Falta de Recursos Humanos nas Forças Armadas

  • 110 Respostas
  • 13493 Visualizações
*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8815
  • Recebeu: 4136 vez(es)
  • Enviou: 2938 vez(es)
  • +4226/-909
Re: Falta de Recursos Humanos nas Forças Armadas
« Responder #105 em: Dezembro 15, 2020, 06:46:58 am »
Citar
Entre 26Nov e 02Dec20, foram  recebidas 49candidaturas  para  a categoria  de  Praças  do Exército,  num  total  de 5417 candidaturas, desde o início do ano.
Destas candidaturas, já foram incorporados 2663 militares no corrente ano.

HMSW,
e, pergunto eu, não é um ano atipico ?
Ao incorporar 2663 Praças num ano esse numero representa o quê ?
Uns 40% do total de Praças correcto ?
Elevaria o total desta classe para uns 8500 efectivos certo ?
Esse valor incorporado durante  três anos resolvia a falta de Praças, será que está correcto ??
Eu acho um numero extremamente elevado, mas.....

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4417
  • Recebeu: 2781 vez(es)
  • Enviou: 5038 vez(es)
  • +4226/-147
Re: Falta de Recursos Humanos nas Forças Armadas
« Responder #106 em: Dezembro 15, 2020, 01:41:23 pm »
É o típico líder militar moderno que testa protótipos de uniformes. Já o actual Chairman do JSC dos EUA vestia protótipos da nova farda WW2 quando era chefe do exército. E se fosse de cavalaria era vê-lo a testar o novo uniforme com botas de montar.
Talent de ne rien faire
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 11020
  • Recebeu: 1824 vez(es)
  • Enviou: 4988 vez(es)
  • +298/-142
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Falta de Recursos Humanos nas Forças Armadas
« Responder #107 em: Dezembro 15, 2020, 11:00:28 pm »
Citar
Entre 26Nov e 02Dec20, foram  recebidas 49candidaturas  para  a categoria  de  Praças  do Exército,  num  total  de 5417 candidaturas, desde o início do ano.
Destas candidaturas, já foram incorporados 2663 militares no corrente ano.

HMSW,
e, pergunto eu, não é um ano atipico ?
Ao incorporar 2663 Praças num ano esse numero representa o quê ?
Uns 40% do total de Praças correcto ?
Elevaria o total desta classe para uns 8500 efectivos certo ?
Esse valor incorporado durante  três anos resolvia a falta de Praças, será que está correcto ??
Eu acho um numero extremamente elevado, mas.....

Abraços

Ainda mais atípico tendo em conta a extensão dos contratos em 3 + 6 meses.

A pandemia adiou muitas incorporações mas a mesma levou ao aumento de candidaturas.

Quanto a números, o efetivo atual de Praças está próximo dos 6200. Isto inclui os militares no ativo, os que estão em formação, e os que estão a ingressar no QP.
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7398
  • Recebeu: 756 vez(es)
  • Enviou: 272 vez(es)
  • +849/-12
Re: Falta de Recursos Humanos nas Forças Armadas
« Responder #108 em: Dezembro 22, 2020, 09:49:15 am »
Decreto-Lei n.º 104/2020 - Diário da República n.º 247/2020, Série I de 2020-12-22151865082
PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS
Fixa os efetivos das Forças Armadas, em todas as situações, para o ano de 2021

https://dre.pt/application/conteudo/151865082
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17094
  • Recebeu: 1772 vez(es)
  • Enviou: 1625 vez(es)
  • +296/-1244
Re: Falta de Recursos Humanos nas Forças Armadas
« Responder #109 em: Maio 05, 2021, 10:21:26 am »
Citar
Entre 26Nov e 02Dec20, foram  recebidas 49candidaturas  para  a categoria  de  Praças  do Exército,  num  total  de 5417 candidaturas, desde o início do ano.
Destas candidaturas, já foram incorporados 2663 militares no corrente ano.

HMSW,
e, pergunto eu, não é um ano atipico ?
Ao incorporar 2663 Praças num ano esse numero representa o quê ?
Uns 40% do total de Praças correcto ?
Elevaria o total desta classe para uns 8500 efectivos certo ?
Esse valor incorporado durante  três anos resolvia a falta de Praças, será que está correcto ??
Eu acho um numero extremamente elevado, mas.....

Abraços

2663 militares...no meu ano de incorporação a BAI deve ter tido mais ou menos esse número de mancebos a entrar pela Porta de Armas da ETAT. Cada recruta por norma tinha mais de 200 catatuas, e não havia apenas 3 incorporações por ano como agora no RPara (5?).
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9186
  • Recebeu: 1400 vez(es)
  • Enviou: 1570 vez(es)
  • +200/-64
Re: Falta de Recursos Humanos nas Forças Armadas Novo
« Responder #110 em: Maio 05, 2021, 06:42:36 pm »
O forista MigM1973 se percebesse a diferença entre um militar no serviço activo e um militar que já está na reserva, fora do serviço activo e por alguma razão retoma o serviço activo, não gastava o seu tempo a escrever um texto tão grande sem sentido nenhum.

Que a função do militar têm que ser equivalente ao posto é lógico e autoexplicativa, o estado físico e psíquico é avaliado em junta médica, não é o próprio que a define, ou está a querer mandar pessoal da reserva que esteve em secretarias para OE? Acho que também podem não ter a parte física e psíquica correspondente.

A parte dos militares na reserva se voltarem ao activo não poderem, em regra, ter funções de comando é porque essas funções estão sempre ocupadas por militares do activo.

Exemplo:
Regimento de Infantaria tem o seu comandante, o batalhão tem o seu comandante, as companhias têm os seus comandantes, vão retirar o comando dos militares que já lá estão para lá colocar um da reserva? Isso até bloqueava os de baixo de subir na hierarquia. Agora se em estado de emergência, se criarem mais companhias e batalhões e que a estrutura actual de oficiais e sargentos não tem pessoal suficiente, aí já deve ser aceitável colocar oficiais e sargentos da reserva provavelmente.

Exemplo do CEO, um CEO vai para a reforma, um director lá qualquer é nomeado CEO, o anterior CEO afinal gostava mesmo daquilo e quer voltar, o novo CEO tem que devolver a posição e voltar à posição anterior?

Também lhe dou um exemplo de militares da reserva chamados para funções de interesse público, fora da estrutura das Forças Armadas.
Na última vaga covid militares da reserva foram convocados para ajudar as delegações de saúde nos contactos telefónicos para pessoas infectadas com covid.

Os reservistas podem ser chamados quando se quiser, o que é revisto anualmente é as regras e as condições para o fazer.
« Última modificação: Maio 05, 2021, 07:35:47 pm por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, dc