Plataforma Naval Multifuncional

  • 488 Respostas
  • 42190 Visualizações
*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1194
  • Recebeu: 504 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +362/-143
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #285 em: Agosto 01, 2022, 07:33:06 pm »
Ok, conseguimos limitar a coisa entre "vai ser o futuro da guerra naval, exportações à doida" e "vai ser o fim da marinha portuguesa"  :mrgreen:

O futuro são os drones…. Então não precisamos de plataforma porta drones…nem marinha. Precisamos de drones com umas mil milhas de alcance no mínimo, para atormentar os nossos invasores, operados a partir  de Bunkers altamente secretos e protegidos em terra.
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Precisamos é que se assuma claramente aquilo que se quer e que recursos implica essa decissão, e quem nos governe se deixe de novelas.

Senão daqui a uns anos vamos ouvir alguém reclamar que o Navio não está a cumprir a missão para o qual foi construido,... tal como acontece agora com os drones da FAP onde foi dada a desculpa de servirem contra os Fogos Florestais.


O seu comentário chama a atenção para um pormenor interessante.

Os drones deram m***da porque a decisão foi tomada exatamente por quem nos governa.
E quem nos governa não percebe nada de drones.
O pecado da FA foi dizer sim com a cabeça sem saberem eles próprios onde se estavam a meter.

Esta Plataforma já é ao contrário - e como deve ser e como deveria ser cada vez mais.
Vejamos:
Quem nos governa também não percebe nada de navios.
A ideia deve ter vindo de uma mistura de Gouveia e Melo e da Portugal Defense - ou lá como se chama.
Ou seja, de quem percebe alguma coisa do assunto.
Arranjaram um caminho para chegar a um financiamento...
E foi quem nos governa que abanou a cabecinha a dizer "sim".

Espero que corra bem e que seja um exemplo a seguir no futuro.

Mas sei que estamos em Portugal...

Cumprimentos


 

Caro Amigo, não sei se foi bem assim, muito antes da compra dos Drones para os "incêndios" já a FAP e a Marinha andam a testar e a ajudar a desenvolver os drones da UAvision, não era nada de novo nas FA, já há algum tempo que havia a vontade da FAP ter uma esquadra de drones.

Não sei quem teve a ideia se a FAP se o Governo, independentemente de quem tenha sido a FAP deve ter acho que seria a oportunidade de ter meios e financiamento para iniciar a tal esquadra.

Contudo isto não é algo que se faça de num mês, mas foi essa vontade do Governo, e a FAP ou alguém das FA's concordou com isso. O governo usou todo um esquema para recorrer ao Fundo Ambiental para custear a ideia (o que implica fazer x horas de vigilância ambiental, vigilância para entidades civis, ... tudo coisas impossíveis de cumprir apartir do nada num espaço de tempo curto) e alguém da FAP fingiu que os drones iam servir para fiscalizar os Fogos Florestais.

O Navio é a mesma coisa, querem uma plataforma experimental para desenvolver, pesquisar e testar drones aéreos, aquáticos, e subaquáticos, contudo para se poder candidatar aos fundos comunitários anda-se a fingir que é um navio oceanográfico com uma rampa ski-jump.
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1994
  • Recebeu: 1493 vez(es)
  • Enviou: 1005 vez(es)
  • +2189/-1682
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #286 em: Agosto 01, 2022, 09:11:58 pm »
Ok, conseguimos limitar a coisa entre "vai ser o futuro da guerra naval, exportações à doida" e "vai ser o fim da marinha portuguesa"  :mrgreen:

O futuro são os drones…. Então não precisamos de plataforma porta drones…nem marinha. Precisamos de drones com umas mil milhas de alcance no mínimo, para atormentar os nossos invasores, operados a partir  de Bunkers altamente secretos e protegidos em terra.
 :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Precisamos é que se assuma claramente aquilo que se quer e que recursos implica essa decissão, e quem nos governe se deixe de novelas.

Senão daqui a uns anos vamos ouvir alguém reclamar que o Navio não está a cumprir a missão para o qual foi construido,... tal como acontece agora com os drones da FAP onde foi dada a desculpa de servirem contra os Fogos Florestais.


O seu comentário chama a atenção para um pormenor interessante.

Os drones deram m***da porque a decisão foi tomada exatamente por quem nos governa.
E quem nos governa não percebe nada de drones.
O pecado da FA foi dizer sim com a cabeça sem saberem eles próprios onde se estavam a meter.

Esta Plataforma já é ao contrário - e como deve ser e como deveria ser cada vez mais.
Vejamos:
Quem nos governa também não percebe nada de navios.
A ideia deve ter vindo de uma mistura de Gouveia e Melo e da Portugal Defense - ou lá como se chama.
Ou seja, de quem percebe alguma coisa do assunto.
Arranjaram um caminho para chegar a um financiamento...
E foi quem nos governa que abanou a cabecinha a dizer "sim".

Espero que corra bem e que seja um exemplo a seguir no futuro.

Mas sei que estamos em Portugal...

Cumprimentos


 

Caro Amigo, não sei se foi bem assim, muito antes da compra dos Drones para os "incêndios" já a FAP e a Marinha andam a testar e a ajudar a desenvolver os drones da UAvision, não era nada de novo nas FA, já há algum tempo que havia a vontade da FAP ter uma esquadra de drones.

Não sei quem teve a ideia se a FAP se o Governo, independentemente de quem tenha sido a FAP deve ter acho que seria a oportunidade de ter meios e financiamento para iniciar a tal esquadra.

Contudo isto não é algo que se faça de num mês, mas foi essa vontade do Governo, e a FAP ou alguém das FA's concordou com isso. O governo usou todo um esquema para recorrer ao Fundo Ambiental para custear a ideia (o que implica fazer x horas de vigilância ambiental, vigilância para entidades civis, ... tudo coisas impossíveis de cumprir apartir do nada num espaço de tempo curto) e alguém da FAP fingiu que os drones iam servir para fiscalizar os Fogos Florestais.

O Navio é a mesma coisa, querem uma plataforma experimental para desenvolver, pesquisar e testar drones aéreos, aquáticos, e subaquáticos, contudo para se poder candidatar aos fundos comunitários anda-se a fingir que é um navio oceanográfico com uma rampa ski-jump.


E é mesmo um navio oceanográfico.
Se quem nos dá o dinheiro acreditou que é, quem somos nós para duvidar?
Por mim podem dar-lhe o nome de NRP Jaques Cousteu. 

Tenho as maiores dúvidas que o navio final tenha um ski-jump.
Ainda estou para ver imagens no YOUTUBE de um drone a levantar de um.
É sinal que não existe.
E a Marinha querer ser a primeira e logo num navio novo experimental seria um suicídio mediático á espera para acontecer.

Eles que montem o navio com drones com provas dadas e que façam experiências com ski-jump em terra (muitas experiencias).
Quando funcionar, é só adicionar ao navio uma rampa feita em contraplacado marítimo. Para drone chega bem.

Cumprimentos


"Drones de provas dadas". Então é o ogassa tem a prova dada que é uma m3r4a.
Porque a pressa e outros fenômenos conhecidos no burgo das mãos untadas é no que dá.

Fala-se muito em recuar no KCacetes por exemplo, mas recuar nas trotinetes aéreas da FAP parece mais difícil, como se fosse pecado.
Pecado foi compra-los. Não faltam são outros drones com provas e dadas e capazes de satisfazer os requisitos

Não serve para os fogos?
Então é um fado e ficamos assim
Típico. Com tanto trambolho não admira as Instituições neste País estarem como estão
« Última modificação: Agosto 01, 2022, 09:12:54 pm por Pescador »
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4617
  • Recebeu: 4281 vez(es)
  • Enviou: 2727 vez(es)
  • +6393/-2497
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #287 em: Agosto 19, 2022, 12:12:54 pm »
Retirado da edição de hoje do semanário Expresso (19/08/2022)




Por acaso alguém consegue ter acesso ao artigo em questão?
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17701
  • Recebeu: 2091 vez(es)
  • Enviou: 1733 vez(es)
  • +537/-2024
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #288 em: Agosto 19, 2022, 02:27:35 pm »
Eu li esta manhã quando estava a beber o café.

Segundo consta no artigo, o navio vai ter algum tamanho/peso (5000 toneladas), transportar 300 militares tendo uma guarnição de apenas 60 militares. Vai poder operar todo o tipo de drones (eles mencionam três tipos de drones diferentes), funcionar como navio hidrográfico (apesar de nunca dizerem isso, mas sim em cientistas a trabalhar no dito navio), ser usado com centro de investigação e desenvolvimento de tecnologia nacional.

Estou a falar de memória, por isso é possível que eu tenha esquecido algo.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10046
  • Recebeu: 1896 vez(es)
  • Enviou: 2461 vez(es)
  • +418/-407
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #289 em: Agosto 19, 2022, 02:35:20 pm »
Então teoricamente passa a poder transportar duas companhias de infantaria...

Falta é saber se tem espaço para o equipamento e algum meio de os colocar (homens e equipamento) em terra.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17701
  • Recebeu: 2091 vez(es)
  • Enviou: 1733 vez(es)
  • +537/-2024
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #290 em: Agosto 19, 2022, 02:35:30 pm »
Apenas para recordar o que eu pensei à umas boas páginas atrás:



 :arrow:  https://www.fassmer.de/fileadmin/user_upload/6_Fassmer_Defence/21_06_FD_Sb_MPV_100_web.pdf

Digam lá se não é a cara chapada?!

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14764
  • Recebeu: 3754 vez(es)
  • Enviou: 4136 vez(es)
  • +2996/-6656
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #291 em: Agosto 19, 2022, 03:10:43 pm »
O Gouveia e Melo já inventa navios e tudo  :mrgreen:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7645
  • Recebeu: 1068 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +1700/-47
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #292 em: Agosto 19, 2022, 03:42:22 pm »
O Gouveia e Melo já inventa navios e tudo  :mrgreen:

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Charlie Jaguar

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17701
  • Recebeu: 2091 vez(es)
  • Enviou: 1733 vez(es)
  • +537/-2024
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #293 em: Agosto 19, 2022, 03:45:51 pm »
Acalma-te Pereira Marques, isso é só para quando os primeiros PPA "verde vómito" chegarem ao Alfeite. c56x1 :mrgreen:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4617
  • Recebeu: 4281 vez(es)
  • Enviou: 2727 vez(es)
  • +6393/-2497
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #294 em: Agosto 21, 2022, 07:41:20 pm »
"Emprestadado" do twitter de um amigo



Em maior tamanho:




Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, MATRA, Rogério

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2044
  • Recebeu: 400 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +80/-87
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #295 em: Agosto 21, 2022, 09:17:07 pm »
Citar
A Marinha está a fazer roadshows (...)
Aí têm mais um termo para o turismo que os NPOs fazem de tempos a tempos.

Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???
Yep. O futuro será patrulhões e patrulhazinhos. E embora venham a falar aqui que na Marinha e no MDN os Seahawk tenham preferência, a sensação com que fico é que os Lynx deverão ser os últimos helicópteros a ser operados pela Marinha. Todo o investimento que até agora tem sido feito é em meios não tripulados e a própria modernização dos Lynx mostrou a falta de interesse em investir na plataforma.

Este pessoal parece estar todo a confiar que a grande salvação da falta de meios e de recursos serão os drones. Daqui para a frente não serão preciso fragatas ASW nem AAW e quando chegar o fim de vida dos submarinos, os drones já deverão estar suficientemente evoluídos para substituir os mesmos.

No artigo refere que este navio será mais baratos que fragatas mas obviamente que sim; pois não traz o mesmo armamento e sensores.

Quem foi o colega que escreveu aqui ou noutro tópico que estava confiante que este seria o nosso "NAVPOL"? Pois bem, podem fechar o outro tópico que já vai em 346 páginas.

Citar
Estou convencido que esse navio será um sucesso e terá encomendas internacionais.
Gostei particularmente do final. É aquela afirmação habitual da Marinha e dos governantes. Assim como foi para os Pandur, para os NPOs e agora para esta "PNM".

Pobre Portugal - país onde a reação de todos aqui no Forum é a de grande desconfiança.
Mas é inevitável.
Ninguém está habituado.

Agora que o resultado pode ser positivo, isso pode;

Rogério, o problema aqui não é o navio em si nem é desconfiança. A questão é que isto é mais do mesmo que tem sido feito nas últimas duas a quatro décadas e já sabemos muito bem o que vai sair daqui. Adquirem este navio e começam a desinvestir de tudo o resto e a reduzir o tamanho da Marinha. Por algum motivo o CEMA refere que este navio é mais barato que uma fragata e comparam algumas características às fragatas. Porquê não comparar com o NPO que foi projectado pela Marinha? Porquê não comparar com o NAVPOL visto que é um projecto que está à décadas parado e que este navio vai realizar parte das missões? Porquê não comparar com os Tejo que são um projecto também modular? É fácil, é porque vai ser isto e não vai haver mais nada para ninguém, nomeadamente a substituição das fragatas.

Cumprimentos,
« Última modificação: Agosto 21, 2022, 09:26:57 pm por Get_It »
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, tenente, Pescador

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2420
  • Recebeu: 440 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +127/-316
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #296 em: Agosto 21, 2022, 09:29:50 pm »
"Emprestadado" do twitter de um amigo



Em maior tamanho:




Depois de ler a peça quase que se pode colocar de imediato a seguinte questão: o tempo das fragatas na Marinha estará prestes a chegar ao fim?  ???

A NATO não deixa. c56x1
 

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1050
  • Recebeu: 864 vez(es)
  • Enviou: 1423 vez(es)
  • +1999/-1716
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #297 em: Agosto 21, 2022, 10:16:53 pm »
Um artigo holístico e lírico, tanto pela parte do "esforço" de convencer o poder político, como pela assunção que será um navio mãe, com dezenas de drones armados, etc etc.
Está somente a esquecer-se, que basta 1 torpedo ou um míssil anti-navio e o navio mãe vai ao fundo....
Por isso não poderá abdicar das fragatas.
Cps,
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, Lightning, tenente, Pescador

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2044
  • Recebeu: 400 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +80/-87
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #298 em: Agosto 22, 2022, 02:16:53 am »
A NATO não deixa. c56x1
A NATO acho que tem deixado fazer muita coisa que não era suposto deixar. Deixem chegar os 390 que eu quero ver se não vão passar a ser a nossa contribuição em substituição das fragatas ou de um outro meio.

- Todo o investimento que pode ser feito pela Marinha vem da Lei de Programação Militar.
- A construção deste navio, no entanto, é financiado por verbas que vêm de fora da LPM. São do PRR.
- Uma excelente "esperteza" do Gouveia e Melo, que ninguém pode criticar (já que não podia usar esse dinheiro para comprar uma (ou parte de uma) fragata ou blindados para os fuzileiros ou 1/3 de um LPD.
- As verbas que antes existiam para substituir ou modernizar fragatas continuam lá (na LPM).
- É impensável que a revisão da LPM que aí vem - daqui a uns meses laaaaargos... - diminua as verbas que lá estavam.
- Só não fazem "alguma coisa" com as fragatas se não quiserem.
- Se, numa outra revisão da LPM que poderá aí vir daqui a 3, 6... anos, diminuirem as verbas para as fragatas, na minha opinião, só poderá ser depois de este navio ser construido e, de alguma forma demonstrar que, de facto, é o navio que vem substituir as fragatas.
- Se isso acontecer, é inconcebível que não esteja, ele próprio, bem armado.
- Sempre foi dito que este primeiro exemplar seria pouco armado (para poder ser considerado um navio científico).
Rogério, pelo que temos visto de pouco interessa o que está na LPM. Se for necessário não se cumpre o que está na LPM; que é o que tem acontecido nas últimas décadas. Há quantos anos é que o NAVPOL e outros meios têm estado nas sucessivas LPMs? As verbas na realidade estão no ministério das finanças que é quem manda se é para gastar dinheiro ou não. E depois mesmo que os projectos andem para a frente podem sempre puxar da cartola o truque das "cativações", que mais uma vez já o fizeram no passado.

Aqui o problema são os governantes e a classe política que não respeitam a LPM e que também são bem capazes de vir com a conversa que com estas plataformas navais e com a utilização de drones já não é necessário investir em novas fragatas e que apenas as duas BD chegam ou que as VDG com um downgrade para meros patrulhas, com o armamento de 100mm substituído por uma metralhadora, são suficientes.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14764
  • Recebeu: 3754 vez(es)
  • Enviou: 4136 vez(es)
  • +2996/-6656
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #299 em: Agosto 22, 2022, 06:35:21 am »
Uma Marinha fofinha e Woke, como convém.

Engraçado que mais nenhum país do mundo abdica da sua defesa em nome do holísticismo

Mas como sempre devemos ser os únicos da parada com o passo certo

Agora até já temos direito a publicitário residente

E por aqui me fico para não vomitar logo de manhã

Beijinhos, abraços e votos de mar chão e ventos de boa feição, como os marinhecos gostam

Ah e não se esqueçam do nobel ao Sr Almirante Professor Pardal
Vai ficar bem lá na estante do palácio de Belém, daqui a uns tempos
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, NVF, Charlie Jaguar, tenente, ICE 1A+, Stalker79, Pescador, Subsea7