A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !

  • 5479 Respostas
  • 684534 Visualizações
*

Turlu

  • Membro
  • *
  • 232
  • Recebeu: 109 vez(es)
  • Enviou: 215 vez(es)
  • +38/-1
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3855 em: Março 30, 2023, 08:48:17 pm »
Só um aparte.

Em 1989 tínhamos sete fragatas no papel, porque na realidade as Pereira da Silva já estavam encostadas, eram a versão "Fragata Casco da Gama" da altura.
As F472 e F473 encostaram logo no início da década de 80, a F474 encostou para aí em 85-86.
Embora só tenham sido oficialmente abatidas no início da década de 90.
Na prática só as 4 João Belo ainda estavam operacionais.

Correto. Entrei para a Marinha em 1988 e nunca vi uma das Pereira da Silva a navegar.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Malagueta

  • Analista
  • ***
  • 677
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 239 vez(es)
  • +143/-110
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3856 em: Março 31, 2023, 11:03:26 am »
https://www.msn.com/pt-pt/noticias/other/for%C3%A7as-armadas-em-rutura-defesa-precisa-urgentemente-de-quase-4-mil-milh%C3%B5es-de-euros/vi-AA19hLIH?ocid=entnewsntp&cvid=862d00ad471a429684ebdee64b91b64b&ei=6

Forças Armadas em rutura: Defesa precisa urgentemente de quase 4 mil milhões de euros

O exército português precisa de uma injeção de quase quatro mil milhões de euros para estar devidamente operacional

 :mrgreen: Os 13 :mrgreen:
« Última modificação: Março 31, 2023, 12:53:38 pm por Malagueta »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Srgdoido, Stalker79, Subsea7, PTWolf

*

JohnM

  • Especialista
  • ****
  • 1047
  • Recebeu: 595 vez(es)
  • Enviou: 347 vez(es)
  • +105/-26
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3857 em: Março 31, 2023, 01:02:34 pm »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

Subsea7

  • Investigador
  • *****
  • 1891
  • Recebeu: 1865 vez(es)
  • Enviou: 2678 vez(es)
  • +5529/-2964
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3858 em: Março 31, 2023, 01:53:44 pm »
Parece que as ASWF acabaram de passar os 1000M em custo... boa sorte comprarem disto para Portugal...

https://www.demorgen.be/nieuws/rekening-nieuwe-belgische-fregatten-loopt-op-tot-boven-2-miljard-euro~b585a010/?referrer=https%3A%2F%2Fnavaldefence.gr%2F

Eram as preferidas do anterior CEMA..
Cps
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7642
  • Recebeu: 1042 vez(es)
  • +4774/-948
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3859 em: Março 31, 2023, 02:38:59 pm »
As fragatas belgas não foram a lado nenhum, nem passaram por modificações especiais.
O que aconteceu é que alguém se lembrou de por os pés no chão e fazer as contas.

E sempre que se fazem contas, o resultado é sempre chato, e em todos os casos os preços reais das coisas atingem níveis de meter impressão.

Temos que entender que uma coisa é a "Estória" dos estaleiros que desenvolvem configurações possíveis, e outra muito diferente, é a realidade de uma força naval, que tenta sempre adaptar os navios às necessidades.

Afinal, se vamos gastar dinheiro, é melhor que evitemos surpresas no futuro ...

É uma das razões que explicou que a marinha não incorporasse o LPD francês, porque depois não faltariam os criticos, a dizer que tinham comprado um barco que não pode utilizar os maiores helicópteros da força aérea.

Por aqui se vê, o realismo que está por detrás da afirmação de que podemos substituir as cinco fragatas por outras cinco...
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9144
  • Recebeu: 4457 vez(es)
  • Enviou: 793 vez(es)
  • +5131/-852
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3860 em: Março 31, 2023, 03:15:45 pm »
O projecto sofreu atrasos, juntemos a isso a inflação, e a alterações maiores ou menores, e vemos o preço dos navios subir. É normal. Também não é nada de novo o preço dos navios ser o que é, já que há vários anos que se sabia que mesmo a versão holandesa, custaria cerca de 1000 milhões cada, tanto que se questionava que contas andavam os belgas a fazer, para as deles custarem menos 200 ou 300 milhões cada uma.

Também temos de factorizar o facto de ser um projecto novo, com variáveis que não se aplicam a um projecto já maduro. Há não muito tempo, dava para comprar FREMM por 600 ou 700 milhões (chegaram a ser propostas 2 FREMM italianas por 1200 milhões). Hoje ainda é possível construir fragatas por bem menos de 1000 milhões, se não forem de um projecto novo, e se não forem logo navios com mais de 5000 toneladas de deslocamento (5500 das ASWF, 6100 das F110).

Este racional de que, para se comprar fragatas, é preciso ser tudo de uma classe, e portanto se o navio "favorito" custa 1000 milhões, então é impossível arranjar 5000 milhões para manter o número de fragatas, é que tem de acabar. Há que aprender a olhar para as coisas e ver que, se não tens dinheiro para ter 5 fragatas de topo, arranjas 2 de topo, e 3 medianas. Não entendo porque é que quando se fala em fragatas, parece que tem tudo umas palas nos olhos, e só podem ver 1 tipo de navio que por sua vez tem um determinado custo, e depois vêm dizer que é impossível ter X fragatas por causa disso.

Alguém pegou numa calculadora, e viu que se fossemos na loucura de comprar 5 fragatas iguais de topo, a um custo de 5000 milhões, isto pagava 6 fragatas de 800 milhões cada, totalizando 4800 milhões, sobrando 200 milhões para, por exemplo, mais mísseis? Ou num misto de 2 navios de topo (2000 milhões) + 3 navios medianos (2400 milhões), tínhamos o mesmo nº de navios, mas sobravam 600 milhões para outras coisas (stock de mísseis, helicópteros, 3º submarino ou o que fosse)?

Porque é que se continuam a fazer contas de forma "monocromática", como se não houvesse alternativas e opções no mercado? Já deve ser hábito, a mesma resistência que se tem a alternativas ao "LPD clássico", também deve afectar a malta dos GTs, que acham que a única opção, é adquirir uma única classe de fragatas, ignorando por completo a possibilidade de ter 2 classes, adquiridas em duas décadas diferentes (compras desfasadas) e com capacidades/custos diferentes, de forma a se permitir que se mantenha um nº decente de navios.
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4855
  • Recebeu: 3157 vez(es)
  • Enviou: 2672 vez(es)
  • +5813/-2947
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3861 em: Março 31, 2023, 03:18:04 pm »
Cada dia que passa o escândalo das FA em particular da Marinha aumenta. E aumenta a falta de credibilidade interna e externa.
Podem almirante e políticos pintar como quiserem

Um País que pretende 300 milhas marítimas a ligar o continente aos arquipélagos, tem uma frota de sucata e contudo almirantes e comodoros a fazer despesa a mais
« Última modificação: Março 31, 2023, 03:18:54 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Stalker79

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9144
  • Recebeu: 4457 vez(es)
  • Enviou: 793 vez(es)
  • +5131/-852
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3862 em: Março 31, 2023, 03:23:06 pm »
Lado positivo, se é que existe, é que no próprio Face da Marinha, os comentários às publicações começam a ter cada vez mais um tom de "protesto". Ainda ontem ou hoje, numa publicação essencialmente para atrair pessoal, muitos comentários falavam do caso do Mondego directa ou indirectamente, outros tantos pura e simplesmente dizem que não vale a pena ingressar, pelas razões sabidas.

Era bom que toda esta má publicidade, fosse um vento de mudança.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Pescador

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7964
  • Recebeu: 1305 vez(es)
  • Enviou: 349 vez(es)
  • +5206/-238
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3863 em: Março 31, 2023, 03:27:55 pm »
Parece líquido que as VdG serão substituídas pelas EPC ou outro projeto "minimalista" e as BD por algo em 2.ª mão, tipo as DZP...na pior das hipóteses EPC com duas versões...na 2.ª hipótese talvez desse para manter as cinco fragatas/corvetas.

 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19280
  • Recebeu: 5998 vez(es)
  • Enviou: 6713 vez(es)
  • +7441/-10085
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3864 em: Março 31, 2023, 03:35:37 pm »
https://www.msn.com/pt-pt/noticias/other/for%C3%A7as-armadas-em-rutura-defesa-precisa-urgentemente-de-quase-4-mil-milh%C3%B5es-de-euros/vi-AA19hLIH?ocid=entnewsntp&cvid=862d00ad471a429684ebdee64b91b64b&ei=6

Forças Armadas em rutura: Defesa precisa urgentemente de quase 4 mil milhões de euros

O exército português precisa de uma injeção de quase quatro mil milhões de euros para estar devidamente operacional

 :mrgreen: Os 13 :mrgreen:

Tanta DESINFORMAÇÃO balhamadeus  :bang:
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4855
  • Recebeu: 3157 vez(es)
  • Enviou: 2672 vez(es)
  • +5813/-2947
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3865 em: Março 31, 2023, 03:39:11 pm »
Interessante. Um navio mais pequeno e menor tonelagem, curto para um futuro onde chegará até 2065 ou mais, para substituir as Fragatas actuais. Extraordinário

Deve ser a espera de ajuda de parceiros para a  compra e continuar a farsa.

Futura guarda costeira musculada

Se ainda fosse para meter cá 4 na versão patrulha em vez de tanto NPO, agora querer que a espinha dorsal da Marinha seja isso......
Minimalista de fragatas são as A200, o resto é miudezas
Será vergonhoso, nem conseguem a aproveitar o momento e o contexto actual
« Última modificação: Março 31, 2023, 03:45:07 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, Lightning

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 4855
  • Recebeu: 3157 vez(es)
  • Enviou: 2672 vez(es)
  • +5813/-2947
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3866 em: Março 31, 2023, 03:43:08 pm »
https://www.msn.com/pt-pt/noticias/other/for%C3%A7as-armadas-em-rutura-defesa-precisa-urgentemente-de-quase-4-mil-milh%C3%B5es-de-euros/vi-AA19hLIH?ocid=entnewsntp&cvid=862d00ad471a429684ebdee64b91b64b&ei=6

Forças Armadas em rutura: Defesa precisa urgentemente de quase 4 mil milhões de euros

O exército português precisa de uma injeção de quase quatro mil milhões de euros para estar devidamente operacional

 :mrgreen: Os 13 :mrgreen:

Tanta DESINFORMAÇÃO balhamadeus  :bang:

Falam a defesa precisa de 4 mil milhões. Depois o exército precisa 4 mil  milhões. Comédia jornalística


Por acaso agora pelo menos uns 2,5 mil milhões para meter a Marinha á tona antes do fim desta década seria bom. Depois pensar no futuro a seguir a 2030
« Última modificação: Março 31, 2023, 07:05:39 pm por Pescador »
 

*

Malagueta

  • Analista
  • ***
  • 677
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 239 vez(es)
  • +143/-110
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3867 em: Março 31, 2023, 05:00:01 pm »
Deem desconto a Comunicação Social....

Neste momento, estão a fazer o papel deles, a dar a conhecer os problemas.... o resto já sabemos que há poucos jornalistas especialista nestes assuntos.

Mais uma vez

 :mrgreen: os 13  :mrgreen:
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8655
  • Recebeu: 1764 vez(es)
  • Enviou: 765 vez(es)
  • +1006/-7756
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3868 em: Março 31, 2023, 10:36:26 pm »
Não sei se já foi colocado aqui:

Fórum TSF: A avaria do navio Mondego e o investimento nas Forças Armadas  Wed, 29 Mar 2023
https://dts.podtrac.com/redirect.mp3/d2al3n45gr0h51.cloudfront.net/ngx-audio/2023/03/forum29_20230329124415/mp3/forum29_20230329124415.mp3
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9144
  • Recebeu: 4457 vez(es)
  • Enviou: 793 vez(es)
  • +5131/-852
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #3869 em: Março 31, 2023, 11:56:29 pm »
Gosto particularmente da parte em que até comuns cidadãos, se começam a chatear e a revoltar com a situação. Isto num país que até há bem pouco tempo olhava para tudo o que é despesa com a Defesa como desnecessária, agora as opiniões começam a pender mais no sentido oposto.

Era bom que isto fosse um mudar de rumo.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF, Lightning, Pescador, Fmfg