunes devem ser subordinados do dc numa qualquer repartição em Lisboa.

Insider

Viva o Porto

Insider? Por momentos julguei que estava no topico da Silly Season do Portal dos Dragôes...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: RABN em Setembro 07, 2022, 04:38:36 pm
Existe uma diferença entre o participar num fórum e contribuir, e participar apenas para baralhar e desconversar. Adivinhe qual destes o senhor faz a maior parte das vezes?

Quando fala no "howitzer de calibre .50" qual é o propósito?
Quando é apresentado o Camcopter S-100 como drone armado para operar a bordo de navios já existentes na Marinha, qual é o objectivo de comparar essa solução, com a solução do "Tekever grande" que ainda não existe a fazer loitering e a guiar mísseis sem nome lançados de um USV armado que também não existe, e tudo isto a operar a partir de um navio (PNM) que igualmente não existe (e ainda por cima é civil)? Estamos a comparar a realidade, com exercícios teóricos?

A conclusão a que se chega, é que o PNM enquanto porta-drones, estará limitado a missões civis e de muito baixa intensidade (combate à pirataria), enquanto para tudo o resto, continuarão a ser cruciais combatentes de superfície convencionais, logo o PNM não é o futuro da guerra para a MGP. Certamente não o será enquanto navio civil, desarmado, com UAVs baratos e sem qualquer escolta de outros navios.

São muitos temas.
Terei todo o gosto em conversar consigo acerca de cada um.

Mas se gosam comigo eu goso de volta.
O Howitzer foi resposta a quem pensa que não sei o que é uma fragata.
Sei bem o que é uma .50, uma 20mm gatling, 30mm, uma 30mm gatling, uma 76mm e uma 100mm, para mencionar o qua a marinha monta nos navios que tem.

Quanto ao resto.
Eu tenho esperança no futuro das FA.
Mal ou bem.

Peço desculpa por alguma ofença.

Tambem temos 40mm...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 07, 2022, 05:03:03 pm
Talvez assim entendam:

Citar
Este navio, idealizado sob um novo conceito de operação, não tem requisitos militares e não é armado. As suas principais funções são a monitorização ambiental, nomeadamente, no combate à poluição marítima, a fiscalização da pesca, a preservação dos recursos, o desenvolvimento do conhecimento e da investigação no âmbito hidrográfico e científico. Todos os seus drones não possuem armamento e os sensores utilizados servem para monitorizar, vigiar e controlar os espaços marítimos sob jurisdição nacional.



Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Setembro 07, 2022, 05:11:16 pm
O navio é civil e desarmado e os drones também porque tem de ser assim para receber o guito.

De QQ das formas se for para substituir o NAVPOL é substituir o quase desarmado por um desarmado. Não causa grande perda nesses termos.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Setembro 07, 2022, 06:10:28 pm
Mas se gosam comigo eu goso de volta.

Peço desculpa por alguma ofença.

Só se for ao Camões.
Mas o Forum também já passou a fase em que os moderadores andavam a corrigir o português. Siga a Marinha.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Icterio em Setembro 07, 2022, 06:34:27 pm
(https://i.postimg.cc/rmWTSw9H/giphy.gif) (https://postimages.org/)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 07, 2022, 08:20:04 pm


Vitimização.
Baralhar.
Outros fenômenos de lavagem.
Faz parte da cultura actual de muitos

Na verdade o dito Navio, de inicio foi apresentado como algo que não é, nem pode ser.
O Navio foi apresentado dentro de um paradigma mal explicado de, a Marinha caminhar numa direcção diferente das congêneres e como algo muito "avant gard", na filosofia doentiainterna da complexidade onde não existe.

Agora já se vem dizer, que não é nada disso, nunca ninguém quis dizer isso, que é apenas um mero navio civil para coisa diversas, como um canivete suíço ou algo assim

Sendo assim, estamos mais descansados e podemos então pensar em ter Fragatas para substituir as miseráveis VdG?
Ou afinal a solução apresentada é mesmo a Bimby pretendida e agora lava-se ainda sem a usar, nem sequer estar feita?

Ou seja, afinal o supra sumo da coisa naval afinal não é nada de mais no âmbito da Soberania. Ou se pretender que seja, não pode ser levado a sério e, malta continua a gozar porque até sabe bem gozar com saloios que se acham de muito.
Os mesmos saloios que acham bem os NPO sem arma principal nem EO(4 anos já e devido a singelos 6 milhões de euros para os dois).
Os mesmos que estão bem na linha do turismo protocolar da treta e carga de conveniência, a custa do erário público.

Podemos então, os más línguas, ficar descansados que a Coisa não vai tomar o lugar das Fragatas urgentes antes de 2030.

É já a seguir
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 08, 2022, 06:47:17 am
Talvez assim entendam:

Citar
Este navio, idealizado sob um novo conceito de operação, não tem requisitos militares e não é armado. As suas principais funções são a monitorização ambiental, nomeadamente, no combate à poluição marítima, a fiscalização da pesca, a preservação dos recursos, o desenvolvimento do conhecimento e da investigação no âmbito hidrográfico e científico. Todos os seus drones não possuem armamento e os sensores utilizados servem para monitorizar, vigiar e controlar os espaços marítimos sob jurisdição nacional.

Não somos nós que andamos a vender esta coisa como o supra sumo de navios combatentes, são certos artistas que volta e meia caem aqui de paraquedas, vindos sabe-se lá de onde ::)

Uma Marinha com um défice escandaloso de navios combatentes quer passar a imagem da ultramodernidade deste chasso como se estivesse a planear uma Estrela da Morte dos mares, isso é que é irritante  :bang:

É construir a casa pelo telhado

Se ainda tivesse a opção de reabastecimento ainda era como o outro
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luso em Setembro 08, 2022, 08:49:12 am
A conclusão a que se chega, é que o PNM enquanto porta-drones, estará limitado a missões civis e de muito baixa intensidade (combate à pirataria), enquanto para tudo o resto, continuarão a ser cruciais combatentes de superfície convencionais, logo o PNM não é o futuro da guerra para a MGP. Certamente não o será enquanto navio civil, desarmado, com UAVs baratos e sem qualquer escolta de outros navios.

Provavelmente alguém vai pegar nos ditos estudos e planos, lançar um concurso para outros estudos projetos.... ate que o dito seja PR.

A isso se chama "fabricar o consentimento". Alguém decidiu, alguém aceitou e agora há que preparar o caminho.
Na minha opinião não devemos alinhar em embustes e creio que aqui no fórum estamos geralmente de acordo em relação a isso.

Quanto ao Capitão Picas, certamente já verificaram que não há um único "salvador da pátria" vendido pelos propaganda social que nos tem valido. Ergo...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 08, 2022, 10:07:13 am
Talvez assim entendam:

Citar
Este navio, idealizado sob um novo conceito de operação, não tem requisitos militares e não é armado. As suas principais funções são a monitorização ambiental, nomeadamente, no combate à poluição marítima, a fiscalização da pesca, a preservação dos recursos, o desenvolvimento do conhecimento e da investigação no âmbito hidrográfico e científico. Todos os seus drones não possuem armamento e os sensores utilizados servem para monitorizar, vigiar e controlar os espaços marítimos sob jurisdição nacional.

Não somos nós que andamos a vender esta coisa como o supra sumo de navios combatentes, são certos artistas que volta e meia caem aqui de paraquedas, vindos sabe-se lá de onde ::)

Este post é para quem, CM? Não deve ser para a maioria do pessoal aqui do FD.

Até vou dizer mais: o maior culpado por esta sucessiva campanha de desinformação é o próprio CEMA, vulgo Capitão Iglo. Nas entrevistas e declarações que tem prestado relativamente a este navio, tem-se comportado como um deslumbrado (para ser simpático), ou como um visionário lunático (para ser verdadeiro). Imagina e acrescenta coisas à plataforma para as quais é dito repetidamente que tal não virá a acontecer, logo a culpa de toda esta confusão e trapalhada é principalmente dele e de mais ninguém.

Se é isto que alguns pensam querer vir a ter em Belém depois do "Papagaio-Mor do Reino", vou ali e já venho...  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 08, 2022, 10:39:29 am
(https://pbs.twimg.com/media/FcH2QpXX0AE0c9z?format=png&name=240x240)


Devem ter sido os planos aqui da nave  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 08, 2022, 11:06:18 am
(https://pbs.twimg.com/media/FcH2QpXX0AE0c9z?format=png&name=240x240)


Devem ter sido os planos aqui da nave  :mrgreen:

(https://scontent-lis1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.18169-9/15178109_1270599502960119_856110647510437018_n.jpg?stp=cp0_dst-jpg_e15_p320x320_q65&_nc_cat=101&ccb=1-7&_nc_sid=2d5d41&_nc_ohc=DLnjzUP2v6cAX-hfhHh&_nc_ht=scontent-lis1-1.xx&oh=00_AT-TZ2VZz8hpcLE_rHVSi7rmvHS944x9rbPNsxdxAgha5A&oe=633ED054)

Este senhor aprova a "transferência de dados" à Mãe Rússia! :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 08, 2022, 11:33:53 am
(https://pbs.twimg.com/media/FcH2QpXX0AE0c9z?format=png&name=240x240)


Devem ter sido os planos aqui da nave  :mrgreen:

(https://scontent-lis1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.18169-9/15178109_1270599502960119_856110647510437018_n.jpg?stp=cp0_dst-jpg_e15_p320x320_q65&_nc_cat=101&ccb=1-7&_nc_sid=2d5d41&_nc_ohc=DLnjzUP2v6cAX-hfhHh&_nc_ht=scontent-lis1-1.xx&oh=00_AT-TZ2VZz8hpcLE_rHVSi7rmvHS944x9rbPNsxdxAgha5A&oe=633ED054)

Este senhor aprova a "transferência de dados" à Mãe Rússia! :mrgreen:

Está com a bandeira errada atrás
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Setembro 08, 2022, 11:51:10 am
Lamento informar, mas se aparece na DarkWeb, é porque a mãe Russia já recebeu a informação faz tempo...
Se os russos não dão o suficiente pela informação, normalmente vai parar a este tipo de lugares.
Neste momento, como as transferências de dinheiro com a Grande Mãe Russia estão complicadas, seria necessário passar pela Soeiro Pereira Gomes. Recentemente no entanto, aquilo está meio decadente.

As fugas de informação e a falta de cuidado em Portugal são conhecidas internacionalmente, já desde o tempo em que o almirante comunista Rosa Coutinho se vangloriava publicamente de andar a espiar os navios russos que passavam nas nossas águas ...

Dizem as muito más línguas que na guerra da Jugoslávia, foi preciso a NATO encontrar um oficial portugues na cama com um Croata que trabalhava para os Sérvios, para o removerem...  :mrgreen:
Más linguas claro ...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Setembro 08, 2022, 11:59:05 am
... De qualquer forma, relativamente à plataforma, uma marinha de dimensões pequenas não tem normalmente grande possibilidade de inventar e inovar.
A principal razão tem a ver com o elevadíssimo custo do desenvolvimento de qualquer novo sistema, mas também pelo custo elevado dos sistemas agregados que depois é necessário desenvolver.

Logo, é muito mais simples utilizar o que já existe e tentar a partir daí fazer qualquer coisa.
Os navegadores portugueses não inventaram os navios que podiam navegar quase contra o vento, limitaram-se a aproveitar a ideia e a desenvolve-la.

Logo, estas ideias engraçadas que funcionam muito bem no papel e que são todas prafrentex, são interessantes, algumas até poderiam funcionar, mas o dinheiro é pouco.

Em cada inovação e projeto de desenvolvimento que aparece, apenas 1% ( um por cento ) chega à fase de aplicação prática.
Uma joint-venture pode falir, que não é grande problema.
Um organismo do estado com eterna falta de fundos, é algo diferente ...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 08, 2022, 04:15:27 pm
Este PNM devia simplesmente ser aquilo que inicialmente se pretendia. Um navio hidrográfico grande, capaz de substituir os 4 actuais*, é o ideal para uma Marinha com um orçamento para manutenção tão curto.

*reparem que actualmente, temos tantos hidrográficos como fragatas (dado o estado da VdG). Acho que este rácio não acontece em mais nenhuma marinha de guerra do mundo, certamente não num país que se quer considerar de "primeiro mundo".

As capacidades acrescidas, como o convés de voo, terão obviamente o seu uso, desde logo para ajudar a certificar os actuais e futuros UAVs VTOL ou abastecer helicópteros no mar, mas que não se invente mais que isso.

O conceito dum navio porta-drones como o "futuro da Marinha", faz sentido apenas com os UAVs adequados. Enquanto a intenção for apenas os UAVs civis que conhecemos até agora, mais vale estar quieto e comprar uma dezena de Camcopter para as fragatas e NPOs.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Setembro 08, 2022, 10:21:49 pm
Este PNM devia simplesmente ser aquilo que inicialmente se pretendia. Um navio hidrográfico grande, capaz de substituir os 4 actuais*, é o ideal para uma Marinha com um orçamento para manutenção tão curto.

*reparem que actualmente, temos tantos hidrográficos como fragatas (dado o estado da VdG). Acho que este rácio não acontece em mais nenhuma marinha de guerra do mundo, certamente não num país que se quer considerar de "primeiro mundo".

As capacidades acrescidas, como o convés de voo, terão obviamente o seu uso, desde logo para ajudar a certificar os actuais e futuros UAVs VTOL ou abastecer helicópteros no mar, mas que não se invente mais que isso.

O conceito dum navio porta-drones como o "futuro da Marinha", faz sentido apenas com os UAVs adequados. Enquanto a intenção for apenas os UAVs civis que conhecemos até agora, mais vale estar quieto e comprar uma dezena de Camcopter para as fragatas e NPOs.

Um navio deste pode durar 30 ou 40 anos.  O DC tem razão, agora ele vai ser um hidrográfico mas com a evolução dos drones não sabemos o que poderá ser amanhã. E pode-se sempre introduzir alguns SdA contentorizados no futuro. Ou então, se o pessoal for inteligente o navio pode vir preparado para cargas de 10T num ponto específico que por acaso e só por acaso pode vir a suportar um CIWS.

Às vezes custa-me ver que não se consegue dizer "bem feito" ou "bem pensado". Há um foco no negativo que me chateia um pouco.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 09, 2022, 12:51:38 pm
Um navio deste pode durar 30 ou 40 anos.  O DC tem razão, agora ele vai ser um hidrográfico mas com a evolução dos drones não sabemos o que poderá ser amanhã. E pode-se sempre introduzir alguns SdA contentorizados no futuro. Ou então, se o pessoal for inteligente o navio pode vir preparado para cargas de 10T num ponto específico que por acaso e só por acaso pode vir a suportar um CIWS.

Às vezes custa-me ver que não se consegue dizer "bem feito" ou "bem pensado". Há um foco no negativo que me chateia um pouco.

Mas aí já os aspectos técnicos do navio falham. Navio grande, não será propriamente discreto nem stealth, que ainda por cima é lento e dificilmente será construído a pensar na resiliência a danos. O navio poderá desenrascar, mas não será o futuro das Marinhas de Guerra. Também se pode armar os NPOs até aos dentes, mas continuariam a ser navios muito limitados.

E é aqui que está o problema, o risco de olhar para o PNM, colocar umas armas em cima e uns drones civis, e virem dizer que é um navio de guerra puro e duro. Pior, é quando vão surgindo ideias de que o porta-drones é o futuro das marinhas, e ainda corremos o risco de deixar de ter as fragatas.

O futuro dos drones é risonho, para quem os compra. Alguém viu intenção de se comprarem drones armados? Eu não. O que se tem visto é o uso de drones civis, como o que está a bordo da Corte Real, do qual se fala como se fosse o pico da tecnologia, mas que além de vigilância e recolha de informação, pouco valor militar acrescenta ao navio (que faz parte de uma força naval militar!), não contribuindo para a luta ASW (ao contrário de um VSR700), não contribuindo na defesa do navio contra lanchas rápidas (como o Camcopter + LMM), não servindo para guiar mísseis Harpoon para lá do horizonte (função dos Lynx, que a CR não leva), não servindo para guerra electrónica (uma inovação), não servindo para alertar o navio da aproximação de mísseis sea skimmers (outra inovação), não serve para atacar alvos em terra (como Harop lançados de contentores).

No fim, a conclusão a que se chega é, mesmo que o navio possa ser armado mais tarde, nunca será o suficiente. O próprio navio tem limitações graves para ser um navio de guerra. Também se chega à conclusão que mesmo a contar com a evolução dos drones, as dimensões do navio limitarão muito o tipo de drones a operar, logo é esquecer Bayraktars navais ou equivalentes.

Portanto, mais do que tentar convencer o mundo e arredores que o navio é o futuro da guerra, que se fique pelo hidrográfico com um convés de voo para drones de vigilância, e que se invista nos combatentes de superfície. Que se invista em drones VTOL já testados para operar dos NPOs e fragatas, e que se invista em UAV/UCAV a sério para operar de terra. Depois aí sim, se virmos que o rumo são porta-drones, pensar em comprar um LHD com rampa, capaz de operar UCAVs navais, ficando o PNM com a função de formar o pessoal para a "ala aérea" do dito LHD e para a criar as doutrinas de operar um navio daquele género.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Observador em Setembro 09, 2022, 04:27:30 pm
No seu blog o Almirante Antonio Cabral comenta o novo navio agora anunciado.

Citar
14. O ARTIGO
Respeitando quer o jornalista quer o "alvo", uma leitura atenta do artigo deixa campo a que, legitimamente, se conclua poder estar-se perante um frete.
Ficam muitas perguntas no ar.
Além disso, o que escrevi em 6, 7, e 8 baseiam-se num caso concreto, real, e desde o início dos trabalhos para definir os requisitos operacionais até ao fim da fase de desenho do navio decorreram mais ou menos 3 anos. Navio no papel e computador! APENAS!
Agora, com a maior naturalidade, diz-se aos portugueses que uma nova maravilha dos mares estará pronto para navegar em 3 anos.
3 anos? Típico do estado em que estamos.

É ler bem as frases que destaco em 11.

Citar
Lá fora levam pelo menos 3 anos para definir requisitos operacionais e depois concluir a fase de desenho de um navio de guerra ou seja, ter em papel e computador os desenhos que habilitem um estaleiro naval a construi-lo.
Ora cá em Portugal, pelos vistos, uma "luminária" convence o governo (será mesmo assim?) que em três anos terá um navio de guerra inovador que ninguém no mundo tem, e pronto a navegar imediatamente. Importa-se de repetir?

d. Será que explicaram tudo à Sra Carreiras que esta pretendida inovação não tem igual no mundo e que mesmo assim é num instante que se constrói, além de lhe assegurarem que não existem riscos de espécie nenhuma neste pretendido projecto?

e. Será que explicaram tudo á Sra Carreiras sobre, manutenção de navios, logística, formação no estrangeiro, necessidade de preparar a construção de pelo mais mais dois navios do mesmo tipo deste super protótipo? Ou que os "drones" vão todos ser construídos em Tróia?

https://marrevoltado.blogspot.com/2022/09/a-proposito-de-marinha-1.html (https://marrevoltado.blogspot.com/2022/09/a-proposito-de-marinha-1.html)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 09, 2022, 04:52:22 pm
No seu blog o Almirante Antonio Cabral comenta o novo navio agora anunciado.

Citar
14. O ARTIGO
Respeitando quer o jornalista quer o "alvo", uma leitura atenta do artigo deixa campo a que, legitimamente, se conclua poder estar-se perante um frete.
Ficam muitas perguntas no ar.
Além disso, o que escrevi em 6, 7, e 8 baseiam-se num caso concreto, real, e desde o início dos trabalhos para definir os requisitos operacionais até ao fim da fase de desenho do navio decorreram mais ou menos 3 anos. Navio no papel e computador! APENAS!
Agora, com a maior naturalidade, diz-se aos portugueses que uma nova maravilha dos mares estará pronto para navegar em 3 anos.
3 anos? Típico do estado em que estamos.

É ler bem as frases que destaco em 11.

Citar
Lá fora levam pelo menos 3 anos para definir requisitos operacionais e depois concluir a fase de desenho de um navio de guerra ou seja, ter em papel e computador os desenhos que habilitem um estaleiro naval a construi-lo.
Ora cá em Portugal, pelos vistos, uma "luminária" convence o governo (será mesmo assim?) que em três anos terá um navio de guerra inovador que ninguém no mundo tem, e pronto a navegar imediatamente. Importa-se de repetir?

d. Será que explicaram tudo à Sra Carreiras que esta pretendida inovação não tem igual no mundo e que mesmo assim é num instante que se constrói, além de lhe assegurarem que não existem riscos de espécie nenhuma neste pretendido projecto?

e. Será que explicaram tudo á Sra Carreiras sobre, manutenção de navios, logística, formação no estrangeiro, necessidade de preparar a construção de pelo mais mais dois navios do mesmo tipo deste super protótipo? Ou que os "drones" vão todos ser construídos em Tróia?

https://marrevoltado.blogspot.com/2022/09/a-proposito-de-marinha-1.html (https://marrevoltado.blogspot.com/2022/09/a-proposito-de-marinha-1.html)

Aqui vê-se o caos causado pelas afirmações proferidas do lado da Marinha. A grande maioria das pessoas e comunicação social (incluindo estrangeira), já encara o navio como um "navio de guerra". E isto é péssimo em todos os níveis, desde logo porque o navio não é um navio de guerra, não tem a complexidade de tal, mas corre-se o grande risco que ao construir este tipo de navio, o Governo que não entende nada disto, vir dizer que como é um novo tipo de navio de guerra, substitui as fragatas.

Mais uma vez, navegamos contra a maré, outros países mandam construir corvetas ou fragatas, e dizem que são patrulhas, nós vamos construir um navio civil hidrográfico, e queremos vender ao povo que é um navio de guerra porta-drones.

Boa tarde,

O texto refere-se ao navio contemplado no PRR e que, pelas regras do mesmo, deverá estar "pronto" em 2025 e para o qual há imensa documentação a dizer o que é?
E que não é militar?

Ou refere-se áquilo que poderá ser uma versão militar deste e sobre o qual se sabe... quase nada?

Se se trata da segunda hipótese, o autor (e o pescador em vários textos semelhantes) esforçam-se para descrever em grande detalhe aquilo sobre o qual não conhecem quase... Nada.

Quê?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Setembro 09, 2022, 07:11:04 pm
Um navio deste pode durar 30 ou 40 anos.  O DC tem razão, agora ele vai ser um hidrográfico mas com a evolução dos drones não sabemos o que poderá ser amanhã. E pode-se sempre introduzir alguns SdA contentorizados no futuro. Ou então, se o pessoal for inteligente o navio pode vir preparado para cargas de 10T num ponto específico que por acaso e só por acaso pode vir a suportar um CIWS.

Às vezes custa-me ver que não se consegue dizer "bem feito" ou "bem pensado". Há um foco no negativo que me chateia um pouco.

Mas aí já os aspectos técnicos do navio falham. Navio grande, não será propriamente discreto nem stealth, que ainda por cima é lento e dificilmente será construído a pensar na resiliência a danos. O navio poderá desenrascar, mas não será o futuro das Marinhas de Guerra. Também se pode armar os NPOs até aos dentes, mas continuariam a ser navios muito limitados.

E é aqui que está o problema, o risco de olhar para o PNM, colocar umas armas em cima e uns drones civis, e virem dizer que é um navio de guerra puro e duro. Pior, é quando vão surgindo ideias de que o porta-drones é o futuro das marinhas, e ainda corremos o risco de deixar de ter as fragatas.

O futuro dos drones é risonho, para quem os compra. Alguém viu intenção de se comprarem drones armados? Eu não. O que se tem visto é o uso de drones civis, como o que está a bordo da Corte Real, do qual se fala como se fosse o pico da tecnologia, mas que além de vigilância e recolha de informação, pouco valor militar acrescenta ao navio (que faz parte de uma força naval militar!), não contribuindo para a luta ASW (ao contrário de um VSR700), não contribuindo na defesa do navio contra lanchas rápidas (como o Camcopter + LMM), não servindo para guiar mísseis Harpoon para lá do horizonte (função dos Lynx, que a CR não leva), não servindo para guerra electrónica (uma inovação), não servindo para alertar o navio da aproximação de mísseis sea skimmers (outra inovação), não serve para atacar alvos em terra (como Harop lançados de contentores).

No fim, a conclusão a que se chega é, mesmo que o navio possa ser armado mais tarde, nunca será o suficiente. O próprio navio tem limitações graves para ser um navio de guerra. Também se chega à conclusão que mesmo a contar com a evolução dos drones, as dimensões do navio limitarão muito o tipo de drones a operar, logo é esquecer Bayraktars navais ou equivalentes.

Portanto, mais do que tentar convencer o mundo e arredores que o navio é o futuro da guerra, que se fique pelo hidrográfico com um convés de voo para drones de vigilância, e que se invista nos combatentes de superfície. Que se invista em drones VTOL já testados para operar dos NPOs e fragatas, e que se invista em UAV/UCAV a sério para operar de terra. Depois aí sim, se virmos que o rumo são porta-drones, pensar em comprar um LHD com rampa, capaz de operar UCAVs navais, ficando o PNM com a função de formar o pessoal para a "ala aérea" do dito LHD e para a criar as doutrinas de operar um navio daquele género.

Este navio não substituirá fragatas. Pelo menos não "amanhã". Se as substituir e pq houve um salto gigantesco na tecnologia de drones. No máximo podia substituir o NavPol. Quanto a armamento, depende muito do que se espera do navio. Nunca será uma Type26. Mas o JdW e o Wave Ruler têm o dobro do tamanho e o armamento são 2 CIWS e umas browning. Tbm não são rápidos, nem stealth de maneira nenhuma. E a quantidade de gente interessada nesses navios é grande.

Quanto ao resto concordo com quase tudo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 09, 2022, 08:25:54 pm
O "pescador" salienta pelos aspectos falados e as maquetes que andam por todo o lado.

Mas acima de tudo disse:
Nada contra um navio hidrográfico mais versátil e completo que os anteriores, ainda bem que sim, mas não façam disso, como têm feito certas figurinhas de destaque, a salvação da Marinha de Guerra Nacional. Que diga-se, está nas lonas, com a excepção de 2 submarinos.
Também perguntei pelas tais Fragatas que veem substituir as VdG, a não ser que a Bimby o faça. E tudo indica pelos discursos sobre a magnitude complexa do navio, que é isso que querem.
Com os supostos 150 milhões, duas vezes e meia o valor de um NPO desarmado e cego, vão fazer o quê de magnânimo?
Um paquete de turismo " para ir ali a  baixo".
Afinal onde é que a Bimby colmata as necessidades urgentes, dado o obvio obsoletismo dos existentes, dos meios militares como Fragatas e navios logísticos, como nem que sejam os Crossover, que além de bastante capacidade de apoio logístico têm presença militar?
Nem hoje nem daqui a 20 anos essa Bimby em qualquer alteração mluzinho que lhe façam não vai dar para muito mais, como navio de construção civil que é pelos 150 milhões.
É apenas um desvio de assunto sobre as reais necessidades.
Façam lá o hidrográfico alargado, mas deixem-se de treta que é sabido que esqueceram as Fragatas, até um dia daqui a muitos anos substituírem o que será os chaços chunning das BD.

Mas não importa dada a vertente cada vez mais obvia do turismo e de garantir lugares de almirantes e afins com fartura, como se tivéssemos uma Marinha relevante.

Uma piada é o que é
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Setembro 10, 2022, 09:35:54 am
Mais imagens com Black Hawks a borbo do futuro navio Ciêntifico Hidrográfico, embora esta já não pareça uma imagem de fonte oficial.
No entanto não deixa de dar uma excelente perspectiva da capacidade que o Navio terá de embarcar Helicópteros da Força Aérea a em caso de necessidade.
Nas palavras da Marinha: "Cumulativamente, este navio servirá para o eventual transporte e evacuação de cidadãos, em caso de necessidade."

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/305643457_661074185580066_8140543925227450731_n.jpg?_nc_cat=111&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=53B8THOGgBQAX-lGtYr&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT_skd8aZjCLpPpur0GoV7cpG0Br98Me1kWCW6bElZW8eQ&oe=632163B0)

A imagem anterior parece mais fidedigna:
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 10, 2022, 11:22:47 am
Mais imagens com Black Hawks a borbo do futuro navio Ciêntifico Hidrográfico, embora esta já não pareça uma imagem de fonte oficial.
No entanto não deixa de dar uma excelente perspectiva da capacidade que o Navio terá de embarcar Helicópteros da Força Aérea a em caso de necessidade.
Nas palavras da Marinha: "Cumulativamente, este navio servirá para o eventual transporte e evacuação de cidadãos, em caso de necessidade."

(https://scontent.flis8-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/305643457_661074185580066_8140543925227450731_n.jpg?_nc_cat=111&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=53B8THOGgBQAX-lGtYr&_nc_ht=scontent.flis8-1.fna&oh=00_AT_skd8aZjCLpPpur0GoV7cpG0Br98Me1kWCW6bElZW8eQ&oe=632163B0)

A imagem anterior parece mais fidedigna:
(https://warriors.pt/wp-content/uploads/2022/09/Multiprop%C3%B3sitos-com-2-Black-Hawks-768x322.jpg)


Paginas para trás não faltam fotos dessas e outra foto da Marinha do "mesmo projecto" numa versão bem mais curta, com capacidade para um helicóptero e os tais drones que também se vê nesta maquete
Um hidrográfico, que querem vender com sendo algum faz tudo numa capacidade ilusória e esquecer o resto.

Dá jeito, porque grande parte o que quer é vida civil. É muito evidente no turismo de cargas em NPO desarmados, que nem se ralam com isso.
 
Aqui no link o projecto mais curto da Marinha:
https://i.postimg.cc/TYLkGRcQ/FTxd-CTJXs-AAkpoz.jpg

Essa de :""Cumulativamente, este navio servirá para o eventual transporte e evacuação de cidadãos, em caso de necessidade." Falamos decerto de Açores e Madeira, o que é muito bom. Porque lá a baixo é para rir, dada a Marinhazinha existente. E aliás eles têm de deixar, senão ninguém mexe uma palha para não melindrar e depois o Pateta tinha de pedir desculpa.

O Crossover fazia isso e muito mais, e também leva dois helicópteros e drones. Mas tem misseis e outras armas, o que é uma chatisse. Complica tudo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Setembro 10, 2022, 05:06:33 pm
Este navio não substituirá fragatas. Pelo menos não "amanhã". Se as substituir e pq houve um salto gigantesco na tecnologia de drones. No máximo podia substituir o NavPol. Quanto a armamento, depende muito do que se espera do navio. Nunca será uma Type26. Mas o JdW e o Wave Ruler têm o dobro do tamanho e o armamento são 2 CIWS e umas browning. Tbm não são rápidos, nem stealth de maneira nenhuma. E a quantidade de gente interessada nesses navios é grande.

Quanto ao resto concordo com quase tudo.

Então mas afinal pode ou não substituir fragatas? É que quando na Marinha e não só, falam deste navio, como o futuro da guerra, ou o protótipo para os futuros navios de guerra da Marinha, certamente é porque se quer ter isto em vez de fragatas.

O LPD e AOR são lentos, mas ainda assim conseguem ser mais rápidos que o PNM. A sua velocidade é quase secundária, por serem navios auxiliares/logísticos, apenas usados quando lhes for permitido e na retaguarda. Já o seu armamento, limita-se à capacidade de auto-defesa, já que com mais armamento, tornam-se alvos prioritários. Um PNM cheio de drones do futuro possivelmente com capacidades bélicas consideráveis, torna-se um alvo prioritário (equivale hoje a encheres um porta contentores com Tomahawks) e assim sendo, sendo um projecto civil, super-lento e sem escoltas, não se adequa de todo à função.

A ideia de ter um navio-mãe para drones, tem a sua lógica, mas nunca na perspectiva de se tornar o único navio de guerra de uma marinha. E neste caso, o receio é achar-se que fica tudo resolvido com uns porta-drones, deixando de se ter fragatas de todo.

Citar
Este navio não substituirá fragatas. Pelo menos não "amanhã". Se as substituir e pq houve um salto gigantesco na tecnologia de drones.

Estamos em Portugal. Uma decisão dessas não seria uma decisão estratégica, com base na evolução das tecnologias. Seria uma decisão política, com vista a poupar dinheiro reduzindo (ainda mais) a Marinha aos mínimos.
Nada diferente da decisão de se passar de 5 para 2 fragatas (entretanto na LPM emendado para 2 fragatas de "alta intensidade" e as VdG como "fragatas de patrulha") que estava previsto. Neste caso, não passariam a ser 2 porque a sua tecnologia é qualquer coisa de extraordinária, seria sim porque não se quer gastar muito dinheiro com isso.

O caso do porta-drones, seja o PNM, seja um futuro navio construído com base no primeiro, vai ser assim: pode haver toda a tecnologia de drones imaginável por esse mundo fora, mas vamos continuar a ter os mínimos, quiçá os já conhecidos drones civis, e vai-se fingir que estamos a par dos outros.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 10, 2022, 05:57:55 pm
Este navio não substituirá fragatas. Pelo menos não "amanhã". Se as substituir e pq houve um salto gigantesco na tecnologia de drones. No máximo podia substituir o NavPol. Quanto a armamento, depende muito do que se espera do navio. Nunca será uma Type26. Mas o JdW e o Wave Ruler têm o dobro do tamanho e o armamento são 2 CIWS e umas browning. Tbm não são rápidos, nem stealth de maneira nenhuma. E a quantidade de gente interessada nesses navios é grande.

Quanto ao resto concordo com quase tudo.

Então mas afinal pode ou não substituir fragatas? É que quando na Marinha e não só, falam deste navio, como o futuro da guerra, ou o protótipo para os futuros navios de guerra da Marinha, certamente é porque se quer ter isto em vez de fragatas.

O LPD e AOR são lentos, mas ainda assim conseguem ser mais rápidos que o PNM. A sua velocidade é quase secundária, por serem navios auxiliares/logísticos, apenas usados quando lhes for permitido e na retaguarda. Já o seu armamento, limita-se à capacidade de auto-defesa, já que com mais armamento, tornam-se alvos prioritários. Um PNM cheio de drones do futuro possivelmente com capacidades bélicas consideráveis, torna-se um alvo prioritário (equivale hoje a encheres um porta contentores com Tomahawks) e assim sendo, sendo um projecto civil, super-lento e sem escoltas, não se adequa de todo à função.

A ideia de ter um navio-mãe para drones, tem a sua lógica, mas nunca na perspectiva de se tornar o único navio de guerra de uma marinha. E neste caso, o receio é achar-se que fica tudo resolvido com uns porta-drones, deixando de se ter fragatas de todo.

Citar
Este navio não substituirá fragatas. Pelo menos não "amanhã". Se as substituir e pq houve um salto gigantesco na tecnologia de drones.

Estamos em Portugal. Uma decisão dessas não seria uma decisão estratégica, com base na evolução das tecnologias. Seria uma decisão política, com vista a poupar dinheiro reduzindo (ainda mais) a Marinha aos mínimos.
Nada diferente da decisão de se passar de 5 para 2 fragatas (entretanto na LPM emendado para 2 fragatas de "alta intensidade" e as VdG como "fragatas de patrulha") que estava previsto. Neste caso, não passariam a ser 2 porque a sua tecnologia é qualquer coisa de extraordinária, seria sim porque não se quer gastar muito dinheiro com isso.

O caso do porta-drones, seja o PNM, seja um futuro navio construído com base no primeiro, vai ser assim: pode haver toda a tecnologia de drones imaginável por esse mundo fora, mas vamos continuar a ter os mínimos, quiçá os já conhecidos drones civis, e vai-se fingir que estamos a par dos outros.

Isto é tudo uma banha da cobra ao estilo de um PM que faz em tudo o mais e, para isso se rodeia de matraquilhos que ele manipula a chutarem ao seu belo prazer, sejam ministros ou chefias militares.
Os bonecos matraquilhos estão bem com as vidinhas deles e por isso alinham.

Andam aqui a "lavar" o navio, que está sempre a mudar e afinal é uma coisa e depois não é, mas será a única coisa que a Marinhazita vai ganhar com esta gentinha.

Já agora:
 https://www.msn.com/pt-pt/noticias/ultimas/portugal-inicia-em-novembro-forma%C3%A7%C3%A3o-de-militares-da-cplp/ar-AA11ECam?ocid=msedgntp&cvid=c2fa74574b074145da010dedf1979a94

Isto é que é o típico do que têm feito de umas mãos lavarem outras, na bilateralidade muito especifica que governa alguns.
Também os expedicionários da treta a alimentar os esquemas deles e dos outros com o dinheiro do contribuinte, enquanto por cá tudo falta em todos os sectores, sejam civis ou militares.
O Pateta mór dá o aval, porque é um inconsequente e também vive disso.

Enquanto isso fazem figurinhas saloias onde vão com os navios obsoletos ou patéticos de meios, como é os NPO cegos e desarmados a carregar para os palop ou as VdG na Nato.

Já agora os beneficiados dos palop são aqueles que os seus governos tem das elites para enviar, por isso tiram um curso de oficial cá, seja das FA ou das FS e chegam lá são os comandantes daquilo tudo. Sabem alguns  com que "saber", mas também "em terra de cegos quem tem olho..... "
Como todos os outros beneficiados principais de outras ajudas de natureza diversa, educação superior por cá e saúde em Hospitais lá onde só entram alguns ou, os que vêm cá fazer tratamentos médicos por protocolos dos governos, são sempre aqueles que estão de alguma forma relacionados com os regimes, seja politicamente ou familiarmente.

Um grande caldeirão onde alguns se têm orientado à conta dos impostos de todos, que são assim gastos.

E há bonecos cá que sabem bem isso, pois também andam ou tem andado por lá e, ou andam cegos ou fingem que não veem. 
Os bonecos que deviam dar murros na mesa, pelo estado de coisas nas FA, pois tem obrigações e deveres inerentes ao cargo e ao estatuto militar. Um dia "juraram qualquer coisa", mas deixam afundar.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 11, 2022, 05:46:33 pm
A nova 1ª ministra de Inglaterra afirmou que quer usar 3% do PID na defesa, e nós por cá fantasiamos com Bimby a gosto de saloios e choninhas turistas.
Já o Alemão disse que a Europa nunca se devia ter colocado numa situação de dependia energética do gás Russo.

Cá, os Patetas, são inconsequentes nas ações, limitam-se a discursos de intenções e agradar a pro russos a sul.
Nem aos 2% lá chegaremos, apesar das imensas necessidades de colocar a casa em ordem. Mais facilmente se continua a esbanjar a sul com estrangeiros que nada se identificam a nós, senão para usar e de quando em vez enxovalhar, como até o fazia institucionalmente o fazia o Eduardo dos Santos e outros capangas.

A nossa utilidade para a Europa é residual, ficando por missões simbólicas. Em África pela ONU é que dão gito e sempre fica aquele sabor expedicionário, tal acontece nas tretas bilaterais com os palop, onde se presta vassalagem

Este é um País de cromos fora de série. Um País que parece aqueles divórcios onde um fica a sustentar tanto que não se consegue endireitar. E os impostos pagos servem para sustentar tantos  dentro e fora
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Setembro 12, 2022, 02:15:19 pm
Eu acho que os problemas da Marinha não têm causa nas relações diplomáticas, militares, e comerciais com os PALOP, nem por fim a estas ajudava muito com os ditos problemas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 12, 2022, 02:41:42 pm
Eu acho que os problemas da Marinha não têm causa nas relações diplomáticas, militares, e comerciais com os PALOP, nem por fim a estas ajudava muito com os ditos problemas.

Os problemas da Marinha, são os mesmos que os problemas nacionais. falta de verbas e de liderança.

As verbas, como são desviadas e usadas onde menos importa ou com outros e as lideranças são mais afectas a esquemas que ao valor nacional.
Por isso tudo tem a ver.

Aos palop vão navios ridículos desarmados e cegos por falta de meia dúzia de milhões do equipamento previsto, caso dos NPO 2ª série, mas gastam bem mais lá e cá com eles.
Os lideres, políticos e alguns militares, estão no mesmo caldeirão de esquemas que há muito vem sido feitos por lá.

Por isso sim, tem e terá sempre a haver enquanto a vassalagem e interesses pessoais politico empresarias com outros por acréscimo se sobrepuserem aos interesses nacionais.

Também podemos até falar de caixas e caixotes e do seu conteúdo, ou de "regalias" pessoais que auferem nomeadamente os diplomatas por todos estes esquemas, seja menores ou maiores os menores como uns belos casarões ao "preço da uva mijona" feitos por empresas nacionais de construção que recebem avultadas compensações pagas pelo Estado Português (o contribuinte) das falhas de pagamento dos seus trabalhos por lá. E isso em Angola era recorrente.

Já não falando das recorrentes ajudas de dezenas de milhões em ofertas, até em matérias que em Portugal fazem falta, como na Saúde.
Tudo isso, mais os Vistos às carradas para todos aqueles que estão na linha de cima, sob o olhar e conivência moral e ética de todos aqueles que por lá tem passado e sabem. Mas afinal todos comem a sua migalha, deste imenso mamar, onde as fatias divergem em tamanho.
Por isso sim, tem a haver.

Muita treta se reveste todas estas bilateralidades e turismo. Pior ainda quando há lugar a subserviência e gastos do erário público para sustentar isso.
Gastos melhor empregues na valorização do patrimônio nacional, seja militar ou civil, das necessidades dos portugueses em geral e não de alguns que se orientam.

Os políticos são e tem sido os grandes responsáveis, mas não olhar para as Instituições nomeadamente a Militar e, não ver o que tem servido e quem, também é cegueira.
A vaidade e bilateralidade protocolar da treta lá nos manos a sul faz esquecer o essencial onde Portugal está inserido e o suas necessidades.
Somos o terceiro mundo da Europa armado em ricos noutros lados


 
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: MATRA em Setembro 14, 2022, 04:45:57 pm
Copiões!!

Citar
Chinese navy has placed an order for a 15000 tons, UACV carrier test platform. The ship is planned to be 200m long

...mais 100m que o nosso.
(https://pbs.twimg.com/media/FcoFECEXEAMGYj5?format=jpg&name=medium)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 04:48:28 pm
Copiões!!

Citar
Chinese navy has placed an order for a 15000 tons, UACV carrier test platform. The ship is planned to be 200m long

...mais 100m que o nosso.
(https://pbs.twimg.com/media/FcoFECEXEAMGYj5?format=jpg&name=medium)

Porque com menos fazem mais. E o que tem muito é também a tal de Vontade
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Setembro 14, 2022, 11:32:35 pm
Pronto, era inevitável! Já começaram a copiar a ideia do Picas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 15, 2022, 07:24:02 am
Mais vale esperar e compramos um na loja do chinês daqui a uns meses
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 15, 2022, 11:12:12 am
Mais vale esperar e compramos um na loja do chinês daqui a uns meses

Se ao menos fosse brasileiro era já uma comissão multidisciplinar a abancar no Brasil uns 6 ou 12 meses em grande esforço, para estudo da coisa
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Setembro 15, 2022, 01:19:33 pm
Copiões!!

Citar
Chinese navy has placed an order for a 15000 tons, UACV carrier test platform. The ship is planned to be 200m long

...mais 100m que o nosso.
(https://pbs.twimg.com/media/FcoFECEXEAMGYj5?format=jpg&name=medium)

Mas certamente não é também hidrográfico-hospital-transporte-reabastecimento-invisível.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 15, 2022, 01:31:57 pm
Mais vale esperar e compramos um na loja do chinês daqui a uns meses

Se ao menos fosse brasileiro era já uma comissão multidisciplinar a abancar no Brasil uns 6 ou 12 meses em grande esforço, para estudo da coisa

Se a Embraer fizer uma joint venture
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Setembro 16, 2022, 11:22:06 am
Mais vale esperar e compramos um na loja do chinês daqui a uns meses

Se ao menos fosse brasileiro era já uma comissão multidisciplinar a abancar no Brasil uns 6 ou 12 meses em grande esforço, para estudo da coisa

Se a Embraer fizer uma joint venture

A salvação disto tudo seria a embraer começar a construir fragatas e lpd’s!!
Tá difícil..
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Setembro 16, 2022, 11:53:54 am
Mais vale esperar e compramos um na loja do chinês daqui a uns meses

Se ao menos fosse brasileiro era já uma comissão multidisciplinar a abancar no Brasil uns 6 ou 12 meses em grande esforço, para estudo da coisa

Se a Embraer fizer uma joint venture

A salvação disto tudo seria a embraer começar a construir fragatas e lpd’s!!
Tá difícil..

Fragatas já faz...  :mrgreen: :P

https://www.naval.com.br/blog/2021/06/30/fragatas-classe-tamandare-consorcio-aguas-azuis-comeca-a-firmar-contratos-de-construcao-de-equipamentos/ (https://www.naval.com.br/blog/2021/06/30/fragatas-classe-tamandare-consorcio-aguas-azuis-comeca-a-firmar-contratos-de-construcao-de-equipamentos/)

Citar
O consórcio Águas Azuis, formado por Embraer Defesa e a alemã ThyssenKrupp, começou a firmar contratos de construção de equipamentos que farão parte da primeira de quatro fragatas da classe Tamandaré encomendadas pela Marinha brasileira.

(https://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2021/06/Tamandare-frigate-2.jpg)

Cumprimentos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 16, 2022, 01:36:35 pm
Já estou mesmo a ver passarmos de País Atlântico com responsabilidades na Europa e na Nato, para Países de presença regional no terceiro mundo.
Levar a bagagem para onde se sente com olho em terra de cegos. Como o que se anda a fazer a sul. Custa mesmo é acompanhar quem tem dois olhos e mais de dois dedos de testa.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 16, 2022, 03:33:08 pm
Eu já estou por tudo, entre ter tamandarés e nada ( que é o mais certo que vai acontecer)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ACADO em Setembro 16, 2022, 05:07:49 pm
Os Puma do exército francês são amarrados ao deck por cabos.

(https://cdn.jetphotos.com/full/2/44719_1050910669.jpg)

Por isso se os Black Hawk se puderem fixar assim ao navio, é possível, mesmo não tendo nenhum sistema específico com pinças e grelhas.


Os Black Hawk não são Helis da organica de um navio, no entanto, com a devida manutenção, podem ser usados em operações Maritimas, tal como já o foram várias vezes no passado.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 16, 2022, 06:42:55 pm
Eu já estou por tudo, entre ter tamandarés e nada ( que é o mais certo que vai acontecer)

Pelo andar da coisa, a Bélgica ao pé nós vai parecer uma Potencia Naval. E a Moldávia não, porque não tem mar.

o melhor é os saloios adquirirem uns iates daqueles apreendidos aos oligarcas russos e enviarem para o GdG em "patrulha". Geralmente têm plataforma que dá para meter uns drones da fnac ogassa
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Setembro 23, 2022, 11:33:17 am
O programa não está ja a ficar atrasado?

Tanta pressa a aparentar o modelo a lançar o concurso , 30 dias para apresentarem as  propostas …..
44 dias para anunciar o vencedor do concurso… e agora nada?????

Hummmmm

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 23, 2022, 11:38:30 am
Se calhar as mãos ainda não foram untadas
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lusitaniae em Setembro 27, 2022, 11:53:20 pm
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Setembro 28, 2022, 10:05:52 am
O vencedor do concurso do gingarelho não devia ter sido já anunciado?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Setembro 28, 2022, 10:54:26 pm
O vencedor do concurso do gingarelho não devia ter sido já anunciado?

Deve ser um candidato brazuca .
Vai ser anunciado pelo pateta extasiado com invasões de gente formada em tudologia e diversos pouco concretos. Que tal como outros exóticos de oriente, vivem aos 7 e 8 em apartamentos que familiais portuguesas normais nunca conseguiriam alugar. Dai ser um grande negocio toda a bandalheira promovida e com contrapartidas pessoais lá nos buracos de origem.

Voltando ao navio, ou a Bimby, nem eles fazem ideia de como vai ser. É uma concepção visionária e virtual. Uma ideia. Como a ideia de ter 10 patrulhas, por exemplo. Ou mesmo como a ideia agora avançada de que a Marinha está apta para "defender" o mar nacional. Isto mesmo com fragatas a ficarem coxas como qualquer septuagenário lixado das virilhas cada vez que toma viagra.
É para a malta rir aqui, que isto estava meio sombrio
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Setembro 29, 2022, 08:58:40 am
O vencedor do concurso do gingarelho não devia ter sido já anunciado?

Eu acho « muito pouco » dinheiro para tudo o que foi anunciado…..

Se fosse construído na China talvez…

Ou então depois de um governo Geringonça vamos ter o NRP Geringonça que faz tudo e não faz nada.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Outubro 04, 2022, 02:23:35 pm
Consta que o seringas já encomendou uma dúzia para o hiper estrondoso super porta drones, da holística avançada...  :mrgreen:

https://www.ga-asi.com/a-new-short-field-advantage-mq-9b-stol?fbclid=IwAR0EPNioCqF_FPknfybgC0Ha2oZ-wFMveBx6uSHsTlLInxZBHtZYiKgVHZE (https://www.ga-asi.com/a-new-short-field-advantage-mq-9b-stol?fbclid=IwAR0EPNioCqF_FPknfybgC0Ha2oZ-wFMveBx6uSHsTlLInxZBHtZYiKgVHZE)

(https://www.ga-asi.com/images/BlogFeaturedImages/new-short-field-advantage-mq-8b-stol.jpg)

Saudações  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Datafire em Outubro 04, 2022, 03:10:52 pm
O vencedor do concurso do gingarelho não devia ter sido já anunciado?

Eu acho « muito pouco » dinheiro para tudo o que foi anunciado…..

Se fosse construído na China talvez…

Ou então depois de um governo Geringonça vamos ter o NRP Geringonça que faz tudo e não faz nada.

Irá, provavelmente, andar uns tempos sem todas valências intencionadas, até porque, muito do que se pretende, terá de ser desenvolvido por R&D nacional. e todos sabemos que partimos atrás.

Esta é uma plataforma de desenvolvimento, cientifico, de futuras tecnologias e conceitos, quer para a marinha, quer para universidades, institutos de investigação e empresas parceiras.
O orçamento inicial claro que não irá ser suficiente para tudo o que se aspira deste navio, mas será o suficiente para se ter uma base de desenvolvimento/investigação estável e moderna.

Deveríamos ter, como em Espanha, mais ministérios envolvidos neste projeto, como o da Agricultura e Pescas, Ensino Superior, Economia até mesmo Administração Interna, mas como sempre, é provável que caia tudo no PRR e no Orçamento da Marinha, e aí, não há milagres.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Outubro 04, 2022, 08:43:24 pm
O vencedor do concurso do gingarelho não devia ter sido já anunciado?

Eu acho « muito pouco » dinheiro para tudo o que foi anunciado…..

Se fosse construído na China talvez…

Ou então depois de um governo Geringonça vamos ter o NRP Geringonça que faz tudo e não faz nada.

Irá, provavelmente, andar uns tempos sem todas valências intencionadas, até porque, muito do que se pretende, terá de ser desenvolvido por R&D nacional. e todos sabemos que partimos atrás.

Esta é uma plataforma de desenvolvimento, cientifico, de futuras tecnologias e conceitos, quer para a marinha, quer para universidades, institutos de investigação e empresas parceiras.
O orçamento inicial claro que não irá ser suficiente para tudo o que se aspira deste navio, mas será o suficiente para se ter uma base de desenvolvimento/investigação estável e moderna.

Deveríamos ter, como em Espanha, mais ministérios envolvidos neste projeto, como o da Agricultura e Pescas, Ensino Superior, Economia até mesmo Administração Interna, mas como sempre, é provável que caia tudo no PRR e no Orçamento da Marinha, e aí, não há milagres.


"mais ministérios envolvidos neste projeto, como o da Agricultura e Pescas, Ensino Superior, Economia até mesmo Administração Interna",

Eu não sou nenhum expert, mas isto de tanta administração a volta da coisa dá em algum navio de Marinha de Guerra? Dá num hibrido ao serviço de muitos, onde por cá muitos metem o bedelho e ninguém se entende e não se chega a grande lugar.
Se é um navio de investigação, então toca a desmistificar a Bimby Marítima e chamar a coisa pelos nomes.

Agora mudando de assunto, então e navios MILITARES?
Não disse de Guerra para não criar susceptibilidades e arrepios nervosos nos empregados.
É que a Marinha de Guerra, ou Armada, está mesmo à rasquinha de navios tipo Fragatas, das capazes. Daquelas a sério, não tretas mencionadas em discursos de ocasião e das notícias no Face da FA e Marinhateca.

Será isto então uma coisa paralela e como tal, não vem ao caso na discussão das necessidades imediata no âmbito operacional de "soberania e defesa do território", usando as palavras pomposas do costume e recentes do picas.
Não vendam gato por lebre, que a montanha vai parir um rato. E a ser algo de relevante um dia, de nevoeiro decerto, só tendo verbas para o resto anunciado agora em modo ficção cientifica caseira.

Até podíamos lançar drones da Bimby para apoio aos "corpos expedicionários"  8)
Um pássaro Tuca de certeza não lançam.
 
Gente que se tivesses os pés no mar em vez de no gabinete era bem melhor.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Outubro 05, 2022, 08:53:59 am
Vídeo dos ensaios no porta aviões de Tróia

https://www.instagram.com/p/CjS3zhfv7NJ/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Outubro 05, 2022, 09:05:05 am
O substituto do Lynx.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Outubro 05, 2022, 09:41:59 am
Vídeo dos ensaios no porta aviões de Tróia

https://www.instagram.com/p/CjS3zhfv7NJ/

Substituíram militares por um bando de brincalhões e flores de estufa criadas em bancos de ensaio
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Outubro 05, 2022, 12:20:30 pm
O ponto mais positivo deste vídeo, é ver que as BD podem atracar no ponto de apoio de Tróia.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Outubro 27, 2022, 11:06:14 am
Já estão a inventar para lixar o HOLÍSTICO

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/10/german-frigate-sachsen-engages-drones-with-laser-weapon/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Outubro 27, 2022, 12:31:12 pm
Parabéns West Sea!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Outubro 27, 2022, 12:50:44 pm
O ponto mais positivo deste vídeo, é ver que as BD podem atracar no ponto de apoio de Tróia.

Penso que todos os nossos navios podem atracar em Troia, aquele cais é bem grande.

https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/12697/1/BE%20Rato%20Caldeira.pdf
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Outubro 27, 2022, 02:22:40 pm
Parabéns West Sea!

Ganhou o "concurso"?

Estou tão surpreendido.  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Outubro 27, 2022, 02:23:44 pm
Parabéns West Sea!

Ganhou o "concurso"?

Estou tão surpreendido.  ::)

Diria que está bastante próxima.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Outubro 27, 2022, 02:30:09 pm
Está no consórcio qualificado e autorização para adiamento do prazo de apresentação da proposta para 7 Novembro; também só houve 2 concorrentes, não sei se o outro também se qualificou...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Outubro 27, 2022, 03:03:27 pm
O ponto mais positivo deste vídeo, é ver que as BD podem atracar no ponto de apoio de Tróia.

Penso que todos os nossos navios podem atracar em Troia, aquele cais é bem grande.

https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/12697/1/BE%20Rato%20Caldeira.pdf

Também dos navios actuais, as BD são as maiores da Marinha, portanto o resto tem que lá caber sem problema.  :mrgreen:

A questão é mesmo, se algum dia tivermos fragatas de maior deslocamento/dimensão/calado, se também podem lá atracar. Também fica a dúvida se os Tridente podem. E se os restantes pontos de apoio no país, podem receber todos os navios da Marinha.

Está no consórcio qualificado e autorização para adiamento do prazo de apresentação da proposta para 7 Novembro; também só houve 2 concorrentes, não sei se o outro também se qualificou...

Concurso com 2 concorrentes, espectáculo.  :mrgreen:

Ambos concorrentes nacionais?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Outubro 27, 2022, 03:10:15 pm
Está no consórcio qualificado e autorização para adiamento do prazo de apresentação da proposta para 7 Novembro; também só houve 2 concorrentes, não sei se o outro também se qualificou...

Concurso com 2 concorrentes, espectáculo.  :mrgreen:

Ambos concorrentes nacionais?

A Damen informou ter "vontade e capacidade" mas que não iria participar no concurso...

Já há candidatos: "Consórcio WEST SEA-NAVALRIA" e "Fassmer (PRJCT - special investment advisory Lda)".
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Outubro 27, 2022, 03:16:17 pm
Então o concurso não está limitado a estaleiros nacionais, ou a FASSMER tem algum estaleiro cá?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Outubro 27, 2022, 03:25:53 pm
Já há desculpa para não comprar fragatas grandes, depois não atracam em Tróia  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Turlu em Outubro 27, 2022, 04:58:07 pm
O ponto mais positivo deste vídeo, é ver que as BD podem atracar no ponto de apoio de Tróia.

Penso que todos os nossos navios podem atracar em Troia, aquele cais é bem grande.

https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/12697/1/BE%20Rato%20Caldeira.pdf

As João Belo atracavam sem problemas.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Outubro 27, 2022, 09:08:12 pm
As João Belo, creio que calavam 4.5m, as Vasco da Gama 6m, as Bartolomeu Dias 6.2m (calado das Karel Doorman, porque há lugares em que o calado das BD aparece como sendo de 4m, o que é irrealista.)

Um LPD da glasse Galicia tem um calado de aproximadamente 6m. O NRP Bérrio calava mais de 7 metros.

=
informação alterada, com cartas novas
=
O cais de Troia (marinha) tem uma profundidade  de 8.4m a 9m  na área de atracagem.
A manobra é considerada potencialmente mais complicada com corrente.

A manobra é segura se for feita com maré alta. Quando a maré está a encher é mais complicado porque a corrente pode empurrar as embarcações para as áreas menos fundas, mas navios militares, têm potência para dar e vender. Os navios pequenos, é que podem ter problemas com a corrente.

A posição de atracagem de um NPO, chamou-se a atenção, porque estava atracado a estibordo, com a proa para nascente, pelo que fui verificar melhor.

Portanto, para embarcações com o calado das fragatas e mesmo um LPD não parece haver nenhum impecilho à utilização daquele ponto de apoio.
A profundidade é suficiente, ainda que, uns mil ou dois mil  metros mais para nascente, já possa haver problemas.
De qualquer forma, o rio Sado embora pareça largo, nem na realidade dois canais. É como se fossem dois rios. Há muitos baixios e a largura do estuario é enganadora.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Outubro 28, 2022, 12:17:46 am
Já há desculpa para não comprar fragatas grandes, depois não atracam em Tróia  :mrgreen:

Que fragatas é que não podem atracar em Troia?

Porque é assim tão importante as fragatas atracarem em Troia?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Outubro 28, 2022, 06:32:44 am
Já há desculpa para não comprar fragatas grandes, depois não atracam em Tróia  :mrgreen:

Que fragatas é que não podem atracar em Troia?

Porque é assim tão importante as fragatas atracarem em Troia?

Calma, era só uma piada porque houve um colega que mencionou que ficamos a saber que as BD podem atracar em Tróia. ;)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Outubro 28, 2022, 07:15:56 am
Já há desculpa para não comprar fragatas grandes, depois não atracam em Tróia  :mrgreen:

Que fragatas é que não podem atracar em Troia?

Porque é assim tão importante as fragatas atracarem em Troia?

Calma, era só uma piada porque houve um colega que mencionou que ficamos a saber que as BD podem atracar em Tróia. ;)

Não ligue :Amigos:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Outubro 28, 2022, 02:54:55 pm
Já há desculpa para não comprar fragatas grandes, depois não atracam em Tróia  :mrgreen:

Que fragatas é que não podem atracar em Troia?

Porque é assim tão importante as fragatas atracarem em Troia?

Então mas o calado já é um pretexto para não se adquirirem navios grandes, por causa do acesso ao Alfeite.

E atracar no Alfeite, ou noutro ponto de apoio naval qualquer do país, é importante, porque é esta a sua função. Se precisares de abastecer um navio no meio de um conflito, e o Alfeite estiver comprometido, tens que ir para outro sítio, e ou vais para um porto civil, ou um ponto de apoio. É por questões estratégicas, essa coisa impensável neste país onde se improvisa à medida que as coisas vão acontecendo.

Mas se calhar, mais importante do que garantir que Tróia pode receber qualquer navio e submarino do presente ou futuro da Marinha, é arranjar forma de ter acesso directo ao campo de golfe de Tróia, que deve ser mais importante!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Outubro 28, 2022, 04:54:04 pm
Eu sou avesso a teorias conspirativas ... como já se deve ter percebido, no entanto, devo confessar que, olhando para o mapa, o que mais salta à vista não são os campos de golfe, são as casas de luxo do empreendimento privado da Soltroia...

Fica do outro lado da estrada ...  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Outubro 28, 2022, 07:53:11 pm
Até cabe lá um Porta-aviões...

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcStiCaLb_HQus82wohx8OflFqzD3Zd5Vc6GTw&usqp=CAU)

PS: Parece, mas não é Troia  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Outubro 28, 2022, 08:44:42 pm
Bom... um Nimitz é que não dá ...  :mrgreen:

No entanto, a título de curiosidade e  comparação, um Nimitz também não entrava no Arsenal do Alfeite. As fragatas da classe Vasco da Gama e Bartolomeu Dias, têm que atracar nas extremidades dos molhes...
E  para entrar e sair da doca seca, tem que ser em dia de maré alta ...

Portanto, não prevejo a aquisição de porta-aviões ...  8) 8)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Outubro 28, 2022, 09:01:40 pm
Já há desculpa para não comprar fragatas grandes, depois não atracam em Tróia  :mrgreen:

Que fragatas é que não podem atracar em Troia?

Porque é assim tão importante as fragatas atracarem em Troia?

Então mas o calado já é um pretexto para não se adquirirem navios grandes, por causa do acesso ao Alfeite.

E atracar no Alfeite, ou noutro ponto de apoio naval qualquer do país, é importante, porque é esta a sua função. Se precisares de abastecer um navio no meio de um conflito, e o Alfeite estiver comprometido, tens que ir para outro sítio, e ou vais para um porto civil, ou um ponto de apoio. É por questões estratégicas, essa coisa impensável neste país onde se improvisa à medida que as coisas vão acontecendo.

Mas se calhar, mais importante do que garantir que Tróia pode receber qualquer navio e submarino do presente ou futuro da Marinha, é arranjar forma de ter acesso directo ao campo de golfe de Tróia, que deve ser mais importante!

Pensava que para isso bastava os helicópteros da Marinha sem o Flir
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Outubro 29, 2022, 03:21:23 pm
Com o tempo que demoram os procedimentos pré-voo, devem chegar lá mais rápido num dos carros de luxo. Além de que os donos do campo de golfe devem reclamar do barulho do helicóptero, e da ventania que levanta ao aterrar.  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Outubro 29, 2022, 03:49:04 pm
Deixem lá os senhores em paz seus maldizentes, ele já sofrem que baste
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Outubro 29, 2022, 07:32:30 pm
Deixem lá os senhores em paz seus maldizentes, ele já sofrem que baste

Tadinhos
Imagino a neura de lerem estas coisas e outras no face das FA, por exemplo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Outubro 30, 2022, 06:05:33 pm
Há tempos, fui ter com um oficial (que já apareceu) na TV e...tinha uma aba do navegador no.... FD !  :mrgreen: :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Outubro 30, 2022, 07:50:53 pm
Há tempos, fui ter com um oficial (que já apareceu) na TV e...tinha uma aba do navegador no.... FD !  :mrgreen: :mrgreen:

É para estar atento. Sempre pode aprender que parece andarem por aqui alguns que podem ensinar e, outros que pelo menos podem espicaçar a dormência lasciva dos bonecos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Outubro 31, 2022, 09:37:00 am
Há tempos, fui ter com um oficial (que já apareceu) na TV e...tinha uma aba do navegador no.... FD !  :mrgreen: :mrgreen:

Aprender nunca é demais
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Johnnie em Outubro 31, 2022, 05:10:27 pm
As João Belo, creio que calavam 4.5m, as Vasco da Gama 6m, as Bartolomeu Dias 6.2m (calado das Karel Doorman, porque há lugares em que o calado das BD aparece como sendo de 4m, o que é irrealista.)

Um LPD da glasse Galicia tem um calado de aproximadamente 6m. O NRP Bérrio calava mais de 7 metros.

=
informação alterada, com cartas novas
=
O cais de Troia (marinha) tem uma profundidade  de 8.4m a 9m  na área de atracagem.
A manobra é considerada potencialmente mais complicada com corrente.

A manobra é segura se for feita com maré alta. Quando a maré está a encher é mais complicado porque a corrente pode empurrar as embarcações para as áreas menos fundas, mas navios militares, têm potência para dar e vender. Os navios pequenos, é que podem ter problemas com a corrente.

A posição de atracagem de um NPO, chamou-se a atenção, porque estava atracado a estibordo, com a proa para nascente, pelo que fui verificar melhor.

Portanto, para embarcações com o calado das fragatas e mesmo um LPD não parece haver nenhum impecilho à utilização daquele ponto de apoio.
A profundidade é suficiente, ainda que, uns mil ou dois mil  metros mais para nascente, já possa haver problemas.
De qualquer forma, o rio Sado embora pareça largo, nem na realidade dois canais. É como se fossem dois rios. Há muitos baixios e a largura do estuario é enganadora.

Não foi para os lados de Troia que uma vez encalharam a Alvares Cabral?  ::)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Novembro 07, 2022, 04:06:43 pm
Vão lá debater  :mrgreen:


https://www.facebook.com/504566559707999/posts/pfbid02BUoJ5WNx7JqtCPch1GagW6M1oA5mJREEmbZsy62hwpCC8zkmanX18qzKZFVpGqn9l/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Novembro 07, 2022, 04:22:22 pm
Vão lá debater  :mrgreen:


https://www.facebook.com/504566559707999/posts/pfbid02BUoJ5WNx7JqtCPch1GagW6M1oA5mJREEmbZsy62hwpCC8zkmanX18qzKZFVpGqn9l/

"Templo da Poesia, Parque dos Poetas, Oeiras"

A condizer com os líricos
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Novembro 07, 2022, 06:36:25 pm
É do que esta gentinha gosta, poesia e encher o bandulho  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: ICE 1A+ em Novembro 09, 2022, 11:20:16 pm
Vão lá debater  :mrgreen:


https://www.facebook.com/504566559707999/posts/pfbid02BUoJ5WNx7JqtCPch1GagW6M1oA5mJREEmbZsy62hwpCC8zkmanX18qzKZFVpGqn9l/

Juro que,  se estivesse em Portugal  nessa data, estaria presente e convocaria todos os “velhinhos “ do fórumdefesa.com  para os conhecer pessoalmente e rirmos   “à brava” no “jantarinho! “

Será que aparece por lá alguém com “eles “  no sítio e com coragem para “chamar os bois pelo nome” como se diz na linguagem Minhota?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: typhonman em Novembro 12, 2022, 07:53:40 pm
Acho que já chega de debate "online"....
Quase 20 anos...
Podemos reunir e ir a um "evento" destes, o que acham ?



Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Novembro 13, 2022, 09:26:24 am
Meus ricos 35€, para dar dinheiro a chulos já me basta o governo
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Vicente de Lisboa em Novembro 15, 2022, 03:05:27 pm
Por acaso gostava de ouvir argumentos a favor do projecto que não viessem do proponente ou do nosso amigo aqui do forum que acredita num grande futuro de exportações e revolução da guerra naval. Só, assim, algum argumento a explicar como o que é que o bicho vai fazer, como é que vai ter tantas valências por aquele custo, quem é que o vai desenhar, etc.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Novembro 15, 2022, 04:14:53 pm
No fim não vão é construir nada :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Novembro 15, 2022, 08:45:40 pm
Por acaso gostava de ouvir argumentos a favor do projecto que não viessem do proponente ou do nosso amigo aqui do forum que acredita num grande futuro de exportações e revolução da guerra naval. Só, assim, algum argumento a explicar como o que é que o bicho vai fazer, como é que vai ter tantas valências por aquele custo, quem é que o vai desenhar, etc.

A mim parece-me que a única possibilidade, é ser um navio com espaço para as capacidades em questão, capacidades essas que serão implementadas posteriormente. Isto é, o dinheiro é para construir o navio, e mais nada, o resto vai sendo adquirido à parte. Sendo o navio de construção civil, não deve ficar a um custo por aí além se o design contar logo com o convés corrido e algumas gruas, elevadores ou até mini doca alagável. O que ficará mais caro, serão equipamentos específicos, como os drones, sensores, etc.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Novembro 16, 2022, 11:40:41 am
Vai revolucionar a guerra naval do solnado.  :mrgreen: Com os ST e drones kamikases iranianos a operar do convés de voo (Numa marinha que nem um AOR tem vão gastar dinheiro num navio científico com drones de vigilância. Brutal!!!).  :mrgreen:

(https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Imagens%20Noticias/2022/Plataforma%20Navio%20Polivalente/nova%20foto%20para%20usar.jpg)


https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/A-inovacao-que-a-plataforma-naval-multiproposito-traz-a-Portugal.aspx (https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/A-inovacao-que-a-plataforma-naval-multiproposito-traz-a-Portugal.aspx)

Citar
Este navio, idealizado sob um novo conceito de operação, não tem requisitos militares e não é armado. As suas principais funções são a monitorização ambiental, nomeadamente, no combate à poluição marítima, a fiscalização da pesca, a preservação dos recursos, o desenvolvimento do conhecimento e da investigação no âmbito hidrográfico e científico. Todos os seus drones não possuem armamento e os sensores utilizados servem para monitorizar, vigiar e controlar os espaços marítimos sob jurisdição nacional.

Cumulativamente, este navio servirá para o eventual transporte e evacuação de cidadãos, em caso de necessidade.

Com o conceito de duplo uso, e tratando-se de um navio tecnologicamente inovador e disruptivo, irá permitir testar soluções tecnológicas na área robotizada, contribuindo para o desenvolvimento de tecnologia nacional.

De recordar que a Defesa, através da Marinha e Autoridade Marítima Nacional, é responsável, entre outras missões, pelo combate à poluição marítima, pela fiscalização da pesca e das artes depredatórias, pelo salvamento marítimo e pela investigação oceanográfica. Áreas cujas capacidades ao dispor de Portugal serão potenciadas por este tipo de plataforma.


Saudações
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Novembro 16, 2022, 12:04:01 pm
Citar
De recordar que a Defesa, através da Marinha e Autoridade Marítima Nacional, é responsável, entre outras missões, pelo combate à poluição marítima, pela fiscalização da pesca e das artes depredatórias, pelo salvamento marítimo e pela investigação oceanográfica. Áreas cujas capacidades ao dispor de Portugal serão potenciadas por este tipo de plataforma.

Não temos o dinheiro...
Mas sinceramente ...
Em vez de pensar no que gostaria que a marinha tivesse para desempenhar as suas funções, o que acho é que o país precisa de uma Guarda Costeira.

Acabar com o disparate da marinha da GNR e colocar na guarda costeira, todas as valências de fiscalização das pescas, verificação do tamanho do carapau, da pesca da sardinha e da migração do atum, estudo da plataforma continental, bem estar dos golfinhos e monitorização das orcas na costa portuguesa ...

Deixava de haver argumentos para ter uma marinha que finge que existe, com navios que fingem que são o que não podem ser e oficiais que se entrassem numa embarcação civil moderna, ficavam espantados com a tecnologia de porta-aviões que um barco de recreio moderno tem...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Novembro 16, 2022, 09:55:00 pm
Esses depois de uns tintos do bom espantam-se com qualquer coisa e fazem figuras como o pateta mór do reino fez a provar vinhos e dizer larachas.
Se temos um País de coninhas e de figurões a fazer figurinhas tristes, como poderemos ter sequer Forças Armadas.

São bons é em teorias na TV e fazer de adidos atras de secretárias, pois os outros olham para eles e perguntam-se que gentinha é esta a fingir que estão na tropa?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 20, 2022, 10:09:00 am
O "inovador e disruptivo" navio multifuncional da Marinha, aka Bimby Naval: "neste momento já só há um concorrente qualificado" e que "corre o prazo para a apresentação de proposta até ao final deste mês".

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-nov-2022/concurso-para-o-novo-navio-multifuncoes-da-marinha-tem-um-candidato-qualificado-15368849.html
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Novembro 20, 2022, 10:16:00 am
O "inovador e disruptivo" navio multifuncional da Marinha, aka Bimby Naval: "neste momento já só há um concorrente qualificado" e que "corre o prazo para a apresentação de proposta até ao final deste mês".

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-nov-2022/concurso-para-o-novo-navio-multifuncoes-da-marinha-tem-um-candidato-qualificado-15368849.html

E eu a pensar na minha santa ingenuidade, que estaleiros de todo o mundo e arredores se iriam degladiar pela honra de construir tal projeto tão inovador!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Novembro 20, 2022, 11:11:20 am
(https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-nov-2022/amp/concurso-para-o-novo-navio-multifuncoes-da-marinha-tem-um-candidato-qualificado-15368849.html)

Pena não se conseguir ler as dimensões à direita da imagem.

Notas:

* Hangar para NH90
* Catapulta de lançamento na proa
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Novembro 20, 2022, 11:18:14 am
O que aparece é EH-101, e não NH-90...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Novembro 20, 2022, 11:42:01 am
O que aparece é EH-101, e não NH-90...

Isso é no convés. Na foto por baixo da ponte diz "Hangar para NH90".
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Novembro 20, 2022, 11:48:41 am
(https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-nov-2022/amp/concurso-para-o-novo-navio-multifuncoes-da-marinha-tem-um-candidato-qualificado-15368849.html)

Pena não se conseguir ler as dimensões à direita da imagem.

Notas:

* Hangar para NH90
* Catapulta de lançamento na proa

A pista terá 102 m de comprimento.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Novembro 20, 2022, 11:49:01 am
A imagem continua a não aparecer.

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-nov-2022/amp/concurso-para-o-novo-navio-multifuncoes-da-marinha-tem-um-candidato-qualificado-15368849.html

Mais vale clicar no link e ver lá o texto e imagem.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: nelson38899 em Novembro 20, 2022, 11:57:09 am
Isto é um NPL travestido de navio de investigação cientifico.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Novembro 20, 2022, 12:10:49 pm
O duplo uso sempre presente.
E o "drones não armados".
Mais um para a Marinah fofifnha.
Continuem.
Cps,
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Novembro 20, 2022, 12:14:40 pm
(https://i.ibb.co/6sHrnX1/Screenshot-20221120-121152-2.png)

Imagem ampliada do artigo do DN

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-nov-2022/concurso-para-o-novo-navio-multifuncoes-da-marinha-tem-um-candidato-qualificado-15368849.html


Citar

Segundo este responsável, a previsão é de que, "até final do mês" (novembro), "a proposta seja entregue" e que "até ao final do ano o contrato seja assinado". De acordo com o calendário que mostrou neste encontro, a construção desta plataforma deverá decorrer entre 2023 e 2025, entregue no final de 2025, sendo 2026 o "ano das garantias".


Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: P44 em Novembro 20, 2022, 12:16:10 pm
Isto é um NPL travestido de navio de investigação cientifico.

Também me parece

Se é a maneira de o vender aos políticos e à opinião pública, que seja
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 20, 2022, 12:45:12 pm
O duplo uso sempre presente.
E o "drones não armados".
Mais um para a Marinah fofifnha.
Continuem.
Cps,

E não só: depois de lermos a peça, fica-se com toda a sensação (ou certeza) que estamos a formar especialistas em retirar o militar da palavra "militar". A ênfase praticamente constante no afirmar de que não se trata de um navio de guerra armado, e consequentemente que os drones também não o serão, é razão para se ficar envergonhado. 

Siga a Marinha holística e disruptiva...
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Novembro 20, 2022, 01:05:01 pm
Citar
Isto é um NPL travestido de navio de investigação cientifico.

Esqueci-me de salientar em cima que também tem uma entrada Ro-Ro.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Novembro 20, 2022, 02:09:02 pm
Isto é um NPL travestido de navio de investigação cientifico.

É apenas um navio de investigação vendido como navio militar para enganar tolos.
Citar
Especificação da Plataforma Naval Multifuncional
Sistema 1 - Sistema Naval de Base
Como uma plataforma multifunções, deve estar equipada não só com o conjunto de sensores adequados às suas tarefas de monitorização e trabalho de oceanografia, mas também com todos os equipamentos de suporte à operação conjunta com meios avançados e suporte a trabalhos de investigação, desenvolvimento e “deployment” de meios inovadores e de interesse para o futuro.

Como plataforma base para a monitorização oceânica, e investigação oceanográfica, deve possuir:
  • Sistema de comando e controlo da plataforma com uma rede digital redundante e resiliente (sempre que possível encriptado e seguro), de alto débito, ligada a sistemas de comunicação para o exterior, o que inclui sistemas de ancoragem satélite, comunicações em HF/VHF/UHF/SHF. Nestes sistemas inclui-se o comando e gestão centralizada da plataforma, comando e controlo de Drones – permitirá o desenvolvimento das tecnologias de comunicações, redes e aplicações de gestão e armazenamento da informação, assim como de sensores e equipamentos inteligentes na gestão de plataformas complexas, úteis e transversais a muitas necessidades industriais e operacionais;
  • Posicionamento dinâmico (DP1);
  • Capacidade de propulsão com ruído reduzido (propulsão complementar elétrica) para trabalhos de acústica;
  • Sistema de posicionamento acústico de meios submarinos (quer na coluna de água quer até profundidade de oceano total, 6.000m, por exemplo com pelo menos máquinas de “deployment” de sensores acústicos SBL/USBL;
  • Baía para lançamento de meios submarinos (abertura na ordem dos 20x10m e capacidade de lançamento até 30 toneladas). Este acesso à água permitirá operar em conjunto com outros meios dos quais o navio será estação base. É de salientar a operação com USVs (Veículos de Superfície não Tripulados) especificamente desenvolvidos para recolher lixo oceânico e plástico;
  • Alternativamente ou complementarmente deve possuir uma baía de desembarque para sistemas autónomos de superfície para meios navais de médio porte;
  • Possibilidade de instalação de patilhão / com sensores fixos – similar a outra “deployment machines” usadas em DP e acústica, mas para sensores teste – potencialmente usando moonpool;
  • Sistema de lançamento de cargas A-frame com compensação de ondulação, permitindo não só lançamento e suporte à operação de meios tradicionais como o um Work Class ROV, o lançamento de boias oceânicas, etc;
  • Guindaste a bordo com capacidade de carga até 50 toneladas;
  • Capacidade de espaço no Convés ou tombadilho para transporte de diferentes meios, destacando-se a possibilidade de transportar laboratórios contentorizados particulares, um ROV DRILL, um Work Class ROV, observatórios, submarinos, veículos robóticos submarinos e de superfície de dimensão considerável (2-4 toneladas);
  • Capacidade de suportar o lançamento / aterragem e descolagem de meios robóticos aéreos, quer de asa fixa quer de asa rotativa (de preferência vertical “take-off and landing”, mas eventualmente recorrendo a “launch pads”, redes de captura, catapulta);
  • Possuir um helideck à proa compatível com helicópteros operados pela Marinha Portuguesa;
Complementarmente deve possuir capacidades logísticas, laboratoriais e de operação:
Laboratórios de Geofísica, Biologia, Geologia;
Oficinas (apoio técnico a sistemas avançados anteriormente listados);
“Garagem” para subsistemas e robóticos anteriormente identificados.

Acresce a possibilidade de operar e gerir fisicamente módulos contentorizados, quer do ponto de vista espacial,
quer do ponto de vista lógico, mecânico e elétrico.

Para além da ponte de Comando do Navio, deverá possuir uma ponte de operação para as missões em curso, pontes para operação dos sistemas robóticos e sistemas de fundo, uma sala de operações multifuncional para operar estes sistemas avançados, uma ponte científica, diversas salas de reuniões e gabinetes de trabalho e auditório de acompanhamento de missões – para visitantes e acompanhamento externo de missões.

Será particularmente relevante a implementação uma solução de energia baseada na combustão de amónia verde por via de motores dual-fuel, quer seja para o sistema de propulsão quer seja para a geração de energia elétrica para todos os demais sistemas consumidores.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Novembro 20, 2022, 02:23:29 pm
(https://i.ibb.co/6sHrnX1/Screenshot-20221120-121152-2.png)

Lancha de Desembarque...?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Novembro 20, 2022, 04:11:43 pm
O desenho indirectamente explica porque é que só um estaleiro se meteu nisto. Por 100 milhões, nenhum estaleiro no Ocidente faz um navio destes, com esta dimensão e estas capacidades.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Novembro 20, 2022, 06:48:15 pm
Mas não eram para ser 160 milhões. Tenho ideia que isso já veio escrito em tempos.

De qualquer maneira, que tem esta coisa a ver com a necessidade urgente de navios que garantam segurança e soberania com credibilidade?

Os empregados da marinha devem ficar encantados. É mais uns empregos descomplicados de mar chão e algum turismo.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Novembro 20, 2022, 08:21:02 pm
Se a pista é corrida e quase tão longa quanto o navio, então ele não terá muito mais de 110m de comprimento

Os navios da classe Galicia têm 160m de comprimento
O Rotterdam são os dois diferentes, um com 166m e o outro 176m.
Os NPO Viana do Castelo têm 83m de comprimento.

As imagens mostram um navio com demasiada obra morta. Isto não é anormal em navios com doca alagável, mas neste caso a doca é relativamente pequena.
Não dá para ver as dimensões, comprimento e boca, para tentar ter uma ideia de qual seria a velocidade de deslocamento máxima.
Em alguns casos a imagem está distorcida e não se podem fazer extrapolações.

Os espanhóis quiseram construir os seus próprios submarinos... O primeiro demorou 16 anos a construir, começaram em 2005 e ainda não está ao serviço.

Aqui, queremos desenvolver algo, sem ter feito nada parecido antes, nem sequer ter operado qualquer navio parecido...
Talvez tenham contratado alguém que saiba desenhar navios do tipo  :mrgreen:

O problema principal, é que eu, pessoalmente, não entendo para que serve esta coisa...
Mas...
Deve ser problema meu...    :-[

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Novembro 20, 2022, 09:33:17 pm
Tenho a ideia que a velocidade deverá andar entre os 15 e os 21 nós, mas apostaria mais perto dos 15. A construção é, ao que tudo indica, civil. As capacidades "acrescidas" devem ser minimalistas, até porque com 110 metros de navio, mais coisa menos coisa, não dá para ter tudo.

Lado positivo: é financiado. Lado negativo: os iluminados acham que resolve os problemas todos fazer deste navio uma salada de frutas, ao invés de ser apenas um hidrográfico com algumas capacidades extra.

A mim não me preocupa se este navio vira algum pseudo-LPD, já que é o menor dos males ter um navio que possa receber uma lancha de desembarque pequena e tenha alguma capacidade logística. Pior é achar que "isto é o futuro da guerra", que substituirá fragatas no futuro.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Novembro 20, 2022, 10:54:42 pm
Não entendo onde arranjam a possibilidade de ser, por pouco que seja, um NPL... é um navio científico com capacidade para 1 par de helicópteros médios e (aqui "diferente") drones.

Vejam as especificações, a capacidade de transporte de pessoas, o paiol, etc.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: mafets em Novembro 21, 2022, 05:12:36 pm
Ro-Ro já é qualquer coisa. Com uma lancha de desembarque melhor ainda (Não vi mas na volta...). Tivesse capacidade AOR e a coisa até ia...  :mrgreen:

(https://www.f-16.net/forum/download/file.php?id=31103&t=1)

Impressão minha ou existe uma confusão entre Sky Jump e Catapulta?  :P

(https://i.ibb.co/6sHrnX1/Screenshot-20221120-121152-2.png)

Saudações
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Novembro 21, 2022, 06:16:48 pm
1. Tem lancha de desembarque
2. É mesmo catapulta.

No anexo tem uma imagem com qualidade ligeiramente melhor.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Novembro 21, 2022, 11:30:20 pm
Deve ser catapulta para drones.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Novembro 22, 2022, 12:09:11 am
Deve ser catapulta para drones.

O meio deve estar preparado para lançar drones por catapulta e recolha por rede.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 22, 2022, 12:04:36 pm
Só aceito se for este drone...


(https://www.thedrive.com/uploads/2022/11/21/Screen-Shot-2022-11-21-at-6.46.18-PM.png?auto=webp&optimize=high&quality=70&width=1920)

Motor Ucraniano:

https://turdef.com/Files/Attachment/The%20Flyer%20of%20AI-322f%20Engine.pdf
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Novembro 22, 2022, 12:31:30 pm
Deve ser catapulta para drones.


Sim.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: NVF em Novembro 22, 2022, 12:37:05 pm
É o EMALS tuga.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Novembro 22, 2022, 12:40:07 pm
(https://i.ibb.co/9bMhqdN/ar3.png) (https://ibb.co/5r7k5J6)
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 22, 2022, 03:34:35 pm
(https://i.ibb.co/9bMhqdN/ar3.png) (https://ibb.co/5r7k5J6)

Deve ser por aí.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Visitante123 em Novembro 22, 2022, 04:42:25 pm
Eu acho que não há dúvidas disso.

Até os franceses nunca conseguiram por uma catapulta a funcionar nos porta-aviões tendo que ser os americanos a dar-lhes a tecnologia. Não me parece que fosse Portugal que ia instalar uma catapulta que não fosse uma para drones.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Novembro 22, 2022, 04:57:13 pm
Para ser mais correto, não é uma catapulta, é muito mais uma fisga.

A questão aqui, é que este tipo de navio com este tipo de valências não tem lugar numa marinha de guerra.

Ainda que, como meio de patrulha, desde que possuam um número de drones com alguma capacidade, eles possam de facto servir para vigilância.
Combate ao trafico de drogas, contrabando e até mesmo transfega ilegal.
Depois, é só preciso ter uma marinha para agir...

Parece que estão a transformar este tipo de barco, e friso barco não navio, numa espécie de Santo Graal, que vai  servir para alguma coisa...

No fim, só conta para controlar o mar, quem consegue controlar os meios marítimos que ilegalmente nele estão.
E se não for a bem, tem que ser capaz de o fazer a mal.

Com este barco, só lá vamos se os maus da fita forem bonzinhos ...  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Lightning em Novembro 22, 2022, 05:03:50 pm
Parece um bom barco para a GNR  :mrgreen:
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 23, 2022, 12:21:09 pm
(https://i.ibb.co/9bMhqdN/ar3.png) (https://ibb.co/5r7k5J6)

Deve ser por aí.

Vídeo - https://twitter.com/TEKEVER/status/1549672271786172416?s=20&t=TdUEKtT4juyxsDRYbmEVag
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Novembro 23, 2022, 08:13:39 pm
(https://i.ibb.co/9bMhqdN/ar3.png) (https://ibb.co/5r7k5J6)

Deve ser por aí.

Vídeo - https://twitter.com/TEKEVER/status/1549672271786172416?s=20&t=TdUEKtT4juyxsDRYbmEVag


Já existe a versão do AR3 VTOL.

https://www.tekever.com/models/ar3/
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luis_B em Novembro 23, 2022, 08:47:57 pm
A Tekever vai lançar o ARX em 2023, o timming bate certo se a marinha quiser incorporar um drone grande e com payload decente a este projecto. Basta saber se há vontade e se o ARX pode ser lançado por catapulta e aterrar numa pista com pouco mais de 100m. Provavelmente estou a sonhar acordado.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Red Baron em Novembro 23, 2022, 09:48:55 pm
A Tekever vai lançar o ARX em 2023, o timming bate certo se a marinha quiser incorporar um drone grande e com payload decente a este projecto. Basta saber se há vontade e se o ARX pode ser lançado por catapulta e aterrar numa pista com pouco mais de 100m. Provavelmente estou a sonhar acordado.

Onde viu essa informação?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Novembro 23, 2022, 10:08:13 pm
O ARX deverá ter uma envergadura de asas demasiado grande para aterrar num navio tão pequeno. Até o AR5 já tem 7,3 metros de envergadura, o ARX será certamente maior, além de mais pesado.

O navio deverá estar limitado a pequenos UAVs, como o AR3 e os Ogassa, que tenham ou descolagem VTOL, STOVL ou STOL e capazes de serem apanhados com rede.

Quero é ver se com esta história do foco nos drones, vamos de facto vir a adquirir uns Camcopter S100 como primeiro, e provavelmente único, UAV embarcado armado.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Luis_B em Novembro 23, 2022, 10:34:00 pm
A Tekever vai lançar o ARX em 2023, o timming bate certo se a marinha quiser incorporar um drone grande e com payload decente a este projecto. Basta saber se há vontade e se o ARX pode ser lançado por catapulta e aterrar numa pista com pouco mais de 100m. Provavelmente estou a sonhar acordado.

Onde viu essa informação?

Basta saber se há vontade e se o ARX pode ser lançado por catapulta e aterrar numa pista com pouco mais de 100m.

Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Novembro 24, 2022, 06:50:38 am
Para um navio científico um drone tipo ARX é importante...?
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Novembro 24, 2022, 08:51:33 am
Citação de: Luis_b
A Tekever vai lançar o ARX em 2023, o timming bate certo se a marinha quiser incorporar um drone grande e com payload decente a este projecto.

Não encontro grande coisa sobre as eventuais capacidades deste ARX além disto ...
https://twitter.com/TEKEVER/status/1581947407637843968 (https://twitter.com/TEKEVER/status/1581947407637843968)
O que sabemos, é que os drones desta empresa se caracterizam por uma velocidade relativamente reduzida e uma capacidade de carga igualmente mínima. Vemos imagens com ceu limpo e mar para turista em férias ...

Este tipo de aeronaves pode ser importante para operações de busca e salvamento, já que podem operar a dezenas de quilometros do navio base.
O problema que vejo aqui, é que este tipo de operações muitas vezes decorre com condições climatéricas muito adversas.
Um drone, que tem uma velocidade de cruzeiro de no máximo 50 nós, como é que enfrenta ventos contrários de 35 nós ?

Em condições climatéricas adversas (muito vento, visibilidade mínima e grande ondulação) como é que isto funciona ?

Um drone pode amarar, para ser recuperado...
Tudo bem ...
Mas quem é que vai tira-lo da água quando as ondas tiverem cinco ou seis metros de altura ?

E qual é o tamanho da rede necessário para apanhar um drone, que pode facilmente ser atirado para o lado por uma rajada de vento ?

Todas estas ideias são muito interessantes, e é importante serem estudadas e testadas.
Tenho algumas dúvidas sobre este tipo de soluções, não porque ache que não são boas, mas essencialmente porque o numero de problemas que vão aparecer pela frente é tão grande, que vejo isto a arrastar-se até ao próximo século.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: dc em Novembro 24, 2022, 11:20:04 pm
Para um navio científico um drone tipo ARX é importante...?

É irrelevante, pois o navio não vai conseguir operar aquele tipo de drone, nem sequer o AR5. O mais certo é serem UAVs pequenos e na classe dos Ogassa, que sejam ou VTOL ou capazes de serem recuperados com rede, e pouco mais.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pedro Monteiro em Novembro 25, 2022, 08:01:33 am
A Tekkever tem excelentes drones. Quando estive em Pristina, o Exército estava a testar alguns AR4 Light Gray com muito bons resultados, segundo o então TCor Pedro Brito Teixeira, comandante da força de reserva da KFOR. Aliás, existe um vídeo online:

Penso que o navio multipropósito pode, noutra escala e no meio naval, servir literalmente de plataforma de testes e divulgação dos drones mais pesados da Tekkever. Algo que não vi referido aqui, mas que li numa entrevista ao responsável da empresa, é que eles têm uma estratégia clara de não armar nenhum dos seus modelos.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: LM em Novembro 25, 2022, 02:33:10 pm
(...) Tekkever. Algo que não vi referido aqui, mas que li numa entrevista ao responsável da empresa, é que eles têm uma estratégia clara de não armar nenhum dos seus modelos.

Exacto, tb reparei nesse (grande) detalhe!
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: papatango em Novembro 26, 2022, 01:10:48 pm
Esse detalhe salta à vista quando se olha para as características técnicas dos equipamentos.
E nestes casos transformar um drone de vigilância num drone com capacidades de combate, muda demasiada coisa.

Pode ter que se mudar o tipo de motor, a velocidade aumenta e com maior velocidade há que transportar mais combustível senão a aeronave vê a sua autonomia descer vertiginosamente...

Ou seja, é algo completamente diferente, que exige também investimentos mais pesados e mesmo pessoal especializado ou necessidade de disponibilizar parte dos técnicos para uma nova área, quando eles fazem falta para desenvolver o que estão a desenvolver.

Há coisas que são possíveis, mas que na prática apresentam demasiados problemas.

Drones para vigilância e monitorização, podem ser vendidos para uma grande quantidade de potenciais clientes.
Drones com aplicação militar fabricados em Portugal, só têm um cliente, o Ministério da Defesa.

E ninguém quer ficar dependente de um ministério, que tem uma nova politica de longo prazo, sempre que muda o ministro.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Subsea7 em Novembro 26, 2022, 05:36:25 pm
Também tem a haver com o "pacifismo" que vai nalgumas mentes.
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pescador em Novembro 26, 2022, 06:30:10 pm
Tomara este País que as FA tivessem drones de vigilância já com a capacidade do AR5 ou o maior ARX que esta em desenvolvimento.
A vigilância também serve para apoiar meios militares, pois aumentam o alcance dos seus sensores, nomeadamente os poucos EO embarcados. Infelizmente.

Radar de abertura sintética e o EO dos drones podem cobrir grandes distancias dado a sua permanência em voo de 16 ou mais de 20 horas consoante modelos AR3 e AR5, aumentando a capacidade de detecção de navios a operar na área, por exemplo. Até podem ser operados a partir de terra e ter ligação aos navios. Aliás o AR5 comunica por satélite com qualquer parte do globo.
O que impedia ter um AR5, ou mesmo o AR3, a operar nos arquipélagos comandado de terra e em ligação a meios navais? 

Claro que tem de ter baixa velocidade, porque assim são econômicos e maior alcance e de qualquer forma são para vigilância e não ataque onde a velocidade é importante. O AR3 tem um payload de 5kg, mas o AR5 de 50 kg que lhe permite levar a jangada que lança a eventuais náufragos.

A FAP se os tivesse, estaria bem melhor equipada que com as trotinetes que tem e onde faz grande alarde de ter voado durante 8,5 horas.
Se o AR5 ou o ARX já não conseguem sequer operar cá porque não temos satélite(para ver a bola não faltam), então o AR3 seria optima solução imediata até isso do satélite estar resolvido.

Claro que para armas tinha de ser algo na linha por exemplo do Saab. Mas tinha de ser comprado no exterior, porque  ninguém cá faz nem está em condições de fazer.

Cada coisa no seu galho e uma não implica não ter a outra, pois tem missões e operações diferentes.

Se ao menos houvesse metade do interesse nestes drones do que existe para os tucas
Título: Re: Plataforma Naval Multifuncional
Enviado por: Pedro Monteiro em Novembro 26, 2022, 10:00:41 pm
Esse detalhe salta à vista quando se olha para as características técnicas dos equipamentos.
E nestes casos transformar um drone de vigilância num drone com capacidades de combate, muda demasiada coisa.

Pode ter que se mudar o tipo de motor, a velocidade aumenta e com maior velocidade há que transportar mais combustível senão a aeronave vê a sua autonomia descer vertiginosamente...

Ou seja, é algo completamente diferente, que exige também investimentos mais pesados e mesmo pessoal especializado ou necessidade de disponibilizar parte dos técnicos para uma nova área, quando eles fazem falta para desenvolver o que estão a desenvolver.

Há coisas que são possíveis, mas que na prática apresentam demasiados problemas.

Drones para vigilância e monitorização, podem ser vendidos para uma grande quantidade de potenciais clientes.
Drones com aplicação militar fabricados em Portugal, só têm um cliente, o Ministério da Defesa.

E ninguém quer ficar dependente de um ministério, que tem uma nova politica de longo prazo, sempre que muda o ministro.
Excelentes pontos e análise. É isto mesmo: a Tekkever, para mais sendo portuguesa, não tem nem pode apostar no mercado militar e eu, como português, só lhe desejo o maior sucesso. Os modelos que faz são bons, "até" para muitas necessidades de Portugal.

Cumprimentos,
Pedro Monteiro