Notícias do Exército Português

  • 1869 Respostas
  • 491620 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12564
  • Recebeu: 2323 vez(es)
  • Enviou: 3018 vez(es)
  • +1883/-4147
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Visitante123

  • Membro
  • *
  • 20
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +0/-0
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1861 em: Janeiro 11, 2022, 12:12:30 pm »
Hoje no DN.
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7395
  • Recebeu: 751 vez(es)
  • Enviou: 271 vez(es)
  • +844/-12
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1862 em: Janeiro 11, 2022, 01:18:24 pm »
ás...de copas  :mrgreen:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9169
  • Recebeu: 1390 vez(es)
  • Enviou: 1547 vez(es)
  • +197/-64
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1863 em: Janeiro 11, 2022, 01:28:28 pm »
Aqui há um parêntesis que quero apontar, nem só de Pelotoes se faz a tropa, nem tudo pode ter 30 Praças por oficial, imaginem quantos Praças teriam que existir no Estado-Maior, ou noutras estruturas de Comando, ai é lógico que o trabalho é mais de gestão, cada oficial pode ter alguns sargentos e Praças para trabalho administrativo, etc, mas não tem que ser 30.

Deve-se aumentar o número de Praças, mas dificilmente dará para termos 30x o número de oficiais, também se deve ver se dá para diminuir o número de oficiais, já que certas funções estão até concentradas no EMGFA, não precisam de estar duplicadas nos ramos.
« Última modificação: Janeiro 11, 2022, 01:31:46 pm por Lightning »
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8801
  • Recebeu: 4120 vez(es)
  • Enviou: 2924 vez(es)
  • +4218/-891
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1864 em: Janeiro 11, 2022, 02:28:33 pm »
Aqui há um parêntesis que quero apontar, nem só de Pelotoes se faz a tropa, nem tudo pode ter 30 Praças por oficial, imaginem quantos Praças teriam que existir no Estado-Maior, ou noutras estruturas de Comando, ai é lógico que o trabalho é mais de gestão, cada oficial pode ter alguns sargentos e Praças para trabalho administrativo, etc, mas não tem que ser 30.

Deve-se aumentar o número de Praças, mas dificilmente dará para termos 30x o número de oficiais, também se deve ver se dá para diminuir o número de oficiais, já que certas funções estão até concentradas no EMGFA, não precisam de estar duplicadas nos ramos.

30 praças por oficial ???
Nenhum exército do Mundo possui esse rácio, então e os Cmdts de Companhia, batalhão, os estados maiores de batalhão/regimento/brigada para cima não contam ??
Além de que o que mencionas oficiais por pelotão só se aplica aos subalternos, pois são estes que fazem parte nesse nivel da orgãnica das sub/unidades. e não as restantes classes de oficiais, as de capitães, oficiais superiores e oficiais generais.

Não confundamos as coisas o que está em causa é o numero total de oficiais das FFAA, comparativamente com o total de praças, mais premente no exército devido á exiguidade de Praças, pois as estruturas operacionais e não só,  deste ramo são muito diferentes dos dois outros Ramos, onde a especialização mais profunda dos quadros exige uma maior percentagem de Oficiais e Sargentos, presentes no total de efectivos.

O que está em causa é a diminuição do total de praças e o aumento muito significativo, cerca de 9% dos oficiais no mesmo periodo de tempo;
O que está em causa é o desleixo do poder politico em fazer as reformas que já há muitos anos deveriam ter sido feitas na instituição militar de modo a que, principalmente a classe das Praças, possa ter o minimo de efectivos que permitam as FFAA, desempenhar as suas missões de modo eficiente !!
O que está em causa é a posição de subserviência que muitas altas chefias Militares adoptam em relação á tutela, prejudicando as FFAA no seu todo, a favor da manutenção das suas benesses pessoais.

Abraços


« Última modificação: Janeiro 11, 2022, 02:34:39 pm por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Lightning

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8801
  • Recebeu: 4120 vez(es)
  • Enviou: 2924 vez(es)
  • +4218/-891
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1865 em: Janeiro 11, 2022, 02:40:35 pm »
Aldrabões estes gajos !!!

Com que então 27.715 efectivos em 2021?????

https://twitter.com/Defence360/status/1480886357409021952/photo/1

A 31 de outubro de 2021, o número provisório de efetivos nas  FFAA era de 27.715, mais 1.085 do que o número total de 2020.


Era bom era, mas são 23.347, menos quase 4400, que muito jeito davam, em especial ao Exército, mais uns 3000 Praças e os restantes á Marinha e FAP!!!!!! blx2x1



Abraços


« Última modificação: Janeiro 11, 2022, 02:50:10 pm por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9169
  • Recebeu: 1390 vez(es)
  • Enviou: 1547 vez(es)
  • +197/-64
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1866 em: Janeiro 11, 2022, 04:15:09 pm »
Tenente eu estava a comentar o artigo que colocaram a dizer que não se pode ter menos de 30 pracas para 1 oficial, foi por isso.

Esses 3000 elementos de diferença, ou são contas mal feitas, ou num lado estarão a contabilizar os que passam para a reserva?
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8801
  • Recebeu: 4120 vez(es)
  • Enviou: 2924 vez(es)
  • +4218/-891
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1867 em: Janeiro 12, 2022, 11:32:37 am »
Tenente eu estava a comentar o artigo que colocaram a dizer que não se pode ter menos de 30 pracas para 1 oficial, foi por isso.

Esses 3000 elementos de diferença, ou são contas mal feitas, ou num lado estarão a contabilizar os que passam para a reserva?

Lightning, eu sei, mas um gajo não é de ferro ele há com cada esperto e suas deduções.
Os 3000 efectivos, que referi era um valor retirado dos 4400, mencionados, valor esse que permitiria, um reforço do Exército só na classe de Praças, representando um aumento em cerca de 50%, que completaria as faltas de Praças nas actuais três brigadas. os 1400 efectivos remanescentes, iriam para os outros dois Ramos permitindo algum acréscimo de praças na ordem dos 700 para cada.

Abraços
« Última modificação: Janeiro 12, 2022, 11:34:22 am por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3848
  • Recebeu: 3014 vez(es)
  • Enviou: 1786 vez(es)
  • +4427/-2033
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9169
  • Recebeu: 1390 vez(es)
  • Enviou: 1547 vez(es)
  • +197/-64
Re: Notícias do Exército Português
« Responder #1869 em: Hoje às 01:13:12 pm »
Regime de contrato especial abrange quatro novas especialidades no exercito
https://expresso.pt/sociedade/regime-de-contrato-especial-abrange-quatro-novas-especialidades-do-exercito/