MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses

  • 2646 Respostas
  • 400140 Visualizações
*

redkukulkane

  • Membro
  • *
  • 111
  • Recebeu: 29 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +4/-11
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2625 em: Outubro 08, 2021, 01:43:24 pm »
foi registado anomalias no motor do NPR BARTOLOMEU DIAS. 8)

Despacho n.º 9791/2021
 Publicação: Diário da República n.º 196/2021, Série II de 2021-10-08
 Emissor:Defesa Nacional - Marinha - Gabinete do Chefe do Estado-Maior da Armada
 Tipo de Diploma:Despacho
 Parte:C - Governo e Administração direta e indireta do Estado
 Número:9791/2021
 Páginas:35 - 35
 Versão pdf: Descarregar
SUMÁRIO
Procede à subdelegação e delegação de competências no diretor de Navios, Contra-Almirante Jorge Pires

TEXTO
Despacho n.º 9791/2021

Sumário: Procede à subdelegação e delegação de competências no diretor de Navios, Contra-Almirante Jorge Pires.

Considerando que, no decurso de provas de mar efetuadas na fragata NRP Bartolomeu Dias, compagináveis com o programa de modernização desta classe de fragatas, foram registadas anomalias no funcionamento do motor diesel de propulsão de estibordo.

Após a inspeção, foi detetada uma falha catastrófica que obriga à substituição do veio de manivelas deste motor de propulsão.

Considerando a previsão para conclusão dos trabalhos de modernização desta plataforma até ao final do primeiro semestre de 2022 e posterior emprego na SNMG no segundo semestre do mesmo ano, a conciliação desta reparação com a imobilização do navio em apreço para o devido prosseguimento dos trabalhos de modernização.

Considerando, ainda, que a Wartsila Portugal, S. A., detém os direitos de propriedade intelectual e representação exclusiva em Portugal para o tipo de motores diesel que estão a bordo desta fragata e que esta estará na Base Naval de Lisboa, previsivelmente em meados de outubro sendo desejável efetuar a presente reparação em território nacional, face aos custos decorrentes.

Considerando, finalmente, que foram observadas as disposições legais estabelecidas para a realização de despesas públicas, nomeadamente o artigo 22.º do Decreto-Lei n.º 155/92, de 28 de julho e o Decreto-Lei n.º 197/99, de 8 de junho.

Neste contexto:

1 - Autorizo a Direção de Navios a realizar a despesa atinente à reparação do motor diesel propulsor de EB - NRP Bartolomeu Dias até ao montante máximo de 853.678,83 (oitocentos e cinquenta e três mil, seiscentos e setenta e oito euros e oitenta e três cêntimos) a que acresce IVA à taxa legal em vigor, com recurso a um procedimento por ajuste direto nos termos da subalínea iii) da alínea e) do n.º 1 do artigo 24.º, previsto e regulado no Código dos Contratos Públicos.

2 - Estabeleço que os encargos financeiros decorrentes do presente despacho serão suportados através das verbas nos Encargos Gerais de Marinha no Orçamento da Marinha.

3 - Delego no diretor de Navios, Contra-almirante Fernando Jorge Pires, ao abrigo da conjugação do disposto no artigo 109.º do CCP e do n.º 1 do artigo 44.º do Código do Procedimento Administrativo, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro, na sua redação atual, a competência para todos os atos pré-contratuais, os subsequentes atos relativos ao procedimento e o exercício de todos os poderes de conformação da relação contratual a ele inerentes, nos termos do n.º 2 do artigo 40.º e dos artigos 76.º, 98.º, 100.º, 106.º e 302.º do CCP.

4 - O presente despacho produz efeitos a partir da data da sua assinatura, ficando por este meio ratificados todos os atos entretanto praticados no âmbito desta delegação de competências.

22-09-2021. - O Chefe do Estado-Maior da Armada, António Maria Mendes Calado, Almirante.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12160
  • Recebeu: 2131 vez(es)
  • Enviou: 2783 vez(es)
  • +1722/-3734
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2626 em: Outubro 08, 2021, 02:15:18 pm »
"Falha catastrófica"

Espetacular! Deve ter sido de ter estado imobilizada tanto tempo :bang: ::)
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12160
  • Recebeu: 2131 vez(es)
  • Enviou: 2783 vez(es)
  • +1722/-3734
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2627 em: Outubro 08, 2021, 02:17:38 pm »
Mais um projeto....

Serco Canada’s Atlas 120 Frigate Receives Approval in Principle
October 7, 2021



Serco Canada Marine (Serco), a Canadian leader in integrated, complex ship design, is proud to announce its Atlas 120 Frigate design has been granted Approval in Principle (AIP) by Lloyd’s Register (LR).

The Atlas 120 Light Frigate is a modern general purpose surface combatant that measures 120 metres in length. The ship can accommodate almost all standard NATO missile munitions and the Hangar and Flight Deck have been sized to accommodate all NATO medium lift naval helicopters. The ship has a broad range of passive and active self-defense systems to protect the ship from all directions. Additionally, the design can be easily modified to the owner’s preference in combat capability, including the addition of a passive phased array radar and a towed array sonar to augment ASW.

The vessel was evaluated in accordance with the requirements of LR’s Rules and Regulations for the Classification of Naval Ships and with the International Naval Safety Association (INSA) Naval Ship Code.

“Our extensive design experience and rigorous design process enables us to bring real value to our customers,” said Russell Peters, General Manager of Serco Canada Marine. “Our experience as designers also allows us to identify and address gaps in the market. The Atlas 120 Light Frigate design was born in response to the need for a mid-sized, general purpose surface combatant that could be tailored to suit use-case requirements that range from maritime security to warfighting.”

“We are delighted to award Approval in Principle to Serco for its new Atlas 120 Frigate”, said Kevin Humphreys, LR Americas Marine and Offshore President. “The application of LR’s Naval Ship Rules and INSA’s Naval Ship Code are industry benchmarks; receiving approval to these standards offers additional assurance that the ship design is fit for purpose and safe. We look forward to the success of the Atlas 120 Frigate in filling niche operational roles that are becoming more important to navies around the world,” Humphreys concluded.

https://seawaves.com/?p=15918
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3704
  • Recebeu: 2791 vez(es)
  • Enviou: 1688 vez(es)
  • +3758/-1795
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2628 em: Outubro 08, 2021, 02:57:48 pm »
foi registado anomalias no motor do NPR BARTOLOMEU DIAS. 8)

Despacho n.º 9791/2021
 Publicação: Diário da República n.º 196/2021, Série II de 2021-10-08
 Emissor:Defesa Nacional - Marinha - Gabinete do Chefe do Estado-Maior da Armada
 Tipo de Diploma:Despacho
 Parte:C - Governo e Administração direta e indireta do Estado
 Número:9791/2021
 Páginas:35 - 35
 Versão pdf: Descarregar
SUMÁRIO
Procede à subdelegação e delegação de competências no diretor de Navios, Contra-Almirante Jorge Pires

TEXTO
Despacho n.º 9791/2021

Sumário: Procede à subdelegação e delegação de competências no diretor de Navios, Contra-Almirante Jorge Pires.

Considerando que, no decurso de provas de mar efetuadas na fragata NRP Bartolomeu Dias, compagináveis com o programa de modernização desta classe de fragatas, foram registadas anomalias no funcionamento do motor diesel de propulsão de estibordo.

Após a inspeção, foi detetada uma falha catastrófica que obriga à substituição do veio de manivelas deste motor de propulsão.

Considerando a previsão para conclusão dos trabalhos de modernização desta plataforma até ao final do primeiro semestre de 2022 e posterior emprego na SNMG no segundo semestre do mesmo ano, a conciliação desta reparação com a imobilização do navio em apreço para o devido prosseguimento dos trabalhos de modernização.

Considerando, ainda, que a Wartsila Portugal, S. A., detém os direitos de propriedade intelectual e representação exclusiva em Portugal para o tipo de motores diesel que estão a bordo desta fragata e que esta estará na Base Naval de Lisboa, previsivelmente em meados de outubro sendo desejável efetuar a presente reparação em território nacional, face aos custos decorrentes.

Considerando, finalmente, que foram observadas as disposições legais estabelecidas para a realização de despesas públicas, nomeadamente o artigo 22.º do Decreto-Lei n.º 155/92, de 28 de julho e o Decreto-Lei n.º 197/99, de 8 de junho.

Neste contexto:

1 - Autorizo a Direção de Navios a realizar a despesa atinente à reparação do motor diesel propulsor de EB - NRP Bartolomeu Dias até ao montante máximo de 853.678,83 (oitocentos e cinquenta e três mil, seiscentos e setenta e oito euros e oitenta e três cêntimos) a que acresce IVA à taxa legal em vigor, com recurso a um procedimento por ajuste direto nos termos da subalínea iii) da alínea e) do n.º 1 do artigo 24.º, previsto e regulado no Código dos Contratos Públicos.

2 - Estabeleço que os encargos financeiros decorrentes do presente despacho serão suportados através das verbas nos Encargos Gerais de Marinha no Orçamento da Marinha.

3 - Delego no diretor de Navios, Contra-almirante Fernando Jorge Pires, ao abrigo da conjugação do disposto no artigo 109.º do CCP e do n.º 1 do artigo 44.º do Código do Procedimento Administrativo, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro, na sua redação atual, a competência para todos os atos pré-contratuais, os subsequentes atos relativos ao procedimento e o exercício de todos os poderes de conformação da relação contratual a ele inerentes, nos termos do n.º 2 do artigo 40.º e dos artigos 76.º, 98.º, 100.º, 106.º e 302.º do CCP.

4 - O presente despacho produz efeitos a partir da data da sua assinatura, ficando por este meio ratificados todos os atos entretanto praticados no âmbito desta delegação de competências.

22-09-2021. - O Chefe do Estado-Maior da Armada, António Maria Mendes Calado, Almirante.

Então, e de acordo com essa nova calendarização, a modernização da Bartolomeu Avarias irá acabar por demorar 4 anos certinhos... incrível de facto. :o
« Última modificação: Outubro 08, 2021, 02:58:47 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1818
  • Recebeu: 393 vez(es)
  • Enviou: 1826 vez(es)
  • +141/-21
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2629 em: Outubro 08, 2021, 03:07:52 pm »
850 mil € para reparar um motor!? De certeza que não é um novo ao menos?
Fonix.....
 :-P
 

*

MATRA

  • Perito
  • **
  • 574
  • Recebeu: 242 vez(es)
  • Enviou: 675 vez(es)
  • +50/-12
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2630 em: Outubro 08, 2021, 04:03:42 pm »
foi registado anomalias no motor do NPR BARTOLOMEU DIAS. 8)

Despacho n.º 9791/2021
 Publicação: Diário da República n.º 196/2021, Série II de 2021-10-08
 Emissor:Defesa Nacional - Marinha - Gabinete do Chefe do Estado-Maior da Armada
 Tipo de Diploma:Despacho
 Parte:C - Governo e Administração direta e indireta do Estado
 Número:9791/2021
 Páginas:35 - 35
 Versão pdf: Descarregar
SUMÁRIO
Procede à subdelegação e delegação de competências no diretor de Navios, Contra-Almirante Jorge Pires

TEXTO
Despacho n.º 9791/2021

Sumário: Procede à subdelegação e delegação de competências no diretor de Navios, Contra-Almirante Jorge Pires.

Considerando que, no decurso de provas de mar efetuadas na fragata NRP Bartolomeu Dias, compagináveis com o programa de modernização desta classe de fragatas, foram registadas anomalias no funcionamento do motor diesel de propulsão de estibordo.

Após a inspeção, foi detetada uma falha catastrófica que obriga à substituição do veio de manivelas deste motor de propulsão.

Considerando a previsão para conclusão dos trabalhos de modernização desta plataforma até ao final do primeiro semestre de 2022 e posterior emprego na SNMG no segundo semestre do mesmo ano, a conciliação desta reparação com a imobilização do navio em apreço para o devido prosseguimento dos trabalhos de modernização.

Considerando, ainda, que a Wartsila Portugal, S. A., detém os direitos de propriedade intelectual e representação exclusiva em Portugal para o tipo de motores diesel que estão a bordo desta fragata e que esta estará na Base Naval de Lisboa, previsivelmente em meados de outubro sendo desejável efetuar a presente reparação em território nacional, face aos custos decorrentes.

Considerando, finalmente, que foram observadas as disposições legais estabelecidas para a realização de despesas públicas, nomeadamente o artigo 22.º do Decreto-Lei n.º 155/92, de 28 de julho e o Decreto-Lei n.º 197/99, de 8 de junho.

Neste contexto:

1 - Autorizo a Direção de Navios a realizar a despesa atinente à reparação do motor diesel propulsor de EB - NRP Bartolomeu Dias até ao montante máximo de 853.678,83 (oitocentos e cinquenta e três mil, seiscentos e setenta e oito euros e oitenta e três cêntimos) a que acresce IVA à taxa legal em vigor, com recurso a um procedimento por ajuste direto nos termos da subalínea iii) da alínea e) do n.º 1 do artigo 24.º, previsto e regulado no Código dos Contratos Públicos.

2 - Estabeleço que os encargos financeiros decorrentes do presente despacho serão suportados através das verbas nos Encargos Gerais de Marinha no Orçamento da Marinha.

3 - Delego no diretor de Navios, Contra-almirante Fernando Jorge Pires, ao abrigo da conjugação do disposto no artigo 109.º do CCP e do n.º 1 do artigo 44.º do Código do Procedimento Administrativo, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 4/2015, de 7 de janeiro, na sua redação atual, a competência para todos os atos pré-contratuais, os subsequentes atos relativos ao procedimento e o exercício de todos os poderes de conformação da relação contratual a ele inerentes, nos termos do n.º 2 do artigo 40.º e dos artigos 76.º, 98.º, 100.º, 106.º e 302.º do CCP.

4 - O presente despacho produz efeitos a partir da data da sua assinatura, ficando por este meio ratificados todos os atos entretanto praticados no âmbito desta delegação de competências.

22-09-2021. - O Chefe do Estado-Maior da Armada, António Maria Mendes Calado, Almirante.

Então, e de acordo com essa nova calendarização, a modernização da Bartolomeu Avarias irá acabar por demorar 4 anos certinhos... incrível de facto. :o

É mais que um processo de manutenção de um Nimitz, mesmo quando estes passo pelo processo de extender a vida útil por 50 anos.
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
Democracies aren’t overthrown; they’re given away
George Lucas, 2005
 

*

asalves

  • Analista
  • ***
  • 715
  • Recebeu: 260 vez(es)
  • Enviou: 86 vez(es)
  • +49/-13
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2631 em: Outubro 08, 2021, 04:05:29 pm »
850 mil € para reparar um motor!? De certeza que não é um novo ao menos?
Fonix.....
 :-P

+ iva  ;D

Então ainda não saiu do estaleiro e já precisa de reparações?
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6832
  • Recebeu: 1752 vez(es)
  • Enviou: 800 vez(es)
  • +3150/-2247
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5243
  • Recebeu: 1618 vez(es)
  • Enviou: 406 vez(es)
  • +337/-243
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2633 em: Outubro 08, 2021, 11:38:22 pm »
E só saiu cá para fora, por causa da despesa. Senão ninguém fazia a mínima ideia da razão da demora.

Não me admirava nada que esta falha se devesse ao tempo todo que a fragata esteve sem fazer a manutenção planeada, ao serviço da MP.

Engraçado que o nosso MLU demora tanto como construir navios do zero.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12160
  • Recebeu: 2131 vez(es)
  • Enviou: 2783 vez(es)
  • +1722/-3734
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2634 em: Outubro 09, 2021, 11:29:28 am »
E só saiu cá para fora, por causa da despesa. Senão ninguém fazia a mínima ideia da razão da demora.

Não me admirava nada que esta falha se devesse ao tempo todo que a fragata esteve sem fazer a manutenção planeada, ao serviço da MP.

Engraçado que o nosso MLU demora tanto como construir navios do zero.

Demora é mais!

Responsabilidades? Nicles! Medalhas para todos!
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3704
  • Recebeu: 2791 vez(es)
  • Enviou: 1688 vez(es)
  • +3758/-1795
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2635 em: Outubro 13, 2021, 03:49:00 pm »
E só saiu cá para fora, por causa da despesa. Senão ninguém fazia a mínima ideia da razão da demora.

Não me admirava nada que esta falha se devesse ao tempo todo que a fragata esteve sem fazer a manutenção planeada, ao serviço da MP.

Engraçado que o nosso MLU demora tanto como construir navios do zero.

Parece que a falha foi de facto catastrófica, e em pleno alto mar. Dado o tempo de reparação, também não sei até que ponto a instalação de um novo motor não seria melhor. :-\

Dizem as más-línguas no Alfeite que se a BD chegar no primeiro semestre do próximo ano já será muito bom, e que os neerlandeses já por mais do que uma vez avisaram o nosso contingente de que se trata de um "navio enguiçado", não sendo por isso de estranhar a alcunha de Bartolomeu Avarias. 

O curioso é que uma publicação qualquer por cá, agora não sei precisar qual, escrevia há uns meses que a D. Francisco de Almeida seria a primeira fragata modernizada a ser entregue à Marinha (portanto antes da BD), no entanto à velocidade a que está a ser feito o MLU acho isso pouco crível. Pero que las hay, las hay! :mrgreen:
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, dc, Stalker79, JohnM

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 3704
  • Recebeu: 2791 vez(es)
  • Enviou: 1688 vez(es)
  • +3758/-1795
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2636 em: Outubro 14, 2021, 09:57:28 am »
Só uma coisa que me esqueci de acrescentar ontem: de acordo com o falatório em Den Helder, tanto a Roménia como a Bulgária poderão estar interessadas no par de M, sem falar em países da América do Sul.

Ao que parece os neerlandeses preferem vender as fragatas para a Europa, daí que se os rumores forem verídicos é melhor a Marinha apressar-se para conseguir tanto as fragatas, como o JdW, este último também com vários interessados.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"I'll miss the sea, but a person needs new experiences. They jar something deep inside, allowing him to grow. Without change something sleeps inside us, and seldom awakens. The sleeper must awaken."
Duke Leto Atreides (Dune, Frank Herbert)
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12160
  • Recebeu: 2131 vez(es)
  • Enviou: 2783 vez(es)
  • +1722/-3734
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2637 em: Outubro 14, 2021, 10:28:04 am »
Vou-me fartar de rir (para não chorar) SE a Bulgária ou a Roménia ficarem com fragatas melhores que as nossas... :N-icon-Axe:

E eles têm guito para as operarem????:o
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5243
  • Recebeu: 1618 vez(es)
  • Enviou: 406 vez(es)
  • +337/-243
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2638 em: Outubro 14, 2021, 01:58:28 pm »
Só uma coisa que me esqueci de acrescentar ontem: de acordo com o falatório em Den Helder, tanto a Roménia como a Bulgária poderão estar interessadas no par de M, sem falar em países da América do Sul.

Ao que parece os neerlandeses preferem vender as fragatas para a Europa, daí que se os rumores forem verídicos é melhor a Marinha apressar-se para conseguir tanto as fragatas, como o JdW, este último também com vários interessados.

Aproveitavam e davam uma perninha até Inglaterra para ir ver o Wave, e resolviam-se de uma assentada muitos dos problemas da MGP.

Já era de esperar o interesse tanto nas fragatas como no JdW. Não que as M sejam grande espingarda para os padrões actuais, mas tanto país com fragatas dos anos 70/80 por substituir, é natural que sejam cobiçadas. O JdW ainda mais, por se tratar de um navio relativamente recente.

Vou-me fartar de rir (para não chorar) SE a Bulgária ou a Roménia ficarem com fragatas melhores que as nossas... :N-icon-Axe:

E eles têm guito para as operarem????:o

Vamos dizer "iguais" às nossas M pós-MLU (se chegarem  :mrgreen:). Em termos de real capacidade de combate, têm as mesmas limitações, seja em armamento e sensores, sendo que o SeaWatcher é um ligeiro incremento que pouco ou nada muda o destino do navio caso uma ameaça a sério surgisse. Para a MGP, valem pela uniformização da frota e pelo salto face às VdG (se viessem com ESSM e Harpoon Block II).
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12160
  • Recebeu: 2131 vez(es)
  • Enviou: 2783 vez(es)
  • +1722/-3734
Re: MLU às VdG e/ou BD - Hipóteses
« Responder #2639 em: Outubro 18, 2021, 12:50:43 pm »
Só para relembrar que estamos a 18 de OUTUBRO e da BD nem sinal  ::)
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas