REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS

  • 3334 Respostas
  • 476168 Visualizações
*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1528
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 89 vez(es)
  • +265/-402
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3300 em: Julho 10, 2024, 09:24:12 pm »
e mais: defesa AA, unidades nas regiões autónomas. Faz lembrar a unificação das FA canadianas nos anos 60-70.. 
https://en.wikipedia.org/wiki/Unification_of_the_Canadian_Armed_Forces

Unificação é o caminho para a melhoria.
As AA ficam dentro da artilharia.
 

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1521
  • Recebeu: 598 vez(es)
  • Enviou: 2348 vez(es)
  • +722/-132
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3301 em: Julho 10, 2024, 09:31:29 pm »
A NATO devia era espetar esses números nos focinhos dos aldrabões

Citando o que um Comandante de um Regimento me disse, quando falei da questão de ser necessário dar formação com o novo armamento bem como realizar as sessões de tiro operacional das Companhias:

"Mas estás maluco ou quê? Essa merda interessa para quê?"

Entretanto já não é Coronel, já é Brigadeiro General. Isto para dizer que nem aos Generais interessa, vai interessar a quem?  ::)

Curiosidade, quanto aufere do estado um general?

BGEN/COM 3 667,94 até 5 382,11 para GEN/ALM --> https://www.dgaep.gov.pt/upload/catalogo/SRAP_2024_V1.pdf

Obrigado pela partilha

PQP de estoiro.... não admira haver muita gente a orientar vidinhas enquanto outros ganham o ordenado minimo.....  :bang:
Não seria ordenado injusto se os sujeitos fossem competentes mas a maioria não o é.
"Homens fortes criam tempos fáceis e tempos fáceis criam homens fracos - homens fracos criam tempos difíceis e tempos difíceis criam homens fortes."
 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 841
  • Recebeu: 382 vez(es)
  • Enviou: 1898 vez(es)
  • +1039/-197
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3302 em: Julho 10, 2024, 09:57:58 pm »
A NATO devia era espetar esses números nos focinhos dos aldrabões

Citando o que um Comandante de um Regimento me disse, quando falei da questão de ser necessário dar formação com o novo armamento bem como realizar as sessões de tiro operacional das Companhias:

"Mas estás maluco ou quê? Essa merda interessa para quê?"

Entretanto já não é Coronel, já é Brigadeiro General. Isto para dizer que nem aos Generais interessa, vai interessar a quem?  ::)

Curiosidade, quanto aufere do estado um general?

BGEN/COM 3 667,94 até 5 382,11 para GEN/ALM --> https://www.dgaep.gov.pt/upload/catalogo/SRAP_2024_V1.pdf

Obrigado pela partilha

PQP de estoiro.... não admira haver muita gente a orientar vidinhas enquanto outros ganham o ordenado minimo.....  :bang:
Não seria ordenado injusto se os sujeitos fossem competentes mas a maioria não o é.

A minha perceção da justiça dos ordenados é segundo o ROI (Return Of Investment).
Qual o retorno que essas pessoas dão ao país? É que cada vez que vejo um abrir a boca eu fico convencido que em caso de guerra tavamos bem tramados com F
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1521
  • Recebeu: 598 vez(es)
  • Enviou: 2348 vez(es)
  • +722/-132
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3303 em: Julho 10, 2024, 10:43:03 pm »
A NATO devia era espetar esses números nos focinhos dos aldrabões

Citando o que um Comandante de um Regimento me disse, quando falei da questão de ser necessário dar formação com o novo armamento bem como realizar as sessões de tiro operacional das Companhias:

"Mas estás maluco ou quê? Essa merda interessa para quê?"

Entretanto já não é Coronel, já é Brigadeiro General. Isto para dizer que nem aos Generais interessa, vai interessar a quem?  ::)

Curiosidade, quanto aufere do estado um general?

BGEN/COM 3 667,94 até 5 382,11 para GEN/ALM --> https://www.dgaep.gov.pt/upload/catalogo/SRAP_2024_V1.pdf

Obrigado pela partilha

PQP de estoiro.... não admira haver muita gente a orientar vidinhas enquanto outros ganham o ordenado minimo.....  :bang:
Não seria ordenado injusto se os sujeitos fossem competentes mas a maioria não o é.

A minha perceção da justiça dos ordenados é segundo o ROI (Return Of Investment).
Qual o retorno que essas pessoas dão ao país? É que cada vez que vejo um abrir a boca eu fico convencido que em caso de guerra tavamos bem tramados com F
Ora nem mais.
"Homens fortes criam tempos fáceis e tempos fáceis criam homens fracos - homens fracos criam tempos difíceis e tempos difíceis criam homens fortes."
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5962
  • Recebeu: 6160 vez(es)
  • Enviou: 4100 vez(es)
  • +10098/-2674
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3304 em: Julho 11, 2024, 09:37:01 am »
Nem sei o que dizer deste título...




Das duas uma: ou a jornalista é muito burra, ou isto é clickbait da pior espécie. Dado o título da peça no interior do diário já não referir o "por ano" da capa, inclino-me para a segunda hipótese. A intenção, todavia, é bem clara, e deste tipo de "ajudas" as Forças Armadas não precisam.

https://www.jn.pt/6124866367/governo-preve-para-defesa-seis-mil-milhoes-em-2029/
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

Mentat

  • Membro
  • *
  • 201
  • Recebeu: 135 vez(es)
  • Enviou: 173 vez(es)
  • +39/-5
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3305 em: Julho 11, 2024, 09:57:21 am »
Nem sei o que dizer deste título...



Eu sei. Até prova em contrário é apenas propaganda.
Somos especialistas em papaguear alarvemente grandes obras, grandes números... O problema é a praxis. Que demasiadas vezes não passa da Cervejaria de Coimbra,
O alegado reforço orçamental não passará de um fait divers se não for acompanhado da plena execução orçamental. Que tem sido uma miragem nos últimos anos. 
Restará saber onde o dinheiro é gasto, que são outros 500.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5962
  • Recebeu: 6160 vez(es)
  • Enviou: 4100 vez(es)
  • +10098/-2674
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3306 em: Julho 11, 2024, 10:49:19 am »
É propositado, para uma vez mais mostrar as Forças Armadas como um bando de gastadores irresponsáveis. Senão repare-se na capa:

- "Portugal vai gastar seis mil milhões por ano em Defesa"

E agora na peça no interior do diário:

Citar
(...) Disse ainda prever que a despesa na Defesa, “que ronda 4186 milhões de euros, possa atingir cerca de seis mil milhões em 2029”. Um “esforço acrescido de cerca de 400 milhões de euros por ano”. (...)

https://www.jn.pt/6124866367/governo-preve-para-defesa-seis-mil-milhoes-em-2029/

Portanto a jornalista ou é burra, ou estamos perante um caso de má-fé.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, PTWolf

*

Visitante123

  • Especialista
  • ****
  • 1074
  • Recebeu: 352 vez(es)
  • Enviou: 198 vez(es)
  • +56/-142
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3307 em: Julho 11, 2024, 11:14:12 am »
É propositado, para uma vez mais mostrar as Forças Armadas como um bando de gastadores irresponsáveis. Senão repare-se na capa:

- "Portugal vai gastar seis mil milhões por ano em Defesa"

E agora na peça no interior do diário:

Citar
(...) Disse ainda prever que a despesa na Defesa, “que ronda 4186 milhões de euros, possa atingir cerca de seis mil milhões em 2029”. Um “esforço acrescido de cerca de 400 milhões de euros por ano”. (...)

https://www.jn.pt/6124866367/governo-preve-para-defesa-seis-mil-milhoes-em-2029/

Portanto a jornalista ou é burra, ou estamos perante um caso de má-fé.

6.000M€/ano a partir de 2029. Partindo do principio que agora se gastam 4186M€/ano. Mas se lerem noutros sitios é claro. São 1500M€ para aquisições e o resto é em salários (atualizações e novos) e pensões aos veteranos.

Parece-me que neste momento o armamento é mais importante do que os salários, mas pronto, é o que temos. em tempos diferentes pois muito bem devia-se valorizar a carreira militar. Mas quando estamos à beira de uma guerra e com as calças na mão a proteção com armamento do país e, pasme-se, dos próprios militares deveria ser mais importante do que aumentar os salários até porque parte vai para a GNR e outra parte vai para quem não precisa (Generais e afins).
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20991
  • Recebeu: 3289 vez(es)
  • Enviou: 2381 vez(es)
  • +1620/-3526
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3308 em: Julho 11, 2024, 11:45:33 am »
É tudo preciso, novas aquisições de material, modernização/manutenção de material existente, melhores salários, mas também melhorias nas unidade militares.











7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, PTWolf

*

JohnM

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 601 vez(es)
  • Enviou: 347 vez(es)
  • +105/-26
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3309 em: Julho 11, 2024, 12:10:20 pm »
Nem sei o que dizer deste título...




Das duas uma: ou a jornalista é muito burra, ou isto é clickbait da pior espécie. Dado o título da peça no interior do diário já não referir o "por ano" da capa, inclino-me para a segunda hipótese. A intenção, todavia, é bem clara, e deste tipo de "ajudas" as Forças Armadas não precisam.

https://www.jn.pt/6124866367/governo-preve-para-defesa-seis-mil-milhoes-em-2029/
Não entendi o comentário, CJ. Podias explicar? É o mesmo que está a ser noticiado em todos a comunicação social. De 4186 passa-se para 6000, ou seja, um aumento de mais de 1800, ao longo de um período de 5 anos, o que da um aumento médio de mais de 360 por ano, assumindo um progressão linear…  se efetivamente se  gastam 4186 e se vão gastar 6000 em 5 anos, é outra questão completamente diferente.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19318
  • Recebeu: 6005 vez(es)
  • Enviou: 6730 vez(es)
  • +7452/-10113
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3310 em: Julho 11, 2024, 01:09:43 pm »
Nem sei o que dizer deste título...




Das duas uma: ou a jornalista é muito burra, ou isto é clickbait da pior espécie. Dado o título da peça no interior do diário já não referir o "por ano" da capa, inclino-me para a segunda hipótese. A intenção, todavia, é bem clara, e deste tipo de "ajudas" as Forças Armadas não precisam.

https://www.jn.pt/6124866367/governo-preve-para-defesa-seis-mil-milhoes-em-2029/
Não entendi o comentário, CJ. Podias explicar? É o mesmo que está a ser noticiado em todos a comunicação social. De 4186 passa-se para 6000, ou seja, um aumento de mais de 1800, ao longo de um período de 5 anos, o que da um aumento médio de mais de 360 por ano, assumindo um progressão linear…  se efetivamente se  gastam 4186 e se vão gastar 6000 em 5 anos, é outra questão completamente diferente.

Porque dão a entender que serão 6000 POR ANO

"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5962
  • Recebeu: 6160 vez(es)
  • Enviou: 4100 vez(es)
  • +10098/-2674
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3311 em: Julho 11, 2024, 01:10:07 pm »
Não entendi o comentário, CJ. Podias explicar? É o mesmo que está a ser noticiado em todos a comunicação social. De 4186 passa-se para 6000, ou seja, um aumento de mais de 1800, ao longo de um período de 5 anos, o que da um aumento médio de mais de 360 por ano, assumindo um progressão linear…  se efetivamente se  gastam 4186 e se vão gastar 6000 em 5 anos, é outra questão completamente diferente.

É por aí João. Alguém acredita mesmo que o Estado gaste mais de 4000M€ por ano com a Defesa? Como vinha na imprensa ainda há poucos dias, em média são mais de 300 milhões de euros que ficam por gastar anualmente no orçamento da Defesa, sem contar com a falácia que é a percentagem do PIB declarada de investimento que, na realidade, corresponde a praticamente metade disso. (1,5% vs. 0,8%).

A minha irritação com esta peça e a chamada de capa no JN ao estilo Correio da Manhã até é mais com a jornalista do que propriamente outra coisa. Poucos de nós acreditam verdadeiramente que se vá gastar na Defesa Nacional 6000M€ daqui a 5 anos, e mesmo se forem sabemos de antemão que esse número nunca corresponderá à realidade dada a engenharia financeira e contabilidade criativa existentes. Sem falar que nem sabemos se 2029 não será demasiado tarde para iniciar este esforço, e sequer se cá estaremos para o comprovar.

Era dever dos jornalistas confrontar estas afirmações dos políticos com factos, levantar questões, investigar, etc, em vez de se limitarem a fazer copy-paste da notícia da Lusa. Mas isso levar-nos-ia para outra direção e temática completamente diferentes, e que aqui seriam off-topic.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: JohnM

*

JohnM

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 601 vez(es)
  • Enviou: 347 vez(es)
  • +105/-26
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3312 em: Julho 11, 2024, 01:25:07 pm »
Nem sei o que dizer deste título...




Das duas uma: ou a jornalista é muito burra, ou isto é clickbait da pior espécie. Dado o título da peça no interior do diário já não referir o "por ano" da capa, inclino-me para a segunda hipótese. A intenção, todavia, é bem clara, e deste tipo de "ajudas" as Forças Armadas não precisam.

https://www.jn.pt/6124866367/governo-preve-para-defesa-seis-mil-milhoes-em-2029/
Não entendi o comentário, CJ. Podias explicar? É o mesmo que está a ser noticiado em todos a comunicação social. De 4186 passa-se para 6000, ou seja, um aumento de mais de 1800, ao longo de um período de 5 anos, o que da um aumento médio de mais de 360 por ano, assumindo um progressão linear…  se efetivamente se  gastam 4186 e se vão gastar 6000 em 5 anos, é outra questão completamente diferente.
Ok, obrigado. Nisso estamos completamente de acordo. Infelizmente…
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19318
  • Recebeu: 6005 vez(es)
  • Enviou: 6730 vez(es)
  • +7452/-10113
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3313 em: Julho 11, 2024, 02:13:12 pm »
Jornalista é uma espécie extinta

Agora existem jornaleiros,  marionetas autênticas
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20991
  • Recebeu: 3289 vez(es)
  • Enviou: 2381 vez(es)
  • +1620/-3526
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #3314 em: Julho 11, 2024, 03:14:22 pm »
Não entendi o comentário, CJ. Podias explicar? É o mesmo que está a ser noticiado em todos a comunicação social. De 4186 passa-se para 6000, ou seja, um aumento de mais de 1800, ao longo de um período de 5 anos, o que da um aumento médio de mais de 360 por ano, assumindo um progressão linear…  se efetivamente se  gastam 4186 e se vão gastar 6000 em 5 anos, é outra questão completamente diferente.

É por aí João. Alguém acredita mesmo que o Estado gaste mais de 4000M€ por ano com a Defesa? Como vinha na imprensa ainda há poucos dias, em média são mais de 300 milhões de euros que ficam por gastar anualmente no orçamento da Defesa, sem contar com a falácia que é a percentagem do PIB declarada de investimento que, na realidade, corresponde a praticamente metade disso. (1,5% vs. 0,8%).

Quando chegarmos oficialmente aos 2% com sorte vamos estar no mesmo patamar que estamos oficialmente hoje (1,5%).

Citar
A minha irritação com esta peça e a chamada de capa no JN ao estilo Correio da Manhã até é mais com a jornalista do que propriamente outra coisa. Poucos de nós acreditam verdadeiramente que se vá gastar na Defesa Nacional 6000M€ daqui a 5 anos, e mesmo se forem sabemos de antemão que esse número nunca corresponderá à realidade dada a engenharia financeira e contabilidade criativa existentes. Sem falar que nem sabemos se 2029 não será demasiado tarde para iniciar este esforço, e sequer se cá estaremos para o comprovar.

Era dever dos jornalistas confrontar estas afirmações dos políticos com factos, levantar questões, investigar, etc, em vez de se limitarem a fazer copy-paste da notícia da Lusa. Mas isso levar-nos-ia para outra direção e temática completamente diferentes, e que aqui seriam off-topic.

Era dever, mas infelizmente há muitas peças que são feitas por encomenda e outras o jornalista é colocado numa posição desconfortável, ele/a não sabe nada do assunto, não gosta do assunto e é mais rentável (menos laborioso) ficar-se pela superfície da questão e pelos títulos sensacionalistas.

É infelizmente uma amostra do sector.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.