A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !

  • 3080 Respostas
  • 292253 Visualizações
*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9388
  • Recebeu: 4607 vez(es)
  • Enviou: 3337 vez(es)
  • +4398/-1004
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2430 em: Dezembro 18, 2021, 07:43:13 pm »
Mais um ou mesmo dois submarinos, eram muito bem vindos :

https://nationalinterest.org/blog/reboot/germanys-type-212a-submarine-was-undersea-winner-198059

Abraços
« Última modificação: Dezembro 19, 2021, 12:23:27 pm por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 7330
  • Recebeu: 2236 vez(es)
  • Enviou: 904 vez(es)
  • +3969/-4377
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2431 em: Dezembro 18, 2021, 09:18:22 pm »
Que deixem a "patrulha costeira - L145" para a GNR-UCC, que têm muito mais em que se concentrar...

Até era uma boa ideia, se não encalhassem. Mas as crianças fizeram birra e não quiseram formação dada pela Marinha, por desprestigio. O resultado está à vista.  :mrgreen:

https://observador.pt/2021/09/01/lancha-da-gnr-encalhada-na-praia-de-carcavelos/

Citar
Recorde-se que a lancha tinha encalhado na tarde quarta-feira na praia de Carcavelos, tendo iniciado as operações de reboque da embarcação da GNR pelas 22h20.




Saúde
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9388
  • Recebeu: 4607 vez(es)
  • Enviou: 3337 vez(es)
  • +4398/-1004
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2432 em: Dezembro 19, 2021, 07:20:44 am »
Já faz quatro anos, a 22JAN22, que o NRP Zaire, com uma guarnição de 53 elementos, que muita falta fazem por cá, anda por mares de STP,  para " capacitar " a Marinha daquela Nação.  :mrgreen:

https://www.telanon.info/sociedade/2021/12/17/35984/zaire-atracou-pela-primeira-vez-no-cais-do-principe/

Abraços
« Última modificação: Dezembro 19, 2021, 09:28:18 am por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, mafets

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 7330
  • Recebeu: 2236 vez(es)
  • Enviou: 904 vez(es)
  • +3969/-4377
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2433 em: Dezembro 19, 2021, 12:58:48 pm »
Já faz quatro anos, a 22JAN22, que o NRP Zaire, com uma guarnição de 53 elementos, que muita falta fazem por cá, anda por mares de STP,  para " capacitar " a Marinha daquela Nação.  :mrgreen:

https://www.telanon.info/sociedade/2021/12/17/35984/zaire-atracou-pela-primeira-vez-no-cais-do-principe/

Abraços

Sol, boa comida, boa gente, vida simples e descontraída de um paraíso tropical.  Nada a ver com este antro de doidos, ainda por cima com o inverno à porta. Se fosse eu ficava lá mais 4. Ainda por cima a operar um "clássico".  :mrgreen:

Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, tenente, HSMW

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2093
  • Recebeu: 687 vez(es)
  • Enviou: 2124 vez(es)
  • +371/-38
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2434 em: Dezembro 19, 2021, 03:14:05 pm »
Necessitar da tripulação de 53 elementos é a mesmo que necessitarmos do NRP Zaire - se necessitamos não deviamos.

Capacitar a Marinha de STeP é importante e passível de ser feito com custos suportáveis; e permite maior segurança marítima em uma zona importante para nós e, menos visível mas muito importante , permite influência em STeP (e na zona) - e isso é interessante para um país.
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9388
  • Recebeu: 4607 vez(es)
  • Enviou: 3337 vez(es)
  • +4398/-1004
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2435 em: Dezembro 19, 2021, 06:31:45 pm »
Não acho que se podem comparar as necessidades de efectivos que a marinha tem com a utilidade do NRP Zaire no dispositivo naval actual.

Quando alguns graduados da Marinha,  alertam para o facto de que frequentemente elementos de guarnição de determinado navio tem de transitar para outro de modo a que esse navio possa ser utilizado, o que já aconteceu com elementos de guarnições de fragatas e NPO's, os 53 efectivos, praticamente 33% da guarnição de uma Fragata, que estão destacados quase há quatro anos em STP, se estivessem á disposição do comando naval, dariam por exemplo, para guarnecer um NPO, ( 35) e quase mais um classe Tejo ( 22), ficando a faltar apenas quatro elementos.

No que concerne á capacitação da marinha de STP, convenhamos que praticamente quatro anos para levar essa missão a bom porto é só um pouquinho exagerado.
Claro que para a Nação em causa é bem melhor ter por lá Portugal, pois as despesas de formação do seu pessoal, a operação diária e MNT do Patrulha, mais todas as ajudas de custos para com a Guarnição do Zaire continuam a ser suportados por todos nós, já quanto á eficácia do referido navio no combate á pirataria no GdG, bem essa eficácia será tanto maior quanto o numero de navios que a dita marinha possui, forem destacados para tal missão.

Abraços
« Última modificação: Dezembro 19, 2021, 07:03:24 pm por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4801
  • Recebeu: 3271 vez(es)
  • Enviou: 5817 vez(es)
  • +4398/-166
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2436 em: Dezembro 19, 2021, 11:28:39 pm »
Segundo a Wiki, a classe Cacine tem uma guarnição de 33 elementos. A notícia fala num destacamento de 58 militares. A diferença devem ser militares para dar formação em terra. A componente terrestre deve até constituir a maioria do contingente, já que a guarnição do navio é suposto ser mista pt-stp. Estas missões são convenientes para a Marinheca por causa das ajudas de custo e estatísticas. Como o Exército é que leva sempre a grande fatia das FND, a Marinheca vai-se orientando com estas missões dos pobres.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1356
  • Recebeu: 992 vez(es)
  • Enviou: 573 vez(es)
  • +1453/-1373
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2437 em: Dezembro 20, 2021, 08:25:00 am »
Segundo a Wiki, a classe Cacine tem uma guarnição de 33 elementos. A notícia fala num destacamento de 58 militares. A diferença devem ser militares para dar formação em terra. A componente terrestre deve até constituir a maioria do contingente, já que a guarnição do navio é suposto ser mista pt-stp. Estas missões são convenientes para a Marinheca por causa das ajudas de custo e estatísticas. Como o Exército é que leva sempre a grande fatia das FND, a Marinheca vai-se orientando com estas missões dos pobres.


Tendo em conta que não há "míseros" 6 milhões para a misera Marlin e EO de dois NPO, fazendo umas figuras tristes onde vão, realmente 4 anos a suportar outras despesas é de "valentia".
Não vou colocar em causa a influencia de forma abstrata, metendo sim no concreto, porque aí tenho visto para que tem servido. Ou seja, tem servido alguns, sejam políticos, empresários amigos de políticos ou por troca de interesses, famílias de todos eles e, por arrasto como é aqui dito, ajudas de custo para alguns.
Tudo suportado pelo contribuinte, tal como tem sido a formação académica, civil e militar/policial de tantos "amigos" palop por cá. Além de outras componentes como dádivas.
Parecem afilhados ou algo do género. Embora depois os ex colonizadores sejam acossados de tudo e mais alguma coisa.

A verdade é que a influencia não é assim tão grande, parecendo mais a vassalagem daqui para lá a troco de....
Que por exemplo a França possa seguir algum caminho desses até percebia, agora esta Nação pedinte a fazer figuras saloias é que fica mal.
Saloio era quem vinha para Lisboa, não tinha nada de mais, mais lá na sua terra de origem parecia o maior. Aqui é o contrário, Cá uns pedintes e lá figuras de reis da sucata.
Deve ser assim que se julgam alguns abastados de adereços brilhantes, que mandam "navios cargueiros combater pirataria cheios de paletes" e, depois fazem cada figura internacionalmente com as suas vintage e negócios de aquisições ou MLU onde se arrastam os pagamentos.

Gostava também de perceber todo este negócio de independência com "pensão" vitalícia a cargo de quem nada tem a ver com os andamentos envolvidos de lavagens, facilitismos e outras "amizades" convenientes.
Depois veem políticos patéticos falar de certas matérias para encher a cara da maralha a leste de tudo o que realmente está em causa.

Parece nada ter a ver com Marinha mas tem. Tem a ver com a Soberania e a capacidade de a mostrar minimamente e de forma credível. Tem a ver com imagem de uma Nação.
Que não é o caso e se caminha para pior, pois vai arrastando o tempo sem soluções.
É vergonhoso que para alguns terem grandes vidas as coisas estejam nesta figura.

Gostava de saber onde andam certos Valores Importantes e bem acima de interesses particulares.


« Última modificação: Dezembro 20, 2021, 10:18:33 am por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44, NVF

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1038
  • Recebeu: 415 vez(es)
  • Enviou: 118 vez(es)
  • +260/-106
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2438 em: Dezembro 20, 2021, 02:21:22 pm »
https://www.facebook.com/159252640762594/posts/4911076418913502/

Afinal ainda têm capacidade de construção

Desculpe mas,

https://www.dinheirovivo.pt/empresas/arsenal-do-alfeite-inicia-em-marco-construcao-de-lanchas-salva-vidas-12856396.html
Noticia de 21/02=2017
Citar
Segundo o ministério da Defesa, a construção das lanchas da classe "Vigilante II" começa no próximo mês nos estaleiros do Arsenal do Alfeite, SA, e o valor do contrato ascende a três milhões de euros, com IVA, prevendo-se a entrega da primeira em maio de 2018 e da segunda no final do mesmo ano.

A primeira foi entregue 17 Dezembro de 2021 (3 Anos e 6 meses depois do prazo contratado)

Entretanto em relação a 2ª unidade, em 29-01-2021 saia a seguinte noticia:
https://www.dn.pt/politica/alfeite-ano-de-viragem-diz-a-holding-a-bater-no-fundo-temem-os-trabalhadores-13289756.html
Onde se dá a entender que a construção da 2ª unidade ainda nem começou
Citar
Rui Ferreirinha teme que o estaleiro esteja "a bater no fundo" e lamenta que o não haja sequer condições para cumprir compromissos assumidos, como o da reparação da fragata Vasco da Gama, "que já devia estar em manutenção", ou a construção da segunda lancha salva-vidas contratada para o Instituto de Socorros a Náufragos - a primeira ficou concluída no final de 2020 já com um atraso substancial em relação ao previsto.

E isto estamos a falar da construção de uma simples lancha.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1356
  • Recebeu: 992 vez(es)
  • Enviou: 573 vez(es)
  • +1453/-1373
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2439 em: Dezembro 20, 2021, 03:06:49 pm »
https://www.facebook.com/159252640762594/posts/4911076418913502/

Afinal ainda têm capacidade de construção

Desculpe mas,

https://www.dinheirovivo.pt/empresas/arsenal-do-alfeite-inicia-em-marco-construcao-de-lanchas-salva-vidas-12856396.html
Noticia de 21/02=2017
Citar
Segundo o ministério da Defesa, a construção das lanchas da classe "Vigilante II" começa no próximo mês nos estaleiros do Arsenal do Alfeite, SA, e o valor do contrato ascende a três milhões de euros, com IVA, prevendo-se a entrega da primeira em maio de 2018 e da segunda no final do mesmo ano.

A primeira foi entregue 17 Dezembro de 2021 (3 Anos e 6 meses depois do prazo contratado)

Entretanto em relação a 2ª unidade, em 29-01-2021 saia a seguinte noticia:
https://www.dn.pt/politica/alfeite-ano-de-viragem-diz-a-holding-a-bater-no-fundo-temem-os-trabalhadores-13289756.html
Onde se dá a entender que a construção da 2ª unidade ainda nem começou
Citar
Rui Ferreirinha teme que o estaleiro esteja "a bater no fundo" e lamenta que o não haja sequer condições para cumprir compromissos assumidos, como o da reparação da fragata Vasco da Gama, "que já devia estar em manutenção", ou a construção da segunda lancha salva-vidas contratada para o Instituto de Socorros a Náufragos - a primeira ficou concluída no final de 2020 já com um atraso substancial em relação ao previsto.

E isto estamos a falar da construção de uma simples lancha.


Ora bem, vai esta gente fazer figura de potencia naval de alguidar ali para o GDG.
Esta potencia desarmada mas com muitas patentes altas e, muitas paletes carregadas em espécie de navios de Marinha de Guerra a cumprir protocolos que interessam a alguns.
Fazer figura em discursos facciosos sobre capacidades e complexidade de meios operacionais.
Fazer discursos sobre como Portugal é um País virado para o Mar, mas só se for pelos turistas na praia.
Vai o PM, que encabeça a desmaltelação anunciada desta potencia naval de alguidar, ver como em São Tomé está há 4 anos a formar tripulações e coiso.
O turista habitual não pode ir, vai outro.

Entretanto por cá "mar aberto" . É o mesmo que "bar aberto" mas ...deixado o mar ao acaso para quem quiser
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 13691
  • Recebeu: 3091 vez(es)
  • Enviou: 3604 vez(es)
  • +2283/-5726
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2440 em: Dezembro 22, 2021, 08:30:34 am »


Agora é que vai ser! Fragatas a montes!!!💪💪💪💪💪💪💪
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1975
  • Recebeu: 338 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +31/-40
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2441 em: Dezembro 22, 2021, 08:40:35 am »
Agora é que vai ser! Fragatas a montes!!!💪💪💪💪💪💪💪
Lá se vai o dinheiro para os F-35...

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 9388
  • Recebeu: 4607 vez(es)
  • Enviou: 3337 vez(es)
  • +4398/-1004
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2442 em: Dezembro 22, 2021, 08:50:38 am »
Agora é que vai ser! Fragatas a montes!!!💪💪💪💪💪💪💪
Lá se vai o dinheiro para os F-35...

Cumprimentos,

Entre F35 e novas Fragatas, seria a escolha correcta comprar as fragatas!

Não tivessem estourado 827 milhões em cinco aeronaves de transporte táctico e já teriam verba para avançar com a versão Viper de vinte e oito F's, fazer upgrades à séria nas vinte e nove aeronaves de mais três ESQ, e ainda reforçar a verba, os tais 53 milhões, para a aquisição dos EvaKuativos !!

A opção 390 pura e simplesmente privou a FAP de verba para os upgrades que referi, mas quem tomou essa decisão de certeza que está a acautelar o seu futuro mas não acautelou de forma alguma, aliás até prejudicou, e de que maneira, a operacionalidade de cinco ESQ da FAP.

Os outros Ramos, especialmente a Marinha, necessitam de investimentos, pelo menos, proporcionais aos ultimamente aplicados na FAP, senão vejamos o que está em falta, ou muito atrasado em termos de decisão/aquisição, na Marinha:

- A escolha do modelo das novas fragatas já vem atrasada a classe VdG não justifica com 30 anos de serviço o investimento em melhorias de fundo;
- A aquisição do novo AOR que já devia ter acontecido quando o Berrio foi abatido;
- O inicio da construção dos restantes NPO,  que já deveria ter começado, bem como já deveria haver decisão em reduzir o numero destas unidades usando a verba remanescente a favor das unidades de combate e/ou reforço dos sistemas de radar e combate das unidades existentes e a construir;
- A escolha do modelo para substituir as classes Argos e Centauro deveria estar decidida;
- A colocação ao serviço dos Tejo que estão a fazer figura de corpo presente na BNL;
- A compra de VBL para o CF deveria ter ocorrido há anos assim como a compra da nova espingarda, e restante armamento  colectivo;
- O Reforço do numero de Helis com pelo menos mais duas/três aeronaves.

Na realidade, o actual CEMA não acautelou nenhuma destas lacunas.

A Marinha necessita de se reequipar urgentemente  !!!!

Abraços
« Última modificação: Dezembro 22, 2021, 09:55:43 am por tenente »
Quando um Povo/Governo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Pescador

*

MATRA

  • Analista
  • ***
  • 873
  • Recebeu: 617 vez(es)
  • Enviou: 849 vez(es)
  • +64/-17
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2443 em: Dezembro 22, 2021, 12:22:55 pm »


Agora é que vai ser! Fragatas a montes!!!💪💪💪💪💪💪💪

Espero que seja tão bom para a Marinha quanto foi em organizar o caos que era o nosso processo de vacinação quando comandado por "boys". A Armada, como dizem há muito os foristas cá do burgo, infelizmente, já não tem margem de manobra.

Deixo aqui as palavras do Almirante Melo Gomes:
Citar
...É respeitado na Marinha por quem não teme competência e odiado pelos que se acomodam às conveniências e aos lugares
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Viajante, JohnM

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2934
  • Recebeu: 1641 vez(es)
  • Enviou: 791 vez(es)
  • +2687/-2475
Re: A Marinha Portuguesa e o Zero Naval !
« Responder #2444 em: Dezembro 22, 2021, 12:31:09 pm »


Agora é que vai ser! Fragatas a montes!!!💪💪💪💪💪💪💪

Espero que seja tão bom para a Marinha quanto foi em organizar o caos que era o nosso processo de vacinação quando comandado por "boys". A Armada, como dizem há muito os foristas cá do burgo, infelizmente, já não tem margem de manobra.

Deixo aqui as palavras do Almirante Melo Gomes:
Citar
...É respeitado na Marinha por quem não teme competência e odiado pelos que se acomodam às conveniências e aos lugares

Uma coisa é certa, para além de ser muito respeitado e considerado dentro das FA, também o é fora das FA e isso tem muito peso. De certeza que as palavras que proferir não vão caír em saco roto, porque a população reconhece-lhe mais competência que ao actual PM e provavelmente tb ao PR, não tenho grandes dúvidas!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente