Reservas de Ouro de Portugal

  • 43 Respostas
  • 11075 Visualizações
*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1930
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 454 vez(es)
  • +26/-30
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #30 em: Março 18, 2021, 12:49:17 pm »
Quanto ao emprestar 17 toneladas de ouro (?), quem foi o burro que disse que sim? E quanto é que apostam que foi mais uma decisão tomada para o ego, com a "condição" de "dizer que o ouro é português"?  ::)
dc, isso é a assumir que não foi de propósito. Poderia ter sido muito bem uma jogada planeada para ajudar um amigo ou para proveito próprio.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: legionario, dc, Viajante

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5350
  • Recebeu: 1690 vez(es)
  • Enviou: 424 vez(es)
  • +346/-247
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #31 em: Março 18, 2021, 02:22:03 pm »
Mas não foi isso que fizeram os nossos governos, quase metade das nossas reservas de ouro estão no Reino Unido. Aliás, o Reino Unido tem mais ouro nosso que o nosso Banco de Portugal...... já para não falar do nosso ouro que financiou a Revolução Industrial..........

O que estão a fazer os outros países...... a Alemanha por exemplo está a repatriar a muito custo, o seu ouro de volta para a Alemanha (estava grande parte nos EUA): https://www.dinheirovivo.pt/economia/alemanha-quer-o-ouro-de-volta-bunsdesbank-vai-repatriar-674-toneladas-12626055.html
https://www.ft.com/content/4edf00ee-a43c-11e7-8d56-98a09be71849

Não vejo nenhum motivo para estar lá fora.... ainda para mais e como o DC refere, o ouro estar lá fora é mais fácil vendê-lo!!!!!!!

Como o Legionário referiu e já confirmei, em 1913, Portugal tinha 19 toneladas de ouro..... por volta do 25 de Abril, o Banco de Portugal tinha mais de 800 toneladas de ouro!!!!!! Neste momento restam-nos 382,5 toneladas de ouro, sendo que a maioria está no estrangeiro, quase todo em Inglaterra, como coloquei nuns posts mais a cima!

A história da Drexel e do investimento do ouro da Drexel ......... faz lembrar os aforradores que investiram no BES e ficaram a olhar para as mãos!!!!!!!!

Sim, a "lógica" a que me refiro, é apenas numa perspectiva estratégica, de em caso de necessidade extrema, como uma catástrofe ou guerra, partes das reservas do ouro não estarem na totalidade num local que pudesse ser afectado por um destes acontecimentos. Óbvio que depois há prós e contras. À cotação actual, são mais de 21 mil milhões de dólares (e já foi mais do dobro), tudo isto em território nacional, era razão suficiente para uma invasão. Sendo este um país com FAs precárias (e sempre foi, desde há séculos para cá), o invasor se calhar até lucrava com a invasão.  ::)

Com a NATO, a probabilidade de uma invasão "à antiga" reduz-se muito, logo se calhar não há necessidade de distribuir o ouro.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Viajante

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4417
  • Recebeu: 2781 vez(es)
  • Enviou: 5038 vez(es)
  • +4226/-147
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #32 em: Março 19, 2021, 07:21:52 am »
Como é que os desgraçados do Cavaco e do Tavares Moreira podiam adivinhar que o beneficiário do empréstimo ia abrir falência no dia seguinte? Olha que é preciso azar, irra! Mas ao menos serviu de lição aos pobres coitados, que nunca mais se envolveram em escândalos bancários.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Viajante

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2573
  • Recebeu: 1306 vez(es)
  • Enviou: 625 vez(es)
  • +2388/-1264
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #33 em: Março 19, 2021, 11:27:27 am »
Como é que os desgraçados do Cavaco e do Tavares Moreira podiam adivinhar que o beneficiário do empréstimo ia abrir falência no dia seguinte? Olha que é preciso azar, irra! Mas ao menos serviu de lição aos pobres coitados, que nunca mais se envolveram em escândalos bancários.

Infelizmente o Banco de Portugal tem tido governadores que nada viram ou nada fizeram, apesar de que até fim de Fevereiro de 2014 (a partir de 1 de Março de 2014, compete ao BCE controlar o que fazem os maiores bancos com activos superiores a 30 mil milhões de euros), competia ao Banco de Portugal a supervisão bancária. Nós temos 5 bancos com activos superiores a 30 mil milhões de euros e passam a estar sob a alçada do BCE (CGD, BCP, Novo Banco, Santander-Totta e BPI).

Tivemos o Carlos Costa que nos brindou com a maravilhosa resolução do BES e do Banif, mas antes dele por exemplo tivemos o Vitor Constãncio que era o Governador quando se deram as falências do BPN, BPP. O caso do Vitor Constãncio é mais estranho ainda porque ele estava a par e autorizou o financiamento do mecenas Berardo e outros empresários falidos a comprarem acções do BCP com empréstimos na CGD e do próprio banco.......
O próprio Cavaco Silva passou pelo Banco de Portugal, assim como o Constâncio ainda nos anos 80.....

Estas promiscuidades (por falar nisso é engraçado ver agora um ex-Ministro das Finanças a ser o actual Governador do Banco de Portugal, supostamente com independência política dos partidos....... seguindo as regras do próprio BCE.........) custaram-nos cerca de 30 mil milhões de euros e não sei se aprendemos alguma coisa, porque quando esta crise pandémica passar, a económica vai abater-se sobre o país e não sabemos que e quantas empresas vão sobreviver a esta catástrofe. Nessa altura os bancos vão ficar novamente aflitos. Vamos novamente correr a salvar os bancos?

Mas agora o governo até diversifica a caridade e já salvamos empresas que até eram na sua maioria privadas como a TAP e agora vai ser a Groundforce e com as quais secalhar vamos gastar o mesmo que gastaríamos com um novo aeroporto de raíz e sem apeadeiros!!!!!!!

Infelizmente estas catástrofes são transversais a qualquer partido, já que todos eles têem elementos chave a gerirem essas empresas!!!!
« Última modificação: Março 19, 2021, 11:30:02 am por Viajante »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: legionario

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1136
  • Recebeu: 117 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +81/-235
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #34 em: Março 19, 2021, 02:23:17 pm »
Penso que a "lógica" por trás de ter parte das reservas de ouro no estrangeiro, é que em caso de necessidade de se usar estas reservas para alguma emergência (esforço de guerra ou catástrofe natural), o ouro não estar todo no mesmo sítio. Se é o certo a fazer ou não, não sei, não faço a mínima ideia de como os outros países fazem com o seu.

Mas também vivemos numa autêntica república das bananas, é tão seguro ter o dinheiro/ouro cá ou lá fora.

Quanto ao emprestar 17 toneladas de ouro (?), quem foi o burro que disse que sim? E quanto é que apostam que foi mais uma decisão tomada para o ego, com a "condição" de "dizer que o ouro é português"?  ::)

E se o conflito ou o diferendo  for com um dos países que "guarda" o ouro português ?  O Reino Unido (o caro Viajante evocou, e bem, o Brexit) é a melhor solução para guardar o ouro português ?
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 2278
  • Recebeu: 245 vez(es)
  • Enviou: 54 vez(es)
  • +299/-4726
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #35 em: Março 19, 2021, 02:28:48 pm »
Ao pesquisar pelos tópicos de Economia, encontrei este relativo às reservas de ouro do país, e principalmente a preocupação do lugar onde ele é guardado.

O valor mantém-se desde o início do tópico em 382,5 toneladas.

Os locais onde ele está guardado são as seguintes (382.484,49Kg de ouro de Portugal ou 12.297.162 troy ounce):
- Banco de Portugal = 5.549.245 toz ou 172.600,81Kg (45,13% da reserva);
- Banco de Inglaterra = 5.988.932 toz ou 186.276,61Kg (48,7% da reserva);
- Banco Internacional de Pagamentos = 640.658 toz ou 19.926,69Kg (5,21% da reserva);
- Reserva Federal dos EUA = 118.327 toz ou 3.680,38Kg (0,96% da reserva)

A maior parte está depositada em Inglaterra!!!! Talvez por serem os nossos mais antigos aliados!

A nossa reserva junto do BCE ultrapassa os 177 milhões de euros, relativos a 1,6367% do capital do BCE.

Em relação ao próprio Banco de Portugal, dados interessantes, retirados do Relatório de Gestão de 2018 (https://www.bportugal.pt/publications/banco-de-portugal/all/112) página 94:
- O BP teve um lucro em 2018 de 806 milhões de euros;
- O BP tem um total de balanço ou do activo de 158 mil milhões de euros!!!!!!
- O BP tinha activos líquidos de quase 36 mil milhões de euros e só 13,7 mil milhões são relativos às reservas de ouro!

Conclusão: Esperar que nunca privatizem o Banco de Portugal, já que este gere reservas muito grandes de divisas e também de ouro!!!!

https://www.jornaldenegocios.pt/mercados/detalhe/onde_esta_guardado_o_ouro_do_banco_de_portugal
https://www.bportugal.pt/

Parte das reservas de Ouro encontram-se no estrangeiro por questões estratégicas.

Em caso de conflito ou desastre,... é mais fácil vender o Ouro que está no exterior ou este servir como pagamento para alguma coisa do que ter deslocar o mesmo por via aerea/terrestre/marítima

Normalmente este também se encontra em centros/caixas forte partilhados por outros países, ou seja se Portugal quiser vender ouro a outro Pais da Europa a venda é simples e rápida.

Outra questão interessante que foi levantada durante a crise é que o Governo não pode vender o Ouro nem ficar com os lucros do mesmo. É o BdP o verdadeiro dono do ouro e é este o único que pode decidir vender. Teoricamente se o BdP decidisse vender o Ouro o governo tinha que esperar pela distribuição de dividendos para ver algum dinheiro da venda do Ouro.

Outra curiosidade estamos no TOP15 (TOP 13 usando outra formula) dos países no mundo com mais reservas de ouro, no passado antes do 25 de Abril e e da guerra éramos um dos países com mais reservas de ouro.

Como é que vocês são capazes de dar com a lingua nos dentes isso é segredo, seus traidores, se o Mamadu Ba e a Joacine Katar vêm a saber desse ouro, não vamos ficar nem com uma barra se quer. :-P ;D
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, legionario

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1136
  • Recebeu: 117 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +81/-235
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #36 em: Março 19, 2021, 02:35:42 pm »
Sobre a importância do ouro na atualidade , uma perspetiva que contraria o Keynes (cujas teorias são ensinadas em todas as universidades do mundo) e que classificou o ouro como sendo uma relíquia barbara).
Este vídeo tem a vantagem de ser em inglês e francês, com legendas. Presumo que todos os membros deste Forum conhecem pelo menos duas ou três línguas.

« Última modificação: Março 19, 2021, 02:36:52 pm por legionario »
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Viajante

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2573
  • Recebeu: 1306 vez(es)
  • Enviou: 625 vez(es)
  • +2388/-1264
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #37 em: Março 24, 2021, 04:50:06 pm »
Sobre a importância do ouro na atualidade , uma perspetiva que contraria o Keynes (cujas teorias são ensinadas em todas as universidades do mundo) e que classificou o ouro como sendo uma relíquia barbara).
Este vídeo tem a vantagem de ser em inglês e francês, com legendas. Presumo que todos os membros deste Forum conhecem pelo menos duas ou três línguas.


Confesso que vejo o ouro como mais um activo, apesar de reconhecer a sua estabilidade (a longo prazo) e pelo facto de ser mais difícil a sua venda.
Por falar em venda, o objectivo dos diversos governadores (filiados em partidos), foi no sentido de desfazerem-se do ouro e depois distribuírem em dividendos ao governo!!!!!!

Em relação à posse de reservas de ouro, há países que reduziram os seus activos em ouro, por exemplo a Inglaterra reduziu substancialmente as suas reservas e tem neste momento menos ouro do que Portugal...... mas tem à sua guarda bastante ouro, como quase metade de todas as reservas de Portugal!!!!!!

Quanto ao Banco de Portugal, o ouro representa menos de 50% de todos os activos que possui e que ascendiam no fim de 2019 a mais de 36 mil milhões de euros. Esperar que o governo não rebente com as reservas..... está lá o Centeno!!!!!

O que questiono é o facto de grande parte dos 36 mil milhões estarem fora do país!!!!!
O DC referiu a possibilidade de por si só ser motivo de sofrermos uma invasão que sairia barato face às reservas!? Talvez, mas resta defendermo-nos!!!!!!

A título de comparação, o Banco Central Espanhol tem reservas de ouro mais baixas do que nós e só 1/3 está em Espanha, 2/3 estão distribuídos entre Fort Knox, Londres e Basileia!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: legionario

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1136
  • Recebeu: 117 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +81/-235
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #38 em: Março 24, 2021, 06:09:04 pm »
O ouro é um ativo, claro  :)
Todos os países europeus venderam uma parte importante das suas reservas de ouro nos últimos anos, tivessem eles governos de esquerda ou de direita.
Os EUA não venderam uma grama.
A Rússia aumentou consideravelmente as suas reservas, assim como a India e a China.

Eu já escrevi neste Forum, não sei onde, que os meus conhecimentos em economia são do nível  senso comum ; não me arrisco muito a tirar conclusões sobre um tema com o qual não estou à vontade, no entanto acho que os nossos governantes têm a obrigação de saber antecipar situações menos boas.
Tradicionalmente, Portugal remedeia, não anticipa. Quando vemos, por ex. o esquema de Proteção Civil, ou de defesa civil das populações no nosso pais ,  é  =  a básico. A Merkel, em 2016, adotou um plano de defesa civil onde convida os cidadãos a ter reservas de mantimentos e outros em casa, para além de ter solicitado aos EUA o repatriamento do seu ouro...

Conservar o nosso ouro dentro das nossas fronteiras, que também são as fronteiras da UE e da OTAN, é ou seria, uma medida de previdência.
Mais uma vez insisto : o ouro português que se encontra no R.U. ou na FED, não o voltamos ver NUNCA !! Ao menos que consigamos guardar o que ainda temos em Portugal, se é que ainda o temos.
« Última modificação: Março 24, 2021, 06:10:05 pm por legionario »
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, Viajante

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2573
  • Recebeu: 1306 vez(es)
  • Enviou: 625 vez(es)
  • +2388/-1264
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #39 em: Março 28, 2021, 10:47:18 pm »
Um desafio ao Legionário (que tem um arquivo maior que o meu :)
Estou a tentar ver a quantidade de ouro que a Coroa portuguesa ganhava e quanto é que tinha o Brasil no momento da independência em 1822.

Factos interessantes, a coroa nacional e no século XVIII, ganhava no máximo 125 arrobas de ouro do Brasil (que eu presumo tenham ficado na sua maioria no Brasil em reinvestimentos). https://pt.wikipedia.org/wiki/Ciclo_do_ouro

Ora 125 arrobas a 15Kg dá 1 875Kg no seu pico (menos de 2 toneladas). Só a título de exemplo, actualmente o Brasil exporta cerca de 100 toneladas de ouro todos os anos!!!!!!! São só 50 vezes mais o que ganhava a coroa portuguesa!!!!!! Ou seja, o Brasil exporta o ouro que sái das suas minas como se de café ou soja, milho ou outro, questiona (algumas pessoas) o que é que fizemos com o ouro brasileiro (que na altura era nosso tal e qual como o ouro que saía das minas em território nacional), esse ouro que ganha a coroa representavam menos de 2 toneladas por ano e agora exportam 100 toneladas de ouro (só presenta quase o dobro das reservas de ouro do Banco do Brasil) e não se questionam o que fazem ao dinheiro e porque se desfazem dele? Estranho, muito estranho.

Outro aspecto para eu afirmar que o ouro não estaria aqui em Portugal: No início do Século XIX, Portugal foi invadido por Napoleão 3 vezes (franceses, espanhóis e até os ingleses que supostamente nos ajudavam.......). A coroa nacional partiu toda ela para o Brasil e parte só regressaria depois da independência do Brasil em 1822.

As minhas perguntas (ando à procura):
- Quanto ouro levou a coroa para o Brasil em 1807? Ficou algum em Portugal?
- Quanto ouro tinha a coroa no Brasil em 1822?

Sei, com a ajuda do legionário, que Portugal em 1913 tinha somente 19 toneladas de ouro!!!! Em 1974 chegamos a ter quase 900 toneladas....... agora restam-nos 382,5 toneladas!
Mas o Brasil tem só 67 toneladas de ouro no Banco Central e exporta 100 todos os anos!!!!!!!
« Última modificação: Março 28, 2021, 10:49:04 pm por Viajante »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2573
  • Recebeu: 1306 vez(es)
  • Enviou: 625 vez(es)
  • +2388/-1264
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #40 em: Março 29, 2021, 12:02:46 am »
As minhas perguntas (ando à procura):
- Quanto ouro levou a coroa para o Brasil em 1807? Ficou algum em Portugal?
- Quanto ouro tinha a coroa no Brasil em 1822?

Bom, depois de uma rápida pesquisa, fiquei a saber que em 1807, a Corte levou para o Brasil 15 000 pessoas e 80 milhões de cruzados de ouro/ou equivalente!!!!! Era só metade de toda a moeda a circular no país!!!!

Artigos interessantes:
https://www.revistamilitar.pt/artigo/257
https://www.publico.pt/2007/11/18/jornal/a-fuga-da-corte-238138

Se estou a interpretar correctamente, a corte levou o equivalente a 80 toneladas de ouro para o Brasil (se considerar a moeda cruzado novo de 1807 com pouco mais de 1 grama de ouro), em 1807, mais do que tem hoje o Banco do Brasil!!!!!!
Se estiver correcta a minha interpretação, pelo menos esse ouro desapareceu (metade do que tinha Portugal à altura), para além do ouro, prata, porcelana que levavam essas 15 000 pessoas. Também esvaziaram vários palácios (estiveram pelo menos 3 dias a esvaziar o conteúdo de vários palácios para levarem para o Brasil)!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 1136
  • Recebeu: 117 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +81/-235
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #41 em: Março 29, 2021, 12:23:07 pm »
Ainda bem que o caro Viajante encontrou as respostas às perguntas que me deixou  :D

As considerações historias que deixou têm, tal como todos os outros acontecimentos históricos, o seu lugar nos livros e registos e também nos museus.  Portugal, até hoje, ainda não recuperou dessas duas grandes tragédias do séc XIX, que foram as invasões francesas e a guerra civil. Muito menos recuperou de outras duas grandes tragédias, igualmente sangrentas no séc XX, que foram o regicídio e a descolonização. Não vale a pena ser "contra" ou a "favor"  ; aconteceu, ponto final, nada a fazer. Todas essas tragédias tiveram também como atores principais , pessoas do nosso sangue, que viviam entre nos, em suma : outros portugueses.  Da mesma maneira que o comércio triangular, teve como atores principais, para além dos europeus, os proprios chefes políticos das gentes que desse comércio foram vitimas.

Quanto às reservas de ouro nacionais, tema deste tópico, devemos também, para além do aspeto emocional, considerar os aspetos que têm a ver com a nova realidade em que Portugal se encontra inserido. Portugal já não é um pais independente ; faz parte de uma realidade politica que o ultrapassa : a UE.  Podemos ser favoráveis ou críticos, mas essa é a Realidade . Dentro desta nova Realidade devemos ser suficientemente humildes para reconhecer que Portugal tem um peso que corresponde à sua atual dimensão geográfica e demgrafica.  As reservas de ouro nacionais já não são um vetor que conte muito pois estão subordinadas a terceiros, inclusive e sobretudo ao BCE, logo,  já não são algo que conte muito para uma independência que já não existe.

Participar neste ou noutros tópicos é para mim mais uma forma de passar o tempo ; se por vezes "lucro" lendo pessoas que sabem mais do que eu sobre determinados assuntos, outras vezes fico aborrecido ou até mal-disposto ao ler alguns imbecis, gente estéril, "primos Basilios" , gente rancorosa e sem princípios.

Para concluir : decidi deixar de "pensar" tanto e de me dedicar mais ao meu tempo presente e a mim proprio. O ouro português, façam o que quiserem, a mesma coisa para a politica nacional ou internacional, estou-me a marimbar ! 
A minha "caravana" , aqueles de quem mais gostava, já passaram quase todos para o outro lado do rio, o ultimo dos quais foi-se ao meu lado sem que eu pudesse fazer alguma coisa por ele. Aguardo a minha vez, sem pressa mas também sem medo.  Tudo o resto , ouro, politica, UE, Otan, guerras e guerrinhas,  etc   :  que se amanhem ! 

Voltarei a este Forum quendo estiver mais bem disposto, entretanto e como ainda me faltam alguns anos para me reformar , vou bulir !
A pior das ditaduras é a que se disfarça de democracia
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Viajante

*

Daniel

  • Investigador
  • *****
  • 2278
  • Recebeu: 245 vez(es)
  • Enviou: 54 vez(es)
  • +299/-4726
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #42 em: Maio 13, 2021, 01:17:50 pm »
Ouro do Banco de Portugal brilha mais. Vale 19 mil milhões
https://eco.sapo.pt/2021/05/13/ouro-do-banco-de-portugal-brilha-mais-vale-19-mil-milhoes/
Citar
As 382,6 toneladas são as mesmas, mas "o seu valor em euros aumentou 14,3%". Ouro é, agora, o ativo com maior peso na carteira de ativos de investimento próprios do Banco de Portugal.

O Banco de Portugal não mexeu nas reservas de ouro, mas o seu valor disparou. Portugal mantém 382,6 toneladas deste metal precioso nos cofres, estando avaliadas em quase 19 mil milhões de euros.

“À semelhança dos anos anteriores, a quantidade de ouro detida pelo Banco não se alterou: 382,6 toneladas“, refere o Relatório do Conselho de Administração do Banco de Portugal.

Apesar de não ter havido qualquer alteração no montante de ouro detido, este valorizou. 2020, ano marcado pela crise pandémica, foi de forte valorização para o metal precioso: subiu 24,6%, em dólares, com os investidores a procurarem ativos de refúgio perante a forte volatilidade nos mercados de capitais.

Em euros, a subida do metal foi menos expressiva, mas houve uma forte valorização. As 382,6 toneladas são as mesmas, mas “o seu valor em euros aumentou 14,3%”, nota a entidade liderada por Mário Centeno


Atualmente, o ouro português está avaliado em 18.975 milhões de euros, acima dos 16.654 milhões a que estava avaliado um ano antes, sendo este o ativo com maior peso na carteira de ativos de investimento próprios do Banco de Portugal.

A 31 de dezembro de 2020, esta carteira “ascendia a 37.604 milhões de euros, mais 4,4% do que no ano anterior. Este acréscimo resultou do aumento do preço do ouro em euros, com efeitos na sua valorização, que se sobrepôs à redução do montante da carteira de investimento a vencimento”, refere o mesmo relatório.
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 2573
  • Recebeu: 1306 vez(es)
  • Enviou: 625 vez(es)
  • +2388/-1264
Re: Reservas de Ouro de Portugal
« Responder #43 em: Agosto 13, 2021, 05:04:29 pm »
O Ouro da Coroa de Portugal, Brasil e dos Algarves

Desde o tempo do descobrimento do Brasil, em 1500 até à independência em 1822, estima-se que tenham sido explorados cerca de 900 toneladas de ouro no Brasil (é difícil quantificar e estamos a falar do ouro que o fisco tinha conhecimento, tudo o resto era contrabando). A Coroa de Portugal, Brasil e Algarves (nome oficial, por exemplo, que o monarca D João VI utilizava, enquanto governava os territórios de toda a coroa a partir do Brasil) aplicava um imposto de 20% sobre todo o ouro declarado que era explorado nas minas brasileiras (pago em ouro obviamente), o que perfaz por alto um valor para a coroa nacional de 180 toneladas nestes 222 anos. O restante ouro era de quem o explorava. Outro pormenor importante, a coroa nacional, proibia a comercialização de ouro para fora do reino!!!

Em 1807 a corte com 15.000 pessoas levaram para o Brasil 50% de todo o ouro nacional, cerca de 80 milhões de cruzados de ouro (sensivelmente cerca de 80 toneladas de ouro).

Obviamente que em 1822 quando D. Pedro IV declarou a independência do Brasil, esse ouro nunca mais regressou a Portugal, ficou por lá.

De 1807 a 1915, sabe-se que Portugal tinha no início 160 toneladas de ouro (80 toneladas foram com a corte para o Brasil em 1807) + as riquezas particulares que entretanto foram saqueadas nas 3 invasões napoleónicas….. penosamente chegamos a 1915, como comprovou o caro Legionário, Portugal tinha nesse ano apenas 19 toneladas de ouro (em 1915) nos cofres do Banco de Portugal!!!!!

Portanto, quando os Brasileiros perguntam onde está o ouro do Brasil, convém referir vários factos:
- Os reis possuíam o título de Rei de Portugal, Brasil e Algarves e tudo o que cobravam e exploravam era da coroa;
- Como a coroa cobrava 20% de imposto (pago em ouro retirado das minas, acredito), significa que das cerca de 900 toneladas exploradas no Brasil, a corte ficou com 180 toneladas;
- Em 1807, a coroa de Portugal, Brasil e Algarves, tinha cerca de 160 toneladas de ouro. Metade deste ouro partiu para o Brasil, quando a coroa mudou-se de armas e bagagens para o Brasil (território da coroa, note-se). Ficaram em Portugal apenas 80 toneladas;
- Os exploradores de ouro do Brasil, com certeza que viveram no Brasil e investiram a enorme fortuna que exploraram, cerca de 720 toneladas (900 toneladas – 20% de imposto da coroa), no período que medeia entre 1500 e 1822. Esse ouro (720 toneladas + as 80 toneladas da coroa em fuga) foi para onde? Para Portugal não regressou, os números comprovam;
- E agora uma questão, passados quase 200 anos da independência, estão preocupados com 80 toneladas de ouro que a coroa ficou como imposto cobrado pela exploração do ouro e não se preocupam com o facto do Brasil neste momento ter dado a monopólio da exploração do ouro a empresas Canadianas?!?!?!?!
- Sabem os Brasileiros que todos os anos sai das minas do Brasil 100 toneladas de ouro que é exportado tal e qual como qualquer matéria-prima, como por exemplo o café?

Deixo um vídeo feito por um brasileiro que reflecte parte do que aqui afirmo. As restantes afirmações são minhas e com a ajuda do Legionário para descortinar de que quantidades de ouro estamos a falar:


Admito que possa ter imprecisões e alguém que possa ajudar eu agradeço, porque é uma nova área que tenho interesse saber, que é: o que aconteceu ao ouro português ao longo dos séculos.
« Última modificação: Agosto 13, 2021, 05:07:57 pm por Viajante »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW, legionario