Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial

  • 1474 Respostas
  • 266227 Visualizações
*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2481
  • Recebeu: 154 vez(es)
  • Enviou: 42 vez(es)
  • +27/-26
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1395 em: Março 29, 2022, 11:48:41 pm »
Alguém tem esta imagem em boa qualidade, e que se consiga ler o que está escrito?
Obrigado



Obrigado

O resto da apresentação, também conseguimos ver?
Cumprimentos
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 849
  • Recebeu: 668 vez(es)
  • Enviou: 59 vez(es)
  • +355/-20
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1396 em: Abril 07, 2022, 11:21:17 pm »
Já estive mais certo na construção do lote 3 nos West Sea. Pode ser que a recente aproximação a Navantia venha a trazer boas noticias.

Então a West Sea não está a escavar uma doca nova, com profundidade e tamanho extra, às contas de dinheiros públicos? Se não for para fazer o Navpol ou os NPO é para quê?

Sim, é uma obra gigante, mas tenho dúvidas que seja para o LPD, será para asfalteiros maiores/gás.

Hum?? Dinheiro público?

A Martifer está a investir 20 milhões no estaleiro e em terrenos que nem são deles.
Quando se forem  embora a doca fica. 
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 13958
  • Recebeu: 3272 vez(es)
  • Enviou: 3768 vez(es)
  • +2327/-5904
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4871
  • Recebeu: 3361 vez(es)
  • Enviou: 6008 vez(es)
  • +4412/-173
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1398 em: Maio 18, 2022, 02:59:48 pm »
25 mm, muito fraquinho.  :mrgreen: O novo Mk38 mod 4 usa a mesma peça de 30 mm da MARLIN (Bushmaster) e é comparável a esta.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Crypter

  • Investigador
  • *****
  • 1200
  • Recebeu: 202 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +28/-6
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1399 em: Maio 18, 2022, 04:25:23 pm »

Não diria que isso é bem uma plataforma ASW. Até parece razoável enquanto ideia de um navio de vigilância e presença do estado. A questão é que leva décadas de atraso e não sei se se justifica andar a gastar dinheiro com grandes aventuras numa plataforma obsoleta.

Desculpem pegar num post atrasado mas tenho andado afastado destas lides e só hoje é que vi esta afirmação.

Pq plataforma obsoleta? O feedback que tenho de quem já andou embarcado é que é um navio muito estável e capaz para o nosso mar. Não estou a falar em sistemas, apenas na navegabilidade do navio..
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4871
  • Recebeu: 3361 vez(es)
  • Enviou: 6008 vez(es)
  • +4412/-173
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1400 em: Maio 18, 2022, 11:07:27 pm »
As OHP também são plataformas estáveis, mas isso não quer dizer que sejam boas substitutas para as nossas fragatas. Só o facto de ser um desenho com mais de 20 anos, com uma velocidade máxima de 20 nós, torna a plataforma inadequada para ASW.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, Crypter, Stalker79, Pescador

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6171
  • Recebeu: 2403 vez(es)
  • Enviou: 544 vez(es)
  • +660/-476
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1401 em: Maio 19, 2022, 12:51:49 am »
Os NPOs são navio qb para a função de patrulha. Estão sub-armados e sub-sensorizados para qualquer coisa acima disso (combate a pirataria por exemplo).

No entanto, em termos do design, não me chateia, antes prefiro NPOs com design assim, e que o foco fosse aí sim o design das fragatas, do que termos NPOs com design dos Zumwalt, mas o resto da Marinha (a continuar) parada nos anos 90.

Com base naquele desenho da apresentação de powerpoint, ao que parece os NPO com sonar, apenas servirão para vigilância, ficando a verdadeira função ASW para outros meios (fragatas, submarinos, P-3, helicópteros). Ao que parece a intenção passa mais por aumentar o número de navios com capacidade de sonar, para conseguir vigiar uma área maior. No entanto, recorrer a UAVs, como o MQ-9B SeaGuardian, capazes de lançar sonoboias, se calhar fazia mais sentido. Mas aí presumo que o sonar rebocado que se pensa instalar nos NPO batch III, seja superior às sonoboias?
« Última modificação: Maio 19, 2022, 12:53:04 am por dc »
 

*

Visitante123

  • Membro
  • *
  • 277
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 75 vez(es)
  • +2/-20
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1402 em: Maio 19, 2022, 09:02:03 am »
As OHP também são plataformas estáveis, mas isso não quer dizer que sejam boas substitutas para as nossas fragatas. Só o facto de ser um desenho com mais de 20 anos, com uma velocidade máxima de 20 nós, torna a plataforma inadequada para ASW.

Os 20 nós importam assim tanto? É que os submarinos até podem fazer 25 ou 30 nós mas não em silêncio. Se eles vão a uma velocidade que o NPO não consegue seguir então o mais provável é serem caçados por meios aéreos com facilidade pois serão facilmente detectáveis.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6025
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • +2557/-355
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1403 em: Maio 19, 2022, 04:31:19 pm »
Em qualquer navio  que entre em combate a velocidade é sempre importante, em alguns casos, vital.

A questão não é andar atrás de submarinos que podem atingir 20 ou 30 nós. Os submarinos com AIP são mais lentos quando estão a funcionar com propulsão eletrica, mas os submarinos nucleares de ataque não têm esse problema.

A questão é a de se poder dirigir rapidamente para um qualquer ponto, onde outros meios ou até boias, tenham localizado algo de interesse.
Atingir esses pontos mais depressa pode ser a diferença entre identificar um alvo possível, ou deixa-lo escapar.

A outra questão prende-se com a capacidade de defesa do próprio navio em caso de este ser atacado. Os submarinos disparam torpedos mas também podem lançar mísseis anti-navio. Nesse caso a capacidade de evasão é importante.

É igualmente importante neste caso, a assinatura do navio e o tamanho do alvo que o míssil vai identificar, quando na fase final do voo, ativar o seu radar.
Escusado será dizer que, os patrulhas não estão nada preparados para este tipo de ameaça e oferecem um alvo de grandes dimensões.

Um navio capaz de alta velocidade (preferencialmente superior a 30 nós) e com um perfil stealth apurado, juntamente com um sistema de defesa anti-missil para defesa próxima, pode ter alguma capacidade de sobreviver a um ataque de um míssil lançado por um submarino.
Um navio da classe Viana do Castelo ... não tem.
https://www.youtube.com/watch?v=mtEyXAFUbC4

É muito mais facil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Icterio

  • Membro
  • *
  • 225
  • Recebeu: 175 vez(es)
  • Enviou: 37 vez(es)
  • +494/-212
  • Mais vale ser sortudo do que ser bom
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1404 em: Maio 19, 2022, 04:51:56 pm »
Na minha opinião, a afirmação que a malta dos submarinos adora não é um exagero;

"There's Two Types of Ships, Submarines and Targets"

Em caso de guerra naval as marinhas que tem SSNs modernos "limpavam" os mares num instante. 
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Lightning, tenente

*

Visitante123

  • Membro
  • *
  • 277
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 75 vez(es)
  • +2/-20
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1405 em: Maio 19, 2022, 05:09:50 pm »
Em qualquer navio  que entre em combate a velocidade é sempre importante, em alguns casos, vital.

A questão não é andar atrás de submarinos que podem atingir 20 ou 30 nós. Os submarinos com AIP são mais lentos quando estão a funcionar com propulsão eletrica, mas os submarinos nucleares de ataque não têm esse problema.

A questão é a de se poder dirigir rapidamente para um qualquer ponto, onde outros meios ou até boias, tenham localizado algo de interesse.
Atingir esses pontos mais depressa pode ser a diferença entre identificar um alvo possível, ou deixa-lo escapar.

A outra questão prende-se com a capacidade de defesa do próprio navio em caso de este ser atacado. Os submarinos disparam torpedos mas também podem lançar mísseis anti-navio. Nesse caso a capacidade de evasão é importante.

É igualmente importante neste caso, a assinatura do navio e o tamanho do alvo que o míssil vai identificar, quando na fase final do voo, ativar o seu radar.
Escusado será dizer que, os patrulhas não estão nada preparados para este tipo de ameaça e oferecem um alvo de grandes dimensões.

Um navio capaz de alta velocidade (preferencialmente superior a 30 nós) e com um perfil stealth apurado, juntamente com um sistema de defesa anti-missil para defesa próxima, pode ter alguma capacidade de sobreviver a um ataque de um míssil lançado por um submarino.
Um navio da classe Viana do Castelo ... não tem.

Eu percebo tudo isso. Aliás até concordo. E sabemos que os NPO nunca serão uma fragata ASW e claro que não o sendo a sua missão será muito mais arriscada. Mas poderão ser competentes a identificar os alvos submarinos e há hipóteses de garantir a sua sobrevivência ao fazê-lo? Podem ser equipados com helis? ou em conjunto com fragatas? ou usar módulos de defesa?
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2241
  • Recebeu: 399 vez(es)
  • Enviou: 287 vez(es)
  • +124/-271
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1406 em: Maio 19, 2022, 09:01:09 pm »
Não me parece que vá andar a perseguir submarinos. Busca por aviões/navios desaparecidos e levantamentos do fundo do mar parecem-me mais viáveis.
 

*

Visitante123

  • Membro
  • *
  • 277
  • Recebeu: 95 vez(es)
  • Enviou: 75 vez(es)
  • +2/-20
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1407 em: Maio 19, 2022, 09:46:43 pm »
Não me parece que vá andar a perseguir submarinos. Busca por aviões/navios desaparecidos e levantamentos do fundo do mar parecem-me mais viáveis.

Não. Quanto muito fazem uma detecção ou pelo menos criam "corredores" de interdição direcionando os submarinos para sítios onde possam ser caçados pelos meios aéreos.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6171
  • Recebeu: 2403 vez(es)
  • Enviou: 544 vez(es)
  • +660/-476
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1408 em: Maio 19, 2022, 09:53:15 pm »
A ideia dos NPOs com sonar VDS, do ponto de vista militar, visa aumentar a área submarina que conseguimos vigiar. Segundo aquele desenho do NPO Batch 3, não terão quaisquer torpedos, sendo a única arma com alguma capacidade ASW que poderão possuir, as minas. Fora isso, o seu emprego, parece-me ser estritamente passivo, à semelhança dos Stalwart (dos quais nós operamos 2, convertidos em navios hidrográficos) da USN. O ataque a uma potencial ameaça submarina, deverá ser ser feita com recurso a helicópteros ou aeronaves de patrulha marítima, ou a alguma fragata que esteja por perto.

A ideia é serem somente navios complementares dentro do espectro ASW.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Duarte, Lightning, Visitante123

*

Crypter

  • Investigador
  • *****
  • 1200
  • Recebeu: 202 vez(es)
  • Enviou: 231 vez(es)
  • +28/-6
Re: Classe Viana do Castelo Melhorias ao Projecto Inicial
« Responder #1409 em: Maio 21, 2022, 12:13:41 pm »
As OHP também são plataformas estáveis, mas isso não quer dizer que sejam boas substitutas para as nossas fragatas. Só o facto de ser um desenho com mais de 20 anos, com uma velocidade máxima de 20 nós, torna a plataforma inadequada para ASW.

De facto o não conseguir os 30 nós é limitador.