Notícias da Marinha

  • 2934 Respostas
  • 821851 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20181
  • Recebeu: 2966 vez(es)
  • Enviou: 2224 vez(es)
  • +1309/-3458
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2730 em: Março 10, 2023, 12:08:50 pm »

Citação de: Direção-Geral de Política de Defesa Nacional
Com o apoio da @politica_defesa,uma equipa da Unidade de Implementação do @camoes_ip 🇵🇹,realizou a avaliação das necessidades de formação da Marinha da Gâmbia, em Banjul 🇬🇲.Esta ação foi essencial para a realização de futuras ações de formação do Programa #SWAIMS naquele país.🇪🇺

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8520
  • Recebeu: 1616 vez(es)
  • Enviou: 673 vez(es)
  • +932/-7245
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2731 em: Março 15, 2023, 10:27:23 pm »
Acabo de visitar a página do facebook da Marinheca é aquilo é de uma... piroseira impressionante.
Fraco e amaricado.



Fds, quem é que se lembrou disto?
Alguma agência de comunicação e imagem, essa mais valia que, que a "nossa" tropa tanto aprecia?
« Última modificação: Março 15, 2023, 10:30:03 pm por Luso »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, CruzSilva, Subsea7

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8431
  • Recebeu: 3824 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4982/-785
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2732 em: Março 15, 2023, 11:51:02 pm »
Isso faz parte de uma "promoção" para visitar o Aquário, que quem tiver "Mar" no nome, tem entrada grátis ou lá o que é.

O timing da publicação, que de outra forma até seria normal (desde que contextualizada), é que é mau já que cheira mais a desvio das atenções acerca dos desenvolvimentos recentes noutros temas em torno da Marinha.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 18156
  • Recebeu: 5473 vez(es)
  • Enviou: 5819 vez(es)
  • +7113/-9496
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2733 em: Março 16, 2023, 11:41:54 am »
Campanhas MARicas
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso, PereiraMarques, CruzSilva

*

Barlovento

  • Perito
  • **
  • 448
  • Recebeu: 212 vez(es)
  • Enviou: 117 vez(es)
  • +135/-92
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2734 em: Março 17, 2023, 10:21:28 am »
El Mondego en Faro de Vigo.

Un acto de indisciplina incendia la Marina lusa
BRAIS SUÁREZ
OPORTO / E. LA VOZ
INTERNACIONAL
Buque patrulla de la Marina portuguesa NRP Mondego.Buque patrulla de la Marina portuguesa NRP Mondego. MARINA PORTUGAL

El NRP Mondego no pudo rastrear un buque ruso en aguas de Madeira, después de que 13 tripulantes se negaran a embarcar por motivos de seguridad
16 mar 2023 . Actualizado a las 17:27 h.

A mediodía de este jueves, el jefe del Estado Mayor de la Armada portuguesa, el almirante Gouveia e Melo, manifestó que «la Marina no puede olvidar, ignorar ni perdonar los actos de indisciplina», en alusión al cometido el pasado sábado por la tripulación del buque patrulla NRP Mondego. Lo dijo sobre el propio navío, cuyo estado acudió a comprobar en persona.

Todo, después de que una parte de la tripulación se negara a realizar una misión de vigilancia de un buque ruso al norte de la isla de Porto Santo, en Madeira. Alegaron distintos motivos de seguridad, como que había filtraciones de agua o la inoperatividad de uno de los dos motores y de uno de los tres generadores, inactivo desde octubre del 2022.


El barco lleva 500 días en misiones de busca y salvamento, lo que impidió realizar labores de mantenimiento. En su comunicado por escrito, los soldados aseguran que el propio comandante asumió frente a la guarnición que «no se sentía cómodo» zarpando con las limitaciones técnicas que presentaba el navío.

Gouveia e Melo afirmó que «el comandante, último responsable de la seguridad de su unidad, lo que dice es que, a pesar de estar limitado y de las condiciones en que se le atribuyó la misión, el NRP Mondego estaría listo para ejecutarla».

En ese sentido, el presidente de la República, Marcelo Rebelo de Sousa, aseguró que es necesario un refuerzo del mantenimiento del equipamiento militar. Por su parte, el primer ministro, António Costa, prefirió delegar las responsabilidades en el mando militar y no pronunciarse hasta que termine la investigación en curso.

Para más inri, este mismo jueves se publicó en el Diário da República (equivalente al BOE) que el Gobierno habilita 39 millones de euros para la supervisión y mantenimiento de algunos buques de la Marina, una decisión del 2 de marzo y que no contempla al NRP Mondego.

Ahora, excepto el comandante, serán sustituidos los 29 hombres que integran la tripulación del buque, y no solo los 13 que se negaron a zarpar. De acuerdo con los artículos de deber de obediencia y de tutela, estos se podrían enfrentar a la privación de libertad. Los militares fueron retenidos en el buque sin licencia de salida, donde los interroga la Polícia Judiciária Militar. Se han abierto procesos disciplinarios y pueden estar en causa cuestiones de tipo criminal.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3971
  • Recebeu: 2577 vez(es)
  • Enviou: 2117 vez(es)
  • +5702/-2784
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2735 em: Março 17, 2023, 03:17:03 pm »
Diário de Bordo
NRP Mondego

Os 13 militares da guarnição do NRP Mondego que formaram no cais, não cumprindo a ordem de largada para missão de acompanhamento de um navio russo, afirmam o seguinte:

• O NRP Mondego, estando atracado no cais de pesca do Funchal, recebeu ordem para fazer o acompanhamento de um navio russo a norte do Porto Santo;
• As previsões meteorológicas apontavam para ondulação de 2,5mt a 3mt, com período de 7 segundos;
• O NRP Mondego apresenta limitações técnicas graves, que comprometem a segurança do pessoal e do material e o cumprimento da respetiva missão;
• Em formatura na ponte, o próprio Comandante do NRP Mondego assumiu perante a guarnição que não se sentia confortável em largar com as limitações técnicas que o navio apresenta;
• Passamos a identificar as graves limitações técnicas que levaram à decisão incumprimento da ordem de largada:
o O navio possui dois (2) motores estando um (1) deles, o de Bombordo, INOP;
o Motor de Bombordo aquando do seu funcionamento, apresentava diversas fugas no coletor de admissão, no coletor de evacuação, nos turbos do motor, estando constantemente com arrastamento de óleo e tendo que se purgar constantemente. Este motor necessita de uma manutenção W4 há cerca de 2000 horas de funcionamento;
o Motor de Estibordo com fugas diversas, em tudo idênticas às fugas identificadas no motor de Bombordo, com consumo de óleo. Este motor necessita de uma manutenção W4 há cerca de 2000 horas de funcionamento;
o Após ser servido o jantar a bordo, às 19h, foi detetada uma franca entrada de água através da bomba de refrigeração do espaço de máquinas, tendo sido tamponada, limitando assim o seu funcionamento;
o Com a falta da bomba de refrigeração do espaço de máquinas, tinha que se pôr o circuito de emergência em cima através do circuito de incêndios, limitando em muito a capacidade do navio para o combate a incêndios numa situação de emergência;
o O navio possui três (3) geradores de energia elétrica, estando o gerador nº 1 Estibordo, INOP desde outubro de 2022;
o O gerador nº 2 Bombordo, quando entra ao barramento entra em alarme havendo o risco de o navio ficar sem energia elétrica a bordo. Apresenta fugas de gases, fugas de óleo, parte elétrica degradada. Manutenção W5 deveria ter sido feita há mais de 4000 horas de funcionamento;
o O gerador nº3 Ré, apresenta diversas fugas, consome cerca de 18Lt de óleo lubrificante (a capacidade máxima de óleo são 28lt) a cada 24 horas de funcionamento;
o Devido ao facto de, tanto os geradores como os motores PP não terem a devida manutenção, impossibilitada pelos cerca de 500 dias de missão atribuída com 2 horas de prontidão SAR, estes equipamentos apresentam imensas fugas de óleo, aumentando o risco de incêndio a qualquer momento, comprometendo a segurança do pessoal, do material e o cumprimento da missão;
o Quanto ao Sistema de Gestão da Plataforma, funciona apenas a 30%, sendo que é necessário recorrer constantemente aos rondas;
o Lemes, CPP, Caixas Redutoras apresentam fugas diversas, sendo necessária atenção constante aos níveis antes da largada e durante a navegação;
o No trânsito de regresso ao Funchal, durante a missão de rendição nas Selvagens, entre 08MAR2023 e 10MAR2023, o navio teve uma franca entrada de água pelo compensador de gases de escape do motor PP de Bombordo. O pessoal técnico de bordo solucionou esta avaria em 48H, tendo trabalhado noite e dia, honrando, mais uma vez, os seus compromissos para com a Marinha;
o Devido à muito elevada taxa de empenhamento e operacionalidade, sem que se consiga fazer a adequada manutenção, o navio apresenta inúmeras fugas de óleo que se acumulam nos porões, aumentando significativamente o risco de incêndio, comprometendo a segurança do pessoal, do material e o cumprimento da missão. Prova disso mesmo é a quantidade de vezes que são requisitados três (3) isocontentores de cada vez, para fazer esgoto aos resíduos oleosos acumulados nos porões;
o O navio não possui um sistema de esgoto adequado para armazenar os resíduos oleosos a bordo, ficando estes acumulados nos porões, aumentando significativamente o risco de incêndio. Apesar de o navio possuir dois (2) tanques de armazenamento de resíduos oleosos, os mesmos não são utilizados, devido ao facto de o navio estar limitado ao circuito de emergência, havendo apenas a possibilidade de esgotar todos os resíduos para o mar, não cumprindo a Convenção MARPOL;
o Apesar do vasto leque de meios do navio, que poderiam contribuir para a segurança do pessoal e do material, estes não são utilizados porque, desde que o NRP Mondego foi aumentado ao efetivo, estes meios nunca ficaram operacionais;
o Mesmo com a elevadíssima taxa de empenhamento e operacionalidade do navio, o espírito da guarnição sempre foi de sã camaradagem, entreajuda, brio profissional e lealdade perante o Comando do navio e a Marinha, de forma a cumprir todas as missões atribuídas.
o Apesar da elevadíssima taxa de empenhamento e operacionalidade, os militares que prestam serviço a bordo no NRP Mondego, sempre foram dedicados, empenhados, rigorosos e profissionais, mesmo com grande sacrifício para as suas vidas pessoais e familiares, de forma a que o navio estivesse disponível e operacional.
• Pelo acima descrito, e por entendermos que a segurança do pessoal e do material está séria e gravemente comprometida, decidimos, de livre vontade e em consciência, não cumprir a ordem de largada e formar no cais.

Bordo, 11 de março de 2023"
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 678
  • Recebeu: 108 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +10/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2736 em: Março 20, 2023, 12:30:43 pm »
Juro que não percebo a mentalidade de os altos cargos militares.
O dever de cumprimentos não é só de sargentos para baixo.  O dever dos altos cargos é assegurar que todos tenham os meios necessários a 100 por cento para o cumprimento das suas missões. Isto de andar a tapar o sol com a peneira no setor militar é.... não consigo encontrar palavras. Acho que se habituaram ao sacrifício que desgraçadamente se fez em África com as tripas em coração, não conseguem ver que não basta exigências aos mais frágeis na hierarquia de comando. O dever de um comandante é olhar para os seus subordinados com uma extensão dele próprio, que se eles não cumprirem é por inerência ele que o não faz?
Já agora em quantos países da união europeia temos presidentes militares?
Vamos voltar 40 anos atrás só para o ego de alguns??
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Pescador, Subsea7

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 18156
  • Recebeu: 5473 vez(es)
  • Enviou: 5819 vez(es)
  • +7113/-9496
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2737 em: Março 20, 2023, 01:54:59 pm »
Juro que não percebo a mentalidade de os altos cargos militares.
O dever de cumprimentos não é só de sargentos para baixo.  O dever dos altos cargos é assegurar que todos tenham os meios necessários a 100 por cento para o cumprimento das suas missões. Isto de andar a tapar o sol com a peneira no setor militar é.... não consigo encontrar palavras. Acho que se habituaram ao sacrifício que desgraçadamente se fez em África com as tripas em coração, não conseguem ver que não basta exigências aos mais frágeis na hierarquia de comando. O dever de um comandante é olhar para os seus subordinados com uma extensão dele próprio, que se eles não cumprirem é por inerência ele que o não faz?
Já agora em quantos países da união europeia temos presidentes militares?
Vamos voltar 40 anos atrás só para o ego de alguns??

Se nas empresas cá fora impera a mentalidade do quero, posso e mando, quanto mais nos militares.

O problema deste país de "doutores" e "engenheiros" (em mais nenhum país europeu se usam títulos nobleáticos, sintoma do nosso atraso civilizacional), é que quem manda se acha o dono absoluto da verdade.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 678
  • Recebeu: 108 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +10/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2738 em: Março 20, 2023, 03:54:58 pm »
Ou seja, acabou a monarquia dos nobres e veio a república dos xicos espertos de canudos de obras por fazer e os outros que as façam, que as medalhas e regalias são para eles....
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso, P44, NVF

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 18156
  • Recebeu: 5473 vez(es)
  • Enviou: 5819 vez(es)
  • +7113/-9496
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2739 em: Março 20, 2023, 04:48:31 pm »
Ou seja, acabou a monarquia dos nobres e veio a república dos xicos espertos de canudos de obras por fazer e os outros que as façam, que as medalhas e regalias são para eles....

Basicamente

Só mudaram as moscas
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5366
  • Recebeu: 4001 vez(es)
  • Enviou: 9908 vez(es)
  • +8451/-245
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2740 em: Março 20, 2023, 09:36:47 pm »
Já agora em quantos países da união europeia temos presidentes militares?

Na República Checa foi, recentemente, eleito um ex-general. Mas, depois do último episódio da Madeira, esperemos que o Picas esteja definitivamente fora da corrida.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Subsea7

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8431
  • Recebeu: 3824 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4982/-785
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2741 em: Março 20, 2023, 09:40:05 pm »
Sem dúvida. Resta saber é que outras alternativas haverá para futuro PR.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 18156
  • Recebeu: 5473 vez(es)
  • Enviou: 5819 vez(es)
  • +7113/-9496
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2742 em: Março 21, 2023, 06:42:44 am »
Pelo menos este já não engana mais ninguém (ironia)
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Luso, NVF

*

antoninho

  • Analista
  • ***
  • 678
  • Recebeu: 108 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +10/-10
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2743 em: Março 21, 2023, 09:17:37 am »
Pelo que eu me apercebi a guerra surda para a presidência já começou.
O último comentário do atual para a Ana Gomes (vai criar clivagem no PS entre ela e o cujo) as tentações do PSD para o Passos, o circo 🎪 está a ser montado, o que vale é aquela observação, de um colega meu, a um superior nosso ele... espirrava com frequência e o superior disse que pelos vistos não havia circo porque o urso estava constipado, resposta do meu colega olhando para ele " não se preocupe ainda temos o palhaço para alegrar o pessoal".
« Última modificação: Março 21, 2023, 10:04:08 am por antoninho »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 3971
  • Recebeu: 2577 vez(es)
  • Enviou: 2117 vez(es)
  • +5702/-2784
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2744 em: Março 21, 2023, 10:56:07 am »
Pelo que eu me apercebi a guerra surda para a presidência já começou.
O último comentário do atual para a Ana Gomes (vai criar clivagem no PS entre ela e o cujo) as tentações do PSD para o Passos, o circo 🎪 está a ser montado, o que vale é aquela observação, de um colega meu, a um superior nosso ele... espirrava com frequência e o superior disse que pelos vistos não havia circo porque o urso estava constipado, resposta do meu colega olhando para ele " não se preocupe ainda temos o palhaço para alegrar o pessoal".

Neste País há uma crónica falta de lideres. E a politica é mais clubista que os gajos das claques da bola. O País está sempre depois.
Mais semelhante a isto são as lutas das famílias da máfia