Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA

  • 19 Respostas
  • 1738 Visualizações
*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2233
  • Recebeu: 88 vez(es)
  • Enviou: 121 vez(es)
  • +56/-44
    • http://forumdefesa.com
Citar
As Forças Armadas Portuguesas registaram, uma vez mais, uma redução de Efetivos que só no 2º trimestre de 2023 se cifra em 134. Só este ano de 2023, as Forças Armadas já perderam 738 Militares! A “limpeza” de Efetivos nos últimos anos é de 10.956 Militares, a que corresponde percentualmente uma colossal redução percentual de 31,74%.  Naturalmente inevitável a comparação, daí se retirando, legitimamente, as devidas ilações, que conduz à conclusão das erradíssimas opções políticas dos sucessivos governos, entre as perdas quantitativas e percentuais de Efetivos que se verificam nas Forças Armadas e nas Forças e Serviços de Segurança!

https://aofa.pt/wp-content/uploads/2023/09/2023_JUN_Efectivos-1.pdf

Já todos temos uma noção do estado de pré-falência em que se encontram as Forças Armadas. Já todos percebemos que esta vertente fundamental da soberania nacional continua a ser desprezada pelos sucessivos governos, especialmente os de esquerda.

Mas, independentemente disto tudo, que medidas poderiam reverter esta situação? Que bons exemplos poderíamos aplicar em Portugal que foram bem-sucedidos no estrangeiro? E não me refiro só a uma profunda revisão da tabela salarial dos militares, que na minha opinião, seria logo a primeira medida a aplicar, acompanhada pelos 2% do PIB dedicados à Defesa Nacional. 

Fica aberta a discussão :G-beer2:
Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva, Tiamate

*

CruzSilva

  • Especialista
  • ****
  • 1160
  • Recebeu: 445 vez(es)
  • Enviou: 2069 vez(es)
  • +635/-108
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #1 em: Setembro 18, 2023, 03:39:23 pm »
Instalações com melhores condições também ajudava, não é preciso ser nada de luxuoso mas há quarteis que estão uma autêntica miséria.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, nelson38899

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #2 em: Setembro 18, 2023, 08:19:07 pm »
Salários ao nível das FS, melhores condições de trabalho tanto a nível da qualidade de vida nos quartéis como do equipamento usado, aumento da idade de ingresso. Melhoramento dos salários nas funções mais especializadas e com grande procura (pilotos e mecânicos de aeronaves por exemplo) para desincentivar a sua saída (não me faz sentido nenhum pagar quase 5000 euros mensais a generais e almirantes, mas não ser capaz de pagar 3500 a 4000 euros por mês a pilotos de F-16).

Também reorganizava a disposição geográfica de forças, tentando tirar partido ao máximo da densidade populacional de determinadas áreas (Distrito de Faro é um bom exemplo, com 3x a população do Distrito de Beja, e zero unidades militares de relevo), criava também subunidades de determinadas forças como uma subunidade de Fuzos nos Açores e outra na Madeira, com o objectivo de recrutar militares locais (ficando estas unidades especializadas em operações inter ilhas), entre outros exemplos (a distância de casa continua a ser um factor para a não entrada nas FA, ainda mais quando os supermercados e restaurantes de fast food pagam o mesmo e ficam bem mais perto).

Investimento na indústria de Defesa, criando-se condições para a progressão de carreira de quem foi militar, passando para o mercado civil, mantendo-se numa área que bem conhecem (manutenção naval por exemplo).
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 5146
  • Recebeu: 743 vez(es)
  • Enviou: 1631 vez(es)
  • +8536/-4167
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #3 em: Setembro 18, 2023, 11:23:07 pm »
-Modernizar equipamentos;
-Salários mais altos;

 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 5272
  • Recebeu: 706 vez(es)
  • Enviou: 697 vez(es)
  • +480/-2593
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #4 em: Setembro 18, 2023, 11:59:21 pm »
Eu diria que era acabar com elas!

Enquanto não houver uma grande reforma do estado, e com isso das forças armadas não faz sentido andar gastar dinheiro nos serviços públicos.

Eu falo por mim, estou cansado de andar a sustentar 740 mil funcionários públicos, em que a grande parte procura servir-se do meu dinheiro sem trazer retorno.

Várias vezes ouvi policias a dizer, "deixa-me tirar este curso que assim vou para a reforma mais cedo, ou vou criar mais um sindicato para nada fazer"

Professores, que cujo sonho é ir para a reforma, e, ao mesmo tempo, querem subir na carreira sem numa terem feito mais que o seu trabalho. 

Médicos e enfermeiros que se dizem cansados e esgotados, mas fazem vários Hospitais e clínicas privadas ao mesmo tempo, que o hospital público

Generais e almirantes, que se dizem protetores da pátria, mas adoram gastar dinheiro público em campos de golfe e festas e medalhas em coisas sem sentido.

Políticos que se afirmam defensores de causa pública, mas cuja morada é em Lamego, apesar de nunca ter lá terem vivido, sem falar dos subsídios que soma ao salário deles.
https://observador.pt/2018/05/04/ha-mais-deputados-a-receber-subsidios-por-residirem-fora-de-lisboa-quando-tem-casa-na-capital/

Sem falar do peixe miúdo, que usa a sua posição em cargos públicos para ganharem vantagens financeiras. 

No ano passado passei dos 365 dias, mais de 100 dias fora de Portugal, a procurar investimento estrangeiro e encomendas, e este ano continuo a fazer o mesmo, mesmo cansado continuo. Agora não posso aceitar que estes funcionários públicos privilegiados continuem a queixar-se só porque acordaram de manhã.

Se é para continuar como está ano após ano, mais vale fechar tudo.
 
« Última modificação: Setembro 19, 2023, 12:25:26 am por nelson38899 »
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Icterio

  • Especialista
  • ****
  • 1131
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 115 vez(es)
  • +2224/-1248
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #5 em: Setembro 19, 2023, 12:28:25 am »
Eu diria que era acabar com elas!

Enquanto não houver uma grande reforma do estado, e com isso das forças armadas não faz sentido andar gastar dinheiro nos serviços públicos.

Eu falo por mim, estou cansado de andar a sustentar 740 mil funcionários públicos, em que a grande parte procura que é servir-se do meu dinheiro sem trazer retorno.

Este é o ponto chave, no meu entendimento.

Já escrevi isto várias vezes aqui no fórum e fui criticado.

Basta ler as centenas (milhares?) de páginas em vários tópicos (força aérea, marinha, exército, o raio do LPD, a substituição dos F-16) onde são expostas as fragilidades das chefias militares; corrupção, negociatas com "amigos", incompetência militar básica, carreirismo, falta de orientação, "deixa andar", etc, etc, etc.

E, ainda assim, há quem defenda que a solução para melhorar as coisas é... dar mais dinheiro a esta gente?!  2% do PIB?  Aumentar salários?  Para quê?  Para queimarem da mesma forma?

Sejam coerentes.
« Última modificação: Setembro 19, 2023, 12:29:19 am por Icterio »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10921
  • Recebeu: 2296 vez(es)
  • Enviou: 3120 vez(es)
  • +703/-1028
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #6 em: Setembro 19, 2023, 12:58:46 pm »
Se calhar faz falta uma grande reforma, nas Forças Armadas e até em todo o aparelho do Estado, mas se calhar é mais fácil ao governo mexer nas FA do que mexer nas Câmaras, Tribunais, Finanças, etc.

Dos 740.000 funcionários publicos, deviamos ter uns 30.000 militares e acho que o número real anda nos 20.000, os restantes organismos do Estado também têm tal falta de pessoal e de atractividade?
« Última modificação: Setembro 19, 2023, 12:59:33 pm por Lightning »
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7875
  • Recebeu: 1215 vez(es)
  • Enviou: 340 vez(es)
  • +5144/-233
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #7 em: Setembro 19, 2023, 03:16:27 pm »
Algumas "especialidades" sim. Além dos conhecidos casos de médicos e professores, também é difícil reter informáticos, engenheiros civis, etc.

Mesmo no campo dos "Assistentes Operacionais", grosso modo equivalentes à Categoria de Praças, se for alguma tarefa mais especializada, tipo carpinteiros, serralheiros, mecânicos, etc., é difícil encontrar.
« Última modificação: Setembro 19, 2023, 03:17:09 pm por PereiraMarques »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 19903
  • Recebeu: 2853 vez(es)
  • Enviou: 2174 vez(es)
  • +1062/-3436
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #8 em: Setembro 19, 2023, 04:09:07 pm »
Se calhar faz falta uma grande reforma, nas Forças Armadas e até em todo o aparelho do Estado, mas se calhar é mais fácil ao governo mexer nas FA do que mexer nas Câmaras, Tribunais, Finanças, etc.

Dos 740.000 funcionários publicos, deviamos ter uns 30.000 militares e acho que o número real anda nos 20.000, os restantes organismos do Estado também têm tal falta de pessoal e de atractividade?

Sou FP à mais de duas décadas e no meu serviço à uma falta endémica de pessoal. Sempre que há baixas ou férias andamos a correr os vários edifícios para colmatar a falta de pessoal. Como somos cada vez mais velhos e praticamente não há entrada de sangue novo, há cada vez mais pessoal de baixa.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8474
  • Recebeu: 1592 vez(es)
  • Enviou: 654 vez(es)
  • +909/-6934
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #9 em: Setembro 19, 2023, 06:16:11 pm »
Se calhar faz falta uma grande reforma, nas Forças Armadas e até em todo o aparelho do Estado, mas se calhar é mais fácil ao governo mexer nas FA do que mexer nas Câmaras, Tribunais, Finanças, etc.

Dos 740.000 funcionários publicos, deviamos ter uns 30.000 militares e acho que o número real anda nos 20.000, os restantes organismos do Estado também têm tal falta de pessoal e de atractividade?

Sou FP à mais de duas décadas e no meu serviço à uma falta endémica de pessoal. Sempre que há baixas ou férias andamos a correr os vários edifícios para colmatar a falta de pessoal. Como somos cada vez mais velhos e praticamente não há entrada de sangue novo, há cada vez mais pessoal de baixa.

Subscrevo.
Na minha experiência não vejo entradas significativas que justifiquem os números apresentados para o aumento do n.º de funcionários públicos. O que entrou foi apenas para "comunicação e imagem", sector onde nada pode faltar.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1511
  • Recebeu: 197 vez(es)
  • Enviou: 89 vez(es)
  • +223/-238
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #10 em: Setembro 19, 2023, 07:06:30 pm »
Já se falou nisto anteriormente, vai sempre dar ao mesmo e gera discórdia, mas vou-me repetir:

  • Entrar na carreira militar deve passar a ser através da formação de praças, tenham a formação que tiverem. Precisam de gente na base, então força-se a entrada pela base e não a meio.
  • É necessário alargar a faixa etária para os 30 anos ou seja qualquer individuo entre 18 e 30 anos pode candidatar-se. Metam na cabeça que Portugal está a espezinhar os jovens, seja na reprodução, seja em termos de trabalho estão a emigrar, ninguém quer cá estar. Manter esta parolice de que só podem entrar nas FA meninos até aos 24 anos é de mentecaptos. Alteraram a questão das alturas, mas não a idade, é claramente falta de visão.
  • Aumentar salários, se não os podem aumentar então ofereçam alternativas, por exemplo oferecer um curso superiores ou não superior completamente pago
  • Estudar unidades a serem alvo de fusão nos 3 ramos e unidades a serem extintas, não podemos mantê-las todas
  • Rever as prioridades, vender quartéis abandonados e veículos que não se enquadram nas missões atuais


 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 17838
  • Recebeu: 5309 vez(es)
  • Enviou: 5625 vez(es)
  • +6993/-9217
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #11 em: Setembro 20, 2023, 07:14:06 am »
Com o bando de traidores que vai continuar a desgovernar esta amostra de país,  nem vale a pena .
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso, Tiamate

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4817
  • Recebeu: 401 vez(es)
  • Enviou: 79 vez(es)
  • +251/-5632
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #12 em: Setembro 20, 2023, 10:04:22 am »
Já se falou nisto anteriormente, vai sempre dar ao mesmo e gera discórdia, mas vou-me repetir:

  • Entrar na carreira militar deve passar a ser através da formação de praças, tenham a formação que tiverem. Precisam de gente na base, então força-se a entrada pela base e não a meio.
  • É necessário alargar a faixa etária para os 30 anos ou seja qualquer individuo entre 18 e 30 anos pode candidatar-se. Metam na cabeça que Portugal está a espezinhar os jovens, seja na reprodução, seja em termos de trabalho estão a emigrar, ninguém quer cá estar. Manter esta parolice de que só podem entrar nas FA meninos até aos 24 anos é de mentecaptos. Alteraram a questão das alturas, mas não a idade, é claramente falta de visão.
  • Aumentar salários, se não os podem aumentar então ofereçam alternativas, por exemplo oferecer um curso superiores ou não superior completamente pago
  • Estudar unidades a serem alvo de fusão nos 3 ramos e unidades a serem extintas, não podemos mantê-las todas
  • Rever as prioridades, vender quartéis abandonados e veículos que não se enquadram nas missões atuais

Concordo com tudo o que dizes, e acrescento, nunca percebi porque um soldado da GNR ou um marinheiro pode se reformar por velhice, e um soldado do exercito, e falo de cor, da força aérea nem reforma nem quadros nem recrutamentos especiais nem nada.... sao uns mais espertos/inteligentes que os outros?

Já existe um quadro de praças no papel, a ver que mais valias vai trazer....

No que toca a salários, posso vos dizer que um operador de empilhador que trabalhe 8 horas diárias na Holanda, aufere bruto mais que um Capitão em topo de carreira.
Potius mori quam foedari
 

*

Clausewitz

  • Membro
  • *
  • 225
  • Recebeu: 245 vez(es)
  • Enviou: 291 vez(es)
  • +101/-25
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #13 em: Setembro 21, 2023, 12:06:16 am »
Seria um debate interessante e importante, mas nem vale a pena:

https://www.publico.pt/2023/09/18/politica/noticia/ps-confortavel-estrangeiros-forcas-armadas-lingua-ultrapassavel-2063334

A "solução" passará por recrutar estrangeiros, a quem será imediatamente atribuída a nacionalidade portuguesa... A nossa lei da nacionalidade ainda não era suficientemente abandalhada...
Nem a língua é tema, claramente a piscar o olho a indostânicos e às hordas de africanos que desembarcam constantemente na Europa.

Não tenham dúvidas de que esta é e será cada vez mais a "solução" para tudo, em todas as áreas, porque é a única que permite manter e até aumentar a bandalheira sem mexer em nada de substancial, sem transformar nada, sem ambicionar e ser exigente.
Por isso a única coisa em que se pode mexer à vontade é na reengenharia social do povo português, imposta à revelia e sem qualquer legitimidade democrática. Um dia ainda haveremos de perceber o quão extraordinária foi a coincidência entre país, povo, território e nação que existia em Portugal e que nos deu uma coesão que se manifestou de diversas formas e que talvez venhamos a lembrar com saudade.
« Última modificação: Setembro 21, 2023, 12:09:35 am por Clausewitz »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8474
  • Recebeu: 1592 vez(es)
  • Enviou: 654 vez(es)
  • +909/-6934
Re: Tornar a Carreira Militar mais atrativa em Portugal e evitar o Colapso das FA
« Responder #14 em: Setembro 21, 2023, 09:05:38 am »
https://www.parlamento.pt/DeputadoGP/Paginas/Biografia.aspx?BID=2209

Mais um Vasconcelos.

Ando é a ficar farto de conversa...
« Última modificação: Setembro 21, 2023, 09:10:11 am por Luso »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo