Modernização dos Lynx Mk95A

  • 140 Respostas
  • 18224 Visualizações
*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5236
  • Recebeu: 1614 vez(es)
  • Enviou: 405 vez(es)
  • +337/-243
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #120 em: Agosto 06, 2021, 07:41:25 pm »
A China não perderia tempo nem dinheiro nem meios para nos defender. Se defendessem as bases onde estariam estacionados, era muito. Da mesma forma que para tratar de nós, Espanha chegava, era só fazer um bloqueio naval para impedir as nossas exportações e importações, destruindo a já frágil economia portuguesa e causando problemas para o dia-a-dia dos portugueses.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4323
  • Recebeu: 2693 vez(es)
  • Enviou: 4727 vez(es)
  • +3635/-141
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #121 em: Agosto 07, 2021, 04:15:23 am »
Há aqui pessoal a fumar umas coisas boas. Mas enfim, vamos ver quanto tempo levam as F100 polacas a construir para ver se são más fragatas.

Por vezes, lê-mos umas coisas sobre os States e gostamos de extrapolar — quem pensa que as Constellation são uma cópia exacta das FREEM está, no mínimo, equivocado. As Constellation são baseadas nas FREMM italianas, utilizam o mesmo grupo propulsor e eléctrico, têm um layout semelhante, no entanto, são mais compridas, mais largas e deslocam umas centenas de toneladas adicionais, porque os requisitos de construção naval norte-americanos são muito mais exigentes que os das marinhas europeias.

Obviamente, há ainda a questão da integração de todos os sistemas e armamentos americanos e, também muito importante, o facto dos estaleiros da Fincantieri no Wisconsin estarem ocupados com a construção dos Feedom. Tudo isto explica o hiato de 48 meses entrei início da construção e a entrada ao serviço da nova classe de fragatas da US Navy. Claro que quando o projecto entrar em velocidade de cruzeiro e, potencialmente, estaleiros não associados à Fincantieri começarem também a construir estas fragatas, o tempo de construção vai diminuir significativamente.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5236
  • Recebeu: 1614 vez(es)
  • Enviou: 405 vez(es)
  • +337/-243
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #122 em: Agosto 07, 2021, 07:30:05 am »
O tempo de construção e quase garantidamente o custo também irá diminuir.

Seja como for, no caso português é diferente, basta ver que as Marlin para o Sines e o Setúbal estão há 3 anos a ser "fabricadas", tal é a complexidade das armas, que a Leonardo não dá conta do recado.

Aqui as coisas funcionam de forma diferente. Sim navios novos demorariam 2 anos a construir, sem problema, mas são 2 anos de Marte.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 1790
  • Recebeu: 491 vez(es)
  • Enviou: 1596 vez(es)
  • +260/-15
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #123 em: Agosto 07, 2021, 11:11:26 am »
(...) quem pensa que as Constellation são uma cópia exacta das FREEM está, no mínimo, equivocado. As Constellation são baseadas nas FREMM italianas, utilizam o mesmo grupo propulsor e eléctrico, têm um layout semelhante, no entanto, são mais compridas, mais largas e deslocam umas centenas de toneladas adicionais, porque os requisitos de construção naval norte-americanos são muito mais exigentes que os das marinhas europeias.

Mais deslocamento =》mais "resiliência"... mas os requisitos de construção tem outras exigências? Tipos aço, mais redundâncias, mais equipamentos controle de avarias? É apenas uma questão de "tamanho", a USN não concebe um navio de 1a linha tão "pequeno", comparando com o que as marinhas europeias considerem normal?
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8582
  • Recebeu: 3906 vez(es)
  • Enviou: 2673 vez(es)
  • +3635/-441
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #124 em: Agosto 07, 2021, 01:20:18 pm »
Meus Caros,

Este tópico é sobre os mk95a, correcto ???

Abraços



Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 2102 vez(es)
  • Enviou: 2755 vez(es)
  • +1707/-3718
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #125 em: Agosto 08, 2021, 10:27:28 am »
Vai na volta os Lynx têm Covid

"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 10724
  • Recebeu: 1660 vez(es)
  • Enviou: 4485 vez(es)
  • +266/-132
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #126 em: Agosto 08, 2021, 12:36:44 pm »
Quando uma virgula faz toda a diferença.  ???
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5236
  • Recebeu: 1614 vez(es)
  • Enviou: 405 vez(es)
  • +337/-243
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #127 em: Agosto 08, 2021, 01:33:30 pm »
Vai na volta os Lynx têm Covid



Se o héli tem 8 anos, não é o Lynx de certeza.  :mrgreen:
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8582
  • Recebeu: 3906 vez(es)
  • Enviou: 2673 vez(es)
  • +3635/-441
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #128 em: Agosto 14, 2021, 04:46:05 pm »
A demora e o mau planeamento na modernização dos Lynx a isto obrigou.

Preparação de mais uma missão

A equipa de operações de voo do NRP Corte-Real concluiu com sucesso o curso de aperfeiçoamento em reabastecimento vertical, em estreita colaboração com a Força Aérea Portuguesa.

Este curso efetuou-se no Aeródromo de Manobra nº1, em Maceda-Ovar com recurso a um helicóptero AW-119 Koala da Esquadra 552 e um formador da Esquadrilha de Helicópteros.



A fragata Corte-Real vai assim integrar a Força Naval Permanente da NATO (SNMG1) qualificada para operações de VERTREP (Vertical Replenishment), ou seja, reabastecimento vertical com recurso a cargas suspensas em helicópteros, uma tarefa logística muito utilizada nas forças navais.

https://www.facebook.com/MarinhaPortuguesa/photos/a.166558256698699/4510194872334994?type=3&theater

Abraços
« Última modificação: Agosto 14, 2021, 04:47:28 pm por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8582
  • Recebeu: 3906 vez(es)
  • Enviou: 2673 vez(es)
  • +3635/-441
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #129 em: Agosto 18, 2021, 05:41:05 pm »
Hoje em Yeovil, mais um teste no solo do nosso 19205.

Re: Yeovil (Westland) Sightings 2021
Post by Freeman Lowell » Wed Aug 18, 2021 1:44 pm

Wednesday 18.08.21 1300hrs
Portuguese S.Lynx 95 ZH584 powered up at the western end.

Freeman

Abraços
« Última modificação: Agosto 18, 2021, 05:42:46 pm por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 1798
  • Recebeu: 270 vez(es)
  • Enviou: 232 vez(es)
  • +104/-154
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #130 em: Setembro 16, 2021, 12:12:42 pm »
Citar
O programa do 19204 teve início em setembro de 2016.
Este exaustivo e minucioso processo de modernização constou de: desmontagem de todos os antigos equipamentos e sistemas da aeronave; diversas manutenções à fuselagem; reparações es-truturais em zonas apenas acessíveis nestas profundas interven-ções; modificações e reforço estrutural decorrentes da instalação dos  novos  motores  (os  LHTEC  CTS800-4N  substituíram  os  ante-riores  Rolls  Royce  GEM42);  reforço  e  atualização  do  sistema  de deteção,  proteção  e  extinção  de  incêndios;  e  instalação  de  um sistema de amortecimento de vibrações do rotor principal.
A  modernização  também  abrangeu  a  área  dos  aviónicos:  upgrades aos sistemas de ajuda e navegação, com a introdução de sistemas  atualizados  de  navegação  inercial;  e  a  substituição  do anterior  painel  de  instrumentos  pelo  conceito  de  glass  cockpit  possuindo três ecrãs multifunções (com a obrigatória intervenção e reforço a nível estrutural).
No  que  concerne  ao  equipamento  de  missão,  o  anterior guincho hidráulico foi substituído por um guincho elétrico, que garante uma maior fiabilidade de utilização.
Ou seja foi modernizado para as suas missões helitaxi e SAR.
Missões ASW ou ASUW é que coiso.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Charlie Jaguar, PereiraMarques

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8582
  • Recebeu: 3906 vez(es)
  • Enviou: 2673 vez(es)
  • +3635/-441
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #131 em: Setembro 16, 2021, 06:33:47 pm »
Citar
O programa do 19204 teve início em setembro de 2016.
Este exaustivo e minucioso processo de modernização constou de: desmontagem de todos os antigos equipamentos e sistemas da aeronave; diversas manutenções à fuselagem; reparações es-truturais em zonas apenas acessíveis nestas profundas interven-ções; modificações e reforço estrutural decorrentes da instalação dos  novos  motores  (os  LHTEC  CTS800-4N  substituíram  os  ante-riores  Rolls  Royce  GEM42);  reforço  e  atualização  do  sistema  de deteção,  proteção  e  extinção  de  incêndios;  e  instalação  de  um sistema de amortecimento de vibrações do rotor principal.
A  modernização  também  abrangeu  a  área  dos  aviónicos:  upgrades aos sistemas de ajuda e navegação, com a introdução de sistemas  atualizados  de  navegação  inercial;  e  a  substituição  do anterior  painel  de  instrumentos  pelo  conceito  de  glass  cockpit  possuindo três ecrãs multifunções (com a obrigatória intervenção e reforço a nível estrutural).
No  que  concerne  ao  equipamento  de  missão,  o  anterior guincho hidráulico foi substituído por um guincho elétrico, que garante uma maior fiabilidade de utilização.
Ou seja foi modernizado para as suas missões helitaxi e SAR.
Missões ASW ou ASUW é que coiso.

E para intervir nestas áreas, foi necessário imobilizar a aeronave por três anos.
Nem quero pensar o tempo necessário se fossem intervencionados os sistemas de armas e aquisição de alvos.

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8582
  • Recebeu: 3906 vez(es)
  • Enviou: 2673 vez(es)
  • +3635/-441
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #132 em: Setembro 16, 2021, 06:34:39 pm »
Citar
O programa do 19204 teve início em setembro de 2016.
Este exaustivo e minucioso processo de modernização constou de: desmontagem de todos os antigos equipamentos e sistemas da aeronave; diversas manutenções à fuselagem; reparações es-truturais em zonas apenas acessíveis nestas profundas interven-ções; modificações e reforço estrutural decorrentes da instalação dos  novos  motores  (os  LHTEC  CTS800-4N  substituíram  os  ante-riores  Rolls  Royce  GEM42);  reforço  e  atualização  do  sistema  de deteção,  proteção  e  extinção  de  incêndios;  e  instalação  de  um sistema de amortecimento de vibrações do rotor principal.
A  modernização  também  abrangeu  a  área  dos  aviónicos:  upgrades aos sistemas de ajuda e navegação, com a introdução de sistemas  atualizados  de  navegação  inercial;  e  a  substituição  do anterior  painel  de  instrumentos  pelo  conceito  de  glass  cockpit  possuindo três ecrãs multifunções (com a obrigatória intervenção e reforço a nível estrutural).
No  que  concerne  ao  equipamento  de  missão,  o  anterior guincho hidráulico foi substituído por um guincho elétrico, que garante uma maior fiabilidade de utilização.
Ou seja foi modernizado para as suas missões helitaxi e SAR.
Missões ASW ou ASUW é que coiso.

E para intervir nestas áreas, foi necessário imobilizar a aeronave por três anos.
Nem quero pensar o tempo necessário se fossem intervencionados/melhorados os sistemas de armas/aquisição de alvos OB.

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5236
  • Recebeu: 1614 vez(es)
  • Enviou: 405 vez(es)
  • +337/-243
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #133 em: Setembro 17, 2021, 10:52:07 am »
Pois é, uma modernização básica que poucas melhorias reais traz às capacidades existentes. Imaginem se o MLU dos F-16 fosse semelhante, teríamos F-16 A/B Block 15, apenas com novos motores e glass cockpit e o SLEP, e tudo o resto ficava na mesma.

Mas também não era surpresa que os nossos Lynx eram mais "civis" que outra coisa. Nem contra-medidas têm.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3694
  • Recebeu: 2777 vez(es)
  • Enviou: 1685 vez(es)
  • +3695/-1754
Re: Modernização dos Lynx Mk95A
« Responder #134 em: Setembro 17, 2021, 11:37:38 am »
Sim, é claramente sobretudo para continuarem a ser o táxi dos senhores Almirantes, e efectuarem ASW, SAR e transporte de proximidade ao navio onde estiverem embarcados.

Um sistema de armas tão capaz, do qual uma vez mais pouco potencial retiramos ao exemplo de tantos outros casos, e que como dispositivos ofensivos tem um par de torpedos e/ou uma metralhadora pesada. E isto já para não falar do FLIR, esse equipamento do demónio, que até nos UAV é instalado, mas que em duas das três frotas de helicópteros é uma miragem.

São malucos estes argelinos, com FLIR, CMDS e mísseis anti-blindagem Denel Mokopa nos seus Super Lynx.  ::)

« Última modificação: Setembro 17, 2021, 11:39:14 am por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, HSMW