Unir os Pontos

  • 944 Respostas
  • 130233 Visualizações
*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-1369
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #930 em: Novembro 26, 2020, 07:45:35 pm »
BOA SORTE,

a quem for Lutar contra a "Nova Ordem Mundial" que está a bater à porta.


"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17088
  • Recebeu: 1757 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +290/-1165
Re: Unir os Pontos
« Responder #931 em: Novembro 28, 2020, 11:48:31 am »
« Última modificação: Novembro 28, 2020, 12:14:44 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-1369
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #932 em: Dezembro 02, 2020, 06:17:13 pm »
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-1369
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
« Última modificação: Dezembro 04, 2020, 07:10:21 am por BlackFerdyPT »
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-1369
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #934 em: Dezembro 06, 2020, 11:23:57 am »
Governo português já MATOU pessoas com produto farmacêutico

06.12.20

A propósito da <MESMO MUITO IMPORTANTE DENÚNCIA> recente, sobre os potenciais perigos das novas vacinas (de natureza até experimental) de suposto combate ao COVID-19, que aí vêm, importa também muito que saibam (ou se lembrem) todos do seguinte.

O governo português já matou, conscientemente, pessoas com um produto farmacêutico que sabia muito bem estar contaminado.

Não sendo sequer o único governo ocidental que o fez, na mesma altura, num caso que se tornou bastante conhecido. (Tendo, no entanto, o nosso país muito tristemente se distinguido por não ter enviado ninguém para a prisão por causa disto.)




Segue-se uma notícia que denuncia que o governo português sabia muito bem o que estava a fazer.


***

LEONOR BELEZA É RESPONSÁVEL POR 23 MORTES DE HEMOFÍLICOS

Maria de Lurdes Fonseca, vice-presidente da Associação Portuguesa de Hemofílicos, quer que a ex-ministra da Saúde e os restantes dez arguidos do processo do sangue contaminado com o vírus da sida sejam julgados. Assegura que não está nesta luta por dinheiro e que não vai desistir enquanto não se fizer justiça.

23 de Julho de 2003

Correio da Manhã - Com a decisão do Supremo de Tribunal de Justiça, acabaram as hipóteses de Leonor Beleza e os restantes dez arguidos irem a julgamento?
Maria de Lurdes Fonseca - Não. Há dois familiares das vítimas contaminadas com o vírus da sida, por causa do factor VIII proveniente do laboratório austríaco Plasmapharm Sera - lote 810536 - que vão continuar a clamar por justiça e que contam com o total apoio da Associação Portuguesa de Hemofílicos.
- Em 14 de Março de 1997, o juiz do Tribunal de Instrução Criminal Paulo Pinto de Albuquerque escreveu que o processo estava prescrito...
- ...nós entendemos que o processo dos hemofílicos só prescreve em 2007, tal como sustentou a dr.ª Maria José Morgado no recurso para o Supremo, dado que houveram interrupções que não foram contadas. Refiro-me ao tempo - quase dois anos - em que o processo esteve parado no Tribunal Constitucional. Tal como a dr.ª Maria José Morgado, nós também entendemos que esse tempo não devia contar. E se somarmos todas as suspensões, chegamos a 2007.
- Há quanto tempo está na luta para que, segundo diz, se faça justiça com o processo dos hemofílicos?
- Desde 1986. No entanto, só apresentámos queixa no DIAP em 1992. De 86 a 92 não tivemos meios para avançar. E não queríamos que ninguém soubesse quem eram os infectados, dado que se isso fosse tornado público teria consequências terríveis para as pessoas. Optámos, então, por fazer trabalho de gabinete para resolver a situação.
- Quando é que souberam que os produtos derivados do sangue do laboratório Plasmapharma Sera não estavam em condições de ser utilizados?
- Foi em 1986, através de uma publicação da Associação Austríaca de Farmácias. Nessa publicação, o Ministério da Saúde Austríaco fez uma vistoria a esse laboratório e encontrou derivados do plasma infectados com o vírus da hepatite B e outros lotes com excesso de pirogénios. Alertámos imediatamente a, na altura, ministra da Saúde, Leonor Beleza.
- Que resposta tiveram?
- Disseram-nos para conseguirmos o despacho autenticado do Ministério da Saúde Austríaco. E que se o conseguissemos não voltariam a adquirir produtos derivados do plasma desse laboratório. Conseguimos esse despacho, devidamente autenticado, antes da segunda adjudicação, em 1987. Mesmo assim, a dr.ª Leonor Beleza não nos deu qualquer importância e o Ministério da Saúde continuou a comprar produtos à Plasmapharm Sera. E um desses produtos era o Factor VIII, imprescindível para os hemofílicos.
- Foi só o Ministério da Saúde da Áustria que desconfiava desse laboratório?
- Não, temos um documento da Federação Mundial de Hemofilia onde está escrito que desconfiavam de um laboratório austríaco que mais tarde se confirmou ser o Plasmopharm Sera. Até a Associação Austríaca de Hemofílicos declarou que os seus doentes não usavam o factor VIII desse laboratório. E informámos a dr.ª Leonor Beleza de tudo isto. Mesmo com estes documentos, o Ministério da Saúde continuou a importar o Factor VIII desse laboratório.
- O passo seguinte foi...
- ...mandar-mos fazer análises cegas, na Áustria, a um dos lotes do Factor VIII, concretamente o n.º 81 05 36. E em Novembro de 1986, um instituto estatal da Áustria responde-nos que o Factor VIII, que estava a ser utilizado em Portugal, tinha anticorpos do vírus da SIDA. Informámos logo a drª Leonor Beleza. Mesmo assim, o Factor VIII desse lote continuou a ser utilizado até se esgotar - eram para vir 1500 frascos, mas só chegaram 500 a Portugal - em 1987. Não foi retirado dos hospitais.
- Tem a certeza de que a dr.ª Leonor Beleza soube dos resultados das análises feitas na Áustria?
- Tenho a certeza absoluta. Prova disso é que, no dia 12 de Novembro enviámos-lhe um telefax. E, nos autos, esse telefax aparece com uma anotação da dr.ª Leonor Beleza, na qual diz: "Pedir à minha mãe que me informe sobre o que se passa." Esta nota tem a data de 19 de Dezembro. Na altura a mãe da Ministra da Saúde, dr.ª Maria dos Prazeres Beleza, exercia o cargo de Secretária Geral do Ministério da Saúde. Curiosamente, a dr.ª Leonor Beleza, em Tribunal, afirmou que não se lembrava de nada do que escreveu. Já a mãe, que à data estava a acompanhar o assunto, veio dizer, também no tribunal o seguinte: "Esses pedidos sucederam-se no tempo com grande frequência, sempre juntando a APH novos elementos (...) por outro lado, nunca houve insistências telefónicas que acompanhassem os pedidos escritos de modo a que a respondente fosse forçada a marcar a dita reunião."
- Os 500 frascos que mencionou foram parar a que unidades de Saúde?
- Ao Hospital de São José, mas é muito provável que o lote 81 05 36 fosse disponibilizado a outros hospitais.
- Quantos hemofílicos foram tratados com esse lote contaminado com anticorpos do vírus da sida?
- 35 pessoas foram identificadas no despacho da acusação.
- Quantos já morreram?
- Sei que 23 já faleceram, por causa do vírus da sida. A maioria com idades compreendidas entre os 18 e os 30/35 anos. Temos os certificados de óbito dessas mortes, onde está escrito que morreram por causa do vírus da SIDA. A drª Leonor Beleza é responsável pela morte de 23 pessoas e não lhe aconteceu nada. Ela não deu ouvidos aos nossos avisos. Ela tem mesmo de ser responsabilizada por essas mortes. E os outros 12 têm morte anunciada.
- Em 1986 não havia legislação que obrigava os lotes do Factor VIII a serem acompanhados por um certificado do país origem que atestava que estivessem em condições?
- O lote 81 05 36 entrou em Portugal na vigência desse despacho. Mas a verdade é que foi utilizado, sem ter esse certificado.
- Que pretende a Associação Portuguesa de Hemofílicos com esta luta?
- Apenas justiça. Não queremos dinheiro. Os 35 hemofílicos contaminados com o vírus da sida já foram indemnizados pelo estado, com 12 mil contos cada um, através de um Tribunal Arbitral que nos custou muito a conseguir. Infelizmente, a dr.ª Leonor Beleza tem contado com a influência dos políticos. Até de Mário Soares. Mas ela há-de ir a julgamento. Nem que seja no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

PERFIL
Nome - Maria de Lurdes do Nascimento Ferreira Felício da Fonseca.
Data de nascimento - 28/6/36
Naturalidade - Lisboa
Estado civil - Casada
Percurso profissional - Funcionária dos CTT, actualmente em licença sem vencimento. Vice-presidente da Associação Portuguesa de hemofílicos desde 1979.


***


Sendo que,

1) Se querem saber por que razão chamo eu a atenção para isto, deixei as dicas para tal <aqui>.

2) E, se quiserem saber ainda melhor por que razão eu estou a fazer esta importante colocação, podem espreitar <esta> e também <esta> colocações que eu fiz no mesmo fórum de discussão.

colocado por Fernando Negro às 09:21
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7769
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +351/-1791
Re: Unir os Pontos
« Responder #935 em: Dezembro 06, 2020, 03:53:34 pm »
Fernando, bloqueou as minhas mensagens privadas: - está zangado comigo?
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-1369
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #936 em: Dezembro 09, 2020, 12:08:38 pm »
Já respondi à anterior colocação, em privado, que,

- tinha as mensagens privadas bloqueadas para todos os utilizadores (e não apenas para alguns, em particular)
- sou mesmo muito "anti-social" (e, como tal, não é minha vontade trocar mensagens para além das que aqui troco, publicamente)
- e, de qualquer modo, já estou "de saída" deste fórum
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-1369
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #937 em: Dezembro 09, 2020, 12:13:38 pm »
Na seguinte entrevista, poderão ficar a saber - entre outras coisas muito importantes - de como os militares (ocidentais) têm sido historicamente usados como cobaias para supostas "vacinas experimentais" (em violação do Código de Nuremberga: https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%B3digo_de_Nuremberg).


"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: mayo

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17088
  • Recebeu: 1757 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +290/-1165
Re: Unir os Pontos
« Responder #938 em: Dezembro 09, 2020, 12:23:58 pm »
Tudo o que colocou acima é reconhecido, tanto os pobres hemofílicos que morreram desnecessariamente, como as experiências que foram feitas e que provavelmente continuaram a ser feitas.

A Leonor Beleza passou sem se molhar entre as gotas de chuva!!!
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7769
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +351/-1791
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7769
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +351/-1791
Re: Unir os Pontos
« Responder #940 em: Abril 30, 2021, 10:14:38 am »
Quem procura acha.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ricardo_Salgado

Filho de João Carlos Roma Machado Cardoso Salgado (1916 - a. 1986), Economista de ascendência Austríaca, e de sua mulher (Cascais, Cascais) Maria da Conceição Cohen do Espírito Santo Silva (Lisboa, São Mamede, 21 de Dezembro de 1920 - Cascais, Cascais, 28 de Dezembro de 2010), de ascendência Judaica Sefardita e Italiana, neto materno de Ricardo Ribeiro do Espírito Santo Silva, meio-sobrinho-bisneto do 1.º Barão de Sendal e sobrinho-trineto do 1.º Visconde de Faria e Maia, primo-irmão de José Maria Ricciardi, Maria João Bustorff e António Bustorff e primo-tio em segundo grau de Patrícia Brito e Cunha e Ana Brito e Cunha.[39]

Espantoso como tantos nomes famosos estão interligados, certamente por coincidência, e o nome mais "engraçado" é este: "Ana Maria da Anunciação de Fátima de Morais Sarmento Cohen do Espírito Santo Silva".

Mais uma vez, quem puder compreender...
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman, HSMW

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17088
  • Recebeu: 1757 vez(es)
  • Enviou: 1624 vez(es)
  • +290/-1165
Re: Unir os Pontos
« Responder #941 em: Maio 26, 2021, 10:04:17 am »
Carlos Santos Pereira: “Temos todos as mãos sujas de sangue”

O jornalista garante que, em cenários de guerra, os media são manipulados por agências de comunicação e pressionados a veicular informação falsa



Diz que a Alemanha está a exercer a mesma política que Hitler e que as medidas de austeridade aplicadas a Portugal e à Grécia não têm a ver com racionalidade, mas com questões ideológicas

Qual foi a guerra que mais o marcou?
Balcãs, sem dúvida nenhuma. Kraina, Bósnia, Kosovo representaram um ponto de viragem na história europeia, no quadro geo-estratégico e das relações internacionais, nas suas diversas componentes: políticas, diplomáticas, institucionais, legais. No caso do Kosovo, ao nível das estratégias de comunicação, operações militares, práticas políticas e diplomáticas e questões jurídicas que este conflito levantou. O conflito dos Balcãs abriu a era em que estamos agora. Na perspectiva jornalística, teve uma importância crucial. Vivi este conflito, particularmente a questão da Kraina, muito por dentro, e não apenas como observador. Deixou-me marcas muito vivas.

Quanto tempo acompanhou esse conflito?
Um ano antes das primeiras hostilidades, peguei numa mota e corri a Jugoslávia de ponta a ponta. Entrevistei montes de gente. Quando cheguei ao fim, disse que era inevitável haver uma guerra. E escrevi isso numa reportagem para o Expresso. O Vicente [Jorge Silva] começou aos gritos comigo porque estava a anunciar uma guerra. Infelizmente, um ano depois, rebentou. Acompanhei-a até ao momento em que a NATO entrou no Kosovo. Depois, fiz meia dúzia de reportagens com a tropa portuguesa. As memórias ainda me doem tanto que não quero voltar àquelas paragens.

A que se refere em concreto?
À Kraina. Foi um genocídio, no sentido técnico do termo, feito com a cumplicidade militar e política dos EUA e da Europa, que estiveram envolvidíssimos naquela operação. Temos todos as mãos sujas de sangue. Ainda me lembro de um oficial croata me dizer, pouco antes do ataque à Kraina, que as ordens eram muito simples. Ninguém podia dar um único tiro sem ser comandado pelos EUA. Foram os EUA que montaram a operação toda. A capacidade de mentir, de manipular, ultrapassou tudo o que era capaz de imaginar.

Foi nessa ocasião que teve divergências com alguns editores que queriam que divulgasse a informação veiculada pelas agências e não a que tinha recolhido?
Sim, tive choques sistemáticos com diversos editores. Mas não fui o único. Martin Bell, um famoso repórter, dizia que tinha mais problemas com os editores do que com os inimigos.

Esses editores duvidavam da informação que tinha investigado?
Não era duvidar. Os editores lidam com uma série de condicionantes: o ambiente informativo, o que a concorrência diz, as expectativas do próprio público. Têm uma perspectiva da informação completamente diferente da do repórter no terreno. Normalmente, somos atirados para um cenário qualquer, em relação ao qual se criou uma visão mais ou menos consensual e, quando chegamos lá, deparamo-nos com realidades bem mais complexas. E o choque é inevitável. Queríamos denunciar e dar uma visão das coisas que não jogava com a linha da NATO e dos EUA. E como a questão da informação era ultra- sensível naquele conflito, havia pressões enormes.

Alguma vez foi censurado ou obrigado a fazer auto-censura?
Nunca deixei. Agora, porem-me a andar ou tentarem evitar que falasse, sim. O caso da Ucrânia é um bom exemplo. Em toda a parte, estava proibido de contar o que vi. Só publiquei a história na Revista de Ciências Militares. Ao contrário do que seria de esperar, a multiplicação dos canais de comunicação e de informação e o acirrar da concorrência tem o efeito de afunilamento. Nunca a informação foi tão uniforme, tão igual. A resposta à concorrência não é tentar fazer diferente do vizinho. É garantir que eu não deixei de dar aquilo que ele também deu.

...

https://www.jornaldeleiria.pt/noticia/carlos-santos-pereira-temos-todos-maos-sujas-de-sangue-3097?fbclid=IwAR0bCBvnrJ14vCHfxq-FD9xd4-K9zQ0lj_yIy4tZ03uHB2hVnQ1fL3Otbz4#.YKzcnWCZ5CJ.facebook

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, HSMW

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7769
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +351/-1791
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

BlackFerdyPT

  • Perito
  • **
  • 329
  • Recebeu: 35 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +10/-1369
  • Natural dum ex-país que findou em 1986.
    • Um blogue pró-Liberdade, anti-Nova Ordem Mundial
Re: Unir os Pontos
« Responder #943 em: Outubro 01, 2021, 06:18:33 am »
Citar
|https://t.me/habeascorpusportugal/35756|

[https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/medico-que-assinou-artigo-a-favor-da-vacinacao-de-adolescentes-tem-contrato-com-a-pfizer] Reparem que, isso é publicado pela mesma revista "Sábado" que escreve artigos a demonizar o que chama de "negacionistas". Para além de não invalidar a campanha de vacinação em curso, o chamar a atenção para o dinheiro que se faz com estas vacinas, é estar a desviar tal atenção da principal razão de ser desta campanha... Que será, certamente, injectar as pessoas com substâncias nocivas que, de algum modo, resultem numa drástica redução populacional: https://t.me/habeascorpusportugal/20858[1] + https://t.me/habeascorpusportugal/32518[2] + https://t.me/habeascorpusportugal/25265[3]



*



Citar
[1]|https://t.me/habeascorpusportugal/20858|

[Importante mensagem que aqui já publiquei - mas que, pela sua importância (e também, por ter sido eu hoje dela lembrado) republico aqui, apenas uma vez mais...]

As vacinas têm historicamente sido usadas como meio encoberto de:

a) matar pessoas (https://www.sv40foundation.org/ + [segue-se um exemplo de que "contaminações acidentais" de vacinas não são caso único] https://web.archive.org/web/20090310144050/http://www.lifegen.de/newsip/shownews.php4?getnews=2009-02-25-5123) e

b) esterilizá-las (https://web.archive.org/web/20100828230053/https://www.prisonplanet.com/conclusive-global-distribution-of-rockefeller-funded-anti-fertility-vaccine-coordinated-by-who.html + https://cld.pt/dl/download/7a56d285-8d01-4c92-9232-9ff7fc5b9541/alex_jones_vacinas.mpg + https://www.globalresearch.ca/mass-sterilization-kenyan-doctors-find-anti-fertility-agent-un-tetanus-vaccine-2/5678295 + http://news.biafranigeriaworld.com/archive/2003/jul/28/0142.html).

Ora, existe um plano admitido por parte das verdadeiras elites governantes de reduzir a população mundial em grandes números: https://web.archive.org/web/20141023013750/http://www.prisonplanet.com/msnbc-in-cover-up-of-manifestly-provable-population-control-plan.html

Logo, se desta campanha de "vacinação" resultar um grande número de pessoas mortas e/ou esterilizadas, tal não será de surpreender... (https://www.youtube.com/embed/JaF-fq2Zn7I?start=237&end=294 + https://www.youtube.com/embed/dNiuaKKEPu8?start=119&end=168 + https://www.youtube.com/watch?v=NOt9OIhabdc)

Not everyone is coming to the future
Not everyone is learning from the past
Not everyone can come into the future
Not everyone that's here is gonna last

--- https://www.youtube.com/watch?v=VG3WkiL0d_U

P.S. - Grande parte dos filmes de Hollywood que são produzidos, são claramente feitos para mentalizar as pessoas para um Futuro que está planeado: https://www.youtube.com/watch?v=2VT2apoX90o



Citar
[2]|https://t.me/habeascorpusportugal/32518|

"...principalmente buscar conhecimento porque se souber o que está para acontecer é mais fácil passar pelos acontecimentos,"

Se quiserem saber o porquê de tudo isto - e também, com boa antecedência, muito do que de mais importante irá acontecer - podem e devem estar atentos ao que (mais) tem a dizer o autor do seguinte pequeno documentário.

https://t.me/EstulinDaniel/696
https://www.youtube.com/watch?v=wbsCOFIe8rA

https://twitter.com/JWMorgan13/status/1436751328840196097

O conhecido autor de bestsellers em causa, é um ex-agente de um dos melhores serviços secretos do Mundo, que se distinguem por não serem controlados por maçons satânicos: https://www.youtube.com/watch?v=Bbks3Tm8TQ8

E, já agora, se quiserem, aqui vai também uma colocação de autoria própria, que resume muito do que se passa: https://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=13329.msg344858#msg344858



Citar
[3]|https://t.me/habeascorpusportugal/25265|

Pessoal que acha que as vacinas são para matar, reflictam sobre o seguinte.

Se as pessoas começassem a morrer que nem tordos, daqui a algum tempo, sem razão aparente (i.e. simplesmente por causa das vacinas, sem o saberem) não acham que isso iria causar uma enorme convulsão social - que poderia fazer muitos suspeitarem da campanha de vacinação?

Mas, e se em vez de se matar as pessoas simplesmente com as vacinas, estas últimas agissem como parte de um "agente binário" - em que, quem as tomou fica essencialmente debilitado e, quando aparecer uma mutação mais agressiva deste vírus ou vier um novo, comecem as pessoas então a morrer que nem tordos, devido à combinação do novo vírus com o facto de estarem debilitadas?

(Deste modo, não só já não causaria estranheza tal grande mortandade, como a última até faria com que as pessoas realmente temessem a pandemia em curso, ao ponto de concordarem com todas as medidas de Estado Policial - Zonas de Concentração etc - que fossem implementadas.)

Já em 2003 [https://web.archive.org/web/20060922175059/http://portugal.indymedia.org/ler.php?numero=19013&cidade=1], duas das melhores fontes que conhecia - que já falavam em serem usados vírus com o propósito de redução populacional - tiveram o seguinte a dizer.

"...some biomedical researchers interviewed by FTW have speculated that the 'big one' will be a binary or a trinary agent that will combine either with vaccines or with other agents introduced into specific environments. It is also very possible, they say, that the 'big one' could be presented or camouflaged as a mutation of the SARS virus and will not make its appearance for several years. (...) Extremely close attention needs to be paid to future reported mutations of the virus and the incidence of any other diseases which may soon make their appearance."
--- Tirado de: https://web.archive.org/web/20061017100520/http://www.fromthewilderness.com/free/ww3/050903_SARS.html

(O que eu suspeito, é que o "big one" seja uma próxima pandemia - a seguir a esta que serviu de ensaio - que o poder estabelecido já anda a dizer que será dez vezes pior do que a presente: https://kontrainfo.com/director-de-la-oms-surgira-un-nuevo-virus-que-podria-ser-mas-contagioso-y-mas-mortal-que-el-actual/)
"Trolls" que vagueiem por este fórum (denunciados aqui), as vossas pontuações negativas são como *medalhas* para mim! ;)

(Extra: http://www.forumdefesa.com/forum/index.php?topic=10786.msg316737#msg316737)