Conflitos em Africa

  • 403 Respostas
  • 86478 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762
Re: Conflitos em Africa
« Responder #390 em: Agosto 31, 2023, 08:19:54 pm »
Mas as crises surgem, nas épocas de maior instabilidade mundial. Com uma guerra na Europa, muitos se calhar aproveitam que "ninguém está a ver", para fazerem das suas. Ora um golpe de estado, ora um ataquezinho,...  A ideia de uma Nova Ordem Mundial, deve interessar também a muita gente nesses países. E uma possível guerra mundial entre duas potências, será o pretexto ideal para determinados países se aventurarem em invasões dos vizinhos.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7314
  • Recebeu: 917 vez(es)
  • +4275/-831
Re: Conflitos em Africa
« Responder #391 em: Agosto 31, 2023, 10:57:50 pm »


O tema dava pano para mangas ...

Nestas questões, nós damos realmente importancia aos russos, por causa do grupo Wagner, mas na realidade é uma importância demasiada, porque é a forma que os russos encontraram para terem alguma coisa a dizer, e na verdade já não podem dizer mais nada.
É verdade que em alguns países ainda vão pagando uns cursos de engenharia na Russia (sei que isso acontece com parte das elites moçambicanas e calculo que com as angolanas) mas de resto, a verdade é que quem conta é a China.

Estão presentemente em Angola por exemplo, várias empresas chinesas a construir estradas.
Pelo que consigo entender, até há dois meses, as estradas feitas eram de muito melhor qualidade que as que foram construidas há anos atrás.
O problema, é que os chineses em alguns casos estão a receber dinheiro para reconstruir as estradas que eles próprios tinham construido...

J+a os russos não têm nenhuma estratégia. Movem-se para mostrar que estão lá, vão garantindo o financiamento do grupo Wagner roubando matérias primas, mas fora os serviços de segurança que fornecem, não há nada.

Os chineses agem de forma muito mais consequente. Neste momento eles estão a investir fortemente na África do Sul, que é extremamente importante. Angola é importante, mas nos últimos anos tem-se tornado menos interessante (para a China, Moçambique é basicamente um apendice da África do Sul).

O tratamento que os chineses deram aos trabalhadores angolanos, chegou mesmo aos jornais oficiais do estado, que acusaram os chineses de tratar os angolanos como se fossem escravos, agindo de forma muito pior que os portugueses no periodo colonial.

Existe interesse chinês na Nigéria, mas aqui entra outro problema, porque em África ou se está mais ao lado da África do Sul, ou então está-se ao lado da Nigéria.

A Nigéria poderá ter problemas, com a profusão de estados completamente instáveis na sua proximidade. A Nigéria também tem um problema complicado com a religião, o norte muçulmano e o sul cristão. É um problema que a qualquer altura se pode transformar numa crise.
Os cristãos, ao contrário do que acontece em outros lugares, ultrapassaram (marginalmente, por volta de 45% para cada) os muçulmanos, mas em termos de riqueza, representam mais de 60% da riqueza do país.
As atuais crises na África sub Sahariana, só serão problemáticas se afetarem a Nigéria.

Praticamente todos os países produtores de petroleo são instáveis e ou são controlados por ditaduras, ou são democracias extraordinariamente frágeis. Isto acontece na África, em Angola, na Nigéria e no Gabão. (também acontece no golfo, e na Venezuela).



Por esta razão a Europa quer virar-se para uma economia mais verde e fontes de energia renováveis e terá que voltar-se de novo para o nuclear)
O outro problema para os africanos, é que eles não podem esperar nada da China.

É como em Angola, o empresário portugues que montou três ou quatro oficinas de reparação de jipes, não tinha mão de obra, mandou vir mecânicos de Portugal, para formar os angolanos, que sempre vão fazendo parte do serviço.

Os chineses, começaram a vender jipes e SUV's chineses. Trazem os mecânicos, montam a rede, e os angolanos ficam a chuchar no dedo. Podem comprar os jipes, mas trabalho, nada ...
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: PTWolf

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 693
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +116/-1118
Re: Conflitos em Africa
« Responder #392 em: Setembro 03, 2023, 03:11:09 am »
Interessante a falta de "ruído" em torno do golpe de estado no Gabão.
Os franceses não piam, ninguém quer intervir...
Comparando com o Níger está muito diferente.
Hipóteses?
João Pereira
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20040
  • Recebeu: 2236 vez(es)
  • Enviou: 254 vez(es)
  • +942/-1465
Re: Conflitos em Africa
« Responder #393 em: Setembro 05, 2023, 10:48:31 am »
Morte a tiro de dois jovens marroquinos na Argélia leva a protesto frente ao parlamento de Marrocos


 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 693
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +116/-1118
Re: Conflitos em Africa
« Responder #394 em: Setembro 05, 2023, 11:30:28 am »
https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/ceeac-da-ao-gabao-um-ano-para-restaurar-ordem-constitucional

Por aqui,  e não só,  reina o silêncio.
Nem se fala de russos, nem Wagner,  nem intervenções militares...

Afinal o que está a provocar este silêncio ensurdecedo?

Há gato escondido?
João Pereira
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10920
  • Recebeu: 2295 vez(es)
  • Enviou: 3119 vez(es)
  • +696/-1028

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8187
  • Recebeu: 3690 vez(es)
  • Enviou: 701 vez(es)
  • +4918/-762

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 693
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +116/-1118
Re: Conflitos em Africa
« Responder #397 em: Dezembro 03, 2023, 07:48:59 pm »
Lentamente vão caindo as máscaras...
Enquanto aqui alguns "expertos" vendem a ideia de que os conflitos recentes em África teriam o dedo dos russos e dos Wagner, eis que afinal parece emergir uma nova potência colonizadora (como já é lá apelidada) a substituir a anterior,  leia-se os franceses.
Vamos esperar mais uns dias... alguém vai chiar!
João Pereira
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10920
  • Recebeu: 2295 vez(es)
  • Enviou: 3119 vez(es)
  • +696/-1028
Re: Conflitos em Africa
« Responder #398 em: Dezembro 04, 2023, 05:22:33 am »
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 693
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +116/-1118
Re: Conflitos em Africa
« Responder #399 em: Dezembro 04, 2023, 09:03:50 am »
É o Império Otomano?

https://www.middleeasteye.net/opinion/turkey-france-africa-replacing-is
Não propriamente.  Os "nucleares" são outros.
Esses, no entanto,  são muito inteligentes e têm aproveitado a sua posição estratégica e os conflitos como ninguém.
Cagam-se na UE, na NATO, no politicamente correcto e malham forte e feio em todas as partes, da maneira que mais lhes convém.
O resto é ruído,  porque a caravana segue o seu caminho.
João Pereira
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 693
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +116/-1118
Re: Conflitos em Africa
« Responder #400 em: Dezembro 15, 2023, 07:32:55 am »
Que surpresa 😮😮😮
https://www.reuters.com/world/africa/us-plans-resume-partnership-with-niger-diplomat-says-2023-12-13/
"Avecs" a serem comidos de cebolada 🤣🤣🤣
Deixa-me adivinhar... vai acontecer igual no Gabão...
João Pereira
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7314
  • Recebeu: 917 vez(es)
  • +4275/-831
Re: Conflitos em Africa
« Responder #401 em: Dezembro 15, 2023, 09:02:13 am »
Mas o que é que há de estranho nisto ?
Os americanos aproveitam-se da situação, e aproveitam-se porque podem.

Que há mão dos terroristas russos nestas operações, isso é evidente, como é evidente que ao assassinar o Prigozhin, o Kremlin enfraqueceu a Wagner. Mas Putin não tinha outra possibilidade, porque a Wagner tinha ameaçado a integridade do seu enfim ... lugar onde as costas perdem o nome.

A Russia tem neste momento muito pouco para oferecer e os americanos têm a vantagem de deixar tudo no mesmo lugar, e ao mesmo tempo limpam a cara dos golpistas que continuam a receber, mas na opinião pública ficam com imagem de libertadores que lutam contra a potência colonial.

O Gabão, como já foi aqui explicado (pelo menos acho) é uma realidade muito diferente, onde a população jovem alfabetizada é de 90% enquanto que no Niger esse número apenas atinge 40%. Além disso há a questão religiosa, um país é muçulmano o outro é cristão católico.
Essa é a razão das diferenças.
Os golpes de estado em África meu caro, são feitos para que quem dá os golpes, melhore de vida, nunca foram feitos para libertar ninguém.

Isso são patranhas da esquerda, seja a esquerda putina, a esquerda caviar e outras ...
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 693
  • Recebeu: 230 vez(es)
  • Enviou: 281 vez(es)
  • +116/-1118
Re: Conflitos em Africa
« Responder #402 em: Dezembro 15, 2023, 11:15:00 am »
A Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia, a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia, a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia!!!
Proponho que se altere o nome do fórum para "ORCS e ZUCAS"
Não consegue passar disto, infelizmente.
Seja qual for o tópico.
João Pereira
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7314
  • Recebeu: 917 vez(es)
  • +4275/-831
Re: Conflitos em Africa
« Responder #403 em: Dezembro 17, 2023, 02:09:10 pm »
A Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia, a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia, a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia,  a Rússia!!!
Proponho que se altere o nome do fórum para "ORCS e ZUCAS"
Não consegue passar disto, infelizmente.
Seja qual for o tópico.

Olhe, eu apenas proponho que antes de dizer coisas menos lógicas, você  veja os videos das manifestações na capital do Niger, e explique-me porque é que você vê tanta bandeira da Russia.

Eu garanto uma coisa... Não fui eu que andei no Niger a distribuir bandeiras russas...

Explique você, porque é que damos de caras sempre com a Russia, a Russia e a Russia...
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM