Notícias da Marinha

  • 2937 Respostas
  • 841907 Visualizações
*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 682
  • Recebeu: 111 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2745 em: Março 21, 2023, 11:27:14 am »
Já agora.....

O Conselho de Ministros aprovou a proposta de Lei de Programação Militar (LPM), que estabelece o investimento público em meios e equipamentos para as Forças Armadas no período entre 2023 e 2034. O montante global de investimento ascende a 5570 milhões de euros, o que representa um crescimento de 17,5% face à lei em vigor (mais 830 milhões de euros). É a LPM mais elevada de sempre. O crescimento mais expressivo verifica-se no primeiro quadriénio (mais 17%), para atender às necessidades identificadas.
 
A revisão da lei respeita as cinco prioridades definidas pela Ministra da Defesa Nacional:
 
- Recuperação de défices de manutenção, modernização e sustentação das capacidades militares;
- Reposição de reservas de guerra para níveis compatíveis com o novo contexto geopolítico;
- Eventual reprogramação dos projetos estruturantes, maximizando o retorno para a economia nacional;
- Alocação de verbas destinadas a inovação, investigação e desenvolvimento, tirando proveito dos projetos colaborativos da UE e da NATO;
- Projetos que mitiguem ou eliminem lacunas do sistema de forças, incluindo os conexos com compromissos internacionais, e investimento nos novos domínios operacionais como ciberdefesa e - Espaço, e em Tecnologias Emergentes Disruptivas.
 
A recuperação dos défices de manutenção, a sustentação e modernização dos meios existentes tem um aumento do investimento superior a 96% face ao previsto na atual LPM (serão 2.418 milhões de euros, que correspondem a 43% da proposta de lei).
 
A verba destinada à reposição das reservas de guerra mais do que duplica, crescendo 108% face ao montante atualmente inscrito, para investimentos de cerca de 300 milhões de euros. No primeiro quadriénio o investimento em munições, mísseis, torpedos e explosivos supera os 125 milhões de euros.
 
Pela primeira vez, constam da LPM os cinco domínios operacionais: o terrestre, o marítimo, o aéreo, o cibernético e o espacial. Estes dois últimos conhecem um expressivo investimento, com 50 milhões de euros para o Espaço e a ciberdefesa reforçada em 39% (para mais de 70 milhões de euros).
 
Esta proposta de lei prossegue o investimento em sete projetos estruturantes e adiciona mais um, procedendo a alguns ajustes na programação: as Aeronaves de Apoio Próximo (novo), as aeronaves KC-390, a Ciberdefesa, os Helicópteros de Apoio, Proteção e Evacuação, os Navios Patrulha Oceânicos, o Navio Polivalente Logístico, o Navio Reabastecedor de Esquadra, e o Sistema de Combate do Soldado. É esperado um retorno para a economia nacional em torno dos 33%.
 
São mantidos importantes projetos em curso que contribuem para a edificação de capacidades decorrentes de compromissos internacionais, onde se incluem mais de uma centena de targets NATO – que estão financiados ao longo dos três quadriénios. São exemplos desses compromissos a Brigada de Infantaria Média e os projetos relativos à luta anti-submarina, bem como projetos da Cooperação Estruturada Permanente e outros relativos ao Defence Innovation Accelerator for the North Atlantic, no seio da NATO, e o Multinational Helicopter Training Centre, no âmbito da UE.
 
A presente revisão da LPM contempla 35 diferentes capacidades militares, mais de uma centena de projetos e cerca de 400 subprojetos.
 
A proposta de lei agora aprovada em Conselho de Ministros, que será enviada à Assembleia da República, é fruto de um processo de reflexão e discussão profundo no seio do Governo e da Defesa Nacional, e obteve parecer favorável por unanimidade no Conselho Superior de Defesa Nacional.

Tags:
forças armadas
Áreas:
Defesa Nacional
VOLTAR
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 682
  • Recebeu: 111 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2746 em: Março 21, 2023, 11:34:03 am »
Pelos vistos fragatas novas a onze anos de LPM e nada......

Esta proposta de lei prossegue o investimento em sete projetos estruturantes e adiciona mais um, procedendo a alguns ajustes na programação: as Aeronaves de Apoio Próximo (novo), as aeronaves KC-390, a Ciberdefesa, os Helicópteros de Apoio, Proteção e Evacuação, os Navios Patrulha Oceânicos, o Navio Polivalente Logístico, o Navio Reabastecedor de Esquadra, e o Sistema de Combate do Soldado.
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 682
  • Recebeu: 111 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2747 em: Março 21, 2023, 11:40:54 am »
Não percebi o KC ,  não tinha sido pago com antecedência para obtermos aqueles preço de amigos, ou vem mais um??

as Aeronaves de Apoio Próximo .... ok  lá vem o tucano

os Helicópteros de Apoio, Proteção e Evacuação, pelos vistos não desistiram.

Agora esta..

 Navios Patrulha Oceânicos, o Navio Polivalente Logístico, o Navio Reabastecedor de Esquadra...

Fragatas só as do Tejo e se ainda as andarem por aí.....


« Última modificação: Março 21, 2023, 11:43:07 am por antoninho »
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 18625
  • Recebeu: 5681 vez(es)
  • Enviou: 6180 vez(es)
  • +7255/-9686
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2748 em: Março 21, 2023, 12:02:09 pm »
Uma guarda costeira com vertente humanitária, e chega.

Não queremos ofender ninguém.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8799
  • Recebeu: 4105 vez(es)
  • Enviou: 742 vez(es)
  • +5033/-811
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2749 em: Março 21, 2023, 12:07:59 pm »
Não percebi o KC ,  não tinha sido pago com antecedência para obtermos aqueles preço de amigos, ou vem mais um??

as Aeronaves de Apoio Próximo .... ok  lá vem o tucano

os Helicópteros de Apoio, Proteção e Evacuação, pelos vistos não desistiram.

Agora esta..

 Navios Patrulha Oceânicos, o Navio Polivalente Logístico, o Navio Reabastecedor de Esquadra...

Fragatas só as do Tejo e se ainda as andarem por aí.....

A 110 milhões/unidade, não diria que o KC tenha preço de amigo para nós. Não esquecendo que a certa altura do seu desenvolvimento, prometiam preços entre os 50 e os 80 milhões por cada um.  :mrgreen: Encareceu tanto, que no programa de aquisição, teve que se reduzir o contrato de manutenção, para poder "caber" no orçamento. Também se diz que o 6º KC possa fazer parte desta revisão, mas isto veremos a seu tempo, mas será mais um desperdício de pelo menos 100 milhões.

Sabe-se que o KC vai sendo pago gradualmente ao longo dos anos, por isso pelo menos até agora ainda não foi pago por inteiro. Também se sabe que esta revisão da LPM, é na prática a anterior, regurgitada, com alguns pózinhos extra e com aqueles programas que tinham sido adiados nos 4 primeiros anos (caso dos SHORAD, NPO, etc).

É uma LPM logística, em que a capacidade de combate/dissuasão, fica lá para terceiro plano, e as velhas pancadas, de colocar megalomanias (LPD) à frente do resto, continuam.
 

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 1149
  • Recebeu: 983 vez(es)
  • Enviou: 1068 vez(es)
  • +108/-20
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2750 em: Março 21, 2023, 12:13:22 pm »
Citar
Eventual reprogramação dos projetos estruturantes, maximizando o retorno para a economia nacional;

Novo grupo de trabalho para analisar o que foi feito pelos outros grupos de trabalho que podem vir a culminar no eventual reprogramar dos projetos estruturantes para finais da década dos 30 ou 40.
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, dc, Pescador

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 682
  • Recebeu: 111 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2751 em: Março 21, 2023, 12:29:11 pm »
Uma guarda costeira com vertente humanitária, e chega.

Não queremos ofender ninguém.

Mas porra eu até percebo que se acabe com a polícia marítima mais a GNR no mar e se crie uma guarda costeira, pois se à verbas da união europeia para ajudas porque desperdiçar essa oportunidade???
As verbas que saem do orçamento para a GNR porquê?
Acabem com o paramilitar e façam uma força puramente policial.
A GNR nos moldes em que está, parece que tem que ser uma Guarda pretoriana da república.
E as verbas que sejam aplicadas só e puramente na marinha de guerra.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 682
  • Recebeu: 111 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2752 em: Março 21, 2023, 12:32:40 pm »
A Guarda costeira pode ser formada pela marinha com a formação do pessoal e inclusive depois do serviço e formação lá passarem para a Guarda Costeira.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador, Subsea7, PTWolf

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 18625
  • Recebeu: 5681 vez(es)
  • Enviou: 6180 vez(es)
  • +7255/-9686
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2753 em: Março 21, 2023, 12:37:30 pm »
Não esquecer que no final desta LPM as BD terão apenas 40 anos e as Meko 45, uma delas convertida em NPO XXL/ Porta Drones , não percebo tanto pessimismo.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador, Subsea7

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8799
  • Recebeu: 4105 vez(es)
  • Enviou: 742 vez(es)
  • +5033/-811
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2754 em: Março 21, 2023, 12:59:03 pm »
A Guarda costeira pode ser formada pela marinha com a formação do pessoal e inclusive depois do serviço e formação lá passarem para a Guarda Costeira.

Podia ser uma forma de proporcionar mais uma alternativa à progressão de carreira dos marinheiros. A Marinha podia ficar com a parte oceânica/militar, e a GC com a parte costeira, etc.

Infelizmente, existem correntes dentro da Marinha que querem o "domínio absoluto dos mares", logo partilhar responsabilidades, ou até abdicar de algumas delas, para se concentrar naquilo que devia importar para a Marinha de Guerra, está fora de questão.
 

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 1149
  • Recebeu: 983 vez(es)
  • Enviou: 1068 vez(es)
  • +108/-20
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2755 em: Março 21, 2023, 02:44:27 pm »
A Guarda costeira pode ser formada pela marinha com a formação do pessoal e inclusive depois do serviço e formação lá passarem para a Guarda Costeira.

Podia ser uma forma de proporcionar mais uma alternativa à progressão de carreira dos marinheiros. A Marinha podia ficar com a parte oceânica/militar, e a GC com a parte costeira, etc.

Infelizmente, existem correntes dentro da Marinha que querem o "domínio absoluto dos mares", logo partilhar responsabilidades, ou até abdicar de algumas delas, para se concentrar naquilo que devia importar para a Marinha de Guerra, está fora de questão.

Ou então isso chamaria ainda mais a atenção do Elefante na Sala, o rácio de Oficiais/Praças, não só na marinha mas em todas as FA.
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 682
  • Recebeu: 111 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +12/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2756 em: Março 21, 2023, 03:10:04 pm »
A Guarda costeira pode ser formada pela marinha com a formação do pessoal e inclusive depois do serviço e formação lá passarem para a Guarda Costeira.

Podia ser uma forma de proporcionar mais uma alternativa à progressão de carreira dos marinheiros. A Marinha podia ficar com a parte oceânica/militar, e a GC com a parte costeira, etc.

Infelizmente, existem correntes dentro da Marinha que querem o "domínio absoluto dos mares", logo partilhar responsabilidades, ou até abdicar de algumas delas, para se concentrar naquilo que devia importar para a Marinha de Guerra, está fora de questão.

Ou então isso chamaria ainda mais a atenção do Elefante na Sala, o rácio de Oficiais/Praças, não só na marinha mas em todas as FA.
[/quote


Bom se o sentido figurado do elefante na sala, foi o que eu aprendi, que todos sabem mas calam, bom então estamos a pedir um garganta funda, que não a Linda Lovelace, isso faz lembrar aquela também do elefante que quando  faz barulho com a tromba estremece o mundo mas não afasta as moscas dele...
« Última modificação: Março 21, 2023, 03:12:32 pm por antoninho »
 

*

superpinto

  • Membro
  • *
  • 3
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2757 em: Março 28, 2023, 12:27:25 am »
É preciso abrir os olhos ao Povo!!!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4290
  • Recebeu: 2787 vez(es)
  • Enviou: 2342 vez(es)
  • +5722/-2854
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2758 em: Março 28, 2023, 10:18:33 am »
Não sei se ponha aqui ou no zero naval...

https://www.rtp.pt/madeira/sociedade/nrp-mondego-com-avaria-atrasa-saida-para-as-selvagens-video_114405

Mete no Facebook geral e no das FA.  Eu faço isso

A maralha tem de saber. Em especial os lorpas críticos que andaram armados em valentões a criticar, mas coitadinhos da casa deles não saberiam tratar se assaltados

Eu estou outra vez bloqueado mais 30 dias por dizer numa noticia de bombardeamento na Ucrânia, que "os russos é só atirar misseis aos civis na ucrânia". Percebi que estes anedotas têm palavras chave armazenadas e nem percebem o contexto mas bloqueiam. Completamente Insano

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4290
  • Recebeu: 2787 vez(es)
  • Enviou: 2342 vez(es)
  • +5722/-2854
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2759 em: Março 29, 2023, 11:53:47 am »
Não consigo meter foto. Mas no FAce já  corre uma foto dizendo que a Lego lançou uma edição especial em homenagem  a Marinha.
Com um navio lego a afundar
O ridículo instala-se à conta da gestão épica da Marinha.  Com omissões de problemas,  com fantasias sobre o potencial dos meios.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Subsea7