Conflitos em Africa

  • 264 Respostas
  • 49759 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Conflitos em Africa
« Responder #255 em: Março 17, 2021, 03:20:04 pm »
Alerta de possível limpeza étnica na região do Tigray


 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1112
  • Recebeu: 85 vez(es)
  • Enviou: 80 vez(es)
  • +68/-151
Re: Conflitos em Africa
« Responder #256 em: Março 18, 2021, 12:40:17 am »
Queria fazer um comentário neste tópico porque andei por estas bandas (Djibouti , Somália e acidentalmente na Etiópia) durante algum tempo.
Por agora só adianto que nunca conheci povo tão nobre como o que habita por estes lados, pelo menos os que conheci de mais perto, Afars, Issas e outros somalis cujas etnias já esqueci o nome. Doi-me o coração ver esta desgraça. Na altura em que la estive havia o problema da Eritreia que entretanto "conquistou"  a sua independência, e também no inicio das confusões na Somália, era eu um "puto" armado e com farda.
Fica para outro dia.
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1112
  • Recebeu: 85 vez(es)
  • Enviou: 80 vez(es)
  • +68/-151
Re: Conflitos em Africa
« Responder #257 em: Março 22, 2021, 05:02:00 pm »
Conflitos no Mali.

As F.A. francesas intervieram no Mali em janeiro de 2013, no seguimento da revolta tuaregue no norte do Mali em 2012.
Desde a independência do Mali em 1960, o povo tuaregue (5% da população do Mali) é vitima de descriminação da parte do poder central em Bamako e das populações "negras" do sul.  Podem-se contabilizar cerca de 10 revoltas deste povo, desde 1961 até agora.
Desta vez, os tuaregue vão mais longe e exigem claramente a independência.
As F.A. do Mali mostram-se muito competentes quando se trata de pilhar e de violar mas completamente inúteis no cumprimento da sua missão militar, obrigando à intervenção da França. Neste momento a situação na zona tuaregue encontra-se num impasse. Devido à presença militar francesa, nem os tuaregue conseguem a sua independência nem o Mali consegue restabelecer a sua autoridade. Conviria pois, para resolver este conflito no norte, que Bamako de uma vez por todas, reconhecesse a existência do povo tuaregue, da sua identidade cultural especifica e do território que sempre foi o deles.

Um segundo conflito étnico estalou entretanto no sul do Mali, na zona de Gao, desta vez envolvendo os Peul (10% da população).
NT :  Os Peul são conhecidos na antiga Guiné portuguesa como os Fula. Estebeleceram-se na Guiné, salvo erro, no século XVIII, ou seja, bem depois da etnia portuguesa europeia. De uma forma geral, apoiaram Portugal na guerra contra o PAIGC.
As exigências dos Fula têm um caracter puramente étnico, exigem o reconhecimento da sua identidade e o fim das ações discriminatórias da parte do poder central.

A terceira frente de guerra no Mali tem a ver com a chegada à região do estado islâmico.
O E.I. para além de infiltrar e de aproveitar os dois conflitos precedentes, também se implantou na região das 3 fronteiras, prosseguindo no combate pelo seu objetivo : a criação de um Califado Universal.  O risco de destabilização desta região de Africa é enorme e as consequências para a Europa poderão ser terríveis como o aumento exponencial de refugiados , dos quais muitos são e serão cada vez mais infiltrados por elementos doutrinados e treinados.

Contesto com convicção que haja algum interesse económico pela parte da França, em manter tropas nesta região. Estamos a falar de menos de 0.5% do comércio externo da França ...para quê desenvolver mais o meu raciocínio ?
Partilho sem reservas a opinião de quem afirma que o principal interesse da França é o de assegurar a estabilidade no Sahel e na Africa Ocidental e realmente lamento que a França se sinta "sozinha" neste combate. Continuando nesta ótica, vi com muita simpatia o facto de Portugal ter destacado uma força para a zona, não sei se continuam por la mas em todo o caso, acho que foi tomada a decisão certa.
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, mayo

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 10421
  • Recebeu: 1546 vez(es)
  • Enviou: 3946 vez(es)
  • +237/-103
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Conflitos em Africa
« Responder #258 em: Março 22, 2021, 05:49:19 pm »
Citar
O Exército tem, atualmente, 411militares destacados em 5teatros de operações (TO) (Afeganistão, Iraque, Mali, República Centro Africana e Somália)e noutras zonas do globo

EU European Union Training Mission
Formar e aconselhar as Forças Armadas do Mali, contribuindo para aumentar a sua capacidade de defesa do território e proteção da população.
11Militares empenhados


ONU United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in Mali (MINUSMA)
Apoiar o processo de transição, contribuindo para a estabilização do país.
2 Militares empenhados

 :arrow: https://www.emgfa.pt/


A missão da MINUSMA no Mali



Numa salganhada de grupos étnicos...
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: legionario

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1112
  • Recebeu: 85 vez(es)
  • Enviou: 80 vez(es)
  • +68/-151
Re: Conflitos em Africa
« Responder #259 em: Março 22, 2021, 07:08:16 pm »
Obrigado caro HSMW. 
Confesso que não insisti muito para procurar saber se ainda havia um destacamento português presente neste momento no Mali, pois costumo escrever de memoria e por vezes falta-me a paciência para fazer "buscas", o que encontrei sobre a presença militar lusa na zona, era relativo a 2020 . Defeito meu, reconheço... e peço desculpa desde já aos militares que la se encontram, assim como aos seus familiares, camaradas e amigos, pelo meu lapso.
Sabia no entanto que, pelo menos, tinham la estado ; ainda bem que continuam.
As tropas portuguesas têm um excelente comportamento nos TOE onde têm participado nos últimos anos. Registo, o que penso que todos sabem : os militares portugueses são objeto de muita simpatia por parte das populações que servem e que protegem ; insisto neste ponto porque nunca vi uma força ocidental ser tão bem aceite pelas populações locais.
« Última modificação: Março 23, 2021, 12:19:42 am por legionario »
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Conflitos em Africa
« Responder #260 em: Março 27, 2021, 11:05:23 am »
Relatório aponta "grandes responsabilidades" da França no Ruanda


 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1112
  • Recebeu: 85 vez(es)
  • Enviou: 80 vez(es)
  • +68/-151
Re: Conflitos em Africa
« Responder #261 em: Março 27, 2021, 12:08:17 pm »
Relatório aponta "grandes responsabilidades" da França no Ruanda



A França reconheceu e muito bem, os seus "pecados" no Ruanda por 'atos e omissões". Fez prova de humildade , de arrependimento e de vontade de reparar e de restabelecer um bom relacionamento com o Ruanda ; virtudes que deveriam seguidas por muitos Estados.
A minha companhia esteve no Ruanda na altura destes acontecimentos. Gostaria aqui de relembrar a ação individual de alguns camaradas meus, sobretudo a do tenente Silva (português legionário) que , muito justamente foi capa do Paris Match, por ter salvo in extremis, uma criança da morte. Os bulldozers empurravam a massa de cadáveres para uma enorme vala que antes tinham aberto, quando o tenente Silva reparou que uma criança se mexia, agarrada ao corpo ja sem vida da mãe. A criança foi salva, não sei o que foi feita dela depois, espero sinceramente que hoje se encontre bem e que seja feliz.
No meio das misérias tecidas pela politica, é com muito gosto que relembro as boas atitudes individuais ou de grupo, umas em que participei, outras que me foram contadas pelos meus camaradas, regressados de missão.

NT. edito este tópico para acrescentar que estas vitimas não foram de modo nenhum causadas pelos militares ao serviço da França mas sim pela guerra inter étnica que então lavrava no Ruanda.
« Última modificação: Março 27, 2021, 02:53:10 pm por legionario »
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, mayo

*

mayo

  • Membro
  • *
  • 128
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • Enviou: 527 vez(es)
  • +4/-151
Re: Conflitos em Africa
« Responder #262 em: Abril 20, 2021, 03:10:14 pm »
Relatório aponta "grandes responsabilidades" da França no Ruanda



Mais relatorio da treta ! A França fez o que pôde !

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Conflitos em Africa
« Responder #263 em: Abril 22, 2021, 04:35:51 pm »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 12116
  • Recebeu: 574 vez(es)
  • Enviou: 236 vez(es)
  • +101/-85
Re: Conflitos em Africa
« Responder #264 em: Junho 11, 2021, 10:07:29 am »
ONU alerta para situação de "catástrofe" na Etiópia