Plataforma Naval Multifuncional

  • 1792 Respostas
  • 203994 Visualizações
*

asalves

  • Investigador
  • *****
  • 1254
  • Recebeu: 523 vez(es)
  • Enviou: 150 vez(es)
  • +366/-143
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #510 em: Fevereiro 13, 2023, 12:43:52 pm »
Pelas respostas no twitter parece que existe um pouco de confusão no twitt referente à apresentação do projeto, acho que o projecto a apresentar será o Navio propriamente dito, essa imagem deverá ser de um outro projecto ou apresentação de conceito/ideia.

Esperemos para dia 14 pela confirmação.

De referir:
Que na imagem apresentada parece uma ilha mas pode ser mau grafismo e representar as instalações navais de TROIA.
Na mesma imagem vem referencia à sigla CEOM - Centro experimentação Operacional da Marinha, localizado em TROIA e vem a referencia ao logo de uma empresa Portuguesa fundada em 2021 blueOASIS (https://blueoasis.pt/), esta empresa é recente e pequena, e pelo que percebi usam da tecnologia para encontrar diferentes soluções para problemas relacionados com estruturas marítimas (Energia eolica, embarcações, deteção passiva subaquática,... ). Daí achar que a imagem em questão pode ter saído de um estudo preliminar de algum projecto de investigação ou algum conceito.

De referir também, que se fala em "Ilha “Infante D. Henrique"", pode ser uma má referencia à Zona Livre Tecnológica "Infante D. Henrique" que está englobada no CEOM.
https://www.portugal.gov.pt/pt/gc23/comunicacao/noticia?i=zona-livre-tecnologica-da-marinha-em-troia-vai-promover-o-desenvolvimento-tecnologico-
https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Nota-de-agenda-Infante-D--Henrique-ser%C3%A1-a-primeira-Zona-Livre-Tecnologica-em-Portugal.aspx
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 835
  • Recebeu: 378 vez(es)
  • Enviou: 1887 vez(es)
  • +1034/-197
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #511 em: Fevereiro 13, 2023, 01:16:00 pm »
Vou esperar pela apresentação para formular conclusões.

Preocupa-me mais o facto de irmos desperdiçar um cheque superior a  100milhoes para um hidrográfico novo, ao tentar forçar a transformação de um hidrográfico em bimby naval.

Parece-me relevante também perceber que estes projetos ao abrigo de verbas do PRR não podem ser aplicadas em navios militares. Considero positivo por isso que a Marinha ou o Governo, procure captar este tipo de verbas para a melhoria de estruturas e a investigação cientifica, tecnológica e novos meios (que julgo ser esse o intuito de Troia).

Outra questão totalmente diferente é a transformação da Marinha de Guerra em Marinha Mercante com o desinvestimento do país em meios de soberania capazes. 
Neste caso estamos a falar de verbas do PRR, ninguém espere que vamos comprar fragatas com esse dinheiro.
 

*

Visitante123

  • Especialista
  • ****
  • 1069
  • Recebeu: 352 vez(es)
  • Enviou: 198 vez(es)
  • +56/-142
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #512 em: Fevereiro 13, 2023, 01:50:11 pm »
Vamos esperar pelas características da ilha e a localização e os objetivos antes de a criticar.

Sim. Porque isto é que faz falta.

Apoiem!

Lá vamos nós outra vez! Amanhã já podem dizer mal outra vez da Marinha (que ela bem merece), mas criticar o que não se conhece não faz muito sentido.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 9144
  • Recebeu: 4457 vez(es)
  • Enviou: 793 vez(es)
  • +5131/-852
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #513 em: Fevereiro 13, 2023, 02:51:30 pm »
Vou esperar pela apresentação para formular conclusões.

Preocupa-me mais o facto de irmos desperdiçar um cheque superior a  100milhoes para um hidrográfico novo, ao tentar forçar a transformação de um hidrográfico em bimby naval.

Parece-me relevante também perceber que estes projetos ao abrigo de verbas do PRR não podem ser aplicadas em navios militares. Considero positivo por isso que a Marinha ou o Governo, procure captar este tipo de verbas para a melhoria de estruturas e a investigação cientifica, tecnológica e novos meios (que julgo ser esse o intuito de Troia).

Outra questão totalmente diferente é a transformação da Marinha de Guerra em Marinha Mercante com o desinvestimento do país em meios de soberania capazes. 
Neste caso estamos a falar de verbas do PRR, ninguém espere que vamos comprar fragatas com esse dinheiro.

Exacto, deparamo-nos com invenção atrás de invenção, para decidir algo simples, como um hidrográfico com convés de voo.

Quanto à ilha, a única coisa que me ocorre, é uma plataforma para manter no rio Sado, como extensão do ponto de apoio naval, ou, no máximo, algures na costa algarvia, onde as águas possam ser mais permissivas.

Dependendo de como funciona, e das intenções, poderia, hipoteticamente, ser bom (ainda por cima financiado pela UE) se é realmente para melhorar as condições no Centro de Tróia, permitindo descentralizar a Marinha do Alfeite (e criando mais espaço para a evolução do AA), ao colocar também navios neste novo local.

Mas lá está, a questão é mesmo perceber se esta "obra" seria uma plataforma flutuante no Sado, e não uma invenção para espetar no meio do Atlântico.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5959
  • Recebeu: 6154 vez(es)
  • Enviou: 4092 vez(es)
  • +10098/-2672
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #514 em: Fevereiro 13, 2023, 08:30:31 pm »
Entretanto, durante o fim-de-semana e dia de hoje, têm surgido relatos contraditórios sobre aquilo que será de facto apresentado amanhã pela Marinha, apontando praticamente todos neste momento para que seja a Bimby Naval, e não a tal de "Ilha Infante D. Henrique".

Seja como for, também já não faltará muito para saber quem terá razão.
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1703
  • Recebeu: 582 vez(es)
  • Enviou: 182 vez(es)
  • +331/-192
 

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1703
  • Recebeu: 582 vez(es)
  • Enviou: 182 vez(es)
  • +331/-192

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1703
  • Recebeu: 582 vez(es)
  • Enviou: 182 vez(es)
  • +331/-192

*

Drecas

  • Investigador
  • *****
  • 1703
  • Recebeu: 582 vez(es)
  • Enviou: 182 vez(es)
  • +331/-192
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #518 em: Fevereiro 14, 2023, 08:07:46 pm »
https://twitter.com/Defence360/status/1625584738730663958?s=20&t=tFjC7hDGpoTFUC8piuiQQw

O famoso MQ-9 Predator da Marinha Portuguesa

Atualmente a Marinha opera 20 aeronaves, a Força Aérea outros 20 e o Exército mais 20
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 5959
  • Recebeu: 6154 vez(es)
  • Enviou: 4092 vez(es)
  • +10098/-2672
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #519 em: Fevereiro 14, 2023, 09:13:36 pm »
Entretanto, durante o fim-de-semana e dia de hoje, têm surgido relatos contraditórios sobre aquilo que será de facto apresentado amanhã pela Marinha, apontando praticamente todos neste momento para que seja a Bimby Naval, e não a tal de "Ilha Infante D. Henrique".

Seja como for, também já não faltará muito para saber quem terá razão.

Sempre se tratou da apresentação da Bimby Naval...
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 2357
  • Recebeu: 583 vez(es)
  • Enviou: 475 vez(es)
  • +845/-832
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #520 em: Fevereiro 14, 2023, 10:38:57 pm »
Pois, a apresentação da versão 2023. Que a 2022 não conseguiram ninguém interessado em construir. Cá estaremos para ver a versão 2024...

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 835
  • Recebeu: 378 vez(es)
  • Enviou: 1887 vez(es)
  • +1034/-197
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #521 em: Fevereiro 15, 2023, 09:10:56 am »
Portanto mais do mesmo....

Olhando para o mockup que existia anteriormente e a maquete das fotos de ontem são iguais.
Duvido muito que com 112Milhões se consiga construir o navio até 2026 (período em que todos os projetos do PRR tem que estar terminados).

Ou o Alm. Gouveia e Melo move influencias junto do PS (que deverá ser o partido que o apoiará nas próximas presidenciais) e o Governo suporta o restante do financiamento ou será só mais uma ideia engraçada.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 8976
  • Recebeu: 3473 vez(es)
  • Enviou: 1025 vez(es)
  • +4074/-6555
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #522 em: Fevereiro 15, 2023, 09:30:40 am »
Mais ideias extravagantes e "wild" do Picas. Quem serviu com o senhor diz que sempre foi assim. Ideias da treta que tinham de funcionar à força porque o senhor dizia. Portanto quando andavam muitos a ter o exelentissimo como profeta sempre avisei cuidado.  ;)



Mas é porreiro este rol de loucuras. Depois da Bimby naval segue-se uma espécie de ilha.  :mrgreen: Mas estou convicto que a grande pegada do picas na marinha será a futura base naval D. Sebastião, na Lua.  :mrgreen:


Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Visitante123

  • Especialista
  • ****
  • 1069
  • Recebeu: 352 vez(es)
  • Enviou: 198 vez(es)
  • +56/-142
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #523 em: Fevereiro 15, 2023, 09:43:22 am »
Mais ideias extravagantes e "wild" do Picas. Quem serviu com o senhor diz que sempre foi assim. Ideias da treta que tinham de funcionar à força porque o senhor dizia. Portanto quando andavam muitos a ter o exelentissimo como profeta sempre avisei cuidado.  ;)



Mas é porreiro este rol de loucuras. Depois da Bimby naval segue-se uma espécie de ilha.  :mrgreen: Mas estou convicto que a grande pegada do picas na marinha será a futura base naval D. Sebastião, na Lua.  :mrgreen:


Saudações

Aparentemente as únicas diferenças é que esta versão tem a pista até à popa, sem o guindaste e sem zona alagável. De resto não é nada que faça sentido anunciar uma segunda vez.
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
Re: Plataforma Naval Multifuncional
« Responder #524 em: Fevereiro 15, 2023, 10:49:43 am »
Citação de: Defence 360°
O porta-drones, ou 'Plataforma Naval Multifuncional' pensado pela 🇵🇹
@MarinhaPT, nas versões de 2022 e 2023. Não encontro diferenças significativas. A apresentação na BNL foi um mero exercício de propaganda destinado a retratar a
@MarinhaPT como uma força moderna e inovadora.

Mais ideias extravagantes e "wild" do Picas. Quem serviu com o senhor diz que sempre foi assim. Ideias da treta que tinham de funcionar à força porque o senhor dizia. Portanto quando andavam muitos a ter o exelentissimo como profeta sempre avisei cuidado.  ;)

Mas é porreiro este rol de loucuras. Depois da Bimby naval segue-se uma espécie de ilha.  :mrgreen: Mas estou convicto que a grande pegada do picas na marinha será a futura base naval D. Sebastião, na Lua.  :mrgreen:

Saudações

Mafets no ano passado já o navio tinha sofrido alterações em comparação com os primeiros rascunhos.





O CEOM já existe à vários anos!

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Dois-anos-do-Centro-de-Experimentacao-Operacional-da-Marinha-.aspx

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Nota-de-agenda-Infante-D--Henrique-ser%C3%A1-a-primeira-Zona-Livre-Tecnologica-em-Portugal.aspx

A única coisa que se aproveita é isto:



https://www.kongsberg.com/globalassets/maritime/km-products/documents/seaglider_product_specification.pdf?_t_id=fbjsDYnj0_7Y1tfIMeJiRA%3d%3d&_t_uuid=iKHXpuodRLOcuXOFhhVT2w&_t_q=Seaglider_product_specification.pdf&_t_tags=language%3aen%2csiteid%3a24c9be7d-c7a0-47ff-9aff-d09ef8b15bbc%2candquerymatch&_t_hit.id=KongsbergMaritime_Web_Models_Media_Document/_a71971f0-95d5-4d51-9afc-e6a5b4ae67a4&_t_hit.pos=1

« Última modificação: Fevereiro 15, 2023, 11:05:36 am por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.