Fragatas Classe Bartolomeu Dias

  • 1022 Respostas
  • 277776 Visualizações
*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2505
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-56
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #705 em: Julho 17, 2010, 11:29:39 pm »
Citação de: "Edu"
Posso estar enganado, mas na minha opinião a peça de 100 mm que actualmente equipa as fragatas da classe Vasco da Gama é bastante superior à peça de 76 mm das Bartolomeu Dias. Em caso de uniformização porque não uniformizar tudo para 100 mm?

Podes e estás enganado :mrgreen:
 

*

Edu

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 155 vez(es)
  • Enviou: 12 vez(es)
  • +5/-4
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #706 em: Julho 18, 2010, 10:48:44 pm »
Citação de: "JLRC"
Citação de: "Edu"
Posso estar enganado, mas na minha opinião a peça de 100 mm que actualmente equipa as fragatas da classe Vasco da Gama é bastante superior à peça de 76 mm das Bartolomeu Dias. Em caso de uniformização porque não uniformizar tudo para 100 mm?

Podes e estás enganado :wink:
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #707 em: Julho 18, 2010, 11:16:18 pm »
classe M
Oto Melara
Citar
The main gun is a 76mm Oto Melara mk100 which is capable of firing 100 rounds a minute with a range of 16km anti-surface and 12km anti-air. Also fitted are two Oerlikon 20mm light cannon.
Creusot Loire
Citar
Calibre 100 mm
Elevation 29°/s
Traverse 40°/s
Rate of fire 60 round/min
Muzzle velocity 870 m/s
Effective range 17,000 m (elevation 40°)
Maximum practical range:
6,000 m against aerial targets
12,000 m against surface targets
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2505
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +4/-56
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #708 em: Julho 18, 2010, 11:21:27 pm »
Citação de: "luis filipe silva"
classe M
Oto Melara
Citar
The main gun is a 76mm Oto Melara mk100 which is capable of firing 100 rounds a minute with a range of 16km anti-surface and 12km anti-air. Also fitted are two Oerlikon 20mm light cannon.
Creusot Loire
Citar
Calibre 100 mm
Elevation 29°/s
Traverse 40°/s
Rate of fire 60 round/min
Muzzle velocity 870 m/s
Effective range 17,000 m (elevation 40°)
Maximum practical range:
6,000 m against aerial targets
12,000 m against surface targets

Obrigado Luís :oops:
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 6395
  • Recebeu: 525 vez(es)
  • +3316/-501
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #709 em: Julho 18, 2010, 11:31:38 pm »
As peças de 100mm das fragatas Vasco da Gama são conhecidas como CADAM de «Cadence Ameilore» (não sei exactamente como se escreve).
A peça de 100mm envia um projéctil de 14kg a 17km, enquanto que a peça de 76mm envia uma projéctil de 6kg a 16km.
A cadência de tiro das peças da fragatas Vasco da Gama é, pelo menos em principio de 80 disparos por minuto.

Mais uma vez em teoria, a peça de 100mm dispara 1.120kg por minuto, contra 600kg por minuto da peça de 100mm.

Mas isto é só uma análise da peça. O que conta são os sistemas de pontaria e os sistemas ópticos que conseguem corrigir o tiro. Neste caso a superioridade da peça de 100mm pode-se diluir bastante.

Em todo o caso a tendência  parece ser para peças de 3 polegadas (76mm) ou de 5 polegadas(127mm) nas fragatas.
É muito mais fácil enganar uma pessoa, que explicar-lhe que foi enganada ...
 

*

Edu

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 155 vez(es)
  • Enviou: 12 vez(es)
  • +5/-4
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #710 em: Julho 19, 2010, 01:00:53 am »
Caro JLRC, eu pesquisei, e não só apenas hoje, e havia concluido que o poder de fogo da peça de 100mm é bastante superior ao da 76mm, pelas contas do caro papatango é quase o dobro do poder de fogo, para além do alcançe também superior da 100mm. Por isso o caro JLRC só poderá concluir que a peça de 76mm é superior à de 100mm se comprovar que tem uma precisão maior e melhores sistemas de detecção. Caso não comprove isso não é correcto afirmar que a peça de 76 mm é superior.

De facto o papatango tem toda a razão quando diz que a peça de 100mm se encontra a ser substituida por peças de 76mm ou 127mm mas isto não significa que estas peças sejam superiores, pode haver outras razões que não o desempenho da peça que conduzam a esta escolha.

Cumprimentos  :wink:
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14700
  • Recebeu: 3728 vez(es)
  • Enviou: 4054 vez(es)
  • +2562/-6646
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #711 em: Julho 19, 2010, 09:58:52 am »
para já a Oto-Melara é muito mais moderna que a Creuseot Loire de 100mm
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2471
  • Recebeu: 36 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +38/-384
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #712 em: Julho 19, 2010, 09:12:56 pm »
A meu ver, a importancia da peça de 100mm é sobretudo para apoio em operaçoes anfibias, na preparaçao e apoio dos Fuzos.

E a creusot loire da Vasco da Gama nada teem a ver com as mesmas peças da antigas Joao Belo. E como comparar um M48a5 e um Abrams M1 peça de 105mm.

Pergunta off topic: seria possível em caso de necessidade instalar a 100mm das Batista de Andrade nas Bartolomeu Dias?
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14700
  • Recebeu: 3728 vez(es)
  • Enviou: 4054 vez(es)
  • +2562/-6646
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #713 em: Julho 20, 2010, 04:31:18 pm »
e porque raio queres instalar em navios construidos em 1994, peças construidas no inicio dos anos 70?????????????
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Bulldozer

  • 34
  • +0/-0
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #714 em: Julho 21, 2010, 03:38:00 pm »
Perdoem a minha ignorancia,  gostava de saber, através dos vossos conhecimentos, se me conseguem responder a estas questões:
1º – a quando da aquisição das novas fragatas tambem foram adquiridas (ou vinham incluidos) os harpoon, Seasparow e torpedos?
2º – Há na marinha reserva (stock) ou capacidade de municiar todas as fragatas ou em caso de necessidade teremos de comprar?
3º – Sempre que saem em missão as fragatas estão totalmente municiadas ou apenas levam o armamente adquado para aquele tipo de missão?
4º – Estes navios tem capacidade de transportar reservas ou apenas transportam os que tem nos lançadores? Neste ultimo caso dependem sempre do navio de abastecimento, certo?
5º – Os Linkx alem das misões de SAR, patrulha, sonar e torpedeiro  tambem podem executar  apoio/cobertura de fogo terreste?
Obrigado a todos.
Pensar... é a derradeira arma!
 

*

luis filipe silva

  • Investigador
  • *****
  • 2050
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #715 em: Julho 21, 2010, 11:04:41 pm »
Citar
1º – a quando da aquisição das novas fragatas tambem foram adquiridas (ou vinham incluidos) os harpoon, Seasparow e torpedos?
As munições da peça de 76 foram compradas à espanha, os torpedos temos em stock,  os Lynx são dos nossos cinco, e os mísseis não tenho informação.
Citar
2º – Há na marinha reserva (stock) ou capacidade de municiar todas as fragatas ou em caso de necessidade teremos de comprar?
Isso são informações classificadas.
Citar
3º – Sempre que saem em missão as fragatas estão totalmente municiadas ou apenas levam o armamente adquado para aquele tipo de missão?
Vai colidir um pouco com a resposta á pergunta anterior, mas normalmente sim, excepto no caso dos Harpoon. Ainda há pouco tempo uma das VG navegava sem eles.
Citar
4º – Estes navios tem capacidade de transportar reservas ou apenas transportam os que tem nos lançadores? Neste ultimo caso dependem sempre do navio de abastecimento, certo?
A bordo só existem reservas de munições e torpedos.
Citar
5º – Os Linkx alem das misões de SAR, patrulha, sonar e torpedeiro tambem podem executar apoio/cobertura de fogo terreste?
Sim.
-----------------------------
saudações:
Luis Filipe Silva
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7648
  • Recebeu: 1068 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +1191/-51
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #716 em: Agosto 30, 2010, 11:34:42 am »
Citar
MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL
Gabinete do Ministro
Despacho n.º 13777/2010

Considerando a informação n.º 444/DGAIED, de 27 de Julho de 2010,
a proposta e os despachos de concordância nela apostos:
1 — Autorizo a adesão de Portugal ao Memorandum of Understanding
«Goalkeeper Close -In Weapon System».
2 — Delego, ao abrigo dos artigos 35.º e 36.º do Código do Procedi-
mento Administrativo, aprovado pelo Decreto  -Lei n.º 442/91, de 15 de
Novembro, com as alterações introduzidas pelo Decreto -Lei n.º 6/96,
de 31 de Janeiro, no Chefe do Estado -Maior da Armada, almirante
Fernando José Ribeiro de Melo Gomes, com faculdade de subdelegar,
a competência para a outorga do referido Memorandum.

18 de Agosto de 2010. — O Ministro da Defesa Nacional, Augusto
Ernesto Santos Silva.

http://dre.pt/pdf2sdip/2010/08/168000000/4539045391.pdf
 

*

teXou

  • Perito
  • **
  • 431
  • +0/-3
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #717 em: Setembro 06, 2010, 06:35:07 pm »
Está em Toulon.  :P
Citar
Exercice de guerre des mines en Méditerranée

Un exercice de guerre des mines baptisé « Olives Noires » est organisé par la Marine nationale du 3 au 17 septembre. Cet exercice multinational se déroule dans les eaux territoriales françaises le long de la côte méditerranéenne, notamment dans la rade et le port de Toulon. « Olives Noires» implique la force navale européenne « EUROMARFOR  » et le groupe permanent de guerre des mines de l’OTAN (voir encadré). Ce rendez-vous qui a lieu tous les deux ans, permet de promouvoir la coopération multinationale dans le domaine de la guerre des mines, d’améliorer l’interopérabilité entre les forces maritimes concernées et de travailler sur des tactiques et procédures communes.

L’édition 2010 d’ « Olives Noires » rassemble 9 pays*, 800 marins, 15 bâtiments et 2 équipes de déminage. L’emploi de deux drônes sous-marins vient compléter le dispositif. « Gavia » et Remus », c’est leur nom de guerre, permettent  d’étudier le risque d’une zone avant l’intervention des plongeurs. Côté français, le bâtiment de commandement et ravitaillement Var , les chasseurs de mines Capricorne , Eridan  et Lyre  seront impliqués. La France fait office de référence dans le domaine de la guerre des mines. Des explosifs, pour la plupart issus de la seconde guerre mondiale, sont détruits chaque année par la France.

* Allemagne, Espagne, France, Grèce, Italie, Norvège, Portugal, Royaume-Uni (en observateurs), Turquie.

Le groupe permanent de guerre des mines de l’OTAN regroupe des unités de différentes nations alliées qui varie en fonction des contributions. Il fait partie de la force de réaction rapide de l’Alliance. L’activité du groupe est partagée entre l’entraînement et les opérations. L’une d’elles étant la sécurisation des voies maritimes entre Malte et la Sicile
http://www.defense.gouv.fr/marine/a-la- ... diterranee
"Obviamente, demito-o".

H. Delgado 10/05/1958
-------------------------------------------------------
" Não Apaguem a Memória! "

http://maismemoria.org
 

*

Menacho

  • Investigador
  • *****
  • 2815
  • Recebeu: 298 vez(es)
  • Enviou: 60 vez(es)
  • +6/-50
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #718 em: Setembro 20, 2010, 09:28:03 pm »
Entrando ayer en Cartagena, foto de Diego Quevedo:

 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 7648
  • Recebeu: 1068 vez(es)
  • Enviou: 312 vez(es)
  • +1191/-51
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #719 em: Novembro 09, 2010, 03:13:04 pm »
Citar
The Portuguese Navy (Marinha Portuguese) two M Class multi-purpose frigates F333 NRP “Bartolomeu Dias” and F334 NRP “Dom Francisco de Almeida” of Bartolomeu Dias Class will may be equipped with the MLT2920 LINK 11/LINK22 multi link terminal system from German TELEFUNKEN Radio Communication Systems GmbH & Co KG (part of ELBIT Systems Ltd).

The German company has won a contract from the Dutch MoD procurement agency DMO (Defensie Materieel Organisatie) to deliver MLT2920 systems for the Royal Netherlands Navy (Koninklijke Marine) and to the Belgian Navy (Marine Belge/Belgische Marine) 3300 Tonnes M Class frigates (Dutch F831 HNLMS “Van Amstel” and F828 HNLMS “Van Speijk” and Belgian F930 BNS “Leopold I” and F-931 BNS “Louise-Marie”).

The contract includes the Portuguese Navy vessels as options.

http://poadu.wordpress.com/