Sector Automóvel

  • 182 Respostas
  • 36869 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19202
  • Recebeu: 5968 vez(es)
  • Enviou: 6677 vez(es)
  • +7424/-10038
Re: Sector Automóvel
« Responder #180 em: Junho 12, 2024, 07:08:14 pm »
Volkswagen desvia milhões dos elétricos para motores de combustão

Um terço do investimento do Grupo Volkswagen para a digitalização e eletrificação será desviado para a renovação dos motores de combustão.

11.06.2024, 11:55

(...)

Eletrificação total mais distante

É cada vez mais óbvio que os fabricantes de automóveis estão a reavaliar as suas estratégias. Das marcas generalistas às marcas de luxo.

A Bugatti já pondera montar postos de abastecimento de combustível sintético na casa dos seus clientes. A Lamborghini também vê futuro nos motores de combustão desde que com combustíveis sintéticos. Neste em particular, uma das marcas mais ativas é a Porsche que continua a produzir e desenvolver e-fuels no Chile. A Ford já não acredita que poderá ser 100% elétrica até 2030 e a Mercedes-Benz está a rever o fim dos seus modelos com motor de combustão.

https://www.razaoautomovel.com/noticias/industria-grupo-volkswagen-volta-investir-motores-combustao/
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19202
  • Recebeu: 5968 vez(es)
  • Enviou: 6677 vez(es)
  • +7424/-10038
Re: Sector Automóvel
« Responder #181 em: Julho 10, 2024, 08:31:56 am »
Audi admite fechar fábrica de Bruxelas por baixa na venda das viaturas elétricas

O construtor alemão, filial da Volkswagen, indicou que quer "antecipar a paragem da produção" dos modelos SUV Q8 e-tron na fábrica, que emprega cerca de três mil pessoas.

O construtor automóvel alemão Audi anunciou que tenciona encerrar a sua fábrica de viaturas elétricas em Bruxelas, devido a uma "descida mundial" da procura por estes veículos topo de gama.

O construtor, filial da Volkswagen, indicou que quer "antecipar a paragem da produção" dos modelos SUV Q8 e-tron na fábrica, que emprega cerca de três mil pessoas.

Enquanto procura "soluções para a fábrica" de Bruxelas, o construtor não deixa de admitir que entre aquelas pode estar "uma cessação de atividades, se nenhuma alternativa for encontrada", indicou em comunicado.

A Audi invocou uma "baixa global das encomendas dos clientes no segmento das viaturas elétricas de luxo" para justificar a decisão.

Depois de terem investido massivamente nos veículos elétricos nos últimos anos, os construtores automóveis foram afetados pelo arrefecimento da procura no setor.

A Volkswagen, cujas 10 marcas incluem Porsche, Seat e Skoda, declarou que o fecho da fábrica de Bruxelas, ou a procura de outra utilização para ela, bem como outras despesas imprevistas, teriam um impacto de 2,6 mil milhões de euros no exercício de 2024.

https://amp.sicnoticias.pt/mundo/2024-07-09-audi-admite-fechar-fabrica-de-bruxelas-por-baixa-na-venda-das-viaturas-eletricas-0502d782
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 22011
  • Recebeu: 2766 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1204/-1516
Re: Sector Automóvel
« Responder #182 em: Julho 10, 2024, 07:42:04 pm »