Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial

  • 1344 Respostas
  • 230244 Visualizações
*

diogo13350

  • Membro
  • *
  • 177
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +8/-1
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #210 em: Fevereiro 12, 2017, 08:40:23 pm »


« Última modificação: Fevereiro 12, 2017, 08:44:29 pm por diogo13350 »
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6994
  • Recebeu: 1899 vez(es)
  • Enviou: 831 vez(es)
  • +3889/-2661
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #211 em: Fevereiro 12, 2017, 10:19:54 pm »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

diogo13350

  • Membro
  • *
  • 177
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +8/-1
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #212 em: Fevereiro 13, 2017, 07:34:58 am »

A unica diferenca que vejo e o canhao 76mm e o helipad.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9168
  • Recebeu: 1389 vez(es)
  • Enviou: 1547 vez(es)
  • +197/-64
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #213 em: Fevereiro 13, 2017, 08:48:15 am »
Oxalá então não acabe a combater de Npo. Está bem encaminhada para isso, basta comparar os Sf300 na Dinamarca e por cá..

Estou no campo das suposições, mas isso não seria mais provável se tivéssemos NPOs e SF300 armados com misseis, torpedos e peças de grande calibre? Assim é que não vamos de certeza combater com eles, a peça mais poderosa é de 30mm.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6994
  • Recebeu: 1899 vez(es)
  • Enviou: 831 vez(es)
  • +3889/-2661
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #214 em: Fevereiro 13, 2017, 10:21:58 am »

A unica diferenca que vejo e o canhao 76mm e o helipad.
Olhe lá os sensores.  ;)


Oxalá então não acabe a combater de Npo. Está bem encaminhada para isso, basta comparar os Sf300 na Dinamarca e por cá..

Estou no campo das suposições, mas isso não seria mais provável se tivéssemos NPOs e SF300 armados com misseis, torpedos e peças de grande calibre? Assim é que não vamos de certeza combater com eles, a peça mais poderosa é de 30mm.
De patrulha na ZEE já andam no mediterrâneo. Não teria tanta certeza assim (aparecer um tipo de Ak47 ou RPG no meio dos refugiados é uma questão de tempo ou uma maior aproximação à costa de Líbia...). E ao que parece os próximos nem a arma de 30 mm terão. Sensores então nem vale a pena falar...  :-[


Cumprimentos

P.S. Já agora será sempre interessante perceber porque os Chilenos evoluíram nos seus OPV de uma 40mm para uma 76mm...  ;)


« Última modificação: Fevereiro 13, 2017, 11:36:30 am por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4412
  • Recebeu: 2777 vez(es)
  • Enviou: 5018 vez(es)
  • +4215/-147
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #215 em: Fevereiro 13, 2017, 02:30:59 pm »
Obviamente, os chilenos temem os líbios, os piratas da Guiné e do Mar Vermelho e como têm poucas fragatas...  8)

PS: antes que os polícias venham fazer correcções, deixo como nota que estava a ser irónico.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: mafets

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 596
  • Recebeu: 218 vez(es)
  • Enviou: 431 vez(es)
  • +56/-2
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #216 em: Fevereiro 13, 2017, 03:04:00 pm »
Citar
De patrulha na ZEE já andam no mediterrâneo. Não teria tanta certeza assim (aparecer um tipo de Ak47 ou RPG no meio dos refugiados é uma questão de tempo ou uma maior aproximação à costa de Líbia...). E ao que parece os próximos nem a arma de 30 mm terão. Sensores então nem vale a pena falar...  :-[

Os líbios já passaram a fase das AK47 e RPG, para eles o mínimo é uma pickup com uma KPVT 14.5mm ou um reparo duplo ZU-23 23mm na caixa aberta. Vantagens de uma guerra civil  :(
 

*

Crypter

  • Especialista
  • ****
  • 1195
  • Recebeu: 199 vez(es)
  • Enviou: 230 vez(es)
  • +28/-6
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #217 em: Fevereiro 13, 2017, 03:54:14 pm »
Obviamente, os chilenos temem os líbios, os piratas da Guiné e do Mar Vermelho e como têm poucas fragatas...  8)

PS: antes que os polícias venham fazer correcções, deixo como nota que estava a ser irónico.

NVP, os chilenos não têm que se preocupar com os Líbios, ou com os piratas da Guiné.. Mas têm que se preocupar com a Bolivia e com a sua vontade em recuperar o terreno perdido na Guerra entre ambos e não esquecer que o Peru lutou ao lado da Bolivia.. Por isso é que o Chile é dos países que mais investe nas suas FA.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4412
  • Recebeu: 2777 vez(es)
  • Enviou: 5018 vez(es)
  • +4215/-147
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #218 em: Fevereiro 14, 2017, 01:53:19 am »
Dizia eu...
Talent de ne rien faire
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8794
  • Recebeu: 4118 vez(es)
  • Enviou: 2919 vez(es)
  • +4215/-877
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #219 em: Fevereiro 14, 2017, 09:01:07 am »
Dizia eu...


........................POIS............................!!! :G-beer2:


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

Crypter

  • Especialista
  • ****
  • 1195
  • Recebeu: 199 vez(es)
  • Enviou: 230 vez(es)
  • +28/-6
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #220 em: Fevereiro 14, 2017, 12:23:31 pm »
Eu percebi a tua ironia......

Só que na minha opinião o Chile tem mais necessidade de investir nas FA que nós.. Tão simples quanto isso.

Não quero dizer com isso que o nível de investimento em Portugal é o suficiente, não é de todo.

 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4412
  • Recebeu: 2777 vez(es)
  • Enviou: 5018 vez(es)
  • +4215/-147
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #221 em: Fevereiro 14, 2017, 11:50:04 pm »
O Chile é, pura e simplesmente, a maior potência naval da costa oeste da América do Sul. Não tem que enganar. Simplesmente, não há concorrentes à sua altura e a probabilidade de algum dos seus vizinhos entrar em aventuras armadas é muito limitada.

Pelo contrário, nós enviamos, com frequência, meios navais desprotegidos (NPO's) para águas consideradas perigosas. Logo, na minha modesta opinião, a nossa necessidade em investir em meios navais devidamente armados e com sensores adequados— mesmo tratando-se de navios de patrulha — deveria ser superior à do país sul americano.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: mafets

*

Crypter

  • Especialista
  • ****
  • 1195
  • Recebeu: 199 vez(es)
  • Enviou: 230 vez(es)
  • +28/-6
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #222 em: Fevereiro 15, 2017, 10:44:57 am »
Concordo que NPO's deviam estar mais bem armados (nem falo nos Tejo..).

Agora, com frequência em água consideradas perigosas? Onde?
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6994
  • Recebeu: 1899 vez(es)
  • Enviou: 831 vez(es)
  • +3889/-2661
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #223 em: Fevereiro 15, 2017, 11:10:01 am »
Concordo que NPO's deviam estar mais bem armados (nem falo nos Tejo..).

Agora, com frequência em água consideradas perigosas? Onde?
Tanto o Mediterrâneo (sobretudo em frente da costa da Líbia e Síria) como o Golfo da Guiné são zonas de risco, face aos conflitos, migração e pirataria .

Citar
http://www.operacional.pt/nrp-figueira-da-foz-ruma-ao-mediterraneo-central/
http://www.emgfa.pt/pt/noticias/823
Citar
O patrulha oceânico Figueira da Foz largou ontem, dia 5 de maio, do porto de Lisboa em direção ao Golfo da Guiné e costa ocidental africana, dando inicio a uma missão no âmbito da cooperação técnico-militar com países da Comunidade dos Paises de Língua Portuguesa (CPLP), com vista ao estreitamento das relações bilaterais com as respetivas Marinhas.

No decorrer da missão, que se prolongará até ao próximo dia 1 de julho, o navio da Marinha Portuguesa irá navegar cerca de 10.000 milhas náuticas visitando, pela primeira vez, países amigos como São Tomé e Príncipe, Guiné Equatorial, Angola, Guiné-Bissau e Cabo Verde.

Durante a permanência nos referidos países, o navio desenvolverá ações no quadro dos acordos de cooperação bilateral em matérias tão diversas como a vigilância, fiscalização e segurança marítima, bem como outras ações de apoio no âmbito da política externa do Estado português.

O Navio da República Portuguesa (NRP) Figueira da Foz, é o segundo navio da classe Viana do Castelo e tem embarcados 60 militares, incluíndo uma equipa de fuzileiros, uma equipa de mergulhadores e uma equipa médica.


http://www.dn.pt/globo/africa/interior/aumento-da-pirataria-no-golfo-da-guine-alarma-onu-3138958.html


Citar

http://www.areamilitar.net/noticias/noticias.aspx?NrNot=1449

Saudações
« Última modificação: Fevereiro 15, 2017, 11:14:03 am por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 262 vez(es)
  • Enviou: 79 vez(es)
  • +34/-6
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #224 em: Fevereiro 15, 2017, 01:44:06 pm »
Para os NPO estarem ao nivel dos correspondentes europeus era isto:



Sem grandes invenções.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, mafets, perdadetempo