Substituição dos Allouette III

  • 800 Respostas
  • 186408 Visualizações
*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8691
  • Recebeu: 4033 vez(es)
  • Enviou: 2829 vez(es)
  • +4038/-566
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #675 em: Novembro 23, 2018, 10:06:48 pm »
O Correio da Manhã diz que vamos ter 6 helis de ataque, título à Correio da Manhã, à que dar o desconto.

www.cmjornal.pt/portugal/amp/portugal--vai-ter-seis-helis-de-ataque

Ficaríamos assim com 11 helis na esquadra 552, mais ou menos o que tínhamos de Alouettes à uns anos.

Atenção que quem escreve o artigo no CM por norma costuma estar muito bem informado, e as fontes que menciona apontam a hipótese que também já aqui ainda hoje falei dos Koalas a "esteróides".  ;)

Parece haver uma certa confusão relativamente ao número final: se aos 5 aparelhos já contratados juntarmos 6, serão 11; se se activarem os 2 de opção, serão 13. O que muito provavelmente poderá acontecer será a aquisição de um segundo lote de AW119 armados, com blindagem, sensores ópticos, etc, e depois instalar os mesmos equipamentos nos helis do lote inicial. É pena se assim for pois o AW169M, e naturalmente o AW139M, seriam muito mais adequados a essa missão.

Espero bem que tal não aconteça !!!

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3776
  • Recebeu: 2910 vez(es)
  • Enviou: 1742 vez(es)
  • +4189/-1980
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #676 em: Novembro 23, 2018, 10:15:08 pm »
O Correio da Manhã diz que vamos ter 6 helis de ataque, título à Correio da Manhã, à que dar o desconto.

www.cmjornal.pt/portugal/amp/portugal--vai-ter-seis-helis-de-ataque

Ficaríamos assim com 11 helis na esquadra 552, mais ou menos o que tínhamos de Alouettes à uns anos.

Atenção que quem escreve o artigo no CM por norma costuma estar muito bem informado, e as fontes que menciona apontam a hipótese que também já aqui ainda hoje falei dos Koalas a "esteróides".  ;)

Parece haver uma certa confusão relativamente ao número final: se aos 5 aparelhos já contratados juntarmos 6, serão 11; se se activarem os 2 de opção, serão 13. O que muito provavelmente poderá acontecer será a aquisição de um segundo lote de AW119 armados, com blindagem, sensores ópticos, etc, e depois instalar os mesmos equipamentos nos helis do lote inicial. É pena se assim for pois o AW169M, e naturalmente o AW139M, seriam muito mais adequados a essa missão.

Espero bem que tal não aconteça !!!

Abraços

Já não digo nada.  ::)

E para além das limitações operacionais aqui muito bem referidas nos últimos posts, há-que ver que um heli-assalto hoje em dia hipoteticamente com recurso a Koalas na República Centro-Africana ou Mali já não é a mesma coisa que atacar uma aldeia de tabancas com os Alouette III na Guiné-Bissau...
« Última modificação: Novembro 23, 2018, 10:15:46 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8691
  • Recebeu: 4033 vez(es)
  • Enviou: 2829 vez(es)
  • +4038/-566
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #677 em: Novembro 23, 2018, 10:19:21 pm »
O Correio da Manhã diz que vamos ter 6 helis de ataque, título à Correio da Manhã, à que dar o desconto.

www.cmjornal.pt/portugal/amp/portugal--vai-ter-seis-helis-de-ataque

Ficaríamos assim com 11 helis na esquadra 552, mais ou menos o que tínhamos de Alouettes à uns anos.

Atenção que quem escreve o artigo no CM por norma costuma estar muito bem informado, e as fontes que menciona apontam a hipótese que também já aqui ainda hoje falei dos Koalas a "esteróides".  ;)

Parece haver uma certa confusão relativamente ao número final: se aos 5 aparelhos já contratados juntarmos 6, serão 11; se se activarem os 2 de opção, serão 13. O que muito provavelmente poderá acontecer será a aquisição de um segundo lote de AW119 armados, com blindagem, sensores ópticos, etc, e depois instalar os mesmos equipamentos nos helis do lote inicial. É pena se assim for pois o AW169M, e naturalmente o AW139M, seriam muito mais adequados a essa missão.

Espero bem que tal não aconteça !!!

Abraços


Já não digo nada.  ::)

E para além das limitações operacionais aqui muito bem referidas nos últimos posts, há-que ver que um heli-assalto hoje em dia hipoteticamente com recurso a Koalas na República Centro-Africana ou Mali já não é a mesma coisa que atacar uma aldeia de tabancas com os Alouette III na Guiné-Bissau...

E essa premissa eu nem me lembrei de referir, é que para os dias que correm em termos de qualidade/capacidade do armamento portátil dos Turras, nada tem a ver com o que possuíam há quarenta anos atrás, mais essa !!

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4868
  • Recebeu: 611 vez(es)
  • Enviou: 1148 vez(es)
  • +2215/-2440
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #678 em: Novembro 23, 2018, 10:30:03 pm »
O Correio da Manhã diz que vamos ter 6 helis de ataque, título à Correio da Manhã, à que dar o desconto.

www.cmjornal.pt/portugal/amp/portugal--vai-ter-seis-helis-de-ataque

Ficaríamos assim com 11 helis na esquadra 552, mais ou menos o que tínhamos de Alouettes à uns anos.

Atenção que quem escreve o artigo no CM por norma costuma estar muito bem informado, e as fontes que menciona apontam a hipótese que também já aqui ainda hoje falei dos Koalas a "esteróides".  ;)

Parece haver uma certa confusão relativamente ao número final: se aos 5 aparelhos já contratados juntarmos 6, serão 11; se se activarem os 2 de opção, serão 13. O que muito provavelmente poderá acontecer será a aquisição de um segundo lote de AW119 armados, com blindagem, sensores ópticos, etc, e depois instalar os mesmos equipamentos nos helis do lote inicial. É pena se assim for pois o AW169M, e naturalmente o AW139M, seriam muito mais adequados a essa missão.

Espero bem que tal não aconteça !!!

Abraços

Já não digo nada.  ::)

E para além das limitações operacionais aqui muito bem referidas nos últimos posts, há-que ver que um heli-assalto hoje em dia hipoteticamente com recurso a Koalas na República Centro-Africana ou Mali já não é a mesma coisa que atacar uma aldeia de tabancas com os Alouette III na Guiné-Bissau...

Continuo a dizer que a FAP deveria ter uma frota de helis médios, para fazer essas missões além de apoio no combate a fogos, com o meio ideal o BlackHawk.

https://goo.gl/images/iishAj
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4868
  • Recebeu: 611 vez(es)
  • Enviou: 1148 vez(es)
  • +2215/-2440
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #679 em: Novembro 23, 2018, 10:31:31 pm »
O Correio da Manhã diz que vamos ter 6 helis de ataque, título à Correio da Manhã, à que dar o desconto.

www.cmjornal.pt/portugal/amp/portugal--vai-ter-seis-helis-de-ataque

Ficaríamos assim com 11 helis na esquadra 552, mais ou menos o que tínhamos de Alouettes à uns anos.

Atenção que quem escreve o artigo no CM por norma costuma estar muito bem informado, e as fontes que menciona apontam a hipótese que também já aqui ainda hoje falei dos Koalas a "esteróides".  ;)

Parece haver uma certa confusão relativamente ao número final: se aos 5 aparelhos já contratados juntarmos 6, serão 11; se se activarem os 2 de opção, serão 13. O que muito provavelmente poderá acontecer será a aquisição de um segundo lote de AW119 armados, com blindagem, sensores ópticos, etc, e depois instalar os mesmos equipamentos nos helis do lote inicial. É pena se assim for pois o AW169M, e naturalmente o AW139M, seriam muito mais adequados a essa missão.

Espero bem que tal não aconteça !!!

Abraços

Já não digo nada.  ::)

E para além das limitações operacionais aqui muito bem referidas nos últimos posts, há-que ver que um heli-assalto hoje em dia hipoteticamente com recurso a Koalas na República Centro-Africana ou Mali já não é a mesma coisa que atacar uma aldeia de tabancas com os Alouette III na Guiné-Bissau...

Continuo a dizer que a FAP deveria ter uma frota de helis médios, para fazer essas missões além de apoio no combate a fogos, com o meio ideal o BlackHawk.

https://goo.gl/images/iishAj

https://www.flightglobal.com/news/articles/singapore-sikorsky-eyes-armed-black-hawk-deals-445565/
 

*

sivispacem

  • Perito
  • **
  • 399
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 21 vez(es)
  • +14/-4
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #680 em: Novembro 23, 2018, 10:38:26 pm »
Uma coisa que aparentemente se estão a esquecer é do mercado de 'usados'..... :)

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9032
  • Recebeu: 1324 vez(es)
  • Enviou: 1457 vez(es)
  • +186/-61
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #681 em: Novembro 23, 2018, 11:13:33 pm »
Ainda não vi bem as características das aeronaves, mas se o A109 for assim tão parecido com o AW119, em que haja similaridades em equipamentos como motores, etc, em que os pilotos e manutenção possam ser comuns, talvez...

É que vejo com dificuldade a FAP criar uma esquadra nova sabendo que existe um problema em recursos humanos, nem as actuais esquadras têm os seus quadros de pessoal completos (ainda há pouco tempo a 751 agoniava com falta de pilotos comandantes) se criarmos uma nova unidade aérea, esses recursos vão ter que se espalhar ainda mais.
« Última modificação: Novembro 23, 2018, 11:22:39 pm por Lightning »
 

*

Igor

  • Membro
  • *
  • 50
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • +5/-1
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #682 em: Novembro 23, 2018, 11:24:33 pm »
Simplesmente rídiculo se for confirmada a aquisição de mais aw119 para a vertente de assalto, é uma aeronave com uma cabine demasiado pequena, monomotor, só permite voos VFR. Até o aw109 é uma aeronave bastante limitada para desempenhar estas funções agora imaginem o aw119, mas como em Portugal o principal critério que se tem em conta é o preço de aquisição é o mais que proavel que venha a acontecer.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8691
  • Recebeu: 4033 vez(es)
  • Enviou: 2829 vez(es)
  • +4038/-566
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #683 em: Novembro 24, 2018, 01:17:56 pm »
Simplesmente rídiculo se for confirmada a aquisição de mais aw119 para a vertente de assalto, é uma aeronave com uma cabine demasiado pequena, monomotor, só permite voos VFR. Até o aw109 é uma aeronave bastante limitada para desempenhar estas funções agora imaginem o aw119, mas como em Portugal o principal critério que se tem em conta é o preço de aquisição é o mais que proavel que venha a acontecer.

Voos VFR e IFR mas diurnos porque nocturnos, OPATAS !
Essa é a pequena/GRANDE diferença para o aw109M, pois este por mais um milhão por unidade, é biturbina e, como tal, pode efectuar voos VFR/IFR tanto diurnos como nocturnos !

Quando a escolha recaiu no aw119Kx eu deixei correr o Marfim na esperança que alguém responsável visse a argolada que se estava a cometer, mas, pelo que vi, está tudo bem para as chefias da FAP e como tal, quem sou eu para reclamar, apenas um simples OOV, nada Mais !

2. Regras de voo visual nocturno (VFRN)

2.1 Os voos VFRN devem ser efectuados de acordo com as regras de voo visual estabelecidas no Anexo 2 – Regras do Ar, da OACI.

2.2 Os voos VFRN podem efectuar-se dentro do espaço aéreo controlado e não controlado onde seja permitido o voo VFR.

Abraços
« Última modificação: Novembro 24, 2018, 01:28:26 pm por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4868
  • Recebeu: 611 vez(es)
  • Enviou: 1148 vez(es)
  • +2215/-2440
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #684 em: Novembro 24, 2018, 02:31:01 pm »
Simplesmente rídiculo se for confirmada a aquisição de mais aw119 para a vertente de assalto, é uma aeronave com uma cabine demasiado pequena, monomotor, só permite voos VFR. Até o aw109 é uma aeronave bastante limitada para desempenhar estas funções agora imaginem o aw119, mas como em Portugal o principal critério que se tem em conta é o preço de aquisição é o mais que proavel que venha a acontecer.

Voos VFR e IFR mas diurnos porque nocturnos, OPATAS !
Essa é a pequena/GRANDE diferença para o aw109M, pois este por mais um milhão por unidade, é biturbina e, como tal, pode efectuar voos VFR/IFR tanto diurnos como nocturnos !

Quando a escolha recaiu no aw119Kx eu deixei correr o Marfim na esperança que alguém responsável visse a argolada que se estava a cometer, mas, pelo que vi, está tudo bem para as chefias da FAP e como tal, quem sou eu para reclamar, apenas um simples OOV, nada Mais !

2. Regras de voo visual nocturno (VFRN)

2.1 Os voos VFRN devem ser efectuados de acordo com as regras de voo visual estabelecidas no Anexo 2 – Regras do Ar, da OACI.

2.2 Os voos VFRN podem efectuar-se dentro do espaço aéreo controlado e não controlado onde seja permitido o voo VFR.

Abraços

As chefias abanam com a cabeça e dizem sim !

Não se esqueçam que o AW-119 e o suposto AW-139, têm de caber no KC-390...

Se não fossemos o país que somos, pensava-se de forma mais "estratégica", e adquiriam-se também 2 A-400M e helis de transporte médios a "sério".

 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 10868
  • Recebeu: 1728 vez(es)
  • Enviou: 4734 vez(es)
  • +280/-136
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #685 em: Novembro 24, 2018, 03:58:45 pm »
Mensagem sobre o KC-390 movida para o respectivo tópico.

http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=5208.msg303260#msg303260
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9032
  • Recebeu: 1324 vez(es)
  • Enviou: 1457 vez(es)
  • +186/-61
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #686 em: Novembro 24, 2018, 08:49:54 pm »
Pelo menos nos jornais nunca falaram em helicópteros para assalto aéreo, falam em apoio aéreo próximo e evacuação de feridos.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8691
  • Recebeu: 4033 vez(es)
  • Enviou: 2829 vez(es)
  • +4038/-566
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #687 em: Novembro 25, 2018, 10:38:04 am »
Pelo menos nos jornais nunca falaram em helicópteros para assalto aéreo, falam em apoio aéreo próximo e evacuação de feridos.

Mais do mesmo, mais do mesmo, Helis de evacuação para as FAP, até que foi giro, Santa Ignorância...........eu nunca tinha ouvido/lido, mas fica bem ao ouvido/ollhómetro, para quem não sabe, parece bem, fica bem !!

Abraços
« Última modificação: Novembro 25, 2018, 10:38:44 am por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

MATRA

  • Analista
  • ***
  • 619
  • Recebeu: 282 vez(es)
  • Enviou: 695 vez(es)
  • +54/-14
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #688 em: Dezembro 19, 2018, 02:44:44 pm »
Já não devia ter chegado o primeiro 119?
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6924
  • Recebeu: 1817 vez(es)
  • Enviou: 813 vez(es)
  • +3520/-2533
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #689 em: Dezembro 19, 2018, 03:11:11 pm »
O "Pássaro de Ferro" fala em Dezembro de 2018 mas outras publicações referem primeiro trimestre de 2019.

http://www.passarodeferro.com/2018/07/koala-ainda-em-2018-m1990-502018.html
Citar
Será portanto de esperar que os primeiros AW119 com as cores nacionais cheguem até Dezembro, conforme ambição da FAP, permitindo uma transição suave da actual frota de (três) Alouette III, que continuará a voar ainda durante os primeiros meses de 2019, pese embora estarem a esgotar as últimas horas de vida útil.

https://xn--aviao-dra1a.pt/index.php?topic=4740.0
Citar
Os Allouettes vão ser substituídos no 1 trimestre de 2019 pelos AW119 Koala.

Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MATRA