Política em Portugal

  • 2337 Respostas
  • 207599 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 19214
  • Recebeu: 5971 vez(es)
  • Enviou: 6684 vez(es)
  • +7426/-10050
Re: Política em Portugal
« Responder #2265 em: Maio 14, 2024, 06:38:01 pm »
O Luso sempre esteve a soldo do Pudim, nunca me enganou!!!!
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
Re: Política em Portugal
« Responder #2266 em: Maio 14, 2024, 08:17:52 pm »
Metade da famida minha mulher é evangélica, e dim, são extremistas religiosos.

A Maçonaria em Portugal serve como centro de negócios, máfia de interesses e quando algo não lhes agrada, como fomentores de revoluções e regicídios.

Se quiserem podem adotar um evangélico ou um maçónico e leva-lo para casa.

Eu dessa gente quero é distância.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

CruzSilva

  • Investigador
  • *****
  • 1510
  • Recebeu: 594 vez(es)
  • Enviou: 2335 vez(es)
  • +720/-131
Re: Política em Portugal
« Responder #2267 em: Maio 14, 2024, 08:34:38 pm »
Fazendo uma análise superficial do que já foi partilhado neste espaço parece-me que a Maçonaria é um clube/máfia de interesses mas não verifiquei até ao momento que a sua influência seja de tal ordem que é uma ameaça nacional (o que não significa que não seja ou possa ser uma problema).

Do pouco que sei a Maçonaria nasce nas Revoluções Liberais de Portugal de certa forma substituindo a nobreza na questão de clube de interesses e domínio mas não com a mesma força/influência. É isso?

Quanto ao CHEGA eu recordo que o partido começou com evangelistas portugueses (maioria migrou para o ADN) pelo que não me surpreende se agora a ala brasileira tenha penetrado o partido através de Marcus Santos. Mas atenção estou a falar do pouco que acompanho e vejo.
"Homens fortes criam tempos fáceis e tempos fáceis criam homens fracos - homens fracos criam tempos difíceis e tempos difíceis criam homens fortes."
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7606
  • Recebeu: 1031 vez(es)
  • +4750/-939
Re: Política em Portugal
« Responder #2268 em: Maio 14, 2024, 08:47:50 pm »
Citação de: CruzSilva
Do pouco que sei a Maçonaria nasce nas Revoluções Liberais de Portugal de certa forma substituindo a nobreza na questão de clube de interesses e domínio mas não com a mesma força/influência. É isso?
Talvez o maçom português mais conhecido seja um senhor chamado Sebastião José de Carvalho e Mello.
Conde de Oeiras e
Marquês de Pombal.

Eu nunca digo que não existem influencias da  Maçonaria na politica isso seria completamente absurso. A única coisa que defendo, é que a Maçonaria não tem a força que algums afirmam que tem, e que não existe um grupo de pressão oculto chamado Maçonaria, mas sim vários grupos ocultos e semi-ocultos onde uns quantos senhores utilizam os conhecimentos e os contactos para estabelecer negócios rentáveis e principalmente influenciar ou pressionar juizes.

O mais provavel é que muitas vezes haja maçons de um lado e do outro em guerra.


Quanto aos evangélicos, devo referir que falo dos evangélicos pentecostais ... Não devemos meter tudo dentro do mesmo saco.

Da mesma forma, que temos a obrigação de por exemplo distinguir dos outros, o ramo Wahabi do islão. Trata-se de uma espécie de reforma dentro do Islão, por volta de 1700, destinada a voltar às tradições antigas que segundo eles tinham sido corrompidas.


É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Duarte, CruzSilva

*

Josemedeirosbeto

  • Membro
  • *
  • 14
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +32/-4
Re: Política em Portugal
« Responder #2269 em: Maio 18, 2024, 03:01:24 am »
- José Alberto Medeiros
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 4956
  • Recebeu: 423 vez(es)
  • Enviou: 90 vez(es)
  • +304/-6262
Re: Política em Portugal
« Responder #2270 em: Maio 18, 2024, 09:15:34 am »
Potius mori quam foedari
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7606
  • Recebeu: 1031 vez(es)
  • +4750/-939
Re: Política em Portugal
« Responder #2272 em: Maio 18, 2024, 09:22:18 pm »
Iberistas não ...
Castelhanistas e da pior cepa que é possível imaginar.

Ao mesmo tempo, fico com a impressão de que não há ninguém naquele saco de gatos, que tenha um minimo de capacidade para moderar o Quim Barreiros e os seus sucedâneos.

Ir para a "cama" com o extremista castelhano Abascal, só tem duas explicações: Ou o Andrézinho é um "traidor castelhanista", utilizando os seus próprios conceitos...
...Ou então é tonto. Deviam arranjar-lhe um conselheiro ... (como ao Marcelo).
Era evidente que, na primeira oportunidade, a associação do Ventura com os castelhanos viria ao de cima. E fica mal, muito, muito mal.

Ressalvo no entanto o candidato cabeça-de-lista do Chega às Europeias, que me surpreendeu positivamente, perante a trapalhada da esquerda...
Ainda assim, como antigo embaixador, meteu os pés pelas mãos, com o disparate que proferiu, sobre a pretensa intenção japonesa de invadir os Estados Unidos.
Quando se chega a um determinado nível na política, não se podem cometer erros crassos como este...
« Última modificação: Maio 18, 2024, 10:10:31 pm por papatango »
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Evocati

  • Membro
  • *
  • 104
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +11/-351
Re: Política em Portugal
« Responder #2273 em: Maio 19, 2024, 07:43:28 am »
Iberistas não ...
Castelhanistas e da pior cepa que é possível imaginar.

Ao mesmo tempo, fico com a impressão de que não há ninguém naquele saco de gatos, que tenha um minimo de capacidade para moderar o Quim Barreiros e os seus sucedâneos.

Ir para a "cama" com o extremista castelhano Abascal, só tem duas explicações: Ou o Andrézinho é um "traidor castelhanista", utilizando os seus próprios conceitos...
...Ou então é tonto. Deviam arranjar-lhe um conselheiro ... (como ao Marcelo).
Era evidente que, na primeira oportunidade, a associação do Ventura com os castelhanos viria ao de cima. E fica mal, muito, muito mal.

Ressalvo no entanto o candidato cabeça-de-lista do Chega às Europeias, que me surpreendeu positivamente, perante a trapalhada da esquerda...
Ainda assim, como antigo embaixador, meteu os pés pelas mãos, com o disparate que proferiu, sobre a pretensa intenção japonesa de invadir os Estados Unidos.
Quando se chega a um determinado nível na política, não se podem cometer erros crassos como este...

Acho que não há por aí muita gente interessada ou com conhecimento suficiente para saber que os Japoneses nunca quiseram de facto invadir o continente Americano. Se bem que eles teorizaram uma invasão e obviamente chegaram à conclusão que a operação seria uma catástrofe.
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma." - Padre António Vieira
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 7606
  • Recebeu: 1031 vez(es)
  • +4750/-939
Re: Política em Portugal
« Responder #2274 em: Maio 19, 2024, 10:50:21 am »
Citação de: Evocati
Acho que não há por aí muita gente interessada ou com conhecimento suficiente para saber que os Japoneses nunca quiseram de facto invadir o continente Americano. Se bem que eles teorizaram uma invasão e obviamente chegaram à conclusão que a operação seria uma catástrofe.

O problema é que o individuo foi embaixador e estariamos à espera de melhor. Em termos gerais o individuo foi mais comedido e coerente e  muito acima da qualidade que costumamos ver no Chega (ou na falta dela).

A ideia de que a América não foi invadida porque os japoneses consideraram que a America era um país em armas, não parece fazer grande sentido, porque se eles quisessem teriam invadido o Alaska e nem isso fizeram. A ideia foi posta a circular pelo pessoal da NRA, National Riffle Association, como mais uma tese em defesa do descontrolo das armas na América, que está na origem de muita da violência no país.

Na origem a tese que ele defende, não está errada. A tese que defende que num país em que muita gente tem armas, o seu controle será dificil procede e há casos de países como a Finlandia e a Suiça que comprovam este conceito ou teoria.
Com os suiços a chegarem ao ponto de levar a arma para casa quando passam à reserva.

Já se nos dias de hoje a tese faria sentido, eu tenho muitas dúvidas.
Na II guerra mundial o Volksturm, uma guarda de cidadãos armada com as armas mais diversas, era completamente ineficiente por uma quantidade de razões.

- Multiplicidade de armas diferentes (é para usar e deitar fora e depois fugir)
- Enorme diferença tecnológica que torna a ação por parte dos civis armados, pouco mais que um arranhão.
- Impossibilidade de coordenar ações porque os grupos de civis não estão dependentes de uma cadeia de comando.

E claro, a menina do Bloco de Esquerda, que quer combater a Russia, mas não percebe que sem armas isso não se pode fazer, acabou a atacar o individuo de Chega de genocida e não sei mais o quê...
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
Re: Política em Portugal
« Responder #2275 em: Maio 21, 2024, 11:48:09 am »
Pessoal:

 :arrow: https://en.wikipedia.org/wiki/Aleutian_Islands_campaign

O Embaixador tem fama de ser incompetente, se é verdade ou não, eu não sei, mas da fama já não se livra.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
« Última modificação: Maio 21, 2024, 02:10:27 pm por Cabeça de Martelo »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8653
  • Recebeu: 1763 vez(es)
  • Enviou: 765 vez(es)
  • +1005/-7729
Re: Política em Portugal
« Responder #2277 em: Maio 22, 2024, 02:36:59 pm »
Creio que vem a propósito dos tempos que correm...

"Comecei a ver sob outra luz as opiniões liberais desses periódicos. O tom de distinção das réplicas aos ataques, assim como o seu completo silêncio em certos assuntos, revelavam-se agora
como truques inteligentes e vis."
(...)
Dificilmente eu podia compreender como homens que, tomados isoladamente, possuem visão racional das coisas, perdem-na de repente, logo que se põem em contato com as massa. Era
motivo para duvidar de seus propósitos. Quando, depois de discussões que duravam horas inteiras, eu me tinha convencido de haver afinal esclarecido um erro e já exultava com a vitória, acontecia que, com pesar meu, no dia seguinte, tinha de recomeçar o trabalho, pois tudo tinha sido debalde. Como um pêndulo em movimento, que sempre volta para as mesmas posições, assim acontecia com os erros combatidos, cuja reaparição era sempre fatal.
Assim pude compreender:

1.° que eles não estavam satisfeitos com a sorte que tão áspera lhes era;
2.° que odiavam os empregadores que lhes pareciam os responsáveis por essa situação;
3.° que injuriavam as autoridades que lhes pareciam indiferentes ante a sua deplorável situação;
4.° que faziam demonstrações nas ruas sobre a questão dos preços dos gêneros de primeira necessidade.

Tudo isso podia-se ainda compreender, pondo-se a razão de lado. O que, porém, era incompreensível era o ódio sem limites à sua própria nação, o achincalhamento das suas grandezas, a profanação da sua história, o enlameamento dos seus grandes homens.
Essa revolta contra a sua própria espécie, contra a sua própria casa, contra o seu próprio torrão natal, era sem sentido, inconcebível e contra a natureza.
Durante dias, no máximo semanas, conseguia-se livrá-los desse erro. Quando, mais tarde, encontrávamos o pretenso convertido, já os antigos erros de novo se haviam apoderado de seu
espírito. A monstruosidade tinha tomado posse de sua vítima.
(...)

 
« Última modificação: Maio 22, 2024, 02:39:09 pm por Luso »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 20906
  • Recebeu: 3247 vez(es)
  • Enviou: 2369 vez(es)
  • +1601/-3523
Re: Política em Portugal
« Responder #2278 em: Maio 22, 2024, 10:40:28 pm »
Haveria um dia em que isto iria acontecer. Meus senhores, eu concordo com este Socialista. :o


https://twitter.com/evacalina22/status/1793037690239164827?ref_src=twsrc%5Etfw

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 8653
  • Recebeu: 1763 vez(es)
  • Enviou: 765 vez(es)
  • +1005/-7729
Re: Política em Portugal
« Responder #2279 em: Maio 23, 2024, 09:10:56 am »
Haveria um dia em que isto iria acontecer. Meus senhores, eu concordo com este Socialista. :o


https://twitter.com/evacalina22/status/1793037690239164827?ref_src=twsrc%5Etfw

Ele fala, fala e depois quando chega à hora da verdade alinha com eles.
Nenhum se escapa.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44