Fuzileiros da Armada Portuguesa

  • 2187 Respostas
  • 613856 Visualizações
*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2540
  • Recebeu: 940 vez(es)
  • Enviou: 3235 vez(es)
  • +675/-78
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1905 em: Agosto 31, 2023, 07:16:15 pm »
A doutrina dos fuzileiros dos Países Baixos (já ia escrever Holanda  :mrgreen:) não é muito parecida com as dos Royal Marines...? Logo não é a mais parecida com a nossa?
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9012
  • Recebeu: 4316 vez(es)
  • Enviou: 775 vez(es)
  • +5100/-823
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1906 em: Agosto 31, 2023, 07:16:29 pm »
O problema está nos equipamentos. Sem os equipamentos adequados, não consegues fazer nenhuma das doutrinas. Sem ser a doutrina dos carros de combate, em que abdicaram deles, que outra doutrina erraram? Que doutrina propõem para os nossos Fuzileiros?

É que eu acho que o CEMA aligeirou demasiado a actual FFZ, mas também acho que é uma ilusão tentar ter uns Fuzileiros que parecem uma Brigada.

Também acho que não faz sentido nenhum ver os Fuzileiros como se fossem os USMC pré-reorganização para o teatro do Pacífico, que rompiam por um país dentro com Abrams como se de uma brigada pesada se tratassem.
Tenho a perfeita noção que os Fuzileiros serão sim usados, num cenário de desembarque, como a força de "embate" inicial, com o objectivo de desembarcar e assegurar a segurança de um ponto estratégico para o posterior desembarque de forças mais pesadas do Exército, e contínua defesa desta área de desembarque para manter o canal logístico aberto. Também dada a nossa geografia (com 2 arquipélagos), e também interesses geoestratégicos em África (que incluem Cabo Verde e STP), "island hopping" será uma missão desta força.

Depois, acima de qualquer uma das doutrinas, precisas é dos meios de apoio a estas forças anfíbias.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 11158
  • Recebeu: 2388 vez(es)
  • Enviou: 3323 vez(es)
  • +754/-1037

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2888
  • Recebeu: 586 vez(es)
  • Enviou: 358 vez(es)
  • +157/-470
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1908 em: Agosto 31, 2023, 10:47:56 pm »
A doutrina dos fuzileiros dos Países Baixos (já ia escrever Holanda  :mrgreen:) não é muito parecida com as dos Royal Marines...? Logo não é a mais parecida com a nossa?
Os fuzos holandeses estão preparados para operar sob o comando britanico, sob a bandeira da UKNLAF(United Kingdom/Netherlands Amphibious Force).

O que eles querem é agora é criar forças pequenas com a capacidade de operar nos seus territórios coloniais. Se a Marinha colocasse o Fuzileiros Nº2 sob o comando e responsabilidade espanhola, por mim também podia andar a brincar as bimbis.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9012
  • Recebeu: 4316 vez(es)
  • Enviou: 775 vez(es)
  • +5100/-823
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1909 em: Agosto 31, 2023, 11:33:43 pm »
Eu não percebo porque é que uma hipotética acção anfíbia, tem que girar apenas em torno dos Fuzileiros. Como se sozinhos fizessem moça em algum cenário de média ou alta intensidade, sem apoio do grosso do Exército. Aliás, no estado em que temos a Marinha, o mega navio anfíbio, era afundado com o equipamento e pessoal todo, antes sequer de se aproximar do local de desembarque, independentemente da doutrina.

O que a Holanda está a fazer, por outro lado, é a criar uma força anfíbia mais versátil, tirando lições do USMC, para ser uma força o menos pesada possível. E os fuzos deles, serão usados como uma força inserida na globalidade das suas forças armadas, e não como uma força totalmente independente em TOs não-permissivos. Os navios anfíbios, vão ser usados para transportar meios do Exército, caso se justifique.

E ao que parece, ao escolherem Crossovers para substituir os OPV Holland, a ideia deles passa mesmo por ter navios com capacidade anfíbia destacados nos territórios ultramarinos, seja pela questão militar, seja humanitária, pois os mega LPDs demoram demasiado tempo a chegar lá vindos da Holanda, e são demasiado dispendiosos e com guarnição demasiado grande para ficarem lá destacados.

Com base na lista de compras deles, percebe-se facilmente que eles querem umas FA robustas, e com reais capacidades ofensivas e defensivas. Não é à toa que vão buscar Tomahawks, uma arma ofensiva e crucial nos ataques que antecedem a uma operação anfíbia.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5850
  • Recebeu: 5930 vez(es)
  • Enviou: 3974 vez(es)
  • +10087/-2657
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1910 em: Setembro 14, 2023, 04:31:32 pm »
Governo autoriza a aquisição de equipamentos de visão nocturna para o Corpo de Fuzileiros: https://diariodarepublica.pt/dr/detalhe/despacho/9371-2023-221578687
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Cabeça de Martelo, CruzSilva

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1661
  • Recebeu: 545 vez(es)
  • Enviou: 180 vez(es)
  • +322/-192
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1911 em: Setembro 14, 2023, 06:57:03 pm »
Ui, mas está tudo bem  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Espero que sejam tubos duplos no mínimo, e 3 milhões, gosto, é um excelente investimento
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7953
  • Recebeu: 1289 vez(es)
  • Enviou: 348 vez(es)
  • +5189/-237
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1912 em: Setembro 20, 2023, 12:20:42 pm »
Ena...tantas!  :mrgreen:

 

*

Mentat

  • Membro
  • *
  • 186
  • Recebeu: 121 vez(es)
  • Enviou: 150 vez(es)
  • +38/-3
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1913 em: Setembro 20, 2023, 12:35:03 pm »
Ena...tantas!  :mrgreen:



Nem comento a quantidade, de tão ridículo que é.

Ou algo me está a escapar ou então a bota não bate com a perdigota.
A metralhadora ligeira SAW (versão US da MiniMI) é uma coisa e a MiniMI Mk3 é outra.
Talvez nem haja diferença alguma, só o local de produção muda, mas não deixa de ser estranho.
 

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1661
  • Recebeu: 545 vez(es)
  • Enviou: 180 vez(es)
  • +322/-192
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1914 em: Setembro 20, 2023, 12:39:49 pm »
SAW quer dizer squad automatic weapon, é mais um estilo de arma do que o nome de uma arma em concreto, a Hk21 por exemplo também era efetivamente uma SAW

Em serviço americano o nome oficial é apenas M249 penso, agora sim acaba por ser muito mais conhecida pelo nome de SAW

Aqui o "SAW" para a Marinha é apenas a abreviatura para o tipo de arma que vão comprar
« Última modificação: Setembro 20, 2023, 12:50:17 pm por Drecas »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Mentat

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20717
  • Recebeu: 3152 vez(es)
  • Enviou: 2326 vez(es)
  • +1550/-3495
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1915 em: Setembro 20, 2023, 02:21:22 pm »
4 Minimis por quase 80.000€?! Impossível.

Projeto EPM - DN-LPM-CCF - Operações Especiais - DAE - Sistemas de Armas:
• Entrega de metralhadora ligeira
• Entrega de sacos de transporte para metralhadora ligeira.

Citar
A taxa de execução física não acompanha o acréscimo verificado na execução financeira em virtude de a execução financeira
ser respeitante a um adiantamento de 5 080 272,40 € para aquisição de armamento diverso, o qual apenas terá entregas a
partir de 2025, decorrentes dos prazos de fornecimento apresentados.

Fonte: https://app.parlamento.pt/webutils/docs/doc.pdf?path=6148523063446f764c324679626d56304c334e706447567a4c3168575447566e4c304e505453387a5130524f4c30467963585670646d39446232317063334e68627939535a577868644d4f7a636d6c76637955794d45563464475679626d397a4c314a6c6247463077374e796157397a4a5449775a47556c4d6a42466547566a64634f6e77364e764a5449775a47456c4d6a424d5355306c4d6a426c4a5449775a47456c4d6a424d55453076556d56735958544473334a7062334d6c4d6a426b5a5355794d4556345a574e31773666446f32386c4d6a426b595355794d45784a545355794d4449774d6a496c4d6a426c4a5449775a47456c4d6a424d5545306c4d6a41794d4449794c314a6c6247463077374e796157386c4d6a424d5545306c4d6a41794d4449794c6e426b5a673d3d&fich=Relat%C3%B3rio+LPM+2022.pdf&Inline=true
« Última modificação: Setembro 20, 2023, 02:29:13 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1463
  • Recebeu: 580 vez(es)
  • Enviou: 2295 vez(es)
  • +712/-127
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1916 em: Outubro 05, 2023, 07:49:31 pm »
Ena...tantas!  :mrgreen:



Calma essas são as ligeiras apenas, se somarmos as médias de 7.62x51mm que suponho também devemos compramos os Fuzos devem ficar com umas seis!  :mrgreen:
« Última modificação: Outubro 05, 2023, 07:49:48 pm por CruzSilva »
"Homens fortes criam tempos fáceis e tempos fáceis criam homens fracos - homens fracos criam tempos difíceis e tempos difíceis criam homens fortes."
 

*

goldfinger

  • Investigador
  • *****
  • 3518
  • Recebeu: 2407 vez(es)
  • Enviou: 726 vez(es)
  • +1395/-542
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1917 em: Outubro 05, 2023, 10:47:32 pm »
4 Minimis por quase 80.000€?! Impossível.

Projeto EPM - DN-LPM-CCF - Operações Especiais - DAE - Sistemas de Armas:
• Entrega de metralhadora ligeira
• Entrega de sacos de transporte para metralhadora ligeira.

Citar
A taxa de execução física não acompanha o acréscimo verificado na execução financeira em virtude de a execução financeira
ser respeitante a um adiantamento de 5 080 272,40 € para aquisição de armamento diverso, o qual apenas terá entregas a
partir de 2025, decorrentes dos prazos de fornecimento apresentados.

Fonte: https://app.parlamento.pt/webutils/docs/doc.pdf?path=6148523063446f764c324679626d56304c334e706447567a4c3168575447566e4c304e505453387a5130524f4c30467963585670646d39446232317063334e68627939535a577868644d4f7a636d6c76637955794d45563464475679626d397a4c314a6c6247463077374e796157397a4a5449775a47556c4d6a42466547566a64634f6e77364e764a5449775a47456c4d6a424d5355306c4d6a426c4a5449775a47456c4d6a424d55453076556d56735958544473334a7062334d6c4d6a426b5a5355794d4556345a574e31773666446f32386c4d6a426b595355794d45784a545355794d4449774d6a496c4d6a426c4a5449775a47456c4d6a424d5545306c4d6a41794d4449794c314a6c6247463077374e796157386c4d6a424d5545306c4d6a41794d4449794c6e426b5a673d3d&fich=Relat%C3%B3rio+LPM+2022.pdf&Inline=true

Las MINIMI MK3 de 7,62MM, que ha comprado la IM de España, le han salido a 16.000€ la unidad, con el pack full equipe, de miras, cañones, railes fundas etc...

Así que si...por ahi anda el precio

Citar
Objeto del contrato Suministro de cuarenta y seis (46) ametralladoras MINIMI MK3 de 7,62MM con sus accesorios.
Presupuesto base de licitación sin impuestos 775.910,07 Euros
Valor estimado del contrato: 775.910,07 Euros
Tipo de Contrato: Suministros
Código CPV 35321300-Ametralladoras.
Lugar de Ejecución España - Madrid
Procedimiento de contratación Negociado sin publicidad
« Última modificação: Outubro 05, 2023, 10:48:11 pm por goldfinger »
A España servir hasta morir
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 11158
  • Recebeu: 2388 vez(es)
  • Enviou: 3323 vez(es)
  • +754/-1037
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1918 em: Outubro 05, 2023, 11:42:30 pm »
Ena...tantas!  :mrgreen:



Calma essas são as ligeiras apenas, se somarmos as médias de 7.62x51mm que suponho também devemos compramos os Fuzos devem ficar com umas seis!  :mrgreen:

Tem ali partes do documento que diz "DAE", se forem para essa unidade talvez seja por isso que são poucas armas.
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7953
  • Recebeu: 1289 vez(es)
  • Enviou: 348 vez(es)
  • +5189/-237
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1919 em: Outubro 05, 2023, 11:54:10 pm »


Tem ali partes do documento que diz "DAE", se forem para essa unidade talvez seja por isso que são poucas armas.

DAE: Departamento de Armas e Eletrónica
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning