Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama

  • 2668 Respostas
  • 306573 Visualizações
*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 5025
  • Recebeu: 3567 vez(es)
  • Enviou: 6871 vez(es)
  • +5141/-192
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2535 em: Outubro 22, 2022, 12:06:33 pm »
GT mas é da Lerpa

É mais GT de Bridge, que os gajos são finos.
Talent de ne rien faire
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6603
  • Recebeu: 2794 vez(es)
  • Enviou: 585 vez(es)
  • +1502/-545
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2536 em: Outubro 22, 2022, 12:44:36 pm »
Os custos reduzidos dos PPA e das Type 31, devem-se ao seu reduzido armamento, quando comparado com fragatas totalmente equipadas. Nós nem nos podemos dar ao luxo de ir por fragatas "low cost", em que esse low cost seja à custa da ausência de determinados equipamentos/armamentos, ou o tal "fitted for but not with" (em Portugal substituis o not por never).

Existem navios que são minimamente em conta. Desde um conceito novo e diferente como o XO139, que pode tirar partido da verba do LPD, às Meko A200, às Sigma 10514, 11515 e 12516, às AH140. O preço final dependerá claro do que lhes metes em cima.

Isto de fragatas de patrulha, como as Type 31 e PPA, servem para países com marinhas recheadas, não como os únicos navios principais.
 

*

Visitante123

  • Perito
  • **
  • 445
  • Recebeu: 165 vez(es)
  • Enviou: 92 vez(es)
  • +7/-44
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2537 em: Outubro 22, 2022, 02:25:43 pm »
A AH140 e a Type 31 são a mesma fragata. AH140 é o nome para exportação.
 

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 2045
  • Recebeu: 1517 vez(es)
  • Enviou: 1039 vez(es)
  • +2302/-1713
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2538 em: Outubro 22, 2022, 02:33:31 pm »
2 fragatas e 3 Cross? Pensei que fazia mais sentido 3 Fragatas e 2 Cross
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 4626
  • Recebeu: 4309 vez(es)
  • Enviou: 2751 vez(es)
  • +6509/-2499
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2539 em: Outubro 22, 2022, 03:29:00 pm »
É curioso que não é a primeira, nem segunda vez que ouço nos últimos tempos dizerem que o conceito Crossover vai de vela depois do "Picas" sair da liderança da Marinheca...

Isso e que a futura substituição das nossas fragatas pode bem ser um par de ASWF + 3 EPCs. E como quem o afirma diz pertencer supostamente à Direcção de Navios, uma pessoa fica com a tendência de ouvir com mais atenção. 
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

"(...) Que, havendo por verdade o que dizia,
DE NADA A FORTE GENTE SE TEMIA
"

Luís Vaz de Camões (Os Lusíadas, Canto I - Estrofe 97)
 

*

JohnM

  • Analista
  • ***
  • 756
  • Recebeu: 370 vez(es)
  • Enviou: 203 vez(es)
  • +46/-19
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2540 em: Outubro 22, 2022, 03:29:22 pm »
2 fragatas e 3 Cross? Pensei que fazia mais sentido 3 Fragatas e 2 Cross
Pelo andar carruagem, já será um a sorte se forem 2 XO e 2 fragatas. E atenção que ainda ninguém se atravessou a comprar os XO, existem apenas rumores que a Holanda os pode comprar para substituir os 4 Holland e os 2 LPD… para já é apenas um conceito, uma espécie de Absalon moderna… vamos ser nós o primeiro cliente? Eu apostaria que o que virá serão apenas 2 ASWF e umas quantas EPC… espero estar enganado
« Última modificação: Outubro 22, 2022, 03:31:43 pm por JohnM »
 

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1058
  • Recebeu: 875 vez(es)
  • Enviou: 1442 vez(es)
  • +2106/-1731
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2541 em: Outubro 22, 2022, 03:37:58 pm »
A única hipótese de não virem os Cross, é comprar um LPD ou JSS usado.
Cps,
 

*

JohnM

  • Analista
  • ***
  • 756
  • Recebeu: 370 vez(es)
  • Enviou: 203 vez(es)
  • +46/-19
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2542 em: Outubro 22, 2022, 03:47:04 pm »
A única hipótese de não virem os Cross, é comprar um LPD ou JSS usado.
Cps,
O JdW vai ficar a ganhar mofo… duvido que não lhe peguemos, eventualmente num negócio conjunto com ASWF… agora que parece que a VdG está definitivamente fora de ação, talvez já haja pessoal suficiente para a tripulação…
 

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1058
  • Recebeu: 875 vez(es)
  • Enviou: 1442 vez(es)
  • +2106/-1731
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2543 em: Outubro 22, 2022, 03:49:36 pm »
O que está na mesa é:

Alta intensidade: ASWF

Média Intensidade: XO + operações anfíbias

Baixa intensidade/Patrulha musculada EPC, versão ASW e patrulha oceânica.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, Charlie Jaguar, Lightning, JohnM

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 10047
  • Recebeu: 1901 vez(es)
  • Enviou: 2475 vez(es)
  • +419/-413
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2544 em: Outubro 22, 2022, 04:02:07 pm »
É curioso que não é a primeira, nem segunda vez que ouço nos últimos tempos dizerem que o conceito Crossover vai de vela depois do "Picas" sair da liderança da Marinheca...

Isso e que a futura substituição das nossas fragatas pode bem ser um par de ASWF + 3 EPCs. E como quem o afirma diz pertencer supostamente à Direcção de Navios, uma pessoa fica com a tendência de ouvir com mais atenção.

Há pessoas mais revolucionárias outras mais conservadoras, é como em todo o lado.

E para essas pessoas da Direção de Navios o que querem para projecção anfíbia, um LPD clássico? Ou os Fuzos podem continuar de NPO que vão muito bem...
 

*

JohnM

  • Analista
  • ***
  • 756
  • Recebeu: 370 vez(es)
  • Enviou: 203 vez(es)
  • +46/-19
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2545 em: Outubro 22, 2022, 04:09:58 pm »
O que está na mesa é:

Alta intensidade: ASWF

Média Intensidade: XO + operações anfíbias

Baixa intensidade/Patrulha musculada EPC, versão ASW e patrulha oceânica.
2+2+4?

Essa combinação seria ideal, mas só acredito quando vir… em milhões, contas feitas por baixo, incluindo os 6 NPO III: 1400+1000+1200+400=4000…🙄

Por outro lado, se as 4 EPC viessem substituir os primeiros 4 NPO, como já alguém mencionou aqui ser uma possibilidade, as contas para 2 ASWF, 4 EPC e 6 NPO III: 1400+1200+400=3000… mesmo isto só acreditando no Pai Natal… Color me sceptic…
« Última modificação: Outubro 22, 2022, 04:15:35 pm por JohnM »
 

*

Subsea7

  • Especialista
  • ****
  • 1058
  • Recebeu: 875 vez(es)
  • Enviou: 1442 vez(es)
  • +2106/-1731
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2546 em: Outubro 22, 2022, 04:23:28 pm »
O que está na mesa é:

Alta intensidade: ASWF

Média Intensidade: XO + operações anfíbias

Baixa intensidade/Patrulha musculada EPC, versão ASW e patrulha oceânica.
2+2+4?

Essa combinação seria ideal, mas só acredito quando vir… em milhões, contas feitas por baixo, incluindo os 6 NPO III: 1400+1000+1200+400=4000…🙄

Por outro lado, se as 4 EPC viessem substituir os primeiros 4 NPO, como já alguém mencionou aqui ser uma possibilidade, as contas para 2 ASWF, 4 EPC e 6 NPO III: 1400+1200+400=3000… mesmo isto só acreditando no Pai Natal… Color me sceptic…

Os NPO saem de cena...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Pescador, JohnM

*

Pescador

  • Investigador
  • *****
  • 2045
  • Recebeu: 1517 vez(es)
  • Enviou: 1039 vez(es)
  • +2302/-1713
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2547 em: Outubro 22, 2022, 04:54:41 pm »
O que está na mesa é:

Alta intensidade: ASWF

Média Intensidade: XO + operações anfíbias

Baixa intensidade/Patrulha musculada EPC, versão ASW e patrulha oceânica.
2+2+4?

Essa combinação seria ideal, mas só acredito quando vir… em milhões, contas feitas por baixo, incluindo os 6 NPO III: 1400+1000+1200+400=4000…🙄

Por outro lado, se as 4 EPC viessem substituir os primeiros 4 NPO, como já alguém mencionou aqui ser uma possibilidade, as contas para 2 ASWF, 4 EPC e 6 NPO III: 1400+1200+400=3000… mesmo isto só acreditando no Pai Natal… Color me sceptic…

Os NPO saem de cena...

Ora bem, se afinal querem despachar os actuais NPO e queriam meter uma espécie de NPO musculado mas chuning, mais vale a opção EPC na versão Patrulha com capacidade ASW complementar das Fragatas. Além obviamente das Fragatas a sério e da logística dos XO. Assim reúne a "alta intensidade", logística com capacidade armada superior de uma das actuais Fragatas e, patrulha verdadeiramente musculada e versátil para capacidade de adaptação a diversos cenários, incluindo algo mais intenso, como o apoio ASW que os NPO nunca dariam com mais tunning que lhes fizessem. 
Até pareceria uma Marinha de Guerra, em vez de empresa de turismo e carga
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Subsea7

*

dc

  • Investigador
  • *****
  • 6603
  • Recebeu: 2794 vez(es)
  • Enviou: 585 vez(es)
  • +1502/-545
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2548 em: Outubro 22, 2022, 05:09:45 pm »
A AH140 e a Type 31 são a mesma fragata. AH140 é o nome para exportação.

Sim, mas a Type 31 é a versão específica para a RN, que a nós não nos interessa por ser pouco armada. E para julgar custos, não se pode olhar para a versão mais minimalista de um determinado modelo de navio.

A FREMM marroquina foi mais barata que as FREMM francesas, mas isto é porque também é inferior às originais.

É curioso que não é a primeira, nem segunda vez que ouço nos últimos tempos dizerem que o conceito Crossover vai de vela depois do "Picas" sair da liderança da Marinheca...

Isso e que a futura substituição das nossas fragatas pode bem ser um par de ASWF + 3 EPCs. E como quem o afirma diz pertencer supostamente à Direcção de Navios, uma pessoa fica com a tendência de ouvir com mais atenção.

Há pessoas mais revolucionárias outras mais conservadoras, é como em todo o lado.

E para essas pessoas da Direção de Navios o que querem para projecção anfíbia, um LPD clássico? Ou os Fuzos podem continuar de NPO que vão muito bem...

Lá está, o LPD será sempre um factor no meio disto tudo. Eu antes preferia ter os Crossover, e pelo menos a questão das fragatas ficava, parcialmente, resolvida, tal como teríamos uma capacidade anfíbia e de apoio a desastres decente, do que ir a correr buscar o LPD, e continuarmos até 2035 com as VdG.

E não tenho dúvidas também, que as mentes mais conservadoras na Marinha, vão querer é o LPD tipo Rotterdam, por ser mais vistoso.
 

*

Visitante123

  • Perito
  • **
  • 445
  • Recebeu: 165 vez(es)
  • Enviou: 92 vez(es)
  • +7/-44
Re: Substituição das Fragatas Classe Vasco da Gama
« Responder #2549 em: Outubro 22, 2022, 05:17:45 pm »
A AH140 e a Type 31 são a mesma fragata. AH140 é o nome para exportação.

Sim, mas a Type 31 é a versão específica para a RN, que a nós não nos interessa por ser pouco armada. E para julgar custos, não se pode olhar para a versão mais minimalista de um determinado modelo de navio.

A FREMM marroquina foi mais barata que as FREMM francesas, mas isto é porque também é inferior às originais.

É curioso que não é a primeira, nem segunda vez que ouço nos últimos tempos dizerem que o conceito Crossover vai de vela depois do "Picas" sair da liderança da Marinheca...

Isso e que a futura substituição das nossas fragatas pode bem ser um par de ASWF + 3 EPCs. E como quem o afirma diz pertencer supostamente à Direcção de Navios, uma pessoa fica com a tendência de ouvir com mais atenção.

Há pessoas mais revolucionárias outras mais conservadoras, é como em todo o lado.

E para essas pessoas da Direção de Navios o que querem para projecção anfíbia, um LPD clássico? Ou os Fuzos podem continuar de NPO que vão muito bem...

Lá está, o LPD será sempre um factor no meio disto tudo. Eu antes preferia ter os Crossover, e pelo menos a questão das fragatas ficava, parcialmente, resolvida, tal como teríamos uma capacidade anfíbia e de apoio a desastres decente, do que ir a correr buscar o LPD, e continuarmos até 2035 com as VdG.

E não tenho dúvidas também, que as mentes mais conservadoras na Marinha, vão querer é o LPD tipo Rotterdam, por ser mais vistoso.

Claro. Querem o LPD para poderem ser navio Almirante numa qq missão NATO daquelas corriqueiras. Até se babam a pensar nisso.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM