FMS e Forças Armadas Portuguesas

  • 30 Respostas
  • 3967 Visualizações
*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9183
  • Recebeu: 1400 vez(es)
  • Enviou: 1565 vez(es)
  • +198/-64
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #15 em: Junho 11, 2020, 02:29:21 pm »
Eu também concordo que os nossos fuzos sejam light, quando referi os US Marines não quis comparar com as suas forças pesadas que possuem carros de combate, Artilharia, aviação, etc, quis comparar com a SPMAGTF que está em Moron e com quem os nossos fuzos têm treinado regularmente e são uma força até mais helitransportada do que anfíbia.

Mas duvido que a gente compre MV22 Osprey :mrgreen:.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 5350
  • Recebeu: 1689 vez(es)
  • Enviou: 424 vez(es)
  • +346/-247
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #16 em: Junho 11, 2020, 02:34:33 pm »
Mesmo com menos cativações mais depressa quem manda - e, para ser honesto quem vota - arranja dinheiro para aumentar graduados e restante função pública (e artistas, exposições, estudos das mulheres, etc) do que 1 décimo desse valor para um parafuso que aumente operacionalidade e capacidade das FA...

Isso é verdade, há sempre a prioridade de dar seguimento ao que dá votos. Mas com menos cativações, e mesmo seguindo à letra o valor do orçamento alocado à LPM, é possível resolver mais programas, sem se gastar mais dinheiro do que o já acordado. E estes meios via FMS, podem ser parte dessa solução.
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4900
  • Recebeu: 624 vez(es)
  • Enviou: 1186 vez(es)
  • +2383/-2859

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9183
  • Recebeu: 1400 vez(es)
  • Enviou: 1565 vez(es)
  • +198/-64
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #18 em: Junho 13, 2020, 11:16:28 pm »
Será que dá para despachar os Kamov? :mrgreen:
« Última modificação: Junho 13, 2020, 11:16:46 pm por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4900
  • Recebeu: 624 vez(es)
  • Enviou: 1186 vez(es)
  • +2383/-2859
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #19 em: Junho 14, 2020, 12:05:53 am »
Será que dá para despachar os Kamov? :mrgreen:
Será que dá para despachar os Kamov? :mrgreen:

Bem pensado !
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4900
  • Recebeu: 624 vez(es)
  • Enviou: 1186 vez(es)
  • +2383/-2859
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #20 em: Dezembro 19, 2020, 11:06:46 am »
https://www.cia.gov/library/readingroom/docs/CIA-RDP84S00555R000100200004-7.pdf

Interessante, que a escolha das FFG eram as Kortenaer e que houve a vontade de tornar os T-38 em air defense fighters.

Boa leitura !
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8815
  • Recebeu: 4136 vez(es)
  • Enviou: 2936 vez(es)
  • +4226/-909
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #21 em: Dezembro 19, 2020, 01:29:13 pm »
https://www.cia.gov/library/readingroom/docs/CIA-RDP84S00555R000100200004-7.pdf

Interessante, que a escolha das FFG eram as Kortenaer e que houve a vontade de tornar os T-38 em air defense fighters.

Boa leitura !

Este documento é bem revelador das nossas graves limitações na defesa.
A continua inexistência de sistemas de Defesa Aérea, credíveis e em numero suficiente para proteger os nossos territórios continental e Insular é uma lacuna imperdoável aos nossos estrategas da " doutrina " de defesa Nacional.

A pedichince de meios militares aos nossos aliados é uma constante !

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4900
  • Recebeu: 624 vez(es)
  • Enviou: 1186 vez(es)
  • +2383/-2859
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #22 em: Dezembro 19, 2020, 02:50:59 pm »
https://www.cia.gov/library/readingroom/docs/CIA-RDP84S00555R000100200004-7.pdf

Interessante, que a escolha das FFG eram as Kortenaer e que houve a vontade de tornar os T-38 em air defense fighters.

Boa leitura !

Este documento é bem revelador das nossas graves limitações na defesa.
A continua inexistência de sistemas de Defesa Aérea, credíveis e em numero suficiente para proteger os nossos territórios continental e Insular é uma lacuna imperdoável aos nossos estrategas da " doutrina " de defesa Nacional.

A pedichince de meios militares aos nossos aliados é uma constante !

Abraços

Não se aprende nada com o tempo..
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9183
  • Recebeu: 1400 vez(es)
  • Enviou: 1565 vez(es)
  • +198/-64
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #23 em: Dezembro 19, 2020, 04:01:51 pm »

Não se aprende nada com o tempo..

Aprendeu-se que a pedinchice vai resultando...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1930
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 454 vez(es)
  • +26/-30
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #24 em: Dezembro 19, 2020, 06:16:12 pm »
Citar
US military officials are concerned because the Portuguese bought the planes without providing for spare parts and maintenance, but Lemos Ferreira evidently hopes that maintenance funds will somehow be obtained.

O problema já é mais que crónico.

Citar
Lisbon's handling of this program has made clear its lack of experience and technical ability in managing a complex program, meeting planning deadlines, and working with the Allies on their contributions. Finally, Lisbon is reluctant to commit itself to an expensive, multiyear program without absolute assurance that Allied funding would be available in the out years.

 :P

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4900
  • Recebeu: 624 vez(es)
  • Enviou: 1186 vez(es)
  • +2383/-2859
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #25 em: Dezembro 19, 2020, 06:38:03 pm »
Citar
US military officials are concerned because the Portuguese bought the planes without providing for spare parts and maintenance, but Lemos Ferreira evidently hopes that maintenance funds will somehow be obtained.

O problema já é mais que crónico.

Citar
Lisbon's handling of this program has made clear its lack of experience and technical ability in managing a complex program, meeting planning deadlines, and working with the Allies on their contributions. Finally, Lisbon is reluctant to commit itself to an expensive, multiyear program without absolute assurance that Allied funding would be available in the out years.

 :P

Cumprimentos,

Tudo ou quase tudo na mesma, mas como é óbvio há exceções
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4417
  • Recebeu: 2781 vez(es)
  • Enviou: 5038 vez(es)
  • +4225/-147
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #26 em: Dezembro 20, 2020, 12:02:32 am »
A grande diferença é que agora há mais países da NATO com falhas crónicas de manutenção. Afinal o pessoal estava era muito à frente e os gringos não perceberam isso.
Talent de ne rien faire
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 4900
  • Recebeu: 624 vez(es)
  • Enviou: 1186 vez(es)
  • +2383/-2859
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #27 em: Dezembro 20, 2020, 12:22:04 am »
A grande diferença é que agora há mais países da NATO com falhas crónicas de manutenção. Afinal o pessoal estava era muito à frente e os gringos não perceberam isso.

Aqui o tuga até pensa em grande, na altura em F-4 Phantoms, Kortenaer etc, mas a realidade é sempre a mesma.

Se nos anos 80 e 90 não "sugamos ao máximo os USA" em contrapartidas militares, infelizmente não vai ser agora.

Cumprimentos,
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1346
  • Recebeu: 247 vez(es)
  • Enviou: 211 vez(es)
  • +42/-5
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #28 em: Dezembro 21, 2020, 10:16:20 am »
A grande diferença é que agora há mais países da NATO com falhas crónicas de manutenção. Afinal o pessoal estava era muito à frente e os gringos não perceberam isso.

Aqui o tuga até pensa em grande, na altura em F-4 Phantoms, Kortenaer etc, mas a realidade é sempre a mesma.

Se nos anos 80 e 90 não "sugamos ao máximo os USA" em contrapartidas militares, infelizmente não vai ser agora.

Cumprimentos,

Deviamos ter "sugádo" mais aos alemães...foi curto o que conseguimos pela utilização de Beja.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4581
  • Recebeu: 442 vez(es)
  • Enviou: 356 vez(es)
  • +80/-1518
Re: FMS e Forças Armadas Portuguesas
« Responder #29 em: Dezembro 21, 2020, 10:19:07 am »

Não se aprende nada com o tempo..

Aprendeu-se que a pedinchice vai resultando...

Acho que não, as vasco da gama demoraram mais de 10 anos a vir, os F16 vieram em 93, 10 anos após este relatório.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva