Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'

  • 158 Respostas
  • 35025 Visualizações
*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 964
  • Recebeu: 735 vez(es)
  • Enviou: 914 vez(es)
  • +72/-18
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #90 em: Janeiro 08, 2020, 02:58:04 pm »
Para quem quiser acompanhar as movimentações aéreas.

https://global.adsbexchange.com/VirtualRadar/desktop.html#

basta ir: Menu (canto superior esquerdo) -> Options -> (Tab/separador) Filters -> active filter, e adicionar o military

É só C17, C130 e A400

Também um DC-10 (KC-10?) perto dos Açores, um C-130 a passar no Sul de Portugal, C-17s a sair dos EUA.
A Alemanha também vai ter algum tipo de participação? Há um A-400 a passar Grécia.

É no mínimo "interessante".

Os reabestecedores nos Açores (as mamadeiras como os terceirences os chamam  :)) são habituais nas Lajes.

O A400 germânico vai a caminho do Koweit ou da Jordania para onde foram evacuadas a maioria das tropas alemãs que estava no Iraque.
« Última modificação: Janeiro 08, 2020, 03:14:59 pm por MATRA »
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6336
  • Recebeu: 2596 vez(es)
  • Enviou: 564 vez(es)
  • +698/-492
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #91 em: Janeiro 08, 2020, 03:19:11 pm »
Faz sentido!

Já agora, sou o único a estranhar as nacionalidades dos ocupantes do avião que caiu? 63 canadenses que supostamente seriam estudantes de férias? Quer dizer, de todos os países que há no mundo, vão tirar férias no Irão?? E 3 britânicos e outros tantos alemães? 10 suecos??

Seriam os canadenses militares a sair do Iraque? Ou familiares dos militares Canadenses em visita aos respectivos? Será pessoal de imprensa?  Será pessoal das embaixadas? Acho muito estranho as nacionalidades, e os verdadeiros motivos de lá estarem. Não tinha conhecimento de que havia um turismo no Irão assim tão apelativo, a não ser que estes alemães, britânicos, etc fossem famílias Iranianas com dupla nacionalidade que foram apenas ao funeral ou algo do género.
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 3092
  • Recebeu: 1761 vez(es)
  • Enviou: 909 vez(es)
  • +2841/-2821
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #92 em: Janeiro 08, 2020, 03:28:32 pm »
Vídeo da queda do avião

 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6336
  • Recebeu: 2596 vez(es)
  • Enviou: 564 vez(es)
  • +698/-492
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #93 em: Janeiro 08, 2020, 03:33:23 pm »
Agora são 2 KCs a passar Portugal, um KC-10 e um 135. Estão a ir directamente para lá ou haverá aeronaves (caças, bombardeiros) a fazer aquele trajecto dos EUA até à zona do potencial conflito, mas que não aparecem no radar?
 

*

Lusitan

  • Analista
  • ***
  • 702
  • Recebeu: 331 vez(es)
  • Enviou: 300 vez(es)
  • +271/-168
  • Hic et Ubique
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #94 em: Janeiro 08, 2020, 04:04:08 pm »
Faz sentido!

Já agora, sou o único a estranhar as nacionalidades dos ocupantes do avião que caiu? 63 canadenses que supostamente seriam estudantes de férias? Quer dizer, de todos os países que há no mundo, vão tirar férias no Irão?? E 3 britânicos e outros tantos alemães? 10 suecos??

Seriam os canadenses militares a sair do Iraque? Ou familiares dos militares Canadenses em visita aos respectivos? Será pessoal de imprensa?  Será pessoal das embaixadas? Acho muito estranho as nacionalidades, e os verdadeiros motivos de lá estarem. Não tinha conhecimento de que havia um turismo no Irão assim tão apelativo, a não ser que estes alemães, britânicos, etc fossem famílias Iranianas com dupla nacionalidade que foram apenas ao funeral ou algo do género.

O Irão é um país com imensa história e locais lindissimos. O turismo histórico é uma boa fonte de receita para o governo iraniano.
Militares canadianos no Iraque não iam sair pelo Irão...
 

*

MATRA

  • Especialista
  • ****
  • 964
  • Recebeu: 735 vez(es)
  • Enviou: 914 vez(es)
  • +72/-18
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #95 em: Janeiro 08, 2020, 04:21:08 pm »
Agora são 2 KCs a passar Portugal, um KC-10 e um 135. Estão a ir directamente para lá ou haverá aeronaves (caças, bombardeiros) a fazer aquele trajecto dos EUA até à zona do potencial conflito, mas que não aparecem no radar?

Na primeira guerra do Golfo, amigos meus controladores aéreos de STA Maria (SMA), deram em doidos, porque os caças sem transponders, saíam dos seus corredores dedicados e iam de encontro aos KC´s sem aviso prévio, o que gerava o caos, penso que muitas vezes, senão a esmagadora maioria os caças e aviões de combate pura e simplesmente não aparecem.
“Hard times create strong men. Strong men create good times. Good times create weak men. And, weak men create hard times.”
G. Michael Hopf, Those Who Remain
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6336
  • Recebeu: 2596 vez(es)
  • Enviou: 564 vez(es)
  • +698/-492
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #96 em: Janeiro 08, 2020, 04:33:52 pm »
O Irão é um país com imensa história e locais lindissimos. O turismo histórico é uma boa fonte de receita para o governo iraniano.
Militares canadianos no Iraque não iam sair pelo Irão...

Como tantos países do mundo... Mas regra número 1 do turismo, não ir para um país em vias de conflito.

Na primeira guerra do Golfo, amigos meus controladores aéreos de STA Maria (SMA), deram em doidos, porque os caças sem transponders, saíam dos seus corredores dedicados e iam de encontro aos KC´s sem aviso prévio, o que gerava o caos, penso que muitas vezes, senão a esmagadora maioria os caças e aviões de combate pura e simplesmente não aparecem.

De facto não fazia grande sentido se enviassem um B-2 stealth mas depois aparecer nos radares "civis" e virtuais durante a deslocação até uma zona de conflito.  :mrgreen:
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6336
  • Recebeu: 2596 vez(es)
  • Enviou: 564 vez(es)
  • +698/-492
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #97 em: Janeiro 08, 2020, 04:46:56 pm »
Por agora não vai haver retaliação militar por parte dos americanos. O discurso do Trump pareceu-me mais para as próximas eleições do que outra coisa. Veremos.
 

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1167
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 130 vez(es)
  • +301/-140
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #98 em: Janeiro 08, 2020, 05:12:00 pm »
O Irão é um país com imensa história e locais lindissimos. O turismo histórico é uma boa fonte de receita para o governo iraniano.
Militares canadianos no Iraque não iam sair pelo Irão...

Como tantos países do mundo... Mas regra número 1 do turismo, não ir para um país em vias de conflito.

Na primeira guerra do Golfo, amigos meus controladores aéreos de STA Maria (SMA), deram em doidos, porque os caças sem transponders, saíam dos seus corredores dedicados e iam de encontro aos KC´s sem aviso prévio, o que gerava o caos, penso que muitas vezes, senão a esmagadora maioria os caças e aviões de combate pura e simplesmente não aparecem.

De facto não fazia grande sentido se enviassem um B-2 stealth mas depois aparecer nos radares "civis" e virtuais durante a deslocação até uma zona de conflito.  :mrgreen:

Isto é informação enviada pelos próprios aviões, não chega a ser bem radar, ou seja aqui só os aviões que se querem identificar ou algum que ficou esquecido (se é que isso acontece), e a informação é recolhida por antenas da comunidade, ou seja sobre o mar ou zonas de montanha ou sem recetores não aparece nada.
 

*

asalves

  • Especialista
  • ****
  • 1167
  • Recebeu: 492 vez(es)
  • Enviou: 130 vez(es)
  • +301/-140
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #99 em: Janeiro 08, 2020, 05:32:30 pm »
Uma das teorias:


8/1/2020  16:19
https://observador.pt/2020/01/07/irao-lanca-misseis-a-bases-dos-eua-no-iraque/
Citar
Irão falhou deliberadamente alvos norte-americanos na base do Iraque

O Irão terá falhado deliberadamente as localizações dos militares norte-americanos na base militar no Iraque que foi esta noite atingida por mísseis. Citando “fontes governamentais norte-americanas e europeias familiarizadas com dados dos serviços secretos”, a Reuters diz que o plano foi traçado para evitar mortes entre os militares dos Estados Unidos e, assim, prevenir uma crise entre os dois países.

Para além da Reuters, também o britânico The Guardian diz que os ataques iranianos foram planeados ao detalhe para não causar vítimas, segundo a análise do correspondente do jornal no Médio Oriente, Michael Safi.

“Os ataques iranianos às bases iraquianas na noite passada parecem ter sido cuidadosamente planeados para evitar baixas dos EUA e podem oferecer a ambos os lados um caminho para sair do impasse”, escreve Safi.

“Os ataques iranianos foram pesados ​​no simbolismo. Os mísseis foram lançados por volta das 13h30 no Iraque, aproximadamente ao mesmo tempo que o ataque de drones que matou Soleimani em Bagdad na manhã de sexta-feira. Os primeiros mísseis atingiram os seus alvos logo após o caixão do general iraniano ter tocado no chão na cidade de Kerman. A Guarda Revolucionária apelidado a operação de “Mártir Soleimani”. E distribuíram vídeos dos mísseis lançados para serem transmitidos pela comunicação social iraniana”, acrescenta o correspondente.

E conclui: “Apesar dessa teatralidade, os ataques parecem ter sido cuidadosamente planeados para evitar baixas dos EUA: foram atacadas bases que já estavam em alerta máximo e até agora não se registaram mortes. Adel Abdul Mahdi, o primeiro-ministro iraquiano, disse que foi avisado dos ataques pelo Iraque e que passou o aviso às tropas estacionadas na base.”
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1718
  • Recebeu: 590 vez(es)
  • Enviou: 363 vez(es)
  • +283/-4425
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #100 em: Janeiro 08, 2020, 08:22:57 pm »
Independentemente do prisma pelo qual se veja isto, existe um ponto unanime. Um Estado teve bolas para atacar instalações militares americanas, apesar de todas as ameaças. Tirem as ilações, porque acredito que muitos governos estão a tirar ilações também.
Depois do que se passou, na Arabia Saudita, onde os sistemas AA não detectaram/interceptaram o ataque à refinaria, aqui temos também uma situação bastante curiosa; Onde está a AA americana? A acreditar nos relatos, como é que nem sequer as sirenes de alarme soaram antes dos misseis começarem a estourar dentro do perímetro das bases?

Creio que os próximos tempos vão ser bons para a industria de defesa russa, especialmente os fabricantes de sistemas AA.

 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6336
  • Recebeu: 2596 vez(es)
  • Enviou: 564 vez(es)
  • +698/-492
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #101 em: Janeiro 08, 2020, 11:16:32 pm »
A acreditar na teoria de que os iraquianos foram avisados do ataque antecipadamente, não me admirava que nem se tivessem dado ao trabalho de usar os Patriot (poupar dinheiro não disparando estes mísseis dispendiosos?) por saberem que os mísseis não iam atingir ninguém. Mas com teorias e especulações e afins, não me parece que, assumindo que as bases tinham sistemas Patriot activos, tivessem grande dificuldade em detectar os mísseis, ainda para mais quando foram lançados 22. A não ser que fossem mísseis stealth, o que duvido. Mas também sabe-se tão pouco detalhe vindo das próprias bases sobre o ataque, apenas se sabe que não houve vítimas.

Dizer que "teve bolas" parece-me excessivo, pode ser excesso de confiança, burrice, ou propaganda, dado que o que foi espalhado pelo povo iraniano era que os mísseis tinham causado dezenas de baixas, e a realidade é, presume-se, diferente. Vindo ao de cima boatos de que os iraquianos, e consequentemente os americanos, foram avisados, e horas depois do ataque, dizerem que não iam atacar mais, parece-me estranha toda esta situação.
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 11855
  • Recebeu: 2470 vez(es)
  • Enviou: 6663 vez(es)
  • +409/-258
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #102 em: Janeiro 09, 2020, 12:11:37 am »
A lista de passageiros do 737 seria interessante de analisar. Acidente ou mais outra conspiração?
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9932
  • Recebeu: 1827 vez(es)
  • Enviou: 2365 vez(es)
  • +332/-314
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #103 em: Janeiro 09, 2020, 12:23:57 am »
Penso que não havia interesse em interceptar os mísseis iranianos, pois sabia-se de antemão que não iam matar ninguém, o Iraque ou EUA poupam mísseis de defesa aérea caríssimos, e permitem ao Irão gabar-se nos noticiários internos que destruíram e mataram, etc, vingando o seu general morto, se os mísseis não atingissem nada eles não teriam o sentimento de terem sido vingados.

E o mesmo do lado do Trump, como vi num comentador de TV, os EUA fizeram um ataque e mataram 1, o Irão fez um ataque e mataram 0, para o Trump isso significa que ganhou 1-0, para ele está bom, se para o Irão também está bom, melhor, está bom para todos, não há necessidade de fazer mais guerra.
« Última modificação: Janeiro 09, 2020, 12:27:17 am por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14243
  • Recebeu: 3479 vez(es)
  • Enviou: 3917 vez(es)
  • +2399/-6108
Re: Tempestade na Pérsia 'Achmadinejad versus o ocidente'
« Responder #104 em: Janeiro 09, 2020, 10:08:21 am »
Penso que não havia interesse em interceptar os mísseis iranianos, pois sabia-se de antemão que não iam matar ninguém, o Iraque ou EUA poupam mísseis de defesa aérea caríssimos, e permitem ao Irão gabar-se nos noticiários internos que destruíram e mataram, etc, vingando o seu general morto, se os mísseis não atingissem nada eles não teriam o sentimento de terem sido vingados.

E o mesmo do lado do Trump, como vi num comentador de TV, os EUA fizeram um ataque e mataram 1, o Irão fez um ataque e mataram 0, para o Trump isso significa que ganhou 1-0, para ele está bom, se para o Irão também está bom, melhor, está bom para todos, não há necessidade de fazer mais guerra.

Isto é tudo "show off", parece-me, para ficarem todos bem na fotografia
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lusitan