ForumDefesa.com

Forças Armadas e Sistemas de Armas => Força Aérea Portuguesa => Tópico iniciado por: tenente em Maio 19, 2021, 02:16:19 pm

Título: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Maio 19, 2021, 02:16:19 pm
Se a FAP tivesse dinheiro para ter acft's dedicados para CAS/Overwatch, que tal esta opção?

SOFIC 2021: SOCOM plans four demo flights for each Armed Overwatch candidate
by Pat Host

US Special Operations Command (SOCOM) will have candidate platforms for its Armed Overwatch manned aircraft competition, where each fly four demonstration flights between 14 June and 23 July at Eglin Air Force Base in Florida.

During the annual Special Operations Forces Industry Conference (SOFIC) on 17 May, James Smith, SOCOM acquisition executive, said that the command will evaluate if the contenders can meet the runway requirements for austere take-off and landing. SOCOM will also judge offerors on whether their aircraft have the required range and endurance. Inert weapons will be deployed on a range.

SOCOM will have candidate aircraft demonstrate their communications capability, both line of sight, and beyond line of sight. Smith said the command will evaluate the offerors’ full-motion video capability, autopilot capability, and oxygen system for crew over three flights.

The fourth and final flight will host a US Air Force Special Operations Command (AFSOC) operator in the back seat of offered aircraft to assess capabilities such as manoeuvrability and handling, Smith said. There will be an opportunity for a make-up flight for industry partners. SOCOM is running the Armed Overwatch competition, while the aircraft selected will be fielded by AFSOC.

On 14 May SOCOM announced that it awarded five fixed-price prototype project other transaction agreements (OTAs) totalling USD19 million to five companies for prototype demonstrations. The awardees are Leidos offering the Paramount Group Bronco II, MAG Aerospace offering the MC-208 Guardian, Textron Aviation Defense offering the AT-6E Wolverine, L3Harris unit L3 Communications Integrated Systems offering the AT-802U Sky Warden, and Sierra Nevada Corp (SNC) offering the MC-145B Wily Coyote.


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/sKix3k.jpg) (https://imageshack.com/i/pnsKix3kj)
Paramount Group Bronco II

https://www.janes.com/defence-news/news-detail/sofic-2021-socom-plans-four-demo-flights-for-each-armed-overwatch-candidate

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Maio 19, 2021, 02:24:51 pm
Se a FAP tivesse dinheiro para ter acft's dedicados para CAS/Overwatch, que tal esta opção?

SOFIC 2021: SOCOM plans four demo flights for each Armed Overwatch candidate
by Pat Host

US Special Operations Command (SOCOM) will have candidate platforms for its Armed Overwatch manned aircraft competition, where each fly four demonstration flights between 14 June and 23 July at Eglin Air Force Base in Florida.

During the annual Special Operations Forces Industry Conference (SOFIC) on 17 May, James Smith, SOCOM acquisition executive, said that the command will evaluate if the contenders can meet the runway requirements for austere take-off and landing. SOCOM will also judge offerors on whether their aircraft have the required range and endurance. Inert weapons will be deployed on a range.

SOCOM will have candidate aircraft demonstrate their communications capability, both line of sight, and beyond line of sight. Smith said the command will evaluate the offerors’ full-motion video capability, autopilot capability, and oxygen system for crew over three flights.

The fourth and final flight will host a US Air Force Special Operations Command (AFSOC) operator in the back seat of offered aircraft to assess capabilities such as manoeuvrability and handling, Smith said. There will be an opportunity for a make-up flight for industry partners. SOCOM is running the Armed Overwatch competition, while the aircraft selected will be fielded by AFSOC.

On 14 May SOCOM announced that it awarded five fixed-price prototype project other transaction agreements (OTAs) totalling USD19 million to five companies for prototype demonstrations. The awardees are Leidos offering the Paramount Group Bronco II, MAG Aerospace offering the MC-208 Guardian, Textron Aviation Defense offering the AT-6E Wolverine, L3Harris unit L3 Communications Integrated Systems offering the AT-802U Sky Warden, and Sierra Nevada Corp (SNC) offering the MC-145B Wily Coyote.


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/sKix3k.jpg) (https://imageshack.com/i/pnsKix3kj)
Paramount Group Bronco II

https://www.janes.com/defence-news/news-detail/sofic-2021-socom-plans-four-demo-flights-for-each-armed-overwatch-candidate

Abraços

Fácil o A-29. Mas vai ser engraçado o que alguns desses protótipos podem vir a demonstrar. c56x1
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Maio 19, 2021, 02:26:43 pm
https://www.airforcemag.com/socom-selects-5-armed-overwatch-prototypes/ (https://www.airforcemag.com/socom-selects-5-armed-overwatch-prototypes/)

Neste artigo aparece uma imagem com todos os candidatos.

(https://www.airforcemag.com/app/uploads/2021/05/5_aircraft.png)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Cabeça de Martelo em Maio 19, 2021, 03:11:47 pm
Desculpem-me, mas o Sierra Nevada Corporation’s (SNC) M-28 era perfeito para ser adquirido e ficar em Tancos a título permanente. Bastava um ou dois e reduzia-se e muito os custos com os saltos de manutenção. Basta ver o que os Alemães fazem com os seus PZL Mielec M28 Skytruck.

(https://www.defence24.com/cache/img/840_472_matched__p0g1n4_7f7952bcc20cba0c8da094efd31ad322.jpg)

 :arrow: https://www.bundeswehr.de/de/aktuelles/mediathek/60-sekunden-transportflugzeug-pzl-m28-skytruck-65778

 :arrow: https://www.airforcemag.com/app/uploads/2021/05/SNC-IAS_M-28_Product_Sheet.pdf
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Maio 19, 2021, 03:47:42 pm
Desculpem-me, mas o Sierra Nevada Corporation’s (SNC) M-28 era perfeito para ser adquirido e ficar em Tancos a título permanente. Bastava um ou dois e reduzia-se e muito os custos com os saltos de manutenção. Basta ver o que os Alemães fazem com os seus PZL Mielec M28 Skytruck.

(https://www.defence24.com/cache/img/840_472_matched__p0g1n4_7f7952bcc20cba0c8da094efd31ad322.jpg)

 :arrow: https://www.bundeswehr.de/de/aktuelles/mediathek/60-sekunden-transportflugzeug-pzl-m28-skytruck-65778

 :arrow: https://www.airforcemag.com/app/uploads/2021/05/SNC-IAS_M-28_Product_Sheet.pdf

E antes uns Desaer ATL-100, sempre vão ser feitos em Évora.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Get_It em Maio 19, 2021, 04:26:49 pm
tenente, para mim era antes uns AC-295. É uma plataforma que já operamos e sempre poderiam realizar vigilância marítima em "tempo de paz" e também missões ISR conforme o necessário.



Cumprimentos,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Maio 19, 2021, 04:38:41 pm
tenente, para mim era antes uns AC-295. É uma plataforma que já operamos e sempre poderiam realizar vigilância marítima em "tempo de paz" e também missões ISR conforme o necessário.



Cumprimentos,

também apostava nesse modelo, um deles na RCA dava um jeitaço.
A Jordânia recentemente tinha dois para passar, mas parece-me que já os empandeirou ::).

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Maio 19, 2021, 04:53:11 pm
Era uma forma de reforçar a frota de C-295, e quem sabe se conseguia um bom negócio que incluísse a modernização dos restantes.

Depois, mesmo no RCA, só ficava a faltar um héli militar para apoio a tropas, fosse um UH-60, UH-1Y, etc.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Maio 19, 2021, 05:31:58 pm
Era uma forma de reforçar a frota de C-295, e quem sabe se conseguia um bom negócio que incluísse a modernização dos restantes.

Depois, mesmo no RCA, só ficava a faltar um héli militar para apoio a tropas, fosse um UH-60, UH-1Y, etc.

ou um kualita camuflado, para vender á populaça que é um meio militar de Hightech. :mrgreen:

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Luso em Junho 08, 2021, 11:52:29 am
uma curiosidade "duplo emprego"

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Junho 08, 2021, 12:03:30 pm
E porque não uns quantos A-10C? Isso sim é que era lá na RCA e Mali, era só aviar fruta, brrrrtttttttt!!! :mrgreen:

https://www.airforcemag.com/air-force-fiscal-2022-retire-buy/

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi.imgur.com%2F9oMUS1t.jpg&hash=e5dd71af681b04476d38c79939d58f01)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Get_It em Junho 08, 2021, 02:03:25 pm
Por falar nisso, à umas semanas atrás encontrei este artigo interessante que me tinha passado bem ao lado: The U.S. Air Force Almost Rented a Squadron of A-10 Warthogs to Colombia (https://www.thedrive.com/the-war-zone/11760/the-u-s-air-force-almost-rented-a-squadron-of-a-10-warthogs-to-colombia) (22 de Junho de 2017).

Cumprimentos,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Junho 08, 2021, 02:27:35 pm
E porque não uns quantos A-10C? Isso sim é que era lá na RCA e Mali, era só aviar fruta, brrrrtttttttt!!! :mrgreen:

https://www.airforcemag.com/air-force-fiscal-2022-retire-buy/

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fi.imgur.com%2F9oMUS1t.jpg&hash=e5dd71af681b04476d38c79939d58f01)

Metes umas fuscas nos C295 que sai mais barato. Despesista pá.  :mrgreen: :mrgreen:
(https://i2.wp.com/english.sdarabia.com/wp-content/uploads/2017/11/Copyright-@Airbus-2017-2.jpg?fit=1200%2C835&ssl=1)

Cumprimentos

P.S. Usam as dos Lynx. Estão paradas de qualquer maneira.  :mrgreen: :mrgreen:

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2F3.bp.blogspot.com%2F-YGLAefIh498%2FUtMJvqkgU_I%2FAAAAAAAAOu8%2FhPgfTw6In1U%2Fs1600%2F%28c%29EHMarinhaPortuguesa-05.jpg&hash=be278b89ec8188e309149962b6056fc4)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Stalker79 em Junho 08, 2021, 02:28:16 pm
Por mim era o Cessna. Versátil, tanto pode levar armamento e sensores, como fazer ISR e MEDEVAC, já dá pro "duplo uso"....
E nem era preciso gastar dinheiro em Hellfires que tambem leva Hydras guiados a laser.

https://mc208guardian.com/

 :-P
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Junho 08, 2021, 02:52:45 pm
Como assim sem Hellfires? Se é para ter é para ter armamento a sério!  :mrgreen:

O MC-208 sempre será um meio mais barato para vigiar incêndios do que os P-3, como vimos no ano passado, devido à falta de UAVs.

O problema é que não há dinheiro para manter a frota actual, acrescentar mais um modelo, para funções tão específicas, é ainda pior.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Junho 15, 2021, 11:53:52 am
Leidos, Paramount USA and Vertex Aerospace Enter Final Phase of Armed Overwatch Competition

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/JK4SA6.jpg) (https://imageshack.com/i/pnJK4SA6j)

(RESTON, Va.) June 11, 2021 – Leidos (NYSE:LDOS), a FORTUNE® 500 science and technology leader, announced today its team was selected to enter the final phase of the U.S. Special Operations Command’s (USSOCOM) Armed Overwatch aircraft prototype program. Leidos, Paramount USA, and Vertex were among five teams awarded a total of $19.3 million for prototype demonstrations and will advance Bronco II to the Phase III Operational Prototype Demonstration later this month.

The Bronco II is designed for ultimate mission flexibility. The aircraft’s unique internal Interchangeable Multi-Mission System Bay (IMSB) allows for a single airframe to be easily and rapidly re-configured to perform multiple roles (e.g. ISR, SCAR, FAC(A), CAS) incorporating high-performance sensors, network communication systems, precision weapons, an electronic self-protection suite, and mission planning systems.

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/924/QIbW1G.jpg) (https://imageshack.com/i/poQIbW1Gj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/0804BD.jpg) (https://imageshack.com/i/pm0804BDj)

“Our team combines decades of experience both integrating and manufacturing cutting-edge airborne solutions for the warfighter,” said Gerry Fasano, Leidos Defense Group president. “We are thrilled to have been selected to compete in the final phase.”

“We believe that Bronco II is the definitive next generation aircraft, which has been designed to be future proofed against evolving operational requirements in the asymmetrical battlespace specifically inhabited by SOCOM,” said Ivor Ichikowitz, Chairman of global aerospace and technology company, Paramount Group.

“Through our partnerships with Leidos, we are looking forward to building upon our 27-year legacy of designing and producing rugged technologically advanced systems. Our team has designed and developed an America centric platform for the world market, and we are looking forward to bringing Bronco II back to America.”

“Vertex has a 50-year legacy of supporting warfighter missions,” said Ed Boyington, President and CEO of Vertex Aerospace. “Vertex’s highly skilled employees will assemble the aircraft and provide the final systems support integration and launch the Bronco II for customer delivery from our Crestview, Florida facility. We are proud to be an integral part of this team.”

https://www.thefifthcolumn.xyz/forum/air-warfare/2803-coin-aircraft

Abraços

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Junho 16, 2021, 04:10:01 pm
Já agora e datando de 2016:  :mrgreen: :mrgreen:

https://passarodeferro-operations.blogspot.com/2021/04/portugueses-voam-super-tucano.html (https://passarodeferro-operations.blogspot.com/2021/04/portugueses-voam-super-tucano.html)

Citar
Pela frente, um destacamento de um ano na Base Aérea de Natal, onde irá qualificar-se a voar no A-29 Super Tucano, da Força Aérea Brasileira, em missões operacionais e como Instrutor.

Isso mesmo nos confirmou o Cap. C. da Silva, com quem tivemos a oportunidade de conversar, nos últimos dias do seu destacamento em Natal: “fui colocado com uma dupla tarefa: por um lado avaliar o curso [CEOCA] relativamente ao que são as necessidades da FAP e por outro lado fazer a avaliação da aeronave A-29 poder realizar a missão que atualmente é feita na Esquadra 103 pelo AJet”.

(https://lh3.googleusercontent.com/-06dWIyC56ks/YGzQWwdhuUI/AAAAAAAAG7o/YnBHly1LTJU8okW2cUIMMgVQj6hDywuXgCLcBGAsYHQ/w640-h426/20160307-09_BANT-1162.jpg)

Cumprimentos

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Junho 23, 2021, 10:08:03 pm
Pelo visto o PT-ZTU (aquele ST que já esteve em Portugal) está em Lisboa desde o dia 21.

https://www.flightradar24.com/data/aircraft/pt-ztu
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Junho 23, 2021, 10:46:20 pm
O dito 314 aterrou em Alverca não em Lisboa

PT-ZTU Rastreamento e histórico de voos - FlightAware

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Junho 26, 2021, 12:40:53 am
O dito 314 aterrou em Alverca não em Lisboa

PT-ZTU Rastreamento e histórico de voos - FlightAware

Abraços

Pois então, realmente o FlightAware está em conflito com o FlightRadar.

De qualquer forma tem razão, o que faz mais sentido é que seja Alverca.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Junho 29, 2021, 09:05:25 pm
Airbus trials armed C295 gunship for persistent CAS

Airbus has flown an upgraded version of its armed C295 gunship that has been developed to provide persistent close air support (CAS).

(https://www.janes.com/images/default-source/news-images/bsp_1138-jdw-12843.jpg?sfvrsn=4d6aeb2d_2)

The company announced on 20 June that the C295 Armed ISR, as the version is named, recently conducted flight trials with eight laser-guided missiles and two laser-guided bombs dummies, located on four underwing hardpoints. These initial trials were designed to validate the aircraft's mechanical and aerodynamic characteristics when fitted with such a weapons load.

“With the quality and safety of the modification ensured by Airbus as original equipment manufacturer, the C295 Armed ISR provides persistent surveillance with a diverse set of weapons for defensive and attack capabilities,” the company said, adding that it can carry out special operations missions, support ground troops, and neutralise targets detected during surveillance and patrol missions, and has a long endurance.

As noted by Airbus, the company signed a series of agreements with air-to-surface weapon suppliers at the Dubai Airshow 2017 to equip the C295. These agreements included a memorandum of understanding with Roketsan of Turkey and similar arrangements have been signed with Expal, Escribano and Equipaer of Spain, as well as Rheinmetall of Germany, and the US suppliers Nobles Worldwide and US Ordnance.

“Equipped with the last generation FITS [Fully Integrated Tactical System], the C295 Armed ISR incorporates different weaponry options available in kits that allow the operator to select the most appropriate option for their requirements: from machine guns, 27 mm autocannon, guided and unguided rockets, laser-guided missiles to laser guided bombs,” Airbus said.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Agosto 20, 2021, 08:13:30 am
hoje, fotografei este, até a cor era boa para um heli CAS, qual Hirundo, só falta mesmo é o armamento !! :mrgreen:

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/DqWrbb.jpg) (https://imageshack.com/i/pmDqWrbbj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/N21KIT.jpg) (https://imageshack.com/i/pnN21KITj)

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 20, 2021, 10:48:09 am
hoje, fotografei este, até a cor era boa para um heli CAS, qual Hirundo, só falta mesmo é o armamento !! :mrgreen:

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/DqWrbb.jpg) (https://imageshack.com/i/pmDqWrbbj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/N21KIT.jpg) (https://imageshack.com/i/pnN21KITj)

Abraços

VIP ou VVIP, não? ;)

OT:

Aquele Triple Seven dos Emirates é uma besta fabulosa. Ontem entrou na final para a 03 mesmo por cima da minha casa, o ruído daqueles motores é mesmo sinónimo de imponência. 8)
Nunca cheguei a perceber porque foi o 762, e não o 772, a ser apontado pela Boeing para o KC-X da USAF.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Agosto 20, 2021, 12:47:49 pm
Porque, no início do século, já tinham oferecido o 767 para substituir os KC-135E da ANG; porque os italianos e os japoneses pagaram o seu desenvolvimento; e, mais importante, para manter a linha de produção do 767 aberta.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 20, 2021, 12:51:26 pm
NVF a MinDef!  :mrgreen: ;)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Agosto 20, 2021, 07:14:47 pm
hoje, fotografei este, até a cor era boa para um heli CAS, qual Hirundo, só falta mesmo é o armamento !! :mrgreen:

(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/922/DqWrbb.jpg) (https://imageshack.com/i/pmDqWrbbj)
(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/N21KIT.jpg) (https://imageshack.com/i/pnN21KITj)

Abraços

VIP ou VVIP, não? ;)

OT:

Aquele Triple Seven dos Emirates é uma besta fabulosa. Ontem entrou na final para a 03 mesmo por cima da minha casa, o ruído daqueles motores é mesmo sinónimo de imponência. 8)
Nunca cheguei a perceber porque foi o 762, e não o 772, a ser apontado pela Boeing para o KC-X da USAF.

Os triple seven, B773, da Emirates estão equipados com os GE90-115BL1 que conseguem ter uma potência de cerca de 55 Tons cada um, umas autênticas bestas de força !!

O 762/3ER é uma grande máquina aeronave muito fiável e com uma autonomia e capacidade de carga excelente, basta ver que muitos operadores de carga aérea escolheram estes modelos para os seus voos de longo curso.
Os dois modelos estão equipados com três tipos de motores; os P&W PW4062 (281.6 kN) ou os GE CF6-80C2B7F (276.2 kN) ou ainda nos 300, os RR RB211-524H (264.7 kN), dos três modelos estas últimas RR são as mais fiáveis mas também as mais carotas......

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Agosto 20, 2021, 07:16:41 pm
NVF a MinDef!  :mrgreen: ;)

o gajo deixava a DN num brinquinho !!!!! :mrgreen:
A marinheca num fechar de olhos ficava com umas três Anzac a preço d'amigo :G-beer2:

Abraços

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Agosto 21, 2021, 02:18:54 am
E nem era preciso reduzir o número global de oficiais, porque iriam haver praças com fartura — já o número de almirantes sofreria um “ligeiro” ajuste. O Wave Ruler e o JdW eram garantidos. Depois — prioridade máxima— viriam um ou dois subs adicionais.

As Anzac ficaram um bocado top heavy, por isso vinham umas três Halifax (afinal, também sou caneco, lol) para tapar buracos, seguidas de 05 ASWF e de 02 Constellation.

E a Guarda Costeira ia para frente, a Marinheca ficava só com os 06 novos NPO musculados. Quanto a meios aéreos, que tal 08 Wildcat ou MH-60R, ficando os actuais Super Lynx para VERTREP e escolta?

Querem mais? Que tal 05 P-8A e 10 MQ-9B para a Marinheca, ficando a FAP com os meios mais soft, como os Persuader (mais uma unidade adicional e tudo convertido para P03), que podiam ser reforçados pelos restantes 10 C-295 de transporte — todas as 16 células convertidas para versão W. Para patrulhamento a FAP teria também à disposição 06 CL-515 e 04 MQ-4C.

Quanto à Guarda Costeira é simples: UCC + AMN. Os meios actuais, mais os Tejo e os 04 VdC originais.

SAR (marítimo e terrestre) e defesa aérea num comando conjunto, integrando as FS, já que os meios destas podem ser chamados (sim as FS teriam meios de asa rotativa próprios).

E já chega de fantasias.

PS: se fores ambicioso e almejares o lugar to teu patrão, então acorda, oh tritonetas! Se quiseres mais dicas manda MP.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 21, 2021, 07:24:35 am
Que loucura! Onde voto?  :mrgreen:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Stalker79 em Agosto 21, 2021, 07:21:56 pm
Diz lá ao Trudeau que Halifax só de 93 pra cima! E se puderem mandar o MV Asterix a preço de amigo a gente agradeçe...
 :mrgreen:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Agosto 22, 2021, 02:02:32 am
Até vem o Obélix. Não é preciso assinaturas, o meu NIB está disponível para donativos.  :mrgreen:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Agosto 22, 2021, 01:01:00 pm
Até vem o Obélix. Não é preciso assinaturas, o meu NIB está disponível para donativos.  :mrgreen:

e o Ideiafix também, claro !!!! ;)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Agosto 22, 2021, 02:20:17 pm
O melhor amigo do homem nunca pode ficar de fora.  ;D
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Março 08, 2022, 07:39:55 am
WDS 2022: South African Mwari aircraft is now equipped with advanced anti-drone technologies

POSTED ON SUNDAY, 06 MARCH 2022 21:45
Paramount Group, the global aerospace and technology company, announced today that its multi-mission, South African Mwari aerial platform has been equipped with advanced anti-drone technologies, enabling the deployment of the aircraft as an effective hunter and killer of Medium Altitude and Long Endurance Drones (MALEs).

(https://imagizer.imageshack.com/v2/800x600q90/924/gF8MEj.jpg) (https://imageshack.com/i/pogF8MEjj)
WDS 2022: South African Mwari aircraft is now equipped with advanced anti-drone technologies

The clean-sheet designed Mwari is the next evolution in 'Find, Fix & Finish' technologies optimized for the anti-drone defence environment, capable of engaging MALE drones at altitudes of 20,000-30,000 feet, where only highly sophisticated and costly ground-based air defence systems (GBADS) can reach, and which would otherwise require the intervention of fighter jets.

Advanced sensors, an extended range, and pinpoint accuracy are at the forefront of the Mwari's innovative system design, making the platform an ideal solution for the threats posed by MALE drones to the territorial integrity of sovereign nations.

The Mwari is capable of loitering at a minimum speed of 110kts for up to 10 hours of flight time (with optional external fuel tanks for added endurance). It can be fully equipped with new generation, multi-role air-to-air missiles (with an engagement range of 4,000m) alongside rapid-fire, wing-mounted cannon pods (with an engagement range of 800m), offering the latest in advanced anti-drone lethality.

This capability builds on inherent onboard situational awareness technologies such as an encrypted, high-bandwidth data link and multi-spectrum search and track sensors, long-range optical and radar surveillance systems, a SA7 CRM – Satellite Communication link, AIS – Ship ID Systems and real-time video; today, mission-critical hardware and software which can assess targets, including MALEs in the 2,000 kg class, typically flown in high altitude surveillance patterns.

Superior crew and sensor visibility of the unique Mwari design provides ultimate situational awareness, either during day or night, ensuring that the aerial platform can undertake a wide range of missions, in austere and remote environments and on unprepared runways while requiring a limited logistical footprint.

Steve Griessel, CEO of Paramount Group, stated that, "Historically, prohibitive costs have restricted anti-drone systems targeting MALE drone threats. Amidst this paradigm is where the Mwari perfectly steps in, the next and best-in-class precision technology, and able to operate at a fraction of the cost of alternative anti-drone solutions. No other singular aircraft has such an intuitive multi-mission application or can reach similar altitudes while hosting what is the industry's gold standard in situational awareness technology."

An Interchangeable Multi-Mission System Bay (IMSB) located in the fuselage further allows for system changes 'on the fly;' updates, additions, and integrations in real-time are made possible, ensuring that the single airframe can be easily re-configured for different missions.

Despite hosting such highly advanced technologies, the Mwari can be rapidly disassembled, transported in a C-130 or equivalent, and reassembled at a remote base, by a small crew with minimal infrastructure.

"We look forward to leveraging the innovative Mwari's robust applications as the pre-eminent anti-drone defence solution and to its exciting next steps in adoption by our global partners," Griesel concluded.

Drawing on both Paramount Group's commitment to innovation and its extensive research and development (R&D) and manufacturing experience, the Mwari has been designed with portable production in mind. The aircraft could, depending on customer requirements, be exported in kit format for final assembly in customer countries and can easily integrate into supply chains around the world, enabling scalable mass production
Mwari aerial platform can be now equipped with advanced anti-drone technologies. (Picture source Paramount Group)

https://www.thefifthcolumn.xyz/forum/air-warfare/2803-coin-aircraft


Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Maio 18, 2022, 07:03:27 am
Spike


https://www.thefifthcolumn.xyz/forum/air-warfare/53-air-launched-weaponry/page3

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Maio 18, 2022, 11:36:40 am
https://www.facebook.com/Scorpion-Close-Air-Support-893365704032359/ (https://www.facebook.com/Scorpion-Close-Air-Support-893365704032359/)

(https://scontent.flis5-3.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/281242505_5073205322715022_7619861383727280585_n.jpg?_nc_cat=110&ccb=1-6&_nc_sid=730e14&_nc_eui2=AeGTbHcuYq39LWxELYps1lPL2V5_bjQ0RjrZXn9uNDRGOoqkamvJbEYIgL9A3CxLODE_yC6K_7LuAQntQnaaDgTM&_nc_ohc=1k_YsILhg60AX-Tvw1x&_nc_ht=scontent.flis5-3.fna&oh=00_AT8NlG__rIt4SJ_hqzDeM058lylOaQJjL9778oKth4RZHw&oe=6288CAB6)
Citar
Not a big Textron fan . . . however, they sure are positioned to manufacture their Scorpion Jet in a quality manner at a reasonable cost for the Armed Forces of the United States.

(https://defence-blog.com/wp-content/uploads/2022/04/FPMlY_bXIAM4z-T-1068x712.jpg)
Citar
US special ops command receives A-29C Super Tucano aircraft

https://www.navalnews.com/naval-news/2022/03/op-ed-u-s-marine-corps-needs-a-new-light-attack-plane/?fbclid=IwAR0s6eRO4OWBqpKtXGDLb-aQTNllpVPY1WDQsO8e9glQg82E1jFGFHF88aM (https://www.navalnews.com/naval-news/2022/03/op-ed-u-s-marine-corps-needs-a-new-light-attack-plane/?fbclid=IwAR0s6eRO4OWBqpKtXGDLb-aQTNllpVPY1WDQsO8e9glQg82E1jFGFHF88aM)

(https://www.navalnews.com/wp-content/uploads/2022/03/us-marine-corps-needs-a-new-light-attack-plane-770x410.jpg.webp)

(https://external.flis5-4.fna.fbcdn.net/emg1/v/t13/16093496873877667210?url=https%3A%2F%2Fi.ytimg.com%2Fvi%2FtySpHvIy_7A%2Fhqdefault.jpg&fb_obo=1&utld=ytimg.com&stp=c0.5000x0.5000f_dst-jpg_flffffff_p480x250_q75&_nc_eui2=AeGwaHSO4Z8PTu4oiOFpLk5RQQShL6TMoaRBBKEvpMyhpE8iIkJIikTizVHBOIs4sqyzz_fk97WZqrm_Uy9SSNHU&cb=c578a115-91842131&ccb=13-1&oh=00_AT_6XzNLDTYu3vgyFdPXL-HTTG108mGLbMPe1CzGuzSNXw&oe=62869A5B&_nc_sid=c504da)


Saudações
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Agosto 15, 2022, 07:12:56 pm
Quanto aos A29, é aproveitar a oportunidade e tentar.

https://www.airforcemag.com/air-force-set-to-get-rid-of-small-a-29-at-6-fleets-program-official-says/

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 15, 2022, 08:07:59 pm
Quanto aos A29, é aproveitar a oportunidade e tentar.

https://www.airforcemag.com/air-force-set-to-get-rid-of-small-a-29-at-6-fleets-program-official-says/

Abraços

São 3, melhor que zero claro...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Agosto 16, 2022, 12:32:41 pm
A Fab não nos propôs 12 por 40M ou lá o que foi e nós não quisemos. Lembro-me de comentar isso há uns tempos atrás.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Agosto 16, 2022, 03:22:07 pm
A FAB, ao contrário da EMB, não é amiga. Há que dar a narta aos amigos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Agosto 17, 2022, 07:27:07 am
A FAB, ao contrário da EMB, não é amiga. Há que dar a narta aos amigos.

Ora bem, convêm que as negociatas sejam mais musculadas. ::)

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Agosto 17, 2022, 12:16:40 pm
Para ser sincero, CAS, OVERWATCH e COIN. não adquiria nada. Deve tudo ser feito por drones. São missões demasiado perigosas para os pilotos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Agosto 17, 2022, 04:15:47 pm
Para ser sincero, CAS, OVERWATCH e COIN. não adquiria nada. Deve tudo ser feito por drones. São missões demasiado perigosas para os pilotos.

Ou seja adquirias Drones, uma excelente opção.

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Agosto 17, 2022, 06:59:56 pm
Para ser sincero, CAS, OVERWATCH e COIN. não adquiria nada. Deve tudo ser feito por drones. São missões demasiado perigosas para os pilotos.

Ou seja adquirias Drones, uma excelente opção.

Abraços

Hehe.

Sim, adquiria drones. Estava na fila no banco e chegou a minha vez. Tive que escrever à pressa. Queria dizer que não adquiria nem STs nem helis de ataque.

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Agosto 17, 2022, 10:26:09 pm
Faz sentido, até porque helicopteros de ataque deviam ser sempre para o exercito. c56x1
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Agosto 18, 2022, 05:57:14 pm
Faz sentido, até porque helicopteros de ataque deviam ser sempre para o exercito. c56x1

Na Holanda são da Força Aérea  :mrgreen:.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 18, 2022, 06:22:59 pm
Faz sentido, até porque helicopteros de ataque deviam ser sempre para o exercito. c56x1

Na Holanda são da Força Aérea  :mrgreen:.

Em Israel também.
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Agosto 18, 2022, 09:32:13 pm
Faz sentido, até porque helicopteros de ataque deviam ser sempre para o exercito. c56x1

Na Holanda são da Força Aérea  :mrgreen:.

Pois mas na Holanda ninguém pensa que CAS pode ser feito por drone. :-P

Achar que existe neste momento cooperação entre a FAP e o Exercito para termos "Combined arms" é acreditar no pai natal.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Agosto 19, 2022, 09:56:22 am
Nas nossas zonas de operação, o CAS poderá ser perfeitamente ser feito por BlackHawks armados com metralhadoras e rockets (guiados e não guiados).
Este género de capacidade junta-se ao transporte de tropas, transporte de equipamentos e maquinaria, SAR, MedEvac, vigilancia campo batalha e até combate a incendios.
Preço/eficacia/polivalencia, não ha concorrencia possível...

(https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgSCGzP5hej0CyUQwwW48Ut9RH4Y4fE3nmCOA5jdr3XT3-6l__w1YsxVJ23_SMvZXnxjQVC5fj03bSTO7s8jVUSrIpNEqefyiu4WVekkHU5g97eH1h0iUfpJIbu-qdRinc41kaqXgxkqFZJ2tj7wv6LIr9Ep9E6hwi_BBmAQKRIb9qZfIGJ5Q=w480-h640)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEhHwsuHZWp20OsugQz92dQ8u5KuQ7n0uty2aPQ-C_jFgJWJPGVsMg8Mkvfds1aPnhHsYYmh_4Zbns_5PwIfrIGALlOjZaEOuqFEGLEN0QjypXfqChkjFyGpN3NLPBmHgE4P-lidXn-UKSIEU9roc5sMTcKMpqDB7ohhiNm7CgJIil4_u2zgzQ=w640-h640)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 19, 2022, 10:37:22 am
Nas nossas zonas de operação, o CAS poderá ser perfeitamente ser feito por BlackHawks armados com metralhadoras e rockets (guiados e não guiados).
Este género de capacidade junta-se ao transporte de tropas, transporte de equipamentos e maquinaria, SAR, MedEvac, vigilancia campo batalha e até combate a incendios.
Preço/eficacia/polivalencia, não ha concorrencia possível...

(https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgSCGzP5hej0CyUQwwW48Ut9RH4Y4fE3nmCOA5jdr3XT3-6l__w1YsxVJ23_SMvZXnxjQVC5fj03bSTO7s8jVUSrIpNEqefyiu4WVekkHU5g97eH1h0iUfpJIbu-qdRinc41kaqXgxkqFZJ2tj7wv6LIr9Ep9E6hwi_BBmAQKRIb9qZfIGJ5Q=w480-h640)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEhHwsuHZWp20OsugQz92dQ8u5KuQ7n0uty2aPQ-C_jFgJWJPGVsMg8Mkvfds1aPnhHsYYmh_4Zbns_5PwIfrIGALlOjZaEOuqFEGLEN0QjypXfqChkjFyGpN3NLPBmHgE4P-lidXn-UKSIEU9roc5sMTcKMpqDB7ohhiNm7CgJIil4_u2zgzQ=w640-h640)

Meter EMB-314 a fazer o que o UH-60V ou AH-1 pode fazer, é só estupido.
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Agosto 19, 2022, 01:11:32 pm
Nas nossas zonas de operação, o CAS poderá ser perfeitamente ser feito por BlackHawks armados com metralhadoras e rockets (guiados e não guiados).
Este género de capacidade junta-se ao transporte de tropas, transporte de equipamentos e maquinaria, SAR, MedEvac, vigilancia campo batalha e até combate a incendios.
Preço/eficacia/polivalencia, não ha concorrencia possível...

(https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgSCGzP5hej0CyUQwwW48Ut9RH4Y4fE3nmCOA5jdr3XT3-6l__w1YsxVJ23_SMvZXnxjQVC5fj03bSTO7s8jVUSrIpNEqefyiu4WVekkHU5g97eH1h0iUfpJIbu-qdRinc41kaqXgxkqFZJ2tj7wv6LIr9Ep9E6hwi_BBmAQKRIb9qZfIGJ5Q=w480-h640)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEhHwsuHZWp20OsugQz92dQ8u5KuQ7n0uty2aPQ-C_jFgJWJPGVsMg8Mkvfds1aPnhHsYYmh_4Zbns_5PwIfrIGALlOjZaEOuqFEGLEN0QjypXfqChkjFyGpN3NLPBmHgE4P-lidXn-UKSIEU9roc5sMTcKMpqDB7ohhiNm7CgJIil4_u2zgzQ=w640-h640)

Meter EMB-314 a fazer o que o UH-60V ou AH-1 pode fazer, é só estupido.
Cps,

Desculpa mas essa comparação não faz sentido.

Quanto muito seria entre o A29 e o F-16, ou seja, se faz sentido adquirir o A-29 quando já temos o F-16(não falando de formação de pilotos). O F-16 só não é muito superior e perde em termos operacionais para o A29 em Overwatch/Armed-Overwatch, que vamos dizer não tem doutrina nenhuma nas FA.

O A-29 faz mais sentido para a FAP que o AH-1. Mas faz mais sentido o AH-1 para o Exercito que qualquer novo meio para a FAP para este tipo de missão.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Agosto 19, 2022, 02:30:14 pm
Na realidade o que não faz sentido é falar em seriam da FAP ou do Exercito.
Porque ao fim ao cabo do que estamos a falar é do apoio aéreo a uma força destacada (seja RCA, seja Roménia...) de não mais que 200 soldados. E esse apoio ser feito por um, máximo 2 aparelhos.

E porque é que estes meios apenas dariam apoio a forças portuguesas? Os Mi-35 e Mi-8 de outros paises apoiam as forças portuguesas na RCA.


Citar
Seria interessante pensar no seguinte:
Se não estou enganado, a FA destacou 2 (ou foram 4?) F-16 para a Lituânia e foi necessário enviar um destacamento de apoio de 80 elementos.

Dada a "Doutrina" da FA, e para enviar, digamos, um A-29 e um helicóptero de evacuação para a RCA também seria necessário enviar 80?
Ou seriam 80 para o helicóptero e outros 80 para o avião? ;D

O ultimo destacamento de P-3 Orion em Cabo Verde tinha uns 30 elementos por isso a doutrina já muda, já é menos que 80, mas se dividir 80 por 4 F-16 já dá 20 militares por avião, ainda é menos.

Citar
E o Exercito?
Como faria?

Se calhar nem o exército sabe, eles não tem meios aéreos, só podem supor, fariam igual à Força Aérea, igual ao exército espanhol, etc.

Citar
E se o avião fosse do Exercito e o helicóptero da FA?

E se fosse da GNR?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: PereiraMarques em Agosto 19, 2022, 03:49:59 pm
(https://i.ibb.co/r4sYsx4/299100406-617330126424159-4074154965381276574-n.jpg)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Agosto 26, 2022, 02:15:30 am

 :G-bigun:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Agosto 26, 2022, 08:16:00 pm
Na realidade o que não faz sentido é falar em seriam da FAP ou do Exercito.
Porque ao fim ao cabo do que estamos a falar é do apoio aéreo a uma força destacada (seja RCA, seja Roménia...) de não mais que 200 soldados. E esse apoio ser feito por um, máximo 2 aparelhos.

E porque é que estes meios apenas dariam apoio a forças portuguesas? Os Mi-35 e Mi-8 de outros paises apoiam as forças portuguesas na RCA.


Citar
Seria interessante pensar no seguinte:
Se não estou enganado, a FA destacou 2 (ou foram 4?) F-16 para a Lituânia e foi necessário enviar um destacamento de apoio de 80 elementos.

Dada a "Doutrina" da FA, e para enviar, digamos, um A-29 e um helicóptero de evacuação para a RCA também seria necessário enviar 80?
Ou seriam 80 para o helicóptero e outros 80 para o avião? ;D

O ultimo destacamento de P-3 Orion em Cabo Verde tinha uns 30 elementos por isso a doutrina já muda, já é menos que 80, mas se dividir 80 por 4 F-16 já dá 20 militares por avião, ainda é menos.

Citar
E o Exercito?
Como faria?

Se calhar nem o exército sabe, eles não tem meios aéreos, só podem supor, fariam igual à Força Aérea, igual ao exército espanhol, etc.

Citar
E se o avião fosse do Exercito e o helicóptero da FA?

E se fosse da GNR?


"E se fosse da GNR?"  ;D ;D ;D ;D ;D ;D ;D
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Agosto 26, 2022, 08:17:36 pm

 :G-bigun:

Por cá devem mete-los na GNR para perseguir malta em fuga com drogas e outras infracções criminais diversas  ;D ;D ;D
Foi decerto algo do gênero no vídeo


De helicópteros médios é que nada
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 26, 2022, 08:47:17 pm

 :G-bigun:


Não seja por isso, nem são precisos ST para nada: F-16A, com full brakes e a canhão. Tudo se resolve! :mrgreen:

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Agosto 30, 2022, 05:08:42 pm
Confirmar não confirmou mas...
O Jornalista Roberto Caiafa disse que talvez algumas possam ser ex-FAB para suprir imediatamente a necessidade da FAP.
Pese que eu não vi nenhuma confirmação no vídeo.




https://caiafamaster.com.br/portugal-e-super-tucano-chefe-do-cemgfa-almirante-silva-ribeiro-confirma-compra-na-tv-portuguesa/
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 30, 2022, 05:27:37 pm
O duelo é entre AH-1Z ou UH-60V DAP e EMB-314, mas com 98% de certeza, que será EMB...
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: luis simoes em Agosto 30, 2022, 05:52:57 pm
De facto nao se confirmou por parte deste a vinda de  Super Tucano...mas que podera muito bem ser ...e acredito que mais dia menos dia havera novidades neste dossier....quanto ao heli acredito que sera da Leonardo....
Mas vamos acompanhar a proxima reuniao com a Ministra da Defesa com os deputados....a ver se havera alguma novidade....
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Agosto 31, 2022, 05:06:15 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 31, 2022, 05:20:33 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general

Continua o foco nos conflitos de muito baixa intensidade...
Assim como o "blackout" sobre a compra de equipamentos caros, para não "alarmar a população"....
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: nelson38899 em Agosto 31, 2022, 05:25:05 pm
Há coisas que o tuga comum não precisa saber.

Mais vale comprar e depois ouvir critica, do que acontecer o mesmo que a Suíça, com o F35.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Agosto 31, 2022, 05:39:15 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general

Ele fez uma live sobre isso ontem. Em resumo disse que algumas fontes internas da FAB confirmaram a negociação já há algum tempo e hoje se tem a primeira palavra oficial sobre isso, e que se trata de um lote de aeronaves dos estoques da FAB que já vinha se negociando com outros interessados.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: MATRA em Agosto 31, 2022, 06:01:32 pm
Citar
...hoje se tem a primeira palavra oficial sobre isso, e que se trata de um lote de aeronaves dos estoques da FAB que já vinha se negociando com outros interessados.

Oficial do CEMGFA na entrevista? Ou ele tem alguma informação oficial adicional?

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Agosto 31, 2022, 06:24:41 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general

Continua o foco nos conflitos de muito baixa intensidade...
Assim como o "blackout" sobre a compra de equipamentos caros, para não "alarmar a população"....

A gente só quer saber do "flanco sul"...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Agosto 31, 2022, 06:47:18 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general

Isso deu na CMTV hoje?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 31, 2022, 07:20:14 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general

O que o "hidrográfico" disse em entrevista não é nada de novo. Atentemos ao que vem escrito no documento "Visão Estratégica Militar para as Forças Armadas Portuguesas 2022-2034" da pág. 35 em diante (entre muitas outras coisas naturalmente, também bastante relevantes):

Citar
d. Capacitação para operações no domínio aéreo

(...) Adicionalmente, realça-se a importância da aquisição de aeronaves de apoio aéreo próximo, aptas a operar em regiões instáveis, como acontece, por exemplo, em muitas regiões de África. Efetivamente, as Forças Armadas necessitam de aeronaves que garantam a proteção armada ao movimento de forças terrestres e que efetuem ações de reconhecimento e de vigilância, com rapidez e em profundidade, em ambientes permissivos e semi-permissivos. (...)

https://www.emgfa.pt/Documents/2022/Visa%cc%83o%20Estrate%cc%81gica%20Militar%20para%20as%20FFAA%20Portuguesas%202022-2034.pdf

E é por isso que os Super Tucano devem estar por aí a rebentar, deixando toda a gente contente. ::)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Agosto 31, 2022, 07:25:27 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general

O que o "hidrográfico" disse em entrevista não é nada de novo. Atentemos ao que vem escrito no documento "Visão Estratégica Militar para as Forças Armadas Portuguesas 2022-2034" da pág. 35 em diante (entre muitas outras coisas naturalmente, também bastante relevantes):

Citar
d. Capacitação para operações no domínio aéreo

(...) Adicionalmente, realça-se a importância da aquisição de aeronaves de apoio aéreo próximo, aptas a operar em regiões instáveis, como acontece, por exemplo, em muitas regiões de África. Efetivamente, as Forças Armadas necessitam de aeronaves que garantam a proteção armada ao movimento de forças terrestres e que efetuem ações de reconhecimento e de vigilância, com rapidez e em profundidade, em ambientes permissivos e semi-permissivos. (...)

https://www.emgfa.pt/Documents/2022/Visa%cc%83o%20Estrate%cc%81gica%20Militar%20para%20as%20FFAA%20Portuguesas%202022-2034.pdf

E é por isso que os Super Tucano devem estar por aí a rebentar, deixando toda a gente contente. ::)

Menos os cadetes PILAV   :mrgreen:.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Agosto 31, 2022, 08:37:37 pm
O Caiafa está a falar sobre a entrevista do CEMGFA a CMTV  onde ele diz que Portugal precisa de aviões a hélices para operação em África.

https://www.cmjornal.pt/portugal/amp/faltam-cinco-mil-militares-nas-forcas-armadas-portuguesas-afirma-chefe-do-estado-maior-general

O que o "hidrográfico" disse em entrevista não é nada de novo. Atentemos ao que vem escrito no documento "Visão Estratégica Militar para as Forças Armadas Portuguesas 2022-2034" da pág. 35 em diante (entre muitas outras coisas naturalmente, também bastante relevantes):

Citar
d. Capacitação para operações no domínio aéreo

(...) Adicionalmente, realça-se a importância da aquisição de aeronaves de apoio aéreo próximo, aptas a operar em regiões instáveis, como acontece, por exemplo, em muitas regiões de África. Efetivamente, as Forças Armadas necessitam de aeronaves que garantam a proteção armada ao movimento de forças terrestres e que efetuem ações de reconhecimento e de vigilância, com rapidez e em profundidade, em ambientes permissivos e semi-permissivos. (...)

https://www.emgfa.pt/Documents/2022/Visa%cc%83o%20Estrate%cc%81gica%20Militar%20para%20as%20FFAA%20Portuguesas%202022-2034.pdf

E é por isso que os Super Tucano devem estar por aí a rebentar, deixando toda a gente contente. ::)

O helicopteros também são aeronaves. A diferença é que agora o CEMGFA afirmou, foi o que fazia falta é aviões a hélice.
Mas como também ele disse, está tudo agora nas mãos da ministra.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Agosto 31, 2022, 09:05:26 pm
O helicopteros também são aeronaves.

Creio que dificilmente o documento se estará a referir a helicópteros quando menciona "aeronaves que garantam a proteção armada ao movimento de forças terrestres e que efetuem ações de reconhecimento e de vigilância, com rapidez e em profundidade, em ambientes permissivos e semi-permissivos."  ::)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 31, 2022, 09:37:43 pm
Viva,
Esqueçam o AH-1Z/W, apesar da vontade de ir para esses voos, é quase certo o A-29/EMB-314 "Super Tucano"....O lobbie Embraer veio para ficar...
Cps,

(https://1.bp.blogspot.com/-D1mJ2ukNgzs/XmdLG_CktCI/AAAAAAAAS8Q/k6qePhjJUm4ILqYBPqSSLw1P8r05iTypQCLcBGAsYHQ/w1200-h630-p-k-no-nu/USAF_purchases_A29_Super_Tucano.jpg)

(https://www.thedefensepost.com/wp-content/uploads/2017/10/a-29-pilot-afghanistan-3809422.jpg)

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Agosto 31, 2022, 09:52:54 pm
Viva,
Esqueçam o AH-1Z/W, apesar da vontade de ir para esses voos, é quase certo o A-29/EMB-314 "Super Tucano"....O lobbie Embraer veio para ficar...
Cps,

(https://1.bp.blogspot.com/-D1mJ2ukNgzs/XmdLG_CktCI/AAAAAAAAS8Q/k6qePhjJUm4ILqYBPqSSLw1P8r05iTypQCLcBGAsYHQ/w1200-h630-p-k-no-nu/USAF_purchases_A29_Super_Tucano.jpg)

(https://www.thedefensepost.com/wp-content/uploads/2017/10/a-29-pilot-afghanistan-3809422.jpg)

É impressionante como alguns  vendem coisas neste País. Os patrocinadores são pagos em estadias com bilhete ou em gêneros?
Tanta coisa em falta e bem imperativas, mas algumas parece que são tão fáceis de impingir. Metem um boneco a falar, mais umas pitadas de uns compromissos e bicoisas e a papinha fica feita.
Parece aqueles casos dos vendedores de enciclopédias que vão porta a porta dizer como é mesmo imperativo as pessoas terem aquilo.
Aqui vão vender em almoços ou onde?

Entretanto helis médios armados e capacidade de evacuação logo se vê. Afinal, o Brasil não tem disso para vender



 
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 31, 2022, 09:58:32 pm
É isso, vendesse a Embraer helis...
CPs,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Agosto 31, 2022, 10:14:12 pm
Pergunto eu.
O heli armado e de evacuação, até para um País como o nosso que tem tanta limitação de de verbas, não seria mais útil mesmo nessas ditas missões africanas?
A dupla capacidade de função, tanto nessas missões externas como internamente, não se sobrepõe a eventuais diferenças de valores de aquisição entre ambas as soluções?
Quando fizerem falta por cá helicópteros, que se sabe serem escassos, vão as avionetas tuca?
Será também mais difícil dizer a maralha imbecilizada e aculturada deste povo, que se quer comprar helis de evacuação(que se podem armar) ou os tucas? Isto na tal perspectiva tão falada para outras coisas.

Borá lá fazer o jeitinho
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Agosto 31, 2022, 10:43:32 pm
Pergunto eu.
O heli armado e de evacuação, até para um País como o nosso que tem tanta limitação de de verbas, não seria mais útil mesmo nessas ditas missões africanas?
A dupla capacidade de função, tanto nessas missões externas como internamente, não se sobrepõe a eventuais diferenças de valores de aquisição entre ambas as soluções?
Quando fizerem falta por cá helicópteros, que se sabe serem escassos, vão as avionetas tuca?
Será também mais difícil dizer a maralha imbecilizada e aculturada deste povo, dizer se quer comprar helis de evacuação(que se podem armar) ou os tucas? Isto na tal perspectiva tão falada para outras coisas.

Borá lá fazer o jeitinho

Há mentalidades que ainda não saíram dos T-6 da Guerra Colonial...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Agosto 31, 2022, 11:15:20 pm
Pergunto eu.
O heli armado e de evacuação, até para um País como o nosso que tem tanta limitação de de verbas, não seria mais útil mesmo nessas ditas missões africanas?
A dupla capacidade de função, tanto nessas missões externas como internamente, não se sobrepõe a eventuais diferenças de valores de aquisição entre ambas as soluções?
Quando fizerem falta por cá helicópteros, que se sabe serem escassos, vão as avionetas tuca?
Será também mais difícil dizer a maralha imbecilizada e aculturada deste povo, dizer se quer comprar helis de evacuação(que se podem armar) ou os tucas? Isto na tal perspectiva tão falada para outras coisas.

Borá lá fazer o jeitinho

Há mentalidades que ainda não saíram dos T-6 da Guerra Colonial...

Os "expedicionários" como o pateta mór do reino têm em comum serem uns matraquilhos, como aqueles bonecos do jogo, com o varão enviado e movidos em conjunto por uma mão.
E este País é isso mesmo, um jogo de matraquilhos com mãos que os mexem.

Então aquele pateta, qual velha tonta, que se recusa a falar quando é incapaz e, diz crer em coisas que são o contrário aos olhos da maioria. Que se preocupa mais com afilhados que com os filhos.
Uma nulidade ao leme e uns corruptos que olham para o umbigo e não para a Nação.
Não admira ter ido para lá almoçar com o outro corrupto, já a contar com a próxima época balnear
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Agosto 31, 2022, 11:46:39 pm
Viva,
Esqueçam o AH-1Z/W, apesar da vontade de ir para esses voos, é quase certo o A-29/EMB-314 "Super Tucano"....O lobbie Embraer veio para ficar...
Cps,

(https://1.bp.blogspot.com/-D1mJ2ukNgzs/XmdLG_CktCI/AAAAAAAAS8Q/k6qePhjJUm4ILqYBPqSSLw1P8r05iTypQCLcBGAsYHQ/w1200-h630-p-k-no-nu/USAF_purchases_A29_Super_Tucano.jpg)

(https://www.thedefensepost.com/wp-content/uploads/2017/10/a-29-pilot-afghanistan-3809422.jpg)

O negocio a ser é governo a governo. A  Embraer quanto muito ganha um contrato de manutenção.

O negocio Elbit/Embraer era muito mais lucrativo para a Embraer, este negocio nem por isso.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: HSMW em Setembro 01, 2022, 12:33:04 am
Pergunto eu.
O heli armado e de evacuação, até para um País como o nosso que tem tanta limitação de de verbas, não seria mais útil mesmo nessas ditas missões africanas?
A dupla capacidade de função, tanto nessas missões externas como internamente, não se sobrepõe a eventuais diferenças de valores de aquisição entre ambas as soluções?
Quando fizerem falta por cá helicópteros, que se sabe serem escassos, vão as avionetas tuca?
Será também mais difícil dizer a maralha imbecilizada e aculturada deste povo, que se quer comprar helis de evacuação(que se podem armar) ou os tucas? Isto na tal perspectiva tão falada para outras coisas.

Borá lá fazer o jeitinho

O Binkov faz essa análise no vídeo que se segue.

Compara também a os custos de aquisição e manutenção dos Apache britânicos com os TB2 marroquinos.

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 01, 2022, 12:39:18 am
Negócio de políticos então. E de militares com tiques expedicionários.

Mas os teco teco armados são jeitosos para África e América do Sul.  Até provavelmente na fronteira dos americanos, para lidar com aquele tráfico todo. Mas e num cenário na Europa?
Os helicópteros CSAR não serviriam o propósito de forma mais alargada de cenários e utilizações?
Temos dinheiro a barda, por isso, podemos ir ao supermercado e encher o carrinho de tudo. Ou então gasta-se numas coisinhas e o resto arrasta, como tem sido.

Quem é que está a jogar matraquilhos?

Agora até vamos ter o mini transportador estratégico para meter helis em todo o lado.
Falaram aí que cabiam

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 01, 2022, 11:38:20 am
Há mentalidades que ainda não saíram dos T-6 da Guerra Colonial...

É verdade, e até são bem mais do que supunha inicialmente. A melhor prova disso é quando no meio de uma conversa entre algumas dessas mentes brilhantes se começa a advogar o regresso ao uso do napalm... sem comentários.  ::)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 01, 2022, 11:57:12 am
Há mentalidades que ainda não saíram dos T-6 da Guerra Colonial...

É verdade, e até são bem mais do que supunha inicialmente. A melhor prova disso é quando no meio de uma conversa entre algumas dessas mentes brilhantes se começa a advogar o regresso ao uso do napalm... sem comentários.  ::)

As FA estão bem entregues, sem dúvida....
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: PereiraMarques em Setembro 01, 2022, 01:20:08 pm
Há mentalidades que ainda não saíram dos T-6 da Guerra Colonial...

É verdade, e até são bem mais do que supunha inicialmente. A melhor prova disso é quando no meio de uma conversa entre algumas dessas mentes brilhantes se começa a advogar o regresso ao uso do napalm... sem comentários.  ::)

As FA estão bem entregues, sem dúvida....
Cps,

(https://i.ibb.co/fq41Rdt/Kilgore-Robert-Duvall-delivering-the-famous-lin-original.jpg)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 01, 2022, 01:28:21 pm
Chegaste primeiro  :mrgreen:, mas o video é que é fixe :G-beer2:.

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: luis simoes em Setembro 01, 2022, 05:42:45 pm
Acredito que mais dia menos dia virao os super tucano....mas mesmo assim fica a tal lacuna deixada pelos alfajet....digo eu...mas que venham ....fazem falta em teatros de guerra, onde as FA participam....
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 01, 2022, 07:59:32 pm
Fazem falta aos negócios dos manos que comem na mesma panela. Porque fazer falta nesses cenários e outros seriam os helicópteros
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 01, 2022, 08:01:52 pm
Fazem falta aos negócios dos manos que comem na mesma panela. Porque fazer falta nesses cenários e outros seriam os helicópteros

De transporte e de ataque.
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 06, 2022, 05:42:13 pm
Pergunto eu.
O heli armado e de evacuação, até para um País como o nosso que tem tanta limitação de de verbas, não seria mais útil mesmo nessas ditas missões africanas?
A dupla capacidade de função, tanto nessas missões externas como internamente, não se sobrepõe a eventuais diferenças de valores de aquisição entre ambas as soluções?
Quando fizerem falta por cá helicópteros, que se sabe serem escassos, vão as avionetas tuca?
Será também mais difícil dizer a maralha imbecilizada e aculturada deste povo, que se quer comprar helis de evacuação(que se podem armar) ou os tucas? Isto na tal perspectiva tão falada para outras coisas.

Borá lá fazer o jeitinho

O Binkov faz essa análise no vídeo que se segue.

Compara também a os custos de aquisição e manutenção dos Apache britânicos com os TB2 marroquinos.


É difícil fazer uma comparação. Vai haver missões onde um helicóptero de ataque (ou um helicóptero de Scout armado) é muito mais adequado do que UAVs ou camiões lançadores de armas stand-off (como exemplificado no vídeo). Seja para escolta de helicópteros de transporte, COIN (onde normalmente a oposição não tem largas centenas de MANPADS topo de gama como acontece na Ucrânia), CAS em regiões montanhosas/de floresta densa que permitam dar cobertura (novamente ao contrário da Ucrânia, onde a cobertura é reduzida).

No nosso caso, o mínimo que se pede, é ter um helicóptero ligeiro ou médio que possa ser minimamente armado (canhões, rockets e mísseis anti-tanque).
A haver necessidade de maior poder de fogo, a opção heli de ataque ou ST poderá ser analisada, mas tem que compensar a despesa. De AHs sabemos que arranjamos em segunda-mão, e aí pode-se analisar se sai mais barato arranjar Super Cobras em segunda-mão do que comprar uns hélis de transporte prontos para receber armamento. E os STs? Sabemos que novos são caros, e que têm vantagens e desvantagens face aos helicópteros.

No fim disto tudo, a questão vai ser sempre o dinheiro, e se uma aquisição de qualquer um destes, representará corte noutro lado ou não. Acabo por preferir uma maior quantidade de UH-60 bem equipados, podendo estes, apoiados por UCAVs decentes, ficar encarregues das missões COIN e afins, e que reforcem a capacidade de combate de asa fixa, através da modernização dos F-16 e seu rearmamento.
Os ST, parecem aquele meio que é feito à medida para COIN, mas que fora disso, num conflito convencional, a sua utilidade seria bastante limitada.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 10, 2022, 10:52:03 am
Embora eu também considere que uns UH60 com capacidade de ataque ao solo seriam muito, mas muito mais polivalentes para as nossas forças armadas, percebo no entanto que exista alguma necessidade de aeronaves para treinar os Pilotos dos F16, e futuros caças de substituição.  E como a ideia de um avião de ataque ligeiro até é mais a de conseguir treinar estes Pilotos, a Textron tem uma opção muito mais sustentável do que o lobby da Embraer que já não fabrica o Tucano de treino.

Este artigo do Pássaro de Ferro ilustra muito bem onde o AT6 Wolverine seria uma máquina muito melhor para Portugal do que o Super Tucano.

http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html (http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiEpw9t8cA1JfnPLUFevpWe-1oPUd4GglM-j0pP3Rp90LUe24GobVcqNOPfxWKQfQuRjks_VH1rQbWEUt2eEZ7Z3O45pzlxeoC7Pi8vKsTaA8rFutshLisK3dt8HFA1nTngSz3OpLOwJIF383Zk8FujeJu3T_FSlqeuPJkv4Xw12-w30AQZm5Y/w640-h458/T-6A_Texan_II.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgfFH6Z_1Y_EEs5s4Zik3I9iOk6vYhHFKCkHofv6npMAGDlgPXW7I4gbR09I8F6ealCg8EuNJUfCFsK8Js5eKIZV9XESw6J-FhlyuDfht8bI157s6EHl6vfh_vQt0B-XM_fO3RXdIICJ44rVB7N7LiUPEj3r1dOcXQQc-paXzux2_VBJkqGBGQ/s1200/2004t_at6_004.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi_Bbw0TjlX4-8v8zzx4ooCdQ3hTuOnzJZW5MrIu2NzxZZNnQnYGHtIYonDfSNghhL2LHQq-xcNsGH-zSUJNlnlC1mZrHYBKXi9fEvO5CfwdzPjMczfW2oxQubyWcKPyHuus2WmsrQPsZyesHeoYrg6UMi0XliEdPuQnXQgxKvH1QfCk1QrAms/w640-h426/AT-6%20Uniniproved%20Surface.jpg)

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 10, 2022, 03:57:41 pm
Embora eu também considere que uns UH60 com capacidade de ataque ao solo seriam muito, mas muito mais polivalentes para as nossas forças armadas, percebo no entanto que exista alguma necessidade de aeronaves para treinar os Pilotos dos F16, e futuros caças de substituição.  E como a ideia de um avião de ataque ligeiro até é mais a de conseguir treinar estes Pilotos, a Textron tem uma opção muito mais sustentável do que o lobby da Embraer que já não fabrica o Tucano de treino.

Este artigo do Pássaro de Ferro ilustra muito bem onde o AT6 Wolverine seria uma máquina muito melhor para Portugal do que o Super Tucano.

http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html (http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiEpw9t8cA1JfnPLUFevpWe-1oPUd4GglM-j0pP3Rp90LUe24GobVcqNOPfxWKQfQuRjks_VH1rQbWEUt2eEZ7Z3O45pzlxeoC7Pi8vKsTaA8rFutshLisK3dt8HFA1nTngSz3OpLOwJIF383Zk8FujeJu3T_FSlqeuPJkv4Xw12-w30AQZm5Y/w640-h458/T-6A_Texan_II.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgfFH6Z_1Y_EEs5s4Zik3I9iOk6vYhHFKCkHofv6npMAGDlgPXW7I4gbR09I8F6ealCg8EuNJUfCFsK8Js5eKIZV9XESw6J-FhlyuDfht8bI157s6EHl6vfh_vQt0B-XM_fO3RXdIICJ44rVB7N7LiUPEj3r1dOcXQQc-paXzux2_VBJkqGBGQ/s1200/2004t_at6_004.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi_Bbw0TjlX4-8v8zzx4ooCdQ3hTuOnzJZW5MrIu2NzxZZNnQnYGHtIYonDfSNghhL2LHQq-xcNsGH-zSUJNlnlC1mZrHYBKXi9fEvO5CfwdzPjMczfW2oxQubyWcKPyHuus2WmsrQPsZyesHeoYrg6UMi0XliEdPuQnXQgxKvH1QfCk1QrAms/w640-h426/AT-6%20Uniniproved%20Surface.jpg)

Seria porquê?

E que a única aeronave de este tipo que realmente fazia sentido era o AT-802U, visto que o estado já opera o FireBoss e ainda quer comprar mais de 20 nos próximos anos.

Agora está oportunidade de negocio de ocasião dos A-29 não vai voltar a aparecer. Mas com um governo PS dificilmente vamos ter capacidade financeira para aproveitar.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 11, 2022, 08:24:00 am
Embora eu também considere que uns UH60 com capacidade de ataque ao solo seriam muito, mas muito mais polivalentes para as nossas forças armadas, percebo no entanto que exista alguma necessidade de aeronaves para treinar os Pilotos dos F16, e futuros caças de substituição.  E como a ideia de um avião de ataque ligeiro até é mais a de conseguir treinar estes Pilotos, a Textron tem uma opção muito mais sustentável do que o lobby da Embraer que já não fabrica o Tucano de treino.

Este artigo do Pássaro de Ferro ilustra muito bem onde o AT6 Wolverine seria uma máquina muito melhor para Portugal do que o Super Tucano.

http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html (http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiEpw9t8cA1JfnPLUFevpWe-1oPUd4GglM-j0pP3Rp90LUe24GobVcqNOPfxWKQfQuRjks_VH1rQbWEUt2eEZ7Z3O45pzlxeoC7Pi8vKsTaA8rFutshLisK3dt8HFA1nTngSz3OpLOwJIF383Zk8FujeJu3T_FSlqeuPJkv4Xw12-w30AQZm5Y/w640-h458/T-6A_Texan_II.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgfFH6Z_1Y_EEs5s4Zik3I9iOk6vYhHFKCkHofv6npMAGDlgPXW7I4gbR09I8F6ealCg8EuNJUfCFsK8Js5eKIZV9XESw6J-FhlyuDfht8bI157s6EHl6vfh_vQt0B-XM_fO3RXdIICJ44rVB7N7LiUPEj3r1dOcXQQc-paXzux2_VBJkqGBGQ/s1200/2004t_at6_004.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi_Bbw0TjlX4-8v8zzx4ooCdQ3hTuOnzJZW5MrIu2NzxZZNnQnYGHtIYonDfSNghhL2LHQq-xcNsGH-zSUJNlnlC1mZrHYBKXi9fEvO5CfwdzPjMczfW2oxQubyWcKPyHuus2WmsrQPsZyesHeoYrg6UMi0XliEdPuQnXQgxKvH1QfCk1QrAms/w640-h426/AT-6%20Uniniproved%20Surface.jpg)

Seria porquê?

E que a única aeronave de este tipo que realmente fazia sentido era o AT-802U, visto que o estado já opera o FireBoss e ainda quer comprar mais de 20 nos próximos anos.

Agora está oportunidade de negocio de ocasião dos A-29 não vai voltar a aparecer. Mas com um governo PS dificilmente vamos ter capacidade financeira para aproveitar.

O Sky Warden AT-802U, embora seja uma aeronave espetacular não serve a função que a FAP quer. Nos Estados Unidos vai ter um nicho de missão muito específico, dedicado mais a ISR em cenários de reduzida a nenhuma ameaça, do que propriamente a ataque ao solo.
É depois é uma aeronave que não dá para treinar os Pilotos de caça devido à sua baixa velocidade, configuração de aviónicos cockpit e não ter sequer acento ejetável.
A competição para Light Atack Aircraft é entre o AT6 Wolverine e o super tucano...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 11, 2022, 11:06:18 am
"Agora está oportunidade de negocio de ocasião dos A-29 não vai voltar a aparecer. Mas com um governo PS dificilmente vamos ter capacidade financeira para aproveitar."

Eu tenho ideia que é exatamente por ser este governo que vem os brasileiros A29
Vão ser falados no Antro como necessidades de treino e têm o aval de políticos e militares conhecidos dos sambistas.

Embora se os AH60 fossem falados no Antro como necessidade de evacuação nas missões da ONU, até podiam depois vir a ser armados até aos dentes com verbas diversas.
Só custa quando não têm interesse. Por isso depende de outros interesses.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: luis simoes em Setembro 11, 2022, 11:13:36 am
Boas
Defendo que deviamos de ter um misto entre um heli mais musculado que fizesse mais que transporte e evacuacao...mas que tambem tivesse boa capacidade de armamento, nomeadamente carregar uma variadade de misseis, rockets foguetes e armas de calibre, superiores a 7.62mm...no fundo um heli muito completo e eficaz...com blindagem obviamente....escolheria dois vectores ou blackhawk....ou venom....quanto ao aviao, que por muito que digam nao ser o mais eficaz, nestes TO onde actuam as FA portuguesas, acho que se complementariam muito bem....falo claro na destruicao em objectivos especificos  militares ...exemplo de bunkers....depositos de armamento....pontes....pistas de voo...depositos de combustivel....etc....onde por si so um heli tem limitacoes  e .onde um simples soldado pode abater um heli....desde que devidamente escondido e munido de armamento especifico....um heli faz muito barulho....e facilmente detectavel a alguns quilometros so pelo seu som....mas o cerne da questao um aviao tem mais possibilidades mais solucoes e mais eficaz digo eu....mas escolheria sempre ou ST29 que  tem comprovado em combate ser um bom aviao...equipando mais de 28 paises...

Acredito havera desenvolvimentos num futuro proximo.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 11, 2022, 12:10:38 pm
O AT-6 Wolverine


Esta aeronave é a versão moderna de ataque ao solo do venerável avião de instrução Beechcraft T-6 Texan II que é usado por todos os ramos das Forças Armadas dos Estados Unidos da América e mais 12 nações estrangeiras. O AT-6 Wolverine mantém 85% de peças em comunhão com o Texan II, e embora as versões mais antigas deste avião sejam já amplamente conhecidas pelos Pilotos da FAP, que o voam para a sua formação no F-16 nos Estados Unidos da América. Este avião de instrução já é vendido na versão C, D e C+, que foi amplamente modernizada com os mais modernos aviónicos, de modo a simular o cockpit do A-10 e do F-16.

"foi amplamente modernizada com os mais modernos aviónicos, de modo a simular o cockpit do A-10 e do F-16. "

Será que isto conta?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 11, 2022, 07:18:21 pm
(https://i.ibb.co/c8W4XQf/A29-AT6.jpg) (https://imgbb.com/)
(https://i.ibb.co/w7stvN9/A29-AT6-2.jpg) (https://imgbb.com/)

É importante não confundir a beira da estrada com a Estrada da Beira
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: sergio21699 em Setembro 11, 2022, 11:17:56 pm

E que a única aeronave de este tipo que realmente fazia sentido era o AT-802U, visto que o estado já opera o FireBoss e ainda quer comprar mais de 20 nos próximos anos.

Opera o FireBoss onde? É que os que andam nos incêndios são todos alugados e operados por terceiros...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: raphael em Setembro 12, 2022, 04:18:21 pm
Pois mas o tucano ou super tucano será util para a conversão operacional para o F-16...nem todos podem ir ter formação nos EUA para essa plataforma.

Isto tem de ser tudo multitask.

Não temos orçamento para frotas estanques.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 13, 2022, 02:07:18 pm
O problema é que depois há dúvidas se o ST é suficiente para fazer a conversão para algo como o F-35, caso se opte por este no futuro, principalmente quando não tem versão bilugar.

Não esquecer ainda que o melhor avião de treino do segmento de turboprops é o PC-21, e dado que a missão CAS/Armed Overwatch em TOs de baixa intensidade pode ser desempenhada pela combinação de helicópteros armados e UCAVs, dois tipos de meios essenciais para o futuro das FA, faz muito menos sentido ter uma aeronave COIN dedicada.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: raphael em Setembro 13, 2022, 02:17:58 pm
Primeiro devemos ter a aeronave dedicada para COIN, para convencermos os parceiros africanos CPLP a quem damos formação a comprá-los...depois quando já todo o mundo estiver na fase seguinte é que nós entramos no comboio.

Não temos nem nunca vamos ter orçamento para uma gestão correta e eficiente dos meios e frotas das forças armadas.

Mas sonhar não custa.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 13, 2022, 03:07:34 pm
Primeiro devemos ter a aeronave dedicada para COIN, para convencermos os parceiros africanos CPLP a quem damos formação a comprá-los...depois quando já todo o mundo estiver na fase seguinte é que nós entramos no comboio.

Não temos nem nunca vamos ter orçamento para uma gestão correta e eficiente dos meios e frotas das forças armadas.

Mas sonhar não custa.

O seu discurso é sempre complacente com a retórica do EMFA, porque será ?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 13, 2022, 04:34:39 pm
Ter Super Tucanos nos CPLP é que é sonhar. Para isso, era canalizar os tais 12 ex-FAB à venda por 40 milhões para 2 ou 3 países da CPLP, porque novos, nenhum deles consegue arranjar 100 milhões para meia dúzia de turboprops. Há é ali países vizinhos aos CPLP que esses sim teriam capacidade financeira (em teoria) para os comprar, sendo aí sim o ST um avião muito mais adequado para os orçamentos disponíveis.

Olhando para os países mais pequenos da CPLP, constato que para eles faz muito mais sentido ter helicópteros ligeiros minimamente armados, do que STs. Helicópteros estes que ainda podiam desempenhar SAR, MEDEVAC, etc, algo que o ST não faz. A formação, podia ser dada por nós, nos Koala, que poderíamos adquirir mais um par deles, enquanto esses países podiam usar ou a versão militar do Koala, ou o AW-109M/169M. Na loucura, iam UH-60 modernizados, se a intenção fosse espelhar o que nós temos/vamos ter.

Entretanto, lá continuamos nós a financiar tudo, desde a formação aos meios e até com presença assídua. Não seria mais lógico, à imagem da frota de MRTT e de AWACS da NATO, ter uma frota dos CPLP para determinados tipos de meios, financiada por todos os participantes, tanto na compra como manutenção? Por exemplo, C-295, inclusive MPA. Eventualmente ter uma esquadra COIN conjunta com os ditos ST, uma Guarda Costeira multinacional (quiçá com lanchas/patrulhas feitos em Portugal), etc. Não é mais prático do que andarmos nós quase sozinhos a fazer tudo na "frente africana"? Se calhar em Moçambique tinha dado jeito no combate ao terrorismo. Se calhar teria dado jeito alguns C-295 nas missões que temos em África. Se calhar no combate à pirataria no Golfo da Guiné teria-se feito melhor figura do que nós com NPO desarmado.

Em qualquer dos casos, a necessidade do ST dedicado a COIN para nós, não me parece existir, ficando nós a ganhar mais com o par helicóptero/UCAV.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 13, 2022, 05:25:21 pm
Se é por causa da "frente africana", então Angola que dê o exemplo e se chegue à frente dado já operar o Super Tucano. Assim ficávamos livres para comprar um avião de treino avançado como deve ser, tipo PC-21 ou mesmo M-346, à semelhança de todo e qualquer país desenvolvido que se preze.

Todo os nossos parceiros têm feito o quê? Adquirido helicópteros de transporte com boa capacidade de sobrevivência em combate, e de ataque para proteção, escolta, missões anti-tanque e apoio aéreo próximo. E o que queremos nós fazer? Adquirir turbo-hélices para voltarmos às guerrinhas no meio do mato, como se isso fosse a pecha mais importante de hoje e dos tempos mais próximos nas nossas Forças Armadas.

Estamos bem entregues, disso não hajam dúvidas.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 13, 2022, 06:07:08 pm
É a mentalidade Africana !
Lá podemos mostrar o nosso poderio ! Na NATO não passamos de uns "coitados".
Mas as chefias assim querem
Cps
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 13, 2022, 09:05:38 pm
Se é por causa da "frente africana", então Angola que dê o exemplo e se chegue à frente dado já operar o Super Tucano. Assim ficávamos livres para comprar um avião de treino avançado como deve ser, tipo PC-21 ou mesmo M-346, à semelhança de todo e qualquer país desenvolvido que se preze.

Todo os nossos parceiros têm feito o quê? Adquirido helicópteros de transporte com boa capacidade de sobrevivência em combate, e de ataque para proteção, escolta, missões anti-tanque e apoio aéreo próximo. E o que queremos nós fazer? Adquirir turbo-hélices para voltarmos às guerrinhas no meio do mato, como se isso fosse a pecha mais importante de hoje e dos tempos mais próximos nas nossas Forças Armadas.

Estamos bem entregues, disso não hajam dúvidas.

Parece que alem dos Americanos os Franceses tambem devem estar errados.

Citar
The entire region is notably austere, with operations often occurring in remote areas far from large established bases in major population centers. Helicopters and other aircraft have become essential to supporting those activities, with the French often forming temporary air-land task forces to conduct long distance patrols through so-called “ungoverned spaces.” This term applies to areas where formal governments have little presence, giving terrorists and other armed groups, as well as criminal elements, places to flourish.

But given the nature of the terrain, the ALAT is becoming increasingly of the view that helicopters might not be the best tool for all situations and that relying on fast-moving French Air Force multi-role fighter jets to provide additional support simply isn’t practical or cost effective. Lieutenant General Grintchenko revealed to a gathering in London that he was actively looking at acquiring a fleet of manned, fixed wing light attack aircraft to supplement his rotary wing fleet.

Why do I need to use a helicopter to do this particular mission; it has to be because I have something to do on the ground [and need to land in a confined area],” the ALAT’s commander posited, according to a separate report from Jane’s. “If I don’t need to do anything on the ground [such as area surveillance or close air support], then why don’t I use a fixed-wing aircraft instead? It is much cheaper.

O problema aqui não é o meio nem as missões. É apenas o fabricante.

E eu acho que o que devíamos adquirir era os M346, mas estamos novamente perante uma oportunidade única como foi a do Siroco. Mais uma vez vamos deixar passar porque não faz aquela coisa qualquer...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 13, 2022, 11:29:11 pm
Mas porque é que de todos os exemplos a seguir da França ou dos EUA, é das aeronaves dedicadas a COIN que se lembram?

Quem tem dinheiro pode dar-se ao luxo de ter meios dedicados para uma missão tão específica como COIN. Quem não tem, tem que ter algo o mais versátil possível, de preferência que seja útil tanto em TOs de baixa intensidade, como em guerra convencional.

A questão é simples: querem um meio que seja excelente para COIN, mas que seja praticamente inútil em conflito convencional, ou querem um meio que seja útil em conflito convencional, e que consiga cumprir na mesma COIN e outras missões de baixa intensidade?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 13, 2022, 11:56:22 pm
Mas porque é que de todos os exemplos a seguir da França ou dos EUA, é das aeronaves dedicadas a COIN que se lembram?

Quem tem dinheiro pode dar-se ao luxo de ter meios dedicados para uma missão tão específica como COIN. Quem não tem, tem que ter algo o mais versátil possível, de preferência que seja útil tanto em TOs de baixa intensidade, como em guerra convencional.

A questão é simples: querem um meio que seja excelente para COIN, mas que seja praticamente inútil em conflito convencional, ou querem um meio que seja útil em conflito convencional, e que consiga cumprir na mesma COIN e outras missões de baixa intensidade?

Na FAP a missão principal do A-29 seria sempre a formação avançada de pilotos.
Todas as outras seriam secundarias.

Armed ISR ou Armed Overwatch é algo moderno e cada vez mais procurado, sobretudo para um país que se focou tanto na BrigRR nos últimos anos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 14, 2022, 12:10:35 am
Primeiro devemos ter a aeronave dedicada para COIN, para convencermos os parceiros africanos CPLP a quem damos formação a comprá-los...depois quando já todo o mundo estiver na fase seguinte é que nós entramos no comboio.

Não temos nem nunca vamos ter orçamento para uma gestão correta e eficiente dos meios e frotas das forças armadas.

Mas sonhar não custa.

Gostei de ler, fiquei convencido, muito bom !
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 14, 2022, 12:12:19 am
Pois mas o tucano ou super tucano será util para a conversão operacional para o F-16...nem todos podem ir ter formação nos EUA para essa plataforma.

Isto tem de ser tudo multitask.

Não temos orçamento para frotas estanques.

Então foi por isso que se compraram os 390 em vez dos J ou dos Atlas ?

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 14, 2022, 12:19:14 am
Primeiro devemos ter a aeronave dedicada para COIN, para convencermos os parceiros africanos CPLP a quem damos formação a comprá-los...depois quando já todo o mundo estiver na fase seguinte é que nós entramos no comboio.

Não temos nem nunca vamos ter orçamento para uma gestão correta e eficiente dos meios e frotas das forças armadas.

Mas sonhar não custa.

São estes senhores que....vestem a farda !
Gostei de ler, fiquei convencido, muito bom !
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 14, 2022, 12:23:14 am
Se é por causa da "frente africana", então Angola que dê o exemplo e se chegue à frente dado já operar o Super Tucano. Assim ficávamos livres para comprar um avião de treino avançado como deve ser, tipo PC-21 ou mesmo M-346, à semelhança de todo e qualquer país desenvolvido que se preze.

Todo os nossos parceiros têm feito o quê? Adquirido helicópteros de transporte com boa capacidade de sobrevivência em combate, e de ataque para proteção, escolta, missões anti-tanque e apoio aéreo próximo. E o que queremos nós fazer? Adquirir turbo-hélices para voltarmos às guerrinhas no meio do mato, como se isso fosse a pecha mais importante de hoje e dos tempos mais próximos nas nossas Forças Armadas.

Estamos bem entregues, disso não hajam dúvidas.

Completamente de acordo.
Continuam aqui alguns a tentar comparar o incomparável o leque de missões que um heli consegue desempenhar é muitissimo superior às  de um ST.

Será muito mais útil as FFAA possuir uma dúzia de UH-60L/M que o mesmo numero de ST disso não há qq dúvida, mesmo que esses helis sejam adquiridos como vão ser os seis dos combates aos FF.

Permitam-me um ligeiro offtopic que aqui vou colocar quanto aos Evakuativos.
Estive à  onversa com um el da FAP que me disse que esta compra dos helis bombardeiros, modelo que a FAP vem defendendo como heli médio a adquirir, foi o método encontrado para, dispendendo poucos recursos, se adquirir umas unidades desse modelo, versão mais antiga e logo mais baratuxa, a FAP poder iniciar as operações, FF,  ir testando as aeronaves, treinando pilotos e Mecanicos, e, quando em 2023/4, já com 4 helis ao serviço e com cerca de 1000 HV, avançar com a apresentação de um projecto de aquisição de mais uns quantos helis, provavelmente versões L/M, possivelmente também
através da mesma empresa, tendo como base/trunfo para este pedido o desempenho das unidades alocadas desde 2023, aos combates dos FF.
Confesso que se o estratagema é/for este acho que até tem perninhas para ser vencedor e dou os meus sinceros Parabéns a quem na FAP, assim o engendrou.

Já agora, para terminar, convira recordar para os mais esquecidos que a autonomia de um ST varia inversamente com o aumento do armamento instalado para o desempenho de determinada missão.

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 14, 2022, 12:41:06 am
Mas porque é que de todos os exemplos a seguir da França ou dos EUA, é das aeronaves dedicadas a COIN que se lembram?

Quem tem dinheiro pode dar-se ao luxo de ter meios dedicados para uma missão tão específica como COIN. Quem não tem, tem que ter algo o mais versátil possível, de preferência que seja útil tanto em TOs de baixa intensidade, como em guerra convencional.

A questão é simples: querem um meio que seja excelente para COIN, mas que seja praticamente inútil em conflito convencional, ou querem um meio que seja útil em conflito convencional, e que consiga cumprir na mesma COIN e outras missões de baixa intensidade?

Na FAP a missão principal do A-29 seria sempre a formação avançada de pilotos.
Todas as outras seriam secundarias.

Armed ISR ou Armed Overwatch é algo moderno e cada vez mais procurado, sobretudo para um país que se focou tanto na BrigRR nos últimos anos.

E para essa missão primária sera melhor e muito mais econômico apostar no PC21.

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 14, 2022, 12:47:38 am
Em qualquer dos casos, a necessidade do ST dedicado a COIN para nós, não me parece existir, ficando nós a ganhar mais com o par helicóptero/UCAV.

Então precisa é de um trio helicóptero/UCAV/PC-21...

Eu até entendo as vantagens dos helis já ditas aqui no Forum, principalmente a capacidade de poder operar de navios.

Mas eu dificilmente vejo uma guerra convencional de grande intensidade que Portugal participe, e mesmo nas operações de baixa intensidade em África não vejo o governo autorizar esse tipo de meios para África, são demasiado "agressivos", e correm o risco de má publicidade contra o governo, sindrome colonialista, vejo mais facilmente helis Black Hawk que possam ser armados, sim.

Helis dedicados Apache/Cobra correm o serio risco de nunca serem usados em nada excepto treinos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 14, 2022, 01:44:26 am

Na FAP a missão principal do A-29 seria sempre a formação avançada de pilotos.
Todas as outras seriam secundarias.

Armed ISR ou Armed Overwatch é algo moderno e cada vez mais procurado, sobretudo para um país que se focou tanto na BrigRR nos últimos anos.

Se isso fosse verdade, a escolha óbvia seria o PC-21, até porque é o que a maioria usa. Para COIN e missões equivalentes seguia-se o rumo dos helicópteros, que mais uma vez é o que os aliados fazem. Em alternativa, ainda se podia complementar os helicópteros com um par de AC-295, sendo que estes ainda podiam desempenhar grande parte das missões de transporte que os C-295 "normais" já fazem.

O país focou-se tanto na BRR porque nos últimos 20 anos o foco foi na guerra contra o terrorismo. Seguindo essa lógica, em vez de artilharia AP ou baterias AA, deviam-se comprar dezenas ou centenas de MRAPs, já que o foco é a BRR. A realidade mudou, isto é um facto, e se o ST faz sentido para África, não faz sentido para as frentes que mais respeito nos dizem, a Europa e sobretudo o Atlântico. E quando a segurança do Atlântico é dada como a principal prioridade e função nas nossas FA, não faz sentido divergir desta ideia.

Em qualquer dos casos, a necessidade do ST dedicado a COIN para nós, não me parece existir, ficando nós a ganhar mais com o par helicóptero/UCAV.

Então precisa é de um trio helicóptero/UCAV/PC-21...

Em qualquer dos casos precisavas de um trio, mesmo com o ST. Até porque desses três, o ST só substitui o PC-21, continuando a fazer falta helicópteros médios que possam ser armados, e UCAVs que são o presente e o futuro da guerra, tanto convencional como não convencional.

Sem ser o negócio dos 12 Super Tucanos por 40 milhões (que cheira a esturro dado que ninguém os quis ainda), fica-te mais barato comprar uma dezena ou dúzia de PC-21 mais uma dúzia de UH-60 bem equipados.

Depois ainda levanto a questão, compramos 12, quantos são para COIN, quantos para treino? Quantos enviados para as missões? Quantos pilotos treinados para esta função específica nesta aeronave? Numa FAP com falta de pilotos, faz mesmo sentido arranjar meia dúzia deles para operar uma aeronave específica numa missão específica? Não faziam mais falta para reforçar as esquadras de F-16?

Eu até entendo as vantagens dos helis já ditas aqui no Forum, principalmente a capacidade de poder operar de navios.

Mas eu dificilmente vejo uma guerra convencional de grande intensidade que Portugal participe, e mesmo nas operações de baixa intensidade em África não vejo o governo autorizar esse tipo de meios para África, são demasiado "agressivos", e correm o risco de má publicidade contra o governo, sindrome colonialista, vejo mais facilmente helis Black Hawk que possam ser armados, sim.

Helis dedicados Apache/Cobra correm o serio risco de nunca serem usados em nada excepto treinos.

Não sabemos o dia de amanhã, sabemos apenas que uma aeronave tipo Super Tucano poderá ter que ficar ao serviço da FAP durante pelo menos 20/30 anos, e aí muita coisa pode mudar. O que também sabemos é que, fora do espectro das missões de baixa intensidade, o ST não serve. Com base nisto, faz sentido meter todas as fichas nos ST? Não me parece.

A mim o que me parece é que, com ou sem guerra à vista, os meios a adquirir devem ter uso idealmente para as três frentes que temos (Atlântico, Europa, África). Adquirir meios que apenas se dão bem no TO africano, e que não contribuem em nada para o resto (excepto treino), é que não me parece fazer sentido.

Agora claro que a minha opinião, e se calhar a de muita gente, é capaz de mudar ligeiramente, se a compra dos ST fosse paralela (e não em detrimento) à compra de um maior número de "helicópteros de evacuação" (o que duvido). Isto, e com a garantia que não se ia reduzir a formação de pilotos de combate de F-16/futuro caça, para os ter para os ST.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 14, 2022, 02:23:52 am

Na FAP a missão principal do A-29 seria sempre a formação avançada de pilotos.
Todas as outras seriam secundarias.

Armed ISR ou Armed Overwatch é algo moderno e cada vez mais procurado, sobretudo para um país que se focou tanto na BrigRR nos últimos anos.

Se isso fosse verdade, a escolha óbvia seria o PC-21, até porque é o que a maioria usa. Para COIN e missões equivalentes seguia-se o rumo dos helicópteros, que mais uma vez é o que os aliados fazem. Em alternativa, ainda se podia complementar os helicópteros com um par de AC-295, sendo que estes ainda podiam desempenhar grande parte das missões de transporte que os C-295 "normais" já fazem.

O país focou-se tanto na BRR porque nos últimos 20 anos o foco foi na guerra contra o terrorismo. Seguindo essa lógica, em vez de artilharia AP ou baterias AA, deviam-se comprar dezenas ou centenas de MRAPs, já que o foco é a BRR. A realidade mudou, isto é um facto, e se o ST faz sentido para África, não faz sentido para as frentes que mais respeito nos dizem, a Europa e sobretudo o Atlântico. E quando a segurança do Atlântico é dada como a principal prioridade e função nas nossas FA, não faz sentido divergir desta ideia.

Em qualquer dos casos, a necessidade do ST dedicado a COIN para nós, não me parece existir, ficando nós a ganhar mais com o par helicóptero/UCAV.

Então precisa é de um trio helicóptero/UCAV/PC-21...

Em qualquer dos casos precisavas de um trio, mesmo com o ST. Até porque desses três, o ST só substitui o PC-21, continuando a fazer falta helicópteros médios que possam ser armados, e UCAVs que são o presente e o futuro da guerra, tanto convencional como não convencional.

Sem ser o negócio dos 12 Super Tucanos por 40 milhões (que cheira a esturro dado que ninguém os quis ainda), fica-te mais barato comprar uma dezena ou dúzia de PC-21 mais uma dúzia de UH-60 bem equipados.

Depois ainda levanto a questão, compramos 12, quantos são para COIN, quantos para treino? Quantos enviados para as missões? Quantos pilotos treinados para esta função específica nesta aeronave? Numa FAP com falta de pilotos, faz mesmo sentido arranjar meia dúzia deles para operar uma aeronave específica numa missão específica? Não faziam mais falta para reforçar as esquadras de F-16?

Eu até entendo as vantagens dos helis já ditas aqui no Forum, principalmente a capacidade de poder operar de navios.

Mas eu dificilmente vejo uma guerra convencional de grande intensidade que Portugal participe, e mesmo nas operações de baixa intensidade em África não vejo o governo autorizar esse tipo de meios para África, são demasiado "agressivos", e correm o risco de má publicidade contra o governo, sindrome colonialista, vejo mais facilmente helis Black Hawk que possam ser armados, sim.

Helis dedicados Apache/Cobra correm o serio risco de nunca serem usados em nada excepto treinos.

Não sabemos o dia de amanhã, sabemos apenas que uma aeronave tipo Super Tucano poderá ter que ficar ao serviço da FAP durante pelo menos 20/30 anos, e aí muita coisa pode mudar. O que também sabemos é que, fora do espectro das missões de baixa intensidade, o ST não serve. Com base nisto, faz sentido meter todas as fichas nos ST? Não me parece.

A mim o que me parece é que, com ou sem guerra à vista, os meios a adquirir devem ter uso idealmente para as três frentes que temos (Atlântico, Europa, África). Adquirir meios que apenas se dão bem no TO africano, e que não contribuem em nada para o resto (excepto treino), é que não me parece fazer sentido.

Agora claro que a minha opinião, e se calhar a de muita gente, é capaz de mudar ligeiramente, se a compra dos ST fosse paralela (e não em detrimento) à compra de um maior número de "helicópteros de evacuação" (o que duvido). Isto, e com a garantia que não se ia reduzir a formação de pilotos de combate de F-16/futuro caça, para os ter para os ST.

Ainda não percebi a vantagem do PC-21 em relação ao A-29, é patrocínio?

Tudo o resto é puro desconhecimento.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Get_It em Setembro 14, 2022, 08:48:10 am
Eu pensei que o primeiro parágrafo do post do raphael era sarcasmo e uma indirecta.

Mas porque é que de todos os exemplos a seguir da França ou dos EUA, é das aeronaves dedicadas a COIN que se lembram?
Os franceses operam aeronaves COIN em África? Ou melhor: os franceses operam aeronaves COIN? E mesmo os EUA só as têm operado para formar países aliados (Afeganistão e Filipinas) e em testes operacionais (os Bronco na Síria).

O país focou-se tanto na BRR porque nos últimos 20 anos o foco foi na guerra contra o terrorismo.
Pensei que o foco na BRR era porque ficava mais barato equipar uns comandos/rangers/pára-quedistas do que comprar equipamento a sério. ;)

Em qualquer dos casos, a necessidade do ST dedicado a COIN para nós, não me parece existir, ficando nós a ganhar mais com o par helicóptero/UCAV.
Para mim, qualquer conversa a justificar a compra do ST devido à missão COIN é conversa para boi dormir.

Não sabemos o dia de amanhã, sabemos apenas que uma aeronave tipo Super Tucano poderá ter que ficar ao serviço da FAP durante pelo menos 20/30 anos, e aí muita coisa pode mudar.
Qualquer meio adquirido neste país tem de durar no mínimo 40 anos. E mesmo assim depois arranja-se umas modernizações todas XPTO para chegar aos 50 ou 60 anos de serviço.

Cumprimentos,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 10:29:26 am
Se é por causa da "frente africana", então Angola que dê o exemplo e se chegue à frente dado já operar o Super Tucano. Assim ficávamos livres para comprar um avião de treino avançado como deve ser, tipo PC-21 ou mesmo M-346, à semelhança de todo e qualquer país desenvolvido que se preze.

Todo os nossos parceiros têm feito o quê? Adquirido helicópteros de transporte com boa capacidade de sobrevivência em combate, e de ataque para proteção, escolta, missões anti-tanque e apoio aéreo próximo. E o que queremos nós fazer? Adquirir turbo-hélices para voltarmos às guerrinhas no meio do mato, como se isso fosse a pecha mais importante de hoje e dos tempos mais próximos nas nossas Forças Armadas.

Estamos bem entregues, disso não hajam dúvidas.

Angola é mais de chegar a frente, mas a mão a agarrar o mais que puder, em troca de uns favores aos que vendem Portugal
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Setembro 14, 2022, 10:29:57 am
Só por curiosidade. V.exmas sabem que tanto o 337 como o Epsilon em países a serio andaram a mandar brasa. Cá acabaram com os primeiros à pressa e os segundos é só formação. Não davam jeito nenhum na RCA. Tantos brincalhões que passaram pela FAp e agora é que se lembram de Cas e Coin..  :mrgreen: :mrgreen:

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/8/84/An_air-to-air_left_side_view_of_an_O-2A_aircraft_flying_over_the_Empire_Range_near_Howard_Air_Force_Base%2C_Panama_DF-ST-85-09231.jpg/1024px-An_air-to-air_left_side_view_of_an_O-2A_aircraft_flying_over_the_Empire_Range_near_Howard_Air_Force_Base%2C_Panama_DF-ST-85-09231.jpg)

(https://s3.eu-west-2.amazonaws.com/abpic-media-eu-production/pictures/full_size_071/1107701-large.jpg)


Saudações  :mrgreen:

P.S. Lembram-se do Alpha A?  :mrgreen:

(https://i0.wp.com/www.cavok.com.br/wp-content/uploads/2016/01/alpha-jet-1.jpg?resize=660%2C387&ssl=1)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 14, 2022, 10:30:17 am
Citar
The entire region is notably austere, with operations often occurring in remote areas far from large established bases in major population centers. Helicopters and other aircraft have become essential to supporting those activities, with the French often forming temporary air-land task forces to conduct long distance patrols through so-called “ungoverned spaces.” This term applies to areas where formal governments have little presence, giving terrorists and other armed groups, as well as criminal elements, places to flourish.

But given the nature of the terrain, the ALAT is becoming increasingly of the view that helicopters might not be the best tool for all situations and that relying on fast-moving French Air Force multi-role fighter jets to provide additional support simply isn’t practical or cost effective. Lieutenant General Grintchenko revealed to a gathering in London that he was actively looking at acquiring a fleet of manned, fixed wing light attack aircraft to supplement his rotary wing fleet.

Why do I need to use a helicopter to do this particular mission; it has to be because I have something to do on the ground [and need to land in a confined area],” the ALAT’s commander posited, according to a separate report from Jane’s. “If I don’t need to do anything on the ground [such as area surveillance or close air support], then why don’t I use a fixed-wing aircraft instead? It is much cheaper.

E então? Se a França quer aeronaves COIN de asa fixa que as compre. Não pretendem encomendar mais PC-21 para o Armée de l'Air? Pois bem, peçam à Pilatus uma versão musculada do aparelho e utilizem eles lá nas suas guerrinhas no Mali, RCA, Níger, Chade, Djibouti, etc. E, no entanto, o Armée de Terre anda a pensar seriamente é na aquisição do CH-47F depois da Airbus se ter juntado à Boeing no programa de fornecimento do Chinook à Alemanha.

A grande pressão (via ONU) para que tenhamos turbohélices COIN para utilização em cenário africano partiu precisamente da França, que quer que outros façam aquilo que eles não querem fazer (ou gastar), apelidando assim de contributo reforçado. E é por essa e por outras razões que a aquisição do Super Tucano para a Força Aérea Portuguesa não faz qualquer sentido, o que infelizmente não vai de encontro com a corrente de pensamento actual das chefias que parecem hipnotizadas pela propaganda da Embraer.

Escolher o Super Tucano é precisamente seguir o caminho contrário dos nossos congéneres da Aliança Atlântica (excepção feita aos EUA, naturalmente), e embrenhar por uma opção difícil de explicar operacionalmente. Afinal mal há orçamento para que as tripulações (quando as há) mantenham os mínimos NATO de horas de voo ou para a manutenção das frotas, e agora do nada vamos passar a ter uma Esquadra parcialmente dedicada a missões de ataque ao solo e apoio aéreo próximo em teatros ultramarinos? Não cabe na cabeça a ninguém, somente a alguns saudosistas do tempo das colónias. ::)

As nossas Forças Armadas possuem um défice considerável de aeronaves de asa rotativa, e para aquilo que se pretende vir a ter opções é que não faltam; haja para tal vontade. E se queremos, ou temos (pelos vistos ::)), de comprar algo mais à Embraer, então que sejam meios verdadeiramente úteis. Faço por isso minhas as palavras escritas ontem noutro tópico pelo mafets:

Tanta coisa Embraer que fazia jeito a Portugal. Mas tinha de ser este...  :mrgreen:

(https://forcaaerea.com.br/wp-content/uploads/2020/11/A-29-PT-ZTU-Foto-Jorge-Ruivo-Portugal-17NOV2020-Monte-Rei.jpg)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/53/Embraer_R-99_6750_%289505743118%29.jpg/800px-Embraer_R-99_6750_%289505743118%29.jpg)

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/94/R99_-_RIAT_2007_%282370466415%29.jpg)

(https://i0.wp.com/www.cavok.com.br/wp-content/uploads/2020/11/519561_embraer-emb145-large_tcm110-3722.jpg?resize=1024%2C570&ssl=1)

Saudações
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 10:33:06 am
Os teatros africanos para Portugal parecem ser muito importantes e quiçá cruciais para alguns. Alguns do caldeirão politico empresarial dos seus amigos e militares com vocação de adidos e nada mais.
Já o País e a Europa, deixam para outros
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: MATRA em Setembro 14, 2022, 11:09:12 am

 :mrgreen:
Citar
Embraer engages OGMA, in Portugal, for the maintenance and modernization of the A-29 Super Tucano
:mrgreen:

https://embraer.com/global/en/news?slug=1207092-embraer-engages-ogma-in-portugal-for-the-maintenance-and-modernization-of-the-a-29-super-tucano
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 14, 2022, 11:13:02 am

 :mrgreen:
Citar
Embraer engages OGMA, in Portugal, for the maintenance and modernization of the A-29 Super Tucano
:mrgreen:

https://embraer.com/global/en/news?slug=1207092-embraer-engages-ogma-in-portugal-for-the-maintenance-and-modernization-of-the-a-29-super-tucano

Uau, vamos ficar em excelente companhia...  ::)

Citar
(...) including armed forces from EMEA region (Europe, the Middle East, and Africa) such as Mali, Mauritania, Nigeria, Burkina Faso, and Angola.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 11:16:37 am

 :mrgreen:
Citar
Embraer engages OGMA, in Portugal, for the maintenance and modernization of the A-29 Super Tucano
:mrgreen:

https://embraer.com/global/en/news?slug=1207092-embraer-engages-ogma-in-portugal-for-the-maintenance-and-modernization-of-the-a-29-super-tucano

Uau, vamos ficar em excelente companhia...  ::)

Citar
(...) including armed forces from EMEA region (Europe, the Middle East, and Africa) such as Mali, Mauritania, Nigeria, Burkina Faso, and Angola.

Pronto, está feito o casamento. Tinham de garantir o dote
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 14, 2022, 11:44:04 am
Aí está o "dote"... Ficamos ao nível de onde devemos estar, Burkina Faso.
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 14, 2022, 12:30:29 pm
Ainda não percebi a vantagem do PC-21 em relação ao A-29, é patrocínio?

Tudo o resto é puro desconhecimento.

É mais barato quando comparado novo com novo. É amplamente usado por aliados. Por ser uma aeronave de treino, não vai ter que se inventar e usar em COIN/CAS, o que obrigaria à formação de pilotos de combate de propósito para estas missões, o que numa FA com falta de pilotos, mais depressa vemos um corte nos números de pilotos de F-16 (ainda por cima sendo os ST inúteis para qualquer outra missão senão aquela, é mesmo desaproveitar o talento que temos). Também vais ter que ter pessoal de terra suficiente para ter cá e nos TOs externos.

A juntar ao facto de que, com a vinda dos STs, a compra de helicópteros de evacuação dificilmente será mais que 5 ou 6, e vai-se dizer que já não é necessário armar decentemente porque "temos os Super Tucanos". Para não falar que nas missões em África, passaremos a ter um terceiro tipo de aeronave, a juntar a qualquer helicóptero e aos ocasionais C-295, o que deve ser uma bela ginástica logística.

É um efeito dominó, que vai além da simples compra de uma aeronave de treino. E tantas vezes ouvimos a conversa que não se vai fazer aquisições até o novo conceito estratégico da NATO ser apresentado, no entanto para comprar os ST, que é 99% garantido que não faz parte dos planos da NATO de forma alguma, é algo que estamos dispostos a atirar-nos de cabeça. Vá-se lá entender.

Os franceses operam aeronaves COIN em África? Ou melhor: os franceses operam aeronaves COIN? E mesmo os EUA só as têm operado para formar países aliados (Afeganistão e Filipinas) e em testes operacionais (os Bronco na Síria).

Não, referia-me ao post ao qual estava a responder. E os EUA mesmo a vir usar aeronaves dedicadas COIN, é para um nicho de missões, tal como eles têm dezenas de modelos de aeronave para nichos de missão, algo que nós não nos podemos dar ao luxo.

Citar
Pensei que o foco na BRR era porque ficava mais barato equipar uns comandos/rangers/pára-quedistas do que comprar equipamento a sério. ;)

Não deixa de ser verdade que o tipo de ameaça, também favorecia mais o uso dessas forças ao invés de forças pesadas. Mais países reforçaram as unidades ligeiras, nomeadamente com MRAPs e outro equipamento mais especializado e treino, para responder a essa ameaça, a diferença é que uma boa parte desses países, já tinham FA decentes, enquanto cá tudo a cair de podre e/ou obsoleto.

Citar
Para mim, qualquer conversa a justificar a compra do ST devido à missão COIN é conversa para boi dormir.

Não tenho a mínima dúvida. Meio dedicado a COIN faz sentido para quem tem dinheiro ou para quem enfrenta constantemente esta ameaça. E nós não somos nenhum dos dois.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 14, 2022, 12:30:45 pm

 :mrgreen:
Citar
Embraer engages OGMA, in Portugal, for the maintenance and modernization of the A-29 Super Tucano
:mrgreen:

https://embraer.com/global/en/news?slug=1207092-embraer-engages-ogma-in-portugal-for-the-maintenance-and-modernization-of-the-a-29-super-tucano

Uau, vamos ficar em excelente companhia...  ::)

Citar
(...) including armed forces from EMEA region (Europe, the Middle East, and Africa) such as Mali, Mauritania, Nigeria, Burkina Faso, and Angola.

Para os Bancos, TAP, amigalhaços de algumas empresas e a Embraer este DesGoverno age bem rápido.
Fabuloso, a rapidez devia ser a mesma na substituição dos equipamentos/ armamentos obsoletos! :mrgreen:

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 01:08:52 pm
Se Angola fizesse fronteira com a RCA, estava mesmo a ver uma esquadrilha de Tucos lá a troco de mais bilateralidades muito especificas.
Era mesmo à grande expedicionário saloio, que nem para o próprio território tem Marinha de relevo e uma Força Aérea à espera de melhores tempos para manutenção e mlus
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 14, 2022, 01:35:48 pm
É mais barato quando comparado novo com novo.

Mas mais barato que PC-21 mais heli de ataque?

Citar
Por ser uma aeronave de treino, não vai ter que se inventar e usar em COIN/CAS, o que obrigaria à formação de pilotos de combate de propósito para estas missões, o que numa FA com falta de pilotos, mais depressa vemos um corte nos números de pilotos de F-16 (ainda por cima sendo os ST inúteis para qualquer outra missão senão aquela, é mesmo desaproveitar o talento que temos). Também vais ter que ter pessoal de terra suficiente para ter cá e nos TOs externos.

Nos PC-21, heli de ataque e até UCAV também precisas disso tudo, pilotos e pessoal de terra, no Super Tucano os pilotos instrutores também podem ser pilotos operacionais.

E essa notícia da Embraer colocar a manutenção de Super Tucanos na OGMA é uma boa jogada de xadrez, os políticos não percebem/nem tem interesse, na parte táctica militar, por isso o que estiver bem para os generais também está bem para eles, mas se puderem vir com a conversa do "cria empregos" já ficam todos contentes pois conseguem justificar a compra para o público.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 04:53:03 pm
É mais barato quando comparado novo com novo.

Mas mais barato que PC-21 mais heli de ataque?

Citar
Por ser uma aeronave de treino, não vai ter que se inventar e usar em COIN/CAS, o que obrigaria à formação de pilotos de combate de propósito para estas missões, o que numa FA com falta de pilotos, mais depressa vemos um corte nos números de pilotos de F-16 (ainda por cima sendo os ST inúteis para qualquer outra missão senão aquela, é mesmo desaproveitar o talento que temos). Também vais ter que ter pessoal de terra suficiente para ter cá e nos TOs externos.

Nos PC-21, heli de ataque e até UCAV também precisas disso tudo, pilotos e pessoal de terra, no Super Tucano os pilotos instrutores também podem ser pilotos operacionais.

E essa notícia da Embraer colocar a manutenção de Super Tucanos na OGMA é uma boa jogada de xadrez, os políticos não percebem/nem tem interesse, na parte táctica militar, por isso o que estiver bem para os generais também está bem para eles, mas se puderem vir com a conversa do "cria empregos" já ficam todos contentes pois conseguem justificar a compra para o público.

Se criar colocações para alguns relacionados melhor.
Porque criar empregos também os estão a criar outras e sem novelas destas
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Setembro 14, 2022, 06:41:48 pm
Embora eu também considere que uns UH60 com capacidade de ataque ao solo seriam muito, mas muito mais polivalentes para as nossas forças armadas, percebo no entanto que exista alguma necessidade de aeronaves para treinar os Pilotos dos F16, e futuros caças de substituição.  E como a ideia de um avião de ataque ligeiro até é mais a de conseguir treinar estes Pilotos, a Textron tem uma opção muito mais sustentável do que o lobby da Embraer que já não fabrica o Tucano de treino.

Este artigo do Pássaro de Ferro ilustra muito bem onde o AT6 Wolverine seria uma máquina muito melhor para Portugal do que o Super Tucano.

http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html (http://www.passarodeferro.com/2022/09/at-6-wolverine-alcancou-o-us-air-force.html)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiEpw9t8cA1JfnPLUFevpWe-1oPUd4GglM-j0pP3Rp90LUe24GobVcqNOPfxWKQfQuRjks_VH1rQbWEUt2eEZ7Z3O45pzlxeoC7Pi8vKsTaA8rFutshLisK3dt8HFA1nTngSz3OpLOwJIF383Zk8FujeJu3T_FSlqeuPJkv4Xw12-w30AQZm5Y/w640-h458/T-6A_Texan_II.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgfFH6Z_1Y_EEs5s4Zik3I9iOk6vYhHFKCkHofv6npMAGDlgPXW7I4gbR09I8F6ealCg8EuNJUfCFsK8Js5eKIZV9XESw6J-FhlyuDfht8bI157s6EHl6vfh_vQt0B-XM_fO3RXdIICJ44rVB7N7LiUPEj3r1dOcXQQc-paXzux2_VBJkqGBGQ/s1200/2004t_at6_004.jpg)

(https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi_Bbw0TjlX4-8v8zzx4ooCdQ3hTuOnzJZW5MrIu2NzxZZNnQnYGHtIYonDfSNghhL2LHQq-xcNsGH-zSUJNlnlC1mZrHYBKXi9fEvO5CfwdzPjMczfW2oxQubyWcKPyHuus2WmsrQPsZyesHeoYrg6UMi0XliEdPuQnXQgxKvH1QfCk1QrAms/w640-h426/AT-6%20Uniniproved%20Surface.jpg)

Quanto ao F-16, o Super Tucano também é usado para treinamento para essas máquinas no Chile, sem maiores problemas:

A informação partiu do próprio Comandante da Força Aérea do Chile, General Arturo Merino, e foi divulgada no site Infodefensa.
“O A-29 tem uma capacidade tecnológica muita parecida com a do F-16 no tocante a todas as suas capacidades eletrônicas-digitais, inclusive que permitem simular os combates ar-ar como fazem os F-16. Mas isso nós veremos adiante”, disse o Comandante.

https://www.edrotacultural.com.br/do-super-tucano-direto-para-o-f-16/


Os A-29Bs serão usados pelos futuros pilotos de caça e ataque da FACh para treinamento de armas e sistemas. Os novos modelos devem se adequar às exigências dos modernos F-16 Fighting Falcon, usados pela foça militar em ações oficiais.
https://aeroin.net/embraer-entrega-aeronaves-a-29b-super-tucano-aos-governos-do-chile-e-das-filipinas/
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 08:19:11 pm
tenente, para mim era antes uns AC-295. É uma plataforma que já operamos e sempre poderiam realizar vigilância marítima em "tempo de paz" e também missões ISR conforme o necessário.



Cumprimentos,

Vou só republicar o colocado pelo "tenente" em 2021, para lembrar e fazer azia de que nem só de tucanitos vive o apoio a tropas. Estes AC295 são uns belos martelos no terreno. Mais uns Helis de evacuação e apoio, era mau era. E já para aumentar a frota de C295
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 14, 2022, 09:07:49 pm
Cuidado com o caça A-29 Super Tucano, ainda acaba a substituir os F-16... ::)

Citar
Embraer vai fazer manutenção e alterações ao caça A-29 Super Tucano em Portugal

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/embraer-vai-fazer-manutencao-e-alteracoes-ao-caca-a-29-super-tucano-em-portugal?fbclid=IwAR33ouNu7M4wR9sMbOLqi4RoSbB0josMrtONoTRM7bGH6QHA5Ar7djUAHUc
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 14, 2022, 09:20:56 pm
Cuidado com o caça A-29 Super Tucano, ainda acaba a substituir os F-16... ::)

Citar
Embraer vai fazer manutenção e alterações ao caça A-29 Super Tucano em Portugal

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/embraer-vai-fazer-manutencao-e-alteracoes-ao-caca-a-29-super-tucano-em-portugal?fbclid=IwAR33ouNu7M4wR9sMbOLqi4RoSbB0josMrtONoTRM7bGH6QHA5Ar7djUAHUc


"Cuidado com o caça A-29 Super Tucano, ainda acaba a substituir os F-16... ::)"
Está explicado porque não se faz o MLU no F16

Entretanto meios mais propícios a teatros mais abrangentes com logística e conhecimentos existente ficam para trás. O C295 seja nas versão AC para os tais teatros aqui falados, como o ASW ASuW e MPA.
O MLU dos F16. Isto só na FAP
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 14, 2022, 10:15:41 pm
A certificação com Rockets guiados APKWS é um excelente substituto para certas categorias de mísseis.

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F09%2FAT6-Wolverine-Weapons-certifications-791x1024.png&hash=7c51d0146cc84bff17ddf2a24974be76)


Quanto ao F-16, o Super Tucano também é usado para treinamento para essas máquinas no Chile, sem maiores problemas:


Uma coisa é ser usado para treinar, outra é replicar aviónicos num avião simples e barato como o Texan 2, e depois se necessário fazer umas horas no Wolverine.
A Embraer já não produz o Tucano de treino, vão enfiar com não sei quantos Super Tucano que Portugal não precisa?!!

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F09%2FT6-Texan-2-evolution-1024x576.jpg&hash=8cfcc5edeb3309d78d47e6c2735247e8)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Setembro 14, 2022, 10:18:10 pm
Pessoal...os EUA tiveram que escolher um avião entre o Wolverine e o ST para o Afeganistão e escolheram o ST apesar do outro ser americano. Deixem-se disso.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 14, 2022, 10:23:11 pm
Pessoal...os EUA tiveram que escolher um avião entre o Wolverine e o ST para o Afeganistão e escolheram o ST apesar do outro ser americano. Deixem-se disso.

O Wolverine ainda nem estava certificado na altura!!!!
Não havia escolha.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 14, 2022, 10:26:14 pm
E em termos de Armamento para os Black Hawk, onde acham que deve recair a escolha?
Chega um misto de .50Cal e Rockets Guiados e não guiados? ou seria melhor incluir um canhão de 30x113mm num Pod a apontar para a frente?

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F08%2FUH60-CFD-Int-1024x768.jpg&hash=54698f27adbb41450a36c77ad26fdf02)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Icterio em Setembro 14, 2022, 10:40:36 pm
Uma boa opção, equilibrada, leve e sem demasiada complexidade seria a GAU-19 de 12,7x99mm.

Seja em suporte nas portas ou em pod.  Não é muito difundida neste momento mas é um equipamento devastador.

Houve uma altura em que o 160th SOAR fez testes no MH-6/AH-6.  Não sei se chegou mesmo a ser adoptada.

(https://i.postimg.cc/bJVrznMv/7057203875-1b70e57b33-b.jpg) (https://postimages.org/)


(https://i.postimg.cc/rsdmzmXN/Sem-T-tulodddd.jpg) (https://postimages.org/)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 15, 2022, 11:17:42 am
Cuidado com o caça A-29 Super Tucano, ainda acaba a substituir os F-16... ::)

Citar
Embraer vai fazer manutenção e alterações ao caça A-29 Super Tucano em Portugal

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/embraer-vai-fazer-manutencao-e-alteracoes-ao-caca-a-29-super-tucano-em-portugal?fbclid=IwAR33ouNu7M4wR9sMbOLqi4RoSbB0josMrtONoTRM7bGH6QHA5Ar7djUAHUc

Caça  :toto:.

Mas olha que há uns anos tive uma discussão com um tipo do Alfa Jet pois ele afirmava que o Alfa Jet era um caça, eu dizia que não, que era um jacto mas de ataque ao solo, instrução, etc, podia vir com todos os links que ele não mudava, dizia simplesmente, tem um canhão que dispara para a frente, é caça. Foi daquelas discussões que ao fim de um tempo percebi que não valia a pena.

Por isso se um dia alguém me vier com essa que o Super Tucano é um caça, eu digo, "tens razão" e vou logo embora.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 15, 2022, 12:08:47 pm
Uma boa opção, equilibrada, leve e sem demasiada complexidade seria a GAU-19 de 12,7x99mm.

Seja em suporte nas portas ou em pod.  Não é muito difundida neste momento mas é um equipamento devastador.

Houve uma altura em que o 160th SOAR fez testes no MH-6/AH-6.  Não sei se chegou mesmo a ser adoptada.

(https://i.postimg.cc/bJVrznMv/7057203875-1b70e57b33-b.jpg) (https://postimages.org/)


(https://i.postimg.cc/rsdmzmXN/Sem-T-tulodddd.jpg) (https://postimages.org/)

Uma bela opção também para os navios patrulha como armamento secundário, até com sistema de comando electro-óptico, em vez das .50 monocano com mira de ferro
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 15, 2022, 12:11:26 pm
Cuidado com o caça A-29 Super Tucano, ainda acaba a substituir os F-16... ::)

Citar
Embraer vai fazer manutenção e alterações ao caça A-29 Super Tucano em Portugal

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/embraer-vai-fazer-manutencao-e-alteracoes-ao-caca-a-29-super-tucano-em-portugal?fbclid=IwAR33ouNu7M4wR9sMbOLqi4RoSbB0josMrtONoTRM7bGH6QHA5Ar7djUAHUc

Caça  :toto:.

Mas olha que há uns anos tive uma discussão com um tipo do Alfa Jet pois ele afirmava que o Alfa Jet era um caça, eu dizia que não, que era um jacto mas de ataque ao solo, instrução, etc, podia vir com todos os links que ele não mudava, dizia simplesmente, tem um canhão que dispara para a frente, é caça. Foi daquelas discussões que ao fim de um tempo percebi que não valia a pena.

Por isso se um dia alguém me vier com essa que o Super Tucano é um caça, eu digo, "tens razão" e vou logo embora.

O B26 Marauder também seria uma caça   ;D ;D
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 15, 2022, 01:01:14 pm
O B26 Marauder também seria uma caça   ;D ;D

E o C-130 é um bombardeiro.
(https://aviationweek.com/sites/default/files/styles/crop_freeform/public/gallery_images/DF-MOABGALLERY_2_USAF.jpg)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Setembro 15, 2022, 01:16:38 pm
Pessoal...os EUA tiveram que escolher um avião entre o Wolverine e o ST para o Afeganistão e escolheram o ST apesar do outro ser americano. Deixem-se disso.

O Wolverine ainda nem estava certificado na altura!!!!
Não havia escolha.

Os ST foram entregues em 2020 e os primeiros AT6 estão referenciados desde 2006, os T6 desde 2000. Se não estava certificados é estranho.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 15, 2022, 01:46:19 pm
Mas mais barato que PC-21 mais heli de ataque?

Qual heli de ataque? PC-21 podes comprar até em menor quantidade que o ST, por não precisares de unidades extra para COIN, e só a diferença de valores, já te dá para passar dos míseros 5/6 evacuativos, para uns 12/15, de um modelo único, e bem equipados. Este é o rácio 1 para 1 que se pode fazer.

Os UCAV são à parte, já que é algo que é crucial para FA modernas, cuja sua possível (necessária) aquisição futuro, não pode nem deve ser bloqueada porque "já temos Super Tucanos".

Mas é aqui que se vê o maior problema do ST na FAP. Esta ilusão que o ST vai fazer tudo, logo não é preciso helicópteros nem UAVs armados. No fim, vamos nós ter os ST, os do costume todos felizes e de peito cheio, enquanto que a capacidade de cumprir missões na Europa e no Atlântico é colocada para segundo-plano.

Nos PC-21, heli de ataque e até UCAV também precisas disso tudo, pilotos e pessoal de terra, no Super Tucano os pilotos instrutores também podem ser pilotos operacionais.

Os PC-21 não vais enviar para África, logo só precisas de pessoal de terra para garantir a sua operação na base aérea onde estiverem colocados.
Os helicópteros de transporte armados, tipo UH-60, seriam adquiridos já com missões no estrangeiro em mente, seja no âmbito NATO, seja em África, seja onde for, logo é obrigatório ter pessoal de terra "destacável" para os TOs.
Os UCAVs, se alguma vez os adquirirmos, é obrigatório que haja capacidade para tal. Até porque convém que possam ser destacados em qualquer um dos arquipélagos em tempo de paz, para vigilância marítima.

Para os ST, é semelhante aos UCAV neste contexto, excepto que este pessoal terá apenas o propósito de sustentar a operação dos ST em África e mais nada (já que o ST é inútil para qualquer outra tipo de conflito).

Já os pilotos, será que temos pilotos instrutores excedentários, ao ponto de conseguirmos destacar uma percentagem considerável deles para COIN? E quais os custos disto? Quais os custos de andar a certificar e a treinar com armamento real, ainda por cima numa aeronave mono-missão, cujo treino vale zero contra qualquer outra ameaça?
Enquanto isso, com ou sem COIN, os pilotos dos helicópteros terão que ter sempre o mínimo de treino para o uso de armas, com ou sem ST (a não ser claro que se pretenda UH-60 "civis", porque o ST faz tudo).
UCAVs idem, sendo que até é mais fácil arranjar pilotos para UCAV do que para aeronaves tripuladas, dado o grau de exigência, nomeadamente física, ser menor.

O valor a extrair do ST é muito menor que dos restantes meios em discussão, inclusive os helicópteros de ataque, no que diz respeito às operações militares. Excepção feita aos PC-21, mas como o ST até é mais caro e inferior para instrução, equilibra-se.
Se a opção pelo ST ao menos não bloqueasse a vinda de mais helicópteros armados, nem a futura compra de UCAVs, ainda vá, mas já deu para ver que se vem o ST, não vem mais nada.

PS: Já temos aí um troll a falar de, se Portugal comprar o ST, abre o mercado europeu à aeronave. Não, dificilmente os países europeus, perfeitamente cientes que a maior ameaça é a Rússia, vão esbanjar dinheiro em aeronaves COIN. Mesmo para treino, o PC-21 é melhor, logo também não faz sentido.
Talvez uma poderosa Albânia possa vir a comprar meia dúzia de STs, para terem uma capacidade mínima de policiamento aéreo e de combate, mas mesmo assim ao preço que custam os STs, compensa mais comprar caças em segunda-mão. O futuro das vendas do ST são em África e na América Latina, é lá que devem tentar.

PS2: Com a história da manutenção e "alterações" dos ST em Portugal, isso vai ser feito com os STs de quem? Só aos "nossos"? Vêm os ST em operação em África de propósito para cá fazer a manutenção? Que coisa mais esquisita, principalmente quando ninguém perto de nós os usa.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 15, 2022, 03:14:13 pm
Qual heli de ataque? PC-21 podes comprar até em menor quantidade que o ST, por não precisares de unidades extra para COIN

O heli de ataque para COIN, pois o PC-21 não faz isso.

Citar
e só a diferença de valores, já te dá para passar dos míseros 5/6 evacuativos, para uns 12/15, de um modelo único, e bem equipados. Este é o rácio 1 para 1 que se pode fazer.

Então a ideia é heli de ataque dedicado ou mais helis Black Hawk armados? Se for a segunda então já é diferente.

Citar
Os UCAV são à parte, já que é algo que é crucial para FA modernas, cuja sua possível (necessária) aquisição futuro, não pode nem deve ser bloqueada porque "já temos Super Tucanos".

Sim.

Citar
Mas é aqui que se vê o maior problema do ST na FAP. Esta ilusão que o ST vai fazer tudo, logo não é preciso helicópteros nem UAVs armados. No fim, vamos nós ter os ST, os do costume todos felizes e de peito cheio, enquanto que a capacidade de cumprir missões na Europa e no Atlântico é colocada para segundo-plano.

Isso ainda não se sabe, o que tem o ST a ver com UCAV? Se acharem que são precisos também um dia virão. O ST o que se diz que faz é instrução e ataque ao solo.

Citar
Os PC-21 não vais enviar para África, logo só precisas de pessoal de terra para garantir a sua operação na base aérea onde estiverem colocados.

Pois, são pessoas que não podes usar em missões.

Citar
Os helicópteros de transporte armados, tipo UH-60, seriam adquiridos já com missões no estrangeiro em mente, seja no âmbito NATO, seja em África, seja onde for, logo é obrigatório ter pessoal de terra "destacável" para os TOs.
Os UCAVs, se alguma vez os adquirirmos, é obrigatório que haja capacidade para tal. Até porque convém que possam ser destacados em qualquer um dos arquipélagos em tempo de paz, para vigilância marítima.

Sim, todos os militares são pessoal destacável.

Citar
Para os ST, é semelhante aos UCAV neste contexto, excepto que este pessoal terá apenas o propósito de sustentar a operação dos ST em África e mais nada (já que o ST é inútil para qualquer outra tipo de conflito).

Citar
Já os pilotos, será que temos pilotos instrutores excedentários, ao ponto de conseguirmos destacar uma percentagem considerável deles para COIN? E quais os custos disto?

Não sei se temos pilotos instrutores excedentários, mas de certeza que não tem de estar lá todos, todos os dias, eles têm férias e por vezes até fazem intercâmbios, tipo Brasil, etc. O Super Tucano não teria só pilotos instrutores para fazer tudo, também teria pilotos sem essa qualificação, mas é mais fácil gerir uma pool grande de pilotos que duas pequenas, uma de pilotos instrutores de PC-21 e uma de helis COIN, até à pouco tempo a FAP dizia que tinha falta de pilotos, mas basta os helis de ataque serem do exército que já não interfere com quantos pilotos a FAP tem.

Por exemplo os precursores dos paraquedistas são quase todos também instrutores de paraquedismo, não precisas (ou é mais difícil), ter elementos só para dar instrução e um grupo só operacional.

Citar
Quais os custos de andar a certificar e a treinar com armamento real, ainda por cima numa aeronave mono-missão, cujo treino vale zero contra qualquer outra ameaça?

Antes os pilotos faziam esse treino no Alfa Jet, deve ser pelo menos mais barato que no F-16.

Citar
Enquanto isso, com ou sem COIN, os pilotos dos helicópteros terão que ter sempre o mínimo de treino para o uso de armas, com ou sem ST (a não ser claro que se pretenda UH-60 "civis", porque o ST faz tudo).

E quanto custa isso? Recordo que normalmente a hora de voo de um helicóptero costuma ser superior à de um avião, a aeronave da FAP com o custo de hora de voo mais alto é o EH101.

Citar
UCAVs idem, sendo que até é mais fácil arranjar pilotos para UCAV do que para aeronaves tripuladas, dado o grau de exigência, nomeadamente física, ser menor.

Sim.

Citar
O valor a extrair do ST é muito menor que dos restantes meios em discussão, inclusive os helicópteros de ataque, no que diz respeito às operações militares. Excepção feita aos PC-21, mas como o ST até é mais caro e inferior para instrução, equilibra-se.

Gostava que me explicassem em que é que o PC-21 é superior ao ST, percebo que seja mais barato, mas há ai varios textos de Forças Aéreas a dizerem que o ST também é capaz de dar instrução para futuros pilotos de F-16, e o ST até dá para instrução com armamento, o PC-21 não dá.

Colega DC o valor do ST é que dá para fazer instrução com armamento que noutro tipo de aeronave desarmada teria que ser feito no F-16, permite com a mesma aeronave, mesmos pilotos e mesmos mecânicos, ter instrução e ter ataque ao solo ( em ambientes de baixa intensidade) sem ter isso dividido por dois.

Citar
Se a opção pelo ST ao menos não bloqueasse a vinda de mais helicópteros armados, nem a futura compra de UCAVs, ainda vá, mas já deu para ver que se vem o ST, não vem mais nada.

Não sei, mas como disse e eu concordo, UCAV é o futuro, por isso um dia virão.

Citar
PS: Já temos aí um troll a falar de, se Portugal comprar o ST, abre o mercado europeu à aeronave. Não, dificilmente os países europeus, perfeitamente cientes que a maior ameaça é a Rússia, vão esbanjar dinheiro em aeronaves COIN. Mesmo para treino, o PC-21 é melhor, logo também não faz sentido.

Andava ai um texto a dizer que a França devia ter aviões desses, que até são mais baratos de operar, etc.

Citar
Talvez uma poderosa Albânia possa vir a comprar meia dúzia de STs, para terem uma capacidade mínima de policiamento aéreo e de combate, mas mesmo assim ao preço que custam os STs, compensa mais comprar caças em segunda-mão. O futuro das vendas do ST são em África e na América Latina, é lá que devem tentar.

Vamos ver.

Citar
PS2: Com a história da manutenção e "alterações" dos ST em Portugal, isso vai ser feito com os STs de quem? Só aos "nossos"? Vêm os ST em operação em África de propósito para cá fazer a manutenção? Que coisa mais esquisita, principalmente quando ninguém perto de nós os usa.

Aos nossos (se vierem), sim de certeza, outros talvez esses de África, outros que esperam vender...

PS: Também me lembrei de outra poupança que as FA pode ter usando um avião tipo Super Tucano, no treino de FACs, pois até agora tem que se usar os F-16 para largar o armamento.

Eu vejo muitas vantagens deste avião para a FAP, mas se operacionalmente o exército/EMGFA/MDN achar melhor helis de ataque/etc, então nada contra, os Alfa Jet também nunca foram para lado nenhum  ficaram sempre na instrução, fazer de "inimigo" nos exercícios, etc.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 15, 2022, 05:49:52 pm
O heli de ataque para COIN, pois o PC-21 não faz isso.

E que tal uns UH-60 numa configuração similar ao Battlehawk?  ::)
Qual é a parte que COIN não é uma missão primária que não está difícil de entender, o que torna a necessidade de um meio dedicado a COIN uma completa estupidez numa força aérea pequena, principalmente quando uns UH-60 armados já desenrascavam na missão? Além de que será mais fácil destacar 5 ou 6 UH-60 num TO desses, para COIN e transporte, MEDEVAC, do que ter 2/3 UH-60 + 2/3 STs.

Então a ideia é heli de ataque dedicado ou mais helis Black Hawk armados? Se for a segunda então já é diferente.

Mais Blackhawk, duplicando (no mínimo) os números que o actual programa dos hélis de evacuação contempla, e armados.

Citar
Isso ainda não se sabe, o que tem o ST a ver com UCAV? Se acharem que são precisos também um dia virão. O ST o que se diz que faz é instrução e ataque ao solo.

Claro que não se sabe ao certo o que vai acontecer. Mas estamos em Portugal, onde é sempre mínimos, e na hora de se avaliar a necessidade de UCAVs a sério, vão olhar para o ST e dizer que basta isto. Tal como já vai acontecer com qualquer ideia de reforçar a frota de hélis evacuativos, ou quando se pensar em armar os ditos "o ST já tem armas".

Citar
Pois, são pessoas que não podes usar em missões.

Os do ST também não, se for uma missão que vá além de COIN. Mas com o ST precisavas de ter capacidade de ter pessoal de terra em Portugal, para os que estão a ministrar treino, e no estrangeiro em missão. Na prática precisas de duplicar o número de pessoas. Com o PC-21 não. E o PC-21 (em maior número) consegue realizar todas as etapas de treino, podendo substituir também os TB-30, ficando nós com uma aeronave única para fazer tudo, reduzindo os custos em termos logísticos e na especialização de mecânicos.

Citar
Sim, todos os militares são pessoal destacável.

Certo, mas isso também se aplica aos mecânicos dos TB-30, dos Chipmunk, dos planadores? E de um ponto de vista estratégico, preferes ter uma "força" de mecânicos reforçada dos ST (por causa dos destacamentos COIN), ou preferes que as aeronaves de treino tenham uma "força" cuja dimensão é apenas a necessária à garantia da sua operação/manutenção, e que o resto do pessoal vá para as unidades operacionais, onde mais falta fazem (F-16, P-3, Merlin, futuros helicópteros, etc), unidades estas que podem ser destacadas com muito mais frequência e para muitos mais TOs que vão além de "COIN em África"?

Citar
Não sei se temos pilotos instrutores excedentários, mas de certeza que não tem de estar lá todos, todos os dias, eles têm férias e por vezes até fazem intercâmbios, tipo Brasil, etc. O Super Tucano não teria só pilotos instrutores para fazer tudo, também teria pilotos sem essa qualificação, mas é mais fácil gerir uma pool grande de pilotos que duas pequenas, uma de pilotos instrutores de PC-21 e uma de helis COIN, até à pouco tempo a FAP dizia que tinha falta de pilotos, mas basta os helis de ataque serem do exército que já não interfere com quantos pilotos a FAP tem.

Por exemplo os precursores dos paraquedistas são quase todos também instrutores de paraquedismo, não precisas (ou é mais difícil), ter elementos só para dar instrução e um grupo só operacional.

Sim, da mesma forma que pilotos instrutores também são pilotos. A questão aqui é, faz sentido ter pilotos instrutores de ST totalmente treinados para o combate neste tipo de aeronave, quando este treino só traz frutos nas tais missões de COIN, sendo que este treino vale perto de zero em qualquer outro cenário? Não é mais útil ter os pilotos de instrução no número necessário para a função, e alocar os pilotos operacionais onde são necessários? E que estes pilotos de instrução possam ter a capacidade de, em caso de necessidade (essencialmente guerra), vir a integrar/reintegrar alguma das outras esquadras?

Enquanto isso, se o COIN tivesse a cargo dos UH-60 armados, não só as aeronaves serviam para um amplo leque de missões, como o próprio treino dos pilotos teria utilidade além de COIN.

Citar
Antes os pilotos faziam esse treino no Alfa Jet, deve ser pelo menos mais barato que no F-16.

Não digo que não. Mas se o Alpha Jet tem uma performance que se calhar pode mais ou menos replicar a dos F-16, o ST ou qualquer outro turboprop nem por isso. Depois temos de falar do tipo de armamento, hoje em dia, tirando rockets (que o F-16 não costuma usar em conflito) e bombas "burras", o Alpha Jet deixava muito a desejar. Com o ST, apesar de ter algum armamento moderno, não tem tudo o que o F-16 pode e deve ter, e mesmo ignorando isso, os pilotos de F-16 têm que treinar na mesma o lançamento das armas nos próprios.

Citar
E quanto custa isso? Recordo que normalmente a hora de voo de um helicóptero costuma ser superior à de um avião, a aeronave da FAP com o custo de hora de voo mais alto é o EH101.

A não ser que se planeie acabar com os helicópteros na FAP, é um "mal" necessário. Até porque não vai ser o ST a fazer todas as outras missões que os helicópteros fazem. E aí podes ter o ST + helicópteros usados meramente para transporte, ou podes ter um maior número de helicópteros que podem fazer praticamente tudo, tanto nos TOs africanos, europeus e atlânticos.

Citar
Gostava que me explicassem em que é que o PC-21 é superior ao ST, percebo que seja mais barato, mas há ai varios textos de Forças Aéreas a dizerem que o ST também é capaz de dar instrução para futuros pilotos de F-16, e o ST até dá para instrução com armamento, o PC-21 não dá.

Colega DC o valor do ST é que dá para fazer instrução com armamento que noutro tipo de aeronave desarmada teria que ser feito no F-16, permite com a mesma aeronave, mesmos pilotos e mesmos mecânicos, ter instrução e ter ataque ao solo ( em ambientes de baixa intensidade) sem ter isso dividido por dois.

O PC-21 é superior na performance. Desde a velocidade mais alta, ao rate of climb, aos Gs. É simplesmente superior. A nível técnico é mais difícil de comparar, mas sabe-se que o PC-21 é excelente na simulação dos caças modernos. Quanto a não poder ser armado, é uma desvantagem sim, mas quão importante será? Mais importante que a performance da aeronave? Creio que não. Além de que, supostamente, poderá receber hardpoints para tal, mas até agora acho que nunca foi visto com os ditos. Entretanto, o PC-9, bem mais antigo, podia levar armamento, logo não seria caso de admiração que, se os franceses realmente quisessem um turboprop para COIN, pegassem no PC-21 e incorporassem o armamento.

Eu estou ciente das vantagens do ST. Mas também estou ciente que essas vantagens têm um efeito dominó, sobretudo na hora de ter um helicóptero bem equipado ou não. Tem também um peso considerável no orçamento da FAP (excepto aquela proposta de 40 milhões por 12, que estranhamente nenhum país tem interesse).

Mas isto é simples de explicar, já que temos duas grandes opções:
-compras ST, que fazem COIN e treino, e ainda precisas dos helicópteros para as restantes missões
-ou compras PC-21 que fazem treino, e reforças a frota dos helicópteros (iguais aos da opção acima), que fazem tanto COIN com as demais missões

São opções parecidas, e em ambas precisas obrigatoriamente de dois tipos de meios, mas a de baixo adequa-se muito mais à nossa realidade, já que os helicópteros acabam por ser mais versáteis e num número mais adequado.

Citar
Andava ai um texto a dizer que a França devia ter aviões desses, que até são mais baratos de operar, etc.

Sim, aeronaves desse tipo (não são só STs), são perfeitas para COIN. Mas até agora nem eles demonstraram interesse real em comprar, como mesmo que comprassem, eles podem fazê-lo que têm muito mais dinheiro que nós, e não estão com forças armadas completamente obsoletas como é o nosso caso. Se eles não comprarem, vão desenrascar com outra coisa qualquer, ou pedir a outro país que participe nas missões em África. Se comprarem, e nós formos "seguir o exemplo", então que por cá não sejam hipócritas, e sigam também o exemplo a nível das fragatas, artilharia AA, porta-aviões, LHDs, etc.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: LM em Setembro 15, 2022, 06:16:13 pm
Antes de termos um sistema especializado para uma função muito especifica e que, sinceramente, deve ser difícil de utilizar (COIN, o ST)... um país NATO tem de ter helicópteros médios decentes (capacidade de transporte e armados qb) para transportar no mínimo 3 a 4 pelotões, etc. E depois tem de ver outras faltas... e duvido que então ter COIN a hélice seja uma prioridade.   
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 15, 2022, 06:39:35 pm
Antes de termos um sistema especializado para uma função muito especifica e que, sinceramente, deve ser difícil de utilizar (COIN, o ST)... um país NATO tem de ter helicópteros médios decentes (capacidade de transporte e armados qb) para transportar no mínimo 3 a 4 pelotões, etc. E depois tem de ver outras faltas... e duvido que então ter COIN a hélice seja uma prioridade.

Na cabeça de quem decide, no EMGFA, em conjunto com os políticos, "Capitães" e "Carreiras", com os INPUT da Embraer...
Neste caso, não haverá duplo uso, civil e militar....CPS
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 15, 2022, 07:40:03 pm
Antes de termos um sistema especializado para uma função muito especifica e que, sinceramente, deve ser difícil de utilizar (COIN, o ST)... um país NATO tem de ter helicópteros médios decentes (capacidade de transporte e armados qb) para transportar no mínimo 3 a 4 pelotões, etc. E depois tem de ver outras faltas... e duvido que então ter COIN a hélice seja uma prioridade.

Na cabeça de quem decide, no EMGFA, em conjunto com os políticos, "Capitães" e "Carreiras", com os INPUT da Embraer...
Neste caso, não haverá duplo uso, civil e militar....CPS

Claro que vai. Como tem FLIR pode fazer vigilância aos incêndios. :-P
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 15, 2022, 11:52:49 pm
O heli de ataque para COIN, pois o PC-21 não faz isso.

E que tal uns UH-60 numa configuração similar ao Battlehawk?  ::)
Qual é a parte que COIN não é uma missão primária que não está difícil de entender, o que torna a necessidade de um meio dedicado a COIN uma completa estupidez numa força aérea pequena, principalmente quando uns UH-60 armados já desenrascavam na missão? Além de que será mais fácil destacar 5 ou 6 UH-60 num TO desses, para COIN e transporte, MEDEVAC, do que ter 2/3 UH-60 + 2/3 STs.

Certo, um mesmo modelo de helicóptero, de transporte mas configurável para levar armamento, parece-me bem.

Citar
ou podes ter um maior número de helicópteros que podem fazer praticamente tudo, tanto nos TOs africanos, europeus e atlânticos.

Citar
Mas isto é simples de explicar, já que temos duas grandes opções:
-compras ST, que fazem COIN e treino, e ainda precisas dos helicópteros para as restantes missões
-ou compras PC-21 que fazem treino, e reforças a frota dos helicópteros (iguais aos da opção acima), que fazem tanto COIN com as demais missões

Essa polivalência de teatros de operação parece-me importante, só espero que independentemente do avião de instrução avançada, que helicópteros de evacuação Black Hawk venham, e possam ser armados.

Citar
Se comprarem, e nós formos "seguir o exemplo", então que por cá não sejam hipócritas, e sigam também o exemplo a nível das fragatas, artilharia AA, porta-aviões, LHDs, etc.

Pois, mas aqui vou atrás do que o Subsea7 disse, que anda aí a ideia atrativa de focar na frente sul para África, isso tem várias vantagens aos olhos de quem manda, não precisamos de adquirir todos esses meios carissimos Fragatas BMD, Forças mecanizadas com defesa aérea moderna, assim é uma especie de voltar ao ultramar, basta meios relativamente simples e infantaria ligeira, é uma especie de cenário de F-35 vs cenario de Super Tucano, mais reduzida probabilidade de perdas humanas e materiais do que numa guerra na Europa, talvez ganhar alguns pontos políticos com a CPLP por nos importarmos com África e talvez (?), com os paises da UE, por nos oferecermos para cuidar dessa frente secundária libertando forças europeias de lá, como fizemos na RCA quando os franceses sairam de lá.

Mas mesmo indo nesta direção, como país NATO devemos sempre contribuir com o mínimo para a defesa da Europa, neste caso consido ter uma Companhia no Battlegroup que está na Roménia preparada para alta intensidade, prefiro perder a companhia de fuzileiros na Lituânia e irem para África, mas a companhia do exército na Roménia ser capaz a sério.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 16, 2022, 10:33:51 am


(https://imagizer.imageshack.com/v2/xq90/923/0ACW2p.jpg) (https://imageshack.com/i/pn0ACW2pj)

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Setembro 16, 2022, 11:29:29 am
Não estou  muito bem a perceber esta questão do CAS/Coin. Basta vir um aparelho que precisamos para instrução avançada o qual facilmente é convertido para estas missões caso necessário, seja Pilatus ou Embraer ou até Beachcraft. Mania de inventar a roda...  :mrgreen: ;)

(https://pbs.twimg.com/media/FU5tKAWWAAANmoW.jpg)

Saudações
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 16, 2022, 12:33:46 pm
Não estou  muito bem a perceber esta questão do CAS/Coin. Basta vir um aparelho que precisamos para instrução avançada o qual facilmente é convertido para estas missões caso necessário, seja Pilatus ou Embraer ou até Beachcraft. Mania de inventar a roda...  :mrgreen: ;)

(https://pbs.twimg.com/media/FU5tKAWWAAANmoW.jpg)

Saudações



Os inventores sabem do que falam meu caro, eles são os especialistas na Matéria.

Também penso como tú, também sou de opinião que, para apoio próximo, e em simultâneo, termos uma aeronave apta para a instrução avançada, a que iria substituir o A-Jet e muito provavelmente o Epsilon, essa aeronave poderia ser uma de qualquer das três que mencionaste, pois teria valências/capacidades de reforçar, ou em caso de necessidade, substituir, o modelo de heli que fosse o escolhido para a missão de apoio próximo, e frizo, modelo de Heli.

Mas, também penso, que a opção de escolha entre uma aeronave asa fixa ou rotativa, para essa missão especifica, e falando no caso Português, com a falta de verbas que temos devido ás cativações e outras trafulhices politicas, seria sempre mais vantajoso para as FFAA, optar pela de asa rotativa, porque este tipo de aeronave permitiria executar um leque de missões muito mais abrangente, não se ficando apenas pelas duas executadas pelas de asa fixa.

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Vitor Santos em Setembro 16, 2022, 01:37:36 pm

Para breve 12 Super Tucanos para Portugal.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 16, 2022, 01:46:00 pm

Para breve 12 Super Tucanos para Portugal.

Que alegria
O Consórcio bilateral da tanga tuga brazuca a funcionar. Trazem também os tais mercenários que as chefias querem para os pilotar, ou é para ver depois? Se calhar as contrapartidas são a aceitação das subserviências do costume, que passam a lado do conhecimento geral
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: luis simoes em Setembro 16, 2022, 02:19:07 pm
Seria muito bem vindo...este ou outro...vamos aguardar....penso que sim,e nao estranho assim muito,uma vez que a embraer vai abrir centro de manutencao na europa do ST(super tucano),e que sera em Alverca.
Noticia avancada que Portugal tera em Alverca esta valencia....acredito que havera a vinda dos ST para a FAP...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: LM em Setembro 16, 2022, 02:28:56 pm
Isto está previsto, na sacrossanta LPM2030, onde...?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 16, 2022, 03:13:02 pm
Pessoal...os EUA tiveram que escolher um avião entre o Wolverine e o ST para o Afeganistão e escolheram o ST apesar do outro ser americano. Deixem-se disso.

O Wolverine ainda nem estava certificado na altura!!!!
Não havia escolha.

Os ST foram entregues em 2020 e os primeiros AT6 estão referenciados desde 2006, os T6 desde 2000. Se não estava certificados é estranho.

O AT6 só obteve certificação militar este ano !!!
E o T6, é um avião de treino, já é usado há largos anos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 16, 2022, 03:17:31 pm
Isto está previsto, na sacrossanta LPM2030, onde...?

Não está. Mas repara que se fosse o PC-21, não se arranjavam verbas. Tal como ainda não se arranjou verba para um AOR porque "só está planeado para 2027". Mas para isto, já há agilidade financeira.

A ver vamos é se esta compra não é uma machadada também no programa de hélis de evacuação, seja com um possível adiamento, ou até mesmo cancelamento do programa.

Entretanto, temos N programas à espera do novo conceito estratégico da NATO, excepto o dos ST, que esse pode avançar sem problema apesar de muito provavelmente não constar nos planos desse conceito.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 16, 2022, 03:48:58 pm
Isto está previsto, na sacrossanta LPM2030, onde...?

Não está. Mas repara que se fosse o PC-21, não se arranjavam verbas. Tal como ainda não se arranjou verba para um AOR porque "só está planeado para 2027". Mas para isto, já há agilidade financeira.

A ver vamos é se esta compra não é uma machadada também no programa de hélis de evacuação, seja com um possível adiamento, ou até mesmo cancelamento do programa.

Entretanto, temos N programas à espera do novo conceito estratégico da NATO, excepto o dos ST, que esse pode avançar sem problema apesar de muito provavelmente não constar nos planos desse conceito.

As verbas devem vir do LPD.
A plano estratégico para as missões da BrigRR  são Evacuativos mais aviões ligeiros ataque.
A parte NATO vai ter de esperar....
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 16, 2022, 09:32:39 pm
E porque carga de água é que na situação actual, a NATO tem que ficar em segundo-plano?  ???

Isto realmente dá para ver que aqueles exercícios académicos da "estratégia de defesa nacional" são apenas para inglês ver.

Esperem até fazerem contas à vida, e virem que nunca há dinheiro para adquirir armamento para os F-16, P-3 ou fragatas, mas já vão ter que arranjar para os STs.  ::)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 16, 2022, 09:55:22 pm
E porque carga de água é que na situação actual, a NATO tem que ficar em segundo-plano?  ???

Isto realmente dá para ver que aqueles exercícios académicos da "estratégia de defesa nacional" são apenas para inglês ver.

Esperem até fazerem contas à vida, e virem que nunca há dinheiro para adquirir armamento para os F-16, P-3 ou fragatas, mas já vão ter que arranjar para os STs.  ::)

DC, mas, tens duvidas, que a FAP vai ter os ST ??
Eu não tenho, e irão chegar bem antes dos Tais EvaKuativos.
Estes iluminados da Defesa em vez de apostar nos helis, que até já cá deviam, e podiam, estar continuam a esbanjar dinheiro rodos.

Se os 827 Milhões dados a EMB em troca de cinco cargueiros tácticos, e mais um Simulador, tivessem sido investidos na FAP, pelo menos seis ESQ, tinham verba para proceder aos upgrades tão necessários, e ainda se comprava uma dezena/dúzia de helis médios.
Assim é melhor, ajudamos os amigalhaços com 827 milhões para os Cargueiros, mais, pelo menos uns 80/100 milhões para uma dúzia de Tucanos, e estas verbas em menos de seis anos, quando os Orçamentos da Defesa, que são aplicados anualmente, excedem em muito pouco os 1.000 milhões.

Prioridades, é o que é, Prioridades, estes crápulas, conseguem arranjam dinheiro para umas aeronaves para Apoio Aereo QUASE EM EXCLUSIVO PARA uma força de 200 elementos num TO NEOULTRAMARINO, porque fora deste TO essas aeronaves pura e simplesmente não conseguem operar com um minimo de capacidade de sobrevivência, ( só para rir ), mas os Helis, os tais que fazem bem mais falta, e que já deviam estar a apoiar essa dita companhia, esses, nem vê-los;
Esses responsáveis, nem tão pouco se preocupam com a falta de armamento AAA e ACar adequado e moderno para equipar a companhia infantaria, reforçada, destacada na Roménia;
Esses responsáveis, nem tão pouco tem o minímo de vergonha por este  País não conseguir destacar um simples batalhão de infantaria, completo, a três CAt's, 600/700 efectivos, para um TO Europeu, teatro esse, que deveria ser a prioridade das prioridades, para um País Europeu, em termos de pessoal e equipamentos !!

Situação Ridícula e caricata esta, criada por esta Gentalha Irresponsável, medíocre e incompetente, que está á frente da Defesa da Nação !!

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 16, 2022, 10:13:07 pm
E porque carga de água é que na situação actual, a NATO tem que ficar em segundo-plano?  ???

Isto realmente dá para ver que aqueles exercícios académicos da "estratégia de defesa nacional" são apenas para inglês ver.

Esperem até fazerem contas à vida, e virem que nunca há dinheiro para adquirir armamento para os F-16, P-3 ou fragatas, mas já vão ter que arranjar para os STs.  ::)

DC, Só mesmo para alguns Bem instalados, Portugueses Negociantes e fazedores de favores, os actuais NeoColonialistas/corruptos é que o TO Africano é mais importante que o TO Europeu.

Repara bem em que Países Africanos, é que as FFAA portuguesas intervêm.
Combatemos a pirataria no Corno de África e afins ?
No Mali, também temos unidades de combate para enfrentar o grupo wagner??
Em Moçambique que efectivo temos pronto para combate em Cabo Delgado ??
Alguns dos estrategas, gostam de ir brincando as guerrinhas, enquanto que a situação na Europa está como está.

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 16, 2022, 11:43:45 pm

Video espetacular...
Se dúvidas houvesse de que é a plataforma mais polivalente, e até com duplo uso (militar e civil), acho que cada vez mais essa duvida desaparece...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 17, 2022, 12:08:13 am
Próximo cliente, Exército!
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 17, 2022, 12:14:40 am
Próximo cliente, Exército!
Cps,

Duvido, mas ...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 17, 2022, 12:52:51 am
DC, Só mesmo para alguns Bem instalados, Portugueses Negociantes e fazedores de favores, os actuais NeoColonialistas/corruptos é que o TO Africano é mais importante que o TO Europeu.

Repara bem em que Países Africanos, é que as FFAA portuguesas intervêm.
Combatemos a pirataria no Corno de África e afins ?
No Mali, também temos unidades de combate para enfrentar o grupo wagner??
Em Moçambique que efectivo temos pronto para combate em Cabo Delgado ??
Alguns dos estrategas, gostam de ir brincando as guerrinhas, enquanto que a situação na Europa está como está.

Abraços

O principal palco onde deveríamos actuar, é o Atlântico. De nada adianta andarmos a combater as guerrinhas no meio de África, se não formos capazes de garantir a segurança do Atlântico acima de tudo, que por acaso até banha tanto a Europa como África. A segurança dos Açores e Madeira, das rotas comerciais que nos dizem respeito, dependem disso.

Mas em vez de se investir nos meios adequados, a prioridade é meios COIN, missão essa que até helicópteros poderiam executar, e que outros países africanos podiam apoiar sob alçada da ONU com os seus STs. Mas não, é o tuga "cheio de dinheiro" que tem que gastar carradas de milhões numa aeronave que é inferior para a missão de treino que o principal concorrente, é mais caro, e cuja utilidade militar se reduz a um nicho de missões de baixa intensidade.

Por falar em preços (pré-inflação):
https://www.flightglobal.com/latest-afghan-super-tucanos-cost-1745-million/125954.article (https://www.flightglobal.com/latest-afghan-super-tucanos-cost-1745-million/125954.article)

Se tivermos que comprar novos, e em quantidade decente, preparem-se para gastar uns 300 milhões nesta brincadeira.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 17, 2022, 10:58:43 am
Próximo cliente, Exército!
Cps,

Seria excelente haver "algo" dedicado ao apoio às forças terrestres. Tenho saudades de ver os Alouette a levantar voo em Tancos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 17, 2022, 11:11:34 am
Seria muito bem vindo...este ou outro...vamos aguardar....penso que sim,e nao estranho assim muito,uma vez que a embraer vai abrir centro de manutencao na europa do ST(super tucano),e que sera em Alverca.
Noticia avancada que Portugal tera em Alverca esta valencia....acredito que havera a vinda dos ST para a FAP...

Bem vindo para quem??
Para os espécimes lusozucas das negociatas que já vêm de longe e bem ruinosas, ou o interesse nacional e a posição na Europa e no Atlântico?
Para os carolas saloios das idas a sul onde andam que nem papagaios do terceiro mundo e, que para coisas mais importantes não tem estaleca?
Vendedores da Pátria e traidores sempre houve e alguns foram atirados de uma janela no Sec XIV por um futuro Rei na altura. Pena agora não se afogarem
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 17, 2022, 11:46:33 am
Próximo cliente, Exército!
Cps,

Seria excelente haver "algo" dedicado ao apoio às forças terrestres. Tenho saudades de ver os Alouette a levantar voo em Tancos.

Deixa lá o suprasumo do Kualita está à altura do Alouette e muito mais.

Quando os responsáveis da FAP, decidiram a compra dessa amostra de heli, não pensaram nisso ?
E não me venham falar em limitação de verbas se agora para os BlackHawks foram a uma empresa que os reabilita e moderniza poderiam ter feito o mesmo três anos atrás e adquirido um modelo médio/ligeiro, de umas 4 Tons, com maiores capacidades de transporte, autonomia e com possibilidade de ser armado, para substituir o Excelente ALIII.

Esses especialistas da Aviação, e os seus apóstolos neste Forum, no seu melhor.

Grande Tristeza

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 17, 2022, 12:28:14 pm
Próximo cliente, Exército!
Cps,

Seria excelente haver "algo" dedicado ao apoio às forças terrestres. Tenho saudades de ver os Alouette a levantar voo em Tancos.

Fala-se de 10 a 12 UH-60L ou V para a UALE (principalmente para apoio à BRR), passando assim as Forças Armadas Portuguesas literalmente em pouco tempo do 8 para o 80 a nível de aeronaves de asa rotativa.

Caso se venha a confirmar este cenário, só ficam a faltar Seahawks para a Marinha.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 17, 2022, 12:33:24 pm
Próximo cliente, Exército!
Cps,

Seria excelente haver "algo" dedicado ao apoio às forças terrestres. Tenho saudades de ver os Alouette a levantar voo em Tancos.

Fala-se de 10 a 12 UH-60L ou V para a UALE (principalmente para apoio à BRR), passando assim as Forças Armadas Portuguesas literalmente em pouco tempo do 8 para o 80 a nível de aeronaves de asa rotativa.

Caso se venha a confirmar este cenário, só ficam a faltar Seahawks para a Marinha.

Exatamente, será a missão que anteriormente estava designada aos NH-90.
Missões SAR, LRSAR, FF e CSAR serão efetuadas pela FA, com AW-101, UH-60A e muito provavelmente UH-60V, ficando o exército com transporte de tropas, missões táticas de apoio a manobra do mesmo.
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 17, 2022, 02:15:45 pm
Se assim for menos mal, apesar da reactivação do UAL (quintinha) pelo menos o modelo de helicóptero será equivalente ao da FAP e, espera-se no futuro, da Marinha. Sempre deve facilitar a logística.

A questão que faço entretanto é, isso é o plano paralelo com os ST, ou a vinda dos ST poderá afectar/bloquear esse plano?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Get_It em Setembro 17, 2022, 02:31:01 pm
E não me venham falar em limitação de verbas se agora para os BlackHawks foram a uma empresa que os reabilita e moderniza poderiam ter feito o mesmo três anos atrás e adquirido um modelo médio/ligeiro, de umas 4 Tons, com maiores capacidades de transporte, autonomia e com possibilidade de ser armado, para substituir o Excelente ALIII.

tenente, certamente estás esquecido que nessa altura não haviam aeronaves no mercado tal como o outro disse (https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=12974.0)! Da mesma forma que não existiam helicópteros no mercado, também não haviam PC-21, M-346 ou T-50 no mercado para substituir os Alpha Jet. Agora olha, magia; já há ST e Black Hawk no mercado.

Se assim for menos mal, apesar da reactivação do UAL (quintinha)
A ver se é desta que a coisa pega ou se vem por aí outra crise que mande a compra dos helicópteros ao ar.

Pessoalmente acho que o Exército não deveria ter aviação dedicada depois do que aconteceu com o UALE. No máximo dos máximos poderia contribuir com pessoal para um comando conjunto.

A questão que faço entretanto é, isso é o plano paralelo com os ST, ou a vinda dos ST poderá afectar/bloquear esse plano?
Não vai afectar em nada porque o objectivo é simplesmente comprar um produto da Embraer. Isso de se comprar ST por causa da missão de COIN é mais areia para os olhos. Os ST ao virem é para "substituir" os Alpha Jet e agradar aos amigos do costume.

Cumprimentos,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 17, 2022, 03:09:54 pm
A questão que faço entretanto é, isso é o plano paralelo com os ST, ou a vinda dos ST poderá afectar/bloquear esse plano?

Penso não estar muito errado - se estiver de todo - se te disser que praticamente só faltará a tinta no papel, ou seja, assinar o contrato.

E como serão doze aparelhos vindos de stocks da FAB, a única dúvida no momento parece residir no facto de se saber se serão todos bilugares (A-29B), ou se eventualmente poderão também vir alguns A-29A monolugares.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 17, 2022, 04:35:38 pm
Missões SAR, LRSAR, FF e CSAR serão efetuadas pela FA, com AW-101, UH-60A e muito provavelmente UH-60V, ficando o exército com transporte de tropas, missões táticas de apoio a manobra do mesmo.
Cps,

CSAR pela FAP? Mas há planos de melhoria dos 4 EH101 CSAR pela FAP?  Ou é para os tais UH-60V indicados?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 17, 2022, 04:42:25 pm
Missões SAR, LRSAR, FF e CSAR serão efetuadas pela FA, com AW-101, UH-60A e muito provavelmente UH-60V, ficando o exército com transporte de tropas, missões táticas de apoio a manobra do mesmo.
Cps,

CSAR pela FAP? Mas há planos de melhoria dos 4 EH101 CSAR pela FAP?  Ou é para os tais UH-60V indicados?

Para os UH-60...
Os EH, não irão fazer mais do que SAR... e Long Range SAR...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 17, 2022, 05:24:57 pm
Missões SAR, LRSAR, FF e CSAR serão efetuadas pela FA, com AW-101, UH-60A e muito provavelmente UH-60V, ficando o exército com transporte de tropas, missões táticas de apoio a manobra do mesmo.
Cps,

CSAR pela FAP? Mas há planos de melhoria dos 4 EH101 CSAR pela FAP?  Ou é para os tais UH-60V indicados?

Para os UH-60...
Os EH, não irão fazer mais do que SAR... e Long Range SAR...

Exactamente. Aliás estes Blackhawk para CSAR (os ditos helis de evacuação) até têm vindo a ser designados nalguns círculos dentro da FAP como "MH-60", dado que poderão mesmo vir equipados com sonda de reabastecimento para utilização com os KC-390.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 17, 2022, 05:52:19 pm
A questão que faço entretanto é, isso é o plano paralelo com os ST, ou a vinda dos ST poderá afectar/bloquear esse plano?

Penso não estar muito errado - se estiver de todo - se te disser que praticamente só faltará a tinta no papel, ou seja, assinar o contrato.

E como serão doze aparelhos vindos de stocks da FAB, a única dúvida no momento parece residir no facto de se saber se serão todos bilugares (A-29B), ou se eventualmente poderão também vir alguns A-29A monolugares.

Eu acho ser uma quantidade muito grande de aeronaves a ser adquirida.
Seis helis para os FF;
Seis para a FAP, que seriam poucos;
Dez/doze, para apoio aéreo;
Doze A29(A/B).
Trinta e duas a trinta e quatro aeronaves adquiridas com tamanha facilidade ??

Mesmo que os 16/18 helis venham do mesmo fornecedor dos Alpha, nunca ficarão por menos de 160/200 milhões.
Os 12 A29 penso que no minimo 100 milhões custarão.
Se adicionarmos a comparticipação de Portugal na compra 42 dos 06 Alpha temos no minimo um custo à volta de 260 a 300 milhões. ::) ::)

Eu acho muitas aeronaves, ficando mesmo assim, só falando sobre a FAP, a faltar helis médios, para missões FAP, em especial durante a época dos FF.

Já Quanto aos 516, se o CSAR for efectuado pelos LIMA/VICTOR, não se justifica mantê-los porque o NPL, já era.
Acho que para a missão LSAR, os seis 514, são suficientes, reforçando a 751 com pelo menos mais quatro L/V para o SAR.
Se tal ocorresse, a FAP continuaria ficar curta nos helis médios, como aconteceu nos últimos 40 anos, para todas as missões FAP, exceptuando o LSAR, daí eu ter referido que seis L/V serem muito poucos.

Abraços


Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 17, 2022, 06:50:26 pm
Os zucas já certificaram a OGMA para os super tucas por alguma razão. Está montado o esquema

Só precisam é de Portugal como plataforma para entrar  na Europa
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 17, 2022, 07:10:00 pm
Os zucas já certificaram a OGMA para os super tucas por alguma razão. Está montado o esquema

Só precisam é de Portugal como plataforma para entrar  na Europa

Essa notícia é pura propaganda…

Este tipo de aviões não precisa da OGMA para nada!! Muito menos se existirem vendas no resto da Europa. A maioria da manutenção é feita a nível da esquadrilha, sendo que só os motores e hélice poderão necessitar intervenções mais a fundo.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 17, 2022, 07:49:50 pm
Eu acho ser uma quantidade muito grande de aeronaves a ser adquirida.
Seis helis para os FF;
Seis para a FAP, que seriam poucos;
Dez/doze, para apoio aéreo;
Doze A29(A/B).
Trinta e duas a trinta e quatro aeronaves adquiridas com tamanha facilidade ??

Mesmo que os 16/18 helis venham do mesmo fornecedor dos Alpha, nunca ficarão por menos de 160/200 milhões.
Os 12 A29 penso que no minimo 100 milhões custarão.
Se adicionarmos a comparticipação de Portugal na compra 42 dos 06 Alpha temos no minimo um custo à volta de 260 a 300 milhões. ::) ::)

Eu acho muitas aeronaves, ficando mesmo assim, só falando sobre a FAP, a faltar helis médios, para missões FAP, em especial durante a época dos FF.

Também acho muita fruta caro amigo, no entanto é precisamente aquilo que se fala neste momento. Os doze ST que a Embraer andou a tentar impingir à Ucrânia e mais recentemente ao Uruguai, e Blackhawks (quase) à descrição, ao que parece.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 17, 2022, 08:40:39 pm
Eu acho ser uma quantidade muito grande de aeronaves a ser adquirida.
Seis helis para os FF;
Seis para a FAP, que seriam poucos;
Dez/doze, para apoio aéreo;
Doze A29(A/B).
Trinta e duas a trinta e quatro aeronaves adquiridas com tamanha facilidade ??

Mesmo que os 16/18 helis venham do mesmo fornecedor dos Alpha, nunca ficarão por menos de 160/200 milhões.
Os 12 A29 penso que no minimo 100 milhões custarão.
Se adicionarmos a comparticipação de Portugal na compra 42 dos 06 Alpha temos no minimo um custo à volta de 260 a 300 milhões. ::) ::)

Eu acho muitas aeronaves, ficando mesmo assim, só falando sobre a FAP, a faltar helis médios, para missões FAP, em especial durante a época dos FF.

Também acho muita fruta caro amigo, no entanto é precisamente aquilo que se fala neste momento. Os doze ST que a Embraer andou a tentar impingir à Ucrânia e mais recentemente ao Uruguai, e Blackhawks (quase) à descrição, ao que parece.

Amigo CG, eu, tal qual como tu, espero que esses negócios se concretizem pois a FAP e o EXÉRCITO, necessitam e muito desses investimentos.

O que eu estranho e muito, são  os Irresponsáveis politicos em Portugal, sendo o País que é, geograficamente  falando, não INVESTIREM prioritariamente na Marinha, que, quanto a mim, só deveria ser o Ramo das FFAA melhor equipado, e estar constantemente a relegá-la para terceira prioridade, não entendo!!!

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 17, 2022, 09:37:53 pm
Os zucas já certificaram a OGMA para os super tucas por alguma razão. Está montado o esquema

Só precisam é de Portugal como plataforma para entrar  na Europa

Essa notícia é pura propaganda…

Este tipo de aviões não precisa da OGMA para nada!! Muito menos se existirem vendas no resto da Europa. A maioria da manutenção é feita a nível da esquadrilha, sendo que só os motores e hélice poderão necessitar intervenções mais a fundo.

Entretanto, acho muito difícil haver vendas na Europa deste tipo de aeronave, já que no que diz respeito a aeronaves de treino avançado, a concorrência é feroz, e não existe a necessidade de aeronaves COIN, ainda para mais quando o foco voltou a ser as ameaças convencionais.

Já Quanto aos 516, se o CSAR for efectuado pelos LIMA/VICTOR, não se justifica mantê-los porque o NPL, já era.
Acho que para a missão LSAR, os seis 514, são suficientes, reforçando a 751 com pelo menos mais quatro L/V para o SAR.
Se tal ocorresse, a FAP continuaria ficar curta nos helis médios, como aconteceu nos últimos 40 anos, para todas as missões FAP, exceptuando o LSAR, daí eu ter referido que seis L/V serem muito poucos.

Eu acho que os 516 não só deviam ser mantidos, como modernizados (à semelhança da restante frota), com o acréscimo que estes teriam um upgrade mais "militarizado" que os restantes 8. Desta forma a FAP (e as FA em geral) teriam um helicóptero médio/pesado, para fazer tudo o que os UH-60 não podiam, nomeadamente no que respeita à função de transporte. Na prática, tornar os quatro 516, no Chinook dos pobres. Como consequência, passaria a ser exigido que futuros navios da Marinha (nomeadamente fragatas e AOR), tivessem no mínimo o convés de voo apto para receber os ditos, e se possível, hangar para os acomodar, à semelhança do que acontece com as FREMM italianas.

Já os helicópteros para o Exército, só acredito quando os vir.

Penso não estar muito errado - se estiver de todo - se te disser que praticamente só faltará a tinta no papel, ou seja, assinar o contrato.

E como serão doze aparelhos vindos de stocks da FAB, a única dúvida no momento parece residir no facto de se saber se serão todos bilugares (A-29B), ou se eventualmente poderão também vir alguns A-29A monolugares.

Como já meteram a ideia na cabeça, também não duvido que vá para a frente. Curioso é para saber se a falada possível redução do nº de F-16, não venha a ser revelada como a "maneira que se arranjou" para conseguir receber os ST.

E preocupa-me de facto esta obsessão com o COIN, pois receio que, mais uma vez, os F-16 vejam a aquisição de novo armamento mais uma vez empurrada para mais tarde, pois o filho novo (ST) deve receber a atenção toda agora.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Setembro 17, 2022, 09:58:13 pm
Os zucas já certificaram a OGMA para os super tucas por alguma razão. Está montado o esquema

Só precisam é de Portugal como plataforma para entrar  na Europa

Essa notícia é pura propaganda…

Este tipo de aviões não precisa da OGMA para nada!! Muito menos se existirem vendas no resto da Europa. A maioria da manutenção é feita a nível da esquadrilha, sendo que só os motores e hélice poderão necessitar intervenções mais a fundo.

É a propaganda em órgãos brasileiros que parece mais indicarem sermos os pelintras a espera deles e uma entrada para a Europa. Os saloios de cá dão o mote
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 17, 2022, 10:26:49 pm
Acho que para a missão LSAR, os seis 514, são suficientes, reforçando a 751 com pelo menos mais quatro L/V para o SAR.

6 parece-me curto se pensarmos no dispositivo SAR actual, que exige 5 EH101 em alerta, 2 na BA6, 1 na Madeira e 2 nos Açores, só se alterarmos isso com a adição de Black Hawk.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 17, 2022, 10:36:19 pm
e Blackhawks (quase) à descrição, ao que parece.

Pois parece ;D, lembro-me de quando se começou a falar aqui em Black Hawk, que todos queriam mas os ramos não se entendiam quanto ao modelo, então a solução é cada um receber os que quer.

A Força Aérea parece é que além dos CSAR, ainda foi apanhar os da Protecção Civil :mrgreen:.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 17, 2022, 11:13:55 pm
  Acho que para a missão LSAR, os seis 514, são suficientes, reforçando a 751 com pelo menos mais quatro L/V para o SAR.

6 parece-me curto se pensarmos no dispositivo SAR actual, que exige 5 EH101 em alerta, 2 na BA6, 1 na Madeira e 2 nos Açores, só se alterarmos isso com a adição de Black Hawk.

O Lightning se tivesse lido TUDO o que eu escrevi veria que foi isso mesmo.
Coloquei a bold, para se ler melhor.

O SAR, quer seja oceanico ou costeiro, nos arquipélagos, actualmente é efectuado pelos 101 disponíveis da 751.
A aquisição de L/V permitiria utilizar apenas os 514 para as missões oceânicas.

Cumprimentos
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 17, 2022, 11:25:11 pm
Os zucas já certificaram a OGMA para os super tucas por alguma razão. Está montado o esquema

Só precisam é de Portugal como plataforma para entrar  na Europa

Essa notícia é pura propaganda…

Este tipo de aviões não precisa da OGMA para nada!! Muito menos se existirem vendas no resto da Europa. A maioria da manutenção é feita a nível da esquadrilha, sendo que só os motores e hélice poderão necessitar intervenções mais a fundo.

Sem comentários!
É sempre a aprender neste forum, e com quem sabe.


Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 18, 2022, 12:29:24 am
Os zucas já certificaram a OGMA para os super tucas por alguma razão. Está montado o esquema

Só precisam é de Portugal como plataforma para entrar  na Europa

Essa notícia é pura propaganda…

Este tipo de aviões não precisa da OGMA para nada!! Muito menos se existirem vendas no resto da Europa. A maioria da manutenção é feita a nível da esquadrilha, sendo que só os motores e hélice poderão necessitar intervenções mais a fundo.

Sem comentários!
É sempre a aprender neste forum, e com quem sabe.

Obrigado pelo elogio, mas não sei assim tanto.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 18, 2022, 06:55:40 am
  Acho que para a missão LSAR, os seis 514, são suficientes, reforçando a 751 com pelo menos mais quatro L/V para o SAR.

6 parece-me curto se pensarmos no dispositivo SAR actual, que exige 5 EH101 em alerta, 2 na BA6, 1 na Madeira e 2 nos Açores, só se alterarmos isso com a adição de Black Hawk.

O Lightning se tivesse lido TUDO o que eu escrevi veria que foi isso mesmo.
Coloquei a bold, para se ler melhor.

O SAR, quer seja oceanico ou costeiro, nos arquipélagos, actualmente é efectuado pelos 101 disponíveis da 751.
A aquisição de L/V permitiria utilizar apenas os 514 para as missões oceânicas.

Cumprimentos

Realmente não tinha percebido que o reforço era directamente na 751, mas que ideia teria ao certo? Onde andariam os BH? No continente e deixar as ilhas para os EH? BH na Madeira? Etc.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 18, 2022, 07:29:28 am
Os zucas já certificaram a OGMA para os super tucas por alguma razão. Está montado o esquema

Só precisam é de Portugal como plataforma para entrar  na Europa

Essa notícia é pura propaganda…

Este tipo de aviões não precisa da OGMA para nada!! Muito menos se existirem vendas no resto da Europa. A maioria da manutenção é feita a nível da esquadrilha, sendo que só os motores e hélice poderão necessitar intervenções mais a fundo.

Sem comentários!
É sempre a aprender neste forum, e com quem sabe.

Obrigado pelo elogio, mas não sei assim tanto.

De nada, tenho aprendido, imenso, com os seus comentários sobre a aviação militar, reveladores de muita experiência nessa área.



Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 18, 2022, 01:19:56 pm
A manutenção quando não ocorre, é na maioria das vezes por falta de verba. E nisso, ter a manutenção nas OGMA ou não, é irrelevante, basta ver que a manutenção dos navios da Marinha é feita no Alfeite, e não é por isso que o Governo dá o orçamento necessário para esse fim.

Mas eu não tenho dúvida que as "jóias" da Embraer serão todas mantidas a tempo e horas. A questão é, se para garantir a manutenção dos KCs e STs, não ficarão outros meios para trás.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 18, 2022, 02:50:19 pm
A manutenção quando não ocorre, é na maioria das vezes por falta de verba. E nisso, ter a manutenção nas OGMA ou não, é irrelevante, basta ver que a manutenção dos navios da Marinha é feita no Alfeite, e não é por isso que o Governo dá o orçamento necessário para esse fim.

Mas eu não tenho dúvida que as "jóias" da Embraer serão todas mantidas a tempo e horas. A questão é, se para garantir a manutenção dos KCs e STs, não ficarão outros meios para trás.

A questão levantada quanto à MNT dos 314 prende-se com quem e onde deve ser executada, não com quando.

Houve aqui um comentário de especialista na matéria que muito conhecedor alvitrou serem na grande maioria efectuados na " esquadrilha " desconhecendo que de X em X horas se efectua o nivel de MNT A, de Y em Y horas se efectua o nivel de MNT B e de Z em Z horas se efectua o nivel de MNT C e, todos eles, em sectores diferentes pois englobam partes distintas da aeronave, apenas podendo ser mantidas e inspeccionadas por técnicos com diferentes e mais complexas qualificações, tão simples quanto isto.
Mas como neste FD, é sempre a aprender e com quem sabe, lê-se muito disto, as tais bacoradas de quem muito escreve sobre tudo, mas, sem nada saber

Quanto às OGMA será muito positivo para a indústria Aeronáutica possuir mais essa certificação para mais um modelo de acft, e não como alguns dizem não fazer falta ou diferença alguma porque o tal acft faz a maior parte da MNT NA esquadrilha.

Se a MNT vai ser efectuada atempadamente ou não noutros SA, a favor destes dois SA, eu não me admiraria mesmo nada que não  o fosse, pois há que apoiar os amigalhaços d'além MAR.

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 19, 2022, 01:01:39 am
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 19, 2022, 07:58:03 am
O video está fixe mas não vejo a ligação ao assunto do topico. Não devia estar por exemplo num topico sobre o Mali?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 19, 2022, 08:19:18 am
A manutenção quando não ocorre, é na maioria das vezes por falta de verba. E nisso, ter a manutenção nas OGMA ou não, é irrelevante, basta ver que a manutenção dos navios da Marinha é feita no Alfeite, e não é por isso que o Governo dá o orçamento necessário para esse fim.

Mas eu não tenho dúvida que as "jóias" da Embraer serão todas mantidas a tempo e horas. A questão é, se para garantir a manutenção dos KCs e STs, não ficarão outros meios para trás.

A questão levantada quanto à MNT dos 314 prende-se com quem e onde deve ser executada, não com quando.

Houve aqui um comentário de especialista na matéria que muito conhecedor alvitrou serem na grande maioria efectuados na " esquadrilha " desconhecendo que de X em X horas se efectua o nivel de MNT A, de Y em Y horas se efectua o nivel de MNT B e de Z em Z horas se efectua o nivel de MNT C e, todos eles, em sectores diferentes pois englobam partes distintas da aeronave, apenas podendo ser mantidas e inspeccionadas por técnicos com diferentes e mais complexas qualificações, tão simples quanto isto.
Mas como neste FD, é sempre a aprender e com quem sabe, lê-se muito disto, as tais bacoradas de quem muito escreve sobre tudo, mas, sem nada saber

Quanto às OGMA será muito positivo para a indústria Aeronáutica possuir mais essa certificação para mais um modelo de acft, e não como alguns dizem não fazer falta ou diferença alguma porque o tal acft faz a maior parte da MNT NA esquadrilha.

Se a MNT vai ser efectuada atempadamente ou não noutros SA, a favor destes dois SA, eu não me admiraria mesmo nada que não  o fosse, pois há que apoiar os amigalhaços d'além MAR.

Abraços

ahahah!! :mrgreen: :mrgreen:
Meu caro, é de rir ver a mesquinhês com que escreve essas palavras. Acaba por cair no rídiculo.

O que escrevi foi-me dito pelo fabricante numa feira internacional, se ele diz que os níveis de manutenção podem ser feitos ao nível de esquadrilha, excepto helices e motor, por certo não nos estará a mentir, ou agora o Sr já percebe mais do que o Fabricante?!
Portanto se quiser aprender, lê, se não continue lá na sua quintinha  :bang:.

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 19, 2022, 08:58:51 am
A manutenção quando não ocorre, é na maioria das vezes por falta de verba. E nisso, ter a manutenção nas OGMA ou não, é irrelevante, basta ver que a manutenção dos navios da Marinha é feita no Alfeite, e não é por isso que o Governo dá o orçamento necessário para esse fim.

Mas eu não tenho dúvida que as "jóias" da Embraer serão todas mantidas a tempo e horas. A questão é, se para garantir a manutenção dos KCs e STs, não ficarão outros meios para trás.

A questão levantada quanto à MNT dos 314 prende-se com quem e onde deve ser executada, não com quando.

Houve aqui um comentário de especialista na matéria que muito conhecedor alvitrou serem na grande maioria efectuados na " esquadrilha " desconhecendo que de X em X horas se efectua o nivel de MNT A, de Y em Y horas se efectua o nivel de MNT B e de Z em Z horas se efectua o nivel de MNT C e, todos eles, em sectores diferentes pois englobam partes distintas da aeronave, apenas podendo ser mantidas e inspeccionadas por técnicos com diferentes e mais complexas qualificações, tão simples quanto isto.
Mas como neste FD, é sempre a aprender e com quem sabe, lê-se muito disto, as tais bacoradas de quem muito escreve sobre tudo, mas, sem nada saber

Quanto às OGMA será muito positivo para a indústria Aeronáutica possuir mais essa certificação para mais um modelo de acft, e não como alguns dizem não fazer falta ou diferença alguma porque o tal acft faz a maior parte da MNT NA esquadrilha.

Se a MNT vai ser efectuada atempadamente ou não noutros SA, a favor destes dois SA, eu não me admiraria mesmo nada que não  o fosse, pois há que apoiar os amigalhaços d'além MAR.

Abraços

ahahah!! :mrgreen: :mrgreen:
Meu caro, é de rir ver a mesquinhês com que escreve essas palavras. Acaba por cair no rídiculo.

O que escrevi foi-me dito pelo fabricante numa feira internacional, se ele diz que os níveis de manutenção podem ser feitos ao nível de esquadrilha, excepto helices e motor, por certo não nos estará a mentir, ou agora o Sr já percebe mais do que o Fabricante?!
Portanto se quiser aprender, lê, se não continue lá na sua quintinha  :bang:.

Já me ri a bom rir, muito bom mesmo !!!
O fabricante que lhe disse isso foi o mesmo que disse isto ??

A embraer  iníciou o processo de capacitação da sua subsidiária OGMA_PT para executar o apoio e manutenção da aeronave de treino e ataque A-29 Super Tucano, além de futuras modificações na aeronave que atendam aos requerimentos dos clientes atuais e futuros na região.

Muito interessante, então para que seria necessário certificar as OGMA, como apoio para as MNT dos actuais e futuros, clientes, se os utilizadores do A29 fazem as MNT nas esquadrilhas ?
As operações MRO, mais profundas quem as executa ?

Às tantas a mentira tem outra origem que não o fabricante.

https://twitter.com/Defence360/status/1570009563595685889/photo/1



Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Setembro 19, 2022, 12:37:34 pm
A Embraer gosta muito de dourar a pilula. Basta ver o que diz do KC...  :mrgreen:

https://www.embraer.com/br/pt/9255-todas-as-aeronaves-da-embraer (https://www.embraer.com/br/pt/9255-todas-as-aeronaves-da-embraer)

Citar
O KC-390 é a aeronave de transporte multimissão de nova geração que combina uma plataforma altamente flexível com o menor custo de ciclo de vida do mercado de transporte médio. Capaz de transportar e lançar cargas e tropas, o avião também cobre uma ampla gama de missões: evacuação aeromédica, busca e resgate, combate a incêndios, reabastecimento aéreo e auxílio humanitário. Por essas características, pode ser equipado com sistema de autodefesa e proteção balística que aumenta a capacidade de operações em ambientes hostis. Sua pilotagem é facilitada por um sistema aviônico integrado e pelo comando de voo full fly-by-wire.

Ou mesmo o St.  ::)

Citar
Referência global em missões de ataque leve, vigilância, reconhecimento aéreo e treinamento avançando, o EMB 314 é também conhecido como A-29 pela Força Aérea Brasileira (FAB). Resistente e colocada à prova diversas vezes em missões reais, foi escolhida por mais de 14 forças aéreas em todo o mundo, incluindo a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF). É também o modelo usado atualmente pela Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira.

Saudações
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 19, 2022, 01:05:01 pm
Talvez o que o fabricante queria dizer seria que os operadores, se quiserem ter essa capacidade, que eles formam os militares, se não, a OGMA faz, ou como acontece com muitas aeronaves da FAP, a grande maioria das inspeções é feita pela manutenção das Esquadras, mas algumas que são as mais profundas e demoradas vão para a OGMA.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: MATRA em Setembro 22, 2022, 04:08:35 pm
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 22, 2022, 07:39:40 pm
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a

Sim, está para breve. Segundo fontes da FAP, seria necessário um terramoto equivalente ao de 1 de Novembro de 1755 para que aquela dúzia de ST não venha cá parar.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 22, 2022, 08:27:04 pm
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a

Sim, está para breve. Segundo fontes da FAP, seria necessário um terramoto equivalente ao de 1 de Novembro de 1755 para que aquela dúzia de ST não venha cá parar.

A vontade maior é da FA e do CEMFA.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Setembro 22, 2022, 09:22:05 pm
Esperem a FAP está mesmo a pensar adquirir Super Tucano como algo para servir numa esquadra a sério?

Ou só 1 ou 2 para treino?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 22, 2022, 10:00:10 pm
A vontade maior é da FA e do CEMFA.

Precisamente. Por isso ter dito que só uma hecatombe impedirá a mais que certa vinda do Super Tucano para a FAP.

A Embraer agradece pois andava há uns anos a tentar impingir aquela dúzia a vários países, e afinal os amigos são para as ocasiões. E sim, o Pavio Curto é um "fan boy" dos produtos do construtor brasileiro... ::)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 22, 2022, 10:41:05 pm
Esperem a FAP está mesmo a pensar adquirir Super Tucano como algo para servir numa esquadra a sério?

Ou só 1 ou 2 para treino?

Só um ou dois? Isso não dá para nada, mesmo para treino são precisos no mínimo 6 aeronaves, ou acima disso, já que os pilotos treinam voos de formação a 4 aeronaves. Quantos são os Epsilon? Quantos eram os Alpha Jet? Também só eram para treino.

E tem sempre que existir uma esquadra de voo, tem que existir pilotos-instrutores, tem que existir um plano de formação, pilotos-alunos e como qualquer unidade militar, está organizada hierarquicamente, base aérea, Grupo Operacional, Esquadras de voo...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 22, 2022, 11:16:17 pm
A vontade maior é da FA e do CEMFA.

Precisamente. Por isso ter dito que só uma hecatombe impedirá a mais que certa vinda do Super Tucano para a FAP.

A Embraer agradece pois andava há uns anos a tentar impingir aquela dúzia a vários países, e afinal os amigos são para as ocasiões. E sim, o Pavio Curto é um "fan boy" dos produtos do construtor brasileiro... ::)

Sempre achei estranho esses tais ST quase dados nunca terem arranjado comprador. Até parecia que andava tudo a fugir deles. Agora é ver o contraste, os nossos F-16 MLU mal foram colocados à venda tiveram logo interessados, e depois de os vendermos, o país comprador até queria comprar mais.

Mas pronto, sendo quase um dado adquirido a sua compra, mais vale rezar que não roube todo o investimento necessário para as restantes esquadras.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 23, 2022, 12:01:52 am
E a falada "Escola Internacional de Pilotos"?
Ainda está em cima da mesa?
Os italianos já se adiantaram.

É que para África chega um ST.
Penso que já não nos vamos meter no Mali...

Não sei nada desses temas, mas o Rogério deve ser especialista em táctica de aviação CAS.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 23, 2022, 07:19:43 am
Penso que, como já foi aqui referido pelo CJ e Subsea, apenas deve faltar a tinta no papel.

Citar
O #A29 Super Tucano avança em Portugal com a assinatura de um 2o memorando de entendimento pela @embraer
 com empresas do país visando uma futura aquisição pela @fap_emfa
 🇵🇹. Dessa vez foi com a GMV para a cooperação no desenvolvimento e integração de produtos e serviços de defesa
https://twitter.com/gliciofonseca/status/1572928949818200064

Citar
A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram uma parceria para o desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa

A empresa de aeronáutica brasileira Embraer e o grupo tecnológico português GMV anunciaram esta quinta-feira, 22 de setembro, a assinatura de “um memorando de entendimento para cooperação nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços de defesa, principalmente no âmbito do programa da aeronave A-29 Super Tucano”, informaram as duas empresas em comunicado.

“O memorando inclui ainda potenciais parcerias em processos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, com o objetivo de ampliar o relacionamento comercial de longo prazo entre as empresas durante as fases de concepção, design, desenvolvimento, produção e suporte”, de acordo com o anúncio das entidades.

A parceria também prevê o desenvolvimento de “novos negócios, desenvolvimento e integração de sistemas de navegação, de sistemas aviónicos modulares integrados (integrated modular avionics, IMA, na sigla em inglês) e de software”, área na qual as duas empresas já têm uma parceria com mais de 15 anos.

O objetivo é “trocar informações sobre suas experiências, capacidades, produtos, sistemas e serviços”.

A GMV é um grupo privado de tecnologia com presença nos setores aeroespacial, defesa e segurança, cibersegurança, sistemas inteligentes de transporte, automobilístico, saúde, telecomunicações e tecnologia da informação para autoridades governamentais e grandes empresas.

A Embraer é uma empresa brasileira do setor aeroespacial, especializada em projetar, desenvolver, fabricar e comercializar aeronaves e sistemas.
https://expresso.pt/economia/2022-09-22-Embraer-e-a-portuguesa-GMV-estabelecem-parceria-para-desenvolvimento-de-produtos-e-servicos-na-area-da-defesa-e8e2e19a

Sim, está para breve. Segundo fontes da FAP, seria necessário um terramoto equivalente ao de 1 de Novembro de 1755 para que aquela dúzia de ST não venha cá parar.

Porque será que nenhum dos Países, a quem esse, tão bom negócio foi oferecido, o aceitou ?
Cá para será que essas doze células estarão mesmo em bom estado ou, ainda vamos ter de colocar algumas de lado ?

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 23, 2022, 09:57:36 am
Porque será que nenhum dos Países, a quem esse, tão bom negócio foi oferecido, o aceitou ?
Cá para será que essas doze células estarão mesmo em bom estado ou, ainda vamos ter de colocar algumas de lado ?

Abraços

Deve ser pelo preço a que estão a ser vendidos, uma verdadeira pechincha: 40M USD (3,33M/unidade) por 12 células recondicionadas (zero HV no motor e estruturalmente), mais peças sobressalentes. Para a cúpula da FAP é um negócio imperdível, e já se sabe que o português não resiste a uma boa promoção. :mrgreen:

Faz zero sentido operacional - e não apenas operacional - irmos adquirir uma frota iminentemente para ataque ao solo no exterior do território nacional, no quadro das carências e dificuldades conhecidas das restantes frotas ao serviço da Força Aérea Portuguesa. Mas lá está, os amigos são para as ocasiões (será, ao que tudo indica, uma venda Governo a Governo), e enquanto as aquisições à Embraer continuarem a ser feitas por desígnio político e não por requisitos operacionais, vamos continuar neste triste fado.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Get_It em Setembro 23, 2022, 10:19:26 am
Subsea e Charlie Jaguar, nenhuma das vossas fontes comentou ou opinou que vindo estes ST, para a 103, o mais certo é daqui a dois ou três anos passarem para a 101 para substituir os Epsilon e a FAP vai acabar por ter de adquirir um outro verdadeiro substituto para os Alpha Jet?

Cumprimentos,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Setembro 23, 2022, 10:34:32 am
1. Sou civil
2. Tenho zero fontes nas FA
3. Estou convicto que o Costa se comprometeu com o Macron a adquirir sistemas COIN/CAS para maior compromisso em África.
4. Teve contrapartidas? Se sim, quais? Podem nem ser militares, pode ser um voto favorável em matéria X na UE.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Setembro 23, 2022, 11:46:15 am
Para substituir os Epsilon temos os Tucanos. Com uns quantos Epsilon a passarem para a Academia para substituírem os Chip.  :mrgreen:

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/bb/Tucano_Mk.52_-_KAF112-McGrath.jpg)
Citar
Kuwait Air Force Tucano Mk.52

Saudações  :-P
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 23, 2022, 11:46:32 am
Eu não sou.
Mas o lightning deve ser.

Também não sou, mas sei que as máquinas avariam.

Citar
Temos tropas no terreno na RCA.
Quantos ST julga serem necessários para CAS nesse teatro de operações?

No ar um, mas um dia que não descole não há CAS para ninguém, só se existirem aeronaves de outros países com essa capacidade e se coordenem.

Também temos a questão operacional, por exemplo os caças costumam andar ao pares, será igual nos Super Tucano ou fazem missão a solo?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 23, 2022, 11:57:47 am
Subsea e Charlie Jaguar, nenhuma das vossas fontes comentou ou opinou que vindo estes ST, para a 103, o mais certo é daqui a dois ou três anos passarem para a 101 para substituir os Epsilon e a FAP vai acabar por ter de adquirir um outro verdadeiro substituto para os Alpha Jet?

Cumprimentos,

Se fosse para ser daqui a dois ou três anos ia já, esse é o tempo que demora a esquadra a estar completamente capaz com a nova aeronave.

Mas eu acho que não dá, o Super Tucano já é demasiado complexo para instrução inicial, o avião tem que ser simples.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 23, 2022, 12:24:18 pm
Subsea e Charlie Jaguar, nenhuma das vossas fontes comentou ou opinou que vindo estes ST, para a 103, o mais certo é daqui a dois ou três anos passarem para a 101 para substituir os Epsilon e a FAP vai acabar por ter de adquirir um outro verdadeiro substituto para os Alpha Jet?

Cumprimentos,

Era para ter avançado tanto a substituição do Chipmunk (verba de 2,5M€ ::)), como a modernização do Épsilon, e tudo isso agora me parece encontrar-se em águas de bacalhau.

Aliás, o despacho a autorizar uns espectaculares 3M€ para a modernização dos Épsilon já fez dois anos, e sinceramente até hoje ainda não vi ou ouvi nada a esse respeito: https://dre.pt/dre/detalhe/despacho/7353-2020-138635933


Mas eu acho que não dá, o Super Tucano já é demasiado complexo para instrução inicial, o avião tem que ser simples.

Pois é, para ab initio, ou instrução elementar, esquece.

O PC-21, no entanto, daria para fazer tudo, mas ao contrário dos nossos parceiros espanhóis e franceses, para nós não serve. ::)

(https://i.postimg.cc/NFvLc2Ry/Screen-Shot-09-23-22-at-12-15-PM.jpg)

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 23, 2022, 01:09:29 pm
Era para ter avançado tanto a substituição do Chipmunk (verba de 2,5M€ ::))

Pois é aquela história dos ultra-ligeiros que o CEMFA anterior falou no Parlamento.

Os Chipmunk tem que aguentar mais uns anos, ainda é jovem  :mrgreen:.
https://www.emfa.pt/noticia-3507-chipmunk-comemora-70-anos-ao-servico-de-portugal
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: PTWolf em Setembro 24, 2022, 09:30:12 am
https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/embraer-e-portuguesa-gmv-assinam-memorando-de-entendimento (https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/embraer-e-portuguesa-gmv-assinam-memorando-de-entendimento)

Citar
A Embraer e a empresa portuguesa GMV assinaram um memorando de entendimento para cooperar nas áreas de desenvolvimento e integração de sistemas para produtos e serviços na área da Defesa, avança esta quinta-feira a agência Bloomberg.

 

A agência norte-americana detalha ainda, citando um comunicado enviado por email, que esta cooperação terá como foco principal o programa da aeronave A-29 Super Tucano.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 24, 2022, 09:46:03 am
Lá vem os A29, que nem estavam na LPM. Pelos vistos aquela desculpa de não se adquirir este ou aquele equipamento/armamento por não estar na LPM é só para alguns, para os amigalhaços da EMB essa premissa não se aplica.

Já agora seria bom sabermos os meandros do negócio quantas células vem, com quantas H/V, custo das unidades e simulador, custos das MNT e formação de pilav e pessoal de terra.

E, a brincar e aos poucos, já vão dois negocios a favor da Embraer que devem ficar por 827 milhões dos 390 mais quanto dos A29 ?
Uns  70 a 100 milhões?
Coisa pouca para um Pais que quase nem Marinha tem.

Incompetentes da trampa estes Irresponsáveis politicos e Militares, mais de 900 milhoes em dois SA que de prioritários nada tem.

https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/transportes/aviacao/detalhe/embraer-e-portuguesa-gmv-assinam-memorando-de-entendimento

Abraços

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 24, 2022, 10:06:35 am
A Embraer não produz FLIR? Então é caro
A embraer produz? Venha já uma duzia  :mrgreen:

Por falar nisso: e os ST, trarão FLIR? :mrgreen: ::)

(https://cdn-defesaaereanaval.nuneshost.com/wp-content/uploads/2013/04/A-29-Super-Tucano-600x405.jpg)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 24, 2022, 10:14:35 am
A Embraer não produz FLIR? Então é caro
A embraer produz? Venha já uma duzia  :mrgreen:

Por falar nisso: e os ST, trarão FLIR? :mrgreen: ::)

(https://cdn-defesaaereanaval.nuneshost.com/wp-content/uploads/2013/04/A-29-Super-Tucano-600x405.jpg)

Deve fazer parte da modernização.

A GMV é especialista em L3HARRIS WESCAM MX. ;)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 24, 2022, 10:54:28 am
Deve fazer parte da modernização.

A GMV é especialista em L3HARRIS WESCAM MX. ;)

Se assim for até nem é mau.

Off-topic: gostava era de saber o que será feito das MX-20D compradas para a modernização do CUP+. Devem estar armazenadas em Alverca no DGMFA, juntamente com as lanças de reabastecimento para os Merlin CSAR.  ::)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 24, 2022, 11:06:34 am
Com um avião como o AT6 Wolverine e o T6 Texan 2, falar em Super Tucanos é brincar à tropa...

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F09%2FAT6-Wolverine-1024x553.png&hash=84a7518515a647f4ce1e5aefd933d1f9)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F09%2FAT6-Wolverine-SUPERIORITY-1024x652.png&hash=e60957a22129d9a763363d2d414151df)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F09%2FAT6-Wolverine-cockpit.png&hash=cb401fd6a2be963ae315f34e69d0b985)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 24, 2022, 11:47:52 am
Apesar da questão ser para o que é que a FAP precisa de aviões deste género, tenho que perguntar, o que é que fazem mais do que o ST? São superiores para o que realmente serão usados (treino avançado)?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 24, 2022, 12:28:17 pm
Apesar da questão ser para o que é que a FAP precisa de aviões deste género, tenho que perguntar, o que é que fazem mais do que o ST? São superiores para o que realmente serão usados (treino avançado)?

A FAP não precisa nem de um, nem de outro para nada. Não quando há outras prioridades e carências que saltam à vista, na Força Aérea e não só, e no mercado existe um sistema de armas que é perfeito para aquilo que realmente necessitamos.

A intervenção do ACADO tratou-se apenas de um intervalo para publicidade, nada mais. O habitual, portanto.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Setembro 24, 2022, 01:39:00 pm
Quando os MX-20D forem finalmente instados nos P-3, ficam cinco MX-15 disponíveis para os kualitas. Será que estão previstos FLIR para os Black Hawk?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Setembro 24, 2022, 07:22:16 pm
Não entendi. O pessoal que defendia o Super Tucano e que execrava o KC-390 agora mudou de lado?

O ST não precisa de porta de entrada na Europa, assim como o KC-390 nunca precisou. O Super Tucano, pela sua qualidade é operado por mais de uma dezena de países e líder global no seu ramo. Já o KC-390, que vocês tanto reclamam, vai servir as forças aéreas europeias por um bom tempo, com características superiores ao KC-130.

“A disponibilidade do C-390M é maior, a aeronave pontua melhor em uma série de requisitos operacionais e técnicos e requer menos manutenção”, afirmou o Ministério da Defesa da Holanda"

Se não fosse Portugal a Embraer arrumaria algo em qualquer país que tem um mínimo centro de manutenção. Sorte de vocês ter a OGMA, e não é sorte da Embraer. Quem compra, compra por requisitos. Vide países baixos.

Parem de achar que a Embraer precisa de Portugal para alguma coisa.  A terceira maior empresa no ramo de aviação civil do mundo dispensa esses comentários nacionalistas de vocês. Se não querem ST  e KC, muito bem. Reclamem lá no parlamento Europeu.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 24, 2022, 07:33:34 pm
Não entendi. O pessoal que defendia o Super Tucano e que execrava o KC-390 agora mudou de lado?

O ST não precisa de porta de entrada na Europa, assim como o KC-390 nunca precisou. O Super Tucano, pela sua qualidade é operado por mais de uma dezena de países e líder global no seu ramo. Já o KC-390, que vocês tanto reclamam, vai servir as forças aéreas europeias por um bom tempo, com características superiores ao KC-130.

“A disponibilidade do C-390M é maior, a aeronave pontua melhor em uma série de requisitos operacionais e técnicos e requer menos manutenção”, afirmou o Ministério da Defesa da Holanda"

Se não fosse Portugal a Embraer arrumaria algo em qualquer país que tem um mínimo centro de manutenção. Sorte de vocês ter a OGMA, e não é sorte da Embraer. Quem compra, compra por requisitos. Vide países baixos.

Parem de achar que a Embraer precisa de Portugal para alguma coisa.  A terceira maior empresa no ramo de aviação civil do mundo dispensa esses comentários nacionalistas de vocês. Se não querem ST  e KC, muito bem. Reclamem lá no parlamento Europeu.

Nota-se o sucesso do "KACETE", pobres e mal agredecidos...Mas a culpa não é vossa, é de certos vermes que andam por cá e além mar....
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Setembro 24, 2022, 07:44:33 pm

Nota-se o sucesso do "KACETE", pobres e mal agredecidos...Mas a culpa não é vossa, é de certos vermes que andam por cá e além mar....


Se foi por falta de agradecimento, agradeci sua mensagem.

Quanto a "pobres" creio que está dirigindo sua mensagem para a pessoa errada.

O sucesso do KC se deve a uma fábrica que é uma das 3 líderes mundiais em aeronaves.
Coisa pouca, né?
Vá lá e confronte o Ministério da Defesa da Holanda.

 

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 24, 2022, 07:46:11 pm

Nota-se o sucesso do "KACETE", pobres e mal agredecidos...Mas a culpa não é vossa, é de certos vermes que andam por cá e além mar....


Se foi por falta de agradecimento, agradeci sua mensagem.

Quanto a "pobres" creio que está dirigindo sua mensagem para a pessoa errada.

O sucesso do KC se deve a uma fábrica que é uma das 3 líderes mundiais em aeronaves.
Coisa pouca, né?
Vá lá e confronte o Ministério da Defesa da Holanda.

Vou confrontar todos os ministérios da defesa que escolheram ou usam o C-130J ou o A-400M.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Tikuna em Setembro 24, 2022, 08:21:04 pm

Nota-se o sucesso do "KACETE", pobres e mal agredecidos...Mas a culpa não é vossa, é de certos vermes que andam por cá e além mar....


Se foi por falta de agradecimento, agradeci sua mensagem.

Quanto a "pobres" creio que está dirigindo sua mensagem para a pessoa errada.

O sucesso do KC se deve a uma fábrica que é uma das 3 líderes mundiais em aeronaves.
Coisa pouca, né?
Vá lá e confronte o Ministério da Defesa da Holanda.

Vou confrontar todos os ministérios da defesa que escolheram ou usam o C-130J ou o A-400M.


É , eu lembro

No Parlamento, na semana passada, Mark François, ex-ministro da Defesa, disse: “Pagamos 2,6 bilhões de libras por uma aeronave com péssima confiabilidade, motores ruins, uma caixa de redução praticamente quebrada, hélices problemáticas, enormes problemas de vibração e uma incapacidade de lançar paraquedistas”.

https://www.aereo.jor.br/2019/07/15/somente-dois-dos-20-cargueiros-a400m-atlas-da-raf-podem-voar/
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 24, 2022, 09:05:00 pm
É , eu lembro

No Parlamento, na semana passada, Mark François, ex-ministro da Defesa, disse: “Pagamos 2,6 bilhões de libras por uma aeronave com péssima confiabilidade, motores ruins, uma caixa de redução praticamente quebrada, hélices problemáticas, enormes problemas de vibração e uma incapacidade de lançar paraquedistas”.

https://www.aereo.jor.br/2019/07/15/somente-dois-dos-20-cargueiros-a400m-atlas-da-raf-podem-voar/

Lá vem o bot da Embraer conspurcar outro tópico...

Se a intenção neste post era comparar o A400M com o KC-390, lamento mas são duas aeronaves incomparáveis. Pelas diferentes categorias em que se encontram, pelo número de clientes, pelo número de horas voadas, etc, etc. Que mania, sempre a quererem rotular o vosso "C-130 a jacto" como avião estratégico. Pura e simplesmente não tem tamanho, nem pernas para isso.

 É que a vossa obsessão é tanta, que mal tiram tempo para se orgulharem do que idealizaram e fabricaram quase sozinhos: um avião militar moderno de transporte táctico, feito que não está ao alcance de qualquer nação. E é aí que não parecem grandes, mas antes bem pequenos.

Além disso, se a RAF está tão descontente, então porque razão pretende adquirir mais A400M Atlas? Estão todos doidos no Reino Unido? ???

https://ukdefencejournal.org.uk/uk-planning-to-purchase-additional-a400m-transport-aircraft/
https://www.janes.com/defence-news/news-detail/uk-confirms-intent-to-acquire-additional-a400m-airlifters

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 24, 2022, 09:14:33 pm
É , eu lembro

No Parlamento, na semana passada, Mark François, ex-ministro da Defesa, disse: “Pagamos 2,6 bilhões de libras por uma aeronave com péssima confiabilidade, motores ruins, uma caixa de redução praticamente quebrada, hélices problemáticas, enormes problemas de vibração e uma incapacidade de lançar paraquedistas”.

https://www.aereo.jor.br/2019/07/15/somente-dois-dos-20-cargueiros-a400m-atlas-da-raf-podem-voar/

Lá vem o bot da Embraer conspurcar outro tópico...

Se a intenção neste post era comparar o A400M com o KC-390, lamento mas são duas aeronaves incomparáveis. Pelas diferentes categorias em que se encontram, pelo número de clientes, pelo número de horas voadas, etc, etc. Que mania, sempre a quererem rotular o vosso "C-130 a jacto" como avião estratégico. Pura e simplesmente não tem tamanho, nem pernas para isso.

 É que a vossa obsessão é tanta, que mal tiram tempo para se orgulharem do que idealizaram e fabricaram quase sozinhos: um avião militar moderno de transporte táctico, feito que não está ao alcance de qualquer nação. E é aí que não parecem grandes, mas antes bem pequenos.

Além disso, se a RAF está tão descontente, então porque razão pretende adquirir mais A400M Atlas? Estão todos doidos no Reino Unido? ???

https://ukdefencejournal.org.uk/uk-planning-to-purchase-additional-a400m-transport-aircraft/
https://www.janes.com/defence-news/news-detail/uk-confirms-intent-to-acquire-additional-a400m-airlifters

"Boa piada do meu colega"

 ;D ;D ;D
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Hawk20 em Setembro 24, 2022, 09:23:29 pm

Nota-se o sucesso do "KACETE", pobres e mal agredecidos...Mas a culpa não é vossa, é de certos vermes que andam por cá e além mar....



Se foi por falta de agradecimento, agradeci sua mensagem.

Quanto a "pobres" creio que está dirigindo sua mensagem para a pessoa errada.

O sucesso do KC se deve a uma fábrica que é uma das 3 líderes mundiais em aeronaves.
Coisa pouca, né?
Vá lá e confronte o Ministério da Defesa da Holanda.

Vou confrontar todos os ministérios da defesa que escolheram ou usam o C-130J ou o A-400M.


É , eu lembro

No Parlamento, na semana passada, Mark François, ex-ministro da Defesa, disse: “Pagamos 2,6 bilhões de libras por uma aeronave com péssima confiabilidade, motores ruins, uma caixa de redução praticamente quebrada, hélices problemáticas, enormes problemas de vibração e uma incapacidade de lançar paraquedistas”.

https://www.aereo.jor.br/2019/07/15/somente-dois-dos-20-cargueiros-a400m-atlas-da-raf-podem-voar/

Boa noite desde já a todos no fórum.
Qualquer aeronave que seja lançada no mercado tem sempre problemas, o "grandioso" KC-390 não irá escapar, os problemas do A400M foram sempre conhecidos e está mais confiável que em 2019  e vindo de um ex-ministro da defesa da oposição do atual governo na altura ele falar como estavam as condições do A400M tem muito que se diga... espere mais um tempinho para o KC-390 ter mais unidades construídas, se tiver para começar a ter problemas...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 24, 2022, 11:20:58 pm
Não entendi. O pessoal que defendia o Super Tucano e que execrava o KC-390 agora mudou de lado?

O ST não precisa de porta de entrada na Europa, assim como o KC-390 nunca precisou. O Super Tucano, pela sua qualidade é operado por mais de uma dezena de países e líder global no seu ramo. Já o KC-390, que vocês tanto reclamam, vai servir as forças aéreas europeias por um bom tempo, com características superiores ao KC-130.

“A disponibilidade do C-390M é maior, a aeronave pontua melhor em uma série de requisitos operacionais e técnicos e requer menos manutenção”, afirmou o Ministério da Defesa da Holanda"

Se não fosse Portugal a Embraer arrumaria algo em qualquer país que tem um mínimo centro de manutenção. Sorte de vocês ter a OGMA, e não é sorte da Embraer. Quem compra, compra por requisitos. Vide países baixos.

Parem de achar que a Embraer precisa de Portugal para alguma coisa.  A terceira maior empresa no ramo de aviação civil do mundo dispensa esses comentários nacionalistas de vocês. Se não querem ST  e KC, muito bem. Reclamem lá no parlamento Europeu.

Claro que não vai entender nada. O seu único propósito neste Fórum é ser uma espécie de porta-voz pela Embraer. Imparcialidade é coisa que já ninguém espera de si.

E quem é que defendia o ST? E mesmo quem o defendia em determinada altura, não pode mudar de opinião, dada a realidade que se vive na Europa, ou mesmo a realidade financeira do país em que reside ou as suas necessidades? Qual é a parte de que COIN não é uma missão primária para a NATO a partir de 2022, que não entende? Que direito tem o senhor, enviado especial da Embraer, para vir opinar o que é melhor para umas FA de outro país com uma realidade completamente diferente da do seu, num contexto geopolítico e estratégico completamente diferente? Bom, opinar ainda pode, agora aziar porque a opção que apresenta não faz sentido para as nossas necessidades, é que é absurdo.

E poupe nas mentiras, a Embraer precisou de acesso aos fundos comunitários. E também precisou de parceiros para ajudar a financiar o projecto, e ainda para assegurar encomendas para evitar que fosse uma aeronave só para a FAB.
Não minta também acerca da Embraer não precisar de Portugal para ter a porta de entrada na Europa/NATO, que sabe muito bem que do ponto de vista do marketing, ter um produto comprado por países da NATO, equivale ao certo de "verified" do Instagram.

E não se esqueça, para já, só a Holanda é que comprou. O resto dos concursos, têm sido varridos por C-130J ou A-400M, e no futuro, juntar-se-á a concorrência do modelo médio da Airbus e do avião sul coreano.

Já o ST, é um bom avião, mas não é por isso que se adequa à realidade portuguesa. Os compradores têm sido países de terceiro mundo, e os EUA para uma missão de nicho, a maioria dos países europeus não precisa de uma aeronave COIN, que ainda por cima é inferior ao concorrente directo na missão de treino.

O único com discurso nacionalista/clubista é o senhor. Fanboys da Embraer que não sabem aceitar que, por vezes, o seu produto não é o melhor ou mais adequado para os outros.

E já agora, postou uma notícia acerca do A-400M não foi? E agora diga-me, o A-400 afinal já é comparável com o KC-390? Ou é só quando convém?

Pense um pouco. Boa noite.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Setembro 25, 2022, 01:39:49 am
Os bifes estão insatisfeitos com o A400 e vão comprar mais. Os zucas estão satisfeitíssimos com o kacete e vão comprar menos. É só artistas.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 25, 2022, 10:53:37 am
Apesar da questão ser para o que é que a FAP precisa de aviões deste género, tenho que perguntar, o que é que fazem mais do que o ST? São superiores para o que realmente serão usados (treino avançado)?

Eu também concordo que nao precisamos de aeronaves de ataque ligeiro nenhumas, apenas de treino.

E por o Super Tucano a treinar pilotos é de loucos!! O Super Tucano não tem qualquer capacidade de treino, ainda teria que ser desenvolvida.
Já para não falar que estar a por centenas de horas num avião de ataque saíria muito mais caro à FAP.

O T6 e AT6 são infinitamente superiores ao ST no que toca a manutenção, custos de ciclo de vida e custos de operação... E depois ainda podemos falar em capacidade de armamento (mais e melhores armas), aviónicos do A10 e F16, blindagem interna,  treino de pilotos (já referido) que dá até para o F35, mais autonomia, mais unidades produzidas (1000 T6), melhor performance do motor devido ao desenho da aeronave (permite inclusive acrobacia aérea), melhor acento ejectavel, melhor capacidade de operação em pistas de terra, etc etc 

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F09%2FAT6-looping.jpg&hash=7bc8190b4435e0a2c30e8d9515081670)

(https://cdn.airplane-pictures.net/images/uploaded-images/2017/2/27/861418.jpg)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 25, 2022, 11:31:12 am
Eu também concordo que nao precisamos de aeronaves de ataque ligeiro nenhumas, apenas de treino.

Plenamente de acordo.

E depois ainda podemos falar em capacidade de armamento (mais e melhores armas), aviónicos do A10 e F16, blindagem interna,  treino de pilotos (já referido) que dá até para o F35, mais autonomia, mais unidades produzidas (1000 T6), melhor performance do motor devido ao desenho da aeronave (permite inclusive acrobacia aérea), melhor acento ejectavel, melhor capacidade de operação em pistas de terra, etc etc 

Então afinal precisamos ou não de aeronaves de ataque ligeiro? Agora fiquei confuso... primeiro diz que não, depois diz que sim... ou essa regra só se aplica quando dá jeito a alguns e algumas empresas?

Pausa para compromisso publicitário, voltamos dentro de instantes. Não saia do seu lugar, sr. espectador. ::)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 25, 2022, 12:00:20 pm
Eu também concordo que nao precisamos de aeronaves de ataque ligeiro nenhumas, apenas de treino.

Plenamente de acordo.

E depois ainda podemos falar em capacidade de armamento (mais e melhores armas), aviónicos do A10 e F16, blindagem interna,  treino de pilotos (já referido) que dá até para o F35, mais autonomia, mais unidades produzidas (1000 T6), melhor performance do motor devido ao desenho da aeronave (permite inclusive acrobacia aérea), melhor acento ejectavel, melhor capacidade de operação em pistas de terra, etc etc 

Então afinal precisamos ou não precisamos de aeronaves de ataque ligeiro? Agora fiquei confuso... primeiro diz que não, depois diz que sim... ou essa regra só se aplica quando dá jeito a alguns e algumas empresas?

Pausa para compromisso publicitário, voltamos dentro de instantes. Não saia do seu lugar, sr. espectador. ::)

Aguardemos confortavelmente enquanto se coligem os apontamentos sobre as vantagens da Aeronave asa fixa A sobre a B e C e vice-versa, quando o que na realidade interessaria, e seria muito mais útil à FAP, seria ter uma dúzia, número mínimo, de Helis Médios para as missões, transporte tactico, Medevac, CSAR, SAR, CAS e até instrução.
Tendo em consideração a capacidade do Heli, de efectuar este, muito superior, leque de missões, comparativamente aos A29, AT6 e T6, por aqui mencionados, deveria ser suficiente para que os responsaveis, se o fossem, da FAP, optassem pelo heli e não pelos Asa Fixa cuja verba a dispender, adicionada aos 53 milhões, que andam aos trambolhões há uns anos, para os evakuativos, seria suficiente para mais de uma dúzia de Helis.

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: nelson38899 em Setembro 25, 2022, 01:49:53 pm
Eu continuo achar que precisamos de um avião para efectuar patrulhamento da nossa fronteira sul.

F16 não serve para ir atrás das avionetas dos traficantes de droga.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 25, 2022, 02:09:08 pm
Apesar da questão ser para o que é que a FAP precisa de aviões deste género, tenho que perguntar, o que é que fazem mais do que o ST? São superiores para o que realmente serão usados (treino avançado)?

Eu também concordo que nao precisamos de aeronaves de ataque ligeiro nenhumas, apenas de treino.

E por o Super Tucano a treinar pilotos é de loucos!! O Super Tucano não tem qualquer capacidade de treino, ainda teria que ser desenvolvida.

Já para não falar que estar a por centenas de horas num avião de ataque saíria muito mais caro à FAP.

O T6 e AT6 são infinitamente superiores ao ST no que toca a manutenção, custos de ciclo de vida e custos de operação... E depois ainda podemos falar em capacidade de armamento (mais e melhores armas), aviónicos do A10 e F16, blindagem interna,  treino de pilotos (já referido) que dá até para o F35, mais autonomia, mais unidades produzidas (1000 T6), melhor performance do motor devido ao desenho da aeronave (permite inclusive acrobacia aérea), melhor acento ejectavel, melhor capacidade de operação em pistas de terra, etc etc 

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwarriors.pt%2Fwp-content%2Fuploads%2F2022%2F09%2FAT6-looping.jpg&hash=7bc8190b4435e0a2c30e8d9515081670)

(https://cdn.airplane-pictures.net/images/uploaded-images/2017/2/27/861418.jpg)

Como assim?
A formação de pilotos brasileiros é feita no ST.


(https://i.ibb.co/c8W4XQf/A29-AT6.jpg) (https://imgbb.com/)
(https://i.ibb.co/w7stvN9/A29-AT6-2.jpg) (https://imgbb.com/)

É importante não confundir a beira da estrada com a Estrada da Beira
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 25, 2022, 02:58:03 pm
Tanto o ST como o T-6 servem para treino, mas o PC-21 está numa liga acima. COIN é a única vantagem que os dois primeiros têm face ao PC-21, o que deveria ser uma não questão dado que não é uma missão primária, e para desenrascar os hélis armados bastavam, ou em última instância, AC-295. Os UH-60, em configuração tipo "AH-60", faziam a missão COIN e muito mais, não havendo necessidade de ST ou AT-6.

A escolha do ST como avião de treino não faz sentido nenhum do ponto de vista logístico sequer, já que ninguém aqui perto de nós os usa. E numa altura em que se fala muito na interoperabilidade entre FA europeias, é só burrice à tuga ir pelo caminho oposto.

A ver vamos é se as coisas não ficam ainda piores, e se entretanto não nos é impingido o Gripen, e uns otários quaisquer no poder dizem que sim, sem qualquer consideração estratégica. Ou um MPA da Embraer em vez do P-8.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 25, 2022, 03:04:07 pm
Os bananas, continuam a apostar nas missões SOFT
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 25, 2022, 03:06:43 pm
Eu continuo achar que precisamos de um avião para efectuar patrulhamento da nossa fronteira sul.

Mas isso também pode ser feito com um helicóptero.

Que até era a hipótese que eu defendi na altura que se falou nessa situação.

Relembro que independentemente da velocidade e armamento da aeronave enviada para ir atrás das avionetas com droga, legalmente não é permitido abater-las (não estamos na América Latina), aqui o criminoso deve ser detido e presente a Tribunal, por isso acho um helicóptero com uma equipa da GNR ser uma boa solução, obrigava-se a avioneta a aterrar e era logo presa no momento pela GNR.

(https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQanyXbMFbsHsH18Onoy5iQXiY9HTeWx8ZOJg&usqp=CAU)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 25, 2022, 03:19:11 pm
Como diz o "Pescador", os bonecos, palhaços de circo, acham que os aviões a hélice são o futuro das missões....no preciso momento em que o mundo está a beira da 3º guerra mundial...Na Europa !
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 25, 2022, 05:48:41 pm
Tanto o ST como o T-6 servem para treino, mas o PC-21 está numa liga acima. COIN é a única vantagem que os dois primeiros têm face ao PC-21, o que deveria ser uma não questão dado que não é uma missão primária, e para desenrascar os hélis armados bastavam, ou em última instância, AC-295. Os UH-60, em configuração tipo "AH-60", faziam a missão COIN e muito mais, não havendo necessidade de ST ou AT-6.

A escolha do ST como avião de treino não faz sentido nenhum do ponto de vista logístico sequer, já que ninguém aqui perto de nós os usa. E numa altura em que se fala muito na interoperabilidade entre FA europeias, é só burrice à tuga ir pelo caminho oposto.

A ver vamos é se as coisas não ficam ainda piores, e se entretanto não nos é impingido o Gripen, e uns otários quaisquer no poder dizem que sim, sem qualquer consideração estratégica. Ou um MPA da Embraer em vez do P-8.

1- O PC-21 está numa liga acima porquê?

2- O COIN é a única razão para a vida do meio. Em lado algum dos planos da FAP estava a compra de um avião de treino.

3-Esta é uma compra de oportunidade, tal como foram os p-3, Leo, fragatas M, Tejo, etc. Ou vem este ou não vem nenhum.

4-Esta compra vai ser financiada provavelmente com as verbas do LPD. Sendo estas verbas das capacidades conjuntas. Serve o ST mais de que uma força? Eu diria que sim dá capacidade de formação a FAP e capacidade de ISR Armado ao Exercito e ainda vai participar nos combates aos fogos(provavelmente o único combate que vai fazer).

5-O custo de hora de voo e a indisponibilidade do UH-60 é muito superior ao do ST

6-A ideia é termos os dois meios a operar(UH-60+ST)em Africa, fazendo missões diferentes. Para as FA os meios são complementares e não concorrentes.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 25, 2022, 09:13:14 pm
4-Esta compra vai ser financiada provavelmente com as verbas do LPD. Sendo estas verbas das capacidades conjuntas. Serve o ST mais de que uma força? Eu diria que sim dá capacidade de formação a FAP e capacidade de ISR Armado ao Exercito e ainda vai participar nos combates aos fogos(provavelmente o único combate que vai fazer).

Diz-se que com a possível reactivação da UALE (nalguns círculos tida até como mais do que provável), os UH-60L/V que a deverão compôr também poderão ter como uma das missões secundárias o combate aos FF.

O ST no combate às chamas como? Usando GBU-12 como demonstraram os Gripen suecos há uns anos atrás? :mrgreen:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 25, 2022, 09:40:06 pm
4-Esta compra vai ser financiada provavelmente com as verbas do LPD. Sendo estas verbas das capacidades conjuntas. Serve o ST mais de que uma força? Eu diria que sim dá capacidade de formação a FAP e capacidade de ISR Armado ao Exercito e ainda vai participar nos combates aos fogos(provavelmente o único combate que vai fazer).

Diz-se que com a possível reactivação da UALE (nalguns círculos tida até como mais do que provável), os UH-60L/V que a deverão compôr também poderão ter como uma das missões secundárias o combate aos FF.

O ST no combate às chamas como? Usando GBU-12 como demonstraram os Gripen suecos há uns anos atrás? :mrgreen:

Usando o FLIR. :mrgreen:

Acho que grande parte das verbas libertadas do LPD vão para a compra de UH-60 quer para o Exercito quer para a FAP.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 25, 2022, 10:22:02 pm
4-Esta compra vai ser financiada provavelmente com as verbas do LPD. Sendo estas verbas das capacidades conjuntas. Serve o ST mais de que uma força? Eu diria que sim dá capacidade de formação a FAP e capacidade de ISR Armado ao Exercito e ainda vai participar nos combates aos fogos(provavelmente o único combate que vai fazer).

Diz-se que com a possível reactivação da UALE (nalguns círculos tida até como mais do que provável), os UH-60L/V que a deverão compôr também poderão ter como uma das missões secundárias o combate aos FF.

O ST no combate às chamas como? Usando GBU-12 como demonstraram os Gripen suecos há uns anos atrás? :mrgreen:

Usando o FLIR. :mrgreen:

Acho que grande parte das verbas libertadas do LPD vão para a compra de UH-60 quer para o Exercito quer para a FAP.

Está certo há que ser solidário, há que apostar nessa vertente de apoio aéreo tanto na FAP como no EXÉRCITO,  mas como não há verbas disponíveis nesses Ramos, há que usar verbas alocadas a aquisições de equipamentos da Marinha, pois no passado aconteceu o inverso a favor da Marinha!!!!  :bang:

Nos últimos três anos que investimentos foram feitos na Marinha ?
Os mesmos que na FAP, que estoirou em cinco helis de brincar mais cinco cargueiros tácticos 850 milhões ?
A Marinha que tem sido só o Ramo das FFAA, mais penalizado na última decada, como se a Marinha não necessitasse:
De Adquirir o AOR ;
De renovar a frota de LFC;
De utilizar parte dessa verba em armamento, sensores por exemplo para os NPO;
De reforçar a frota de lynx, à é verdade não tem FLIR, para o combate aos FF;
De adquirir mais misseis para as fragatas que ainda tem;
De novo armamento para os Fuzos.

Vão estes Irresponsáveis desviar esses milhões da Marinha para reactivar a UALE ??
Quando até o famoso portadrones do Picas foi financiado quase a 100% pelo PRR ?
Deve twr sido a moeda de troca do futuro PR, só pode.
Foda-se, que desviem a verba que vão estoirar nos A29 juntem-lhe os milhões dos evakuativos e usem-na na UALE, tenham vergonha, já metem nojo com estas jogatanas há mais de dez anos foi a UALE, e nem vergonha tem depois de terem esbanjado 140 milhões em ZERO helis, hoje torna a ser a UALE, estas Altas chefias Militares nem sabem o que querem.

Invistam na Marinha, mas a sério, pois é o RAMO das FFAA prioritário para a Defesa Nacional, deixem-se de brincadeiras e pensem seriamente, façam um planeamento sério quanto às necessidades de meios para a Defesa !

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 25, 2022, 10:35:46 pm
Eu também concordo que nao precisamos de aeronaves de ataque ligeiro nenhumas, apenas de treino.

Plenamente de acordo.

E depois ainda podemos falar em capacidade de armamento (mais e melhores armas), aviónicos do A10 e F16, blindagem interna,  treino de pilotos (já referido) que dá até para o F35, mais autonomia, mais unidades produzidas (1000 T6), melhor performance do motor devido ao desenho da aeronave (permite inclusive acrobacia aérea), melhor acento ejectavel, melhor capacidade de operação em pistas de terra, etc etc 

Então afinal precisamos ou não de aeronaves de ataque ligeiro? Agora fiquei confuso... primeiro diz que não, depois diz que sim... ou essa regra só se aplica quando dá jeito a alguns e algumas empresas?

Pausa para compromisso publicitário, voltamos dentro de instantes. Não saia do seu lugar, sr. espectador. ::)

Não precisamos de avioes de ataque ligeiro, mas precisamos de aviões de treino.
Ou seja não precisamos de AT6 ou ST, mas precisamos de T6c Texan II ou equivalente...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 25, 2022, 10:42:05 pm

1- O PC-21 está numa liga acima porquê?

2- O COIN é a única razão para a vida do meio. Em lado algum dos planos da FAP estava a compra de um avião de treino.

3-Esta é uma compra de oportunidade, tal como foram os p-3, Leo, fragatas M, Tejo, etc. Ou vem este ou não vem nenhum.

4-Esta compra vai ser financiada provavelmente com as verbas do LPD. Sendo estas verbas das capacidades conjuntas. Serve o ST mais de que uma força? Eu diria que sim dá capacidade de formação a FAP e capacidade de ISR Armado ao Exercito e ainda vai participar nos combates aos fogos(provavelmente o único combate que vai fazer).

5-O custo de hora de voo e a indisponibilidade do UH-60 é muito superior ao do ST

6-A ideia é termos os dois meios a operar(UH-60+ST)em Africa, fazendo missões diferentes. Para as FA os meios são complementares e não concorrentes.

1- Em performance é claramente uma aeronave superior, principalmente para quem quer formar pilotos de caça.

2- COIN é uma desculpa esfarrapada, para um país que não tem dinheiro para ter meios especializados. Se helicópteros cumprem a missão, para quê ter 2 meios distintos em África? E não se percebe, se não estava nos planos, porque é que a verba que será alocada, não é usada para outras coisas que de facto estavam nos planos. Ou assim que surge uma compra de oportunidade, atiram-se os planos pela janela?

3- Compra de oportunidade com muitos pontos de interrogação há mistura, desde logo o estado das células. Houve outras compras de oportunidade às quais se fecha o olho, mas esta, por algum milagre, já vai para a frente. Um dos Wave também seria uma compra de oportunidade, no entanto o argumento de quem solta a verba é que não dava para alterar a LPM, e só estava planeado investimento para 2027.  ::)

4- O F-16 também serve mais que uma força, sendo uma das suas missões apoio aéreo próximo. O C-295 também apoia o Exército, no lançamento de paraquedistas, o Merlin também apoia no transporte de pessoal e cargas. Isto são três meios distintos, que beneficiam directamente o Exército e até se pode dizer os 3 ramos, e não recebem qualquer benefício (investimento) por isso. Mas o ST, já tem direito, apesar de só servir o Exército em missões de baixa intensidade, enquanto que os restantes meios, sem o investimento que mereciam, já têm que cumprir todo o leque de missões, de baixa a alta intensidade?
E Combate aos Fogos? Só se for para reconhecimento, o que para isso, tal como ISR, os UAVs são muito mais adequados.

5- Boa, um pontinho a favor do ST. Mas a disponibilidade de UAVs também é superior à dos ST, tal como o custo de hora de voo é inferior, já que mencionas ISR.

6- Isso sei eu, a diferença é que terás UH-60 desarmados, totalmente dependentes dos ST. És obrigado a ter 2 meios distintos em operação (o que não acontecia se simplesmente reforçasses o número de helicópteros). E depois, o "elefante na sala", é que o UH-60 podes usar para um eventual conflito convencional, enquanto o ST, por ser inútil em guerra convencional, vai ficar a apanhar banhos de sol em Beja.

Já sei a resposta "mas com o PC-21, seria igual":
Ao menos o PC-21 substituía-te toda a linhagem de aviões de treino, com performance superior e custos inferiores ao ST, com comunalidade com os aliados, e não precisavas de adquirir aeronaves excedentárias para COIN. Já o ST, com apenas 12, só consegues substituir o Alpha Jet, e com unidades para serem destacadas para missões COIN lá fora, as restante para treino têm que fazer horas extraordinárias, o que leva ao desgaste das células mais depressa (deve ser esse o plano, para obrigarem a comprar mais ST ao fim de 10 anos). No fim, continuas com Chipmunk, continuas com o TB-30, mais o ST, com os custos que isso acarreta, só porque tiveram a pancada do COIN, quando podias substituir tudo pelo PC-21 (nem que o TB-30 ficasse no lugar do Chipmunk).

Se por ventura quiserem ainda uma aeronave de treino com capacidade de combate, seja para baixa intensidade, seja para os níveis acima, então é M-346 ou T-50 ou T-7, que ao menos ainda teriam utilidade num conflito a sério.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 25, 2022, 11:43:17 pm

1- O PC-21 está numa liga acima porquê?

2- O COIN é a única razão para a vida do meio. Em lado algum dos planos da FAP estava a compra de um avião de treino.

3-Esta é uma compra de oportunidade, tal como foram os p-3, Leo, fragatas M, Tejo, etc. Ou vem este ou não vem nenhum.

4-Esta compra vai ser financiada provavelmente com as verbas do LPD. Sendo estas verbas das capacidades conjuntas. Serve o ST mais de que uma força? Eu diria que sim dá capacidade de formação a FAP e capacidade de ISR Armado ao Exercito e ainda vai participar nos combates aos fogos(provavelmente o único combate que vai fazer).

5-O custo de hora de voo e a indisponibilidade do UH-60 é muito superior ao do ST

6-A ideia é termos os dois meios a operar(UH-60+ST)em Africa, fazendo missões diferentes. Para as FA os meios são complementares e não concorrentes.

1- Em performance é claramente uma aeronave superior, principalmente para quem quer formar pilotos de caça.

2- COIN é uma desculpa esfarrapada, para um país que não tem dinheiro para ter meios especializados. Se helicópteros cumprem a missão, para quê ter 2 meios distintos em África? E não se percebe, se não estava nos planos, porque é que a verba que será alocada, não é usada para outras coisas que de facto estavam nos planos. Ou assim que surge uma compra de oportunidade, atiram-se os planos pela janela?

3- Compra de oportunidade com muitos pontos de interrogação há mistura, desde logo o estado das células. Houve outras compras de oportunidade às quais se fecha o olho, mas esta, por algum milagre, já vai para a frente. Um dos Wave também seria uma compra de oportunidade, no entanto o argumento de quem solta a verba é que não dava para alterar a LPM, e só estava planeado investimento para 2027.  ::)

4- O F-16 também serve mais que uma força, sendo uma das suas missões apoio aéreo próximo. O C-295 também apoia o Exército, no lançamento de paraquedistas, o Merlin também apoia no transporte de pessoal e cargas. Isto são três meios distintos, que beneficiam directamente o Exército e até se pode dizer os 3 ramos, e não recebem qualquer benefício (investimento) por isso. Mas o ST, já tem direito, apesar de só servir o Exército em missões de baixa intensidade, enquanto que os restantes meios, sem o investimento que mereciam, já têm que cumprir todo o leque de missões, de baixa a alta intensidade?
E Combate aos Fogos? Só se for para reconhecimento, o que para isso, tal como ISR, os UAVs são muito mais adequados.

5- Boa, um pontinho a favor do ST. Mas a disponibilidade de UAVs também é superior à dos ST, tal como o custo de hora de voo é inferior, já que mencionas ISR.

6- Isso sei eu, a diferença é que terás UH-60 desarmados, totalmente dependentes dos ST. És obrigado a ter 2 meios distintos em operação (o que não acontecia se simplesmente reforçasses o número de helicópteros). E depois, o "elefante na sala", é que o UH-60 podes usar para um eventual conflito convencional, enquanto o ST, por ser inútil em guerra convencional, vai ficar a apanhar banhos de sol em Beja.

Já sei a resposta "mas com o PC-21, seria igual":
Ao menos o PC-21 substituía-te toda a linhagem de aviões de treino, com performance superior e custos inferiores ao ST, com comunalidade com os aliados, e não precisavas de adquirir aeronaves excedentárias para COIN. Já o ST, com apenas 12, só consegues substituir o Alpha Jet, e com unidades para serem destacadas para missões COIN lá fora, as restante para treino têm que fazer horas extraordinárias, o que leva ao desgaste das células mais depressa (deve ser esse o plano, para obrigarem a comprar mais ST ao fim de 10 anos). No fim, continuas com Chipmunk, continuas com o TB-30, mais o ST, com os custos que isso acarreta, só porque tiveram a pancada do COIN, quando podias substituir tudo pelo PC-21 (nem que o TB-30 ficasse no lugar do Chipmunk).

Se por ventura quiserem ainda uma aeronave de treino com capacidade de combate, seja para baixa intensidade, seja para os níveis acima, então é M-346 ou T-50 ou T-7, que ao menos ainda teriam utilidade num conflito a sério.
Vamos simplificar,

Entre os ST e nada o que preferes?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 25, 2022, 11:59:20 pm
Uma política de defesa a sério, racional, com base na nossa realidade e que não é influenciada por vontades de terceiros. Com uma política de defesa a sério, e que não se resume a empurrar com a barriga, os PC-21 já tinham sido encomendados no momento em que a escola internacional falhou. Com uma política de defesa a sério já tinha surgido verba para colmatar as lacunas mais gritantes, e não apenas para a compra de STs.

O que não faz sentido, é a LPM ser inalterável, excepto quando é para adquirir produtos aos amigos. Quantas vezes se falou da necessidade X ou Y, e o argumento era sempre "não está previsto na LPM, só depois de 20##"?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 26, 2022, 03:39:34 pm
Até o Brasil quer comprar o T-7.

E o P-8A Poseidon.

Para nós chega bem o Super Tucano e o "Sea Kacete", quando a Embraer decidir desenvolver este último. Pobres, como escrevia o outro um dia destes, ou melhor, pobres de espírito não merecem muito mais do que isso. ::)

A respeito do ST:
Citar
(...) The Brazilian Air Force has been prospecting the market in search of a new advanced training aircraft, a mission that currently belongs to the A-29 Super Tucano turboprop.

In April of this year, Brigadier Baptista Junior himself was in Italy to evaluate Leonardo’s M-346 Master jet. At the invitation of Boeing, Baptista Junior will also soon test the new Boeing-Saab jet and visit the facilities where the aircraft is assembled, in Saint Louis, United States.

https://www.airdatanews.com/brazilian-air-force-shows-interest-in-boeings-t-7a-red-hawk-and-p-8-poseidon/
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 26, 2022, 04:07:32 pm
Lá está, o ST dá bem para fazer treino avançado para os pilotos que vão transitar para F-5. Mas dada a diferença de performance e
salto tecnológico que o Gripen representa face ao F-5, dificilmente o ST conseguiria dar conta do recado, sem no mínimo receber um pesado update.

Agora imagine-se ficarmos dependentes do ST para formar pilotos para o sempre monolugar F-35. Lá vamos nós ter que ir comprar outra aeronave de treino.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 27, 2022, 12:07:38 am
Lá está, o ST dá bem para fazer treino avançado para os pilotos que vão transitar para F-5. Mas dada a diferença de performance e
salto tecnológico que o Gripen representa face ao F-5, dificilmente o ST conseguiria dar conta do recado, sem no mínimo receber um pesado update.

Agora imagine-se ficarmos dependentes do ST para formar pilotos para o sempre monolugar F-35. Lá vamos nós ter que ir comprar outra aeronave de treino.

Tanto os italianos como os gregos compraram PC-21 + M-346.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Setembro 27, 2022, 12:35:18 pm
Tanto os italianos como os gregos compraram PC-21 + M-346.

O Pilatus não, mas o M/T-346 sim.

Componente de treino de ambos os países:

Itália: SF.260 :arrow: MB-339 :arrow: T-345A :arrow: T-346A

Grécia: P-2002 :arrow: T-2E Buckeye :arrow: T-6A Texan II :arrow: M-346A
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 27, 2022, 01:19:49 pm
Tanto os italianos como os gregos compraram PC-21 + M-346.

O Pilatus não, mas o M/T-346 sim.

Componente de treino de ambos os países:

Itália: SF.260 :arrow: MB-339 :arrow: T-345A :arrow: T-346A

Grécia: P-2002 :arrow: T-2E Buckeye :arrow: T-6A Texan II :arrow: M-346A

Mau...
Mas o PC-21 não era o único que era bom para formação?
Não era o que era adotado por toda a Europa?

 :mrgreen:

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Setembro 27, 2022, 03:47:47 pm
O T6C leva 6 pontos para armas. Bastava para mandar uns tiros na RCA.

https://defense.txtav.com/en/t-6c (https://defense.txtav.com/en/t-6c)

Citar
Total Hardpoints    6

NATO Standard Weapons Stations    6


(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.aviationcorner.net%2Fpublic%2Fphotos%2F2%2F2%2Favc_00421622.jpg&hash=4ab7e37ce3717fae6a750a508677fe8c)

Saudações

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 27, 2022, 04:35:01 pm
Tanto os italianos como os gregos compraram PC-21 + M-346.

O Pilatus não, mas o M/T-346 sim.

Componente de treino de ambos os países:

Itália: SF.260 :arrow: MB-339 :arrow: T-345A :arrow: T-346A

Grécia: P-2002 :arrow: T-2E Buckeye :arrow: T-6A Texan II :arrow: M-346A

Mau...
Mas o PC-21 não era o único que era bom para formação?
Não era o que era adotado por toda a Europa?

 :mrgreen:

Ninguém disse que o PC-21 era o único, mas é o melhor na função, tendo uma capacidade para substituir parcialmente ou totalmente aeronaves de treino avançado a jacto, como fez em França. Ou é daqueles situações em que quando convém para o argumento, os franceses é que sabem, mas quando não convém, não percebem nada.

Mas aí pergunto, com base nos dois exemplos dados, da Grécia e Itália: fazia algum sentido a FAP ter tantos modelos? Principalmente quando a ideia é reduzir custos com a vertente de treino, para sobrar para a vertente operacional?

E o que defendes então? ST + M-346? Sabendo que o ST é demasiado caro para a função do TB-30, há aeronaves melhores para essa função? E com que dinheiro é que compras o M-346? Cai do céu, na mesma altura que tem que cair para substituir os F-16 e fragatas? Ou como passaríamos a ter ST armados e M-346 armados, substituíam os F-16?

Estou a ver que a conversa do ST deixou a malta toda iludida, de um futuro com ST armados + M-346 potencialmente armados + caças novos. De umas FA pacíficas, para uma micro potência num estalar de dedos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Setembro 27, 2022, 07:35:41 pm
Presumo que será: ST, simuladores, F-16 ou F-35.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 27, 2022, 09:49:52 pm
Tanto os italianos como os gregos compraram PC-21 + M-346.

O Pilatus não, mas o M/T-346 sim.

Componente de treino de ambos os países:

Itália: SF.260 :arrow: MB-339 :arrow: T-345A :arrow: T-346A

Grécia: P-2002 :arrow: T-2E Buckeye :arrow: T-6A Texan II :arrow: M-346A

Mau...
Mas o PC-21 não era o único que era bom para formação?
Não era o que era adotado por toda a Europa?

 :mrgreen:

Ninguém disse que o PC-21 era o único, mas é o melhor na função, tendo uma capacidade para substituir parcialmente ou totalmente aeronaves de treino avançado a jacto, como fez em França. Ou é daqueles situações em que quando convém para o argumento, os franceses é que sabem, mas quando não convém, não percebem nada.

Mas aí pergunto, com base nos dois exemplos dados, da Grécia e Itália: fazia algum sentido a FAP ter tantos modelos? Principalmente quando a ideia é reduzir custos com a vertente de treino, para sobrar para a vertente operacional?

E o que defendes então? ST + M-346? Sabendo que o ST é demasiado caro para a função do TB-30, há aeronaves melhores para essa função? E com que dinheiro é que compras o M-346? Cai do céu, na mesma altura que tem que cair para substituir os F-16 e fragatas? Ou como passaríamos a ter ST armados e M-346 armados, substituíam os F-16?

Estou a ver que a conversa do ST deixou a malta toda iludida, de um futuro com ST armados + M-346 potencialmente armados + caças novos. De umas FA pacíficas, para uma micro potência num estalar de dedos.

Acho que estás muito focado na formação. O ST vem para dar apoio a tropa em missões em África. Poder ser usado para a formação de pilotos é um extra.

Não estava previsto na FAP a vinda de um avião para o treinamento de pilotos. A ideia era a compra de horas. A ideia de virem aviões de treino veio com a escola internacional. E ai os aviões iam ser dos privados.

Um das propostas era ST+M346(Israel), por isso não era nada de novo.

Mas antes de pensarmos em M-346 ou T-7, primeiro é preciso escolher o próximo caça. Pois se a escolha for o F-35 este tipo de aviões de treinamento ficam mais relevantes.

Os Franceses tem Rafale de conversão.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 27, 2022, 11:03:22 pm
Acho que estás muito focado na formação. O ST vem para dar apoio a tropa em missões em África. Poder ser usado para a formação de pilotos é um extra.

Não estava previsto na FAP a vinda de um avião para o treinamento de pilotos. A ideia era a compra de horas. A ideia de virem aviões de treino veio com a escola internacional. E ai os aviões iam ser dos privados.

Um das propostas era ST+M346(Israel), por isso não era nada de novo.

Mas antes de pensarmos em M-346 ou T-7, primeiro é preciso escolher o próximo caça. Pois se a escolha for o F-35 este tipo de aviões de treinamento ficam mais relevantes.

Os Franceses tem Rafale de conversão.

Então mas aqui há dias não era ao contrário? Adquirir os ST como aeronaves de treino como a sua missão principal, e o COIN ser um acréscimo?  :mrgreen:

Já anda tudo trocado, a ver se o ST cola.

Resumindo, não existe, nem nunca existiu, a necessidade de um meio para COIN puro, e essa função nos actuais TOs em África, pode muito bem ser desempenhada por helicópteros armados, e que são muito mais versáteis para outras missões nacionais e internacionais.

E se há tantas dúvidas quanto à missão de treino, e esta depender do caça do futuro, então a solução mais lógica é... o PC-21, dado que partilha a logística com os vizinhos do lado, e dos vizinhos imediatamente a Norte deles, apresenta a vantagem da interoperabilidade, e pode substituir temporariamente tanto os AJ, como os TB-30. Logo que se viesse a adquirir o F-35, aí equacionava-se, quiçá, uma escola conjunta com os espanhóis, ou a aquisição de um jacto de treino caso se justifique. Ao vir o ST, vai ter que se manter os TB-30 e os Chipmunk, e a dúvida mantém-se quanto ao futuro do treino avançado na FAP.

Sem ser o "é Embraer", alguma razão para adquirir o ST? Parece-me que não.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 27, 2022, 11:22:37 pm
Acho que estás muito focado na formação. O ST vem para dar apoio a tropa em missões em África. Poder ser usado para a formação de pilotos é um extra.

Não estava previsto na FAP a vinda de um avião para o treinamento de pilotos. A ideia era a compra de horas. A ideia de virem aviões de treino veio com a escola internacional. E ai os aviões iam ser dos privados.

Um das propostas era ST+M346(Israel), por isso não era nada de novo.

Mas antes de pensarmos em M-346 ou T-7, primeiro é preciso escolher o próximo caça. Pois se a escolha for o F-35 este tipo de aviões de treinamento ficam mais relevantes.

Os Franceses tem Rafale de conversão.

Então mas aqui há dias não era ao contrário? Adquirir os ST como aeronaves de treino como a sua missão principal, e o COIN ser um acréscimo?  :mrgreen:

Já anda tudo trocado, a ver se o ST cola.

Resumindo, não existe, nem nunca existiu, a necessidade de um meio para COIN puro, e essa função nos actuais TOs em África, pode muito bem ser desempenhada por helicópteros armados, e que são muito mais versáteis para outras missões nacionais e internacionais.

E se há tantas dúvidas quanto à missão de treino, e esta depender do caça do futuro, então a solução mais lógica é... o PC-21, dado que partilha a logística com os vizinhos do lado, e dos vizinhos imediatamente a Norte deles, apresenta a vantagem da interoperabilidade, e pode substituir temporariamente tanto os AJ, como os TB-30. Logo que se viesse a adquirir o F-35, aí equacionava-se, quiçá, uma escola conjunta com os espanhóis, ou a aquisição de um jacto de treino caso se justifique. Ao vir o ST, vai ter que se manter os TB-30 e os Chipmunk, e a dúvida mantém-se quanto ao futuro do treino avançado na FAP.

Sem ser o "é Embraer", alguma razão para adquirir o ST? Parece-me que não.

O que temos é o CEMGFA a ir a TV e dizer que Portugal precisa de "helicópteros para apoio aéreo e aeronaves a hélice para poderem operar em teatros africanos"

Depois tivemos noticias do Brasil a dizer que havia interesse nos ST.

Depois tivemos a confirmação por parte de membros do fórum em que eu confio que estes meios vinham.

Em nada disto tem a ver com a formação de pilotos.

Isso é algo da malta das más línguas.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Setembro 28, 2022, 04:12:33 am
Oh Red Baron, sinceramente, há um pequeno detalhe que não me sai da cabeça: sempre, mas sempre, que alguém advoga uma aquisição de ocasião, tu és o primeiro a saltar com o argumento do “não está contemplado na LPM”. Nunca falha! És, sem dúvida, o maior defensor da LPM que anda por aqui. No entanto, desta vez ignoras olimpicamente a LPM, ou dizes que está em reavaliação. Simplesmente não questionas nada. Estranho, não?  :conf:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Luso em Setembro 28, 2022, 08:27:06 am
Há um canal no youtube (Avgas) acerca de uma parceria recente de uma empresa portuguesa (GMV) e a Embraer destinada ao upgrade da eletrónica e aviónicos do ST. Sinal do que aí vem?
https://www.gmv.com/pt-pt/setores/aeronautica
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 28, 2022, 09:45:25 am
Há um canal no youtube (Avgas) acerca de uma parceria recente de uma empresa portuguesa (GMV) e a Embraer destinada ao upgrade da eletrónica e aviónicos do ST. Sinal do que aí vem?
https://www.gmv.com/pt-pt/setores/aeronautica

Portuguesa?

SPAIN
Headquarters
Isaac Newton 11 P.T.M. Tres Cantos - 28760 Madrid
Tel.: +34 91 807 21 00 Fax: +34 91 807 21 99
Santiago Grisolía, 4 P.T.M. Tres Cantos - 28760 Madrid
Tel.: 91 807 21 00 Fax: 91 807 21 99
Juan de Herrera No. 17 P.T.Boecillo - 47151 Valladolid
Tel.: +34 983 54 65 54 Fax: +34 983 54 65 53
Andrés Laguna, n.º 9-11. P.T.B. - 47151 Boecillo, Valladolid
Tel.: 98 354 65 54 Fax: 98 354 65 53
Albert Einstein, s/n 5ª Planta, Módulo 2 Edificio Insur Cartuja - 41092 Seville
Tel.: +34 95 408 80 60 Fax.: +34 95 408 12 33
Edificio Nova Gran Via, Avda. de la Granvia 16-20, 2ª planta
Hospitalet de Llobregat, 08902 Barcelona
Tel.: +34 932 721 848 Fax: +34 932 156 187
Mas Dorca 13, Nave 5 Pol. Ind. L’Ametlla Park
L’Ametlla del Vallés - 08480 Barcelona
Tel.: +34 93 845 79 00 - +34 93 845 79 10 Fax: + 34 93 781 16 61
Edificio Sorolla Center, Nivel 1 Local 7, Av. Cortes
Valencianas, 58 - 46015 Valencia
Tel.: +34 963 323 900 Fax: +34 963 323 901
Parque Empresarial Dinamiza. Avda. Ranillas, 1D - Edificio Dinamiza 1D,
planta 3ª, oficinas B y C - 50018 Zaragoza
Tel.: +34 976 50 68 08 Fax: +34 976 74 08 09



BELGIUM
Rue Belliard, 40 - Bureau No. 117 1040 Brussels
Ph.: +32 278632 25
COLOMBIA
St. 81 no. 11-08 Plant 05 - Office 05-120, 110221 Bogotá
Ph.: +57 3208073919
FRANCE
17, rue Hermès - 31520 Ramonville St. Agne. Toulouse
Ph.: +33 (0) 534314261 Fax: +33 (0) 562067963
GERMANY
Münchener Straße 20 - 82234 Weßling
Ph.: +49 (0) 8153 28 1822 Fax: +49 (0) 8153 28 1885
Friedrichshafener Straße 7 - 82205 Gilching
Ph.: +49 (0) 8105 77670 160 Fax: +49 (0) 8153 28 1885
Europaplatz 2, 5. OG, D-64293 Darmstadt
Ph.: +49 (0) 6151 3972970 Fax: +49 (0) 6151 8609415
MALAYSIA
Level 8, Pavilion KL 168, Jalan Bukit Bintang, 55100 Kuala Lumpur
Ph.: (+603) 9205 8440 Fax: (+603) 9205 7788
POLAND
Ul. Hrubieszowska 2, 01-209 Warsaw
Ph.: +48 22 395 51 65 Fax: +48 22 395 51 67
PORTUGAL
Alameda dos Oceanos, 115, 1990-392 Lisbon
Ph.: +351 21 382 93 66 Fax: +351 21 386 64 93

ROMANIA
SkyTower, 246C Calea Floreasca, 32nd Floor, District 1, postal code 014476,
Bucharest
Ph.: +40 318 242 800 Fax: +40 318 242 801
UNITED KINGDOM
GMV NSL
Airspeed 2. Eight Street, Harwell Science and Innovation
Campus, Didcot, Oxfordshire OX11 0RL
GMV NSL
Sir Colin Campbell Building. Innovation Park. Triumph Road
Nottingham NG7 2TU
Ph: +44 (0) 1157486800 Fax: +44 (0) 1159682961
USA
2400 Research Blvd, Ste 390 Rockville, MD 20850
Ph.: +1 (240) 252-2320 Fax: +1 (240) 252-2321
523 W 6th St Suite 444 Los Angeles, 90014
Ph.: +1 (310) 728-6997 Fax: +1 (310) 734-6831
15503 W. Hardy Road Houston, Texas 77060


 :arrow:  https://www.google.com/maps/place/Alameda+dos+Oceanos+115,+1990-392/@38.7847214,-9.0985525,127a,35y,180.37h,45t/data=!3m1!1e3!4m5!3m4!1s0xd1931f681b0714b:0x7f389515da8f1491!8m2!3d38.7834778!4d-9.0985213

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Luso em Setembro 28, 2022, 11:19:30 am
Martelo, vendo a notícia conforme me foi vendida.
Eu nunca tinha ouvido falar de tal empresa com 2000 e tal trabalhadores...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 28, 2022, 12:43:42 pm
O que temos é o CEMGFA a ir a TV e dizer que Portugal precisa de "helicópteros para apoio aéreo e aeronaves a hélice para poderem operar em teatros africanos"

Depois tivemos noticias do Brasil a dizer que havia interesse nos ST.

Depois tivemos a confirmação por parte de membros do fórum em que eu confio que estes meios vinham.

Em nada disto tem a ver com a formação de pilotos.

Isso é algo da malta das más línguas.

Quanto mais tentam defender a compra do ST, mais se enterram.  :mrgreen:

Lá está, vai-se comprar uma aeronave dedicada a COIN que não precisamos, e cuja missão de treino é dada como secundária.

Mais gritante ainda, é quando temos um CEMGFA a especificar um tipo de aeronave "a hélice de asa fixa para apoiar em teatros africanos", sabendo desde logo que a única aeronave apresentada com estas características é o ST. A haver realmente necessidade disso (coisa que não há), teria sido aberto concurso, da mesma forma que se abriu para os hélis de evacuação (concurso este criado a pensar nas missões em África). Coincidências.

Não existe argumento a fazer da compra do ST, e sabem disso. É pior que alguns concorrentes para a função de treino (e ao contrário do PC-21, nem consegue substituir o TB-30, obrigando a FAP a manter 3 aeronaves de treino a hélice), como é desnecessário quando a missão COIN é secundária, e pode/deve ser realizada por helicópteros, que podem ser usados em N outras missões e TOs.

O que a FAP devia ter era o PC-21 para substituir o Alpha Jet e TB-30 (um modelo substitui dois), o TB-30 passar para o lugar do Chipmunk, e para as missões em África reforçar a verba dos helicópteros para permitir adquirir 12 pelo menos, e armá-los como deve ser. A compra do ST vai apenas obrigar a manter 3 aeronaves de treino a hélice e vai obrigar a que sejam na mesma comprados os helicópteros. É fazer as contas dos modelos de aeronaves entre as duas opções, e aí vai dar para perceber muito facilmente qual compensa mais.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Setembro 28, 2022, 12:53:43 pm
o PC-21, dado que partilha a logística com os vizinhos do lado, e dos vizinhos imediatamente a Norte deles.

E isso na prática significa o quê? Os PC-21 acho que não fazem missões operacionais, não se vai criar nenhuma força conjunta de vários paises (como o F-16 MLU).
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 28, 2022, 01:07:56 pm
Oh Red Baron, sinceramente, há um pequeno detalhe que não me sai da cabeça: sempre, mas sempre, que alguém advoga uma aquisição de ocasião, tu és o primeiro a saltar com o argumento do “não está contemplado na LPM”. Nunca falha! És, sem dúvida, o maior defensor da LPM que anda por aqui. No entanto, desta vez ignoras olimpicamente a LPM, ou dizes que está em reavaliação. Simplesmente não questionas nada. Estranho, não?  :conf:

Só te esqueceste do argumento que também passou a ser usado recentemente: não se vai comprar nada porque se está à espera do novo conceito estratégico da NATO. Excepto o ST, que é dos poucos meios militares que é garantido que não está no dito conceito estratégico.

o PC-21, dado que partilha a logística com os vizinhos do lado, e dos vizinhos imediatamente a Norte deles.

E isso na prática significa o quê? Os PC-21 acho que não fazem missões operacionais, não se vai criar nenhuma força conjunta de vários paises (como o F-16 MLU).

Significa que na hora de comprar peças de reposição, podes comprar por um menor preço ao comprar em conjunto com os restantes operadores. Também na possibilidade de criar uma escola conjunta, facilita ter aeronaves em comum com os países que possam participar. Uma escola que podia começar com Portugal e Espanha, e eventualmente entrar França, Bélgica e Holanda (estes dois últimos mais tarde ou mais cedo terão que arranjar novas aeronaves de treino).

Ao comprares o ST, que mais ninguém usa (na Europa), estás sozinho, nem faz sentido a criação de qualquer escola por teres uma aeronave completamente diferente de todos os outros, e que ainda por cima é pior para treino.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Cabeça de Martelo em Setembro 28, 2022, 03:07:05 pm
Martelo, vendo a notícia conforme me foi vendida.
Eu nunca tinha ouvido falar de tal empresa com 2000 e tal trabalhadores...

Eu também não, foi por isso que pesquisei e percebi que era uma multinacional Espanhola.

Verdade seja dita, neste momento temos o Grupo Thales com a Thales Portugal com o seu Centro de Inovação em Portugal e a Edisoft (acionista maioritário).

Temos o Grupo Airbus com a sua Fábrica recentemente inaugurada.


Temos a Embraer com as OGMA.

Temos a Aernnova com as duas fábricas de componentes em Évora.

Temos a Caetano Aeronautic com uma fábrica de componentes.


São quase 20000 pessoas a trabalhar no setor em Portugal. Que venha mais!!!
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 28, 2022, 04:04:51 pm
A Airbus vai abrir um centro de engenharia em Coimbra, com 300 Eng, toca a comprar 3 A-400M !
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Setembro 28, 2022, 07:04:55 pm
Martelo, vendo a notícia conforme me foi vendida.
Eu nunca tinha ouvido falar de tal empresa com 2000 e tal trabalhadores...

Eu também não, foi por isso que pesquisei e percebi que era uma multinacional Espanhola.

Verdade seja dita, neste momento temos o Grupo Thales com a Thales Portugal com o seu Centro de Inovação em Portugal e a Edisoft (acionista maioritário).

Temos o Grupo Airbus com a sua Fábrica recentemente inaugurada.


Temos a Embraer com as OGMA.

Temos a Aernnova com as duas fábricas de componentes em Évora.

Temos a Caetano Aeronautic com uma fábrica de componentes.


São quase 20000 pessoas a trabalhar no setor em Portugal. Que venha mais!!!

Vinte mil a trabalhar nessas cinco unidades ??
Parecem-me demais, não serão antes dois mil ??

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: ACADO em Setembro 28, 2022, 07:11:22 pm

O futuro são Helicopteros armados, não temos dinheiro para esbanjar em outros projectos

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 28, 2022, 09:32:32 pm
Oh Red Baron, sinceramente, há um pequeno detalhe que não me sai da cabeça: sempre, mas sempre, que alguém advoga uma aquisição de ocasião, tu és o primeiro a saltar com o argumento do “não está contemplado na LPM”. Nunca falha! És, sem dúvida, o maior defensor da LPM que anda por aqui. No entanto, desta vez ignoras olimpicamente a LPM, ou dizes que está em reavaliação. Simplesmente não questionas nada. Estranho, não?  :conf:

Não tem nada de estranho.
Existiam verbas para o LPD na LPM para o quadriénio  2023-2026 que a meu ver mal a Marinha não vai utilizar. Logo parece-me lógico que essas verbas vão para outros projectos. Como os helicopteros para o Exercito. Se uma forma de compensação para a FAP for o ST não me parece mal.

Neste caso não foi matar um projecto da LPM para fazer uma aquisição de oportunidade. Foi o CEMA a matar um projecto por razões filosóficas o que abriu verbas para novos projectos.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 28, 2022, 10:08:34 pm
Foi matar um projecto que não se justifica numa Marinha aos cacos, e que nem as fragatas consegue ter em condições. Ao vir um LPD, a situação no resto da Marinha não ia melhorar, não sem haver grande mudança.
Projecto esse que também seria impossível concretizar com apenas 150 milhões orçamentados. Não consegues fazer nenhum LPD na Europa por esse valor.

Entretanto, essa verba da LPM para o LPD, já que a LPM é afinal adaptável às necessidades, teria tido muito mais lógica ser usada para o AOR, em vez do ST.

Noutros, inúmeros casos, quando um programa não avança, a verba fica cativada, nunca é canalizada para outros programas. Excepto, claro está, no caso dos ST. Porque será.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 29, 2022, 09:22:21 pm
Só lembrar que o novo plano estratégico para a defesa está em discussão.
Esta ideia de que é importante estar em África pode mudar, duvido, mas existe essa possibilidade.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Setembro 29, 2022, 10:30:05 pm
A questão é que os meios para operar na Europa servem para África, mas o inverso não se verifica.
Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 29, 2022, 10:32:42 pm
A importância de estar em África não é o que devia ser debatido. É, que meios e capacidades deveríamos ter, que sirvam para as missões em África, e ainda para as restantes. Eu acho que isto é um no brainer, não somos ricos para que cada vez que surja uma missão ou ameaça nova, vamos alterar tudo só para dar resposta. Precisamos é de meios versáteis.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Setembro 30, 2022, 12:20:42 am
A questão é que os meios para operar na Europa servem para África, mas o inverso não se verifica.
Cps,

Desculpa, mas eu acho que os meios dependem das missões e não da geografia.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Setembro 30, 2022, 12:23:52 pm
Não tem nada a ver com geografia, tem a ver com ameaça.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: nelson38899 em Outubro 22, 2022, 10:00:45 pm
a futura camuflagem dos ST

(https://scontent.ftlv20-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/310052135_10222400559715385_4660860346760075168_n.jpg?_nc_cat=111&ccb=1-7&_nc_sid=5cd70e&_nc_ohc=-jE1dsD89WoAX_1G0sX&_nc_ht=scontent.ftlv20-1.fna&oh=00_AT-8nGx35Bf3VbyjkhL0jdPN_oBCWfNBYZfBSwhdJXpOuw&oe=63588A1D)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: nelson38899 em Outubro 27, 2022, 12:42:36 pm
Fechem o tópico os ST estão confirmados.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Outubro 27, 2022, 02:05:08 pm
Já estavam a algum tempo.

https://caiafamaster.com.br/portugal-e-super-tucano-chefe-do-cemgfa-almirante-silva-ribeiro-confirma-compra-na-tv-portuguesa/ (https://caiafamaster.com.br/portugal-e-super-tucano-chefe-do-cemgfa-almirante-silva-ribeiro-confirma-compra-na-tv-portuguesa/)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.digitalcombatsimulator.com%2Fupload%2Fiblock%2Ff87%2Fyqpju1nshd9dni1jba5dfc7su4nznv4f%2F251022.png&hash=0544e232cc76ceb67a1102c5dea61fb1)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.digitalcombatsimulator.com%2Fupload%2Fiblock%2F10c%2Fl49gocuiqokv21w8jnus16303r2dmi9v%2F251013.png&hash=b7004991fa8c7e137974185552409be3)

(https://www.digitalcombatsimulator.com/upload/iblock/e88/j65f5gqyhysn9yfpenmnz8njo2j9me7e/251014.png)

(https://www.digitalcombatsimulator.com/upload/iblock/668/vbi3m8q73w2ej65khfp2diz02iy442pg/251021.png)

https://www.digitalcombatsimulator.com/it/files/3316097/ (https://www.digitalcombatsimulator.com/it/files/3316097/)

Saudações
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Outubro 27, 2022, 04:30:57 pm
Tristeza.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: PTWolf em Outubro 27, 2022, 10:08:35 pm
Que tipo de missões irá desempenhar e qual a sua mais valia?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Outubro 28, 2022, 02:33:40 pm
que pouca vergonha......isto já roça mesmo traição e incompetência.

Um Blackhawk armada faria o tal CAS nas missões da UN melhor e ainda daria ao exército um heli a sério e não a treta do Koala mas prontos eu não estive 30 anos da Força Aérea, a seguir ainda me dizem que o glorioso ST é melhor que um F-35 para CAS

Já agora o plano vai ser comprar em segunda mão certo?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Outubro 28, 2022, 03:07:42 pm
Algo do estilo MH-60 DAP do SOAR é que era.....eu sei que os americanos não vendem diretamente as versões do SOAR mas fazer algo muito parecido não é difícil basta comprar os Pylons e etc...mas pronto os tipos do SOAR é que devem ser uns idiotas.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Outubro 28, 2022, 03:35:41 pm
Já estavam a algum tempo.

Exactamente. Consta que é só o processo eleitoral terminar no Brasil para ser anunciada a sua venda.

Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Outubro 28, 2022, 09:17:56 pm
Já estavam a algum tempo.

Exactamente. Consta que é só o processo eleitoral terminar no Brasil para ser anunciada a sua venda.

Isso vai ser num almoço Lula/Goofy 
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: nelson38899 em Novembro 07, 2022, 11:01:52 pm
Será que é esta semana que os ST entrarão no organigrama da FAP?
https://www.jn.pt/nacional/lula-da-silva-pode-vir-a-portugal-ja-no-proximo-fim-de-semana-15328420.html (https://www.jn.pt/nacional/lula-da-silva-pode-vir-a-portugal-ja-no-proximo-fim-de-semana-15328420.html)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 17, 2022, 03:52:28 pm
Cá estamos nós, sempre prontos a ajudar a malta em terras de Vera Cruz. É já este fim-de-semana que a coisa fica tratada, não é? ::)

Citar
C-390 e Super Tucano podem reverter mau resultado na área de defesa, prevê Embraer

Thiago Vinholes
17 de novembro de 2022

Segundo presidente da fabricante brasileira, aeronaves estão sendo negociadas com vários potenciais clientes no mundo, com perspectivas de anúncios de acordos em 2023

A área de Defesa e Segurança da Embraer não vem tendo um ano fácil. Conforme divulgado pela companhia na segunda-feira (14), durante a apresentação dos resultados do terceiro trimestre deste ano, a divisão de produtos militares foi a única do grupo que nesse período registrou queda na receita (de R$ 533,7 milhões no 3T22), de 42% em relação ao segundo trimestre de 2022. De acordo com o CEO da Embraer, Francisco Gomes Neto, a diminuição dos rendimentos da divisão de defesa se deu por conta da pandemia de Covid-19 e devido à guerra na Ucrânia. “A área de defesa passou por um período difícil durante a pandemia por que os governos acabaram focando mais em como superar aquela situação difícil”, disse o executivo-chefe na conferência de resultados da empresa.

No entanto, Gomes Neto citou que tal situação na divisão militar é passageira e que o próximo ano pode ser melhor, sobretudo com o possível avanço de novas negociações sobre o C-390 Millennium e o Super Tucano.“Mais recentemente, pós-pandemia e também por causa do conflito na Ucrânia, percebemos um crescimento muito grande no interesse em nossas aeronaves por conta dos governos avançarem na renovação de suas frotas de defesa e também melhorar a prontidão de seus equipamentos. Temos várias campanhas em andamento, tanto para o C-390 Millennium como para A-29 Super Tucano, em várias partes do mundo. Estamos muito otimistas para os próximos anos com a (divisão) de defesa”, disse Gomes Neto. Como é de praxe no mercado militar, o executivo da Embraer não revelou em quais países estão em andamento as “várias campanhas” de oferta de produtos militares, limitando-se a dizer que “esperamos ter algumas notícias durante o ano que vem “. Mas algumas pistas sobre possíveis negociações já foram deixadas pelo caminho.

Em junho deste ano, a Embraer Defesa e Segurança confirmou a intenção da Força Aérea da Holanda em encomendar cinco aeronaves multimissão C-390, com entregas a partir de 2026. Apesar de bastante avançada, o negócio ainda não foi efetivamente concluído. Ainda sobre o C-390, a Embraer anunciou no mês passado a assinatura de um Memorando de Entedimento com empresas da Coreia do Sul para fornecer peças para o cargueiro militar fabricado no Brasil. O Millennium é uma das aeronaves que participa do programa da Aeronave de Transporte de Grande Porte II (Large Transport Aircraft – LTA II), promovido pela força aérea sul-coreana. Já o Super Tucano pode pintar pela primeira vez na frota de uma força aérea da Europa. Há alguns anos vem sendo ventilado o interesse da Força Aérea de Portugal no avião de ataque leve da Embraer, que recentemente habilitou sua unidade portuguesa, a OGMA, a executar processos de manutenção na aeronave.

Redução de pedidos da FAB não afetou o programa C-390

A Embraer também confirmou nesta semana que concluiu as negociações com a Força Aérea Brasileira para reduzir de 22 para 19 o número total de aeronaves KC-390 a serem entregues. A despeito das baixas nas encomendas, a companhia informou que as alterações no contrato “preservam o fluxo de caixa da Companhia, asseguram a viabilidade econômico-financeira do programa KC-390 Millennium”.

A fabricante ainda divulgou novas atualizações sobre o programa C-390, que tem atualmente sete unidades em processo de construção na sede em Gavião Peixoto (SP), sendo quatro exemplares para a FAB, dois para Portugal e uma para a Hungria. A empresa também acrescentou que a campanha de testes em voo para o programa português está em andamento para “preparar a integração dos testes dos sistemas da OTAN”.

https://www.airway.com.br/c-390-e-super-tucano-podem-reverter-mau-resultado-na-area-de-defesa-preve-embraer/

O Super-Tucas 'tá quase pintando aí, gente!  :jok:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Novembro 17, 2022, 08:15:20 pm
Sem dúvida,
Internamente na FAP é a "vontade prioritária"....
cps
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: PTWolf em Novembro 17, 2022, 09:14:23 pm
Boas, alguem me poderá explicar qual a utilidade e que missões este tipo de aeronaves vão desempenhar?

Mesmo que no contexto africano.
Obrigado
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 18, 2022, 12:24:34 am
Boas, alguem me poderá explicar qual a utilidade e que missões este tipo de aeronaves vão desempenhar?

Mesmo que no contexto africano.
Obrigado
Encher os bolsos de alguns tipos no ministério???

Mas mais a sério, primeiro de tudo a presença de aeronaves, sejam helis ou aviões são sempre uma forma de fazer insurgentes pensarem duas vezes,

Depois essencialmente é uma forma barata de ter apoio aéreo, seja com rockets ou paveways (assumindo que as vamos usar se quer) ou bombas não guiadas.

Agora utilidade? Epa nem sei, sim é CAS para COIN decente neste tipo de teatros onde as ameaças contra aviação são nulas ou mínimas mas ao mesmo tempo não tem noutro sítio qualquer.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Novembro 18, 2022, 10:17:17 am
Na RCA Helis davam conta do recado e até era melhor, sobretudo pela mobilidade no transporte de tropas. O problema é que só existem por cá os Merlin, que mal dão para SAR e os Koalas que são apenas 5, para formação, SAR e MEDEVAC, além de serem modelo civil. Sobra a esquadra Caracóis, que não tem avião de instrução e por isso aceito que venham mais alguns, tanto para treino como Coin/Cas. Mas para isso tanto serve o ST ou outro modelo qualquer como o Pc7 ou o T6, de treino avançado e que possam ser armado e enviados para um teatro de guerra, como façam formação quando estão em Portugal, inclusive de tiro no CTA.

(https://www.airteamimages.com/pics/371/371581_800.jpg)

(https://images05.military.com/sites/default/files/media/equipment/military-aircraft/t-6-texan/2014/04/t-6-texan-001.jpg)

 Saudações
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 18, 2022, 10:44:20 am
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 18, 2022, 12:23:16 pm
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.
Seriam comidos de cebolada por qualquer marinha decente

https://en.wikipedia.org/wiki/RIM-174_Standard_ERAM

Integrar Harpoons (e outras opções mais recentes) nos F-16 faria muito mais sentido
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Novembro 18, 2022, 08:50:18 pm
devido à falta de UAVs.

Então a dúzia de trotinetes aéreas da FAP andavam constipadas?

Comprem bons, da Tekever , o AR3 que seja e fazem logo vigilância marítima em maior "profundidade" de 16 horas e vez de andar a rasquinha para o recorde de 8,5h da trotinete
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 18, 2022, 08:53:58 pm
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.
Seriam comidos de cebolada por qualquer marinha decente

https://en.wikipedia.org/wiki/RIM-174_Standard_ERAM

Integrar Harpoons (e outras opções mais recentes) nos F-16 faria muito mais sentido

Obviamente estou a falar de mísseis com longo alcance. O UAV é que faria a aproximação e identificação do alvo. Não o A29 que não teria hipótese na proximidade de um navio AAW.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 18, 2022, 09:02:48 pm
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.
Seriam comidos de cebolada por qualquer marinha decente

https://en.wikipedia.org/wiki/RIM-174_Standard_ERAM

Integrar Harpoons (e outras opções mais recentes) nos F-16 faria muito mais sentido

Acho que já percebi a confusão. Quando falei do radar era para fazer reconhecimento de embarcações e não para ataque a grandes navios de guerra. Para isso, como disse em cima, era necessário ter UAVs a identificar/iluminar os alvos e o A29 só dispararia bem de longe. No armamento existente agora não vejo opções para isso. Mas como vai haver uma melhoria do A29 seria bom se pudesse adaptar-se uns Harpoon e eventualmente torpedos.

No caso dos torpedos não sei o tipo que existe e se seria necessário uma identificação dos alvos por parte terceira (que não o torpedo) ou se ele consegue adquirir por si só o alvo sendo necessário apenas o mecanismo de desengate. Não é a minha praia e não sei se é tecnicamente simples ou se por outro lado é algo complexo de conseguir.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 18, 2022, 09:23:12 pm
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.
Seriam comidos de cebolada por qualquer marinha decente

https://en.wikipedia.org/wiki/RIM-174_Standard_ERAM

Integrar Harpoons (e outras opções mais recentes) nos F-16 faria muito mais sentido

Acho que já percebi a confusão. Quando falei do radar era para fazer reconhecimento de embarcações e não para ataque a grandes navios de guerra. Para isso, como disse em cima, era necessário ter UAVs a identificar/iluminar os alvos e o A29 só dispararia bem de longe. No armamento existente agora não vejo opções para isso. Mas como vai haver uma melhoria do A29 seria bom se pudesse adaptar-se uns Harpoon e eventualmente torpedos.

No caso dos torpedos não sei o tipo que existe e se seria necessário uma identificação dos alvos por parte terceira (que não o torpedo) ou se ele consegue adquirir por si só o alvo sendo necessário apenas o mecanismo de desengate. Não é a minha praia e não sei se é tecnicamente simples ou se por outro lado é algo complexo de conseguir.
Não me parece que seja possível a integração de mísseis anti-navio sinceramente mas alguém deve conseguir responder melhor.

Agora também vem a pergunta, e quem vai fazer a integração? Primeiro nem vejo a FAP gastar milhões (integração de novas armas é muito caro) depois existe todo um processo diplomático quase, porque tanto o produtor do avião como o produtor da arma que se está a integrar precisam de concordar com este processo.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Icterio em Novembro 18, 2022, 09:43:30 pm
O lançamento de um míssil típico anti-navio não exige muito do avião lançador (quase nada em alguns casos), mas perde-se capacidade e flexibilidade.

Por exemplo, se for conhecida a localização de um navio inimigo (informação recolhida por outros aviões, navios, submarinos, SIGINT, etc) o míssil (Exocet, Harpoon, por exemplo) pode ser programado em terra com o perfil de voo, navegação e parâmetros para a fase terminal.
A seguir o avião lançador limita-se a disparar o míssil na altura e localização correcta, a partir daí o míssil percorre o seu perfil programado de INS até á fase terminal onde ligará o radar activo (ou IR, seja o que for).

Não é, de longe, a situação ideal.  Será sempre preferível o avião ter capacidade de programar parâmetros em voo ou alterar outros.  Mas pode ser feito, sem dúvida.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 18, 2022, 10:28:48 pm
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.
Seriam comidos de cebolada por qualquer marinha decente

https://en.wikipedia.org/wiki/RIM-174_Standard_ERAM

Integrar Harpoons (e outras opções mais recentes) nos F-16 faria muito mais sentido

Acho que já percebi a confusão. Quando falei do radar era para fazer reconhecimento de embarcações e não para ataque a grandes navios de guerra. Para isso, como disse em cima, era necessário ter UAVs a identificar/iluminar os alvos e o A29 só dispararia bem de longe. No armamento existente agora não vejo opções para isso. Mas como vai haver uma melhoria do A29 seria bom se pudesse adaptar-se uns Harpoon e eventualmente torpedos.

No caso dos torpedos não sei o tipo que existe e se seria necessário uma identificação dos alvos por parte terceira (que não o torpedo) ou se ele consegue adquirir por si só o alvo sendo necessário apenas o mecanismo de desengate. Não é a minha praia e não sei se é tecnicamente simples ou se por outro lado é algo complexo de conseguir.
Não me parece que seja possível a integração de mísseis anti-navio sinceramente mas alguém deve conseguir responder melhor.

Agora também vem a pergunta, e quem vai fazer a integração? Primeiro nem vejo a FAP gastar milhões (integração de novas armas é muito caro) depois existe todo um processo diplomático quase, porque tanto o produtor do avião como o produtor da arma que se está a integrar precisam de concordar com este processo.

A Embraer contratou uma empresa em Portugal para reconfigurar o A29. E embora ainda ninguém saiba o que virá daí já vi alguns brasileiros a falar que mais do que ajustes poderá resultar num A29 2.0

Mas para agora a info é de pouca confiança (para dizer o mínimo).

O lançamento de um míssil típico anti-navio não exige muito do avião lançador (quase nada em alguns casos), mas perde-se capacidade e flexibilidade.

Por exemplo, se for conhecida a localização de um navio inimigo (informação recolhida por outros aviões, navios, submarinos, SIGINT, etc) o míssil (Exocet, Harpoon, por exemplo) pode ser programado em terra com o perfil de voo, navegação e parâmetros para a fase terminal.
A seguir o avião lançador limita-se a disparar o míssil na altura e localização correcta, a partir daí o míssil percorre o seu perfil programado de INS até á fase terminal onde ligará o radar activo (ou IR, seja o que for).

Não é, de longe, a situação ideal.  Será sempre preferível o avião ter capacidade de programar parâmetros em voo ou alterar outros.  Mas pode ser feito, sem dúvida.


Tbm era o que pensava mas não tinha a certeza. O A29 tem neste momento mísseis com alcance na ordem dos 15Kms. Nunca seria possível chegar suficientemente perto para usá-los e com a baixa velocidade e a hélice a dar retorno de radar à brava ainda pior.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Novembro 19, 2022, 11:49:29 am
Esqueçam, a missão será COIN e AT...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 19, 2022, 02:22:34 pm
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.
Seriam comidos de cebolada por qualquer marinha decente

https://en.wikipedia.org/wiki/RIM-174_Standard_ERAM

Integrar Harpoons (e outras opções mais recentes) nos F-16 faria muito mais sentido

Acho que já percebi a confusão. Quando falei do radar era para fazer reconhecimento de embarcações e não para ataque a grandes navios de guerra. Para isso, como disse em cima, era necessário ter UAVs a identificar/iluminar os alvos e o A29 só dispararia bem de longe. No armamento existente agora não vejo opções para isso. Mas como vai haver uma melhoria do A29 seria bom se pudesse adaptar-se uns Harpoon e eventualmente torpedos.

No caso dos torpedos não sei o tipo que existe e se seria necessário uma identificação dos alvos por parte terceira (que não o torpedo) ou se ele consegue adquirir por si só o alvo sendo necessário apenas o mecanismo de desengate. Não é a minha praia e não sei se é tecnicamente simples ou se por outro lado é algo complexo de conseguir.
Não me parece que seja possível a integração de mísseis anti-navio sinceramente mas alguém deve conseguir responder melhor.

Agora também vem a pergunta, e quem vai fazer a integração? Primeiro nem vejo a FAP gastar milhões (integração de novas armas é muito caro) depois existe todo um processo diplomático quase, porque tanto o produtor do avião como o produtor da arma que se está a integrar precisam de concordar com este processo.

A Embraer contratou uma empresa em Portugal para reconfigurar o A29. E embora ainda ninguém saiba o que virá daí já vi alguns brasileiros a falar que mais do que ajustes poderá resultar num A29 2.0

Mas para agora a info é de pouca confiança (para dizer o mínimo).
Não deixa de ser necessário ter autorização do produtor dos Harpoons por exemplo
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 19, 2022, 02:24:55 pm
E já agora uns encomendam 64 F-35, outros andam a pensar em se é possível aparafusar algo anti anvio no ST.

Num jogo pela piada ou só para os memes ok, mas na vida real? Desculpem-me mas é só triste
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Novembro 19, 2022, 02:41:17 pm
E já agora uns encomendam 64 F-35, outros andam a pensar em se é possível aparafusar algo anti anvio no ST.

Num jogo pela piada ou só para os memes ok, mas na vida real? Desculpem-me mas é só triste

É muito triste.
Façam o "L" com a mão.
CPs
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 19, 2022, 03:09:12 pm
E já agora uns encomendam 64 F-35, outros andam a pensar em se é possível aparafusar algo anti anvio no ST.

Num jogo pela piada ou só para os memes ok, mas na vida real? Desculpem-me mas é só triste

Nada indica que a FAP esteja a planear o que eu disse. Mas acho uma discussão mais interessante do que simplesmente queixarmo-nos da desgraça. É como aquele reforço que vocês não gostam e vem para a vossa equipa de futebol. Há um tempo em que temos que aceitar e tentar pensar no melhor que se pode alcançar com ele.

Quanto aos Harpoon serem autorizados não me parece que houvesse problema. O A29 já está certificado para imensas munições americanas e Portugal tbm está habilitado nessa munição.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Novembro 19, 2022, 03:17:02 pm
E já agora uns encomendam 64 F-35, outros andam a pensar em se é possível aparafusar algo anti anvio no ST.

Num jogo pela piada ou só para os memes ok, mas na vida real? Desculpem-me mas é só triste

Nada indica que a FAP esteja a planear o que eu disse. Mas acho uma discussão mais interessante do que simplesmente queixarmo-nos da desgraça. É como aquele reforço que vocês não gostam e vem para a vossa equipa de futebol. Há um tempo em que temos que aceitar e tentar pensar no melhor que se pode alcançar com ele.

Quanto aos Harpoon serem autorizados não me parece que houvesse problema. O A29 já está certificado para imensas munições americanas e Portugal tbm está habilitado nessa munição.

Harpoon em Super Tucano ?
...
Querem ter discussões sérias?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Novembro 19, 2022, 03:53:18 pm
Deixou de haver seriedade quando se começou a ideia de tucanos para as missões em África.
Podem até meter uns misseis anti navio presos com arames num Falcon

O que há é encher bolsos a alguns e ideias de merd@ para gastar dinheiro a toa, com tanta coisa bem urgente e imprescindível nas FA
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 19, 2022, 04:22:46 pm
E já agora uns encomendam 64 F-35, outros andam a pensar em se é possível aparafusar algo anti anvio no ST.

Num jogo pela piada ou só para os memes ok, mas na vida real? Desculpem-me mas é só triste

Nada indica que a FAP esteja a planear o que eu disse. Mas acho uma discussão mais interessante do que simplesmente queixarmo-nos da desgraça. É como aquele reforço que vocês não gostam e vem para a vossa equipa de futebol. Há um tempo em que temos que aceitar e tentar pensar no melhor que se pode alcançar com ele.

Quanto aos Harpoon serem autorizados não me parece que houvesse problema. O A29 já está certificado para imensas munições americanas e Portugal tbm está habilitado nessa munição.

Sim sim, eu percebo o que quer dizer, não era um critica a si só aos génios da FAP e companhia.

Mas o problema na integração, mesmo sendo Harpoons existiria na mesma, como disse não é um processo fácil, é preciso todas as partes concordarem, é um processo longo ( em especial em tempos de paz) e que custa muito dinheiro( em especial porque mais ninguém no mundo estaria interessado em algo assim)

E não me parece que alguém neste país estaria muito interessado em perder tempo com isso em primeiro lugar.

E mais uma coisa eu até nem tenho nada contra inventar umas combinações de armas meio malucas em aviões ou veículos e etc que não deviam pertencer, é algo que tem sempre a sua piada
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 19, 2022, 06:05:31 pm
E já agora uns encomendam 64 F-35, outros andam a pensar em se é possível aparafusar algo anti anvio no ST.

Num jogo pela piada ou só para os memes ok, mas na vida real? Desculpem-me mas é só triste

Nada indica que a FAP esteja a planear o que eu disse. Mas acho uma discussão mais interessante do que simplesmente queixarmo-nos da desgraça. É como aquele reforço que vocês não gostam e vem para a vossa equipa de futebol. Há um tempo em que temos que aceitar e tentar pensar no melhor que se pode alcançar com ele.

Quanto aos Harpoon serem autorizados não me parece que houvesse problema. O A29 já está certificado para imensas munições americanas e Portugal tbm está habilitado nessa munição.

Harpoon em Super Tucano ?
...
Querem ter discussões sérias?

Fui verificar. O A29 tem todas as condições para transportar um Harpoon (talvez até dois só em termos de peso). Tem capacidade para transportar mísseis ainda maiores que os 3,8m do Harpoon como o Ice Breaker israelita (4mts) com 300 KMS de alcance na versão anti-ship. O diâmetro do míssil são 34 Cms (perfeitamente possível). Por isso em termos de dimensões não deve de haver problemas. em termos de peso a única pergunta é se um dos pylons pode carregar com os 800 kgs de forma independente ou se há um limite de peso por pylon. O avião em si pode levantar com 1500kgs externamenteo que é mais que suficiente para um Harpoon. O A29 nunca poderia operar um Harpoon num sistema de comunicação direta avião-missil por falta de radar mas pode depender de terceiros (UAVs?) ou pré-programar a trajetória com a intercessão final a cargo do míssil. Tal como os ucranianos fazem com o Mig-29 e os HARM americanos. Das três formas de aquisição e engagement dos HARM os ucranianos só podem usar uma porque o avião e o míssil não comunicam entre si.


Esta foi a discussão mais interessante que tive no FD nas últimas (muitas) semanas. Uma coisa nova, fora da caixa e a tentar aproveitar recursos existentes mesmo que seja um bocado idealista (ou irrealista).
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Novembro 19, 2022, 06:12:29 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Novembro 19, 2022, 06:36:59 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,

Eu a pensar que certas invenções são por necessidade de emprego massivo de meios e até carrinhas TT com lança misseis anti drone usam, ou aquelas carrinhas Toyota no Iraque e Líbia com metralhadores anti aéreas pesadas.
Por aí, insisto então em montar umas cenas maradas nas asas dos Falcon e dar melhor uso aquilo
Isto parece Congo já
Entretanto os aliados olham para este lado e ainda sai uma banda desenhada belga com as tuguisses
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 19, 2022, 06:53:21 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,

Isso não tem lógica nenhuma. Eu nunca disse que os A29 com mísseis anti-navio iam substituir os F-16, nem os P3, nem os F35. Disse que podiam ao menos dar alguma proteção aérea às ilhas E fazer algum do trabalho dessas plataformas de forma mais económica E mesmo assim defendi a utilização de outros sistemas de acompanhamento (UAVs) por causa das insuficiências do aparelho. Todos os meus posts são na ótica de "este sistema" não é o melhor nem suficiente MAS e se pudessemos melhorar algumas coisas".

Nada a ver com a equiparação lógica que tentou fazer. NADA.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Novembro 19, 2022, 09:45:07 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,

Isso não tem lógica nenhuma. Eu nunca disse que os A29 com mísseis anti-navio iam substituir os F-16, nem os P3, nem os F35. Disse que podiam ao menos dar alguma proteção aérea às ilhas E fazer algum do trabalho dessas plataformas de forma mais económica E mesmo assim defendi a utilização de outros sistemas de acompanhamento (UAVs) por causa das insuficiências do aparelho. Todos os meus posts são na ótica de "este sistema" não é o melhor nem suficiente MAS e se pudessemos melhorar algumas coisas".

Nada a ver com a equiparação lógica que tentou fazer. NADA.

Como assim?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 19, 2022, 10:37:22 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,

Isso não tem lógica nenhuma. Eu nunca disse que os A29 com mísseis anti-navio iam substituir os F-16, nem os P3, nem os F35. Disse que podiam ao menos dar alguma proteção aérea às ilhas E fazer algum do trabalho dessas plataformas de forma mais económica E mesmo assim defendi a utilização de outros sistemas de acompanhamento (UAVs) por causa das insuficiências do aparelho. Todos os meus posts são na ótica de "este sistema" não é o melhor nem suficiente MAS e se pudessemos melhorar algumas coisas".

Nada a ver com a equiparação lógica que tentou fazer. NADA.

Como assim?

Melhor era ter F16 ou F35 em número suficiente para ter nas ilhas de forma permanente do que A29 para usar em África. Para aquilo que estava a propor é óbvio que o A29 não seria o melhor nem o suficiente (se sozinho).
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Novembro 19, 2022, 11:25:19 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,

Isso não tem lógica nenhuma. Eu nunca disse que os A29 com mísseis anti-navio iam substituir os F-16, nem os P3, nem os F35. Disse que podiam ao menos dar alguma proteção aérea às ilhas E fazer algum do trabalho dessas plataformas de forma mais económica E mesmo assim defendi a utilização de outros sistemas de acompanhamento (UAVs) por causa das insuficiências do aparelho. Todos os meus posts são na ótica de "este sistema" não é o melhor nem suficiente MAS e se pudessemos melhorar algumas coisas".

Nada a ver com a equiparação lógica que tentou fazer. NADA.

Como assim?

Melhor era ter F16 ou F35 em número suficiente para ter nas ilhas de forma permanente do que A29 para usar em África. Para aquilo que estava a propor é óbvio que o A29 não seria o melhor nem o suficiente (se sozinho).

Ter forças destacadas a morrer sem apoio aéreo é menos importante do que ter F--16 estacionados nas ilhas?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: HSMW em Novembro 19, 2022, 11:48:04 pm
(https://www.militaryimages.net/attachments/j57u0hi25p0a1-jpg.413140/)

 :diabo:
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Novembro 20, 2022, 09:23:58 am
Melhor que misseis anti-navio é torpedos  :mrgreen:.

(https://static.wikia.nocookie.net/world-war-2/images/7/71/Nakajima_B5N%2C_1942.jpg)

Falando mais a sério, não acredito que os ST vão para as ilhas.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Novembro 20, 2022, 09:31:09 am
Continua o delírio.
O nº de A-29 será a volta de 10.
Se forem para África será muito.
Os nossos estrategas com a mentalidade da guerra de África, assim o ditam.
O que está a acontecer com a FA em Portugal, é...os políticos decidem "o que comprar" (Embraer) e as missões tem de ser ajustadas aos meios.
CPS,
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Lightning em Novembro 20, 2022, 10:40:03 am
os políticos decidem "o que comprar" (Embraer) e as missões tem de ser ajustadas aos meios.
CPS,

Podia vir alguma coisa para o lugar dos Falcon 50, a Embraer tem bonitos jactos executivos  :mrgreen:.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Novembro 20, 2022, 05:10:34 pm
Estava a pensar se os A29 podem ser alterados com pods de radares para alvos marítimos e mísseis anti-navio ou torpedos. Assim seriam uma mais valia nas ilhas em conjunto com drones podiam fazer reconhecimento/proteção com custos bem mais baixos do que os P3 ou Merlin's. No continente poderiam fazer treino e QRA a aviões pequenos (droga) na zona Sul.

Antes de mais, é preciso questionar se faz sentido "potenciar o ST", quando nem o F-16 potenciamos, por exemplo, com a dita certificação para os Harpoon. A resposta é curta: não faz qualquer sentido.

Depois, para fazer isso tudo, de ter STs em África, outros para treino, outros para QRA no Sul contra avionetas e ainda outros nas ilhas com mísseis anti-navio, era preciso comprar mais ST, portanto, novos, mais uns 10, seriam "apenas" mais uns 200 milhões. Mais os custos de se certificar mísseis anti-navio, mais um pod de radar que se calhar nem existe.

Ou seja, aí já íamos com um investimento avultadíssimo, em vez de tirarmos partido de aeronaves que já temos (F-16) ou que são bem mais versáteis e devíamos comprar (helicópteros).

Então não há vontade nem dinheiro para criar um segundo QRA com F-16 em pelo menos um dos arquipélagos, nem dinheiro para comprar armamento moderno para os F-16 ou certificá-los para os Harpoon, mas ia-se gastar 300 a 400 milhões em Super Tucanos para andar a fazer missões que não são recorrentes? Era mesmo coisa à Tuga.

E também, não entendo muito bem para que ameaça seriam os mísseis anti-navio nos ST. É que se for para atacar pequenas embarcações, Harpoon são overkill, e um helicóptero com Hellfire ou equivalente*, ou um C-295 com o míssil Marte, ou drones com mísseis pequenos (Camcopter S100 com o MML) servem perfeitamente. Se for para atacar navios a sério, é P-3 e F-16 com Harpoon, e baterias costeiras, seja com Harpoon ou NSM, que aí sim poderiam tirar partido da capacidade de aquisição de alvos dos UAVs.

*neste caso, de helicópteros armados, estes ao contrário dos ST, podiam lá estar destacados para várias missões, como SAR, e em caso de extrema necessidade, terem os mísseis para dar resposta a alguma ameaça "súbita".

Mas lá voltamos ao mesmo, vamos ter avionetas caras, para uma missão em África que pode e deve ser cumprida por helicópteros, que por ser uma missão de nicho, não devia obrigar à compra de uma aeronave dedicada. Enquanto isso, vai ter que se comprar na mesma helicópteros militares, e vamos acabar a ter 3 aeronaves de treino a hélice com a vinda do ST, quando este não é aeronave de treino suficientemente adequada para nenhuma das etapas de treino (não é carne nem é peixe).

Mais uma vez, todos os critérios técnicos foram atirados pela janela, no que respeita a esta compra. E, perante guerra na Europa, o nosso maior investimento em meios aéreos, vai ser feito num tipo de aeronave que não responde a nenhuma ameaça convencional, nem a nenhuma missão previsível no âmbito NATO.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Charlie Jaguar em Novembro 22, 2022, 04:01:48 pm
Neste momento só falta o "Pavio Curto" estender a passadeira vermelha... ::)

Citar
(...) Para o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior, receber os militares portugueses foi motivo de satisfação. “Somos Forças Aéreas que atuam de forma integrada e com muita amizade consolidada. Estamos 100% abertos para parcerias, não somente pelo KC-390 Millennium, mas para outras pautas, projetos, aviões e aviações”, disse o Comandante da FAB.

O Comandante da Força Aérea Portuguesa, que participou de um almoço com membros do Alto-Comando da Aeronáutica, também comentou sobre a visita. “Sinto-me em casa ao estar no Brasil e compartilhar conhecimentos e experiências junto com nossos Oficiais. Saibam que os senhores têm, com a Força Aérea Portuguesa, um parceiro disposto a voar e contribuir com os projetos”, ressaltou o Oficial-General. (...)

https://www.aeroflap.com.br/comandante-da-fab-recebe-chefe-do-estado-maior-da-forca-aerea-portuguesa/
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: luis simoes em Novembro 22, 2022, 07:12:23 pm
Boas
Agradecia onde esta na LPM o valor para a aquisicao do aviao de treino avancado /ataque leve ou apoio???
Segundo la nada consta acerca desta verba para ....

Segundo sei a continuacao da modernizacao dos c 130 estao comtemplados....a aquisicao de mais NPO,a modernizacao dos falcon 50,a compra de novas  viaturas leves blindadas para os fuzis...urovantac..possivelmente...
Verba para a compra de um navio reabastecedor,verba para fardamentos,protecao individual,aquisicao de aparelhos de  visao nocturna ...verbas para a ciber seguranca,portanto nao vejo onde exista esta vinda compra dos ST 29...
Mas caso aqui voces tenham fontes agradecia....meu obrigado
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: luis simoes em Novembro 22, 2022, 07:19:55 pm
Num hipotetico cenario de guerra em que Portugal tivesse que empenhar alguns dos seus meios,estes seriam sempre escassos e em numeros reduzidos....assim como o todo...pessoal...logistica etc...pois estamos muito longe de ser um pais com grande presenca....nestes hipoteticos teatros...
Isso nao implica que Portugal nao possa melhorar,investir,partilhar conhecimento,mas sem uma seria lei de programacao Militar podera alavancar Portugal para outro patamar...casos da Romenia,filandia,bulgaria,polonia,entre outros casos da Belgica e holanda todos estes estao empenhados em ter o melhor nas fileiras nos ramos das FA....
...
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Novembro 23, 2022, 11:06:37 am
A Fab desde a saída de serviço do 326 que usa Tucano e ST para formar pilotos para primeiro os Mirage 2000, depois os F5, A4 e Gripen. Portugal precisaria de 3 aviões porque?

Citar
O Esquadrão Joker (2°/5° GAv) atingiu a marca de 90.000 horas de voo com os A-29 Super Tucano. A operação com o monoturbo-hélice de ataque brasileiro ampliou a capacidade de treinamento de aviadores realizado pela unidade aérea, sendo uma etapa fundamental na formação dos pilotos de caça.

A chegada dos primeiros Super Tucanos ao Esquadrão Joker ocorreu em outubro de 2004, formando ao longo dos últimos dezesseis anos aproximadamente 400 pilotos da FAB, da Marinha do Brasil e de nações amigas.

(https://aeromagazine.uol.com.br/media/versions/a-29-super_tucano-90-mil-horas_1_free_big.jpg)

https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/unidade-da-fab-completa-90000-horas-com-o-super-tucano_6054.html (https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/unidade-da-fab-completa-90000-horas-com-o-super-tucano_6054.html)

Citar
Embraer developed an advanced training and support system suite called Training Operational Support System (TOSS) an integrated computational tool composed of four systems: computer-based training enabling the student to rehearse the next sortie on a computer simulation; an aviation mission planning station, which uses the three-dimensional (3D) visuals to practice planned missions and to check intervisibility between aircraft and from aircraft and other entities; a mission debriefing station employing real aircraft data to play back missions for review and analysis; and a flight simulator.[13] MPS and MDS was enhanced with MAK's 3D visualization solution to support airforces pre-existing data, including GIS, Web-based servers and a plug-in for custom terrain formats.[14]

https://en.wikipedia.org/wiki/Embraer_EMB_314_Super_Tucano (https://en.wikipedia.org/wiki/Embraer_EMB_314_Super_Tucano)

Saudações
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Pescador em Novembro 23, 2022, 08:24:17 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,

Isso não tem lógica nenhuma. Eu nunca disse que os A29 com mísseis anti-navio iam substituir os F-16, nem os P3, nem os F35. Disse que podiam ao menos dar alguma proteção aérea às ilhas E fazer algum do trabalho dessas plataformas de forma mais económica E mesmo assim defendi a utilização de outros sistemas de acompanhamento (UAVs) por causa das insuficiências do aparelho. Todos os meus posts são na ótica de "este sistema" não é o melhor nem suficiente MAS e se pudessemos melhorar algumas coisas".

Nada a ver com a equiparação lógica que tentou fazer. NADA.

Como assim?

Melhor era ter F16 ou F35 em número suficiente para ter nas ilhas de forma permanente do que A29 para usar em África. Para aquilo que estava a propor é óbvio que o A29 não seria o melhor nem o suficiente (se sozinho).

Ter forças destacadas a morrer sem apoio aéreo é menos importante do que ter F--16 estacionados nas ilhas?

Sem apoio aéreo?
Mas e helicópteros que dessem apoio aéreo e resgate não fazia mais sentido sendo mais abrangente de missões e de teatros de operação
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Novembro 23, 2022, 10:04:48 pm
Esse é o discurso de alguns oficiais.
Os mesmos que dizem que os NPO com Harpoon são fragatas avançadas.
Sem comentários.

Cps,

Isso não tem lógica nenhuma. Eu nunca disse que os A29 com mísseis anti-navio iam substituir os F-16, nem os P3, nem os F35. Disse que podiam ao menos dar alguma proteção aérea às ilhas E fazer algum do trabalho dessas plataformas de forma mais económica E mesmo assim defendi a utilização de outros sistemas de acompanhamento (UAVs) por causa das insuficiências do aparelho. Todos os meus posts são na ótica de "este sistema" não é o melhor nem suficiente MAS e se pudessemos melhorar algumas coisas".

Nada a ver com a equiparação lógica que tentou fazer. NADA.

Como assim?

Melhor era ter F16 ou F35 em número suficiente para ter nas ilhas de forma permanente do que A29 para usar em África. Para aquilo que estava a propor é óbvio que o A29 não seria o melhor nem o suficiente (se sozinho).

Ter forças destacadas a morrer sem apoio aéreo é menos importante do que ter F--16 estacionados nas ilhas?

Sem apoio aéreo?
Mas e helicópteros que dessem apoio aéreo e resgate não fazia mais sentido sendo mais abrangente de missões e de teatros de operação

Faz sentido, mas nós não temos doutrinas. Por isso neste momento é entre adquirir um meio para uma esquadra que existe tem doutrinas mas está sem meio ou começar tudo do zero.

Helicópteros de ataque vão aparecer no exercito, é só esperar.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Subsea7 em Novembro 23, 2022, 10:23:16 pm
Estiveram na calha os AH-1Z, mas a ideia morreu...
CPS
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Novembro 23, 2022, 10:42:09 pm
A Fab desde a saída de serviço do 326 que usa Tucano e ST para formar pilotos para primeiro os Mirage 2000, depois os F5, A4 e Gripen. Portugal precisaria de 3 aviões porque?

Citar
O Esquadrão Joker (2°/5° GAv) atingiu a marca de 90.000 horas de voo com os A-29 Super Tucano. A operação com o monoturbo-hélice de ataque brasileiro ampliou a capacidade de treinamento de aviadores realizado pela unidade aérea, sendo uma etapa fundamental na formação dos pilotos de caça.

A chegada dos primeiros Super Tucanos ao Esquadrão Joker ocorreu em outubro de 2004, formando ao longo dos últimos dezesseis anos aproximadamente 400 pilotos da FAB, da Marinha do Brasil e de nações amigas.

(https://aeromagazine.uol.com.br/media/versions/a-29-super_tucano-90-mil-horas_1_free_big.jpg)

https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/unidade-da-fab-completa-90000-horas-com-o-super-tucano_6054.html (https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/unidade-da-fab-completa-90000-horas-com-o-super-tucano_6054.html)

Citar
Embraer developed an advanced training and support system suite called Training Operational Support System (TOSS) an integrated computational tool composed of four systems: computer-based training enabling the student to rehearse the next sortie on a computer simulation; an aviation mission planning station, which uses the three-dimensional (3D) visuals to practice planned missions and to check intervisibility between aircraft and from aircraft and other entities; a mission debriefing station employing real aircraft data to play back missions for review and analysis; and a flight simulator.[13] MPS and MDS was enhanced with MAK's 3D visualization solution to support airforces pre-existing data, including GIS, Web-based servers and a plug-in for custom terrain formats.[14]

https://en.wikipedia.org/wiki/Embraer_EMB_314_Super_Tucano (https://en.wikipedia.org/wiki/Embraer_EMB_314_Super_Tucano)

Saudações

A FAB usa, além do ST, o Tucano, e ainda o bilugar do F-5, que era uma aeronave amplamente utilizada em várias forças aéreas europeias para treino avançado. A própria FAB vai lançar concurso para um novo treinador avançado a jacto, que já devem ter chegado à conclusão que a disparidade tecnológica entre o Gripen E e o ST e até mesmo o F-5, que poderia ser a alternativa, é demasiado grande. Nós, riquinhos da vida, vamos ter que manter ao serviço 3 aeronaves a hélice, no Chipmunk, TB-30 e ST, porque o ST é demasiado caro para os níveis abaixo, a quantidade nunca será suficiente, e ainda fica aquém das necessidades no que diz respeito ao treino avançado, havendo, no futuro, a necessidade de comprar ainda outro modelo de treino avançado.

Em vez disso, a escolha racional, deveria ser a compra já planeada e utilização de helicópteros para as missões em África, e a compra do mais barato e melhor para treino PC-21, que já permitia substituir substituir, em funções, o TB-30, e o TB-30 arrumava o Chipmink, ficando assim apenas 2 aeronaves a hélice em uso.

Depois é esperar para ver como a compra de armamento para os ST, poderá afectar a não-compra de armamento dos F-16. Este ainda é o mesmo país que vai comprar apenas 18 AIM-9X, e ao ter de dividir o orçamento para 2 aeronaves de combate, vai ser ainda pior.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Novembro 23, 2022, 10:54:50 pm
Estiveram na calha os AH-1Z, mas a ideia morreu...
CPS

Logo AH-1Z e não AH-1W modernizados?
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 23, 2022, 11:12:39 pm
A Fab desde a saída de serviço do 326 que usa Tucano e ST para formar pilotos para primeiro os Mirage 2000, depois os F5, A4 e Gripen. Portugal precisaria de 3 aviões porque?

Citar
O Esquadrão Joker (2°/5° GAv) atingiu a marca de 90.000 horas de voo com os A-29 Super Tucano. A operação com o monoturbo-hélice de ataque brasileiro ampliou a capacidade de treinamento de aviadores realizado pela unidade aérea, sendo uma etapa fundamental na formação dos pilotos de caça.

A chegada dos primeiros Super Tucanos ao Esquadrão Joker ocorreu em outubro de 2004, formando ao longo dos últimos dezesseis anos aproximadamente 400 pilotos da FAB, da Marinha do Brasil e de nações amigas.

(https://aeromagazine.uol.com.br/media/versions/a-29-super_tucano-90-mil-horas_1_free_big.jpg)

https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/unidade-da-fab-completa-90000-horas-com-o-super-tucano_6054.html (https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/unidade-da-fab-completa-90000-horas-com-o-super-tucano_6054.html)

Citar
Embraer developed an advanced training and support system suite called Training Operational Support System (TOSS) an integrated computational tool composed of four systems: computer-based training enabling the student to rehearse the next sortie on a computer simulation; an aviation mission planning station, which uses the three-dimensional (3D) visuals to practice planned missions and to check intervisibility between aircraft and from aircraft and other entities; a mission debriefing station employing real aircraft data to play back missions for review and analysis; and a flight simulator.[13] MPS and MDS was enhanced with MAK's 3D visualization solution to support airforces pre-existing data, including GIS, Web-based servers and a plug-in for custom terrain formats.[14]

https://en.wikipedia.org/wiki/Embraer_EMB_314_Super_Tucano (https://en.wikipedia.org/wiki/Embraer_EMB_314_Super_Tucano)

Saudações

A FAB usa, além do ST, o Tucano, e ainda o bilugar do F-5, que era uma aeronave amplamente utilizada em várias forças aéreas europeias para treino avançado. A própria FAB vai lançar concurso para um novo treinador avançado a jacto, que já devem ter chegado à conclusão que a disparidade tecnológica entre o Gripen E e o ST e até mesmo o F-5, que poderia ser a alternativa, é demasiado grande. Nós, riquinhos da vida, vamos ter que manter ao serviço 3 aeronaves a hélice, no Chipmunk, TB-30 e ST, porque o ST é demasiado caro para os níveis abaixo, a quantidade nunca será suficiente, e ainda fica aquém das necessidades no que diz respeito ao treino avançado, havendo, no futuro, a necessidade de comprar ainda outro modelo de treino avançado.

Em vez disso, a escolha racional, deveria ser a compra já planeada e utilização de helicópteros para as missões em África, e a compra do mais barato e melhor para treino PC-21, que já permitia substituir substituir, em funções, o TB-30, e o TB-30 arrumava o Chipmink, ficando assim apenas 2 aeronaves a hélice em uso.

Depois é esperar para ver como a compra de armamento para os ST, poderá afectar a não-compra de armamento dos F-16. Este ainda é o mesmo país que vai comprar apenas 18 AIM-9X, e ao ter de dividir o orçamento para 2 aeronaves de combate, vai ser ainda pior.
O armamento do ST sempre pode ser todo o mesmo dos F-16, com exceção de gun pods, e talvez alguns rocket pods

A questão acima de tudo é se nos vamos dar ao trabalho de por Paveways e etc nos ST ou se vão só para África com as duas metralhadoras que têm tá feito
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Visitante123 em Novembro 24, 2022, 01:35:48 pm
Ontem li um artigo que penso ser de 2021 que dizia que apesar dos ST Portugal continuaria interessado no M346. Mas não percebi se era SÓ em caso da flight school avançar.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 24, 2022, 02:24:44 pm
Qual a diferença de preço entre o PC-21 e o ST?

Os AIM-9X são para os destacamentos de caças no Báltico, ou seja 4 F-16, para Portugal é com o cospe e siga para bingo.

"dc" a versão bilugar que mencionas é o T38...o de baixo.

(https://4.bp.blogspot.com/-fFQPyg37tog/WFRxvChmj6I/AAAAAAAAr3I/hYFpWdBWDaoagWY4EqqMzTmxmGErvrtRwCPcB/s1600/T38A%2BFAP.jpg)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Novembro 24, 2022, 03:48:03 pm
Se existe algum concurso para um jacto de treino avançado para a FAB não encontrei. Encontrei sim referências a avaliações do 345 e do 346 pela Fab.

https://www.infodefensa.com/texto-diario/mostrar/3580847/comandante-da-forca-aerea-brasileira-voa-jato-m-346-master-na-italia (https://www.infodefensa.com/texto-diario/mostrar/3580847/comandante-da-forca-aerea-brasileira-voa-jato-m-346-master-na-italia)

https://www.aereo.jor.br/2020/10/12/jatos-leonardo-m-345-e-m-346-para-a-fab/ (https://www.aereo.jor.br/2020/10/12/jatos-leonardo-m-345-e-m-346-para-a-fab/)

E mesmo essas noticias não são conclusivas. Fala em Lobbys e como complemento para os Gripen, substituindo os F5 e AMX, nomeadamente com o 346 multirole (portanto não apenas para treino), que é mais barato de operar que o Gripeen. Ou seja, parece ser mais aqui a questão financeira do que de treino, embora isso seja citado ( e concursos no Brasil  basta ver o tempo que levou a aparecer o Gripen).

https://www.aereo.jor.br/2022/10/27/o-inicio-do-fim-dos-cacas-f-5-da-fab/ (https://www.aereo.jor.br/2022/10/27/o-inicio-do-fim-dos-cacas-f-5-da-fab/)

E como o F5B não era o T38, vários dos problemas a nível da conversão dos pilotos é abordado neste artigo:

https://www.aereo.jor.br/2009/09/27/versoes-do-amx-que-nao-decolaram/ (https://www.aereo.jor.br/2009/09/27/versoes-do-amx-que-nao-decolaram/)

Bem como a questão de se a FAB poder suprir a questão tecnológica com o T2, o qual nunca passou do papel.

https://www.aereo.jor.br/2008/09/16/amx-como-treinador/ (https://www.aereo.jor.br/2008/09/16/amx-como-treinador/)

Saudações

P.S. Apesar de diversos países substituírem os seu jactos de treino pelo Pc21, caso da Espanha com o aviojet, por exemplo os sauditas além do Pc21 encomendaram mais 22 System Hawk para complementar os 55 Pc21.

https://en.wikipedia.org/wiki/Pilatus_PC-21 (https://en.wikipedia.org/wiki/Pilatus_PC-21)

Citar
On 23 May 2012, Saudi Arabia signed a £1.6 billion ($2.5 billion) contract for a comprehensive next-generation military pilot training system, comprising 22 BAE Systems Hawk advanced jet trainers in addition to 55 PC-21 trainers.[35][36] In early June 2014, Pilatus commenced delivery of the first six PC-21s to Saudi Arabia;[37] by the end of 2015, this had risen to 46 PC-21s delivered

(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/3/36/Hawk_-_RIAT_2011_%286122004254%29.jpg/1280px-Hawk_-_RIAT_2011_%286122004254%29.jpg)



Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: NVF em Novembro 24, 2022, 05:05:49 pm
A versão bilugar do F-5 utilizada pela FAB é o o F-5F. Os nuestros hermanos é que utilizam o F-5B.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Red Baron em Novembro 24, 2022, 09:54:07 pm
Ontem li um artigo que penso ser de 2021 que dizia que apesar dos ST Portugal continuaria interessado no M346. Mas não percebi se era SÓ em caso da flight school avançar.

O sonho da FAP é o M346, o problema é o custo.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: wyldething em Novembro 24, 2022, 11:06:08 pm
Ontem li um artigo que penso ser de 2021 que dizia que apesar dos ST Portugal continuaria interessado no M346. Mas não percebi se era SÓ em caso da flight school avançar.

O sonho da FAP é o M346, o problema é o custo.

A ideia era o financiamento ser privado e pagar por hora voada
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: dc em Novembro 25, 2022, 12:03:07 am
O armamento do ST sempre pode ser todo o mesmo dos F-16, com exceção de gun pods, e talvez alguns rocket pods

A questão acima de tudo é se nos vamos dar ao trabalho de por Paveways e etc nos ST ou se vão só para África com as duas metralhadoras que têm tá feito

Sim, as Paveway que podem ser usadas pelos ST, também podem ser usadas pelo F-16. Mas agora, vais usar Paveway em COIN? Sabendo que SDB são muito mais adequadas para esse tipo de ameaças? Vais comprar uma aeronave de propósito, que custará acima de 100 milhões, para lançar o mesmo tipo de bomba que o F-16 já lança?

Não, o mais provável é, ao vir o ST, este ser armado com foguetes e as metralhadoras e pouco mais, porque o TO não exige mais que isso. Aqui deparamo-nos com o simples facto de que, este armamento, pode ser igualmente usado por um helicóptero, que por sua vez é capaz de fazer muito mais missões no TO africano.

Qual a diferença de preço entre o PC-21 e o ST?

Os AIM-9X são para os destacamentos de caças no Báltico, ou seja 4 F-16, para Portugal é com o cospe e siga para bingo.

"dc" a versão bilugar que mencionas é o T38...o de baixo.

(https://4.bp.blogspot.com/-fFQPyg37tog/WFRxvChmj6I/AAAAAAAAr3I/hYFpWdBWDaoagWY4EqqMzTmxmGErvrtRwCPcB/s1600/T38A%2BFAP.jpg)

Existem países que usam mesmo o F-5 para treino.

Pois, AIM-9X que poderão nunca vir a ser adquiridos em maior quantidade, porque vamos ter o mama recursos do ST a ter todo o protagonismo, ficando o nosso principal e único caça relegado para segundo plano.

Quanto ao PC-21 vs ST, o PC-21 supostamente custa cerca de metade, e enquanto treinador é superior ao ST. Onde o ST é superior, é como aeronave COIN, função esta que nem sequer é recorrente em Portugal para justificar a compra deste modelo, sendo mais lógico adquirir os muito mais versáteis, e em maior quantidade, helicópteros.

P.S. Apesar de diversos países substituírem os seu jactos de treino pelo Pc21, caso da Espanha com o aviojet, por exemplo os sauditas além do Pc21 encomendaram mais 22 System Hawk para complementar os 55 Pc21.

Tanta coisa, para dares um tiro no pé. Se para a Arábia Saudita o PC-21 não foi considerado suficiente para ministrar todas as etapas de treino, e portanto acharam necessário adquirir uma aeronave de treino a jacto, então o que dizer de um país que quer comprar o ST, que é inferior ao PC-21 na função de treino? Um pouco estranho não é?

Mas pronto, lá vamos nós comprar o treinador a hélice mais caro do mercado, em vez de um modelo superior para a função e mais barato, porque temos a pseudo-missão COIN, vamos ter que comprar na mesma helicópteros porque fazem falta para as restantes missões em TOs externos que o ST não cumpre, e ainda teremos que gastar mais umas centenas de milhões em treinadores a jacto para fazer o que o ST não faz.

Mas lá está, ficámos ricos, ao ponto de podermos comprar um modelo de aeronave para cada missão, e eu não sei.
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Novembro 25, 2022, 11:05:36 am
Tanta coisa, para dares um tiro no pé. Se para a Arábia Saudita o PC-21 não foi considerado suficiente para ministrar todas as etapas de treino, e portanto acharam necessário adquirir uma aeronave de treino a jacto, então o que dizer de um país que quer comprar o ST, que é inferior ao PC-21 na função de treino? Um pouco estranho não é?

Mas pronto, lá vamos nós comprar o treinador a hélice mais caro do mercado, em vez de um modelo superior para a função e mais barato, porque temos a pseudo-missão COIN, vamos ter que comprar na mesma helicópteros porque fazem falta para as restantes missões em TOs externos que o ST não cumpre, e ainda teremos que gastar mais umas centenas de milhões em treinadores a jacto para fazer o que o ST não faz.

Mas lá está, ficámos ricos, ao ponto de podermos comprar um modelo de aeronave para cada missão, e eu não sei.
V.exma que anda para aí a apregoar as qualidades do Pc21, e que com o ST precisamos de 3 aviões, etc, etc, é confrontado com o facto de os sauditas mesmo com o PC21, que compraram só 50 unidades, precisarem de mais 22 Hawk, ou seja os mesmo 3 aviões para as etapas de instrução, e eu é que dou o tiro no pé? Então mas os Sauditas vão comprar o tal "inferior" ST para precisarem de mais 22 Hawk?  :mrgreen: Estranho? Não! O que não faltam são foristas a apregoar as qualidades dos F35, o tal que salta bocados quando ultrapassa march 1,6, do Pc21, o tal que afinal os sauditas não consideram suficiente para 2 etapas de instrução, e a criticar o ST, o tal que formou 300 pilotos na FAB, e obviamente vai continuar a formar até vir o tal jacto que não encontro o tal concurso.  ::) Já agora, cada força aérea tem doutrinas. Se houvesse menos preocupação com a balística e mais com a precepção  disso mesmo...  ;)

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.digitalcombatsimulator.com%2Fupload%2Fiblock%2Ff87%2Fyqpju1nshd9dni1jba5dfc7su4nznv4f%2F251022.png&hash=0544e232cc76ceb67a1102c5dea61fb1)

Saudações

P.S. Coloca lá aí online as especificações de que o ST é pior que o PC21 e mais caro. É que eu também gosto muito do T6 e do F18 e não ando a apregoar que são os melhores aviões do mundo porque me apetece.  :-P

(https://www.forumdefesa.com/forum/proxy.php?request=http%3A%2F%2Fwww.digitalcombatsimulator.com%2Fupload%2Fiblock%2F10c%2Fl49gocuiqokv21w8jnus16303r2dmi9v%2F251013.png&hash=b7004991fa8c7e137974185552409be3)
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Cabeça de Martelo em Novembro 25, 2022, 11:44:04 am
Já cá foi falado que para Portugal faz mais sentido um meio destes:


E eu concordo!
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: tenente em Novembro 25, 2022, 01:12:53 pm
Já cá foi falado que para Portugal faz mais sentido um meio destes:


E eu concordo!

X2 !!!!

Abraços
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: Drecas em Novembro 25, 2022, 06:17:30 pm
O armamento do ST sempre pode ser todo o mesmo dos F-16, com exceção de gun pods, e talvez alguns rocket pods

A questão acima de tudo é se nos vamos dar ao trabalho de por Paveways e etc nos ST ou se vão só para África com as duas metralhadoras que têm tá feito

Sim, as Paveway que podem ser usadas pelos ST, também podem ser usadas pelo F-16. Mas agora, vais usar Paveway em COIN? Sabendo que SDB são muito mais adequadas para esse tipo de ameaças? Vais comprar uma aeronave de propósito, que custará acima de 100 milhões, para lançar o mesmo tipo de bomba que o F-16 já lança?

Não, o mais provável é, ao vir o ST, este ser armado com foguetes e as metralhadoras e pouco mais, porque o TO não exige mais que isso. Aqui deparamo-nos com o simples facto de que, este armamento, pode ser igualmente usado por um helicóptero, que por sua vez é capaz de fazer muito mais missões no TO africano.



Não compraria ST em primeiro lugar, ficava pelos Blackhawks armados ao estilo do SOAR para já e um dia (no dia de São Nunca talvez) Apaches
Título: Re: CAS/Overwatch na FAP ???
Enviado por: mafets em Novembro 28, 2022, 03:21:58 pm
Vamos lá por os pontos nos is, novamente: Aceito a vinda do ST porque os Caracóis andam deste que o APha se foi sem aviões. Se se acabar com a esquadra não faz sentido virem os ST ou qualquer aparelho que cumpra a mesma missão. Continuando com a esquadra qualquer treinador avançado tem no mínimo possibilidade de levar armamento (até o básico Epsilon, mas como aqui somos pela paz, dispensamos). No caso da RCA/Africa, sem duvida que os Black Hawks são os melhores e fazem mais sentido (modelos europeus por norma têm a crónica falta de peças e problemas de logística). O único problema é que  os Caracóis precisam de aviões não helis.  ;)

(https://i.ytimg.com/vi/2ngzaoJtUD4/maxresdefault.jpg)   

Saudações