Nova Guerra Hamas-Israel

  • 776 Respostas
  • 38483 Visualizações
*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1326
  • Recebeu: 525 vez(es)
  • Enviou: 2177 vez(es)
  • +674/-118
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #765 em: Abril 14, 2024, 02:36:35 pm »
Parece-me que o ataque não foi tão pesado quanto se esperava. Mais para consumo interno e show-off.

(...)
Então 300 munições de longo alcance, incluindo mísseis balísticos não é pesado?
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8448
  • Recebeu: 3834 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4984/-785
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #766 em: Abril 14, 2024, 03:07:20 pm »
O PTWolf disse "quanto se esperava". Se se esperava um ataque com 1000 munições, e foram lançadas 300, então ataque não foi tão pesado como se esperava. Se se esperasse um ataque com 100 munições, e fossem lançadas as mesmas 300, o ataque teria sido mais pesado do que se esperava.

Agora, ninguém sabe ao certo qual a dimensão "esperada" do ataque, o que torna este tipo de avaliação, se foi mais ou menos pesado do que o esperado, difíceis de fazer. Se usarmos o ataque do Hamas no dia 7 de Outubro como comparativo, então este ataque do Irão foi, em número de munições, muito mais "leve".

Neste momento, o mais relevante mesmo é a utilização de mísseis balísticos, dos quais supostamente 7 atingiram uma base israelita (7, de uma carrada deles segundo se diz), mas ainda é incerto se causaram danos relevantes, ou se foi algo parecido àquele ataque há uns tempos à base americana no Iraque, onde atingiram campo aberto.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 11074
  • Recebeu: 2352 vez(es)
  • Enviou: 3258 vez(es)
  • +739/-1031
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #767 em: Abril 14, 2024, 03:40:03 pm »
Se aquilo tudo estourasse em Israel teria sido bem pesado.

O Iron Dome mais os caças aliados no Iraque é que abateram aquilo quase tudo.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 11074
  • Recebeu: 2352 vez(es)
  • Enviou: 3258 vez(es)
  • +739/-1031
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #768 em: Abril 14, 2024, 03:42:07 pm »
Torna-se notório também que, drones lentos lançados de tão longe, dão demasiado tempo para que qualquer força defensiva bem equipada se prepare para responder, e que só um ataque coordenado com outro armamento superfície-superfície à mistura, e em grandes quantidades, é que terá maior eficácia.

Na Ucrânia também há muitos ataque com drones de ambos os lados, incluindo ataques a muita longa distância, muitos são abatidos mas tem sempre alguns que acertam no alvo, a Ucrânia já acertou em alvos 1000km dentro da Rússia.

Aqui as diferenças talvez os modelos de drones do Irão, a defesa aérea israelita...
« Última modificação: Abril 14, 2024, 03:43:18 pm por Lightning »
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5370
  • Recebeu: 4001 vez(es)
  • Enviou: 9922 vez(es)
  • +8451/-245
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #769 em: Abril 14, 2024, 03:51:56 pm »
Ao que parece, o Iron Dome teve pouca utilização contra os drones provenientes do Irão, e terá provavelmente lidado mais com rockets e drones lançados da vizinhança directa (nomeadamente Síria).

Torna-se notório também que, drones lentos lançados de tão longe, dão demasiado tempo para que qualquer força defensiva bem equipada se prepare para responder, e que só um ataque coordenado com outro armamento superfície-superfície à mistura, e em grandes quantidades, é que terá maior eficácia.

A IDF deve ter, mais uma vez, aproveitado a ocasião para se desfazer de parte do seu imenso stock de AAM mais antigos, designadamente AIM-9L/M, Python-3, Python-4 e AIM-7F/M. Curiosamente, a IAF-IDF é das poucas forças aéreas que ainda equipam os seus Eagle com o vetusto Sparrow. Os drones, com a sua baixa velocidade e manobrabilidade, são alvos fáceis para os AAM mais antigos.
Talent de ne rien faire
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7482
  • Recebeu: 962 vez(es)
  • +4576/-871
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #770 em: Abril 14, 2024, 05:25:02 pm »
Citar
Aqui as diferenças talvez os modelos de drones do Irão, a defesa aérea israelita...
Talvez, mas por causa da concentração, num território minusculo. Olhando para a realidade geográfica, fico com a impressão de que a principal diferença é pura e simplesmente a diferença de tamanho entre Israel e a Ucrânia.

Os iranianos sabiam perfeitamente que Israel tinha capacidade para destruir os drones...
O resultado desta Estória, é que Israel ganha argumentos na luta contra o Hamas em Gaza, numa altura em que estava a perder completamente a opinião publica internacional e nacional.

Os iranianos, para contentar o sentimento patriótico dos generais da Guarda Revolucionária (que é considerada uma organização terrorista pelos americanos) acabaram por complicar a vida dos palestinianos.
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1326
  • Recebeu: 525 vez(es)
  • Enviou: 2177 vez(es)
  • +674/-118
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #771 em: Abril 14, 2024, 08:10:32 pm »
(...)

Os iranianos sabiam perfeitamente que Israel tinha capacidade para destruir os drones...

(...)
Foi necessária a ajuda direta dos EUA, do RU e da Jordânia para abater todos os projécteis.

O ataque foi sem dúvida uma escalada e por muito que o Bidé se atire aos arames, Israel vai retaliar. A questão é como e quando.
« Última modificação: Abril 14, 2024, 08:11:47 pm por CruzSilva »
 

*

PTWolf

  • Analista
  • ***
  • 764
  • Recebeu: 340 vez(es)
  • Enviou: 1622 vez(es)
  • +982/-189
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #772 em: Abril 14, 2024, 09:00:43 pm »
(...)

Os iranianos sabiam perfeitamente que Israel tinha capacidade para destruir os drones...

(...)
Foi necessária a ajuda direta dos EUA, do RU e da Jordânia para abater todos os projécteis.

O ataque foi sem dúvida uma escalada e por muito que o Bidé se atire aos arames, Israel vai retaliar. A questão é como e quando.

Outra questão interessante era perceber quais seriam os alvos. Isto permitia revelar mais por detrás do objetivo do Irão neste ataque.
O que se comenta no Twiter (vale o que vale) é que a base que foi ataca foi atingida "apenas" no meio das pista. O comunicado de Israel também só refere "danos estruturais".

 

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1326
  • Recebeu: 525 vez(es)
  • Enviou: 2177 vez(es)
  • +674/-118
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #773 em: Abril 14, 2024, 09:29:49 pm »
(...)

Os iranianos sabiam perfeitamente que Israel tinha capacidade para destruir os drones...

(...)
Foi necessária a ajuda direta dos EUA, do RU e da Jordânia para abater todos os projécteis.

O ataque foi sem dúvida uma escalada e por muito que o Bidé se atire aos arames, Israel vai retaliar. A questão é como e quando.

Outra questão interessante era perceber quais seriam os alvos. Isto permitia revelar mais por detrás do objetivo do Irão neste ataque.
O que se comenta no Twiter (vale o que vale) é que a base que foi ataca foi atingida "apenas" no meio das pista. O comunicado de Israel também só refere "danos estruturais".
A base militar israelita atingida é uma base aérea?
« Última modificação: Abril 14, 2024, 09:30:12 pm por CruzSilva »
 

*

LuisPolis

  • Especialista
  • ****
  • 1111
  • Recebeu: 390 vez(es)
  • Enviou: 565 vez(es)
  • +178/-2197
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #774 em: Abril 14, 2024, 11:28:35 pm »
(...)

Os iranianos sabiam perfeitamente que Israel tinha capacidade para destruir os drones...

(...)
Foi necessária a ajuda direta dos EUA, do RU e da Jordânia para abater todos os projécteis.

O ataque foi sem dúvida uma escalada e por muito que o Bidé se atire aos arames, Israel vai retaliar. A questão é como e quando.

Outra questão interessante era perceber quais seriam os alvos. Isto permitia revelar mais por detrás do objetivo do Irão neste ataque.
O que se comenta no Twiter (vale o que vale) é que a base que foi ataca foi atingida "apenas" no meio das pista. O comunicado de Israel também só refere "danos estruturais".
A base militar israelita atingida é uma base aérea?
É. Foi a base de Nevatim.
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8448
  • Recebeu: 3834 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4984/-785
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #775 em: Abril 14, 2024, 11:42:06 pm »
Se aquilo tudo estourasse em Israel teria sido bem pesado.

O Iron Dome mais os caças aliados no Iraque é que abateram aquilo quase tudo.

Israel também usou o Arrow para abater os balísticos.

A IDF deve ter, mais uma vez, aproveitado a ocasião para se desfazer de parte do seu imenso stock de AAM mais antigos, designadamente AIM-9L/M, Python-3, Python-4 e AIM-7F/M. Curiosamente, a IAF-IDF é das poucas forças aéreas que ainda equipam os seus Eagle com o vetusto Sparrow. Os drones, com a sua baixa velocidade e manobrabilidade, são alvos fáceis para os AAM mais antigos.

Sim, terão usado vários mísseis dos mais antigos (a partir de 1:59):

(...)

Os iranianos sabiam perfeitamente que Israel tinha capacidade para destruir os drones...

(...)
Foi necessária a ajuda direta dos EUA, do RU e da Jordânia para abater todos os projécteis.

O ataque foi sem dúvida uma escalada e por muito que o Bidé se atire aos arames, Israel vai retaliar. A questão é como e quando.

Outra questão interessante era perceber quais seriam os alvos. Isto permitia revelar mais por detrás do objetivo do Irão neste ataque.
O que se comenta no Twiter (vale o que vale) é que a base que foi ataca foi atingida "apenas" no meio das pista. O comunicado de Israel também só refere "danos estruturais".
A base militar israelita atingida é uma base aérea?
É. Foi a base de Nevatim.

Sim, e pelos vistos o dano foi mínimo.

Na Ucrânia também há muitos ataque com drones de ambos os lados, incluindo ataques a muita longa distância, muitos são abatidos mas tem sempre alguns que acertam no alvo, a Ucrânia já acertou em alvos 1000km dentro da Rússia.

Aqui as diferenças talvez os modelos de drones do Irão, a defesa aérea israelita...

Na Rússia, a Ucrânia até um Cessna não tripulado usou como kamikaze.  :mrgreen:

Como já foi dito, a densidade das defesas aéreas, mais a ajuda dos aliados de Israel terão ajudado a controlar os danos. Além disso, a capacidade de aviso antecipado, proporcionada por AWAC, pode ter sido crucial, sendo que a Ucrânia por exemplo não goza deste benefício (os AWACS da NATO estão longe).
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 20882
  • Recebeu: 2481 vez(es)
  • Enviou: 257 vez(es)
  • +1157/-1484
Re: Nova Guerra Hamas-Israel
« Responder #776 em: Hoje às 10:35:57 am »
Forças israelitas impediram centenas de palestinianos de regressarem ao norte de Gaza