Substituição dos Allouette III

  • 800 Respostas
  • 208029 Visualizações
*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9631
  • Recebeu: 4908 vez(es)
  • Enviou: 3540 vez(es)
  • +4442/-1022
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #585 em: Setembro 13, 2018, 02:40:50 pm »
CJ, quando o NPO foi desenhado um dos requisitos operacionais era poder operar, aterragem/descolagem de um Lynx,  portanto penso que o Landing deck suportará um peso de pelo menos até às 5,4 tons.

https://barcoavista.blogspot.com/2009/07/navios-de-patrulha-oceanico-classe.html

Os requisitos operacionais solicitado pelo grupo de trabalho da Esquadrilha de Helicópteros da Marinha à Direcção de Navios, incluía a certificação do convés de voo para operar com helicópteros até 5.400kg, a aplicação de meios de reabastecimento de combustível e um hangar telescópico, com a finalidade de proteger os helicópteros da corrosão do meio marinho durante operações conjuntas mais prolongadas, não obstante o último requisito não foi atendido em virtude de os navios não serem dotados de helicópteros orgânicos.

Abraços

Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 7452
  • Recebeu: 2384 vez(es)
  • Enviou: 912 vez(es)
  • +3978/-4845
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #586 em: Setembro 13, 2018, 02:44:06 pm »
Não querem fazer o choradinho aos Jordanos? Estão a dar Cobras mas pode ser com jeitinho que dêem algum dos EC...  ;D :nice:

http://www.cavok.com.br/blog/jordania-doara-dois-helicopteros-ah-1f-cobra-para-as-filipinas/

Citar
Jordânia doará dois helicópteros AH-1F Cobra para as Filipinas
O assistente especial do presidente filipino, Christopher "Bong" Go, disse na quinta-feira que as Filipinas receberão dois helicópteros de ataque AH-1F Cobras doados pela Jordânia.



Cumprimentos  :rir: :jok:

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4467
  • Recebeu: 4050 vez(es)
  • Enviou: 2576 vez(es)
  • +5588/-2491
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #587 em: Setembro 13, 2018, 02:58:53 pm »
Se aparecessem de repente cá uns Cobra a UALE apanhava um susto de morte e passava os helis logo para a FAP... :mrgreen:
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9631
  • Recebeu: 4908 vez(es)
  • Enviou: 3540 vez(es)
  • +4442/-1022
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #588 em: Setembro 13, 2018, 03:06:35 pm »
Não querem fazer o choradinho aos Jordanos? Estão a dar Cobras mas pode ser com jeitinho que dêem algum dos EC...  ;D :nice:

http://www.cavok.com.br/blog/jordania-doara-dois-helicopteros-ah-1f-cobra-para-as-filipinas/

Citar
Jordânia doará dois helicópteros AH-1F Cobra para as Filipinas
O assistente especial do presidente filipino, Christopher "Bong" Go, disse na quinta-feira que as Filipinas receberão dois helicópteros de ataque AH-1F Cobras doados pela Jordânia.



Cumprimentos  :rir: :jok:

.... e lá voltavam os nossos ex EC635 a casa ????





The Eurocopter EC635 was developed to meet a Portuguese Army requirement for a light fire support and medical evacuation helicopter, as part of its programme for the raise of a specialist army aviation unit, the UALE. The EC635 was first revealed at the Aviation Africa exhibition in May 1998 and the Portuguese Ministry of Defence subsequently signed an agreement for nine EC635 T2 helicopters equipped with Turbomeca Arrius 2B2 engines, at a cost of €35 million in October 1999.[2] Delivery of the first Portuguese aircraft was expected to begin in 2001; however, continual delays in production led to the Portuguese Ministry of Defence canceling the contract in August 2002, citing Eurocopter's failure to deliver all aircraft between August 2001 and April 2002 as the reason. Eurocopter claimed that disagreements over the integration of weapons systems on the helicopter were the reason for the cancellation.[3]

The Royal Jordanian Air Force agreed to purchase the 9 Portuguese helicopters in October 2002 and the first aircraft was delivered in July 2003. Jordan ordered a further 4 helicopters in January 2006 and deliveries of all machines were completed in 2007.


https://en.wikipedia.org/wiki/Eurocopter_EC635

Abraços
« Última modificação: Setembro 13, 2018, 03:08:19 pm por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4467
  • Recebeu: 4050 vez(es)
  • Enviou: 2576 vez(es)
  • +5588/-2491
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #589 em: Setembro 13, 2018, 08:03:38 pm »
CJ, quando o NPO foi desenhado um dos requisitos operacionais era poder operar, aterragem/descolagem de um Lynx,  portanto penso que o Landing deck suportará um peso de pelo menos até às 5,4 tons.

https://barcoavista.blogspot.com/2009/07/navios-de-patrulha-oceanico-classe.html

Os requisitos operacionais solicitado pelo grupo de trabalho da Esquadrilha de Helicópteros da Marinha à Direcção de Navios, incluía a certificação do convés de voo para operar com helicópteros até 5.400kg, a aplicação de meios de reabastecimento de combustível e um hangar telescópico, com a finalidade de proteger os helicópteros da corrosão do meio marinho durante operações conjuntas mais prolongadas, não obstante o último requisito não foi atendido em virtude de os navios não serem dotados de helicópteros orgânicos.

Abraços

Concebido foi (também era melhor que não tivesse sido, senão o convés de voo era só mesmo para dar boleia a uns quantos Zebros), agora ver um Super Lynx lá aterrado ou a descolar é que ainda supostamente estará para acontecer. O que vale é que o peso máximo do heli pós-modernização será à volta dos 5.350kg, um pouco menos se descontarmos a inexistência do sistema FLIR no nosso caso ao que tudo indica...  ::)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Igor

  • Membro
  • *
  • 50
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • +5/-1
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #590 em: Setembro 14, 2018, 03:08:24 pm »
Boa tarde, sabem por acaso se as 2 unidades opcionais váo ser adquiridas?.
 

*

diogo13350

  • Membro
  • *
  • 177
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +8/-1
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #591 em: Setembro 14, 2018, 05:11:15 pm »
Boa tarde, sabem por acaso se as 2 unidades opcionais váo ser adquiridas?.
CLARO que não
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4467
  • Recebeu: 4050 vez(es)
  • Enviou: 2576 vez(es)
  • +5588/-2491
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #592 em: Setembro 14, 2018, 05:42:01 pm »
Boa tarde, sabem por acaso se as 2 unidades opcionais váo ser adquiridas?.
CLARO que não

Sabe isso como, já agora?
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9631
  • Recebeu: 4908 vez(es)
  • Enviou: 3540 vez(es)
  • +4442/-1022
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #593 em: Setembro 14, 2018, 05:50:09 pm »
Boa tarde, sabem por acaso se as 2 unidades opcionais váo ser adquiridas?.
CLARO que não

Epá, essa foi curta e grossa ó Diogo !!
Clarifica lá essa negação sff.

Abraços
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

diogo13350

  • Membro
  • *
  • 177
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 9 vez(es)
  • +8/-1
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #594 em: Setembro 14, 2018, 08:08:31 pm »
Boa tarde, sabem por acaso se as 2 unidades opcionais váo ser adquiridas?.
CLARO que não

Epá, essa foi curta e grossa ó Diogo !!
Clarifica lá essa negação sff.

Abraços
Em PORTUGAL com os nossos governantes??? Posso estar enganado mas qual foi o último contrato em que a cláusula das unidades extras foi accionada?? Se calhar sou o único descrente!
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4926
  • Recebeu: 3457 vez(es)
  • Enviou: 6319 vez(es)
  • +4442/-174
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #595 em: Setembro 14, 2018, 08:29:01 pm »
Não só as cláusulas de opção não são acionadas, como ainda por cima se corta no número de unidades encomendadas originalmente. No caso dos Koala, como os números originais já são tão magros, felizmente, não dá para cortar.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4467
  • Recebeu: 4050 vez(es)
  • Enviou: 2576 vez(es)
  • +5588/-2491
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #596 em: Setembro 23, 2018, 12:07:38 pm »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2015
  • Recebeu: 380 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +35/-45
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #597 em: Setembro 23, 2018, 02:18:01 pm »
A UALE à muito que esta mais que morta e enterrada. Só mesmo daqui a duas ou três décadas talvez alguém volte a fazer um estudo sobre meios de asa-rotativa para o Exército e se estivermos outra vez na altura das vacas gordas levem isso a sério.

Helicópteros ligeiros como o Koala também não servem de muito para o Exército. Para isso mais vale continuar a depender da Força Aérea. O que interessava mesmo era um helicóptero como o NH-90 ou algo na classe do AW139 ou UH-60 capazes de transportar rapidamente um pelotão ou transportar artilharia.

Agora, unidades independentes de aviação no Exército é para esquecer. É um sonho ao estilo de helicópteros de ataque Apache. No futuro, o melhor que se poderia fazer seria um Comando Conjunto de Helicópteros com pilotos do Exército.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: nelson38899

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 5126
  • Recebeu: 722 vez(es)
  • Enviou: 1567 vez(es)
  • +4355/-3816
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #598 em: Setembro 23, 2018, 08:47:40 pm »
A UALE à muito que esta mais que morta e enterrada. Só mesmo daqui a duas ou três décadas talvez alguém volte a fazer um estudo sobre meios de asa-rotativa para o Exército e se estivermos outra vez na altura das vacas gordas levem isso a sério.

Helicópteros ligeiros como o Koala também não servem de muito para o Exército. Para isso mais vale continuar a depender da Força Aérea. O que interessava mesmo era um helicóptero como o NH-90 ou algo na classe do AW139 ou UH-60 capazes de transportar rapidamente um pelotão ou transportar artilharia.

Agora, unidades independentes de aviação no Exército é para esquecer. É um sonho ao estilo de helicópteros de ataque Apache. No futuro, o melhor que se poderia fazer seria um Comando Conjunto de Helicópteros com pilotos do Exército.

Cumprimentos,

Estou para ver a utilidade de um Koala, num meio tipo RCA ou equivalente, com possibilidade de fogo AA, com 7,62 mm ou 0,50 contra o heli ou mesmo mísseis AA. Irão estar capacitados para levar CHAFF/Flares?

Sinceramente, era de extrema utilidade para qualquer força 1 ou 2 helis, destacados com sistemas de autoprotecção, e que fossem passíveis de serem transportados em LPD/AOR ou KC-390, é o caso do MH-60 Blackhawk, podendo levar até 11 soldados equipados, fazer MEDEVAC,transportar artilharia 105 ou 155mm, e ainda fazer CAS, com foguetes,mísseis hellfire ou spike e canhões de 20 mm.

http://unitech-aerospace.com/sites/default/files/MSLASS.jpg

Num cenário tipo RCA seria um seguro muito bom, agora com Koala por lá...Não me parece.
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1958
  • Recebeu: 485 vez(es)
  • Enviou: 2286 vez(es)
  • +168/-21
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #599 em: Setembro 23, 2018, 09:03:07 pm »
Penso que o AW139 era melhor adequado para tal situação como na RCA. E para além de levar mais tropas faz parte da mesma familia do Koala o que poderia tornar a sua manutenção mais barata.
 :P