Conflitos em Africa

  • 406 Respostas
  • 89570 Visualizações
*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Conflitos em Africa
« Responder #375 em: Agosto 28, 2023, 01:33:03 pm »

Ao melhor estilo... desvia-se o foco do essencial,  o gamanço e exploração de pessoas, para o ruído entretanto criado.
Os patetas engolem até ao bucho e a plateia aplaude com as nádegas 🤣🤣🤣
« Última modificação: Agosto 28, 2023, 01:35:49 pm por Lampuka »
João Pereira
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8467
  • Recebeu: 3850 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4985/-786
Re: Conflitos em Africa
« Responder #376 em: Agosto 28, 2023, 03:45:31 pm »
Sim, porque nos países africanos onde os líderes são africanos, quem está no topo não explora quem está em baixo.  ::)

Mas gostava de ouvir verdadeiras propostas para a resolução dos problemas daqueles países "explorados por terceiros". Se calhar deve ser melhor para eles serem explorados por grupos de mercenários como os Wagner ou grupos terroristas islâmicos, do que por algum país, sobretudo Ocidental.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7484
  • Recebeu: 962 vez(es)
  • +4582/-871
Re: Conflitos em Africa
« Responder #377 em: Agosto 28, 2023, 04:02:23 pm »
O Cartoon, mostra na essencia a realidade sobre o neocolonialismo.
A ideia não é de agora, e já foi mostrada profusamente na década de 1960 e 1970, quando a União Soviética substituiu as potências coloniais europeias, disfarçando o seu domínio de ajuda militar e humanitária.

A URSS substituiu as potencias coloniais e os regimes que substituiram os regimes coloniais foram na sua maioria muito mais crueis, criminosos e assassinos.

Bastaria ver os massacres na Guiné, a guerra civil em Angola e o seu cortejo de terror latrocínio e morte, em que os cubanos serviram pelo menos para alimentar os animais da Savana, mas em que a sua raiva se expressou na morte de milhares de angolanos tomados por apoiantes da UNITA.


Só a título de curiosidade, uma simples pequena pesquisa, permite ilustrar não com imagens de um Cartoon, mas com números de mortos, às mãos dos russos, a verdade nua e crua.

Massacre de Bambari – Fevereiro 2021 - Rep.Centro Africana
https://sol.sapo.pt/artigo/726404/bambari-civis-na-linha-de-fogo-


Massacre de Aigbado – Janeiro 2022 – Rep.Centro.Africana
https://en.wikipedia.org/wiki/A%C3%AFgbado_massacre
https://www.youtube.com/watch?v=Kwy07VJj2VY


Massacre de Mopti - Março 2022 - Mali
https://www.theguardian.com/world/2023/may/20/russian-mercenaries-behind-slaughter-in-mali-village-un-report-finds


Citação de: ”lampuka”
Os patetas engolem até ao bucho e a plateia aplaude com as nádegas


Eu não sabia que se podia aplaudir com as nadegas. Vivendo, aprendendo e agradecendo aos que se dignam ensinar os pobres incultos que não viram a luz...

O que o nosso amigo nos mostra e comprova porém -  com os seus ilustrados comentários - é que também há quem ache que se pode «pensar» com tal parte do corpo...

O resultado no entanto, acredito que todos sabemos qual é ...
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 5343
  • Recebeu: 726 vez(es)
  • Enviou: 725 vez(es)
  • +509/-2608
Re: Conflitos em Africa
« Responder #378 em: Agosto 28, 2023, 05:58:02 pm »
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1339
  • Recebeu: 529 vez(es)
  • Enviou: 2191 vez(es)
  • +675/-119
Re: Conflitos em Africa
« Responder #379 em: Agosto 29, 2023, 07:38:14 pm »

Ao melhor estilo... desvia-se o foco do essencial,  o gamanço e exploração de pessoas, para o ruído entretanto criado.
Os patetas engolem até ao bucho e a plateia aplaude com as nádegas 🤣🤣🤣

Próxima vez que me dirigir insulto será de imediato denunciado à moderação.
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Conflitos em Africa
« Responder #380 em: Agosto 30, 2023, 08:49:10 am »
Próximo... Gabão.
Seria uma "primavera" ou neste caso, um "verão africano" caso não estivessem em causa os interesses do "mundo desenvolvido". Mas este romantismo só se usa quando dá jeito...
Já será, pelo menos, o quarto país a acabar, neste caso, com uma dinastia de 50 anos, fantoche, ao serviço de terceiros que não o próprio país.
Ai, e tal, os soviéticos,  os islâmicos,  os wagner... tudo tretas para entreter "ignorantes"...
João Pereira
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Conflitos em Africa
« Responder #381 em: Agosto 30, 2023, 08:51:47 am »
Sim, porque nos países africanos onde os líderes são africanos, quem está no topo não explora quem está em baixo.  ::)

Mas gostava de ouvir verdadeiras propostas para a resolução dos problemas daqueles países "explorados por terceiros". Se calhar deve ser melhor para eles serem explorados por grupos de mercenários como os Wagner ou grupos terroristas islâmicos, do que por algum país, sobretudo Ocidental.
Como não há propostas,  o melhor é continuar a roubar...
Bem visto!!!

P.S.: Melhor ainda,  agora temos os exploradores bons e os maus. Qualquer dia também os pedófilos bons e os maus, os assassinos, violadores,  chulos...
Ou será que já é assim???!!!
Hipocrisia...
« Última modificação: Agosto 30, 2023, 11:36:37 am por Lampuka »
João Pereira
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7484
  • Recebeu: 962 vez(es)
  • +4582/-871
Re: Conflitos em Africa
« Responder #382 em: Agosto 30, 2023, 12:38:18 pm »
Citar
Melhor ainda,  agora temos os exploradores bons e os maus. Qualquer dia também os pedófilos bons e os maus, os assassinos, violadores,  chulos...
Ou será que já é assim???!!!
Hipocrisia...
P.S.: Melhor ainda,  agora temos os exploradores bons e os maus. Qualquer dia também os pedófilos bons e os maus, os assassinos, violadores,  chulos...
Ou será que já é assim???!!!
Hipocrisia...

Esta é de rir ...

Os regimes africanos têm imensos problemas, que poderiamos comentar com recurso ao que disse o Salazar sobre os territórios africanos portugueses ...

Não estão preparados

Essa realidade é hoje mais que evidente na maioria dos países, no entanto a hipocrisia está em todo o lado e especialmente nos pseudo democratas, pseudo-moralistas da esquerda, que são profissionais da crítica.

Em cada caso em África, as razões dos golpes têm características especificas e em muitos casos completamente dispares, mas isso não importa para nada porque é muito complicado.
É mais facil dizer que os americanos ou neste caso os franceses é que têm a culpa, porque sim, e porque o partido manda.

Exemplo:

Se Muamar Kadafi, tivesse continuado no poder e não tivesse havido uma intervenção na Líbia (nem o Obama achava que fosse a melhor ideia), hoje teriamos um velho caquético como ditador líbio (ou um dos seus filhos) e teriamos aqui os do costume a dizer que na Líbia os cães capitalistas olham para o lado, porque só estão interessados no petroleo e deixam o ditador no poder.

Teriamos aqui o pessoal a romper as vestes e a criticar o ocidente, os americanos, os franceses, a NATO, o Papa, o McDonalds, a Coca Cola e sei lá mais o quê... PORQUE MANTINHAM O KADAFI NO PODER, havia os ditadores maus e os ditadores bons ...

Como o que aconteceu foi o contrário, então a culpa é dos franceses, dos americanos, do Papa, da Coca Cola, do McDonalds e até da Burger King, porque afinal o Kadafi é que impedia o fluxo de refugiados que vinham da África Sub Sahariana, e agora os cães capitalistas estão a comer os ventos que semearam na Líbia, porque se não tivessem feito nada, era melhor...

É nestes detalhes que a cantilena do Partido e dos seus agentes cai por terra e se transforma no que sempre foi...
Propaganda barata, que funciona se ninguém se lembrar de pensar ...

« Última modificação: Agosto 30, 2023, 12:46:55 pm por papatango »
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8467
  • Recebeu: 3850 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4985/-786
Re: Conflitos em Africa
« Responder #383 em: Agosto 30, 2023, 03:13:57 pm »
Acho que era impossível dizer melhor.

Certas pessoas são muito selectivas na hora de atribuir culpas.

Então é suposto ninguém explorar aqueles países, certo? Com pretendem que se faça isso? Quem quiser ter acesso aos ditos recursos, ter que pagar (com dinheiro) por eles? Então e pagam a quem? A um governo inexistente? A uma tribo qualquer que resida no local? A um grupo militarizado que tenha controlado a área? A um ditador?

Nós estamos a falar de países, que mal países são, onde praticamente não existe uma cultura de nação. Países onde o bem comum não está nas prioridades de quem chega ao poder, e sim o proveito próprio. Numa situação normal, negoceias o valor dos produtos com o produtor/vendedor. Ali, não é uma situação normal, não existe um vendedor/produtor, mas sim "donos" que ganham este estatuto através da força.

A situação é muito mais complicada do que simplesmente cuspir para o ar "deixem de explorar".
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Conflitos em Africa
« Responder #384 em: Agosto 30, 2023, 05:11:44 pm »
Citar
Então e pagam a quem? A um governo inexistente? A uma tribo qualquer que resida no local? A um grupo militarizado que tenha controlado a área? A um ditador? 
Na muche!!! Finalmente estamos de acordo.
Estes governos que caíram são bons exemplos e apenas a ponta do icebergue,  que em África não faz grande sentido...
É o que acontece precisamente agora.
Até tens o ridículo de em certos países existirem 2 "exploradores" associados a outros tantos vendedores que dominam determinadas zonas.
Houve a época colonial,  com melhores ou piores exemplos (e acho que o nosso até foi dos melhores),  o pós-colonial com forte influência soviética (além de outros), e mais recentemente a era do apoio/protecção a governos ditatoriais corruptos em troca do saque de recursos.
Todas estas épocas foram nefastas para os africanos,  em particular as duas últimas.
É que na primeira,  ainda houve quem criasse o mínimo de condições de desenvolvimento nesses países.
Já nas seguintes, a troco de armas ou dinheiro,  as populações foram totalmente ignoradas e desprezadas nos seus direitos.
Mas isso não interessa nada, desde que cá não falte o petróleo,  o gás,  o urânio,  o ouro, o lítio,  os diamantes...
Por lá continuam a faltar a comida,  a água, os medicamentos,  os livros... à grande maioria das pessoas.
João Pereira
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Conflitos em Africa
« Responder #385 em: Agosto 30, 2023, 05:21:46 pm »
Entretanto,  esta situação no Gabão deve arrefecer as vontades do ECOWAS em intervir no Niger.
E os franceses ficam "pendurados"...
Tenho curiosidade em ver o que se vai passar nos próximos dias da Guiné Equatorial,  país "irmão" e encostado ao Gabão,  com grande parte da população da mesma etnia... e pertencente à CPLP.
João Pereira
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8467
  • Recebeu: 3850 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4985/-786
Re: Conflitos em Africa
« Responder #386 em: Agosto 30, 2023, 11:03:10 pm »
Resumindo, não existe solução. Se não tentas "tu" tirar partido dos recursos naturais, outros, menos "bondosos" (como grupos terroristas e não só), poderão fazê-lo. É um pau de dois bicos não é? É o perigo de ter tantos recursos em "terrenos baldios".

Entretanto esta instabilidade em África já era de prever. E para nós, Portugal, era importante termos os olhos nos seus desenvolvimentos, que mais tarde ou mais cedo a "brincadeira" descarrila para Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, e quem controlar este último, se tiver capacidade militar suficiente, consegue controlar praticamente todo o Golfo da Guiné.

Supostamente, faz parte do nosso Conceito Estratégico de Defesa Nacional garantir a segurança daquela região. Mas com umas FA no estado em que estão, capacidade para isso praticamente não existe.
 

*

Lampuka

  • Analista
  • ***
  • 793
  • Recebeu: 267 vez(es)
  • Enviou: 322 vez(es)
  • +146/-1437
Re: Conflitos em Africa
« Responder #387 em: Agosto 31, 2023, 05:07:01 pm »
Já mexe...

"Si los ciudadanos guineaos temían golpes de estados por la cantidad de muertos que conllevaba, aquí el claro ejemplo de nuestro vecino Gabón, que no ha derramado ni gota de sangre... MILITARES GUINEOS, podéis con esa desgraciada familia... Ellos ya no tienen apoyos internacionales."

Diz o Partido del Progreso de Guinea Ecuatorial
João Pereira
 

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 8467
  • Recebeu: 3850 vez(es)
  • Enviou: 714 vez(es)
  • +4985/-786
Re: Conflitos em Africa
« Responder #388 em: Agosto 31, 2023, 05:16:30 pm »
Efeito dominó. Agora pensem o que vai acontecer se/quando os EUA e China entrarem em conflito, deixando de haver a "polícia" que habitualmente controla os ânimos.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7484
  • Recebeu: 962 vez(es)
  • +4582/-871
Re: Conflitos em Africa
« Responder #389 em: Agosto 31, 2023, 06:39:07 pm »


Deveriamos olhar com mais atenção para a inexistência de ligações efetivas entre os vários golpes de estado em vários países africanos quase ao mesmo tempo.
Os russos são oportunistas, não há dúvida e as suas organizações mercenárias, que possuem o apoio direto do estado russo, aproveitam-se, mas estas coisas têm razões muito mais profundas para ocorrer.


No Niger, o presidente eleito é um árabe, que chegou ao poder dando a ideia de que tinha (como aparentemente tinha) o apoio da Arábia Saudita.
O problema, é que quando chegou ao poder, com o apoio da étnia Hausa, a  dominante (entre 55% da população) começou a nomear pessoas, esquecendo a étnia dominante. Ora os militares, quase todos da étnia  Hausa começaram a protestar, porque foi com o apoio dos Hausa que o árabe tinha chegado ao poder.
A partir daí, o filho do candidato derrotado, que era da etnia dominante entrou em ação e o resto já se conhece ...

No Gabão, há efetivamente, tal como na Guiné Equatorial, uma ditadura consentida, em que os países ocidentais olham para o lado.
Desde que o ditador não mate muita gente, fecha-se os olhos, como se tinha feito na Líbia até a oposição ao Kadafi se ter tornado tão clara, que começaram as ordens para massacrar populações inteiras.

De resto, não há qualquer dúvida sobre onde é que estes golpes na África sub-sahariana vão acabar todos.
Os russos não têm nada para dar a África, a não ser chumbo. Os chineses oferecem estradas e pontes, contra empréstimos, mas não dão trabalho a ninguém, porque as empresas são transportadas em peso para a África, fazem as obras e depois vão-se embora, não deixando nada.


Os ocidentais são os únicos que ainda tentam criar empregos e criar alguma riqueza.
Não o fazem por serem bonzinhos, mas sim porque tentam criar formas de evitar que a população africana emigra cada vez mais para norte.

Tanto os russos como os chineses sabem, que quanto maior for a miséria e a fome em África, maior será a pressão migratória sobre a Europa.

Toda a gente sabe disto, e é por isso que é absolutamente cínico achar que os russos ou os chineses vão alguma vez querer ver uma África desenvolvida.

Não querem, e nunca vão querer !
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, CruzSilva