Mortes nos Comandos em Portugal!

  • 62 Respostas
  • 19474 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 17219
  • Recebeu: 1866 vez(es)
  • Enviou: 1653 vez(es)
  • +310/-1506
Re: Mortes nos Comandos em Portugal!
« Responder #60 em: Junho 21, 2017, 11:03:34 am »
Citar
Para dar um exemplo de como o universo de crimes chegou a um número tão elevado, é preciso ter em conta que o Ministério Público, na investigação às mortes, recolheu provas de que, entre outros factos, vários dos instrutores do curso 127 lançaram instruendos para as silvas.

Essa prática, que não consta do guião da Prova Zero, foi multiplicada por cada um dos recrutas e pelos vários instrutores que repetiram essa ação. Há seis militares — Pedro Fernandes, Gonçalo Fulgêncio, Tiago Arsénio, Fábio António, Joel Gonçalves e José Pires — que têm entre 50 e 59 crimes. Só aqui estão contabilizados 352 crimes, o grosso das acusações.

A sério?!... Este pessoal não sabe o que são as Tropas Especiais, nem o que isso implica, pois não?! Eu fiz isso na semana de campo da recruta e até a posição de elefante pensante fiz em cima das silvas.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2142
  • Recebeu: 710 vez(es)
  • Enviou: 2211 vez(es)
  • +385/-39
Re: Mortes nos Comandos em Portugal!
« Responder #61 em: Junho 21, 2017, 02:44:25 pm »
Não sou formado em direito nem tenho experiência em treino de TE... mas atrás já tinha referido o meu receio com a falta de "sensibilidade" do MP em um caso destes - iriam ver todas as acções dos instrutores pela sua referencias pessoais, pelas regras "civis" usuais. Esta das silvas é um exemplo.   
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 9753
  • Recebeu: 1725 vez(es)
  • Enviou: 2112 vez(es)
  • +322/-284