Operações Especiais do Exército Português

  • 37 Respostas
  • 10462 Visualizações
*

Castro Santos

  • Membro
  • *
  • 41
  • Recebeu: 8 vez(es)
  • +0/-0
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #30 em: Dezembro 02, 2020, 08:00:42 pm »
Têm formação paraquedista? No vídeo aparecem a saltar de paraquedas de abertura manual.
Se sim, é formação obrigatória?
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1202
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #31 em: Dezembro 02, 2020, 08:26:12 pm »
Qualquer Ranger depois do COE vai ao Regimento de Paraquedistas fazer o Curso de Paraquedismo Militar.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4375
  • Recebeu: 2748 vez(es)
  • Enviou: 4873 vez(es)
  • +4002/-146
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #32 em: Dezembro 02, 2020, 08:38:29 pm »
Acho que o Carlos Santos se referia aos JTAC da FAP.
Talent de ne rien faire
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9027
  • Recebeu: 1318 vez(es)
  • Enviou: 1457 vez(es)
  • +186/-61
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #33 em: Dezembro 02, 2020, 11:33:28 pm »
A revista em questão que eu referi é esta
https://issuu.com/herminiolopes/docs/ponto_de_reuniao

Em relação a pessoal do exército sei que já ouve exercícios entre JTAC da FAP e os observadores de artilharia do exército, talvez mais para cada força ver como é que os outros trabalham, há sempre algo a aprender pois nem tudo é igual.

Acho que um problema destes cursos no exército ser dado a oficiais é que tenho a ideia que eles não ficam muito tempo no mesmo sítio, ou são promovidos, ou são transferidos, etc.
Pelo menos quando a força ainda está a ser criada uma parte do pessoal formado tem que permanecer em funções e ser o núcleo da nova força, formar novos elementos, etc.

Em relação ao problema da manutenção das qualificações, os da FAP têm mantido, os do exército é que também têm que estar disponíveis para participar nos exercícios da FAP, é claro que se o exercito quiser fazer um exercício CAS com F-16 para os seus JTAC sem que isso esteja planeado pela FAP, alguém têm que pagar esse voo que não estava planificado. Não sei se a FAP faz questão de adquirir o Super Tucano por causa disso, que nem é problema da FAP lol, ou o exército quer Super Tucano? Acho que as coisas se resolvem se as pessoas se entenderem, é uma questão de coordenação.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9027
  • Recebeu: 1318 vez(es)
  • Enviou: 1457 vez(es)
  • +186/-61
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #34 em: Dezembro 02, 2020, 11:51:49 pm »
Entre uma certificação JTAC e a formação "tipo" de um graduado do exercito deve estar as dos OE - i.e., os operadores das OE não terão a "expertise" dos JTAC mas têm de certeza competências  (e equipamento) "muito acima da média", suficientes em caso de necessidade...

Não faço ideia de qual é a formação de OE em relação a este assunto, mas "em caso de necessidade" também qualquer pessoa pega na espingarda do sniper e dá uns tiros...

... Não sei é se acerta à primeira.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Castro Santos

  • Membro
  • *
  • 41
  • Recebeu: 8 vez(es)
  • +0/-0
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #35 em: Dezembro 09, 2020, 07:25:49 pm »
Citar
Qualquer Ranger depois do COE vai ao Regimento de Paraquedistas fazer o Curso de Paraquedismo Militar.

Referia-me aos elementos da FAP e não das OE.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1202
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #36 em: Dezembro 09, 2020, 08:21:04 pm »
Citar
Qualquer Ranger depois do COE vai ao Regimento de Paraquedistas fazer o Curso de Paraquedismo Militar.

Referia-me aos elementos da FAP e não das OE.

Estás a falar deste video?


Saltaram...mas saltaram em tandem. :mrgreen:


O salto tandem é uma das capacidades que o BOAT da Brigada de Reacção Rápida tem e que pode ser usada para inserir pessoal não pára-quedista num determinado local não acessível de outro modo.

https://www.operacional.pt/efeitos-fisiopatologicos-das-missoes-soga/
« Última modificação: Dezembro 09, 2020, 09:44:02 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8686
  • Recebeu: 4023 vez(es)
  • Enviou: 2824 vez(es)
  • +4002/-551
Re: Operações Especiais do Exército Português
« Responder #37 em: Maio 08, 2021, 08:08:49 pm »
ORION 21 - Força de Operações Especiais treina na região da Bemposta - Abrantes

Os militares de Operações Especiais têm vindo a desenvolver ações de treino, aconselhamento e assistência, com o objetivo de certificar o contributo do Exército para a Componente de Operações Especiais do biénio 2021-2022.

Dos meios empenhados, destacam-se as Viaturas Táticas Ligeiras Blindadas VAMTAC ST5 e a TP1 POLARIS MV850, assim como a metralhadora ligeira FN MINIMI 5.56 MK3, recentemente adquirida pelo Exército Português.

"QUE OS MUITOS POR SER POUCOS NAM TEMAMOS"




https://www.facebook.com/ExercitoPortuguesPRT/videos/487954692422862/?t=21

Abraços
« Última modificação: Maio 08, 2021, 08:15:02 pm por tenente »


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW