F22: Nova oportunidade?

  • 15 Respostas
  • 5015 Visualizações
*

Guilherme

  • Perito
  • **
  • 379
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #15 em: Março 29, 2004, 02:10:03 pm »
Citação de: "Spectral"
Uma combinação Flanker/ Grippen seria interessante, desde que fosse possível utilizar o máximo possível de equipamento/armamento comum ( israelita ? ), o que não seria nada fácil...

Só que 2015 é um prazo demasiado dilatado.  O mundo aeronáutico pode estar a dar uma grande mudança aí, com a introduçao dos 1os UCAVs ( UAVs armados) efectivos...

cumptos


Realmente, a logística fica dificultada se forem usados diferentes fornecedores de armamentos/equipamentos, mas talvez seja mais barato que adaptar os Su-35 para armamento/equipamento não-russo ou adaptar os Gripens para armamento/equipamento que não seja israelense/sul-africano/francês/sueco (na minha opinião, estes 4 países são os quais têm armamentos/equipamentos mais avançados para os Gripens e penso que não imporiam restrições para o Brasil).

Até 2015, penso que possa ainda surgir um Gripen melhorado. Segundo li a respeito, a SAAB/BAE está estudando melhorias como maiores tanques de combustivel, possibilidade de usar tanques conformais e maior capacidade de armamentos.