Fragatas Classe Bartolomeu Dias

  • 909 Respostas
  • 249863 Visualizações
*

Cláudio C.

  • Membro
  • *
  • 256
  • Recebeu: 14 vez(es)
  • Enviou: 25 vez(es)
  • +5/-0
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #735 em: Junho 09, 2015, 04:29:49 pm »
Obrigado pela contribuição.

 A minha questão era mais no sentido de  "e se" fossem duas BD ou uma BD e uma VdG sem a companhia do navio de defesa aérea holandês, seria adequado na mesma, ou poderia ser areia a mais para o camião? (sei que é uma questão algo subjetiva...)

Relativamente aos ESSM seria um incremento enorme na protecção do navio e mesmo da força (que acima referi). No futuro tudo indica que assim será :)
E Pluribus Unum
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6919
  • Recebeu: 1814 vez(es)
  • Enviou: 810 vez(es)
  • +3485/-2526
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #736 em: Junho 09, 2015, 04:47:13 pm »
Citação de: "Cláudio C."
Obrigado pela contribuição.

 A minha questão era mais no sentido de  "e se" fossem duas BD ou uma BD e uma VdG sem a companhia do navio de defesa aérea holandês, seria adequado na mesma, ou poderia ser areia a mais para o camião? (sei que é uma questão algo subjetiva...)

Relativamente aos ESSM seria um incremento enorme na protecção do navio e mesmo da força (que acima referi). No futuro tudo indica que assim será :)
Cláudio, para mim uma fragata para uma missão destas sozinha, tem de ter um míssil AA de médio alcance (e uma boa capacidade em termos de reserva dos ditos misseis). E nenhuma das fragatas portuguesas o tem, já que o usado é o Rim-7 Sea Sparrow que no máximo tem um alcance de 19 km. http://en.wikipedia.org/wiki/RIM-7_Sea_Sparrow

Os navios tem assim misseis, armas e sensores adequados à defesa e ataque, mas não podem atacar um avião ou se defender de um missil (atacar um navio é diferente porque o SSM Harpoon tem maior alcance) para lá do alcance do míssil em questão, o que coloca qualquer uma das fragatas ao alcance de uma serie de armas anti-navio lançadas a partir dos 50 km, isto apesar dos sensores detectarem os alvos para lá dessa distância. Se tivesse o ESSM com 50 km de alcance, e tendo em conta que as B.D. tem os VLS (as VG apenas tem o lançador mk29 para 8 misseis), já era diferente, embora não fosse uma fragata de defesa aérea, como é o caso da Tromp que além dos SM2 ainda leva os Sea Sparrow (já para não falar da diferença dos sensores). http://en.wikipedia.org/wiki/RIM-162_ESSM


Saudações
« Última modificação: Junho 09, 2015, 06:16:18 pm por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Cláudio C.

  • Membro
  • *
  • 256
  • Recebeu: 14 vez(es)
  • Enviou: 25 vez(es)
  • +5/-0
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #737 em: Junho 09, 2015, 04:50:17 pm »
O mafets foi ao encontro do que eu pensava.

Desta reflexão pode-se, ao menos, concluir que a integração de ESSM é urgente, até para manuntenção dos compromissos NATO, embora não seja novidade já...
E Pluribus Unum
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6919
  • Recebeu: 1814 vez(es)
  • Enviou: 810 vez(es)
  • +3485/-2526
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #738 em: Junho 09, 2015, 04:58:44 pm »
Citação de: "Cláudio C."
O mafets foi ao encontro do que eu pensava.

Desta reflexão pode-se, ao menos, concluir que a integração de ESSM é urgente, até para manuntenção dos compromissos NATO, embora não seja novidade já...
Não existindo ESSM, upgrade de sensores, etc, tem sempre de levar o policia atrás. Uma A.Bazan ou Tromp podem operar sozinhas. Por exemplo se fosse um contra-torpedeiro da classe Daring, mantinha a fragata portuguesa para ASW que o navio inglês nesse capitulo não é "grande espingarda". https://pt.wikipedia.org/wiki/Classe_Daring :wink:



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Cláudio C.

  • Membro
  • *
  • 256
  • Recebeu: 14 vez(es)
  • Enviou: 25 vez(es)
  • +5/-0
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #739 em: Junho 09, 2015, 05:02:50 pm »
Resta-nos esperar que o MLU se concretize conforme foi referido pelo CEMA, com a introdução de ESSM nas BD e numa VdG (ou em todas no caso do Siroco não vir)... Seria sem dúvida um passo enorme na autonomia da esquadra...
E Pluribus Unum
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6919
  • Recebeu: 1814 vez(es)
  • Enviou: 810 vez(es)
  • +3485/-2526
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #740 em: Junho 09, 2015, 06:25:29 pm »
Citação de: "Cláudio C."
Resta-nos esperar que o MLU se concretize conforme foi referido pelo CEMA, com a introdução de ESSM nas BD e numa VdG (ou em todas no caso do Siroco não vir)... Seria sem dúvida um passo enorme na autonomia da esquadra...
O ESSM é apenas uma das vertentes. Existem os sensores, as comunicações e inclusive os próprios helicópteros lynx que necessitam de upgrade. Mas mesmo ocorrendo num panorama mais limitado, tanto a B.D. como sobretudo as Vasco da Gama, continuam a ter um papel útil por exemplo em ASW. Basta dizer que a já referida classe britânica de contra-torpedeiros Daring, tem como arma de ASW apenas o helicóptero (normalmente o Lynx mas pode levar o Eh) .  :roll:
   


Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 4375
  • Recebeu: 2748 vez(es)
  • Enviou: 4873 vez(es)
  • +4003/-146
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #741 em: Junho 09, 2015, 07:58:59 pm »
Devido à curvatura da Terra, a distância a que os alvos são detectados depende da altitude destes e da altura a que estão colocados os radares no navio. Por isso é que os designers navais tentam colocar os radares o mais alto possível na estrutura de um navio — vide o caso extremo do Daring. Se o radar estiver, por exemplo, colocado a 20 m de altura, a distância máxima a que pode detectar um míssil voando a 30 m de altitude são cerca de 40 km; se a altitude do míssil baixar para 10 m, a distância de detecção passa para 30 km.

Por isso é que mísseis como BrahMos — que se deslocam a velocidades de cerca de 1 km/s — são tão temidos, pois podem percorrer a distância entre o ponto de detecção e o navio em cerca de meio minuto, que é um tempo de reacção extremamente curto. Se num cenário ideal estes números já são extremamente assustadores, então numa situação real em ambiente ECM ainda vão ser piores e mais desfavoráveis ao navio.

Os mísseis anti-navio, em particular, os super e hiper-sónicos só vêm realçar a importância dos meios AEW em ambiente naval. Um Hawkeye ou um AWACS, voando a 10.000 pés de altitude consegue detectar um seaskimmer a cerca de 250 km; a uma altitude típica de 30.000 pés a distância de detecção passa para os mais de 400 km. Quase de certeza que os navios da task force vão operar no Ponto Euxino sob o olhar atento dos AWACS da NATO e de outros meios de patrulha aéreos.
Talent de ne rien faire
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6919
  • Recebeu: 1814 vez(es)
  • Enviou: 810 vez(es)
  • +3485/-2526
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #742 em: Junho 09, 2015, 09:15:43 pm »
Exactamente. E por ali não falta gente com aparelhos AEW.  :wink:



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12419
  • Recebeu: 2252 vez(es)
  • Enviou: 2910 vez(es)
  • +1795/-3834
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #743 em: Julho 07, 2015, 02:39:38 pm »
TCG BARBAROS (F-244) / NRP Francisco de Almeida (F334) / HNMLS TROMP (F 803)





http://niki-zlatev.blogspot.ca/2015/07/ ... co-de.html
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12419
  • Recebeu: 2252 vez(es)
  • Enviou: 2910 vez(es)
  • +1795/-3834
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #744 em: Julho 17, 2015, 11:23:06 am »
#SNMG1 Portuguese fregate in Black sea deployment.
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 12419
  • Recebeu: 2252 vez(es)
  • Enviou: 2910 vez(es)
  • +1795/-3834
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #745 em: Julho 22, 2015, 07:23:07 pm »


SNMG1- Black sea - RAS exercise with ROS Regele Ferdinand and NRP D. Francisco de Almeida - 16 JULY 2015 - Photo by WO ARTIGUES (HQ MARCOM)


SNMG1- Black sea - SNMG1- NRP D. Francisco de Almeida (F334) - 15 JULY 2015 - Photo by WO ARTIGUES (HQ MARCOM).



SNMG1- Black sea - SNMG1- NRP D. Francisco de Almeida (F334) and HNLMS TROMP (F803) in formation 1 - 15 JULY 2015 - Photo by WO ARTIGUES (HQ MARCOM).
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4551
  • Recebeu: 422 vez(es)
  • Enviou: 346 vez(es)
  • +74/-1403
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #746 em: Maio 27, 2016, 12:41:30 am »
Fica aqui um apontamento.

Todos lembram-se dos famosos voos russos sobre os navios americanos. No outro dia fiquei a saber que isto também aconteceu, quando o nosso navio andava por lá!

Será que a marinha não podia libertar os vídeos feitos sobre esses eventos, ou até do navio espião que os seguiu durante a nossa estadia lá!
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 8686
  • Recebeu: 4023 vez(es)
  • Enviou: 2824 vez(es)
  • +4003/-551
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #747 em: Maio 27, 2016, 09:17:26 am »
Fica aqui um apontamento.

Todos lembram-se dos famosos voos russos sobre os navios americanos. No outro dia fiquei a saber que isto também aconteceu, quando o nosso navio andava por lá!

Será que a marinha não podia libertar os vídeos feitos sobre esses eventos, ou até do navio espião que os seguiu durante a nossa estadia lá!

vão colocá-los no Ebay para serem licitados e assim arranjarem algum pilim para um ZUMWALT  :rir: :rir:...........segredo de estado meu caro segredo de estado..........................., a que ESTADO nós chegamos !!!!!!!! :G-Kill:

Abraços


Quando um Povo não Respeita as Suas FFAA, Não Respeita a Sua História nem se Respeita a Si Próprio  !!
 

*

lexivia

  • Membro
  • *
  • 85
  • Recebeu: 8 vez(es)
  • Enviou: 20 vez(es)
  • +3/-0
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #748 em: Maio 28, 2016, 11:46:52 pm »
Fica aqui um apontamento.

Todos lembram-se dos famosos voos russos sobre os navios americanos. No outro dia fiquei a saber que isto também aconteceu, quando o nosso navio andava por lá!

Será que a marinha não podia libertar os vídeos feitos sobre esses eventos, ou até do navio espião que os seguiu durante a nossa estadia lá!

vão colocá-los no Ebay para serem licitados e assim arranjarem algum pilim para um ZUMWALT  :rir: :rir:...........segredo de estado meu caro segredo de estado..........................., a que ESTADO nós chegamos !!!!!!!! :G-Kill:

Abraços

Seria interessante, era, saber se fomos alvo do mesmo tipo de jamming e com que resultados
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 6919
  • Recebeu: 1814 vez(es)
  • Enviou: 810 vez(es)
  • +3485/-2526
Re: Fragatas Classe Bartolomeu Dias
« Responder #749 em: Maio 29, 2016, 10:03:11 am »
Fica aqui um apontamento.

Todos lembram-se dos famosos voos russos sobre os navios americanos. No outro dia fiquei a saber que isto também aconteceu, quando o nosso navio andava por lá!

Será que a marinha não podia libertar os vídeos feitos sobre esses eventos, ou até do navio espião que os seguiu durante a nossa estadia lá!

vão colocá-los no Ebay para serem licitados e assim arranjarem algum pilim para um ZUMWALT  :rir: :rir:...........segredo de estado meu caro segredo de estado..........................., a que ESTADO nós chegamos !!!!!!!! :G-Kill:

Abraços

Seria interessante, era, saber se fomos alvo do mesmo tipo de jamming e com que resultados
Mas qual Jamming? o da RT, a qual não explica como se faz jamming ao radar principal e afectam também os radares de controlo de de tiro SPG 62 que trabalham numa frequência diferente e também fazem varredura? É que os AB não tem apenas um radar...  ::)


Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/