ALIII aterra de emergência em Beja (sem vítimas)

  • 6 Respostas
  • 3408 Visualizações
*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4129
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +63/-0
ALIII aterra de emergência em Beja (sem vítimas)
« em: Abril 12, 2007, 05:25:48 pm »
Citar
Defesa: Helicóptero da FAP aterra de emergência no Alentejo, sem causar feridos

Beja, 12 Abr (Lusa) - Um helicóptero Alouette III (ALIII) da Força Aérea Portuguesa (FAP) foi hoje forçado a uma aterragem de emergência perto da Vidigueira (Beja), mas o incidente não provocou quaisquer danos pessoais ou materiais, revelou fonte da FAP.

        Em declarações à agência Lusa, o major Paulo Gonçalves, do serviço de Relações Públicas da FAP, explicou que a aterragem de emergência aconteceu perto das 12:15, na zona de Selmes, concelho da Vidigueira.

        "O incidente ocorreu durante um voo de treino da aeronave", pertencente à Esquadra 552, da Base Aérea nº 11 de Beja, disse.

        Os dois pilotos que tripulavam o helicóptero "saíram ilesos", sem que a aterragem, numa área isolada no campo, tivesse ainda provocado "quaisquer danos materiais".

        "O helicóptero sofreu alguns danos, mas não posso especificar quais, nem a sua dimensão, porque essas informações só serão apuradas pela Inspecção da FAP, que já se encontra no local, a proceder à peritagem técnica", afiançou o mesmo oficial.
       
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4129
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +63/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Abril 12, 2007, 05:47:35 pm »
Citar
Defesa: Helicóptero da FAP aterra de emergência no Alentejo ... (ACTUALIZADA)

Beja, 12 Abr (Lusa) - Um helicóptero Alouette III (ALIII) da Força Aérea Portuguesa (FAP) foi hoje forçado a uma aterragem de emergência perto da Vidigueira (Beja), mas o incidente não provocou quaisquer danos pessoais ou materiais, revelou fonte da FAP.

      Em declarações à agência Lusa, o major Paulo Gonçalves, do serviço de Relações Públicas da FAP, explicou que a aterragem de emergência aconteceu perto das 12:15, na zona de Selmes, concelho da Vidigueira.

      "O incidente ocorreu durante um voo de treino da aeronave", pertencente à Esquadra 552, da Base Aérea nº 11 de Beja, disse.

      Os dois pilotos que tripulavam o helicóptero "saíram ilesos", sem que a aterragem, numa área isolada no campo, tivesse ainda provocado "quaisquer danos materiais".

      "O helicóptero sofreu alguns danos, mas não posso especificar quais, nem a sua dimensão, porque essas informações só serão apuradas pela Inspecção da FAP, que já se encontra no local, a proceder à peritagem técnica", afiançou o mesmo oficial.

      A aeronave ainda se encontrava, cerca das 17:30, no local, que já está protegido por militares da FAP, para que a equipa que procede às averiguações possa "documentar o que aconteceu, sem que sejam destruídas provas ou evidências".

      "Só depois é que o helicóptero poderá ser retirado", explicou o major Gonçalves, recusando-se a especificar se, na origem da aterragem forçada, esteve algum problema mecânico.

      "A inspecção da FAP é que vai descobrir o que se passou. Ainda não são conhecidas as causas", explicou.

      O ALIII é um helicóptero ligeiro de transporte táctico que, entre outras missões, pode ser usado em acções de assalto, busca e salvamento, evacuação sanitária, patrulhamento, transporte aéreo táctico e geral, apoio no ataque a incêndios, apoio aéreo ao combate e instrução de voo.

      Na altura do incidente de hoje, juntamente com outros ALIII, a aeronave da Força Aérea participava num treino "numa área de trabalho normal" para os voos da Esquadra 552 e era tripulado por "dois oficiais experientes", tendo eles próprios alertado para a situação via rádio.

      "Só que, às vezes, a experiência não resolve todos os problemas e é isso que a inspecção da FAP vai apurar, com a finalidade de serem introduzidas as correcções necessárias para, futuramente, evitar o que aconteceu hoje", frisou o major Gonçalves.

      Essa averiguação ao incidente "pode demorar ainda muito tempo", disse, realçando que, só no final, é que será elaborado o respectivo relatório.

      Os Alouette III são helicópteros que já participaram em teatros de operações na Guerra do Ultramar, mas o oficial das Relações Públicas garantiu hoje à Lusa que essa antiguidade é meramente "contabilística".

      "Esta aeronave em causa, por exemplo, tem registo de fabrico de 1969 e um total de cinco mil horas de voo, mas os ALIII, a cada cem horas de voo, sofrem uma grande revisão, em que as peças são todas desmontadas, verificadas uma a uma e substituídas as que apresentam algum desgaste", sublinhou.

      O helicóptero que fez a aterragem de emergência, acentuou, teve a última destas revisões no passado dia 12 de Fevereiro.

      "É como se tivesse saído de novo da fábrica", disse.
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

João Oliveira Silva

  • Membro
  • *
  • 195
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Abril 12, 2007, 08:06:29 pm »
Ainda bem que nada de grave aconteceu.
Aterrar na Vidigueira...
Há uns bons 7 anos , com alentejanos amigos, " aterrei " lá para jantar... e depois fiquei por lá dormir ( disseram-me que dormi lá. Só me lembro de ter acordado na Vidigueira ... ).
Bom Alentejo e bom País que recantos destes ainda tens.
Cumprimentos,
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4129
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • +63/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Abril 13, 2007, 04:04:13 pm »
Pelas imagens da TV e de hoje no Correio da Manhã, a aeronave parece ter ficado bastante danificada ('caiu' sobre o lado direito e ficou sem as pás...). Felizmente os dois Majores do Exército (informação 'pirateada' do 9g's) que nela seguiam saíram ilesos.
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 8971
  • Recebeu: 1280 vez(es)
  • Enviou: 1422 vez(es)
  • +183/-60
(sem assunto)
« Responder #4 em: Abril 13, 2007, 04:49:16 pm »
Citação de: "Lancero"
Pelas imagens da TV e de hoje no Correio da Manhã, a aeronave parece ter ficado bastante danificada ('caiu' sobre o lado direito e ficou sem as pás...). Felizmente os dois Majores do Exército (informação 'pirateada' do 9g's) que nela seguiam saíram ilesos.


 :twisted: Ainda bem que ainda não chegaram os NH-90...
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3591
  • Recebeu: 50 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +16/-7
(sem assunto)
« Responder #5 em: Abril 13, 2007, 04:50:17 pm »
Citação de: "Lightning"

 :lol:
Potius mori quam foedari
 

*

Nuno Bento

  • Perito
  • **
  • 339
  • Recebeu: 7 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Abril 19, 2007, 12:47:07 am »
Por falar na base de Beja vi na Televisão uma noticia que dizia que iniciaram as obras do Aeroporto de Beja nos mesmos Terrenos da Base.

Alguem sabe em que isso vai afectar a Base :?: