Rangers, Comandos, Paras, etc

  • 4200 Respostas
  • 834150 Visualizações
*

zawevo

  • Perito
  • **
  • 380
  • Recebeu: 226 vez(es)
  • Enviou: 46 vez(es)
  • +96/-2635
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3900 em: Julho 01, 2020, 07:50:41 pm »
Presidente da República condecorou os Comandos com a Ordem da Liberdade

"Esqueceram-se" de convidar o Sr. Ten-Coronel Marcelino da Mata.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcelino_da_Mata

Cuidem-se
« Última modificação: Julho 01, 2020, 07:52:06 pm por zawevo »
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8820
  • Recebeu: 4138 vez(es)
  • Enviou: 2940 vez(es)
  • +4228/-909
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3901 em: Julho 01, 2020, 08:00:27 pm »
Presidente da República condecorou os Comandos com a Ordem da Liberdade

"Esqueceram-se" de convidar o Sr. Ten-Coronel Marcelino da Mata.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcelino_da_Mata

Cuidem-se

Se o Sr TenCor Marcelino da Mata, estiver bem de saúde, só foi cometida uma enorme falta de respeito ao Militar mais condecorado do Exército Português, e uma gaffe do tamanho do antigo Império Português.

Mama Sumae !!!

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 11022
  • Recebeu: 1824 vez(es)
  • Enviou: 4988 vez(es)
  • +298/-142
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3902 em: Julho 01, 2020, 10:58:47 pm »

Somas as nossas três forças e obtemos algo quase igual.

?

Comparando em que aspectos?

Várias fases dos cursos. Por exemplo, quais as semelhanças que vês com o curso que fizeste nos páras?
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3903 em: Julho 02, 2020, 09:54:02 am »
Presidente da República condecorou os Comandos com a Ordem da Liberdade

"Esqueceram-se" de convidar o Sr. Ten-Coronel Marcelino da Mata.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcelino_da_Mata

Cuidem-se

O Presidente convida quem quiser e aos Comandos o que não lhes falta são Oficiais altamente condecorados. Por exemplo o General “CMD” João de Almeida Bruno é "apenas" o  General mais condecorado em Portugal, o Coronel Tirocinado “CMD” Raul Miguel Socorro Folques foi apenas Comandante da 2ª CCmds e do Regimento de Comandos e o Tenente-Coronel “CMD” Manuel Isaías Pires tem uma história parecida com o Tenente-Coronel “CMD” Marcelino da Mata, foi um militar que veio das patentes mais baixas e subiu a pulso.

http://associacaocomandos.pt/comandos-associacao/torre-espada/#isaiaspires
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3904 em: Julho 02, 2020, 03:12:00 pm »

Somas as nossas três forças e obtemos algo quase igual.

?

Comparando em que aspectos?

Várias fases dos cursos. Por exemplo, quais as semelhanças que vês com o curso que fizeste nos páras?

Poucas ou nenhumas porque no meu serviço só consigo ver a imagem que aparece no youtube e mais nada (está bloqueado o youtube). Mas sendo uma unidade de Operações Especiais, como é que eles iam ocupar uma infraestrutura aeroportuária, evacuar não combatentes e ao mesmo tempo ter poder de fogo para prevenir que o IN pudesse impedir essa mesma evacuação?

Afinal eles são uma FOE, Comandos ou Páras?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8820
  • Recebeu: 4138 vez(es)
  • Enviou: 2940 vez(es)
  • +4228/-909
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3905 em: Julho 02, 2020, 03:44:54 pm »
Presidente da República condecorou os Comandos com a Ordem da Liberdade

"Esqueceram-se" de convidar o Sr. Ten-Coronel Marcelino da Mata.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcelino_da_Mata

Cuidem-se

O Presidente convida quem quiser e aos Comandos o que não lhes falta são Oficiais altamente condecorados. Por exemplo o General “CMD” João de Almeida Bruno é "apenas" o  General mais condecorado em Portugal, o Coronel Tirocinado “CMD” Raul Miguel Socorro Folques foi apenas Comandante da 2ª CCmds e do Regimento de Comandos e o Tenente-Coronel “CMD” Manuel Isaías Pires tem uma história parecida com o Tenente-Coronel “CMD” Marcelino da Mata, foi um militar que veio das patentes mais baixas e subiu a pulso.

http://associacaocomandos.pt/comandos-associacao/torre-espada/#isaiaspires

CdM, nomeia quem tú quiseres, mas a verdade é apenas uma;
O Militar Português mais condecorado é o sr TenCor Marcelino da Mata, que por acaso também é dos CMDs, se alguém deveria ter sido convidado, seria ele.

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3906 em: Julho 02, 2020, 05:43:16 pm »
Presidente da República condecorou os Comandos com a Ordem da Liberdade

"Esqueceram-se" de convidar o Sr. Ten-Coronel Marcelino da Mata.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Marcelino_da_Mata

Cuidem-se

O Presidente convida quem quiser e aos Comandos o que não lhes falta são Oficiais altamente condecorados. Por exemplo o General “CMD” João de Almeida Bruno é "apenas" o  General mais condecorado em Portugal, o Coronel Tirocinado “CMD” Raul Miguel Socorro Folques foi apenas Comandante da 2ª CCmds e do Regimento de Comandos e o Tenente-Coronel “CMD” Manuel Isaías Pires tem uma história parecida com o Tenente-Coronel “CMD” Marcelino da Mata, foi um militar que veio das patentes mais baixas e subiu a pulso.

http://associacaocomandos.pt/comandos-associacao/torre-espada/#isaiaspires

CdM, nomeia quem tú quiseres, mas a verdade é apenas uma;
O Militar Português mais condecorado é o sr TenCor Marcelino da Mata, que por acaso também é dos CMDs, se alguém deveria ter sido convidado, seria ele.

Abraços

Eu?! Não sou militar, não sou politico, não sou Comando... deixa-me cá estar no meu canto que eu já tenho a minha própria guerra para travar.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9186
  • Recebeu: 1400 vez(es)
  • Enviou: 1570 vez(es)
  • +200/-64
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3907 em: Julho 02, 2020, 09:59:39 pm »

Somas as nossas três forças e obtemos algo quase igual.

?

Comparando em que aspectos?

Várias fases dos cursos. Por exemplo, quais as semelhanças que vês com o curso que fizeste nos páras?

Poucas ou nenhumas porque no meu serviço só consigo ver a imagem que aparece no youtube e mais nada (está bloqueado o youtube). Mas sendo uma unidade de Operações Especiais, como é que eles iam ocupar uma infraestrutura aeroportuária, evacuar não combatentes e ao mesmo tempo ter poder de fogo para prevenir que o IN pudesse impedir essa mesma evacuação?

Afinal eles são uma FOE, Comandos ou Páras?

Penso que o que o HSMW quer dizer é que os cursos especiais têm muita coisa em comum, todos tem sobrevivência, prisioneiros de guerra, combate corpo a corpo, muito treino físico, montanha, meio aquático, etc, uns podem ter mais semanas de uma coisa que os outros, ou aprofundar mais um ou outro treino, mas deve ser mais as coisas iguais do que diferentes.

O que talvez diferencie mais as unidades especiais portuguesas seja a organização e o equipamento.
« Última modificação: Julho 02, 2020, 10:01:37 pm por Lightning »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 11022
  • Recebeu: 1824 vez(es)
  • Enviou: 4988 vez(es)
  • +298/-142
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3908 em: Julho 02, 2020, 11:01:19 pm »
Exatamente. Vemos muitas semelhanças com os cursos das nossas tropas e que normalmente não são divulgados em vídeo.
Cabeça de Martelo tens de ver o vídeo para perceber. 
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3909 em: Julho 03, 2020, 10:53:45 am »
Exatamente. Vemos muitas semelhanças com os cursos das nossas tropas e que normalmente não são divulgados em vídeo.
Cabeça de Martelo tens de ver o vídeo para perceber.

Eu agora estou com pouco tempo mas deixo apenas esta imagem para depois debatermos, ok?! :G-beer2:

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, HSMW

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7398
  • Recebeu: 757 vez(es)
  • Enviou: 272 vez(es)
  • +849/-12
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3910 em: Julho 03, 2020, 11:12:08 am »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, HSMW, Camuflage

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3911 em: Julho 03, 2020, 03:53:59 pm »
Perfeito!

Agora o que vou colocar abaixo não são textos escritos por mim, mas tirados de um Relatório Científico Final do Trabalho de Investigação Aplicada do então Aspirante de Infantaria Pedro Ferreira Vieira Simões de Abreu.

Que capacidades devem ter as modernas forças Paraquedistas?

Uma moderna força Paraquedista deve ser ligeira, dotada de grande flexibilidade e prontidão, com capacidade de proteção, sustentação, rápida projeção, comando e controlo, movimento e manobra e as restantes funções de combate que permitam que a força seja empenhada isoladamente até que seja rendida ou reabastecida. Essas capacidades são conferidas através de meios de visão noturna, meios ligeiros blindados parachutaveis, comunicações com o escalão superior e com as aeronaves e de meios de apoio de combate (armas
ACar, apoio de fogos, AA e meios de VCB).

Uma das características dos Paraquedistas em Portugal é terem capacidade para combater durante três dias sem serem reabastecidos, contudo, a intensidade do combate pode fazes variar a necessidade de reabastecimento. Após a autonomia se esgotar a força tem de ser reabastecida pelo estabelecimento de linhas de comunicação ou caso não seja possível, ser reabastecida via aérea pelo lançamento de cargas ou de efetuar uma Operação de Junção com uma força amiga.

O RPara forma os militares desde o estádio zero, como civil até ao militar qualificado em paraquedismo militar, dá toda a instrução básica, toda a instrução tática individual e em pequenos escalões, parelha, de modo a que o militar se torne um combatente confiante em si próprio e saber os procedimentos para sobreviver no campo de batalha e conseguir cumprir uma missão. Nós entendemos que estas são as condições essenciais, básicas e necessárias para que o militar Paraquedista possa seguir o seu percurso quer seja nos dois BIPara ou aqui no BOAT se enveredarem por uma formação aeroterrestre avançada, neste caso também já somos nos que damos essa formação.
A partir daí a formação de combate em unidades esquadra, secção, pelotão e companhia é feita na integração dos batalhões operacionais.

1.º BIPara deverá estar capacitado para:

(1) Realizar Operações Aerotransportadas para entrada inicial de forças, em ambiente hostil, com recurso ao lançamento em paraquedas ou a aterragem de assalto, em qualquer tipo de terreno, para explorar a mobilidade estratégica e a velocidade de reação para conquistar terreno vital;
(2) Executar Operações Aerotransportadas, em combate de alta intensidade, com limitações significativas no poder de fogo e proteção;
(3) Reforçar rapidamente, as forças implantadas na frente de combate, atuando como reserva estratégica ou operacional e realizando incursões táticas;
(4) Ocupar áreas ou reforçar unidades amigas isoladas, e conquistar pontos importante na frente de combate para facilitar as operações terrestres ou aéreas;
(5) Garantir a proteção a pessoal montado face a fogo de armas ligeiras, rebentamentos de artilharia de 155 mm a 100 m e rebentamentos de granadas de mão (STANAG 4569: K1 M1);
(6) Constituir o comando de um agrupamento de armas combinado, bem como, destacar subunidades suas para outro agrupamento;
(7) Comandar e controlar até cinco (5) subunidades de manobra;(7)
(8) Receber e empregar viaturas blindadas ligeiras (Protected Patrol Vehicles) de modo a atuar como Batalhão de Infantaria Ligeiro (INF-L-BN) ou Batalhão Aeromóvel (INF-L-AMB);
(9) Recolher informação e adquirir objetivos através de diferentes meios, na Área de Interesse do Batalhão;
(10) Executar operações ofensivas, defensivas, de estabilização e tarefas de transição/complementares;
(11) Empregar meios não-letais;
(12) Executar tarefas independentes de escalão Pelotão;
(13) Contribuir na Receção, Estacionamento e Movimentos (REM/RSOMI - Reception, Staging, Onward Movement and Integration) de outras unidades;
(14) Executar operações conjuntas e combinadas, em condições de frio ou calor extremos;
(15) Manter a cadeia de comando (Operações e Logística) atualizada, de forma automática, sobre a situação das munições, combustíveis e pessoal, bem como dos principais danos sofridos, resultantes ou não do combate;
(16) Integrar o sistema de informação, vigilância e reconhecimento conjunto (JISR - Joint Intelligence Surveilance and Reconnaisance) da Aliança, de forma a permitir a execução eficiente do plano de pesquisa, o cruzamento de informação com outros meios pesquisa, e a disseminação da informação recolhida a outras forças;
(17) Atuar por um período de três (3) dias sem ser reabastecida;
(18) Implementar e manter redes de comunicações robustas (rede segura de voz e dados), assegurando a capacidade de comunicações intra-teatro e com a retaguarda (reach back);
(19) Obter e divulgar imagens na forma de vídeo ou fotos (de dia ou de noite e em condições de visibilidade limitada), para um centro de processamento/análise/integração de uma forma atempada, eficiente e segura;
(20) Contribuir para a Imagem Operacional Comum (COP – Common Operacional Picture), através da divulgação de dados e informações;
(21) Garantir um nível de proteção adequado, integrando e empregando meios de Proteção da Força, procedimentos no âmbito de OPSEC, INFOSEC, COMSEC, NBQR, CIED, e políticas e normas de proteção da saúde;
(22) Garantir proteção adequada no âmbito da defesa contra ameaças NBQR de acordo com "ACO Force Standards";
(23) Preparar adequadamente os seus militares contra IED de acordo com o "STANAG 2294/ACIEDP-01 Counter Improvised Explosive Device (CIED) Training Requirements".
(24) Garantir proteção adequada contra IED de acordo com o "STANAG 4569/AEP-55 Protection Levels for Occupants Armoured Vehicles".
(25) Controlar e dirigir missões de apoio aéreo durante a fase terminal de ataque, através do "Tactical Air Control Party" (TACP) e por via de Controladores Aéreos Avançados (FAC - Forward Air Controllers), determinando a localização precisa dos alvos a bater e/ou executando a referenciação de alvos com recurso a designadores de laser;
(26) Empregar medidas que minimizem a vulnerabilidade a um ataque aos sistemas de informação (cyber attack), que mantenham, durante o ataque, o grau de operacionalidade determinado pelo Comandante, e que restabeleçam, após o ataque, os serviços de rede afetados.”
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3912 em: Julho 03, 2020, 04:26:24 pm »
O que falta aos Paraquedistas para poderem realizar sem compromissos as funções dos Comandos?

1 - O Curso de Combate teria que ser mais longo (12 semanas) para poder-se dar mais matérias.

Exemplo : armamento e tiro, transmissões, topografia, sapadores, reconhecimento, patrulhas, luta próxima anticarro, socorrismo, técnica de transposição de obstáculos, nautismo, sobrevivência, combate em áreas urbanizadas, montanhismo, fuga e evasão, educação física militar exercício final de duas semanas.

De onde tirei estas matérias? Do curso de Precursores/Auxiliar de Precursor e sim era possível se não puxassem tanto pelo pessoal, já que um Curso de Precs só uma pequena porção de Paraquedistas , Comandos ou Fuzileiros é capaz de superar. É claro que o estado teria que investir mais do que os 3000€ que gasta por cabeça no Curso de Combate, provavelmente seria algo entre o dito curso e o de Precs (8000€), o que dava os 5000€ do Curso de Comandos (que atualmente é de 16 semanas).

A questão é se uns podem fazer isso e o estado ia gastar mais dinheiro (coisa que eu duvido), para que é que os Comandos depois existiam? Ou melhor, quem "come" quem?

Muito sinceramente, basta ver os cursos/unidades que haviam no tempo do CTP para perceber que nessa altura a Brigada tinha isto tudo e sem qualquer problema e que atualmente também se pode ter, mas vendo como estão os BIParas e o BCmds fica a sensação que algo tem que mudar. Para começar a Brigada devia ser de novo um Corpo com autonomia para seleccionar e formar os seus próprios elementos, que deviam todos passar pelo mesmo Batalhão de Formação, só passando ao RCmds e ao CTOE quando chegasse a altura de fazer o dito curso. Com isso conseguia-se seleccionar melhor os elementos já o que não deve faltar é pessoal que começa a recruta e já só pensa em sair, seja em que Regimento/Centro for. Para além disso um civil sabe lá qual das tropas é que melhor se adapta e o que é realmente ser militar de uma dessas casas. O que se perdia? Nada!
« Última modificação: Julho 03, 2020, 04:32:02 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7398
  • Recebeu: 757 vez(es)
  • Enviou: 272 vez(es)
  • +849/-12
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3913 em: Julho 03, 2020, 04:29:45 pm »
Fazes uma solução "à belga"...passam a chamar-se Paracomandos e um dos Regimentos/Batalhão de Infantaria usa boina verde e o outro boina vermelha.  c56x1
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Rangers, Comandos, Paras, etc
« Responder #3914 em: Julho 03, 2020, 05:08:27 pm »
Fazes uma solução "à belga"...passam a chamar-se Paracomandos e um dos Regimentos/Batalhão de Infantaria usa boina verde e o outro boina vermelha.  c56x1

Nada disso, depois de teres lido eu editei e coloquei mais coisas.

Possíveis soluções:

Volta-se a ter um Corpo com elevada autonomia no seio do Exército, fazendo a selecção e formação dos seus militares da Arma de Infantaria, o Regimento de Paraquedistas passava a Centro de Formação (seja lá o nome que quiserem dar-lhe) e passava a ser responsável pela Instrução Básica (5 semanas) e Instrução Complementar 1 (7 semanas). A Especialidade seria repartida por Tancos e a outra Tropa Especial (Especialidade = Curso de Combate  + Curso de Paraquedismo, Curso de Comandos + Curso de Paraquedismo ou Curso de Operações Especiais + Curso de Paraquedismo.

Solução controversa:

Tudo acima, mas dado que os BIParas e o BCmds terem tão poucos efectivo, as Companhias da última unidade passavam a estarem inseridas nos BIParas.



Solução ainda mais controversa:

Fundia-se as duas Especialidades à Belga e ou o Curso de Comandos era modificado ou o Curso de Combate era modificado como eu indiquei acima.
« Última modificação: Julho 03, 2020, 05:13:28 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.