Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)

  • 29 Respostas
  • 9385 Visualizações
*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: IVECO LMV (VBMT-LR Lince)
« Responder #15 em: Abril 28, 2021, 12:44:52 am »
Exército Brasileiro recebe seu primeiro LMV-BR


Citar
No dia de hoje, 27 de abril, na unidade da Iveco Veículos de Defesa de Sete Lagoas, no Estado de Minas Gerais, ocorreu a cerimônia de entrega da primeira viatura blindada multitarefa – leve de rodas (VBMT-LR) 4X4 LMV-BR ao Exército Brasileiro (EB).

A viatura foi entregue a uma comissão de recebimento da Diretoria de Fabricação (DF) do EB, em uma cerimônia com poucas pessoas devido a pandemia de Covid-19, e será  encaminhada para avaliação, com supervisão do Centro de Avaliação do Exército (CAEx), para sua homologação operacional.

Esta viatura faz parte do primeiro lote, de 32 unidades e que as restantes serão entregues até 2022, como parte do processo de modernização dos meios do EB.


Os veículos desse lote são fabricados na unidade de Bolzano, na Itália, mas sua montagem final e integração de sistemas de armas e comando e controle (C2), é realizada na unidade de Sete Lagoas, com a utilização de diversos componentes nacionais. Seu índice de nacionalização aumentará com os próximos lotes.

Relembrando o Programa VBMT-LR 4X4

Desde meados da década passada, o EB manifestava interesse na possível aquisição de um blindado 4X4. Inicialmente, os estudos da Nova Família de Blindados Médio sobre Rodas (FBMR), depois transformado em Programa Estratégico do Exército (Prg EE) GUARANI, contemplavam a aquisição de uma viatura blindada de reconhecimento leve sobre rodas (VBR-LR).

Em 29 de novembro de 2013, o Estado-Maior do Exército (EME) aprovou o estudo de viabilidade do veículo dessa categoria, agora renomeado como Viatura Blindada Multitarefa, Leve Sobre Rodas (VBMT-LR), basicamente um blindado da classe 4X4, com um peso máximo de oito toneladas, capacidade de carga de uma tonelada, e espaço para uma guarnição de cinco homens. Posteriormente foi revelado que o EB teria a intenção de adquirir um total de 186 unidades,  divididos em um lote inicial de 32 e dois de 77.

Diversas empresas apressaram-se em participar desse programa, no entanto, apenas os modelos IVECO M65 LMV, AVIBRAS/RTD Sherpa Tupi, INBRA Gladiador BLSR, BAE Systems RG32M LTAV e AM General/PLASAN MLTV se apresentaram, dentro dos prazos, para os testes no Centro de Avaliação do Exército (CAEx). No Diário Oficial de 03 de outubro de 2014, foi anunciado a pré-qualificação de todos os veículos, exceto o da INBRA, que foi desclassificado por não atender os Requisitos Operacionais Básicos (ROB), definidos em edital.

No dia 06 de abril de 2016, o Escritório de Projetos do Exército (EPEx), em Reunião Decisória Especial, publicou que a viatura Iveco LMV foi declarada vencedora. O contrato de aquisição do primeiro lote foi assinado em 06 de outubro de 2019.

Com informações e imagens da IVECO
 :arrow: https://tecnodefesa.com.br/exercito-recebe-seu-primeiro-lmv-br/

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: IVECO LMV (VBMT-LR Lince)
« Responder #16 em: Julho 01, 2021, 03:00:03 am »
LMV-BR é entregue ao CAEx


Citar
Por Paulo Roberto Bastos Jr

Na manhã de hoje, 30 de junho, a viatura blindada multitarefa – leve de rodas (VBMT-LR) 4X4 LMV-BR, recebida pelo Exército Brasileiro (EB) em 27 de abril, foi entregue ao Centro de Avaliação do Exército (CAEx), pela Diretoria de Fabricação (DF), para homologação operacional.

Todo o planejamento da avaliação foi elaborado em coordenação entre a DF, o CAEx e a empresa Iveco Defence Vehicles com o objetivo de otimizar os prazos e os custos da avaliação para permitir que a viatura seja distribuída à tropa no mais curto prazo, sendo que, na próxima semana,  será dado início à capacitação do pessoal que irá operar a viatura durante os testes e ensaios.

Esta viatura está equipada com um sistema de armas remotamente controladas (SARC) REMAX e faz parte do primeiro lote, de 32 unidades, a ser seguidos por mais dois de 77.

Os veículos desse lote serão fabricados na unidade de Bolzano, na Itália, mas sua montagem final e integração de sistemas de armas e comando e controle (C2), será realizada na unidade de Sete Lagoas (MG), com a utilização de diversos componentes nacionais.

As unidades restantes deste lote deverão ser entregues até 2022, dentro do Programa Estratégico do Exército (Prg EE) GUARANI, como parte do processo de modernização dos meios do EB.

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/lmv-br-e-entregue-ao-caex/



 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #18 em: Abril 06, 2022, 02:30:28 pm »
REMAX 4 entra em produção e é integrado ao LMV-BR


Citar
A empresa Ares Aeroespacial e Defesa informou que deu início a produção do lote piloto, de 20 unidades, do SARC REMAX 4 para atender as necessidades do Exército Brasileiro (EB), que está modernizando suas tropas e que, na terça-feira passada (29), no Centro Tecnológico do Exército (CTEx), localizado no Rio de Janeiro (RJ), foi realizado, com sucesso, o teste de integração do sistema de armas remotamente controlado (SARC) REMAX 4 na viatura blindada multitarefa leve sobre rodas (VBMT-LSR) 4X4 LMV-BR.

O resultado do teste, que contou com a presença de militares da Diretoria de Fabricação (DF), demonstrou que a manutenção das mesmas interfaces mecânicas facilitou a integração, garantindo a eficiência do conjunto.


Estas atividades demonstram que o sucesso do projeto do REMAX, que continua em evolução constante e o cujo contrato prevê além do fornecimento dos sistemas, cursos de manutenção e transferência de capacidade para organizações militares, além do fato da demonstrar que vem investindo massivamente no incremento de suas capacidades, em lotes pilotos, na capacitação constante da equipe e na infraestrutura com o objetivo de atender as demandas das Forças Armadas Brasileiras.

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/remax-4-entra-em-producao-e-e-integrado-ao-lmv-br/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #20 em: Abril 20, 2022, 03:18:14 am »
REMAX 4 realiza testes de tiro no CAEx


Citar
No período de 5 a 13 de abril, no Centro de Avaliações do Exército (CAEx), o “Campo de Provas da Marambaia/ 1948”,  foram realizados os testes de integração da viatura blindada multitarefa leve sobre rodas (VBMT-LR) 4X4 com o sistema de armas remotamente controlado (SARC) REMAX 4, da Ares Aeroespacial e Defesa.

A atividade, conduzida pelo Centro Tecnológico do Exército (CTEx) e pela empresa Ares, contou também com o apoio da Diretoria de Fabricação (DF) e da Empresa IVECO.




Militares e técnicos do CTEx, do CAEx e engenheiros e técnicos da ARES participaram das atividades, cujo objetivo foi realizar testes de integração da viatura IVECO LMV-BR 4 x 4 com o sistema de armas REMAX 4, a fim de viabilizar a continuidade do projeto REMAX, otimizado por novas interfaces mecânicas e elétricas na plataforma veicular.

Foram efetuados testes de rodagem em diversos tipos de terreno, a fim de verificar padrões e realizar a convergência na malha de estabilização do sistema de armas à viatura. Foram efetuados tiros com a viatura parada e em movimento com os calibres 7,62×51 mm e 12,7×99 mm (.50’) e a verificação do comportamento e controle do sistema, que mantém a linha de visada no alvo com emprego de traqueamento de imagem, quando alvo e viatura podem estar ou não, simultaneamente, em movimento.




No REMAX 4, a consciência situacional proporcionada pelo equipamento permite ao chefe da viatura, através da tecnologia embarcada, acesso às mesmas informações que o atirador, a respeito da viatura e do alvo, o que caracteriza constante melhoria na modernização e atualização do equipamento e prolonga o ciclo de vida dos sistemas e materiais de emprego militar (SMEM) do Programa g Estratégico do Exército (Prg EE) Guarani.

O programa fomenta a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação, através do trabalho constante entre o Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação do Exército (SCTIEx) e a Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS), pela entrega contínua de melhores versões da família de blindados sobre rodas e de sistemas tecnológicos de armas remotamente controladas e de comando e controle (C2).

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/remax-4-realiza-testes-de-tiro-no-caex/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
VBMT-LSR: Mais uma etapa concluída, 15 viaturas entregues


Citar
Foi recebido na Iveco em Sete Lagoas - MG, mais 15 viaturas previstas no primeiro lote do programa que visa prover ao Exército Brasileiro (EB) um veículo blindado multitarefa, concluindo a primeira fase do programa.
Esse lote de 15 viaturas ainda é oriundo da unidade da Iveco na Itália, conforme previsto no programa. Estas viaturas passam por um processo de integração de sistemas de armas e de Comando e Controle, além dos testes de avaliação, utilizados para verificar a integração dos diversos sistemas e iniciar o processo de nacionalização prevista para os lotes seguintes de obtenção da plataforma e de seus sistemas.


Os próximos lotes a serem contratados, já deverão ser produzidos na unidade da Iveco em Sete Lagoas-MG, mesma unidade onde são produzidos os VBTP Guaraní.

 :arrow:  http://www.gbnnews.com.br/2022/05/vbmt-lsr-mais-uma-etapa-concluida-mais.html#.Yna4o9rMJPY
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Sistema Gerenciador de Plataforma PROTEUS é testado na LMV-BR


Citar
No período de 25 a 28 de abril, a Diretoria de Fabricação (DF) realizou testes de engenharia do software Sistema Gerenciador de Plataforma (SGP) PROTEUS, em uma das viaturas blindadas multitarefa – leve sobre rodas (VBMT-LSR) 4×4 LMV-BR, recém adquiridas pelo Exército Brasileiro.

O SGP, que está sendo desenvolvido pela DF, é uma das entregas do projeto PROTEUS, cujo objetivo integrar os diversos subsistemas internos da viatura, definindo protocolos e regras de comunicação entre os diversos sistemas eletrônicos que compõe uma viatura militar, à luz dos padrões “Generic Vehicle Architecture” (GVA) e “NATO Generic Vehicle Architecture” (NGVA), e garantindo que estes trabalhem de forma integrada, proporcionando novas capacidades e aprimorando a sua eficiência operacional ao entregar comandante da viatura uma maior consciência situacional e informações oportunas sobre toda a plataforma.

O primeiro ensaio prático do PROTEUS-SGP foi realizado pela DF em uma viatura blindada de transporte de pessoal – média sobre rodas (VBTP-MSR) 6×6 Guarani, em março de 2020, no 1° Batalhão de Infantaria Mecanizado – Escola (1° BI Mec – Es), o “Regimento Sampaio”, no Rio de Janeiro.

A atividade com o LMV-BR foi realizada nas dependências do Centro de Avaliações do Exército (CAEx), e serviu também para verificar o funcionamento do PROTEUS-SGP em conjunto com o Gerenciador de Campo de Batalha (GCB), software de comando e controle desenvolvido pelo Centro de Desenvolvimento de Sistemas (CDS) e em utilização pela Força Terrestre.

Os softwares demonstraram plena compatibilidade, reforçando a importância da interação entre as OM subordinadas ao Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT).

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/sistema-gerenciador-de-plataforma-proteus-e-testado-na-lmv-br/



 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #23 em: Agosto 15, 2022, 04:00:19 am »
LMV-BR – O Exército finalmente incorpora sua nova viatura


Citar
No dia 10 de agosto de 2022, o 33° Batalhão de Infantaria Mecanizado (33° BI Mec), de Cascavel (PR), e subordinado à 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada (15ª BdaInfMec), recebeu suas primeiras nove viaturas blindadas multitarefa – leve sobre rodas (VBMT-LR) 4X4 LMV-BR, sendo esta a precursora do novo modelo no Exército Brasileiro (EB).

No 33º BI Mec serão instaladas as torres manuais MR550 Platt e os sistemas de comando  controle (C2) e, na próxima semana, começa o curso de motoristas, sob a coordenação da Diretoria de Fabricação (DF).

Este é o primeiro lote de VBMT-LR 4X4 a ser entregue à 15ª BdaInfMec, que deverá receber 31 dos 32 recém adquiridos (o outro deverá ser entregue ao Centro de Instrução de Blindados), sendo que algumas das próximas viaturas já devem estar equipadas com sistemas de armas remotamente controlados (SARC) REMAX.

A DF prossegue trabalhando intensamente no projeto de obtenção do aludido sistema, com vistas a incrementar as capacidades do EB no ambiente operacional e, de acordo com o general de Divisão Tales Eduardo Areco Villela, diretor de fabricação do Exército, “Seguimos na missão precípua de gerar poder de combate produzindo soberania tecnológica e fabril”

O programa


Desde meados da década passada, o EB manifestava interesse na possível aquisição de um blindado 4X4. Inicialmente, os estudos da Nova Família de Blindados Médio sobre Rodas (FBMR), depois transformado em Programa Estratégico do Exército (Prg EE) GUARANI, contemplavam a aquisição de uma viatura blindada de reconhecimento leve sobre rodas (VBR-LR).

Em 29 de novembro de 2013, o Estado-Maior do Exército (EME) aprovou o estudo de viabilidade do veículo dessa categoria, agora renomeado como VBMT-LR, basicamente um blindado da classe 4X4, com um peso máximo de oito toneladas e espaço para uma guarnição de cinco homens. Posteriormente foi revelado que o EB teria a intenção de adquirir um total de 186 unidades, sendo 32 em um primeiro momento, por compra direta, via importação, e mais dois lotes de 77 veículos, montados no Brasil e com aumento gradativo da nacionalização de seus componentes.

Diversas empresas apressaram-se em participar desse programa, no entanto, apenas os modelos Iveco M65 LMV, Renault Trucks Defense (atual Arquus) Sherpa Light (representado pela Avibras com o nome de “Tupi”), INBRA Gladiador BLSR, BAE Systems RG32M LTAV e AM General/Plasan MLTV se apresentaram, dentro dos prazos, para os testes no Centro de Avaliação do Exército (CAEx). No Diário Oficial de 03 de outubro de 2014, foi anunciada a pré-qualificação de todos os veículos, exceto o da INBRA.

No dia 06 de abril de 2016, o Escritório de Projetos do Exército (EPEx), em reunião decisória especial, publicou que a viatura Iveco LMV foi declarada vencedora, e o contrato do primeiro lote foi assinado em 06 de novembro de 2019.

 :arrow:  https://tecnodefesa.com.br/lmv-br-o-exercito-finalmente-incorpora-sua-nova-viatura/







 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #25 em: Agosto 08, 2023, 03:25:24 pm »
Exército Brasileiro formalizou a nova designação de seus veículos táticos 4×4 Iveco LMV-BR


Citar
Desde agosto do ano passado, o Exército Brasileiro está em processo de incorporação de seus novos veículos táticos Iveco LMV-BR 4×4 . Recentemente, graças à mídia especializada do Brasil, novas notícias sobre o veículo foram divulgadas, sendo a primeira a mudança de nome de seu nome oficial; enquanto, o segundo, são os adiantamentos para incorporação de novas unidades adicionais.


Graças ao que foi publicado pelo site Tecnología & Defesa em 5 de agosto, foi anunciado que o Exército Brasileiro (EB) designou oficialmente seu Iveco LMV-BR como "Guaicurus" , em homenagem a uma tribo guerreira que vivia no Centro-Oeste de Brasil, famoso por suas investidas e ataques a cavalo contra seus inimigos.

A novidade ocorre enquanto a força está em processo de incorporação do primeiro lote de 32 unidades do veículo 4×4 fabricado pela Iveco, que fazem parte do programa Guarani. A fim de complementar o VCBR 6×6 Guarani fabricado localmente. Por sua vez, o contrato original estipulava as opções de compra de lotes adicionais do Iveco LMV-BR 4×4.

Desta forma, no seguimento do que foi previamente indicado pela Tecnología & Defesa, no dia 1 de agosto realizaram-se reuniões com vista à renegociação do contrato relativo à aquisição da recém denominada “VBMT Guaicurus”, no âmbito do Projeto Guarani do Programa Estratégico de Forças Armado ”.



“A reunião foi realizada nas instalações do Gabinete de Projetos do Exército (EPEx) com a presença de representantes da Diretoria de Manufatura (DF), do Chefe de Material (ChMat, antigo DMat), do Centro de Abastecimento do Exército (COEx) e Assessoria de Apoio a Assuntos Jurídicos do Estado-Maior do Exército (EME), e teve como objetivo apresentar os dados da proposta de aumento das quantidades a serem adquiridas ”, concluiu em sua nota de 5 de agosto Tecnologia & Defesa.

Sobre o novo VBMT Guaicurus

No âmbito do programa Guarani, para a produção de um 6×6 VCBR, o Exército Brasileiro contemplou a aquisição de um veículo blindado 4×4 para tarefas de reconhecimento. Em 2013, o Estado-Maior do Exército aprovou os estudos para viabilizar o projeto dentro desse segmento, que passou a se chamar Veículo Blindado Multitarefa Leve sobre Rodas ou VBMT-LR.

O conceito geral era de um veículo blindado de rodas 4 × 4 médio, com peso não superior a 8 toneladas, capacidade de carga adicional de 1 tonelada e transporte de 5 soldados. Várias empresas apresentaram suas respectivas propostas, sendo selecionada em abril de 2016 a oferecida pela IVECO Defence Vehicles com seu M65 LMV. No total, o Exército Brasileiro vai adquirir 186 unidades com base no planejamento inicial em diversos lotes.


O primeiro dos 32 veículos será fabricado na Itália, na fábrica localizada em Bolzano. No entanto, a montagem final e integração do sistema de comando e armamento é realizada no Brasil, na fábrica da IVECO localizada em Sete Lagoas (MG). Os próximos lotes a serem entregues aumentarão a participação de componentes nacionais e produção local.

 :arrow:  https://www.zona-militar.com/2023/08/08/el-ejercito-brasileno-oficializo-la-nueva-designacion-de-sus-vehiculos-tacticos-4x4-iveco-lmv-br/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #26 em: Outubro 10, 2023, 03:33:48 pm »
Os “Lanceiros do Ponche Verde” recebem seus Guaicurus (IDS LMV)


Citar
Na ultima segunda-feira, dia 2 de outubro, o 14º Regimento de Cavalaria Mecanizado (14º RC Mec), o “Regimento Lanceiros do Ponche Verde”, aquartelado em São Miguel do Oeste (SC), recebeu cinco viaturas blindadas multitarefa (VBMT) 4X4 Guaicurus equipadas com torres manuais Platt MR550 Bi-Metal.


A nova viatura é robusta, possui mobilidade comprovada em diversos terrenos, e capacidade de carga próxima de uma tonelada, e equipará os esquadrões de Cavalaria e comando.

Com essa entrega, o Programa Estratégico do Exército (Prg EE) Forças Blindadas provê nova capacidade ao 14º RC Mec, responsável pela defesa, segurança, monitoramento e patrulhamento de uma faixa de fronteira de aproximadamente 300 quilômetros de distância e grande capilaridade terrestre, englobando o extremo oeste catarinense e a região sudoeste do Paraná, e permitindo que suas funções sejam executadas com mais eficácia, contribuindo para que a presença do Estado seja constante na região.


Com informações e imagens do Escritório de Projetos do Exército
 :arrow: https://tecnodefesa.com.br/os-lanceiros-do-ponche-verde-recebem-seus-guaicurus/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: CruzSilva

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #27 em: Novembro 23, 2023, 06:18:43 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #28 em: Março 27, 2024, 12:47:22 pm »
Simulador Starmax é utilizado para treinamento nas viaturas LMV (Guaicurus)


Citar
A empresa brasileira Ares Aeroespacial e Defesa, em colaboração com o Exército Brasileiro (EB), conduziu uma instrução especializada para capacitar militares no uso do Sistema de Armas Remotamente Controlado (SARC) REMAX, utilizando o simulador de tiro Starmax , como ferramenta de instrução, em apoio à transformação do 18º Regimento de Cavalaria Mecanizado (18º RC Mec), em Boa Vista (RR), de esquadrão para regimento.

No mês passado, 50 viaturas foram enviadas ao local e farão parte do novo 18º RC Mec que, até 2025, contará com três esquadrões e um efetivo de cerca de 600 militares.


Durante cinco dias, 32 militares participaram deste treinamento, focado na operação do Sistema de Armas REMAX integrado a nova viatura blindada multitarefa – leve sobre rodas (VBMT-LSR) 4X4 Guaicurus. O treinamento permitiu tanto a certificação de novos atiradores quanto a atualização daqueles que já possuíam experiência com o sistema REMAX integrado às viaturas blindadas de transporte de pessoal – média sobre rodas (VBTP-MSR) 6X6 Guarani.

O objetivo foi garantir que todos os operadores estejam aptos a usar o equipamento de maneira eficaz.

José Renato Pimenta, instrutor e técnico de suporte logístico da Ares, destacou a relevância do treinamento, que incluiu em Boa Vista instrução teórica, prática e de motricidade, utilizando o simulador desenvolvido pela ARES. “O Starmax, como ferramenta de instrução, oferece não apenas eficácia no adestramento das tropas, mas também garante a segurança dos militares, ao minimizar os riscos inerentes à instrução militar, proporcionando um ambiente de aprendizado controlado e simulado, além de gerar economia de recursos necessários para a instrução.” afirmou.

Além da capacitação dos militares, a Ares também oferece suporte, em todo o território nacional, às organizações militares (OMs) que possuem o sistema REMAX, onde quer que estejam localizadas. “O suporte logístico é essencial para garantir a disponibilidade dos equipamentos e o sucesso das operações militares.  Na Ares, estamos comprometidos em fornecer suporte eficiente e confiável para as OMs, assegurando que tenham acesso contínuo aos recursos necessários.”, destaca Pimenta.


Inovação e eficiência
Disponibilizado em uma maleta portátil, o Starmax hoje está disponível em duas versões: utilizado na viatura ou instalado em um local sem a necessidade de viatura.

Sua integração com o sistema utilizado para o treinamento é realizada através de um módulo conectado diretamente ao sistema de emprego do REMAX.

Uma vez conectado, o módulo do instrutor comandará a inicialização do sistema REMAX, habilitando, desta forma, o ambiente virtual no qual o aluno estará imerso. Esse módulo é o responsável por criar cenários e avaliar, em tempo real, o desempenho do aluno.

A solução modular permite que os treinamentos sejam realizados em ambiente imersivo (dentro da viatura ou em salas de aula) e que novos elementos sejam adicionados à sua configuração.

O Sistema Starmax oferece treinamento de motricidade; treinamento de operações e disparo e treinamento de colimação.

CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS DO STARMAX

Maior eficácia no adestramento das tropas;
Capacidade de treinar o atirador ou toda a guarnição da viatura;
Economia de recursos necessários para a instrução (munição/combustível/desgaste de material);
Otimização do tempo investido na instrução;
Software modular e multiplataforma;
Sistema facilmente transportado; e
Diminuição de riscos (acidentes/incidentes) inerentes à instrução militar.


Fonte: Ares Aeroespacial e Defesa
 :arrow: https://tecnodefesa.com.br/starmax-e-utilizado-para-treinamento-nas-viaturas-guaicurus
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 6946
  • Recebeu: 1054 vez(es)
  • Enviou: 494 vez(es)
  • +9030/-10222
Re: Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas 4x4 (VBMT-LSR 4x4) (Iveco LMV)
« Responder #29 em: Julho 10, 2024, 06:32:00 pm »