Fragatas Classe Bartolomeu Dias

  • 1022 Respostas
  • 276894 Visualizações
*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1843
  • Recebeu: 1347 vez(es)
  • Enviou: 888 vez(es)
  • +1649/-1608
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #855 em: Outubro 29, 2021, 03:55:23 pm »
Quando alguém desta dimensão hierarquica e suposta responsabilidade, diz que está pronto para combate um navio com um dos dois motores avariados e ainda lhe faltando o famoso Vigile D, que é falado a anos mas nem mais de 3 anos parada deu para o instalar, é para o resto da malta rir
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

redkukulkane

  • Membro
  • *
  • 180
  • Recebeu: 99 vez(es)
  • Enviou: 7 vez(es)
  • +13/-55
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #856 em: Outubro 29, 2021, 09:34:28 pm »
UM MLU A GRANDE E A PORTUGUESA:mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Fragata M portuguesa de volta a Portugal após anos de modernização em Den Helder

Por: Tobias Kappelle
Post Postado: 29/10/2021 | Última modificação: 29-10-2021



A fragata M portuguesa NRP Bartolomeu Dias regressou ao porto de Lisboa na segunda-feira. O navio passou por um programa de conservação em Den Helder por mais de três anos, fornecido pela Damen. De Bartolomeu Dias foi conhecido em uma vida passada como Hr.Ms. Van Nes e foi vendido à Marinha Portuguesa em 2009.

Bartolomeu Dias
NRP Bartolomeu Dias na subida ao porto de Lisboa. (Foto: Marinha Portuguesa)

O Van Nes não foi a única fragata M vendida aos portugueses em 2009. Também Hr.Ms. Van Galen foi transferido e desde então denomina-se NRP D. Francisco de Almeida. Em 2016, os Países Baixos, a Bélgica e Portugal chegaram a acordo sobre um Memorando de Entendimento (MOU) relativo à manutenção das duas fragatas.



No MOU foi acordado que os Países Baixos realizariam uma grande manutenção nas duas fragatas e que ambos os navios seriam parcialmente renovados. A razão para isso é que De Schelde Groep construiu as duas fragatas em 1994. A Schelde Groep foi adquirida pela Damen em 2000, então este estaleiro cuidou da manutenção.

As fragatas M holandesa e belga foram modernizadas antes das variantes portuguesas, através das fragatas M do Programa de Manutenção (IPM). Portugal decidiu então seguir a Bélgica e os Países Baixos e submeter as suas fragatas M também a um programa de conservação em Den Helder. Este é um programa mais limitado do que para os navios holandeses e belgas. No dia 30 de abril de 2018, o Bartolomeu Dias chegou a Den Helder para o IP.



O objetivo deste programa é garantir a vida dos navios até 2035. A propulsão foi totalmente reformulada, 40 km de cabos foram substituídos, os sistemas de ar condicionado foram renovados e, claro, o navio foi pintado. O mais impressionante é o novo mastro que se encaixa no IPM, mas o número de sensores no mastro é limitado. O Thales Seastar, ou Sea Watcher 100 como o nome internacional é chamado, é um radar de banda X para imagens do mar de alta resolução e está instalado no mastro das fragatas M holandesa e belga. A Marinha Portuguesa não comprou este radar, também falta o Thales Vigile APX ESM. No entanto, o Bartolomeu Dias recebeu novos sistemas de comunicação por satélite.

Fragatas M
Uma foto tirada em fevereiro deste ano. Da esquerda para a direita: Hr.Ms. Van Amstel, o português Bartolomeu Dias (ex -Hr.Ms. Van Nes), o belga Leopold 1 (ex -Hr.Ms. Karel Doorman) e Hr.Ms. Van Speijk. (Foto: Jasper Verolme / Defesa)

Fragatas M
Encontre as diferenças neste fragmento da foto acima. Aqui você pode ver que o feixe vertical no mastro está faltando (Thales Seastar) e o recesso triangular para o Gatekeeper abaixo dele foi movido para cima na fragata portuguesa. Além disso, nenhum sistema ESM pode ser visto onde o Vigile APX pode ser visto na fragata M holandesa. (Sob o radar SMART-S um pequeno bloco semicircular). E os novos orbes satcom não foram colocados. (Foto: Jasper Verolme / Defesa)

O plano era inicialmente concluir o programa no final de 2019, após o que o navio regressaria a Portugal no início de 2020, mas houve um atraso.

O D. Francisco de Almeida, que atualmente reside em Den Helder, estará provavelmente pronto para regressar a Lisboa em 2022. A manutenção deste navio foi iniciada em julho de 2020.

https://marineschepen.nl/nieuws/Portugees-M-fregat-terug-in-Portugal-na-modernisering-in-Den-Helder-291021.html

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Major Alvega, HSMW, mafets, JohnM

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1843
  • Recebeu: 1347 vez(es)
  • Enviou: 888 vez(es)
  • +1649/-1608
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #857 em: Outubro 29, 2021, 11:33:55 pm »
Devem estar inchados de "orgulho" gentes como o MDN o CEMA e outros que por arrasto alinham neste Circo politico, para conforto das suas carreiras. 
Já o turista selfis nem vale a pena falar que é como uma figura da banda desenhada. Inconsequente

Patriotismo só na bola dos herois de papel

Nesta linha os futuros NPO serão mais uns patrulhas travestis
« Última modificação: Outubro 29, 2021, 11:35:18 pm por Pescador »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman, NVF, Stalker79

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 11980
  • Recebeu: 2555 vez(es)
  • Enviou: 6878 vez(es)
  • +422/-371
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #858 em: Outubro 29, 2021, 11:54:33 pm »
Então estas é que eram para ser as Fragatas para empregar em cenários do alta intensidade...  ::)

Onde estão mesmo os sistemas de comunicação por satélite?
https://www.youtube.com/user/HSMW/videos

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: typhonman

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4996
  • Recebeu: 3530 vez(es)
  • Enviou: 6606 vez(es)
  • +4541/-182
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #859 em: Outubro 30, 2021, 10:29:22 am »
Pelos menos os domos novos (mais pequenos que os originais) estão instalados há algum tempo. Foi o que causou grande celeuma quando o P44 publicou aquela célebre foto dum vídeo do Twitter.

Mas o que interessa — e diferencia — as nossas fragatas das dos belgas e holandeses são os Harpoon Block II, os ESSM Block 2 e os torpedos Mk 54. Cadê eles? Já foram entregues, ou a entrega vai ocorrer em simultâneo com a entrega das Marlin para os NPO, a 30 de fevereiro de um ano por inventar?
Talent de ne rien faire
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2380
  • Recebeu: 435 vez(es)
  • Enviou: 305 vez(es)
  • +126/-306
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #860 em: Outubro 30, 2021, 12:30:11 pm »
A grande diferença das nossas para as holandesas está na escolha  Vigile APX + SEASTAR vs Vigile D.
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2213
  • Recebeu: 763 vez(es)
  • Enviou: 2433 vez(es)
  • +452/-47
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #861 em: Outubro 30, 2021, 05:20:12 pm »
A grande diferença das nossas para as holandesas está na escolha  Vigile APX + SEASTAR vs Vigile D.

Mas não eram todas (PT e Holandesas) com o Thales Vigile D? => https://www.navaltoday.com/2019/09/10/dutch-portuguese-frigates-getting-thales-radar-electronic-support-measures/

Mas, pelo que percebo, o Vigile D é uma evolução do APX... ao menos isso.

Não entendo é o porquê de ser instalado no Alfeite...
« Última modificação: Outubro 30, 2021, 05:50:00 pm por LM »
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2380
  • Recebeu: 435 vez(es)
  • Enviou: 305 vez(es)
  • +126/-306
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #862 em: Outubro 30, 2021, 06:20:28 pm »
A grande diferença das nossas para as holandesas está na escolha  Vigile APX + SEASTAR vs Vigile D.

Mas não eram todas (PT e Holandesas) com o Thales Vigile D? => https://www.navaltoday.com/2019/09/10/dutch-portuguese-frigates-getting-thales-radar-electronic-support-measures/

Mas, pelo que percebo, o Vigile D é uma evolução do APX... ao menos isso.

Não entendo é o porquê de ser instalado no Alfeite...

Não, eram os LPD a receber os Vigile D. Mas o adiamento do MLU destes pode ser a razão da instalação cá em Portugal.

O Vigile D é muito mais do que um simples evolução do APX.
 

*

LM

  • Investigador
  • *****
  • 2213
  • Recebeu: 763 vez(es)
  • Enviou: 2433 vez(es)
  • +452/-47
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #863 em: Outubro 30, 2021, 06:50:50 pm »
A grande diferença das nossas para as holandesas está na escolha  Vigile APX + SEASTAR vs Vigile D.

Mas não eram todas (PT e Holandesas) com o Thales Vigile D? => https://www.navaltoday.com/2019/09/10/dutch-portuguese-frigates-getting-thales-radar-electronic-support-measures/

Mas, pelo que percebo, o Vigile D é uma evolução do APX... ao menos isso.

Não entendo é o porquê de ser instalado no Alfeite...

Não, eram os LPD a receber os Vigile D. Mas o adiamento do MLU destes pode ser a razão da instalação cá em Portugal.

O Vigile D é muito mais do que um simples evolução do APX.

Correcto, encontrei esta informação (ainda bem que o Google traduz, que o meu holandês é fraco  :mrgreen: ) => https://marineschepen.nl/nieuws/Electronic-warfare-gaat-digitaal-met-Vigile-D-20200213.html

Não temos radar no mastro mas teremos ESM...
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 14618
  • Recebeu: 3692 vez(es)
  • Enviou: 4047 vez(es)
  • +2526/-6577
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #864 em: Outubro 31, 2021, 07:50:09 am »
Se bem entendi, o Vigile D é o Seawatcher dos pobres?
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Stalker79

  • Investigador
  • *****
  • 1958
  • Recebeu: 485 vez(es)
  • Enviou: 2290 vez(es)
  • +168/-21
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #865 em: Outubro 31, 2021, 01:58:13 pm »
Se bem entendi, o Vigile D é o Seawatcher dos pobres?


Não, o Vigile D é guerra eletronica ESM e não radar. O Seawatcher dos pobres é o mastro oco....
 :-P
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4996
  • Recebeu: 3530 vez(es)
  • Enviou: 6606 vez(es)
  • +4541/-182
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #866 em: Outubro 31, 2021, 03:11:36 pm »
Mas segundo alguns, é tão alta intensidade que até dá para dispensar o armamento das fragatas, tipo a complexidade dos NPO.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Stalker79

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1843
  • Recebeu: 1347 vez(es)
  • Enviou: 888 vez(es)
  • +1649/-1608
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #867 em: Outubro 31, 2021, 04:14:09 pm »
Se entretanto houver dificuldade de adquirir discos para a rebarbadora para fazer os cortes no mastro oco e meter os Vigile, eu posso dar alguns. Não seja por isso que não os coloquem, passado mais de  3 anos a anunciar internacionalmente o grande feito.
Com isto dos gastos em bolas, pode faltar agora para discos de corte
 

*

Red Baron

  • Investigador
  • *****
  • 2380
  • Recebeu: 435 vez(es)
  • Enviou: 305 vez(es)
  • +126/-306
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #868 em: Outubro 31, 2021, 04:42:29 pm »
Se bem entendi, o Vigile D é o Seawatcher dos pobres?

São coisas totalmente diferentes. O SeaWatcher é um radar de superfície, sobretudo virado para a deteção pequenos objetos a medias distancias.

O Vigile D é um sistema passivo de deteção de sinais eletrónicos. Para ser mais fácil visualizar, funciona mais ao menos como um sonar passivo de um submarino. É excelente para detetar sem ser detetado, mas tem a limitação de que precisa que sejam emitidos sinais eletrónicos e que estes não sejam mascarados por outra fonte.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 1843
  • Recebeu: 1347 vez(es)
  • Enviou: 888 vez(es)
  • +1649/-1608
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #869 em: Outubro 31, 2021, 05:17:46 pm »
Se bem entendi, o Vigile D é o Seawatcher dos pobres?

São coisas totalmente diferentes. O SeaWatcher é um radar de superfície, sobretudo virado para a deteção pequenos objetos a medias distancias.

O Vigile D é um sistema passivo de deteção de sinais eletrónicos. Para ser mais fácil visualizar, funciona mais ao menos como um sonar passivo de um submarino. É excelente para detetar sem ser detetado, mas tem a limitação de que precisa que sejam emitidos sinais eletrónicos e que estes não sejam mascarados por outra fonte.


Temos o SeaOlhometro, sofisticado equipamento de visão, na falta da outra Visão dos responsáveis, para as coisas importantes